Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

O marido da minha faxineira me fez de putinha dele

Um conto erótico de DiscretoBundaBoaDF
Categoria: Homossexual
Data: 19/12/2013 08:54:55
Nota 9.83

Contei outro dia que o safado do marido da minha faxineira esteve na minha casa e acabou comendo meu cu (sugiro ler antes meu outro conto "O marido da minha faxineira quis provar"). Depois daquele dia, ele não parou de me procurar. Perdeu até a noção do perigo que é ficar me ligando e mandando mensagem sacana pelo celular. Confesso que fiquei com um pouco de medo desse assédio dele. A mulher dele não é burra e pode desconfiar.

É bem verdade que fico excitado toda vez que chega um torpedo dele do tipo "Sua bundinha é uma delícia. Quero mais esse cuzinho depilado", ou algo como "Que boca deliciosa você tem. Quero essa boca macia engolindo meu pau de novo" ou ainda "Da próxima vez vou te fazer de putinha desse macho aqui".

De tanto ele insistir, e também com medo dele dar bandeira e a mulher perceber, concordei em passar na obra em que ele estava trabalhando de vigia. Ele, além de ajudante de pedreiro, fazia bicos como vigia da obra. Chegando lá, muito discretamente, ele entra no meu carro e já me entrega um pedaço de pano preto. De imediato, talvez pelo escuro da rua e dentro do carro, não entendi o que era aquilo.

Ele foi logo ordenando: "Para o carro ali na frente, naquele escuro, de baixo daquela árvore, e veste isso que eu te dei". Que loucura! Era uma calcinha preta de renda fio dental. Um coquetel de sensações começou a tomar conta do meu corpo: medo, tesão, dúvida, vergonha. Falei, então, que já estava tarde e que eu não poderia demorar; que tinha passado ali só porque ele estava insistindo muito e eu queria dizer que ele tinha que parar de me procurar; que eu tinha medo que a mulher dele descobrisse.

Ele, percebendo meu receio, tentou me tranquilizar: "Não se preocupa, só quero ver você nessa calcinha. Vai ser rápido, prometo". E completou: "É que naquele dia, lá na sua casa, meu tesão aumentou quando imaginei você com esse rabão, vestindo uma calcinha fio dental da minha mulher". Eu concordei e, ali mesmo no carro, tirei minha roupa e vesti a calcinha como ele pediu. Foi uma sensação boa, ao mesmo tempo desconfortável (física e psicologicamente falando). O tesão daquela situação, no final das contas, foi maior e só obedecia ao que aquele macho tarado ordenava. "Vamos baixar esses bancos da frente. Quero ver você de quatro aqui no banco de trás", disse ele. Assim, eu fiz.

Em segundos, aquele homem se transformou em um animal no cio. Beijava minha bunda ao mesmo tempo que sussurrava que tinha ficado linda, mais linda do que ele tinha imaginado; que minha bunda de calcinha era mais gostosa do que muita bunda de mulher e um monte de outras safadezas. Quando eu ia dizendo que estava bom, que era melhor me vestir e sairmos dali, sinto ele segurando minha bunda e afastando o fio da calcinha pro lado. Ele suspira, dá uma tapa de tesão na minha bunda e soca a língua no meu cuzinho que estava depilado. Aquela língua me desarmou e fui deixando. Eu pedia pra ele parar, mas querendo que não parasse. Ele, acho que entendeu, e chupava meu cu com uma vontade incomparável. O medo de chegar alguém (polícia, talvez) misturado ao prazer de ter aquele macho ali se satisfazendo com minha bunda e meu cu fez me fez sentir um tesão como poucas vezes eu senti.

Quando dei por mim, estava aquele macho esfregando seu pau duro e quente na minha bunda, melando com a baba que saia daquele pedaço de carne pulsante. De repente, percebo que ele está rasgando a embalagem de uma camisinha. Eu esboço falar alguma coisa e ele só coloca a mão na minha boca e diz: "Minha putinha tem que ficar caladinha. Vai ser uma rapidinha, mas vai ser bem gostoso, você vai ver". Não tive escolha e relaxei. Ele cospe bastante na mão e lubrica o pau dele. Depois, afasta mais um pouco o fio da calcinha e chupa meu cu. Dessa vez, lambuzando e salivando ainda mais. Sem falar mais nada, ele começa a socar a cabecinha. Começa a gemer e a respirar mais ofegante.

