Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Ele é meu Bad Boy... E eu sou dele! #10

Categoria: Homossexual
Data: 16/05/2014 01:13:03
Nota 10.00
Assuntos: Homossexual, Gay, Amor, Romance
Ler comentários (23) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu não consegui dormir a noite inteira, ficamos todo o final de semana sem trocar uma palavra, eu não queria nem vê-lo na minha frente, eu tentei, tentei de todas as formas esquecer isso, mas eu estou cheio de ressentimento, eu acho que nunca vou conseguir esquecer o modo como ele me machucou, eu dei um gelo nele apenas por não poder agir como se estivesse tudo bem com a gente, eu me sentia como se não fosse bom o suficiente e ele tivesse que procurar isso com outra pessoa, como se eu não pudesse fazer isso por ele e aquele “vadia” pudesse, como ele pode fazer isso comigo? Eu costumava ser tão forte, o meu único conforto é saber que ele não escondeu isso de mim! Eu queria muito poder olhar nos olhos desse carinha e ver se ele é metade de mim, ele não deve ser nem metade de mim! Eu dei pra ele o meu melhor e ainda não foi suficiente.

-Bebê... – Disse meu pai entrando no quarto. – Tudo bem?

-Tudo sim, por quê? – Disse eu acordando, era de manhã ainda.

-Por isso, você ainda estar dormindo, é sempre você que me acorda, você chuta a porta do quarto, entra cantado trás café pra mim, sobe em cima de mim, eu grito pra você me deixar em paz, mas você nem liga e continua me perturbando até eu acordar! O que houve?

Eu mostrei minha mão sem a aliança pra ele.

-Quem vacilou dessa vez? – Disse ele sentando na cama, nem percebi que ele tinha uma caneca de café na mão.

-Ele, mas não é nada demais! – Disse eu não queria que meu pai fosse na cara do JT e fizesse um escândalo porque ele é desses!

-Então vá se arrumar, você tem aula agora não é?

-Tenho sim, mas eu não vou!

-Você não vai parar sua vida por um vacilo dele não é? Você bonito, jovem e tem muita coisa pela frente! E eu não vou deixar você se estragar, anda levanta! – Disse ele pegando o chinelo.

-Kk’s Pai o senhor não é mais tão jovem não, na primeira chinelada tá arriscado o senhor ter um infarte kkk’s – Disse eu me levantando e indo em direção ao banheiro, quando passei por ele deu uma chinelada de leve na minha bunda, eu tomei um banho bem demorado, fiz tudo naquele banheiro queria chegar lá radiante, não ia mais ficar na cama ouvindo “Perfume” da Britney Spears, eu ia seguir minha vida, foi bom enquanto durou e durou enquanto foi bom, nossos dias juntos foram gloriosos, mas acabou! Daqui pra frente eu vou viver pra mim, eu mesmo e eu.

Escolhi meu par de jeans mais apertado, escolhi a roupa mais sexy do meu guarda roupas! Ajeitei minha cara, me perfumei e sai, queria estar perfeito e quando olhei no espelho estava perto disso! (Humildade sempre :D) Eu iria mostrar pra ele que foi uma burrice trocar uma vida inteira ao lado do amor da sua vida, por meia hora com uma vadia.

Meu pai já tinha saído pro trabalho quando eu sai de casa, andava pela rua com total confiança, estava feliz porque depois de muito tempo eu estava solteiro, eu não precisa desviar o olhar quando um cara gatinho dava em cima de mim, eu podia encarar, dar meu numero, conversar e até ir além disso, além disso mas não muito! Eu queria curtir, apenas aproveitar minha solteirice pra transar, não queria ninguém colocando anéis no meu dedo e nem nada sério com ninguém, eu cheguei à facul e minhas amigas estavam me esperando, vi o JT com os meninos do curso dele, mas graças a Deus ele não me viu.

-Tá bonito hein gato! – Disse Vanessa, sim, essa vadia me seguiu até aqui kkk’s é muito amor!

-Menina, eu tenho que estar né? Estou solteiro agora... – Eu contei pra ela o que aconteceu.

-Se eu fosse você teria cortado o piru dele fora! Kk’s

-Eu vou fazer bem pior, vou ficar com outro, afinal eu estou solteiro, posso ficar com qualquer cara daqui, menos com os amigos dele, isso seria baixo demais!

-Mesmo que uns ou outros sejam gostosos kkk’s

-Até demais garota, tem um que... – Ela não deixou eu terminar.

-Ele ta vindo! – Ela saiu de perto de mim.

-Posso falar contigo? – Disse ele, eu me virei e estávamos perigosamente próximos.

-Eu te disse que quando estivesse pronto eu falaria contigo! Não o contrario...

