Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Meu amigo da faculdade – História Real 02

Um conto erótico de Pauliinho Melo
Categoria: Homossexual
Data: 01/04/2014 17:44:42
Nota 9.89

Boa tarde pessoal.

Gostaria primeiramente de pedir desculpas por não ter postado no domingo. Não teve como, pois fui fazer a prova do concurso da Caixa Econômica Federal e cheguei em casa era tarde e estava super cansado e ontem eu estava na faculdade. Tentei postar um aviso para vocês ontem de manhã mas o sistema não permitiu. Mais aqui estou eu.

Agradeço a todos. Não irei citar nome porque pode ser que eu não lembre todos.

______________________________________

Meu amigo da faculdade – História Real 02

CONTINUAÇÃO...

Eu aproveitei que as aulas eram no turno da noite e fui ao shopping quando depois de meio dia. Comprar uma roupas e meu material. Um caderno, lápis, caneta essas coisas.

Já estava cançado de andar tanto. Eu iria comprar algumas roupas e acabei comprando um monte. Resolvi então fazer um lanche. A praça de alimentação estava lotada. Fui no McDonalds pedi um lanche especialidade da casa, um copo de coca-cola, paguei e fui sentar. Mas não tinha mesa desoculpada. Então vi dois caras sentados em uma mesa e tinha duas cadeiras livrea. Fui a te ele.

- Boa tarde. - Falei ao chegar perto deles.

- Boa tarde. - Responderam os dois ao mesmo tempo.

- Será que eu poderia sentar aqui? É que não tem mais mesa desocupada.

- Claro. - Falo o cara louro de olhos azul. - Meu nome é Victor. - Ele estendeu a mão.

- O meu é Paulo. - Estendi a mão para cumprimenta-lo.

- O meu é Eduardo. - Falou o moreno - de olhos negros que a pulpila se misturava à iris -,se levantando e ficando ao lado do Victor.

Ambos eram malhados. Resultado de academia imaginei.

Victor vestia uma camiseta preta pólo da Lacost e uma bermuda jeans azul escura e um sapatênis branco com detalhes preto. Já o Eduardo usava uma camisa regata branca, uma calça jeans azul escura e um sapatênis preto.

É eles sabiam muito bem se arrumar.

Victor tinha o cabelo em um corte social o que com as luzes do shopping acesaa dava um tom de dourado a eles. Já o Eduardo tinha o cabelo cortado na máquina 3 era de um tom preto incrível. Apesar do cabelo dele ser tão liso quando o do Victor.

- Prazer. - Falei pegando na mão dele.

- Pode ficar avontade Paulo. A gente já estávamos de saída. - Falou o Eduardo.

- Obrigando. - Falei ao me sentar.

O Victor pegou algumas bolsas que ele estava com elas e o Eduardo outras.

- Vamos amor? - Falou Eduardo quase em um sussurro, mas que deu para mim ouvir.

Eu olhei para eles e o Victor, claro, percebeu. Assim como o Eduardo.

Acho que fiz uma cara de espanto tão grande que o Victor preguntou:

- Algum problema, Paulo?

- Ah... - Eu não sabia o que falar. Eu não conseguia acreditar que dois homensarrões desses eram gay. Mais inda mais estava com vergonha de ter feito cara de espanto.

- Não. - Falei com vergonha.

- Eu imagino o que você está pensando. Mas eu quero lhe falar uma coisa. - Falou ele se inclinando na mesa para que eu ouvisse bem. - Nós vivemos em uma sociedade onde nós que somos diferentes - ele fez as aspas com os dedos - não podemos viver sem uma pessoa ou outra olhar para nós com um olhar de nojo ou espanto. Mas eu quero que você saiba de uma coisa. Eu amo o Eduardo. Não porque ele é homem, mas porque eu. me apaixonei pela pessoa por quem ele é. E se ele fosse uma mulher eu teria me apaixonado do mesmo jeito. Então eu não me importo com o que os outros pensam... Pois eu não deixei de ser homen só porque eu amo ele. E sei que ele me ama.

