Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Fui morar com meu Tio e ele comeu minha bucetinha virgem!

Categoria: Heterossexual
Data: 22/06/2014 07:37:30
Última revisão: 16/07/2014 09:42:36
Nota 9.60
Ler comentários (17) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Fui uma adolescente alegre e muito espevitada apesar de uma vida pobre de muitas dificuldades.

Morávamos em 4 pessoas em uma pequena casa alugada em um bairro distante do centro.

Mamãe era viúva, papai falecera em um acidente e morávamos junto com uma tia, irmã do meu pai, que tinha um filho também adolescente fruto de uma “noite de carnaval” segundo ela dizia.

Eu e meu primo Celinho tínhamos 17 anos.

Tanto mamãe quanto minha tia Gloria trabalhava de empregadas domesticas, principalmente por não terem muito estudo e por passarem o dia inteiro fora por causa do trabalho tanto eu quanto meu primo fomos criados bem soltos, praticamente quase sem controle.

Apesar de pouco estudo mamãe era uma mulher muito perspicaz e bem tranqüila quanto ao assunto “sexo”, pois desde que tive minha primeira menstruação ela procurou me explicar quase tudo a respeito do que poderia acontecer na minha vida, principalmente os riscos de doenças e gravidez indesejada.

Nunca houve uma cobrança muito severa quanto ao assunto “namoradinhos” e talvez por isso eu também era bem tranqüila a isso. Tesão tinha bastante, meus banhos eram demorados. Adorava ficar lavando minha bucetinha deslizando o sabonete nela, mas os rapazes da minha idade não me empolgavam.

Em compensação tinha uns 2 professores que davam aula pra mim que me deixavam toda saliente, sempre que podia tentava chamar a atenção deles e por ser uma das alunas mais altas entre minhas colegas, me sentava nas ultimas carteiras e como sempre adorei usar mini-saias quando surgia oportunidade me mostrava sem nenhum pudor, minhas pernas viviam displicentemente entreabertas mostrando minhas calcinhas. Rss.

Eles tentavam disfarçar, mas sempre os notava secando minha bucetinha gordinha protegida apenas por aquele tecido fininho. Quando aconteciam estas safadezas nas salas de aula, meus banhos demoravam mais ainda e percebia que meu grelinho ficava cada vez mais durinho e mais saliente conforme aprendia a me masturbar mais gostosamente.

Eu tinha 1.68m., seios pequenos, coxas grossas, bunda bem arrebitada, cabelos negros curtinhos e já chamava a atenção quando passava rebolando.

Meu primo Celinho, até parecíamos irmãos, só os cabelos dele loiros é que nos diferenciavam.

Eu percebia que Celinho se parecia mais ainda comigo ainda, com certeza era um garoto diferente dos outros, parecia uma menina nas atitudes, todo delicado. Os maldosos comentavam que era a “bichinha loira” da rua, eu não me importava com isso, adorava a companhia dele e até pensei em trocar idéias com ele a respeito, mas deixei as coisas seguirem em frente só dizendo que gostava muito dele.

Mamãe era morena, muito bonita, tinha 35 anos e éramos parecidas em quase tudo. Tia Gloria tinha 36 anos, loira, também muito linda, só que era bem biscate diziam as más línguas, vivia trocando de machos.

Tudo transcorria sem muitas novidades naquela “vidinha de pobre” de sempre, quando o destino resolveu mudar tudo no mês do meu aniversário de 18 anos.

Na nossa pequena família havia também tio Sergio que só conhecia por fotografia. Ele era irmão do meu falecido pai e da tia Gloria, morava na capital e trabalhava de vendedor. Ele entrou em contato conosco dizendo que tinha ganhado na loteria um excelente premio e como sabia das dificuldades que vivíamos queria que nos mudássemos pra junto dele.

Com o dinheiro do premio comprara a loja de materiais de construções onde trabalhava junto com uma casa bem grande e como vivia só a um bom tempo queria-nos ao lado dele. Foi uma felicidade só essa noticia maravilhosa.