-Eu só queria saber se você ainda me ama?

-Sr. Jonatas, se eu dissesse que não eu e você saberíamos que eu estou mentindo, ficamos muitos anos juntos pra meu amor acabar assim, sim, eu te amo, mas nós não vamos ficar mais juntos, o que eu você tínhamos acabou, siga a sua vida e eu seguirei a minha!

-Eu nunca menti pra você Rafa, nunca tive motivo, quando eu digo que não fiz nada com aquele carinha que eu nem lembro o nome... Foi só um beijo e foi porque eu estava bêbado!

-Tudo bem JT, mas eu não quero mais isso, eu não quero conviver com uma traição, um beijo ou uma transa são traições do mesmo jeito! O único corpo que nós juramos tocar era um do outro e você quebrou uma promessa!

-Você esta lindo sabia?

-Obrigado...

-Eu te amo, por favor, não me abandona, eu errei, mas você sempre vai ser meu!

-Eu gostaria de acreditar em você, então eu ficaria em paz, mas as coisas que você me diz não se aplicam ao modo como me sinto, eu estou tentando com todas as fibras do meu corpo esquecer o modo como você me machucou.

-Eu quero me retratar, me da mais uma chance!

-Te amar é tão fácil, mas eu sei que se eu te der outra chance eu não vou conseguir confiar em você novamente, você deu a outro o amor que você jurou que era só meu, eu sei que você mudou, mas eu não quero viver uma mentira e fingir que isso é apenas um “errinho” quando eu sei que não consigo ser eu mesmo! Eu me senti como se eu não fosse bom o suficiente, eu te amei mais que minha própria vida, eu não vou te dar outra chance! Por favor... Siga sua vida!

-Nós estamos juntos há seis anos, amor, por favor... Me da outra chance?

-Eu sei que você não queria em magoar, mas eu estou muito magoado agora e tudo isso porque você foi infiel comigo! Minha aula começou... – Disse eu indo em direção as escadas, eu realmente estava convicto da minha decisão.

Eu me sentei e a aula correu normalmente, mas minha cabeça estava longe, muito longe... Na hora do intervalo eu estava com as minhas amigas numa mesa, elas comendo como leoas famintas e eu só bebendo suco, nada estava me descendo.

-Rafa? – Disse uma voz atrás de mim, eu me virei e vi um cara do meu curso que eu já tinha percebido que me encarava muito.

-Oi? – Disse eu sorrindo.

-Esse lugar esta ocupado?

-Não, pode sentar! – Disse eu.

-Mas eu não quero sentar eu só queria a cadeira! – Disse ele pegando a cadeira, e minha cara ficou tipo “Para o mundo que eu vou descer!” – Kkkk’s Eu estou brincando contigo! – Disse ele se sentando ao meu lado.

-Garoto, eu nunca te dei confiança pra isso, se toca... Vaza! – Disse eu.

-Me desculpa, eu estou apenas brincando e... – Eu não o deixei terminar, eu cai na risada junto com as minhas amigas.

-Eu também estou brincando kk’s Você não achou que eu era assim tão arrogante?

-Eu não achei nada kk’s eu ia até voltar pra minha mesa, o senhor é vingativo viu?

-Você me pegou, eu apenas me vinguei... – Disse eu bebendo mais um gole do meu suco.

-Kkk’s geralmente sou eu que faço as pessoas rirem, mas você é diferente, como eu nunca vim falar contigo antes?

-Então vamos nos dar muito bem porque eu adoro rir e adoro pessoas que me façam rir! – Indireta não, Direta!

-Eu estava comentando com meus amigos que você e seu namorado parecem ter discutido ali na entrada e ele esta distante de você, sendo que ele parecia seu guarda costas, vivia ao seu lado! Por isso eu tomei coragem de vir... E também porque meus amigos praticamente me obrigaram! – Disse ele se virando e olhando pros amigos dele que acenaram pra nós e eu acenei de volta.

-Você falou certo “vivia”, nós terminamos... Mas não vamos falar dele e sim de você, você namora? E qual seu nome mesmo?

-Não, há muito tempo! Kk’s desculpa, meu nome é Davi! Pode parecer errado, mas eu ficava torcendo pra você ficar solteiro, eu sempre via como você é simpático com todo mundo, esta sempre sorrindo e eu queria fazer parte disso! – “Eu não to bem Rosana!!” Gente... Eu fiquei sem palavras, nem sabia o que falar pra ele, tipo, ele não é um cara feio, ele é um cara normal, moreno, magro, cabelos cortado e um sorriso lindo, uma barba por fazer que eu me arrepiava só de pensar nele ralando ela em mim e acho que tinha uma tatuagem no braço, mas eu só vi um pedacinho, mas eu fiquei boquiaberto com o quanto ele foi direto!

