Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Além da Vida (35)

Um conto erótico de Dr. Romântico
Categoria: Homossexual
Data: 08/11/2013 23:43:35
Nota 10.00

Com vai galera?

Antes de mais nada meus planos para essa semana não deram certo, eu ia postar um capítulo por dia e amanhã irá postar um capítulo muito importante, mas fiquei muito ocupado, mas de qualquer forma amanha posto um novo capítulo, não o que eu queria mas amanha tenho que postar por um motivo especial, depois vocês entenderão. Pra compensar esse post esta um pouco grande.

Beijos a todos.

Thiago Silva, Ola Thiago, sua curiosidade será desfeita, ou então te deixarei mais curioso ainda. Bom, não tenho problema nenhum em falar minha idade. Tenho 33 anos, e espero não ter lhe decepcionado, rsrs.

fabi26, calma minha querida, depois do post de hoje, não terá mais como o amor deles ficar no anonimato. Nossa obrigado por achar minha história melhor que a novela das 8, hehehe, acho que até concordo pois faz um tempão que não assisto uma boa novela na tv aberta. Beijos.

mary_ jane, obrigado minha querida, fico feliz por estar gostando. Não lembro de termos conversando por aqui antes, em todo caso seja bem vinda. Beijos.

sonhadora19, A mãe do Daniel pode demorar sim ou então nunca aceitar, no maximo aprendera a conviver com o filho e agira de forma cordial, sem muita intimidade. A Lucia terá o troco na pior maneira possível, pena que será em cima da Tais. Na verdade não é que o André não gostou do Daniel, ele não ira gostar de nenhum cara que se aproximar do irmão, pois vai achar que esse cara que levou o Alexandre a ser gay, será um pouco complicado. Bom nessa viagem vai rolar de tudo, barracos e mais barracos, alguns mistérios, ou seja, será a viagem. A Malu ira aprontar horrores. Beijos.

frannnh, Obrigado minha querida, beijos.

Amygah22, realmente tem mistério no ar e ele só ira aumentar. Os dois estão conectados sim, com certeza ira aparecer muitos obstáculos pra atrapalhar a união deles, mas vamos ver como eles se sairão. Beijos.

£DU obrigado meu querido, mas pode exagear sim, adoro exageros, rsrs Grande beijo.

Oliveira Dan, Já te disse que você pensa demais né?? Bom, é uma corrente com dois corações, duas metades, agora se é a mesma corrente, isso é outra história, hahaha. E estava escrevendo outra história mas vi que nunca iria termina-la, é mais fácil postar aqui e ir escrevendo aos poucos, pois se for escrever ela inteira, você vai querer mudar toda hora alguma coisa e nunca vai conseguir posta-la. Acho que todos os temas já foram escritos, mas você crie o seu, te porque as histórias são as mesmas pras pessoas, mas a sua maneira de conduzi-la é que será o seu diferencial. Eu quando resolvi escrever, vim com a cara e a coragem. Claro que posso passar meu e-mail, anote ai: [email protected], é o mesmo do skype. Beijos.

Otilia Sabrina, bom, vai acontecer muita coisa ainda, mas o que lhe expliquei mesmo? E você não é burra, pare com isso, rsrs. Quando não entender algo, pergunte, explico pra você no próximo post, não se acanhe. Beijos.

Geo Mateus, bom, virão muitos “algos” por ai, mas nem todos irão atingi-los, o amor deles é mais forte, mas eles terão que tomar alguns cuidados.

A&M, porque peninha do Daniel? E que falta de inspiração é essa? Trate de se inspirar e ficar bem criativa. Beijos.

diiegoh', obrigado pela visita meu querido.

DanielJB, Daniel, antes de mais nada, seja bem vindo, é um prazer a essa altura receber um comentário de alguém que nunca comentou. Você acha mesmo que existe uma ligação entre o Thi e o Ale? Será? E o Daniel onde entraria nisso? Cuidado com seus pedidos, vai que a família do Daniel apareça mesmo mas será que isso não seria ruim para o Daniel? E o que eles poderiam fazer contra ele? Grande abraço e obrigado pelo carinho.

Eck, será que ele teve uma miragem? Imagina como será para o Alexandre, se for confundido pelo seu rival? Bom o brilho dourado realmente é uma corrente com dois pingentes em forma de coração, mas será que é a mesma? Ou é apenas uma coincidência? Grande abraço.

Ru/Ruanito, a família do Daniel realmente não é nada fácil, e que novidade é essa? Ta xonadinho é? Pode nos contar. Será que o OliveiraDan?

Sr. Obito, a família dele é chata mesmo, mas no fundo a melhor coisa que aconteceu foi ele ter saído de casa, pena que pra isso ele terá que ficar sem ver a Taís.

lipe31, obrigado pelo carinho. Mas você acha que existe algo entre o Ale e o Thiago, mas será que um deles ou os dois seriam capaz de trair o Daniel? A família do Daniel é um pé no saco mesmo mas acho que eles são diferentes do André, o preconceito deles são diferentes. Claro que vira muitos problemas por ai.

ametista, você acha que o Thiago teve algo com o Ale? Mas isso vai ser uma bomba para o Daniel ou talvez não. Sim, a mãe do Alexandre é evangélica, mas será que ela é do tipo fanática? Vamos ver quando ela entra na história, será num momento importante.Beijos.

stahn, curioso demais vocês, e já até sei o que o oliveiradan falou, bom, quem sabe vocês estejam certos. Rsrs. Grande abraço.