Ele falou isso colocando a mão ao redor do pescoço do Eduardo,e o Eduardo ao redor da cintura dele. Eles se viraram para ir embora, mas o Victor se virou para mim e falou:

- Umm borboleta conhece a outra pelo bater das asas. - E se virou para ir embora.

- Até mais Paulo. - Falou o Eduardo. Saindo abraçado com o Victor.

Eu estava morto de vergonha pelo meu papel. Eu um futuro estudante de Direito não podia ser preconceituoso. Eu não era. eu apenas me surpreendi com a situação, pois eu nunca tinha passado por uma situação assim.

Eu abaixei a cabeça e fiquei pensando no que o Victor tinha falado.

"Uma borboleta conhece a outra pelo bater das asas".

Eu deixei o lanche na mesa e fiquei pensando por um longo tempo. Tinha perdido a fome.

***

- Sala 16 Bloco A. - Falou a moça da secretaria.

- Obrigado. - Falei.

Peguei a minha mochila e fui em direção ao bloco A.

"Essa universidade é enorme" pensei comigo mesmo.

Cinco minutos depois eu estava na porta da minha sala. Parei e olhei as pessoas que estavam la. Não reconheci nenhuma.

Eu entrei e me sentei na primeira fila perto da porta na terceira cadeira.

Alguns minutos depois o professor entrou na sala e começou a aula. A aula transcorreu normalmente. Na cadeira a minha frente. Estava sentado um cara branco olhos castanho. De vez em quando eu notava que ele olhava pra mim de canto de olho eu não me importei continuei assistindo a aula. Passaram as aulas e o professor liberou para a gente ir lanchar. Eu me levantei a mesmo tempo que o cara que estava na minha frente. Quando eu olhei para ele, ele na mesma hora olhou pra mim. Nossos olhares se encontraram.

CONTINUA...

______________________________________

Galera até mais. Quinta eu postarei outro. Comentem por favor quero

saber o que acharam do conto.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
22/02/2015 15:54:42
Bom
07/10/2014 20:31:52
Legal!!!
17/09/2014 12:18:26
Mto bom
24/04/2014 08:42:04
a mei a frase, uma borboleta conhece a outra pelo bater das asas. amando a sjlua hitoria
02/04/2014 14:53:42
Continua!
01/04/2014 22:03:33
bom manolo! se possivel aumenta mais os capitulos!
01/04/2014 21:46:07
Muito bom, prossiga kkkkk
01/04/2014 21:41:56
Gostei
01/04/2014 19:10:39
Muito bom, legal
01/04/2014 19:08:34
MUITO BOM AGUARDADO O PRÓXIMO .
01/04/2014 18:53:53
Legal,muito bom,continue.
01/04/2014 17:57:54
Legal cara... continua ai