-Olha, Eu acabei de terminar, praticamente hoje! Kk’s Eu ia te dizer que não to pronto pra nada agora, mas eu acho que a gente nunca ta pronto pra essas coisas, você é um cara tão legal e sim, eu deixo você... O que você quer mesmo?

-Sei lá, te conhecer melhor, eu gostei de você... – Disse ele na minha cara, sem nem dar “Boa noite”.

-Vamos com calma ok? Vamos ser apenas amigos e ver se isso evolui...– Disse eu sorrindo, ele sorriu e começamos a conversar normalmente, droga, eu quebrei minha própria promessa! Eu disse pra mim mesmo ali em cima “Eu queria curtir, apenas aproveitar minha solteirice pra transar, não queria ninguém colocando anéis no meu dedo e nem nada sério com ninguém” quebrar a promessa feita no mesmo capítulo é foda! Mas eu acho que não sou esse tipo de garoto, nunca fui de transar com qualquer um, talvez até quisesse ser, mas não consigo! Mas mesmo assim eu iria com calma com o Davi, ele é um cara legal, mas eu não ia me envolver com alguém agora, mas eu estava confuso, esse garoto é muito direto, o jeito como ele veio e pôs todas as cartas na mesa expondo suas intenções pra mim, sem ficar me rodeando foi... Inacreditável! Eu realmente fiquei sem reação com essa situação, por isso decidi por sermos amigos e ver a coisa toda evoluía!

Como eu não gosto de ficar enchendo linguiça e desperdiçando capítulos eu vou adiantar um pouquinho às coisas!

Nós ficamos nisso por pelo menos dois meses, depois ele me pediu em namoro, em relação ao JT eu apenas o via na facul e mesmo assim não nos falávamos, ele parecia bem e isso me deixava feliz, eu e o Davi nos dávamos muito bem, mas eu acho que algo ainda estava faltando, ele me trata como um príncipe na maioria do tempo ou como um “puto” nas horas certas se é que vocês me entendem, mas faltava alguma coisa, eu gosto muito dele, mas sei lá...

-Que merda... – Disse eu acordando no quarto dele, olhei em volta e parecia ter passado um furacão por ali, ele mora sozinho e eu estava passando muito tempo na casa dele, minha cueca estava em uma das hélices do ventilador de teto e a cama estava no meio do quarto, tudo estava fora do lugar até o varal da cortina estava com uma das pontas no chão, ela havia se desprendido da parede, eu olhei em volta e o achei caído do lado da cama, também sem a cueca, nós fomos achar a cueca dele na cozinha kk’s Pelo menos dessa vez nos acordamos no quarto, as vezes nós acordávamos em outros cômodos da casa como a cozinha e dessa vez não estávamos melados de leite condensado kk’s

Eu me levantei e fui tomar um banho, abri o chuveiro e coloquei minha mão em baixo da água pra ver se a temperatura estava quente demais ou gelada demais, entrei e o toque da água quente na minha pele fazia o cheiro do nosso sexo ficar ainda mais evidente, eu lembrei que noite passada nós estávamos assistindo a um filme qualquer e tomando vinho, ele sabe que quando bebo eu fico excitado, a ultima coisa que me lembro de estarmos no sofá e ele dizendo que nem íamos precisar tirar nossas cuecas, íamos fazer ali mesmo no sofá e foi o que fizemos, no sofá, no chão, na pia da cozinha na cama, às vezes fico pensando porque não consigo tirar meu corpo de perto do dele e ele não consegue tirar suas mãos da minha bunda, nós deixamos os lençóis completamente encharcados com nosso suor.

- Eu te procurei na cama e não te achei... Você sabe que não pode sair da cama antes dele abaixar! – Disse ele nu na porta do banheiro apontando pro seu pau duro apontando pra cima.

-Vamos dar um jeito nisso então? – Disse eu abrindo a porta do box, ele entrou e já foi me puxando pela cintura em direção ao seu corpo, o barulho dos nossos corpo se chocando tomou conta do apartamento dele, eu adoro essa pegada forte.

-Namorado meu só sai do quarto depois de gozar, você sabe que eu acordo morrendo de tesão nessa sua bundinha, seu corpo é meu café da manhã!

