Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A prima novinha da minha cunhada

Autor: Professor
Categoria: Heterossexual
Data: 25/01/2014 15:11:36
Nota 10.00

A prima novinha da minha cunhada

Depois de muito tempo, volto a relatar minhas aventuras aqui, essa história aconteceu tem três dias. Estou morando com meu irmão, que está passando por dificuldades financeiras e como pagamos aluguel, resolvi ajuda-lo, mais vamos ao que interessa.

Minha cunhada recebeu sua irmã (Lilian) e uma prima que moram na zona rural aqui de Manaus, elas vieram para passar dois dias, quando elas chegaram eu não estava em casa, cheguei em casa depois das 20:00 hs, como sou professor estava atendendo uma aluna em sua casa, ao chegar fiquei sabendo que Lilian estava em casa, temos uma amizade boa e sempre que ela vem aqui conversamos bastante, fui falar com ela e vi que ela tinha trazido consigo sua prima Thaynara, uma jovem de 15 anos, baixinha acho que 1, 55 cm, magra com pernas grosas e bumbum empinado, além de um belo par de seios, não grandes mais que enchiam as mãos, rsrsrsrsrs

Conversei bastante com Lilian e Thaynara, entramos pela madrugada e papo vai papo vem, estávamos em meu note escolhendo algumas músicas e passando para o celular delas quando Lilian anuncia que estava com sono e iria dormir, Thaynara disse que ainda não estava com sono e que ficaria um pouco mais, eu como já tinha observado como ela era gostosinha, fiquei animando, afinal todos estariam dormindo e somente nos dois ficaríamos acordados, para deixá-la mais à vontade deixei que ela escolhesse as músicas que ela gostaria de passar para seu celular, levantei dei meu lugar a ela e fui tomar água, na volta trouxe comigo um copo com água e ofereci a ela, que disse não querer, coloquei o copo na mesa e me pus atrás dela para ver o que ela mexia no note, fiquei olhando ela passear por pastas de músicas e eu ali atrás dela, pus minhas mão no seu ombro, ela usava uma vestido tomara que caia, logo seus ombros estavam nus, comecei fazendo uma massagem e ela não reclamou, ai fui falar em seu ouvido, perguntei tinha encontrado alguma música boa, ela disse que música não mais outra coisa sim, daí em diante não me segurei e tasquei um beijo, um beijão nela, deixei ela de pé e fui abraçando-a, levei ela para o meu quarto e coloquei ela na cama, ela disse que não poderia demorar, que teria que levantar cedo e que era virgem, que no máximo tinha visto um moleque se masturbando, disse que tudo bem e só faríamos algo se ela quisesse, voltei a beija-la e enquanto isso fui passando a mão em seu corpo todo, peguei em suas pernas grossas e macias, pegue em seus seios, ela no início tentou tirar minha mão, mais comecei a beijar sua nuca e ela começou a se entregar, foi ai que baixei seu vestido e ela se entregou de vez, chupei seus seios, mordia seus mamilos, como ela estava de vestido foi fácil chegar ao seu bumbum, durinho e empinado, peguei, apertei e fui colocando a mão por dentro da calcinha e apertando seu bumbum e ela soltando gemidos contidos, pois não podíamos fazer barulho, enfim tirei seu vestido a deixando só de calcinha, uma calcinha branca e bem pequena, ela é uma delícia, fiquei admirando aquele corpo lindo e jovem por uns segundos, foi quando ela veio até mim e começou a tirar minha roupa, primeiro camisa e depois a bermuda junto com a cueca, ela ficou admirando meu pau, não é grande mais satisfaz muito bem uma mulher, ela disse que era o segundo que ela via e que adorou, pegou meio sem jeito e começou a fazer carinho nele, eu pedi pra ela dar beijinhos ela disse que não, mais eu insistir e ela deu um, dois e quando dei por mim ela já estava passando a língua, então eu disse pra ela chupar ele, ela perguntou como e eu disse que era pra ela imaginar ele como se fosse um sorvete, ela começou devagar mais conseguiu, colocou até a metade na boca e