Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Os opostos se atraem... será? Parte 40 ÚLTIMO CAPÍTULO

Autor: Luchaha
Categoria: Homossexual
Data: 05/01/2014 15:27:24
Última revisão: 05/01/2014 15:38:52
Nota 10.00

Pessoas que em HIPÓTESE ALGUMA, podem deixar de estar no meu último conto :

Orfeu37

Leo I AM..

chicao02

Geo Mateus

Nando19

Jevi

Minôs

joao2011

Só você

Ru/Ruanito

Perley

ITATY

Miguel Ferreira

Pablo Rick

pitter $$

(Al)

alns (AUGUSTO)

SammyRoh

Tack

moreno18

dreyk_02

Gerfried

beel fernandes

Scarlett

Awillz7

Augusto3

Luukinha

Gabriel_ss

agatha1986

Thiagoo

Luukinha

vbp

licou

Thiago Silva

joao2011

Awillz7

J. Pedro

Saah_18

miguelitoVS

VictorNerd

Raffa06

meublog:gauchaluana.blogspot.com

Rebcar

Jully *--*

tzinho

Eros 99

Jvbarchi

akipravcrj

Big Z

wallace-rj

Cristopher

@leof

Jevi

Mediador

Tércio

wallace-rj

Red Eyes

Junnior

O Corvo

Senji

Guga Maroto

diiegoh'

fabi26

Gabriel_ss

alhambrafb

KARLLOS

Guhhh!

Pedro Silva

dansharman

B Gomes

Nandu'u

N4T4NZINHO

Rêh

Toon_Collins

Lumina

Oss

Lipe*-*

dan.

LittleLiars

Santos

*Prince Thi*

derp!.!

H. C.

niel1525

Relampago Dourado

R...

pri ♥

julio13

AlêLex u.u

Bruuh ;333 !

LipinhoLipe

Culi

SammyRoh

Dhcs

Nina M

Eu quero TODOS aqui. SÉRIO. vou ver um por um! Quem eu esqueci, me perdoa e não me xingue rçrç por favor, ou quem vai comentar pela primeira vez, eu vou estar lendo, obrigado por tudo amores ! Meu e-mail : [email protected]

Obrigado por tudo! Vocês me fizeram me sentir tão bem! Eu peguei um enorme carinho por cada um aqui, somos como uma família! Valeu cada conto postado aqui! Obrigado ! Mesmo! Sem palavras para agradecer o carinho.

Nesse último capítulo, eu consegui que Amanda e Bruno me contassem algumas coisas. Enfim, quem sabe um dia eu não retorne, quem sabe, beijos e abraços meus para cada um aqui! Estou chorando escrevendo isso, serio, tá, vou parar de viadage. Também peço para que baixem a Música I Look To You da Whitney Houston, porque ela definiu um momento relatado aqui nesse último capítulo. Será avisado quando for pra dar play na música, boa leitura!

P.S: Obrigado! (de novo)! Adoro voces do fundo do coração, e ah, aguardo e-mails!

Respostas :

Voncrimson: Agora sim acabou Beijos e abraços no fundo do coração!

pri ♥: como já disse, o que falar de você? Não tem! você é incrível! Obrigado! Mesmo <3

ThiagoSilva: sim, eu amo ele, mas ele é cabeça dur., eu sou santo, pf u.u abraços s2 fique bem!

Augusto3: Awn! Eu também! Já deixei meu e-mail, relaxa! E valeu por estar sempre aqui me mimando!

Junnior: Não jamais! Vou estar sempre nos e-mails ! relaxa!

Perley: infelizmente nada é tão fácil! Mas eu tento, abraços sz

Ru/Ruanito : Não vou me afastar não! Fique bem! Você também, sem palavras, uma das primeiras pessoas a comentar aqui, tenho um carinho enorme por ti!

Dhcs: awnnn' valeuu! Também vou sentir falta ! Obrigado <3

agatha1986: pois é! Espero que tenha gostado! Abraços!

Nando19: Não vai acabar, talvez um dia eu volte ! Fique bem, abraços !

julio13: Bem, começando, eu sei que você acompanha desde o começo, e eu te agradeço no fundo do coração, segundo, o ano de 2013 foi muito tumultuado, eu e ele brigamos feio, mas no final, a gente não tem vergonha na cara, estamos juntos de novo. Mas isso é história pra outro dia, e valeu por tudo, por estar aqui desde o início, eu agradeço cada palavra escrita por você! Obrigado mesmo! Abraços apertados <3 fique bem!