Nós começamos a nos enroscar num beijo tão safado que chegava a ser indecente, suas mãos passavam por todo o meu corpo e apertavam minha bunda com tanta força que chegava a doer, mas era uma dor gostosa, minhas mãos desceram pelo seu peito e sua barria até chegaram ao seu pau duro que pulsou ao meu toque eu tocava uma suave punheta sentindo seu pau ficar ainda mais duro na minha mão, ele me pegou no colo eu enlacei minhas pernas em sua cintura e ele me segurou pelas coxas, um de frente pro outro com nossos corpos se esfregando embaixo da água quente, eu senti seu pau duro ser direcionado ao meu buraquinho sem nenhum tipo de lubrificação, apenas a natural do pau dele que já babava, eu o senti forçar e a cabeça passar com muita dificuldade, doeu, mas como eu disse lá em cima até certo ponto não existe dor no sexo, a dor é gostosa! Nós não tínhamos tempo pra preliminares ele metia fundo enquanto me encarava, ele gosta de ver minha cara de prazer enquanto me fodia com força.

-Seu putinho! – Disse ele me dando uma tapa na cara, eu mordi os lábios e ele me tascou um delicioso e molhado beijo, tão delicioso... Mudamos de posição, ele me colocou em pé de cara pra parede e me pegou por trás, enfiou tudo de uma vez só, eu gritei, mas foi um grito de prazer, eu estava pouco me fudendo se os vizinhos tinham ouvido, eu estava mais preocupado em aproveitar o momento e fazer direito! Ele me segurava pelo pescoço e metia tão fundo e mim, tão forte que o barulho de sua virilha se chocando contra minha bunda marcada pelos suas tapas podia ser ouvido pelo prédio inteiro, ele me deixava completamente marcado com suas mordidas e suas tapas, eu arranhei sua costas quando ele me pegou no colo, gostávamos de marcar nosso território quando fazíamos nosso delicioso e agressivo sexo, como os cães marcam os postes com urina, nós deixávamos marcas físicas pra mostrar que aquele corpo tinha dono! Ele segurou meu rosto e virou pra eu olhar em seus olhos, nós estávamos completamente em transe apenas concentrados em dar e sentir prazer!

-Me fode forte... – Disse eu entre os gemidos, ele sabia que eu já estava pronto, ele acelerou a velocidade e começou a ficar ofegante, ele levou sua mão ao meu pau hiper duro e começou uma punheta frenética me fazendo gemer mais ainda, meu corpo inteiro se arrepiava eram muitos estímulos, ele me masturbando, seu pau entrando e saindo de mim com muita força e velocidade, a água quente tocando nossos corpos, meu corpo começou a tremer, eu tive um orgasmo daqueles que te faz gritar, meu corpo ficou mole e logo em seguida ele também gritou e me inundou com sua porra, saímos do Box praticamente nos arrastando, sentamos no sofá molhados e deixamos o ventilador secar nossos corpos.

-Eaê? Gostou? – Disse ele com um sorrisão no rosto, eu encostei minha cabeça em seu peito molhado e fiquei pensando no quanto ele é incrível.

-Isso é coisa que se pergunta pra alguém depois de transar? – Disse eu rindo.

-O que eu devia perguntar? “Quer casar comigo?” Kk’s

-Seria uma boa coisa, e de preferência acompanhada de um anel com um diamante kk’s

-Um anel só? Mixaria... Eu compraria dois, um pra cada mão, e se der mole eu compro até pro pé! Kk’s

-Palhaço... Tô com fome! Vou fazer alguma coisa pra gente! – Disse eu indo pra cozinha e procurando alguma coisa na geladeira, mas a única coisa que achei era ovo, a única coisa fácil de fazer né? Até porque eu esquentar meu umbigo no fogão fazendo café da manhã de novela pós-sexo kk’s Ele sempre comprava pão pro dia seguinte porque eu e ele gostamos do pão mais molinho, o pão fresco é meio “crocante” demais pra mim, eu estalei os ovos e estava fritando quando ele chega por trás me abraçando e beijando meu pescoço.

-Sabe o que eu estou sentindo vontade de comer agora? Além da sua bundinha é claro! – Disse ele descendo seus dedos bem devagar pelas minhas costas nuas me causando arrepios, até que ele encheu suas mãos com a minha bunda.

-Hmm?

-Uma daquelas suas tortas com nomes estranhos... – Minha mãe sempre foi uma ÓTIMA cozinheira e antes dela morrer ela deixou a maioria das suas receitas escritas em um livro, eu aprendi a cozinhar com meu pai apenas pra fazer as receitas dela, ela fazer muitas tortas doces, que modéstia a parte eram deliciosas, eu as aperfeiçoei e rebatizei com nomes estranhos.

-Qual?

-Aquela de chocolate preto e branco com aquelas frutinhas que explodem na boca! – Ele estava se referindo a minha torta de frutas vermelhas com cobertura de chocolate branco, ao leite e chantilly misturado! Eu a chamei de “Vagina da Beyoncé” porque é morena por fora, rosa por dentro e todo mundo gostou, fã que é fã homenageia de todas as maneiras a sua Diva!