Tio Sergio tinha 37 anos e segundo tia Gloria e mamãe, ele era um sujeito muito legal que tinha ido pra capital tentar melhorar de vida e tinha até conseguido, mas se casara com uma mulher muito desonesta que acabou trazendo-lhe um monte de problemas na justiça, ele separou-se dela, mas demorou um bom tempo até conseguir deixar sua vida novamente organizada e por causa disso dizia que nunca mais se casaria novamente.

Já era novembro, as aulas tinham terminado, imediatamente resolvemos tudo e nos mudamos pra capital, quando chegamos lá foi uma festa, iríamos morar em um lugar confortável com muitas mordomias, teria um quarto com TV só pra mim, nem acreditava, teria até piscina, tudo estava sendo maravilhoso e seria bem diferente dali pra frente.

Depois de uns dois dias de deslumbramento comecei a ver as coisas já com outros olhos, principalmente meu Tio Sergio.

Ele era um homem alto, corpo bonito, olhos verdes, sorriso cativante e muito divertido, alem de falar bastante besteiras!

Tanto mamãe quanto titia iriam trabalhar em sua loja, principalmente para ajudá-lo a cuidar dos muitos funcionários. Devagar elas aprenderiam o que fazer.

Tio Sergio disse que tanto eu quanto Celinho ganharíamos uma mesada desde que não tivéssemos notas ruins na escola. Eu estava indo para a piscina logo cedo com uma camisetinha por cima do biquíni quando ele deu esta noticia e toda agradecida e feliz pulei no pescoço dele dando uns beijos no seu rosto dizendo:

-muito obrigada tio...não tem problema...vai ter que dar todo mês com certeza...tanto pra mim quanto pro Celinho... sempre tiramos boas notas na escola...vai ter que gastar seu dinheirinho.

-vou dar com prazer....podem se divertir....mas tem que estudar...tem que se formar...eu vou ajudar vocês!

-que legal tio...agora vou me divertir...quero inaugurar a piscina...hoje ta um sol delicioso...quero pegar uma cor...ficar com marquinha de biquíni...la onde morava ficava com uma inveja das meninas que iam nas piscinas e depois iam pra escola e esnobavam a gente.

Ele sorriu e foi me acompanhando até a piscina...naturalmente tirei a camiseta ficando de biquíni...titio então disse:

-minha linda sobrinha...vou te dar um conselho...este biquíni que vc colocou é muito grande...gatinhas da tua idade e ainda mais...bonita deste jeito...tem que usar tanguinhas pequenas...este ai vai te deixar com uma marca enorme...você não tem outro?

-eu não...só tenho este...tem outro da minha mãe...mas acho que é um pouco maior que esse...pior né? Rss.

-com certeza...vamos fazer o seguinte...tenho que sair pra resolver umas coisas...mas coloca uma roupa...aqui perto tem uma galeria de lojas...te deixo lá...vou te dar dinheiro...compra uns biquínis novos pra você...pra voltar não tem problema ...é pertinho...volta a pé....vamos lá gatinha!

Toda contente segui seu “conselho” e fui junto com ele no carro, a galeria ficava a cinco quarteirões dali, ele me deu dinheiro e disse:

-o dinheiro deve dar...se sobrar compre mais alguma coisa a mais pra você...pode comprar gata...mas vê se compra uma tanguinha bem linda...pra deixar uma marquinha bem pequenina...você tem um bumbum lindo...aproveita!

Sem pensar muito respondi toda faceira:

-pode deixar titio...vou fazer o que Sr. mandou...depois eu mostro a marquinha...como ficou...tá...Rss.

Ele sorriu e eu desci do carro, ele acelerou indo embora me deixando toda ouriçada com aquela conversa, ele fez com que minha bucetinha gordinha desse sinal de vida, a safadeza tomou conta da minha mente, lembrei-me das sacanagens que fazia com meu professores e iria querer repetir isso com meu titio safadinho, mandar-me comprar biquínis bem pequenos, com certeza iria gostar de ver as marquinhas e a maldade se instalara na minha mente.