Perley, Tem muita coisa sim pra acontecer, acho que detalhei demais a história e já estou no capítulo 35 e tem muita coisa que ainda quero contar. Você tem razão, existe muitas coisas mau resolvidas do passado, eu acho que o passado irá aparecer no presente, cada personagem tem algo no passado, mau resolvido. O pai do Thiago nem esta na história, pelo menos não mais, você acha mesmo que ele será um vilão? Uma coisa garanto, existe sim uma pessoa muito ruim.

kingwithnocrown, bom, conforme você vai ler mais abaixo, é uma corrente, agora se é a do Thiago, isso você que esta falando, rsrs. O Alexandre esta sendo um namorado de ouro, fazendo de tudo para o Daniel se sentir bem na casa dele, mas o Daniel irá retribuir a altura. Você esta certíssimo, no fundo o André já sabe que o irmão é gay, só preciso ver com os próprios olhos. Desculpa, mas ia postar a semana toda, mas fiquei cheio de coisas da faculdade pra fazer e não deu mesmo, o que foi uma pena, eu já até tinha planejado algo para a história. Obrigado pelo ponto, mas o que gosto mesmo é da opinião de vocês, rsrs. Beijos.

por do sol, ola meu rapaz, ou garota, não me recordo de você, se for a primeira vez seja bem vindo. Essa é a idéia, emocionar, chorar, rir, sentir tesão, raiva e espero causar todos esses sentimentos em você até o ultimo capítulo. Sou um cara comum, acho que iluminado por Deus sim, mas também cheio de defeitos, muitos. Fico feliz que tenha gostado das minhas histórias, é sempre bom saber que tem alguém apreciando o que escrevo, torcendo, esperando por uma continuação, é muito gratificante. É interessante sua teoria sobre a aliança mas acho que você irá se surpreender, rsrs. Mais uma vez, seja bem vindo (a). Grande abraço.

beulfort, Ola, não me lembro de você, seja bem vindo. Desculpa a demora, até ia postar mais rápido, mas realmente não deu. Você acha que o Thiago teve algum romance com o Ale? Mas que coisa hein, rs. Sim, a mãe do Ale é evangélica, vamos ver no que vai dar quando ela entrar na história. Obrigado pelos elogios, mas nem sempre consigo postar com freqüência. Beijos.

kle f., Bom, vou matar parte da sua curiosidade nesse capítulo. É uma correntinha, igual, idêntica, mas porque seria a mesma? Você esta certíssima, a implicância da Ângela e da Lucia irá fazer muito mal pra Taís, ela vai sofrer bem mais que uma raiva, alguns males serão necessários para conseguir o bem. Poste sim sua história, e avise aqui no meu conto, quero ler e conhecer seu jeito de escrever.

==============================================================================================

Daniel também deu um sorriso pra ele e conforme se aproximava sua feição foi mudando, passando a ficar com o olhar sério.

Daniel ignorou totalmente o rosto do seu amor, sua atenção agora estava voltada para seu tórax e a cada passo que dava foi ficando cada vez mais perplexo com o que via.

Alexandre estava com aquele lindo sorriso no rosto, mas a única coisa que chamava a atenção de Daniel era aquele brilho dourado que vinha do meio do seu peito, escondido entre os pelos, ficando cada vez mais brilhante com o reflexo do sol.

=======================================================================================================

Capítulo 35

Daniel caminhava com seu olhar fixo, mirando diretamente para o peito de Alexandre, nem mesmo escutando o que ele falava.

Alexandre – Já brincou demais meu amor, vamos lá pra casa, que vou passar protetor em você, não quero meu principezinho todo ardido.

Frente a frente com Alexandre, ele alisou seu peito com as pontas dos dedos, até sentir aquele metal em sua mão e aquele brilho ofuscando seus olhos, segurando na palma da mão aquelas duas metades de um coração. No mesmo instante sua cabeça viajou novamente a 10 anos atrás, quando esteve na praia pela ultima vez com Thiago.

***

Daniel – Ah, estava esquecendo. Daniel deu um pulo da cama, jogando Thiago do lado.

Thiago – O que foi?

Daniel – Meu presente.

Thiago – Isso que você comprou naquela joalheria? Achei que seria um colar com seu nome.

Daniel – Eu encontrei, mas achei meio gay, mas tive uma idéia melhor.

Daniel abriu aquela caixinha exibindo duas correntes com um pingente em formato de coração.

Daniel – Veja, é um coração, mas está dividido em dois.

Thiago – E?

Daniel – Então, são duas metades, um é meu coração e o outro é o seu.

Daniel – Eu fico com o seu, e você com o meu, daí quando estivermos juntos, eles se formam em um só.

Thiago – Hummmm, você inventou tudo isso ou a vendedora que te falou isso?

