Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Eu fui Encoxada por um gordo na volta do trabalho

Ola, tudo bem, meu nome é Joana, mas sou acostumada a ser chamada de aninha, eu tenho 19 anos, trabalho em um super mercado no centro da minha cidade e faço curso em uma escola. Aqui em casa moram eu minha mãe e meu irmão, apenas eu e minha mãe que trabalhamos.

Eu sou evangélica assim como minha mãe e meu irmão, eu freqüento dês de pequena, sou tímida e não tenho muitas amigas, nem sou de namorar também, tive um namorado da minha igreja por sete meses, mas não deu certo por ele ser de outra igreja.

Eu tenho cabelos castanhos claro, tenho 1,60, sou baixinha mesmo, branca, bem clarinha e magra, meu jeito de se vestir é bem comportada, não gosto de usar roupas chamativas e no meu trabalho preciso usar o uniforme que é uma blusinha que não é decotada, mas a calça dins fica apertada porque minha bunda é um pouco grande e acaba marcando, no começo me incomodada mas depois me acostumei.

Eu saio de casa às sete horas e volto às seis da tarde com uma folga na semana. Sempre tem muita gente nos ônibus que eu pego, de manha eu consigo ir sentada tranqüila por ser uma das primeiras a entrar, mas para voltar não tenho a mesma sorte e vou em pé até em casa, dentro do ônibus tem de todo tipo de pessoas, estudantes, idosos, domesticas e empregados de fabricas. Certo dia em uma segunda feira ao entrar no ônibus estava muito lotado, fui entrando até passar a roleta, no fundo estava bem mais lotado, enfim encontrei um lugar para me segurar e não cair, o ônibus começou a ficar mais lotado, tinha um homem do meu lado direito e uma mulher do lado esquerdo com seu filho, atrás de mim tinha uma pessoa que eu não sabia quem era, bem perto, a cada curva essa pessoa se encostava às minhas costas, quando olhei um pouca para traz percebo que havia um homem grande com um uniforme meio encardido e aparentava ter uns quarenta e cinco anos, um pouco gordo também, apesar de constrangedora aquela situação, já era uma coisa normal dentro do ônibus mas sempre me incomodava.

O senhor estava colado com sua barriga nas minhas costas e quando eu ia um pouco pra frente ele também ia, comecei a ficar com vergonha daquela situação, olhei de um lado e do outro, cada um distraído com alguma coisa .Comecei a sentir ele se mexer atrás de mim, para um lado e para outro, então o ônibus fez uma curva rápido e o senhor forçou seu quadril por trás encostando suas pernas nas minhas, já tinha notado homens abusados mas aquele era mais que o normal, ele já estava todo encostado em mim, Aos poucos notei que alguma coisa estava pressionando um pouco meu quadril, achei que era a carteira, ele esfregava aquilo e me apertava, eu coloquei minha mão pra trás para tentar empurrar a barriga dele, e fiquei com ela no caminho impedindo ele, mas não foi uma boa idéia. Senti alguma coisa esbarrar nos meus dedos isso me assustou. Ele veio um pouco mais para cima de mim e senti uma coisa roliça comprida e quente ficar parada na minha mão, com o susto e o reflexo eu apertei, e na hora eu senti que estava duro, minha surpresa ficou maior quando percebi que aquilo era o pênis dele na calça, rapidamente eu tirei a minha mão. Eu não acreditei que tinha acontecido, ele chegou mais perto de mim e senti de novo aquilo relando na poupa da minha bunda, conforme o movimento das curvas o pênis dele aumentava o tamanho, minha vontade era de sair correndo daquele lugar, ele se esfregava em mim com vontade, até que a mulher com seu filho saíram e eu consegui ficar de lado para ele para ele não ficar daquele jeito comido, mas mesmo assim ele ficou se encostando na minha coxa com aquele negócio.

Quando o ônibus começou a esvaziar e então eu consegui sentar e me livrar daquela situação, quando olhei para ele, ele olhou de relance para mim como se não tivesse feito nada, eu disfarcei e olhei para a cintura dele e vi que tinha um volume na calça dele, eu tinha certeza que estava duro, mas não podia falar nada se não eu acabaria sendo a errada da situação. Ele me olhou novamente e deu uma risada de canto de boca, eu disfarcei e olhei para frente sem olhar de novo para ele.

Depois deste dia eu sempre ficava apreensiva na hora de ir embora, até tudo ficar normal de novo.