Tack: Eu me emocionei com o que você escreveu! E sim, tenho um carinho enorme por todos aqui! Sabe, eu leio seus comentários desde o início e agradeço por tudo! Espero Que fique bem! sz

SammyRoh: Obrigado! Você me mima demais! E eu deixei o e-mail! Espero o seu la ein! Abraços s2

Nina M: Gostei de você! Me chamou de divo! Me mimou e só me elogiou! To me achando ! obrigado mesmo! Por cada palavra escrita! Espero que tenha gostado viu, abraços e se cuide ! ^^

Só você: awnnn' eu sou foda demais, ' escritores favoritos' me senti u-u, obrigado! e fique bem!

fabi26: Eu vou sentir falta de você! Obrigado por tudo s2

Bê-Alves: Olha, eu espero que você tenha gostado, e nunca é tarde para corrigir um erro, as pessoas aqui, retratam como se, todos os pais fossem faceis em relação a questão da sexualidade, mas não são, eles não aceitam por completo, na verdade, só suportam, é muito preconceito, e eu imagino a barra que você deve estar passando! Mas você é forte e vai superar e vai voltar pisando de salto agulha na cabeça de todo mundo! Fique bem fofo! s2

Espero que vocês gostem ! adoro vocês! Abraços gigantes pra todo mundo ! E me desculpem por alguma coisa!

Parte Relatada pela Retardada Mental da Amanda >>>>

*

*

*

*

'Ai Luca. Eu não deveria revelar meus truques. Não mesmo. Mas só vou te contar porque, sei la.

Eu me lembro que quase dei na cara daquele idiota daquele taxista. Ele queria cobrar mais, como todo taxista meia boca faz. Enfim. Quando finalmente chegamos ao aeroporto, eu te joguei pra fora do carro. Ambos estávamos de pijama. O que foi meio embaraçoso. Eu prometi a mim mesma que te ajudaria nem que essa fosse a última coisa que faria na minha vida. Não se ache,  passiva farofeira.

Tá.

Nós descemos do carro.

-Você fica no portão de embarques internacionais. Corre Luca.  Que eu vou dar um jeito de fazer Bruno te esperar.

-Mas... como você vai fazer isso? - Você me perguntou com os olhos vermelhos de chorar durante a viagem de la até aqui.

-Não interessa! Vai! A gente só tem 15 minutos! - eu disse.

Eu disparei para um lado e percebi que você também foi para outro lado.

Eu sabia o que fazer.

Eu corri.

Sim.

Eu corri.

Com o pijama ridículo rosa voando em mim e os cabelos enormes. Óbvio que eu não faria aquilo por ninguém. Quase fui presa por isso. Você me deve namorados Luca. Mentira.

Voltando ao foco, minha mãe já namorara um cara que ficava na sala de comando dos aviões. Ele era um piloto aposentado que roubou o INSS e conseguiu uma bela pensão. Ele não tinha nenhum defeito (Não que eu sabia rs ) .

Eu corri até a onde eu deduzi que seria as salas de comando. Tinha alguns seguranças na frente.

-Ei garotinha, onde você pensa que vai? - um cara alto entrou na minha frente.

Eu mordi os lábios.

"PRÓXIMO VOO PARA ARGENTINA SAÍRA EM 20 MINUTOS. '

'Pensa Rápido Amanda.' Eu pensei.

Eu mordi os lábios.

-Eu preciso falar com meu pai.

-Pai? - o cara perguntou.

-Sim. O Sérgio. Ele é meu pai. Melhor você me deixar entrar. Não tá vendo que eu estou de pijama. Você acha que eu sairia assim se o assunto não fosse urgente? - Eu disse olhando irritada para ele e apontando para o meu pijama.

-É... mas ele é...

-Branco? Sim. É. Mas pelo o que eu saiba é meu pai.

-Espera um minutinho...

Enquanto ele sussurrou algo na escuta,   eu atravessei em sua frente e corri pelos corredores. 'LUCA . VOCÊ ME PAGA.' eu pensava enquanto subia as escadas enormes.

-Sai da frente. - Eu gritei para um cara que estava na frente.

Todo mundo me encarava, pensando quem era a louca que invadira a central do aeroporto.

Eu só tinha que achar Sérgio . Em milhões de salas. Droga.

-Ei garota. Pensou que ia escapar? - o segurança da entrada veio e me agarrou. Eu comecei a gritar.

-SOCORRO! VOCÊ ESTÁ ME MACHUCANDO! - eu gritava. Ele não ia estragar meus planos. Eu não saí de casa de pijama pra te decepcionar.

-SOCORRO! MANÍACO! ME SOLTA! - eu gritei.

'Hora do Show.'

Lágrimas escorreram dos meus olhos.

-SOCORRO! PAIII! - eu gritava enquanto o homem agarrava meus braços.

-Amanda? - disse Sérgio surgindo com fones de ouvido de uma das cabines e me olhando com uma cara de estranhamento, Tipo " que que essa louca tá me chamando de pai?" .

-Pai! - eu o abracei forte.

Ele fez sinal para o homem, e o mesmo se retirou.

-Ei, o que...?

-Depois eu te explico, pelo amor a minha vida. Preciso de um favor a mamãe. - Eu saí disparada em direção a um corredor enorme e branco. Precisava urgentemente achar a sala de comando, aquela das musiquinhas irritantes.