chupou por uns 5 minutos, foi o boquete meia boca mais pra uma primeira vez foi ótimo, tirei sua calcinha e pus ela deitada de pernas abertas, ela ficou com vergonha, mais disse que ela poderia ficar à vontade que eu só daria prazer a ela, deitei sobre ela e voltei a beijar sua boca e depois fui descendo para seu pescoço, dando mordidas na orelha, beijei seus seios barriga, seu ventre, ao chegar entre suas pernas me deparei com uma bucetinha linda, com poucos pelos e lábios não muito grande e um clitóris um pouco avantajado, destacando-se entre eles, dei beijinhos e ouvia ela soltar pequenos gemidos, seu corpo todo se arrepiou e eu continuei, passei a língua em toda sua extensão, senti seu suco agridoce, uma delícia que eu suguei bastante e quanto mais eu sugava mais ela liberava, até que ela soltou um gemido mais forte e seu corpo todo estremeceu, foi seu primeiro gozo, ela ficou molhinha e continuei ali mais um pouco, me levantei peguei uma camisinha na gaveta do guarda roupas, pus no meu pau e deitei ao lado dela, dei beijinhos em seu rosto, sua boca e ela começou a passar a mão no meu pau que em momento algum baixou, ela então ficou de ladinho e começou a passa ele na sua xaninha que continuava super molhada, ela fazia movimentos indo pra frente e pra trás que me deixaram mais cheio de tesão até um momento que em uma dessas idas pra frente meu pau se alojou na entrada da sua xaninha virgem e ela veio então para trás fazendo meu pau penetra-la um pouco, ela sentiu um pouco de incômodo e parou um pouco os movimentos, ficamos quietos por um tempo e então ela começou a dar umas reboladas com a cabeça do meu pau em sua bucetinha, eu comecei a beijar sua nuca, pescoço, dei algumas mordidinhas em sua orelha, ela começou a soltar gemidos mais fortes e em um movimento mais brusco ela colocar todo meu pau dentro da sua buceta, eu fiquei parado e ela também, perguntei se estava tudo bem e ela disse que sim, que sentia uma ardência mais que não estava atrapalhando, foi então que eu comecei a tirar e colocar meu pau com movimentos lentos e depois com velocidade, mudei ela de posição, fui para cima dela deixando-a de costa pra mim, sempre com intervalos nos movimentos, sentia aquela bucetinha comprimindo meu pau todo, uma maravilha, fazia carinho em todo seu corpo, ela sempre gemendo até que ouso ela pedi pra eu enfiar com força, seu pedido foi atendido, colocava com força e velocidade, ela gemia e pedia mais, coloquei ela de lado e passei a estocar com força, meu pau entrava todo, via sua face num misto de dor e prazer, coloquei ela sentada e ai a novinha se soltou, enquanto ela rebolava eu chupava seus seios, apertava seu bumbum, tentei colocar um dedo no seu cuzinho mais ela disse que estava incomodando, voltei a apertar aquela bunda durinha e gostosa, foi então que ela começou a soltar gemidos e disse que estava sentido seu corpo molhe, ela gozou novamente, só que dessa vez mais intenso, resolvi coloca-la de quatro e fui enfiando o pau todo, dava estocadas fortes firmes até que não aguentei mais e gozei no fundo daquela buceta recém deflorada, tirei o pau e olhei como ela estava vermelha, ela ficou meio que jogada na cama e eu deitei por cima dela com a camisinha ainda no meu pau, com um pouco de sangue da sua recém tirada virgindade, ficamos trocando carinhos até que Lilian bateu na porta do quarto, levamos um susto, nos vestimos rápidos, estamos suados, cabelos embaraçados, abri a porta e Lilian entrou me chamado de safado que a prima era de sua responsabilidade, que eu não deveria ter feito aquilo, que era muito nova ainda, foi ai que tapei a boca dela e disse que pela manhã conversaríamos, elas foram pro outro quarto, fiquei no meu, acordei cedo e quando fui falar com a Lilian pela manhã ela disse que na próxima vez que ela viesse, seria a vez dela, fiquei sem saber o que dizer, mais estou esperando...

