Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Prisão feminina... Fui forçada a agir como lésbica, sem ser... (parte 3)

Autor: Estefânio
Categoria: Heterossexual
Data: 03/04/2014 20:23:49
Nota 10.00

Para entender este conto, leia as partes anteriores.

Aproveitando que a vagabunda estava ainda caída no chão, eu me levantei depressa e parti na direção dela para matá-la com a sua própria arma, eu queria enfiar aquilo no pescoço dela e cortar aquela garganta gorda. O chão estava todo lambuzado com a nhaca daquela nojenta, dei o primeiro passo e escorreguei, caindo no chão, com aquela lâmina na mão, e acabei me atingindo na barriga... Soltei um grito e comecei a sangrar... Ela, vendo o que eu tinha feito, falou: “Sua cretina, agora vão dizer que eu te matei...” E correu para a porta da cela gritando por ajuda... Eu, de exausta e fraca que estava, simplesmente apaguei.

Quando acordei, estava no hospital, com uma máscara de oxigênio na cara... Parecia que tinham me dado um banho, pois eu não sentia mais aquela meleca na minha cara... Me senti aliviada, mas acho que ainda estava em estado de choque, me sentindo como se tivesse estado no inferno e voltado. Notei que as pessoas me olhavam com um pouco de desprezo, pois o motivo da minha prisão já devia ter se espalhado pelo hospital também...

Passados uns três dias, fui levada para um quarto onde fiquei junto com outras mulheres que também estavam em recuperação... Eu me sentia no céu, apesar de receber um tratamento quase indiferente dos enfermeiros e das outras enfermas... Eu só não queria voltar para aquele inferno de onde saí... Mas o tempo passou e eu me recuperei, até que 20 dias depois do ocorrido, veio um policial me buscar para me levar de volta...

Ele me algemou e me levou para a viatura, que estava esperando lá fora, e me colocou no compartimento de trás. No caminho, ele, ao invés de tocar direto para a cadeia, desviou por uma estradinha lateral, que ia pro meio do mato e parou o carro. Ele veio, abriu a porta do compartimento traseiro onde eu estava e falou: “Olha aqui, eu quero te ajudar... As prisioneiras lá estão querendo te matar, mas eu posso te proteger, tu só precisa ser boazinha comigo... Quer a minha ajuda?” Eu já imaginava o que ele queria, mas estava apavorada com o que podia me acontecer lá na cadeia... Respondi: “Quero sim.” E ele perguntou: “Então tu vai fazer o que eu mandar?” Eu não tinha escolha, o que de pior podia acontecer comigo, que já não tinha acontecido? Ele provavelmente ia pedir pra eu chupar o pinto dele, ou talvez até quisesse me comer mesmo, mas e daí? Se ele realmente cumprisse o que prometeu eu não teria mais que chupar boceta nenhuma, e isto, para mim, era o que importava. Acenei que sim com a cabeça... Ele, imediatamente, abriu o zíper da calça e tirou um caralho enorme e duro, trazendo-o em direção a minha cara... Sem que ele pedisse, abri a boca e comecei a chupá-lo... Eu queria mostrar o quanto a ajuda dele era importante para mim e o quando poderia ser agradecida... Ele gemia de tesão... Pediu para eu parar um pouco, pediu para eu ficar de pé, se abaixou e desceu a minha calça comprida, deixando a minha bocetinha à mostra... Pediu para eu abrir as pernas e abriu delicadamente os lábios da minha boceta, olhando curioso: “Mas tu és virgem mesmo! Senta aqui e abra as pernas...” Ele disse apontando para o banco traseiro da viatura... Fiz o que ele pediu e ele caiu de língua no meu cabacinho... Não sei se aquilo foi certo ou errado, mas eu até senti prazer ao sentir a língua de um homem em mim, ao invés daquela gorda pegajosa me lambendo... Gozei na boca dele... “Vou deixar esse cabacinho pra depois”, ele disse, “Agora só dá mais uma chupada pra eu gozar também.” E eu chupei aquele pintão com gosto, até fazê-lo gozar... Senti o gosto de porra de homem pela primeira vez, e engoli tudo... Agora eu tinha um protetor, pensei eu, mas as coisas não seriam assim tão fáceis para mim. Veja a continuação.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


rapaz pula fora quando senti que o negao ia empurrar tudoconto xota formigando paiConto no interior vi mamae pelada ela disse vou te capa cacetudoimagm de sex filha qosano na cara do painovinha xeia de pintas na bct na siriricaantonio negro comedor abriu a porta dotado conto corno mansomenos viciada novinha molhada cracudos pornôcontos vi uma mulher cagandonegao infiando na guela da safadagemendo que vai cagar enquanto toma pica no cumulher ameaçando cagar com o pau no cu videos pornomulher trasando cem saber com oltroconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadormulher beijando a mulher na boca pelada no titubearnovinha fazendo exame toxicológico xvideos.comconto erotico lesbico dei o troco no meu marido com sua amanteo negrodotado contos biamigo do meu maridinho tinha uma rolonaporno em familiameu primo me pegou cagando e comeu meu cuzinho me chamo vanessaporno olhei peguei chupeiXsvideos timida depilando o super dotadopirnobuceta freirascontos eroricos lesbicos de lactofiliaconto gay virei namorado do tio viuvoconto fudi minha sobrinha de onze nos gostosaimem roludodoconto erodico fodir com o namorado da minha amiga e ela chega na oraContos eróticos gay comi meu tioquero ver filme pornô com mulher morena de 20 anos dando o cu de bruço fechaolhar a buceta das julherswww.casadoscontoseroticos/tema/por que eu te amo amarreimarido pintinho e cu gulosoporno antigo menina foge de casa por causa do padrasto taradocomo faze a mulhere no gta xupare no gtamoreno sarado de sunga de bombeiroconto erotico gay perseguiçaocontos gay babydool maetufos videofamilia suruba tufoscontos casal pau inchandogay transando de songaNovinhas fazendo safsdesas na sala de aulahomem se mesturbano no causinha da cuiada fio dentalPapai goza na minha boquinhamau encostei a penis no cuzin dela ela ja se gozou todafilhinha da a buceta para irmao e padrastoconto erotico curradaassistente de palco do programa vai para o teste do sofa pornoquadradinho erotico incesto COM HUMORconto erotico tirei o cabaco da pateicinha no matovídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadoporno casa xeio de passarinhosporno serena ali doeuvideos pornos de mulheres de cor amarradas e amordaçadasnovinhas lindas brincadeira incestoa de ciriricacontos lésbicas brigando reconciliaçãoporno. cazano muita no vinhacontos eroticos casal com prostitutao cunhado cunhado esfregando a rola na na no rabo da cunhada de sainha de seda pretacontos erótico evangélica novinhavideo porno elas adora fude beijado beijoss de ligua quim deliciasou sexo com travesti 2 metroscasada sequestrada e estuprada na lua de mel pornoquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidashomem empurra na vara na jumenta até gozarfotos ato da novela a gata pauzudo picudoscdzinha quer ser empregadinhaate quanto centimetros poso colocar no meu cuvideo olhei peludo no banho deu vontade de chupar