Daniel – Ah, pare de fazer pouco caso e seja romântico.

Thiago – Sou romântico, mas já ouviu falar de alianças?

Daniel – Já temos aliança e pare de reclamar.

Daniel pendurou aquela corrente com a metade de um coração no pescoço de Thiago, era apenas uma corrente de ouro com um pequeno e discreto pingente. Em seguida Thiago fez o mesmo com Daniel.

Daniel – Quando chegarmos a SP, dai mando gravar nossos nomes.

Thiago – Você não existe sabia.

**

Alexandre – O que foi amor? Alexandre perguntava ainda rindo.

Daniel manteve seu olhar fixo para a palma de sua mão, passando agora os dedos naqueles dois pingentes.

Alexandre estava com uma corrente de ouro no pescoço, contendo dois pingentes em forma de um coração, que unindo, formava apenas um. Uma corrente igual, idêntica a que Daniel deu a Thiago a 10 anos atrás.

Daniel – Onde você conseguiu isso?

Alexandre – O que? Essa corrente? Bonita né!!!

Alexandre – Faz tempo que eu tenho, mas estava guardada, com o fecho estragado, mas mandei arrumar essa semana.

Daniel – Onde conseguiu? Quem te deu isso?

Alexandre – Ganhei já faz alguns anos, de uma pessoa muito maravilhosa.

Daniel – Essa é uma corrente de amor, que se dá a um namorado.

Alexandre – Bobagem. Alexandre ria para ele, segurando nos dedos aqueles corações.

Daniel – Essa corrente é igual a que comprei pra ele, para o meu...

Antes mesmo de terminar, Alexandre o interrompeu, mudando seu humor.

Alexandre – Para o seu ex né? Por favor, Daniel, nem continue.

Alexandre deu as costas a ele e saiu andando pela areia, sendo seguido por Daniel.

Daniel – Espera Ale.

Alexandre – O que você quer? Como você acha que eu me sinto quando você fala dele. Me sinto tão irrelevante, como se eu fosse só um quebra galho pra você.

Daniel – Só perguntei...

Alexandre – Me deixe sozinho.

Daniel – Espere, me desculpa, não foi minha intenção.

Alexandre – Será que um dia você vai me amar como amou ele?

Daniel – Nunca mais repita isso, eu te amo Alexandre.

Daniel – Eu te amo demais e você pra mim não é um quebra galho. Você é o meu amor, o homem que Deus colocou na minha vida pra me fazer feliz.

Daniel – Nunca duvide do meu amor por você.

Alexandre quase perguntou a Daniel quem ele amou mais, se ele ou o ex morto, mas ficou em silêncio, com medo da resposta.

Daniel – Eu só me lembrei dele por causa da corrente. Eu te amo, seu bobo.

Daniel não precisou convencê-lo por muito tempo, a conexão que um tinha com outro era algo muito difícil de explicar. Alexandre olhava nos olhos de Daniel e conseguia sentir sinceridade em suas palavras.

Daniel segurou em suas mãos e em questão de milésimos Alexandre soltou um sorriso tímido, até ter sua boca beijada por Daniel, sugando seus lábios.

Daniel – Eu te amo.

Alexandre – Eu também te amo, meu lindão.

Eles se abraçaram, mas não se empolgaram tanto, pois mesmo a praia estar deserta, ainda assim era um local publico.

Resolveram voltar para a casa, mas Daniel ficou com a imagem daquela corrente martelando lá no fundo do seu inconsciente, mas decidiu não tocar mais naquele assunto, a ultima coisa que queria era magoar seu amor. Chegaram na casa e deram de cara com Pablo e Malu.

Malu – Onde vocês estavam?

Alexandre – Fomos só dar uma volta.

Pablo – Também já fomos salgar a bunda né querida?

Alexandre – Meu irmão chegou?

Malu – Não o conhecemos, mas não chegou ninguém.

Os quatro ficaram conversando na varanda até que um carro aponta no portão, parando diante deles. Alexandre correu em direção a André, recepcionando o irmão, seu amigo Rogério e mais um casal amigo deles.

Alexandre – Demoraram hein, mas que bom que chegaram.

Alexandre apresentou o irmão e os amigos dele para Daniel, Malu e Pablo enquanto descarregavam as malas.

Alexandre – Achei que viria mais gente, então é só vocês 4.

André – Nós 5.

Alexandre fez uma cara de surpresa mas nem precisou perguntar ao irmão. Um carro apontou na entrada, parando atrás do carro de Rogério. Todos ficaram olhando para ver quem era o outro convidado e para surpresa de Daniel, era a ultima pessoa que ele queria ver no mundo.

Gabriela desceu do carro, toda exuberante, olhando os novos amigos de Alexandre dos pés a cabeça.

Alexandre – Não sabia que viria.

Gabriela – Pois é, seu irmão insistiu, resolvi vir de ultima hora.

André – Problema Alexandre?

Alexandre – Nenhum.

Gabriela começou a falar sem parar, reclamando de algo, mas o que irritou mesmo foi saber que não seria a única mulher daquela casa. Teria que dividir esse status com Malu e Denise, a amiga de André.

André – Vamos levar essas coisas lá pra dentro.

