Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

o exame

Autor: cara afim
Categoria: Homossexual
Data: 26/11/2013 03:05:45
Nota 10.00
Assuntos: Homossexual, Gay, dar o cu

O exame

Tenho 42 anos, meu nome é jfa, sou casado e pai de dois filhos. Como a idade veio chegando e aconselhado por amigos fui fazer o tal exame de próstata. Abri o caderninho de médicos e escolhi um a esmo. No dia e hora marcado estava lá no consultório. Demorado uns 30min chegou a minha vez. Quando entrei no consultório me deparei com um medico muito bonito, na faixa dos 40 anos, 1.85 altura e uns 80 kilos, bem conservado mesmo. Conversamos um pouco sobre mim e lhe expliquei minha situação. Ele tinha uma fala calma e confiante e disse que o exame seria rápido. Pediu-me gentilmente pra ir até a maca virar de costas e abaixar minhas calças ate o joelho o que fiz prontamente. Estava um pouco apreensivo, seria a primeira vez que alguém colocava um dedo no meu cu, mas como era coisa de médico desencanei. Abaixei minhas calças e fiquei esperando. Dr “l” postou-se atrás de mim e disse pra eu relaxar. Pediu-me que me curva-se um pouco pra frente, pois isso facilitaria seu trabalho. Achei meio estranho, mas o doutor se abaixou e ficou quase de joelhos, disse que passaria uma pomadinha e dentro de poucos instantes tudo estaria acabado. Foi aí que a coisa tomou outro rumo pra mim. O quando o dedo do medico tocou meu cuzinho virgem senti um friozinho delicioso na boca do estomago. Ele vagarosamente passava a pomada no meu rabinho com movimentos circulares. Como nunca tinha feito esse exame achei tudo normal e ao mesmo tempo delicioso. Bem, era chagada à hora e o doutor começou a enfiar o dedo em meu cu. Aquele friozinho na barriga começou a se espalhar pelo corpo todo e meu coração começou a bater mais forte, o medico era bem cuidadoso e foi enfiando bem devagarzinho o que só aumentava meu tesão. De repente senti sua mão tocar na minha bunda, o dedo todo tinha entrado, meu corpo se arrepiou todinho, e comecei a piscar meu cuzinho naquele dedo em movimentos involuntários, morri de vergonha, mas o médico não disse palavra nenhuma, só fez seu exame mexendo o dedinho e, foi tirando o dedo bem devagarzinho e disse : “ bem meu caro, está tudo certo com vc”. Ainda com o coração a mil e o corpo tremulo dei a mão pra ele e nos despedimos. Aquilo ficou na minha cabeça a noite toda e tive um sono bem intranqüilo.

Passado alguns dias a secretaria do medico me ligou e disse que o doutor “l” queria ver-me de novo, porque havia ficado com um duvida, perguntei a ela qual horário tinha pra mim e ela foi taxativa, só teria horário as 19.30, o ultimo, pois o medico estava muito ocupado e só teria aquele encaixe. No dia marcado peguei meu carro e as 19.30 estava lá. Achei meio estranho mas não havia mais ninguém na sala nem a secretaria. Como a porta do consultório estava aberta fui entrando e fui recebido com um sorriso pelo médico que disse : “ola, como vai o senhor, desculpe chamá-lo aqui, mas tem algo que quero tirar uma duvida”. Perguntei a ele se iria me examinar de novo, e ele disse que sim. Pediu que eu fosse até a maca e pediu uma coisa estranha, pediu que ao invés de só arriar as calças tira-se ela todinha. Prontamente fiz o que ele pediu, tirei sapatos calça e cueca ficando só de camiseta. Postei-me na mesma posição em pé e com os cotovelos sobre a mesa. Dr “l” dessa vez ajoelhou-se atrás de mim e sem dizer nada começou a passar a pomada no meu cuzinho. Aquela coisa gostosa no meu corpo começou de novo, só que dessa vez estava melhor ainda, pois ele se demorou bastante nisso fazendo movimentos circulares, como se massageasse meu cu. Pressionou levemente e põs o dedo no meu cu, quando seu dedo tocou o fundo do meu rabo dei uma piscada forte com o rabo, apertando seu dedo. Ele foi retirando seu dedinho do meu rabo, só que pra minha surpresa ele enfiou de novo e começou a fazer um vai e vem delicioso no meu cu, nessa hora perdi totalmente a cabeça e como que num movimento automático me debrucei mais e empinei a bunda o máximo possível o que deixou tudo ainda mais gostoso. Não sabia o que pensar daquilo, mas o médico disse de um jeito bem safado : “ ta gostando né seu putinho, então relaxa que hoje seu cu vai ser meu”.