'SALA DE COMUNICAÇÃO.' eu abri a porta silenciosamente.

-Senhores Passageiros... - Anunciava uma senhora no microfone.

Eu sabia como paraliza-la.

Eu entrei silenciosamente e apertei seu pescoço com toda minha força, sua cabeça caiu imóvel em cima dos botões, eu a coloquei no chão,  e sentei na cabine. '

PARTE RELATADA POR BRUNO>>>>

'Ah amor. Vai ser difícil falar sobre isso. Eu me lembro o quanto tempo fiquei longe de você. Que falei aquelas coisas horríveis e... Ah, deixa quieto.

Eu e meus país já estávamos no aeroporto. Minha mãe nos segurava na parte de fora o máximo que podia e olhava pelos lados. Eu não sabia de nada. Eu estava nervoso. Eu deveria ter corrido atrás de você. Errei em ser tão infantil. Eu não podia ter feito isso. Eu suava frio.

'20 Minutos para embarque', ou algo assim, eu gelei. Me arrependi por ser tão idiota, e sim, eu usava a aliança e passava as mãos nela. Você não atendeu meus telefonemas pela manhã. Queria te ver, te dar tchau. Não sei.

Meus pais foram para o portão de embarque e eu estava ofegante, Bruna brincava com sua boneca. Estávamos na fila quando escutei algo, e senti que poderia ao menos... reverter a situação. Disparei em direção ao saguão sem pensar em mais nada.'

*

*

*

*

Parte Relatada por Mim >>>>

A viagem até o aeroporto foi difícil, eu só podia ouvir Amanda gritando coisas horríveis ao taxista. Eu chorei ao lembrar que talvez nunca mais olhasse ou tocasse Bruno, seria tarde demais? Não sei.

Quando chegamos ao aeroporto Amanda me empurrou do táxi, e cheia de enigmas me mandou ir para o saguão de embarque, eu me perguntei o que ela faria, mas a mesma não quis falar sobre o assunto, eu estava com a sacola escrito ' Vans' nas mãos. Só de pensar que eu já podia ter entregado dias antes, que eu podia estar agora dando tchau ao amor da minha vida de maneira amigável. Mas nao. Eu saí em uma direção oposta a Amanda e fiquei perdido, era difícil me localizar, estava lotado. E todo mundo olhava meu pijama azul bebê. O que foi incrivelmente estranho.

-Moça. Você sabe onde fica o saguão de embarque internacional? - Eu perguntei encarando a mulher no posto de informações.

-A esquerrrda, segunda quadra, vira a direita, da a volta e vá direto. - Disse a mulher com um sotaque irritante de espanhola de quinta categoria.

Eu revirei os olhos e tentei achar o saguão.

'20 MINUTOS PARA O EMBARQUE' Droga. Fiquei desesperado. Será que seria tudo em vão? Nunca me imaginei fazendo loucuras novelescas como essa.

Percebi várias pessoas me olhando, quase correndo de pijama num saguão. O que eu não fazia por aquele idiota. Vi vários garotos me olhando também, me senti desejado, não. Pera.

Foco Luca. Foco.

Eu não conseguia achar o maldito corredor, estava numa arapuca.

Eu fui no unidunitê e entrei em um corredor. Quando li ' Saguão de Embarque.' Eu parei para respirar.

'Ufa. Graças a Deus consegui apagar essa mulher. Bixa pesada.' Eu escutei no saguão. Era o alto-falante. E a voz de Amanda.

'Opa.  Ahhh. Então... Bruno. Onde você estiver. Saiba que não é pra você embarcar, sem pegar algo que está no saguão, se você for eu vou virar terrorista e fazer seu avião cair.' Ela respirou fundo. ' E Luca. Espero que você tenha chegado na porra do saguão logo. Que eu não fui quase engaiolada por entrar aqui a toa. Boa sorte.'

'AHHHH. ME SOLTA VADIA. AAAAA! ' eram gritos de Amanda. Eu me preocupei, mas lembrei que era Amanda, e ela provavelmente saberia se virar. Eu continuei andando pelo corredor.

'Me solta! Aaaa. Você puxou meu cabelo? VOU FAZER VOCÊ COMER ESSES BOTÕES.' Amanda gritou e de repente todos olharam para cima para tentar entender o que estava acontecendo.Amanda deveria estar brigando feio. Todos gritaram. O som fez aquele barulho de microfone, estrondoso e dolorido. Eu tapei os ouvidos.

Corri em direção central. Faltava 17 minutos para Bruno embarcar. Onde ele estaria? Eu senti mãos agarrando meus braços.