Com o dinheiro que ele deixou comprei três lindos biquínis fios-dentais e também algumas calcinhas bem pequenas que custaram bem pouco...e ainda sobrou troco...eu não iria abusar da bondade dele né. Rss.

Voltei rapidinho e quando estava indo pro quarto colocar meu biquíni novo encontrei meu priminho Celinho que tinha acabado de tomar café, aproveitei e chamei-o pra mostrar o que havia comprado e ficarmos juntos na piscina...ele ficou todo contente...comentando que também estava querendo tomar sol...e entramos junto no meu quarto. Quando mostrei os biquínis e as calcinhas notei que os olhos dele brilharam...e como já tinha trocado de roupa varias vezes na frente dele nem me preocupei e fiquei pelada pra colocar um dos biquínis novos.

Com certeza que ele não gostava de meninas e sem maldade nenhuma disse:

-Celinho quer colocar um biquíni destes pra tomar sol comigo..só tem a empregada em casa...a piscina fica la nos fundos...perto da garagem...ninguém vai ver mesmo.

Ele me olhou todo encabulado, mas eu o abracei carinhosamente e continuei:

-do jeito que você olhou os biquínis e as calcinhas eu sei que você quer...deixa de ser bobo...pega um pra você...e vamos!

Ele então tomou coragem, pegou um deles, mas ainda um pouco encabulado disse:

-Será que...e se chegar alguém...eu...fico com vergonha...vão falar...de mim!

-deixa de ser bobo...Celinho...tua mãe e mamãe já sabem como você é...até acho que tua mãe já deve ter comentado com tio Sergio sobre você...vamos logo...deixa de frescura...se quiser pega uma calcinha também!

Então ele ficou de costas pra mim...tirou o short e vestiu o biquíni...ficou lindo...fio-dental naquela bunda branquinha...era uma menina perfeita por trás...ai só de safadeza disse brincando:

-vira de frente...o bumbum ficou lindo....quero ver como você escondeu o pintinho...deixa eu ver!

Ele ficou com um pequeno volume na frente, como eu tinha uma bucetinha gordinha ficamos quase iguais e disse:

-ficou bonitinho...ele quase não aparece...só se ficar duro! RSS. Agora vamos...o sol nos espera...demorou!

Pegamos o bronzeador e fomos todos salientes...ficamos nos bronzeando e quando esquentava muito pulávamos na água. E durante o tempo que ficamos na piscina, trocamos confidencias como nunca havíamos feito. Contei das safadezas que fazia com os professores bonitões da escola e dos meus banhos demorados. Ele também me disse que já tinha transado com três rapazes mais novos, mas morria de vontade de dar para um homem de verdade, mas faltava coragem e oportunidade. Ficamos o dia inteiro naquela mordomia, só saímos da piscina pra almoçar e entramos pra dentro de casa quando o sol praticamente já tinha sumido.

Enquanto tomávamos banhos agora completamente nus parecíamos duas garotas, as marquinhas dos biquínis ficaram lindas, extremamente sexy, com certeza teríamos problemas pra dormir, a pele tava ardendo um pouco. Continuamos a conversar e eu quis saber o que Celinho achava a respeito de nosso tio Sergio.

-Sandrinha...vou te falar uma coisa...achei o tio um gatão...bonitão...grandão...e tem uma mala enorme...deve ter um pauzão enorme.

-que safado você é Celinho...ja ficou medindo o pau do titio é? Eu nem tinha reparado nisso. RSS. Mas já que você falou vou prestar atenção...ele é muito legal...mas acho que ele é bem safado...ele disse pra eu comprar biquínis bem pequeninhos...brinquei com ele que depois que eu bronzeasse ia mostrar a marquinha pra ele...o safado deu um sorriso...de sem vergonha!