Gabriela – Acho ótimo, esse sol esta insuportável.

Gabriela – Bonitinha, leve minhas malas para o quarto, mas cuidado com minha necessaire, tem coisa de quebrar lá. Gabriela pediu a Malu, passando por ela sem ao menos olhar em seu rosto.

Alexandre – Gabriela, a Malu é minha convidada, ela não trabalha aqui.

Gabriela olhou para Malu novamente, da cabeça aos pés, com cara de nojo.

Gabriela – Que gafe, achei que fosse a caseira.

Gabriela 1 x 0 Malu.

Daniel fez uma cara de ódio, olhando para Alexandre, enquanto o pessoal se dispersava.

Malu – Sujeitinha mais sebosa.

Daniel – Você não viu nada.

Malu – Deixe comigo, vou acabar com a festa dela.

Rogério era o mais folgado e já ligou o som, abrindo uma cerveja, enquanto o resto terminava de se arrumar, mas pairou uma duvida. A casa tinha três quartos e ninguém sabia como seria dividido.

Gabriela – Bom, Podemos ficar eu o Alexandre em um...

Daniel ficou mordido com aquela sugestão, mas Malu foi mais rápida.

Malu – Eu tenho outra idéia.

Malu – Fica um quarto só de meninas, e os outros dois divide entre os rapazes.

Malu – Como você é a única mulher sem ninguém, sem namorado, nós não se importamos de te fazer compania, não é Denise?

Gabriela 1 x 1 Malu.

Alexandre – Fechado assim.

Gabriela engoliu a raiva, já desejando uma morte terrível para Malu.

Após esse encontro, todos foram para a praia, mas acabaram formando pequenos grupos.

Alexandre e Daniel ficaram grudados o tempo todo, sempre conversando e sorrindo, mas Gabriela não dava paz.

Gabriela – Xande, passa protetor nas minhas costas.

Daniel lançou um olhar para Alexandre que ficou sem reação, por ver que seu irmão também o encarava.

André – Passe pra ela Alexandre.

Malu – Quer que eu passe pra você fofa?

Gabriela – Deixe o Alexandre, as mãos dele são mais fortes.

Gabriela – Você deveria passar desse também, pra não ficar com mais manchas.

Gabriela 2 x 1 Malu.

Se sentindo intimidado, Alexandre não teve outra escolha. Ficou olhando para Daniel que não quis presenciar aquilo, indo para o mar. Alexandre encheu a mão de creme e com duas passadas relâmpago, lambuzou as costas de Gabriela, a deixando no vácuo, indo para o mar, atrás de Daniel.

Alexandre – Tudo bem?

Daniel – Tudo sim.

Alexandre – Meu amor desculpa, eu não quis.

Daniel – Relaxa, eu sei que não foi culpa sua, aquela dali não irá nos incomodar mais.

Alexandre sorriu para o namorado, tacando a mão na água, jogando no rosto de Daniel.

Alexandre – Você é muito lindo sabia, não vejo à hora dessa bundinha ficar com marquinha de sunga.Queria te beijar.

Daniel – Safado, eu também queria lhe beijar, mas melhor você sossegar ai, seu irmão não para de olhar para nós.

Alexandre olhou para a areia e André o estava encarando, levantando em seguida, quando seus olhares cruzaram.

Alexandre – Vou lá conversar com ele.

Daniel – Alexandre!!! Alexandre se virou, mas Daniel só queria mesmo olhar seu peito, que estava sem a corrente que viu mais cedo.

Daniel – Nada não, vai lá.

Malu – Dou o maior valor pra você.

Gabriela – É!!!

Malu – Sim, acho que você esta super certa em não ter vergonha do seu corpo e usar mesmo biquíni.

Malu – Não é porque esta um pouco mais cheinha que tem que ter vergonha. Acho um absurdo esses preconceitos.

Gabriela 2 x 2 Malu.

Gabriela – Esta me chamando de gorda?

Malu – Imagina, hoje esta super na moda mulheres mais robustas, mais masculinizadas.

Gabriela 2 x 3 Malu.

Gabriela deixou Malu falando sozinha, indo para o mar.

Pablo – Não esta pegando pesado não?

Malu – Nem comecei, ainda vou fazer uma canja dessa galinha de butique.

André estava parado num ponto bem distante, em cima de uma pedra, olhando o mar, até sentir a presença do irmão ao seu lado.

Alexandre – E ai, posso te fazer companhia?

André – Claro.

Alexandre – Esta pensativo.

André - Só olhando mesmo o mar.

Alexandre – Sempre que venho a praia, lembro do papai. Você se lembra? Quando éramos crianças, eu você o papai e a mamãe na areia.

André – Não tenho saudade nenhuma dessa época.

Alexandre – Nós nos divertíamos tanto, eu te enterrava na areia, uma vez quase te matei sufocado, a mamãe veio gritando que nem uma louca. André deu um pequeno sorriso mas logo voltou a ficar sério.

André – Mas é passado ele nos abandonou no pior momento de nossas vidas, como você é capaz de ignorar isso?

Alexandre – Não esqueci, apenas não quero lembrar disso, viver com raiva, magoas.