-Hmm... Eu vou mercado comprar os ingredientes e faço pra você pro jantar tá?

-Qual o nome dessa torta? – Disse ele ainda me abraçando por trás.

-Vagina da Beyoncé!

-Kkkk’s eu não disse que o nome estranho! Viu só? Você me fez querer comer a vagina da Beyoncé, quer que eu vire hetero?

-Ta repreendido, mas o senhor vai em ajudar a fazer a torta né? – Disse eu me virando de frente pra ele.

-Claro meu gatinho, você sabe que eu adoro ver você cozinhando!

-Acho bom mesmo, eu não vou ficar esquentado meu umbigo no fogão sozinho pra fazer torta e o patrãosinho comer tudo sozinho! – Disse eu tentando imitar sotaque de escravo, mas nem eu sei fazer sotaque de escravo...

-Posso te perguntar uma coisa? – Disse ele, eu apaguei o fogo e o encarei. – Você me ama, sinceridade, por favor!

-Sinceramente? Não, eu gosto muito de você, muito mesmo, mas amar ainda não...

-Fico feliz em saber que você é honesto comigo, kk’s eu sinto a mesma coisa que você, eu gosto MUITO de você, mas amar é algo muito forte, algo que ainda não sentimos um pelo outro, eu acho que a nossa relação esta mais pra uma amizade colorida do que pra um namoro mesmo né? – Disse ele dando aquele sorriso que eu tanto adoro, cara, o Davi é incrível, em nenhum momento ele criou expectativas ou forçou a barra comigo, muito pelo contrario, ele me deixava muito a vontade pra tomar minhas decisões, nós total liberdade e abertura pra sermos honestos e sinceros um com o outro.

Eu estava me arrumando e ele entra, se senta na cama e me encara pelo espelho.

-Vai aonde?

-Pra casa... – Disse eu me virando e sorrindo pra ele.

-Porque você não mora logo aqui?

-Nós já conversamos sobre isso, ainda é muito cedo! – Disse eu terminando de me arrumar e pegando minha bolsa. – Mas eu vou voltar gatinho, talvez amanhã ok?

-Acho bom hein kk’s Manda um abraço pro seu pai! – Disse ele me abraçando e me dando um selinho, me levou ate a porta e eu peguei o ônibus pra ir pra casa.

Estava na rua da minha casa e vejo meu pai lavando o carro, até ai tudo bem, mas o “ruim” é que o JT estava ajudando, meu pai e o JT se dão muito bem, ele estava com um short de futebol e sem camisa, ver aquilo fez meu corpo se arrepiar.

-Quem é vivo sempre aparece! – Disse meu pai vindo e me abraçando, ele tropeçou e quase caímos eu e ele no chão.

-Deixe de ser bobo pai, eu só fiquei uma noite fora!

-Eu sei bebê, estava aonde?

-Na casa do Davi, ele mandou um abraço pro senhor!

-Ele é um bom rapaz! Quando ele vai vir aqui de novo? – Disse meu pai.

-Eu não sei pai... Oi Jonatas!

-Oi Rafa, tudo bem? – Disse ele surpreso por eu lhe ter dirigido à palavra.

-Tudo ótimo e você?

-Percebi, eu to bem... – Disse ele sorrindo, droga, eu ainda derreto com aquele sorriso! “Percebi” não entendi o porquê de ele dizer isso!

-Filho, termina de lavar meu carro, o papai ta morrendo de dor nas costas! – Disse meu pai entrando.

-Mas... – Ele nem deu tempo de resposta, quando fui atrás dele o espertinho já tinha se trancado no quarto, coloquei uma bermuda leve e fui ajudar o JT a lavar o carro, só acho que meu pai armou aquilo tudo né?

Eu estava passando esponja em um lado do carro e o JT estava do outro lado passando escovinha nos pneus.

-Quem é Davi? – Disse ele quebrando o silencio desconfortável, eu apenas ouvia sua voz, não dava para nos vermos.

-Não te interessa!

-Tem certeza? Nós terminamos e eu descubro que o amor da minha vida já estava saindo com outro cara, até dormindo na casa dele! – Disse ele saindo do seu lado e vindo ao meu, se encostou ao carro, cruzou os braços e ficou me encarando.

-Que eu bem me lembre não preciso da sua permissão pra viver minha vida? Ou você realmente pensou que é insubstituível? Eu sou livre pra seguir minhas escolhas e te esquecer foi uma delas! – “I’m free bitch, baby!!” Gaga, a pensadora contemporânea.