-Se ele quiser...eu mostro a minha marquinha também...Sandrinha...e ainda coloco a calcinha que vc me deu! RSS.

-que viadinho mais assanhado...é meu priminho...nem acredito...tá com vontade de mostrar a bundinha pro titio é?

-Só um pouquinho...Sandrinha...mas também to de olho em você...tá com frescura com ele...pensa que não sei? Mas vou te falar uma coisa...escutei uma conversa de mamãe falando que tio Sergio sempre foi safado...que comia todas que dessem sopa...não perdoava nenhuma. RSS.

Caímos na gargalhada e terminamos o banho.

Quando mamãe e tia Gloria chegaram do serviço, jantamos e ficamos assistindo TV, titio ligou avisando que estava em uma reunião e que iria chegar mais tarde, pra não esperarem por ele! Tia Gloria brincou dizendo que a reunião devia ser com alguma puta...isso sim...Mamãe me deu um creme pra passar na minha pele toda ardida...e dormi como um anjo.

No outro dia acordei um pouco mais tarde e já não tinha mais ninguém em casa, fui no quarto do Celinho pra chamá-lo pra irmos na piscina novamente, a porta não estava trancada e quando entrei vi que ele dormindo de bruços apenas com a calcinha fio-dental que tinha dado a ele, fiquei abismada, os cabelos loiros, o rosto enfiado no travesseiro era uma garota “quase perfeita”. Só de sacanagem sentei na beirada da cama e comecei a passar a mão acariciando de leve o bumbum arrebitado dele, o safadinho mesmo dormindo começou levemente a dar uma reboladinha, mas em segundos ele percebeu que estava acontecendo alguma coisa estranha...e então dei um tapa no bunda dele e disse:

-que safadinha esta bichinha...de fio dental mostrando a bundinha....hein...ja pensou se fosse o tio Sergio que tivesse entrado aqui...ia socar o pauzão neste cuzinho!

Apesar do pequeno susto Celinho sentou na cama e disse:

-sua tonta...besta...vou te dar um pau...da próxima vez que me assustar deste jeito...sua chata!

-você não vai dar pau nenhum pra mim...além de não gostar...o teu é pequeninho...e só de passar um pouquinho a mão na bundinha...ja ficou durinho hein...tá louco de vontade de dar esse cuzinho hein...mas isso não interessa agora...vamos levantar...seu folgado...vamos pra piscina de novo hoje....vamos ficar “pretinhas”. RSS.

Ele sorriu e disse que ia tomar um banho rápido e que logo iríamos pra lá.

Praticamente ficamos quase o dia inteiro na piscina e pegamos uma cor espetacular, as marquinhas na bunda ficaram espetaculares, as dos meus pequenos seios ficaram divinas, até pareciam ter aumentado de tamanho.

Depois de jantarmos ficamos conversando animadamente sobre como nossa vida havia mudado pra melhor em tão pouco tempo. Tia Gloria comentou que Tio Sergio e meu falecido pai além de irmãos eram muito amigos e desde garotos sempre comentavam que se um deles tivesse sorte de melhorar de vida iria ajudar o outro e isso estava acontecendo agora, ajudando toda nossa família. Naquele dia fui dormir sem ver meu titio novamente, muitas coisas a serem resolvidas. Antes de dormir me masturbei deliciosamente no banho, fiquei frustrada por não conseguir mostrar as marcas de meu bronzeado, titio não sabia o que estava perdendo. RSS.

Mas tudo acontece no seu devido tempo, acordei toda serelepe no outro dia, férias era tudo de bom, não ter que ir pra escola fazia com que tivesse todo o tempo do mundo pra pensar só em coisas boas e em se divertir.

Naquele dia Celinho teve que ir com a mãe dele no dentista pra colocar aparelho de correção e como minha pele estava um pouco ardida pelos 2 dias de sol intenso resolvi não ir pra piscina. Coloquei uma minissaia bem curtinha com uma calcinha fio-dental e um topzinho e fui na cozinha tomar leite. Perguntei a empregada se meu tio tinha saído muito cedo novamente e ela disse que ele estava no escritório, tinha acabado de fazer um suco pra levar pra ele.