Alexandre – Sinto tanta sua falta meu irmão.

André – Eu estou sempre no mesmo lugar, você que agora tem novos amigos.

Alexandre sentiu uma tristeza na voz do irmão, no fundo ele até tinha uam certa razão. Alexandre o abraçou, tentando anima-lo.

Alexandre – Nada a ver cara, quero que você faça parte da minha vida em tudo.

André – Sinto saudade do tempo que éramos mais amigos, quando saiamos, nos víamos, nos divertíamos.

Alexandre – Porque não voltamos a ser assim? André, você é meu melhor amigo, meu irmão e meu grande parceiro.

Alexandre – André, eu quero que você participe da minha vida, eu quero te contar tudo que acontece comigo.

Daniel olhou para o irmão e sem querer viu suas mãos, uma aliança dourada em dedo.

Alexandre aproveitou o momento que estavam tendo uma conversa de irmãos e tirou forças para se abrir com André.

Alexandre – André, já faz algum tempo que estou ensaiando, vendo um jeito pra falar contigo, mas percebi que não tem uma maneira certa.

André – Esta tudo bem Alexandre.

Alexandre – Não esta nada bem não, eu quero me abrir com você.

André – Outra hora cara, esta tudo bem mesmo.

André – Vamos voltar lá com o pessoal.

André não quis ouvir o irmão, levantando-se, saindo de perto dele, enquanto Alexandre o chamava.

A noite, todos foram para um barzinho, terminando o dia com mais cerveja em casa até irem se recolhendo. Alexandre, Daniel e Pablo ficaram no mesmo quarto, mas cada um em uma cama. Pablo já estava dormindo, aparentemente num sono pesado.

Daniel – Vamos ficar juntos?

Alexandre – O Pablo???

Daniel – Ele esta dormindo e outra ele nem liga se ver nós dois juntos. Vem deixa de ser medroso, a porta esta trancada.

Daniel apagou a luz e deitou-se. Alexandre tirou a camisa, encoxando Daniel na cama, beijando seu pescoço.

Alexandre – Vou acordar bem cedo e ir pra minha cama, não quero que ele nos veja assim.

Alexandre deitou com a barriga pra cima, trazendo Daniel para seu peito, que ao alisar seu tórax, sentiu novamente aquela corrente em seu peito.

Mesmo achando uma grande coincidência, achou estranho as duas metades estarem juntas. Quando comprou o seu, ele usava uma metade e Thiago a outra, mas porque Alexandre tinha uma igual e com os dois pingentes juntos?

Percebendo que Daniel tateava os pingentes, Alexandre afastou a mãe dele do seu peito, entrelaçando com a sua, ficando assim até dormirem.

No dia seguinte o pessoal resolveu fazer um churrasco na hora do almoço antes de ir para a praia. A casa também tinah uma piscina e uma área com churrasqueira.

Malu – Já estou quase terminando de fazer essa salada.

Gabriela – Prendada você hein, Malu.

Gabriela – Alias, é Malu de que? De Maria de Lurdes, Maria Luzia, Maria Lucrécia??

Gabriela 3 x 3 Malu.

Malu – É de Maria Lucia, mas pode me chamar de Malu mesmo.

Malu – Já eu adoro seu nome, toda vez que escuto Gabriela já lembro do filme.

Malu – A primeira coisa que me vem a cabeça é a Sonia Braga naquela cena estendendo roupa no varal com aquele suvaco cabeludo, com a Gal Costa cantando.

Malu – Escuto o nome Gabriela e a primeira coisa que me vem a cabeça é um suvaco peludo.

Gabriela 3 x 4 Malu.

Todos começaram a rir até virar um riso coletivo, fazendo com que Gabriela virasse motivo de piada. Gabriela odiava essa associação com seu nome e perdendo a esportiva saiu dali, indo para o quarto.

André – Alguém viu meu irmão?

Rogério – Acho que ele foi a praia com o amigo dele.

Alexandre e Daniel saíram um pouco mais cedo de casa, para aproveitar um pouco mais o sol e namorarem longe das vistas dos outros convidados.

Novamente foram para uma parte bem deserta, subindo por umas pedras, ficando os dois sozinhos.

Alexandre abraçou Daniel pelas costas, roçando seu cavanhaque no ombro dele, apertando seu corpo junto ao seu.

Daniel – Esse negócio duro ai hein doutor.

Alexandre – Você fica uma delícia de sunguinha.

Os dois começaram a se beijar, ficando de frente, sentindo seus paus duros por cima da sunga, roçando um no outro. Alexandre foi descendo sua boca pelo pescoço de Daniel que segurava sua rola, massageando de leve.

Daniel – Isso é loucura.

Alexandre – Eu sei, com você tenho coragem de tudo.

Daniel puxou Alexandre pelas mãos até parar ao lado de uma pedra, próxima a uma vegetação. Alexandre abaixou sua sunga, com sua rola dura apontava pra cima, puxando também a de Daniel.

Daniel – Vem me comer.

Alexandre – Pede então, pede mais.

Daniel – Vem meu amor, deixa eu sentir esse pau.