Perceber o tesão daquele macho, me fez relaxar o cuzinho e deixar entrar o resto daquele pau. Nós dois ali, dentro do carro, naquele escuro, caladinhos. O que se ouvia era apenas o gemido dele e o barulho das coxas dele batendo na minhas coxas. Ele socava com vontade, mexendo e remexendo, me fazendo sentir entrar tudo. De repente ele começa a susssurrar no meu ouvido que iria gozar, que estava muito gostoso. Eu senti ele pesar sobre mim. Aquele macho tinha despejado no meu cu todo a porra que estava guardada. E quanta porra. Delícia. Ele, então, se limpou com um papel higiênico que havia no porta-luvas e saio do carro pra voltar andando até o prédio da obra.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/01/2014 23:07:28
Obrigado a cada um pelas notas e pelos comentários. É lendo os comentários que fico com mais vontade de continuar contando essas histórias tão íntimas da minha vida. :)
29/12/2013 13:15:53
Muito bom!
20/12/2013 04:31:17
Ai nessa periculosidade do Brasil ele voltar a pé seria um "me mate"
19/12/2013 14:48:40
Muito bom.




Online porn video at mobile phone


mulheres santinhas safadasconto de incesto mae mulata de babydollcontos de sexo depilando a sogravideo porn foi arrombada com negao ate cagou e vomitouwwwxxvideo filhinha meche o bumbumnovinhas safda.encheu a buceta.de sabao liquido.para se sartisfazermeu filho mais velho fica excitado ao me ver dando de mamar o bebe.Primeira vez q dei o cu vestido de travestcomendo o cuzinho dela ela chorando ele filmando escondido ela ferver na firma esconde dele comendo o cuzinho a bucetinha dela ela chorandoSo grafida sendo encochada no trem xvideo comrebola. simone. pra. mim. gosa. jatou. de. pau. duromae com tesao se masturba aoamamentar filho contos Contos erotico gozando dentro tendo aidsporno de coroucom novinhasBrotheragem - Segunda Temporada - 8quantos centímetros tem o penes do pro boteinonegao bagaca branquinho xxvideosporno o pai da quer reaizar o sonho de fpde foder a filha mas ele deu varias tentativa para consiguerno swing marido nao permite que metam na esposaconto porno gay. bullyingcornolandia contoso pinto do meu filho e maior do do pai rele contos eroticoshospedagem anonima site:.rurelato esposa cincoentona timida primeiro amantecontos eroticos safados de professoras madurasContos eróticos entre marido e mulher que se reconciliarampau no cu da incoerente pornonovinha dando pauzudi com cazelinacobertura conto gaynao saio de casa e um plugno cuzinhoConto gay policial fodido pelo marginalfotos. de pirocasde cavaloler contos reais acontecido esse ano de 2017 de maridos que de tanto insistir viraram cornos mansinhofiume porno minha cunhada e crenti eqe traza comigofotos. de pirocasde cavaloRelato de cornos submissocontos eroticos gay dormindo com o tiomulher d fiu dentau atolado no rabochantagiei a colega de trabalho e comi ela contosa japonesinha que não aguenta e se mijacontos meu sogrocontos eroticos de amamentaçãopenis grosso e 30 ctm fazendo a menina novinha chora e caga.sangue apois colocar em seu anuaMinha tia evangélica no sofá tarada novinfa da buceta grande carnudasbuctao tod c gazandcontos eroticos cunhado com scatconto erotico mulherzinhaconto porno saiu sanguevideos de sexo pratoa pegado a enpegada batedo uma xiriricabobiça no mato xxxminha mãe me surpreendeu contos de incestocontos erótico evangélica novinhaContos incesto dei pro meu pai eu era novinha convencipornozinho.irmao.da.pica.gigante.mente.na.irmatio por favor coma meu cuzinho a sobrinha improrando para o tio ele nao resiste contoswww.casa dos contos erotico adultério emcasa.comneta sentindo opau du avo duroConto no interior vi mamae pelada ela disse vou te capa cacetudode calsinhamocaquero zap d travest d itaquecetubaporno doido so chupança de buceta. com muita fomeContos e relatos incesto 12anod minha vó me ensinou a gostar de cu e buceta pirocudimeu cunhado tirou meu cabacinhocaseiro.Mae.filho.Depilacaoporno antigo novinha putinha de calçase esfregando escondida no pau do namorado da maemelando buceta com salivaporno minha esposa chupou o pinto do agiota pra pagar minha dividaporno a mulhe na parede e o homem a tras e saindo gosmamarido goza batendo uma vendo mulher agarrada por outro macho