Rapidamente disse que eu mesma levava.

O escritório ficava ao lado do quarto dele, tinha uma escrivaninha grande com uma poltrona grande de couro, computador, telefone, TV, quando ele estava em casa, praticamente não saia de lá, controlando seus negócios. Antes de levar o suco, passei no meu quarto peguei o troco que sobrara da compra dos meus biquínis e bati na porta do escritório. Ele mandou entrar e quando me viu ficou um pouco surpreso e brinquei dizendo:

-Sou a nova empregada pretinha do titio, vim trazer suco pra ele!

Ele entrou na minha brincadeira e disse:

-Que empregadinha mais linda...toda bronzeada...esta eu ainda não conhecia...gostei...muito.

Coloquei o suco na escrivaninha e enchi o rosto dele de beijos dizendo toda dengosa:

-Pensei que tinha me abandonado...sumiu dois dias...fiquei triste...nem me deu um beijinho de bom dia ou de boa-noite.

-Isso não é verdade...ontem quando cheguei passei no teu quarto...queria entrar pra te dar um beijo sim...mas a porta estava trancada!

-Jura....que pena...prometo que nunca mais fecho a porta...nem percebi que tinha fechado...acho que tava muito cansada fiquei o dia inteiro na piscina com o Celinho...desmaiei! RSS.

Então peguei o troco e entreguei pra ele...nem quis o troco...mandou eu guardar...e quis saber o que eu tinha comprado e então disse toda safada:

-titio....vc quer que eu busque no meu quarto pra mostrar pra vc? Quero saber se vc gostou...posso?

-Ta...bom...busca então...gata...ja que você insiste...claro que eu gostaria de ver sim!

Quando sai reparei que ele vestia um short de malha e sem camisa, afinal era verão.

Voltei ligeiro e mostrei meus 02 biquínis e as 4 calcinhas...e então resolvi contar pra ele que tinha dado 1 biquíni e uma calcinha pro Celinho, brinquei dizendo que esperava que ele não achasse ruim de ter feito isso e ele riu dizendo:

-Claro que não Sandrinha...não tem problema...afinal ele é primo...alias priminha né! RSS...fazer o que...dizem que toda família tem um viadinho e uma biscate...a nossa está completa...Celinho a bichinha e a minha irmã Gloria...que só não deu pro sapo porque não sabia quem era o macho! RSS.

Caímos na gargalhada e então continuamos a conversa agora com um pouco de safadeza:

-mas...titio...você quer que eu coloque algum biquíni pra você ver...se quiser eu coloco!

-não minha sobrinha linda...eu quero que você faça o que tinha me prometido quando deixei vc na frente da galeria!

-bem...sim...claro que sim...eu pensei que talvez o tio não iria querer ver minha marquinha...quer mesmo?

-claro que quero...quem mandou vc prometer...agora tem que fazer...se quiser desistir...tudo bem!

O safado do meu tio queria mesmo ver a marca do biquíni na minha bunda e então disse bem safadinha:

-Eu...vou mostrar sim...é que fiquei um pouquinho com vergonha agora...ficar peladinha na frente do meu tio lindão e maravilhoso...mas...queria te mostrar sim...eu...como você quer que eu faça?

-vou deixar que você faça do jeito que achar melhor...não tenho pressa...vc escolhe minha sobrinha linda!

Ele estava sentado na poltrona de couro perto da escrivaninha e então fui até la, coloquei os cotovelos em cima da mesa, fiquei de costas empinando minha bunda e disse toda dengosa:

-Assim...titio...eu to com um pouquinho de vergonha...se você quiser ver...vai ter que tirar minha minissaia...eu...prefiro assim...ta bom?

Ele chegou bem perto de mim por trás sentado na poltrona e disse todo safado:

-Pode deixar...minha sobrinha...fica tranqüila...vou tirar bem lentamente então...pra sua vergonha também ir embora bem devagar.