Alexandre apertava a bunda de Daniel com as mãos, enquanto sugava seus lábios. Não agüentando mais de tanto tesão, Daniel virou-se, apoiando na pedra, empinando sua bunda.

Alexandre afastou as pernas do namorado, enquanto batia sua rola dura na bunda dele.

Alexandre – Que delícia, já esta com marquinha.

Segurou Daniel pelo quadril e socou sua rola bem fundo, fazendo Daniel gemer de dor até se transformar em tesão. Alexandre meteu em pé, alisando as costas de Daniel, puxando seu quadril de encontro a sua rola, o fazendo sentir seu pau rasgando seu cu, de baixo daquele sol quente. Ficaram nessa posição até gozar.

Após matarem seu tesão, voltaram para água, se beijando, agarrados, aproveitando a privacidade daquela praia deserta.

Alexandre se jogou na areia, recebendo os carinhos de Daniel, que deitou em seu peito.

Alexandre – Cara, que loucura, muito bom fazer amor na praia.

Daniel – Vou querer mais.

Alexandre – Safadinho.

Daniel puxou Alexandre, o fazendo rolar, enchendo seu peito de areia, lambuzando seus pelos.

Daniel – Vamos nos lavar.

Alexandre estava se banhando e se aproximou de Daniel que estava de joelhos no chão, sendo surpreendido.

Daniel havia escrito seus nomes na areia, com um coração em volta.

Alexandre – Que bonito.

Daniel – Bem jardim da Infância né!

Alexandre – É, mais eu adorei.

Alexandre também se ajoelhou, abraçando seu amor, vendo a maré apagar o desenho. Daniel acariciou o rosto do seu amor, puxando para um beijo bem apaixonado.

Os dois estavam de olhos fechados, curtindo aquele momento mágico até serem despertados por um grito.

André – Que palhaçada é essa???

Alexandre deu um pulo, olhando assustado para o irmão, que estava a alguns metros dele com o olhar de ódio.

Alexandre – Calma André, deixa eu te explicar.

André – Explicar o que? Que porra é essa cara?

Daniel tomou a frente de Alexandre, que estava muito nervoso, sem saber como lidar com o irmão.

Daniel – André, vocês precisam conversar, eu e....

André – Cala a boca.

Daniel insistiu, ficando frente a frente com o cunhado, mas André nem conseguia ouvir suas explicações.

Daniel – Já mandei calar a boca.

Disse gritando com Daniel, o empurrando com força no chão.

Alexandre que até então estava sem ação, partiu com um touro na frente do irmão, o impedido de se aproximar de Daniel.

Alexandre – Não toque nele.

André – Vai defender esse cara agora?

Alexandre – Já te falei, não toque nele, eu o amo.

André parou no mesmo instante e com um olhar de nojo soltou uma frase que foi capaz de machucar profundamente seu irmão.

André – Você é viado!!!??