[OFF, I LOOK TO YOU WHITNEY HOUSTON]

Eu o encarei e de repente tudo voltou a minha mente...todos os momentos, quando nos beijamos pela primeira vez, quando ele pegou no meu braço na escada da escola e disse que amou minha resposta, quando ele me levou ao jardim, o dia em que me pediu em namoro e me deu uma aliança, quando fomos comer pizza e ele estava com a Ana Paula, quando nos beijamos na chuva, nas férias quando ele me pediu perdão por ter me traído, quando nós tomamos cafés juntos, no feriado de 7 de Setembro quando a gente tava lavando a garagem dele e ele jogou a mangueira e mim e brincamos como duas crianças, quando fomos para aquele acampamento e acampamos, quando ele surgiu da água sorrindo, também quando ele me prometeu que não usaria mais drogas, e até nos tempos mais recentes, quando ele disse que me amava e me deu aquela caixinha linda de presente, cada momento passou em minha mente como um triste flashback. Bruno me abraçou forte, e eu o abracei forte também. Foi o abraço mais gostoso entre nós. Talvez fosse o último.

Eu o encarei e o puxei a um canto escondido do saguão, quem já foi no aeroporto de Guarulhos sabe do que estou falando, la tem uma pequena área ao lado do embarque internacional. Eu o beijei. Foi um beijo mágico, divino, escorreram lágrimas de ambos, eu passei as mãos na nuca dele e ele pela minha cintura,  eu perdi a noção do tempo. Eu o soltei.

-Você é um idiota garoto. Mas o que falar? Que eu te amo e vou estar esperando por você. É isso. - eu suspirei fundo.

-Pode passar a eternidade, eu vou sempre amar você. Minha boneca.

-Não me chame assim.

-Hum. - Bruno me deu um selinho. - Olha. Eu vou, mas eu volto. Não sei quando. Mas se eu morar la, eu espero você completar 18, ou eu, e... eu faço dezoito mes que vem, então eu... dou um jeito. - Ele me abraçou.

-Eu te amo. Muito. - Eu disse o apertando forte. Eu o soltei e peguei a sacola. - É seu. Eu achei naquele dia. Mas... não pude te entregar.

Bruno me olhou desconfiado e abriu a sacola. Ele pegou a jaqueta e seus olhos oscilaram e ele olhou para baixo.

-Não gostou ? - eu perguntei pegando em seu rosto e o deixando olhando em meus olhos.

-Me senti pior. Você sempre se importando comigo e eu... - sua voz abafou. - Fazendo merda. Obrigado. Mesmo. Eu amei. Sem palavras. - Ele sorriu sem jeito.

-Mas eu te amo assim. - eu o beijei e ficamos juntos por mais uns instantes .

-Agradeça Amanda por mim. - ele sorriu.

-Pode deixar . - eu respirei fundo e lágrimas rolaram dos meus olhos. - Agora vai. 5 Minutos.

Bruno olhou nos meus olhos. E colocou as enormes mãos no meu rosto.

-Olha. O que acontecer. Eu te amo. Demais. E vou voltar pra ficar com você. Te prometo. - Ele me deu um beijo e caminhamos até o saguão de maos dadas.

Eu não me importava mais com as pessoas. Estava pouco me lixando. Bruno me abraçou forte e nós demos um adeus.

-Te amo. - Sussurramos ao mesmo tempo no ouvido um do outro.

Soltamos as mãos e Bruno olhando para mim, fez um coração. Foi fofo aquilo. Ele tão machao, fazendo aquele coração patético, eu com lágrimas nos olhos, sorri de longe e observei o amor da minha vida partir.

Logo que vi Bruno ir embora, meu coração despedaçou. Eu me sentei em um dos bancos do saguão e comecei a chorar. Sim. A chorar. Bruno se fora. Era isso. Eu fiquei com cabeça apoiada no vidro principal e depois de alguns instantes eu observei o avião partir.

Novas lágrimas rolaram pelos meus olhos e eu chorei algo dessa vez.

-Luca. Levanta. - Amanda do nada surgiu de trás de mim.

Eu a encarei e limpei as lágrimas. Me lembro que eu soluçava.

-Rapido Luca. Estão atrás de mim. - ela riu.

-Co-co- co mo assi-i-m?  - eu perguntei soluçando.

-Eu entrei na sala de comunicação, desmaiei aquela vaca sem coração, bati a testa dela nos botões, e causei uma desordem no aeroporto. A polícia está atrás de mim. A garota de pijama. Então corre! - ela me puxou.

Nós andamos nos escondendo pelos corredores. Eu não estava com ânimo pra nada, sinceramente.

-Ela! - Gritou um segurança apontando para Amanda.

-Droga. - Ela sussurrou e me puxou para a direção contraria. Nós achamos a saída e saímos correndo pelo estacionamento tentando achar algum ponto de táxi. Achamos um e entramos rapidamente.

Passamos o endereço.

Eu respirei.

Estava cansado de correr tanto.

-Você tá bandida ein. - Eu disse tentando recuperar o ar.

-Culpa sua. - Ela também estava ofegante. - Conseguiu ver ele? - ela perguntou.

-Sim. Ele pediu para te agradecer. - Eu sorri.