Tirou o dedo do meu rabo e começou a apertar as bochechas do minha bunda, de um jeito forte, com as mãozonas, deu algumas mordidas e uns tapas, adorei aquilo, aqueles tapas na bunda, aquele ardidinho, nossa meu tesão era intenso demais. De repente o medico abriu bem minhas nádegas e foi enfiando a cara na minha bunda, até sua boca chegar a portinha do meu cu, senti sua língua forçando a entrada, lambendo, chupando. Puta que pariu aquele safado gostava mesmo de cu e eu estava adorando tanto suas linguadas que comecei a rebolar na cara dele. O cara perdeu o controle também e batia forte na minha bunda que a deixou vermelhinha, dizia que eu era um puto e que iria atolar todo seu mastro na minha bunda. Depois de lamber muito meu cu o safado pediu que eu me virasse de frente, quando eu virei ele logo disse : “ olha só o estado que você me deixou putinho”. Dizendo isso segurou forte sua pica, por cima da calça mesmo que mesmo assim revelava seu volume. De um jeito bem safado pediu que eu ficasse de joelhos e perguntou “ vc já fez uma chupetinha na vida?” respondi que não e ele logo falou que eu iria adorar. Bem rápido abriu suas calças, de repente pulou pra fora um pau lindo, levemente vergado pra cima, duro e com veias. Fiquei sem reação, olhando aquele pau..fui esticando a mão até chegar nele e quando peguei senti sua grossura e dureza. Comecei a punhetar o doutor que dizia : “ isso putinho, vai põe a boquinha nele”. Comecei a aproximar o rosto do pau e quando cheguei bem pertinho senti um cheiro que não esqueço até hoje, um cheiro gostoso de rôla, de macho. Minha boca encheu de água na hora e sem dúvida alguma coloquei a cabeça do pau na minha boca e comecei a mamar, chupava com força e minha boca era inundada por aquele gosto delicioso de pica. Nisso o médico ia a loucura e falava : “ vai, mama bezerrão, mama bem gostoso seu macho”. Depois de uns 15min mamando aquele pau, o doutor disse em tom taxativo : “agora seu rabo vai ser meu”. Debrucei-me de novo na maca, o safado pediu que eu empina-se bem o rabo dando dois tapas de incentivo. Disse “ putinho, abre a bunda com as duas mãos” o que fiz prontamente, abrindo meu rabo para aquele macho gostoso. Senti quando ele foi colocando a pica em mim, doía um pouco, mas o tesão era tanto e meu rabo já estava tão lubrificado que a rola foi entrando aos poucos, sentia cada centímetro indo pra dentro, minhas pernas já estavam pra lá de bambas. De repente senti seus pentelhos tocando minha bunda e seu saco roçando o meu, meu tesão foi indescritível ainda mais quando o puto disse bem na minha orelha : “acabei de atolar toda minha pica em você putinho”. O safado começou um vai e vem na minha bunda, com as duas mãos nos meus ombros. Tomei coragem e disse “ vai seu gostoso, come essa bunda, me fode todo”. Aí o cara endoidou, foi descendo as mãos pelas minhas costas até chegar a minha cintura, segurou-me forte pelas ancas e pela primeira vez senti como é gostoso ser dominado assim por um macho, segurado forte pela cintura. O cara bombava forte no meu cu que agüentava tudo, de repente ele começou a arfar forte, feito um cavalo, pôs toda rua rola no meu cu sem deixar um milímetro pra fora e disse

: “ to enchendo seu cuzinho de porra putinho”. Aquela senssação era demais, era como um vulcão de lava quente dentro do meu rabo, meu cu começou a piscar forte naquela rola e tive um orgasmo sem tocar no pau, pelas minhas contas foram uns 5 jatos de porra no meu cu, era tanta que escorria. Exausto,o medico deixou cair seu corpo sobre o meu e ficamos assim uns 5 mim...depois de recuperado ele me disse que adora um rabo de macho e tinha adorado o meu desde a primeira vez que viu. Agora de 15 em 15 dias eu vou lá pra ser devidamente examinado, saio de lá com o cu cheio de porra e feliz da vida.