Continua...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/11/2013 02:21:21
Lol esse negocio de traição me fez pensar muito, ainn não sei,acredito sim que o thiago e o alexandre tenha alguma relação,ainda não consegui assimilar algumas coisas,mais com o tempo vejo que minha mente tem clareado muito em relações as tais,mais vamos ver no que dá,ishii esse pergunta do André,sei bem como é esse tipo de situação,e sim,sei que é diferente o preconceito da familia do dani com o do andré,acho que o dele é mas por falta de um conhecimento,vai mais por rotulos,no sentindo literal da palavra um conceito prévil, ja a familia do daniel é diferente,querendo ou não conhecem o tipo de filho que tem e não querem aceitar sua condição,mesmo sabendo de tudo que ele ja passou... Enfim,abraços e ate mais anjo :*
10/11/2013 00:50:37
Meu amor! Preciso ser sincero com você. O Capítulo 35 foi o melhor de todos! Eu nunca dei tanta gargalhada na minha vida, a Malu X Gabriela foi sensacional, ilário. Você tem muita criatividade. Está de Parabéns! Faz mais partes de Malu X Gabriela. Agora falando sério eu acho que sei pq o Alexandre tem os pingentes. Não vou dizer por enquanto mas teve umas frases neste capítulo que ajudaram e bastate a dar embasamento na minha tese. O Conto O inesperado só tem duas partes, pois não é uma história de amor, é só, tipo um relato de como ele transou com um cara. Mas o conto o Psicopata vai continuar espero que você consiga ler. Quanto ao seu estou amando.
10/11/2013 00:39:14
Eu acho um erro muito grande as pessoas fazerem as coisas de cabeça quente, pois quando não espera esfriar faz o que o André fez, acaba humilhando quem mais ama, e depois de perceber o erro é que vem pedir desculpas, eu simplesmente admiro as pessoas que resolvem as coisas de cabeça fria. E não pelo impulso do momento.
09/11/2013 22:27:42
Agora e oficial,eu adoro a Malu!Chupa Gabriela pelo e canela,kkkkkkkk.Agora me veio na uma ideia,sera que o pai fugitivo do Ale e o pai do Thiago?E ai vem a pergunta no caso de ser e ele sabendo do namoro dos dois,repetiria a atitude estupida como fez a Mae do Dani?Ou daria uma prova de inteligencia e humanidade e mostraria que todo aquele sofrimento serviu ao menos para torna-lo um ser melhor?Beijos.
09/11/2013 21:06:02
Amei o que a malu fez com essa gabriela, principalmente a parte do sovaco cabeludo muito bom. nao vai da coisa boa, o andre descobrindo as coisas assim. a tais nao vai morrer nao ne? E o andre o que vai fazer? E o alexandre? E o pessoal quabdo descobrir ? E a gabriela o que vai fazer quando descobrir? continua logo viu :), ansiosa pelo proximo. Ate mais, bjs.
09/11/2013 16:25:42
Pelo menos uma coisa eu acertei: era uma corrente com pingente rsrs. E outra: "Pai Daniel" raramente erra XD hahahahaha. Bem, eu vou dividir meu palpite em dois: 50% é a mesma corrente, 50% não é a mesma rsrs (assim não tem como errar hahahaha); Gostei da Malu, urrei de tanto rir hahaha. Você poderia dar algum spoiler pra comemorar a "data mistério"?
09/11/2013 12:58:47
tenso
09/11/2013 12:19:17
ei Dr. romântico acho q eu descobri o pq da data de hj ser importante e vc ta falando tanto nessa data...hj faz um ano que vc começou a escrever aqui na casa dos contos....e ai acertei?
09/11/2013 11:53:21
Affs atitude deplorável essa do André
09/11/2013 09:24:01
Malu é d+ . Rs. Pelo jeito o André vai dar "Showzinho". Aff. Acho que ele deveria apoiar e compreender o Alê, afinal, eles são amigos e irmãos =)
09/11/2013 08:58:06
Nossa O André foi um idiota agora que raiva da atitude dele. Esta sendo muito interessante pois o Thiago estava no segundo ano de medicina e o Alexandre é médico e possui um corrente igual a do Thiago. Humm bem que o Thiago disse que mesmo morto iria cuidar do Daniel e pelo jeito esta cuidando. E realmente você não lembra de mim pois faz um tempo que não comento nenhuma estória aqui no site. mais acompanho sem vota. Como agora estou melhor resolvi volta. E sou uma garota e acompanhei toda seu conto anterior Em Busca da Felicidade. Abrejussss meu anjo.
09/11/2013 04:56:26
Entao Dr. Romântico, o cara que eu gosto é muito fofo comigo e tals, mais eu não quero mais nada com ele não, pois descobri q ele sai com varios garotos ai e eu odeio traição. Enfim sampa é enorme, alguma hora acho alguém e não é o Oliveira Dan kkkkk eu não o conheco e nunca falei com ele fora da CDC
09/11/2013 04:52:51
Affs atitude deplorável essa do André
09/11/2013 03:13:43
Que situação, não sei porque desse espanto do André ele já sabia, no mínimo quer só fazer uma ceninha de surpresa '-'. £DU comentou algo interessante, a corrente de Alexandre ser dada pelos pais de Thiago, isso mudaria meu pensamento de que a ligação de Gabrieeeeela com a família de Thiago, seria na verdade a família de Thiago e Alexandre, mas nesse caso Alexandre comheceria Thiago antes de conhecer Daniel o que seria um pouco estranho já que ele não sabia de Thiago antes de se envolver com Daniel, a não ser que ele esteja mentindo, ou não ligou os pontos. Outro ponto seria quem é o pai "fugitivo" de Ale? Duvidassss, você vai fazer eu fritar os neurônios kkkkk, ahhh e pode deixar que assim que eu postar eu comento aqui com o link.
09/11/2013 02:12:03
mtu bom
Eck
09/11/2013 02:04:10
Cara que final foi esse :O !!! Nossa a Malu é foda demais kkkkkk, ri demais com ela nesse capitulo. Entao Dr. eu imaginei que ele estava tendo um tipo Dejavu vendo o Alê com aquela corrente, e se ele fosse confundido com o Tiago acho que ia ficar puto rsrs. Agora um outra ideia me passou pela cabeça a respeito do mistério dessa corrente, acho que era da mãe dele. Será? Rsrsrs... Capitulo fantástico, super ansioso para o próximo, um abraço cara !
09/11/2013 01:02:15
God, já quero o próximo capítulo. Cara, vejo muita semelhança nessa história com a sua história anterior, Em Busca da Felicidade. Não no conteúdo, mas é sua forma de escrever, você tem um estilo próprio bem característico (e isso é ótimo), e eu adoro. Acho realmente que os pais do Thiago deveriam reaparecer e pedir perdão pro Daniel, alguma coisa tem que acontecer nesse sentido. Adoro a Malu, já é minha personagem favorita.
09/11/2013 00:55:19
Cara você me surpreende a cada capitulo, aposto que a corrente foi dada pelos pais de Thiago, E o irmão do Alê? Tá na cara que vai ser uma pedra no caminho do casal. Bom demais o conto, ansioso para ler o próximo... Um beijão.
09/11/2013 00:32:14
Nossa o André foi uó. Fofo o Ale defender o Dani. E cara tua idade não importa, aaté porque tu só é 10 anos mais velho que eu. Pra mim o que importa é o carater das pessoas. Valeu por me dizer. Tu deve ser um trintão super pegável ( não me acha abusado).
09/11/2013 00:20:38
nossa bom demais.....agora sim eu gostei,quero ver o circo pegar fogo adorooooo...e a Malu colocando a vaca no lugar dela...muito bom.... e vc lindo ñ preciso nem falar..a cada capitulo se supera e escreve cada vez melhor... parabéns...BJUS