Lágrimas saíram dos meus olhos e eu decidi que iria espera-lo o tempo que fosse. Eu amava ele. E isso não mudaria jamais.

A viagem de volta serviu para recuperar-mos o fôlego.

Eu entrei para dentro e peguei o dinheiro pro taxista.

Eu entrei no quarto e me deitei. Amanda se deitou do meu lado.

-Bem. Acho que você não vai poder ir buscar sua mãe no aeroporto. - Eu sorri.

-Quando minha mamis chegar, Eu peço pra ela dar um jeito de limpar minha barra . - Ela franziu os senhos.

-Sabe... eu ainda não posso ... acreditar. Ele se foi. - Lágrimas rolaram novamente dos meus olhos. - Ele disse que voltaria, mas ... eu... senti que acabou. - Eu suspirei pesado.

Amanda me abraçou.

-Seus pais voltam quando? - ela me perguntou.

- Acho que só no final do mês. Meu pai foi pro norte, o patrão dele pediu para ele resolver alguns problemas do escritório. Como ele é acionista, ele representa também. - eu disse suspirando. Sequer conseguia parar de chorar.

-Então depois de amanhã vamos pra minha casa. - Ela me apertou e eu apoei a cabeça nela.

-Valeu. Mesmo. Por... tudo. - Eu a apertei.

-Tudo bem. Foi loucura. Mas eu achei divertido. - ela sorriu.

-Doida. - Eu sorri também.

*

*

*

*

*

Eu não tinha ânimo pra mais nada depois que Bruno partiu, eu saia por sair, eu ria sem achar graça, parecia que tudo havia perdido o sentido, eu olhava para qualquer coisa e me recordava dele, eu ainda usava a corrente, e esperava que ele também usasse. Óbvio. Ele ainda era meu. Não. Eu estava me iludindo? Talvez. Eu por uma parte acreditava que talvez ele voltasse, ou que eu nunca mais o visse.

*

*

*

*

*

-Luca! Vamos! Você cortou o cabelo, comprou um monte de roupas novas e não vai sair? - disse Amanda ao telefone, enquanto eu lia um livro apoiado na cabeceira da cama. 'A Hospedeira', o melhor livro que eu já li na minha vida, era emocionante ao extremo, e era a 4 vez que eu lia ele.

-Ah Manda, não sei. Amanhã as aulas já começam e eu tenho que acordar cedo. - Eu suspirei.

-Luca. Você está um pamonha desde que o Bruno foi embora. Toma vergonha na tua cara, você vai ficar vegetando a sua adolescência por causa de um garoto? Bruno deve estar agora curtindo um monte em Buenos Aires, e você está ai. - Ela suspirou. - Eu passo na sua casa daqui a mais ou menos uma hora. E ai de você se não for. - Ela desligou e eu fiquei sem reação.

Será que ela tinha razão?

Eu deveria mesmo aproveitar.

Eu já... superei muita coisa, não ia deixar qualquer farofa me abalar. Ela tinha razão. Eu me arrumei. E aguardei por ela. Escutei a buzina e desci.

-Pai, mãe, vou sair com a Amanda e qualquer coisa me liguem.- eles me olharam surpresos.

-Tudo bem meu anjo, se cuide. - Disse minha mãe sorrindo.

Fazia talvez tanto tempo que eu não saía, na verdade, eu saía, mas não animado para nada.

Eu sorri para Amanda e entrei no carro.

-Tomou vergonha na cara? - ela mordeu os lábios e riu.

-É. Eu vou curtir mesmo. Você tem razão. Eu sou fodastico. Dois beijos. - Eu beijei o ombro e ela riu.

Talvez a gente nao tivesse mudado nada em um mês, ou talvez muito. Eu nao cresci, definitivamente. Amanda sim, estava mais encorpada. Ela agora estava com o cabelo liso e um arco fofo. Uma saía de cintura alta vermelha cheia de babados e uma blusa preta.

Eu? Só meu cabelo que estava diferente, não muito, estava maior em cima e os lados estavam curtos demais. Eu estava com uma calça preta e uma blusa de frio de moletom branca.

A mãe de Amanda (linda e diva), também não havia mudado nada. Ela nos deixou na frente de um barzinho e deu todas as recomendações de mãe.

Nós pegamos uma mesa e nos sentamos.

Tinha pessoas ali dos mais diferentes tipos, nós já tínhamos ido la. Sim.

Eu me sentei e pedi uma garrafa de pepsi e Amanda um chopp.

Do nada, brotou um garoto do meu lado.

-Oi. - ele sorriu.

Querem saber se era bonito? Era. Lindo. Universitário, cabelos loiros, olhos azuis e barbas feitas. Era alto. E forte. Não tão forte, mas era rato de academia.

-Oi. - Eu respondi assustado.

-Podemos conversar em um lugar... mais reservado? - ele sorriu.

-Não. Sinto muito. - Eu me virei para Amanda.

Ele passou as mãos em volta de mim, e eu encarei Amanda com cara de socorro.