-Mas pra mim você foi e é insubstituível! Eu NUNCA transei com aquele cara ou com qualquer outra pessoa na face da terra depois que nós começamos a namorar, amor eu dei um beijo nele porque eu estava bêbado.

-Esse assunto já esta encerrado!

-Eu não consigo ter minha vida de volta desde que você foi embora dela, você fez todos os meus sonhos se tornarem realidade, eu pego todas as lembranças felizes contigo uma por uma e fico revendo pra poder ser feliz por pelo menos alguns instantes, eu sei, eu nunca vou conseguir amar dessa maneira novamente! Eu preciso de você... Por favor, não me deixa viver essa merda de vida sem você! – Disse ele com a voz embargada, isso partiu meu coração.

-Jonatas, não torne isso mais difícil pra nós dois!

-Eu não quero um dia receber a noticia que você se casou com ele, que tem um anel em seu dedo, que você tem uma família e que ele assumiu o meu lugar no meu próprio sonho! Cada pensamento desses é uma facada no meu coração e tudo o que eu posso fazer ao viver essa vida sem você é chorar! – Eu vi algumas lagrimas se formarem em seus olhos. – Eu não quero perder o homem que eu amo, a única pessoa que eu realmente amei nessa vida e ainda amo! Você o ama como me amou? Hein? Eu jurei que sempre te amaria, nós juramos, por favor, dê uma chance pra nós dois...

-Sim, nós juramos muita coisa, principalmente fidelidade, mas você quebrou essa promessa!

-Sim Rafa, eu quebrei e admito isso, eu me martirizo todos os dias e noites sem você por ter sido o maior idiota do mundo, mas não passou de um beijo, um único beijo, porque quando eu percebi o que estava fazendo eu sai de lá no mesmo instante, você é TUDO pra mim... Eu não consigo viver sem você, eu não quero um coração partido pelo resto da vida, eu sei que eu te amo e que isso sempre vai viver em mim! Eu vivo dia e noite num mundo que é todo sobre você e eu, você vive dentro de mim, eu não quero e nem consigo te esquecer e dói pensar que você pode ter me esquecido!

-Não, você sabe que eu nunca te esqueceria!

-Eu sei que eu não mereço nem dirigir a palavra a você, mas a única pessoa que eu consegui amar na minha vida foi você, você é o homem da minha vida, eu sempre vou viver com a dor de ter te magoado! Você tem todo o direito de me odiar, mas eu sempre, sempre, sempre vou te amar, por favor, da uma chance pra nós dois... Dá uma chance pra mim, pro nosso amor! Eu morri quando vi você chorar por um erro meu, te magoar foi o pior castigo do mundo, mas agora eu estou aqui, te implorando meu amor, por favor, volta pra mim?

-Eu não vou voltar pra você! – Disse eu me virando e entrando em casa, mas ele me segurou pelo braço, me levou pro meu quarto mesmo com os meus protestos, fechou a porta atrás dele, eu tentei sair, mas ele me segurou, eu dei socos no peito dele, mas o desgraçado nem se mexeu, ele me pegou pela cintura me trazendo pra perto dele, olhou dentro dos meus olhos.

-Eu sei que você ainda me ama, e eu nunca deixaria de te amar, eu poderia ficar aqui o tempo necessário dizendo o quanto eu te amo e o quanto você é tudo pra mim, se você disser que não quer mais nada comigo eu te deixo em paz pra viver sua vida com aquele tal de Davi, mas se você me der outra chance eu prometo te fazer o homem, mas feliz do mundo, Rhiannon Rafael, por favor, volta pra mim?

Continua...

Desculpa parar na melhor parte, mas sempre tem que deixar um pouco de suspense e expectativa pra vocês lerem o próximo capítulo não é? Eu ADOREI os comentários no ultimo capítulo! E quero ver a opinião de vocês sobre o desfecho de hoje, obrigado a todos pelas suas opiniões. Desculpem a demora, mas eu estava super sem inspiração e minha internet não estava nos seus melhores dias, deixem suas notas e um comentário e muito obrigado por terem lido o meu conto! XOXO