Online porn video at mobile phone


mulher convulsiona de tesao no pinto monstroLoirinha Gata Magrinha Recebe Pau Enquanto Ler Um Livro baixar olinemoreno sarado de sunga de bombeirovideo de mulher 34anos nuA lavano a bucetacontos de incesto mãe pede a filho que depois a Cona e o grelox pono de bundas arotando galacontos eroticos minha mulher nadando com os/mulekes virgenscontos chantagiei a filha pra comer a netacontos eróticos pular pulaxvedeo as 20 mehores gozadaconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorvideos de sexo nora provoca sogro na praia de nudismoComtos casadas fodidas na cadeiaenteada flagra transa de adoria participardeu duas mexidinha e gozando em cima da buceta pornôconto erotico gay virei femea do velho pirocudoXVídeos pornô mãe f****** com filho dos filhos f****** com mulher ingrataxviďeos loira safada escritorioCasal aclimação quer homem para sexo a 3 menage on lineconto comi a coroacontos gay babydool maemulher e obrigada a ser penetrada por gancho pornodoidoXVI de os foi estuprar a coroa mas ela gostou e gososou gostosomulheres brincando com penis so na portinhacontos eroticos pagando a dívida a forçaXVídeos hétero bundudo obrigadinho chupar sua bundasexo novos banho conhadas nuasensinei meu filho de dez anos a bater punhetakuero.ve.lorinha.mahiha.nupornovídeos amador de homem tirando a calcinha da mulher no ônibus e ela fingindo que tá dormindopai cheira a cueca do filho com gozocontos saunas velhos chubbys gaysvídeo de homem sendo estuprado no quartel brechando a b*****pornodoidomadrasta me oçhandostrapon sangue e bostaconto novinha vigen perdeu o cabaco da buceta e do cu no mesmo dia pro pitudogaroti gay pauzudp ttansar c homem cacetudo e grisso vidio pirnonovinha dando pauzudi com cazelinaacarisiei a boceta da minha filhaxvideos cliente dotado fica com pau duro durante exame e a depiladora acaba não resistndovideo de sexo tia batendo uma descabacando sobrinhovídeo de pornô em desenho Delta lavando a louça e pegar nos peito delavideo porno de mulher dano a sua buceta desfarçada para o primo familia sacanacontos eroticos fudendo uma meninha bem novinha da bucetinha lisinhacontos irma criaçao fudendo namoradocontos eroticos virei vadia novinhavideo porno mae ve filho pelado e toma susto com tamanho do paunabuceta vcaguentar amornegal pau pulsando xvidiocontos eroticos anal ensinando a pilotar motogang gang varios machos da familia italiana fodendo minha filha putacontos irmazinha nossa punheteirasobrinho fica triste com a tia so lembrando do namorado que morreu xvideoso vizinho safado do 205 conto gaycontos eroticos depois da balada em osasco 11/2016Manda vídeo pornô das atrizes mais belas do pornô transando com cachorro engatado arrastando ele era luz clique desesperada chorandovidio porno novas com.cavalo dominando apenetraçao gozosexo gay contos valentãoconto erotico gay na saida do bar de madrugada um travesti me estuprousexocuneteconto gay minha tia me transformou em sua empregadinhanao adianta chorar vou rasgar sua bucetinhacontos eróticos de meninos novinhos sendo dopados e estrupadosrabuda de calça apertada limpando estantecontos eroticos gay me apaxonei pelo traficante 7Abusada de calça legueXVI de os foi estuprar a coroa mas ela gostou e gososou gostosomenininhae gueyzinho xvideomeu maridinho me deixou fuder na madrugadacontos eróticos de entregador de agua como dona de casanovįnha do sexo anal tuDespertando O Amor em um Brutamontesparte 2: casa dos Contospapai super dotadoxvidiosvidios de cachorro pauzudo emgatado nas novinhas ate o talopredador de viado contos eroticosEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosxvidiovadia deu o cu dos paumorena fofinhado rabao fudendo com dotadoquero ver um monte de mergulhador de 19 a 20 anos de sunga de pau bem duro peladomomento de carinho dando mordidinhas na nuca e desce lambendo as costas até chegar no cuzinhoXVídeos uma mulher de 28 anos de baby doll arrumando a casavídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadoporno gay com vendedor de porte e portacontos eróticos de casadas rabudas traindo com pauzudosenudou boceta da vadia d porravídeo de sexo amador caseiro você quer me comer você quer meter é devagar meu com calma é assim não aqui mede a gente ser pinto grandeeu quero mais homem pelado no da cabeça da rola bem folgado lonapornor doido homem batendo poleta na varandaad bucetad mais petfeitas do mundohomem nu vi fugindo de cachorro dentro de um quartos com uma mulher so com a vaginas do cu de fora aí eles fazem sexocache:GlXfqrAlcOoJ:zdorovsreda.ru/perfil/52488 porno incesto mamãe dese jeito nao consigo desfarsar meu tezaoMeu primo playbou carioca conto gay cap 3Padrastro fódendo o çuporno bofou e ficou agaradosurfistas de rola duramulher com marido nabalada sarano outro pornocomi meu melhor amigo