-Saí. Eu não te dei essas intimidades cara. - Eu empurrei os braços dele.

-Quer ficar comigo? - ele mordeu os lábios.

-Não! Me solta! - eu o empurrei de volta.

-Mas, pode crê que você não vai se arrepender. - ele veio em direção a minha boca.

Definitivamente, era o cúmulo do abuso.

-Olha. Deixa eu te falar uma coisa garoto. - eu o empurrei mais forte dessa vez. - Se eu quiser ficar com alguém, se a pessoa ME INTERESSAR, eu vou atrás. Odeio gente grudenta e oferecida. Então acho melhor você me soltar. Senão eu vou ficar muito bravo com você e com nojo. Com nojo eu já estou. - Eu fiz sinal de tchau pra ele. - Então rala daqui. Por favor.

Ele me olhou com uma cara feia e se foi.

-Af. Hoje em dia não se pode mais se sentar em um lugar que tem outro viado te agarrando. - eu bufei.

Amanda riu.

-O VELHO LUCA VOLTOU! - ela me abraçou por cima da mesa e se sentou.

Eu apenas bufei.

-Luca. Ele voltou pra uma mesa cheia de caras como ele. São todos divos. Cara. - Amanda coçou a cabeça. - Não olha. Eles estão debochando daquele garoto. Acho que... era uma aposta de amigos ou algo assim. - ela franziu as sobrancelhas.

Eu olhei para a mesa e mordi os lábios.

-Sabe. Se um gatao desse viesse dar em cima de mim. Eu acho que eu ia me arrastando de quatro. - Ela fez cara feia. - De tão encalhada que eu estou. - ela pôs as mãos no queixo.

Eu ri.

Tomamos.

Rimos.

Foi divertido.

Mas já estava ficando tarde, e resolvemos pegar um táxi.

-Tá. Vamos. - Amanda se levantou e caminhamos até a porta.

-Ei. - Um garoto me puxou e eu o encarei sério.

-Quem é você? - eu perguntei estupidamente. Esse era diferente do outro, parecia ter a bossa linha de idade, era lindo, de verdade, tinha cabelo arrepiado e tatuagens pelo braço, estava com uma regata e tinha o olho meio azulado.

-Ah... você, sabe, me passa seu número de telefone? - ele mordeu os lábios.

-Não. - eu suspirei pesado. Fui em direção ao táxi, onde Amanda olhava boquiaberta. Sem disfarçar.

-Dois em uma noite. Lindo de morrer. Que catinga de ano novo você fez? - ela disse, quando já estávamos indo em direção a minha casa.

-Não sei. Sabe. Não sei. Isso tá estranho. - eu deduzi.

Eu me despedi dela, cheguei em casa e fui dormir. Estava cansado.

*

*

*

*

*

Naquele dia eu acordei mais cedo, me arrumei bem, e fiz meu pai me levar na escola. Já era Fevereiro. Uau.

-Tchau filho. Boa sorte. - Ele sorriu.

Eu bati a porta do carro e entrei.

Era difícil ver em que sala eu estava. Todos se amontoavam. Eu queria tacar uma bomba em um por um.

Consegui ver. 3° Ano A.

Ah.

Eu caminhei até onde seria a sala da primeira aula.

Entrei e já tinha muitas pessoas lá.

'Droga.'

'Voce vai conseguir.'

'Não sei.'

Eu mordi os lábios.

-Olha só. Alguém este ano está sozinho. Sem NINGUÉM. - Felipe passou por mim me encarando.

Estava de bonè e uma roupa comum para ele.

Eu olhei para baixo e apertei os punhos.

Eu fui até o corredor e fiquei la. Aguardando o maldito professor.

Felipe deveria ficar bem longe de mim.

-Ah. Olha só. O viadinho caiu na minha sala. - Disse Tayná caminhando com umas garotas rindo da minha cara.

Eu apenas sorri.

Era bom estar de volta.

O garoto da noite passada passou na minha frente, e entrou na minha sala.

O tatuado.

Sim.

Omg.

Crendeus.

Eu gelei.

Ele não me viu.

Ufa.

Por que essas coisas demoniacas só aconteciam comigo? Acho que voltei a estaca zero. O bug me possuiu novamente. Só pode.

-Luca querido! Vamos entrar? - perguntou Margareth me empurrando de leve para a sala.

Eu me sentei no meu lugar. E senti todos me olhando ao mesmo tempo.

'Que o jogo comece. Essa ano, vai ser meu.' Eu pensei.

Mordi os lábios.

E sorri.