Comentários

20/10/2014 03:27:40
só eu desidratei aqui poxa sério.... traição e cometer o erro e não ter coragem de falar.... ele falou. e sofreu junto com vc.... aín pega seu homem de volta Kkkkkk Bjos
18/05/2014 14:33:57
Traição maior seria não falar nada, é um detalhe que os entendedores anônimos estão esquecendo. JT poderia ter enterrado o assunto e quem sabe, se foi só um beijo, nunca mais ser levantado. O relacionamento desse modo retratadado parece um castelo de cartas, um simples sopro fez tudo desmoronar, não que eu ache que o perdão seja automático, ele tem que partir da parte afetada de livre e expontânea vontade. Mas ou é isso ou acaba de uma vez, porque romper e se comportar como se estivesse de "vale night" pra ficar com qualquer um e voltar depois é mais paia na minha opinião.
16/05/2014 19:02:01
Cara, isso é um capítulo de um romance. Parabéns.
16/05/2014 18:34:24
Lindo, mas não demore a postar o próximo capítulo por favor a curiosidade é grande.
16/05/2014 17:28:29
Perfect seu conto...u.u...mas o rafa vai ser MT burro c voltar....u.u...jt ta cm amnecia Soh pode...u.u..pq uma hr ele diz q ele n lembra do q aconteceu e na outra diz q Soh beijou o cara e saiu da li logo...u.u...sinto cheiro d mentira ai...u.u...soh acho...kkkikkkkkkk...continuaaaa logoooo negoooooo...*-*
16/05/2014 16:43:11
Cornos conformados KKKKKKKKKKKK eu tive que rir. Ele não vai voltar conformado gente... ele extravazou com o Davi fez o que pôde e o que não pôde! Se ele voltar, vai ser de honra lavada!
16/05/2014 15:48:01
Seu conto é D-I-V-O
16/05/2014 15:11:03
"Amor,deixei fulano pagar um boquete em mim pq tava com tesão danado mas,ainda te amo tá ?." Realmente aqui virou a CDCORNOS
16/05/2014 15:09:29
"Amor,deixei fulano pagar um boquete em mim,mas,eu ainda te amo tá ?." Realmente aqui virou CDCORNOS.
16/05/2014 15:07:32
Amor & Traicao juntos ? Kkkkk ñ dá gente,ñ dá.
16/05/2014 14:49:18
mtu bom
16/05/2014 12:53:02
E ele parece ta sofrendo msm, merece mais uma chance, errar e humano, perdoar é pra pessoas decididas do que querem, tenta mais uma vez.
16/05/2014 10:58:55
Meu Deus! Kkkkk. Acho que as únicas pessoas que tem cabeça aqui são o Ru/Ruanito e o Pablo Rick. Pelo amor de Deus! Pode ter sido só um beijo, mas foi traição do mesmo jeito. Ele não pode nem colocar a culpa na bebida, porque primeiro ele disse que não se lembrava se tinha transado com o cara ou não e agora ele disse que quando viu o que estava fazendo saiu no mesmo instante de lá. Ah, por favor né ? Acho que CDC deveria significar 'Casa dos Cornos' porque aqui tá cheio de corno conformado. Quer dizer que eu vou lá, beijo outra pessoa, sem ser o meu namorado, coloco a culpa na bebida e pronto ?! Tem que ser muito idiota mesmo pra voltar pra uma pessoa que te traiu.
16/05/2014 10:02:33
Tadinho do JT o Rafa esta pegando pesado com ele, será que ñ vale pensar em tudo que o Jt ja fez por ele? e só por um erro um beijo o Rafa está crusificando o JT, acho isso tudo muito injusto.
16/05/2014 09:38:36
Ah gente, fala serio! Foi so um beijo... e acho que ele entendeu o recado. Mas os dois não terão a felicidade completa se estiverem longe um do outro e isso ja está claro. E quando trata de ser feliz... a gente ignora alguns deslizes! E não estou defendendo o JT mas o Rafa ja provou pra si mesmo ate onde pode chegar!
16/05/2014 08:43:33
Eu entendo o Rafa,pois traição é difícil de perdoar.
16/05/2014 08:09:07
Talvez o Rafa deveria ser mais compreensivo e deixar o orgulho pra não deixar o amor ir embora...
16/05/2014 08:03:24
Ai gente volta logo ai não aguento mais esse suspense quero a reataçao desse amor tão lindo
16/05/2014 07:32:58
Gente mais isso esta uma novela mexicana, acho que o Rafa não deveria ter se relacionado com outro homem, e sim deve perdoar o JT, 2beijoseulindo.
16/05/2014 06:36:49
CDCORNOS ONDE VC É TRAÍDO E VOLTA PRO MESMO IMBECIL PRA SOFRER DENOVO :)
16/05/2014 04:38:20
Bah né por nada não, mas esse lugar tá cheio de corno compreensivo kkkkk na moral. pisa em cima dele cara na boa, volta não
16/05/2014 02:43:10
Talvez o Rafa deveria ser mais compreensivo e deixar o orgulho pra não deixar o amor ir embora...
16/05/2014 01:47:26
Perfeito. O Rafa tem que perdoar o JT sim. Eles foram criados um pro outro.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