Um dia quando estava voltando da casa de uma amiga a noite, já eram onze horas, peguei o mesmo ônibus que eu sempre pegava, mas estava vazio, apenas um casal na frente e um garoto no meio, resolvi sentar no ultimo banco que não avia ninguém, a viagem estava tranqüila até passar pelo centro da cidade, quando olho na frente do ônibus entra aquele senhor com o mesmo uniforme sujo, então percebi porque ele não estava mais no ônibus que eu pegava, ele devia estar trabalhando em outro horário.

Meu coração começou a bater forte, ele pagou a passagem para o motorista, porque aqui na minha cidade não existe mais cobrador, passou a roleta e veio vindo para o fundo, e comecei a respirar forte, de repente ele me vê, eu olho para a janela mas ele já tinha me reconhecido, eu fiquei estática ele veio para o fundo e se sentou ao meu lado no bando, eu fiquei congelada na hora, não entrou mais ninguém.Fiquei com medo e fiquei quieta, ele também ficou.

O ônibus para e o garoto que estava no meio desceu, ficando apenas o casal e o motorista na frente, ele olha de canto de olho para mim e olha para frente.

Ele Leva mão até a calça, e ficou coçando a virilha puxa o zíper de vagar mostrando a cueca branca, eu fiquei apavorada.Eu fiquei quieta com o coração saindo pela boca, tirou o botão do zíper, abaixou a cueca até aparecer os pelos da barriga, parou um pouco olhando para frente, e continuou até aparecer aquela coisa preso dentro da calça, com a outra mão ele puxou para fora, era um pênis escuro e mole.Eu fui tentar levantar mas ele segurou meu braço e me puxou para ficar sentada.Eu não sabia o que fazer, ele ficava apertando o pênis dele, de baixo pra cima, começou a aumentar de tamanho, a cabeça ficou bem grande e o meio bem grosso com veias aparecendo.Eu olhei para frente e vi que o casal estava olhando para fora e o motorista ocupado de mais dirigindo. Até que me deu coragem.

Eu abaixei a cabeça no colo dele a onde estava o pênis dele, comecei a sentir um cheiro forte.segurou minha cabeça e empurrou até eu encostar minha boca na cabeça do pênis.Eu abri, ele pegou com a outra mão e colocou o pênis na minha boca, aquela cabeça tinha um gosto amargo e salgado com umas coisinhas brancas grudadas. Fiquei parada com aquilo na boca, aos poucos foi ficando maior na minha boca até ficar bem duro. Eu tentei levantar mas ele me segurou.Eu coloquei a boca de novo e ele ficou empurrando minha cabeça pra cima e pra baixo. Eu sentia aquele negocio quente e grosso na minha boca indo e vindo com veias e a cabeça bem lisa, começo a sentir uma baba saindo, isso me deu ânsia. Eu tirei a boca mas ele agarrou minha cabeça por trás e começou a se masturbar com minha boca perto do pênis dele, de repente ele força minha cabeça de novo, quando abri a boca veio um jato forte pra dentro da minha boca, salgado e grosso, tentei tirar a cabeça quando ele empurrou com força e o pênis dele entrou todo na minha boca jorrando aquela coisa pra dentro de mim, minha garganta ficou apertada com tudo aquilo, ele me soltou e eu tirei a boca e ainda ficou espirrando minha cara e minha blusa ficaram meladas.-.Eu estava com minha blusa melada e meu rosto. Tentei me limpar com minha blusa que ficou bem grudenta, mas o cheiro ficou na blusa, ele fechou o zíper e nem olhou pra minha cara, de repente ele levantou apertou o botão de parada e desceu no próximo ponto, me deixando fedendo aquele negocio no ônibus .Não podia acreditar que eu tinha feito aquilo, estava arrependida de ter acontecido aquilo, chegando à casa toda grudenta fui direto pro chuveiro, tirei meu sutiã e minha calcinha quando passei a mão na minha vagina ela estava toda melada, não podia acreditar, fiquei excitada com aquele tarado.