Comentários

L&P
04/02/2014 00:10:16
E que os jogos comecem... rs proximoo
26/01/2014 01:37:45
Muito bom querido !!!
10/01/2014 00:40:54
kirido, eu n consegui te achar '-' omd, tava animado já -.-
10/01/2014 00:36:48
Ahhhhh amei >.< desculpa fofo, fui viajar e n tem net no mato u.u mas to de volta e cheguei divando u.u ta perfeito, amei, amei msm >.< NECESSITO de um 2ª temporada u.u NOW
08/01/2014 02:29:52
* escritor rsrs
08/01/2014 02:29:19
Torcendo pelos dois !!
07/01/2014 01:10:58
Sabe posso nao ter comentado toooooodos os teus contos mais foi por preguiça kkk poxa eu to chorando so isso q tenho a dizer . VC? Vc deveria pegar isso e criar um livro e pq? Pq o que vc diz marca a vida todos nos q lemos de todos nos q nos indentificamos com tua historia . Uma historia linda e q eu juro q se nao tiver segunda temporada eu descubro quem vc é e vou ai e te mato e ainda chamo a amanda junto kkkk . Eo to triste pelo fim disso mas to errado! Quem disse que isso é o fim? Isso é só o começo tenho certeza pq vc nao é uma pessoa cruel de nos deixar curiosos e tristes . Sem duvida haverá uma segunda temporada sem duvida msm . Eu nao te conheço pessoalmente mais te amo demais please entra em vontato comigo pelo whatsapp por favor é e pra quem quiser bater um papo luc saiba q eu te amo msm e que vc vai escrever segunda temporada ok?
06/01/2014 20:08:19
Hum, deixou mais do que um gostinho de quero mais, foi um prazer enorme ler teu conto, eu quero continuação!!!
06/01/2014 15:54:29
Aaah como assim ja chegou ao fim, vai deixar mtaa saudadees luca, vc podia fazer tipo uma segunda temporada ou algo assim neeh hahaha, vou sentir sua falta aq na cdc, bjooo e abraços pra vc, td de boom!!!
06/01/2014 04:15:41
Ta na cara uma possível 2 temporada hehe. De nada cara e obrigado pelo carinho hehehehe♥ LUISNEY hehehe
06/01/2014 00:48:53
Chorei aki cara nao faz isso comigo continua a escrever cara saiba que todos os dias virei aki na sua pagina olhar se resolveu continuar todos os dias sempre com a esperança de voce relatar mais e foi demais amei voce o bruno a amanda foi perfeito simplismente e estamos ai te esperando sempre e como disse q eta com o bruno atualmente felicidades a vcs tudo de bom do fundo do coraçao e aprendi muitas coisas com voce....voce nao contou contoseroticos e sim uma vida um amor uma historia q fico curiosso pra saber oqie ta acontecendo beijos e felicidades de coraçao!
05/01/2014 23:24:09
Amei desde "Bem, basicamente mais um ano ia se iniciar..." até "Mordi os lábios e sorri.". Sua história foi, simplesmente, MAIS QUE PERFEITA! E se não tiver segunda temporada (Por Favor que tenha) escreve um fictício que eu vou amar também. Beijos de quem te acompanha desde o diaaté o dia, mas que vai guardar essa historia até o fim da vida.
05/01/2014 22:16:45
Isso ta com cara de segunda temporada, mas se não tiver foi um arraso, final demais, achei bem interessante, usar o fim como novo começo.
05/01/2014 21:27:03
WHAT??? O.o como assim final? isso mais parece com um novo começo! esperando 2 temporada, pq né...
05/01/2014 19:46:19
mtu bom
05/01/2014 19:33:20
Ansioso Também Sengunda Temporada, será que vai ter, esse Final pareceu de continuação. Foi muio bom esse final com a música então, não precisei né baixar, já tinha ela na listar de Musicas do Meu IPad. Vou ficar com Saudades Abraço... ( Ha quaser que me esqueço essa Tayná eé um Galinha, para não dizer coisas Piores Aff, conheço umas Galinhas iguais ...). Tchau Ante Mais ..
05/01/2014 19:08:29
nossa vcs sao demais....adoro mt vcs e a Amanda tbm....e continua a historia cara ñ para ñ....vou sentir sdds....bjus
05/01/2014 19:00:41
Amei este capítulo, muito emocionante!!! Espero a próxima temporada!!
05/01/2014 17:35:13
NÂAAAAAO! AGORA È A VEZ DE SE VIRAR SOZINHO EM MIGO. vai deixar saudades man. agora ANCIOSO para segunda temporada. cara super hiper incrivel demais em quanto a cetinha de descer para baixo eu pedia que o fim nâo chegasse aff agora acabou geral
05/01/2014 17:01:33
Muito bom cara.até mais
05/01/2014 16:57:25
ACabou? SErio? NAo diga isso,como sempre amei,a amanda no aeroporto foi demais,kkkkkk.volte logo,a nao quero q acabe! VOlte volte,(nossa q dramatico,kkkk).abraçao amigo.
05/01/2014 16:55:15
Contagem regressiva para a segunda temporada, já chega esperei demais eu quero agoraaaaa.
05/01/2014 16:38:17
áh tava tão bom
05/01/2014 16:09:54
Awwn, vo sentir faltaa dos seus contos
05/01/2014 15:59:02
Concordo com Dhcs segunda temporada o mais rápido possível.