Comentários

01/02/2014 10:27:29
Sortudo hein professor... pegou uma novinha virgem... Otimo conto.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


gostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticoscontos eroticos me comeram a forçae já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoravidios d senhora com corpo gostoso e seios parados e arebitadoshomenzão da porra xvideo gaycontos erotikos menina novinha troca os cabacos por docesmulequinhos olhando a surubamãe bem velha tropa do com filho sexo incesto contos vídeos todos novosseduzida por um estranho contos pornoXVIII minha mulher com negaosexo porno fui no meu ginecologista ao abri a perna ele me chupou todinha deliciapornos filmes dos xpartacusconto erotico crente casada carente fica deslumbrada com tamanho rola de outrofodas narradas grannycristina loirinha sem juizoporno caseiro amiga não acredito q o pau do meu marido é grande e pago pra vercontos de incestos surubas com irma em casa nusbem novinhas e rolaças xxvideospriminhos na ferias do colejo fazem muita putariaminha vizinha puta contocontos heroticos cuzinho da japinhaContos , enquanto eu estava bêbado o malandro tava comendo minha mulhervirando a buceta do averso com pauzao monstrogemeas identicas dando a bucetinha pra um taradinhomarido fazendo covardia com a buceta da esposaesposa descaderada pelo negãogta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetacontoseroticos de prima e seus primosajudinha da fucionaria do mercado xvideoscontos eroticos estuprada pelo meu cunhadovídeo de mulher pelada nua vídeo mulher pelada mostrando o pinto também amor quer vir aqui também é muito periquita Minha louca vida de mulher pelada nuavizinho a aline contos eroticosContos eróticos de incesto com fotos de mulheres peluda e comadresXvideos com icrivel ruguiconto erotico gay gury chupador de dedoConto erótico bricadeiras eradas com o paiviagei a trabalho e meu noivo virou corno o homem me dominou marido fica bebado em churrasco e esposa fode com outroconto dei o cu pro meu tio emganto ele dormia gay 2017videos porno a namorada trail ele e ele estrupou ela com forcavideos de bucetas intaladas na rola grossaxxvideos parada gay 2017 sao pauloconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretoporno meti na minha irma com forca e fiz ela pular e gemerTia gostosa de vestido curto decostas sobrinho agara ela pra comervidio do porno doido de lesbisca chupando a bucetavda outra ate ficar sem folegowww delexvidio comgarota misterio cdzinhapequeninhacontosContos etoticos filha rabudaela gozou mas eu nao parei de chupar a buceta delacontos eroticos sem querer maepedreiro fode menina em cima do andaime pornôxxvideo n paguei tive dar cu eterogayVer contos de ciume do diario de um guei (sobre alam e biel).instalei grampo no celular da edposa e descobri a vadia que ela e contos eroticosquero abri uma janela parA o porno baiano com bucetasmeus amigos me comiamfilho da pica informo fudendo a buceta da mãe gostosaDesabafo real de uma mae contos ero cap,IXeu qero asistir videos porno os caras do pau grande regaçado as mulheris e elas gritado sen aquetarseduzindo novinha escondidopornodoidopausudo de 25cm come minha esposa gostosa e gosa nela pro corno vermamilos da minha mae contos eroticosUm hétero machista e homofóbico apaixonado por um índio 4mulher muito gostosa pedi varios para gozar no cuzinho muoto apetardobundudas com o capeta no baile funknovinhas.abrir.buzentabotando o joelhinho em cima da mesa xvideosPai chupando e amassando os seios e vagina da filha e passando a mao na vagina dela ver video calcinha molhadahomens roludos e picudos nu de rondoniabucetaque tenham o monte pubiano volumoso