Comentários

26/11/2013 21:00:36
mt bom
26/11/2013 11:20:59
Fiquei de pau duraço.
26/11/2013 10:20:47
Muito bom
26/11/2013 08:38:04
Por favor, me passe os dados dele por e-mail?
26/11/2013 08:37:41
Esse médico é de SP?
26/11/2013 03:26:15
Ótimoooooooooooooooooo!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Contos eroticos seios machucados tio sobrinhaGTA Dona sinhazinha trabalhandoPorno contos incesto familia prazer total qualquer idadecontos eróticos família vavela minha mãe comigo no banheirocalça legui caladinha na casada xvideobucetinhas e cuzinhos lisosincesto sendo encoxada e rebolando gostoso contos pornoContos gays /fui estrupado por2 na escola e a diretora flagouMulher andando de fildental arredor do homem ai depois o homem aranca no dente e gosa na buceta delaporno mae surpreebdidachupei lambi os pés da minha prima mais nova dormindoporno comendo cu de homêm de bùnda grandever mulher preta encurta uma chupando a buceta da outra cima do dente queironegão socando a rola no c* da neguinha fazendo ela arregala o olhoxvideo.ana desfarsado no quarto da novinhagts agaxada mostrando o bucetaomeu irmao despresa minha cunhada e ela da a bucetinha gostosa para mimporno doido botou amames pra chorarxvideos rolas chapuletadaszofilia mulher dependurada pel cu no cãojhuly dormindo de calcinha xvideosPriscila soca vibrado na bucetanovinha dando pauzudi com cazelinaOk pornô gay d********* escondido pornô gay com alguém daqui a pouco pensativo alguém sexo pornô gay sexo transando mulheres transando com a cunhadacoletania de pinto torto pra baixo gozandocomi a minha tia pela primeira vezconto erótico de novinha q transou em acampamento evangélicoContos.Ingravidei.minha.irmancontos eroticos de evangelicas metendonovinha apois uza droga trazanoeu e minha irmã dando para o meu padrasto contosxxx carariu grandicontos crente casada quis experimentar no cu e se arrependeuvelhocasadacornoanda vamos comer a tua mae paneleiro contos pornofilmes porno no calor do buraco estreitoporno zoo contos em quadradinhos dupla penetracao insestocasa dos contos eróticos dei para meu filhoxvidio casada chupano o amigo do filho escondidorevesando no cu da gravida pornosadina pelada motado a busetabucetao na boca contobaixinha gostosa perdendo as pregas do c* e gritandomulheres de perna nua com a buceta esgassadaFotos de travesti novonho trazandocontos de travesti depiladoramorena sendo arombada por rola de40centimetros entra todinhaGisele bundchen mostrando sua buceta inchadanariz de policial dando o priquito a outros policialmae icestuosa desabafo de maeentregei uma pizza e mepagou com boqueteXVídeos gay irmã não queria mas eu conquistei elaBundinha lisinha da filhinhamulher levanta profunda fazendo corda no pirocaonovinha mostrando a buceta gozada com 10 picadinhos rabada bucetabobiça no mato xxxconto erotico caseiroprovoquei meu irmao so de calcinha e ele me arrombou todinhabuceta de carla visgando xvideoscontos de sexo raspei minha bucetacontos de viadinho dr calsinhaContos padrasto enteAda submissae já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoraentregafor fundeno a cliente na casa dela sem o marido saber contos eróticosnovinhas ninfetas tao novas que nem peito tem aindasexo porno fui no meu ginecologista ao abri a perna ele me chupou todinha deliciaVai vai no cu conto incestocuzao da tia vim nao aquentei mobile porncasa dos contos zoofilia com viralatascom bumbum mais bate com bumbum mais burro tem as loira morena branquinha e a ruiva a loira morena branquinha e a ruiva bate com a bunda pula pulacasa dos contos eroticos evangelicairmã linda gostosa dando sua bucetinha virgem para o sermão do atadowattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto musculosofasse%20x%20pornosendo lascada por maquina do caralhisrabaonegroconto de casada putacdzinha quer ser empregadinhaminha esposa lavano abucetinhacontos pequenina e punheteiravídeo de morcinha fudemomulher convulsiona de tesao no pinto monstro