Comentários

21/08/2015 00:33:04
vc fico com vontade de transa com ele depois?
03/03/2014 22:09:33
sou gordo,21 anos,se quiser gabriel.tsa e o skype
17/02/2014 06:51:04
passa seu face linda bjos
17/02/2014 06:50:00
maravilhoso sou evangelico tbm vamos tc melhor whatsap bjos linda
16/02/2014 21:41:00
oi sou vito ripley e tenho um blog onde conto minhas transas... visite ( http://vitozinhuuuu.blogspot.com.br/ ) e se delicie bjinhuuuus vitozinhuuuu
16/02/2014 20:35:44
mt excitante seu cont mi add no whats
16/02/2014 17:49:20
add skype: yahho.yahho2
16/02/2014 17:20:26
me manda seu skype ai
16/02/2014 17:12:56
Legal

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sexo com as maos apoiadas no chao ela recebe uma delisiosa chapadasexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaoatrevida gozando com o cunhadoeu conto cunhada casada ver o cunhado de pau duro e fica loucavideos e tags de coroas sentindo tesao vemdo filme de fodacasada.comcrente dando pro.comvelho.contoxxx carariu grandivídeos vídeos pornográfico pai mostrando a filha para chupar até o talo se engasgando filha virando os olhoscontos eróticos bolinando e fudendo com minha cunhadinha novinha novinha e virgem encinando ela fuder gostososadomasoquismo porquinha choquegostosinha do sistema opressor se basturbandoContos gays /fui estrupado por2 na escola e a diretora flagoufotos de bucetas lusinhas brancas rosadascontos eróticos curtosde gay dando o cu pro cachorrãovídeo pornô da cachorro satisfazê-lo cachorro satisfazendo sua donaminha mae e a travestis contosquando beijo meu marido umagino que e uma bucetawww.casadoscontos/gayputo.comvideo porno denovinha enfrento pau grandesuruba em familia so sexocarlos chupando uma buceta com muito prazerwww sou enteada putinha e dou minha bucetinha pro meu padrasto que e tarado pelo meu corpo. comefaç de pornMeu marido é um corno e viado do primo deleBlog atualizado da casa dos contos eroticos paguei ´pra deflorar a filha do caseiroabraçando por trás incesto relatoum uisque depois de um cigarro pornoRelatos erotico curtinhos com detalhes sobre virgem penetrada a força violentamenteporno gozando na bouca da filinha que dormiaVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradosmostrar despedida de solteira dentro do clube da p****** todo mundo pelado mais tarde vídeo pornô completona fazenda de amigos novinho conto eroticoalargada e assada e arrombada contomulheres de perna nua com a buceta esgassadavideo porno de menina que viu o caralho muito grande e nao quiz foder mas foi agarrada e enrrabada á forçacontos eroticos gays bem ocorridos em 2017x vdeos novinhas mostrando busetinhapauzao para meu marido e eu, exibidanão sei Teixeirinha gostosa arrombadaConto gay viagem Onibus leitoquando voltei entrei no quarto da minha irmazinha e vi ela se mastubando dei uma bronca nela contos de incestoconto gay adoro ser esculachado por um machoContos de meninas ki deu abuceta pra uns velhos tarado pau enormeshistória e foto de tia gostosa que gosta de fazer macarrão com sobrinho novinho e g****** na mão delacrente e vizinho cassetudo conto eroticofiz minha esposa chupar seu pai enquanto fodiamosGozada na buceta contoconto eróticos voyeur vizinha dos fundosvideo da minha jeba arrombando o padrecomulequinhos olhando a surubaEu brico no colo do papaibucetamelecababá da nuvem passageira filme pornôela rebolando no meu pau ate goza falando q ta doendo no cuContos. Desde pequena ja pegava no pau do meu tio..colica o pinto na buceta com saiasikis iremmeConto no interior vi mamae pelada ela disse vou te capa cacetudoContoerotico Professoragozadasexo explicito sogro de olho nanora de fio dentalvídeo de pornô em desenho Delta lavando a louça e pegar nos peito delasogra porno Eça a dormirincesto com meu vô contossó branquinhas gostosas tesudas encitantes transando com seu cachorro até gozarrelato meu prazer analenteada dorme de conchinha com padrasto e e penetrada.porno incesto com muita seducaoContos tetas bicudas e sem sutiãbaixar v caseiro so de morenas da b grandes queimadinhas com marca de biquines de quatro gozando e escorendo p bt com pica toda no cucontos gay me apaixonei pelo meu cunhado novinho hetero que me humilhavacontos minha tia nick 2Padre não é homem conto eróticospornodoidocoroa deitad na cama so de calcihaporno mulher chamando o marido de corno chifrudo pinto mole falado palavrao nuaele a enrabala e ela a cagar.se pornocontos eróticos publicadoscunhada louca pra sentir rola grande pega cunhado de pau duro e nao resistenovinha deixando esperma escorer da boceta debrucoAutor do padre. Não é. Homem contos. Eróticosconto filho pirocundo dando banho na mae