05/01/2014 15:57:47
Pena que acabou, teu conto era um dos melhores da casa. abraços e volta sim.
05/01/2014 15:54:35
muito bom..volta rapido filhote
05/01/2014 15:45:46
Para tudo agora tem que ter segunda temporada, nem preciso dizer que adorei o conto, mas sério TEM QUE TER UMA SEGUNDA TEMPORADA!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Contos eróticos esposa e Sogranovinho vendo o roludo pela janela e ficando loucovideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiaxxxxxvideo mulher gosando wue nem louca e estralando a bucertapapai tirou sangre do cu da filinha peituda ponucorno que gosta de ouvir da sua esposa como ela aguenta uma rola de25 cm no curelato picante de esposa cavalona e marido pintudoboxeeroticoconto minha esposa no onibusbaixar v caseiro so de morenas da b grandes queimadinhas com marca de biquines de quatro gozando e escorendo p bt com pica toda no cugozando dentro elas brigamxvidio no binha petdeno ocabadozoofilia cachorro fica engatado na nistaprimo entra no quarto da prima incente nova e tira ha calcinha dela dormindo pornosossegado sexo mulher cornocontos de sexo com meu pai metiii vaii issosou casada mais quem mim fode gostoso e patinhoLiliane trepando com seu cunhadoconto erótico de novinha q transou em acampamento evangélicomeus patroas adoram chupar a minha bucetaarmei muito bem armado e conseguir comer minha esposa junto com outro macho pauzudogranfina brasileira sequestrada e fode e gozase voce fizer sexo nova e depois so mais velha fazer o cabacinho fexafilme de sexo da Gretchen filme de sexo da Gretchen mostrando o peito dela a bunda cheirinho na bocachupando o grelo de uma loira mulher chupando beijo tchauContos me encheram de porra na frente do meu maridomulher gostosa dando para novinho cheia de tesao em sua casonaconto meu marido virou minha putaamigos do meu noivo me arombaram na sua despedida de solteiro contos eroticosvideos de sexo pratoa pegado a enpegada batedo uma xiriricasurfistas de rola duraporno com egua muito igienizadacontos eroticos de enteadas loiras com padrastos negroscontos eróticos sobre cunhadabucetudaBem novinhas apertadinhas fudendo com coroas dotados sentiu dor no zap zapo garotinho do semáforo contos eróticos reaisxvideos porno travesti batendo punheta com uma serpente enfiada no cucontos eroticos comendo a sobrinhahomem escroto excitado gozando gemendo no grelo pra caralhoContos eróticos de incesto mae que cuzinho guloso e o seu engoliu todo o meu cacetaovidio porno de uma mulher tirando aroupa bem relaadamente para faz xexolesbica transando com a amiga ate ela vira o zoinhoxvd irma bati punheta para o irmao e nao rezisti e da pra elex vídeos enquantoo novinho se masturbavaaté gozar o negão metia lhe a picaver contos eróticos de vendi meu cabacinho para um cacetudoViado de calsinhaxvideos.comcontos eróticos com marido bêbado e desconcentração bem dotadofui iniciada como cadela e gosteisafado dando pirocudo vídeo xxvbajudinha da fucionaria do mercado xvideosmoças todas cagadas e meladasconto mamae dormia de calcinha atolada no cuhttp://zdorovsreda.ru/texto/201109691esplendida gozada dentro da buceta da esposa do cornopesquisar, na ora do sexo porque tem qui assobra dentro ds bucetaporno sem casaminhasXVídeos dando em espera e gostosa queimadinha tirando a roupapadrasto enganou novinha rachando no meio das pernas dele por empurrou a p***** todinha e gozou dentrocontos sex fui enrrabado na adolescencia e gameifilha fica brava ao levar gosada dentromulher faze do sabao segano boceta da outavídeo porno amadores encostano a pica na buseta cabeluda da intiada durmidobocete nu travetiaconto tudo começou quando minha sobrinha de dez anos sentou no meu coloisso que apareceu no quer vir para casa vídeo de pornô se você não abrir Eu prometo te dei nesse iguabotou a calçinha de lado e mostrou abuçetaContos de podolatria 2017Bucetainchadaxvideomobileseu pau grosso parece que esta me furandoxoxotas gostosas morenas atirar espermacontos casada encoxada no ônibusvideos porno varias duas amigas cagando juntas fala meu fioesposas q 25cm de picaxsvideo Historias e relatos reais esposa pega marido dando o cu pro negraoexecutiva casada puta de negao contosenteada dorme de conchinha com padrasto e e penetrada.porno incesto com muita seducaowww.relato mulher cazada tramza com outro macho.com.brPorno sexo gemido de prazer de esfomeadas com pauzao gostosocontos erótico de massagitas dotados comendo madames e ninfetasbiba boqueteras porno