Online porn video at mobile phone


contos eroticos tesao no filhoquero ver zoofilia cachorro comendo a coroa cabeluda bem gostoso organiza que tesãoele a enrabala e ela a cagar.se pornoAmo beijar os pezinhos dela principalmente usando rasteirinhas contosos melhores vídeos pornôs de cornos a mulher f****** com outro ele fala um monte de besteira para esposa escutarFamílias nudistas sem tabus todos pelados nas praias e também em casa. Casa dos contos.cache:Vk2StliVkE8J:gtavicity.ru/texto/20040419 comebuceta irma outra irma prexacontos eroticos da secretaria crente e timidaNecsEexcontos irma criaçao fudendo namoradoConto no interior vi mamae pelada ela disse vou te capa cacetudoXVídeos pornô brasileiro sogra ameaçando genro para transar com ele filha escuta todos os diascontos eróticos esposa foi e*******' no comício do político e deguei dando cu p avestraz s zoofiliaimem roludodofotos porno ebano e marfimx vídeos porno eu e minha mãe fomos tomar banho e fiquei esitado paguei pra esposa do caseiro pra eu deflorar a filha do caseiro conto eroticofilme porno minha sogra me enxeu o saco ate eu come elaXvidiocomendo a novinha sem.ao menos tirar o chorte dela porno casada adorando ao senti um estranho te alizando e esfre o pau nela no onibos na frente de seu maridofilmes de diabo comendo ninfetas da belosexoconto. andando de moto taxi. comi o cu de uma menina rabudataradona nivinha loca pra dar oacuzin mas o pausudo nao esta dando conta de te comer num enta o cacetevídeo pornô tia da peruca da carinha de anjo dando o rabovideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetaconto eroticos variss garotinhas muito novinha14 centímetros conto heterocontos eróticos mamãe deixa novinha com padrastovideos porno pau gigante.na.bucetinha apertada deu emoragiarevesando no cu da gravida pornoxvide coroa gritando emportugues quando toma rola grossa e cabecuda na xanavideo porno de menina que viu o caralho muito grande e nao quiz foder mas foi agarrada e enrrabada á forçaincesto servindo cafe da manha com camisolinha transparenteacarisiei a boceta da minha filhatirei.o.cabaco.da.minha.irma.dormindominha esposa aninha novinha e meu tio roludo setima parte contos eoticos mulher se decepciona por pegar o marido d********* pro negãotexto jibi mae filho fodeu bucetavídeos sexo gays estrupo vampiro principes dandocomendo a mileninha gostosinhaele e meu bad boy e eu sou dele parte 10 casa dos contos dosFredzoo pornopolicial fudendo com mulher que levava drogas na bucetagostosa infia bolinha explovisa na buceta e vai treparA garota acaba de colocar o vibrador e chega a irmã caçula na hora errada e faz ela ter seu momento de prazer contido e calado xvideostransa sexual sogente negras eu gosto porno gratiseu confesso marido examina minhas calcinhasfotos de bufetas pibgando de tewaovergonhapai comendo.as filhasConto erotico magnataconto minha sogra mim escutava meter na filha dela batia sirrricacontos de mae.putona tarada pela rola do filhomulher nega corpo de violao bunda grande pingelo muito grande trazando com travetis negro pica de jumentonovinha de biquine fazedo sexo de ladinho colado bem devagarinho no cuzinhocondo o marido sai potrabalho pornoPenis flacido castrar contoscontos eroticos textoscontos eróticos cagando na minha bocaXVídeos mulher chupa na chapoleta de idosomamae nao suporta rola do amante na bucetade bruços sinto a cabeca entrando com forca no meu cuzinhotrazei com minha vizinha d camizola na cozinha dela ponotitio comendo osobrio nosofa vidio gayvideo porno com muito beijo na boca de tirar o folego muita chupada na buceta fazendo gozar na lingua de tanto prazer puchao de cabelo sexo com pegada forte e brutavídeo de pornô doido rapaz regaço a b***** da mulherconto incesto minha irmãzinha adolecente andando encasa com essa roupinha nao da para resistiporno mae gotosa madura sedente de amor ai pirocaoBoquete gay com marginal agressivopau mostro q gata nao aguenta e pede pra da um tempo pq sua buceta ta doendoPai chupando e amassando os seios e vagina da filha e passando a mao na vagina dela ver video calcinha molhadacontos eroticos entre jovens irmaos gemeostezãozinho fodendoperdendo a virgindade com um gigolo com muito tesao no paupornor doido homem batendo poletafoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferrodois pauzudo fodendo duas vadias das beradas grosa de cabeça para baixover contos de tio q criou sobrinha e depois fudeu ate nu cugarotimha aprendendo bate punheta no papai