baiano chupando clitori e falando besteirascontos de tia que mexeu com sobrinho jovemfavelenta xvideocontos de surubas inesperadas com esposatitia sacana estourando a fimose do sobrinhocontos uma delicia de vizinha 8aninhosconto erótico filha da madame sentou no meu colo e sentiu meu pau duronovinha dando.uma segirada na piroca do primo no quartolesbica adora colocar omega grelo de buceta com fosse pirufamilia liberal conto eroticocontos de mae.putona tarada pela rola do filhopornô doido corno Deixou o cara comer sua esposa e seu cuzinho na sequênciaincesto mae ver o cacetao do filho fica passada com tamanhotravestd nusgostosinha abrir a bundinha para o negão para o rapComo se escreve “ manda video porno ” em inglesconto dei o cu pro meu tio emganto ele dormia gay 2017sou mulher vou confesa que que dormia com meu primo e dei pra ele quando senti que ele tava de pau duro e eu logo mi exciteivideos porno de crente lombuda com vestido trasnparenteporno gay pai malhado e i filhover video de mulheres sentando e amaçando latinha x videocontos buc branca cacete 40cm foto corno video pono colocono shotinho diladinhocache:PjjgrxSVmoYJ:zdorovsreda.ru/texto/2013011214 contos eroticos varios homens arrombaram meu cuXvideo comeu o cu da sogra bu Cetonporno duas amiga core do pau cabesudodei a buceta no rio contos eroticosbuceta gozano nepicaempurrando opau bem devagar na bucetinha virgenafricano comeu meu cuxvideo.bucetaoassitirvideo estrupo brasileiro caseiro fala palavrao gorda peitao patroavídeo pornô máximo eletrizante que arrombaporno doido reais emviado por amadores com novinhas descuidadaspornor média vai examinar uma grávida e estrupadacontos erotico cm irmacontos eroticos coroa casada rica leva de presente para sua amiga coroa casada um pau enorme de borrachaentregei uma pizza e mepagou com boqueteabusada no cinemafudeno bucetas e gozando nas entradinhasvergonhapai comendo.as filhasconto erotico sou travesti e vendi meu cuvizinha lactante contosxvideo ensinando boiarConto erotico tirando a roupa no baralho pro tiohobby tocar punheta saradorabuda na garupa da moto o vesdidinho sobi e mostra a caucinhapeguei meu padrasto transando com meu vizinho e fiquei com tesaomenininhas fazendobrincadeiras de mostrar a xoxotinhas pras outrasfotoporno dotados verdadeiros jegue e nuSogra Contos Eroticoso pau do meu marido grande23cm e toda hr que fazer sexoAS CARIOCAS PORNO VIOLENTO 2009pornô em famíliaxxvincesto tio tirando virgindade da sobrinha de dez anos no semáforoGosto gozen calcinhame mande vídeo pornô da mulher transando com cachorro bem dotado engatado comendo a bundinha dela e ela suspeitos foramcusao de crioula velhaPadre não é homem conto eróticosmeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosporno negra sitorinha rabu enpinadosamara tirando a virgindade da bucetacontos eróticos da tia com seu sobrinho jovemņovinhas metendo com play boycontos eroticos comendo a sobrinhaDespertando O Amor em um Brutamontesparte 2: casa dos ContosContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhaporno antigo menina foge de casa por causa do padrasto taradovideos de sexo Dono de imóvel comendo o cu da inquilinacontos na piscina,, mulher de corno chegando com biquíni transparente e corno viadocontos eróticos eu e meu sobrinhoTa tarada roludo vendo novinhas com cálcinhas melecada contos eróticos fiz sexo por acaso com minha tia"menos apertado" gay contoCONTOS SOU RABUDA SO USO SHORTINH PROVOQUEI MEU SOBRINHO ATOLADO NA BUCETAas mulheres mais tratante do pornô de fio dentalFlagrei minha filha de dez anos se masturbando fiquei espantada mas espliquei a ela o que estava acontecendo e encinei a se masturbar so qiue ela quere que eu faça direto agora podolatria contos professora gustavoChico não posta foto dela desce em pornô com As Panteras filme pornô com As Panteras 10vidio de sexo com compadre sedusindo comadre ate foderna hora da tranza sinto um liquido querendo sair da minha vagina,entao gozeiVai vai no cu conto incestowww.xvideos meninas com fartura de carne da buceta e rabo gostosoloira e judiada levando com forca na boca e na bussetaVidio,de,yrma,de,quinzeano,bricano de,lutinha,com,yrmaocanalha tirou sangue da bucetinha virgemcontos eróticos fiz sexo por acaso com minha tiax videos mulheres sendo chapuletada