Ele sabia o que tava fazendo, devagar subiu as mãos pelo lado de fora das minhas coxas, levantando minha minissaia, minha bunda se arrepiou toda ao contato daquelas mãos fortes, senti minha bunda toda de fora, só a calcinha fio dental protegia minha bucetinha virgem, ele apertou minhas nádegas, dei um gemido baixinho, suas mãos deslizaram para os lados e seus dedos começaram a puxar minha calcinha, em segundos ela estava no chão, as mãos me acariciavam sem tocar na minha bucetinha completamente molhada, gemi mais alto, senti os dedos deslizarem entre os lábios de minha rachinha e encontraram meu grelinho durinho. Deitei-me sobre a escrivaninha, toda exposta, logo no lugar dos dedos senti a língua quente do titio me lambendo toda, eu gemia e rebolava toda putinha na língua daquele safado.

Ele então puxou meu corpo, fazendo-me sentar em seu colo, ele já estava nu, senti deslizar entre os lábios da minha rachinha um pau grande, grosso e extremamente duro e ele então disse:

-pronto...minha sobrinha putinha...o que você quer tá na portinha da tua bucetinha deliciosa, eu adorei sentir o gosto da tua bucetinha, esfrega minha pica no teu grelinho putinha deliciosa...rebola no pau do teu macho, era o que você quer sua safadinha linda...rebola minha putinha deliciosa!

Eu estava tomada de desejo, ele bolinava meus seios, deslizando a mão por todo meu corpo, mordia minha nuca e me fazia deslizar em cima daquela pica deliciosa...a todo instante a cabeça babada daquela vara...dava uma encaixada na portinha da minha bucetinha virgem e ele então dizia todo tesudo quase ordenando:

-Isso putinha....assim rebola...gostoso...sinta a pica do titio...bem na portinha da tua bucetinha deliciosa...põe a cabecinha e deixa entrar tudo....dá a buceta pro titio...você ta querendo muito....eu sei...senta na minha pica...putinha gostosa...deixa entrar tudo...dá gostoso...quero ser teu macho...põe...quero ver esta bunda toda bronzeada ... rebolando na minha pica...dá gostoso pro tio...gatinha deliciosa...vou te foder todinha putinha!

Senti minha xaninha toda encharcada, o calor da cabeça daquela vara na entrada da minha bucetinha virgem e os dedos dele esfregando meu grelinho duro deixavam meu corpo completamente sem controle...completamente hipnotizada pelas palavras que ele sussurrava em meus ouvidos, sem pensar soltei o peso de meu corpo, quando a cabeça do pau pulou pra dentro de minha bucetinha, senti dor e dei um grito tentando me levantar, mas as mãos fortes de titio seguraram meus quadris e sem titubear me puxou mais forte de encontro ao corpo dele, dei um grito bem alto de dor, minha bucetinha sentiu aquela pica enorme e grossa entrar rasgando até o fim, nossos sexos ficaram completamente colados.

Titio então sussurrou todo safado:

-pronto minha sobrinha gostosa...minha picona tá inteirinha dentro da tua bucetinha...era o que você queria putinha...começa a mexer esta bundinha...bem gostoso...ja já passa a dor...você só vai sentir prazer agora...que bucetinha gostosa...tão apertadinha....rebola na minha pica...putinha...seja a putinha gostosa do titio...mexe bem gostoso...rebola...safada!

Eu sentia minha bucetinha completamente preenchida por aquele pauzão grosso e devagar comecei a rebolar timidamente, logo a dor sumiu e o prazer tomou conta de todo meu corpo, meus gemidos de tesão eram altos, titio sentindo que já estava gostando muito, levantou-me com a pica enterrada em mim, me fez novamente deitar sobre a escrivaninha com as minhas pernas abertas, minha bucetinha toda arreganhada e começou a socar aquela pica enorme sem dó, enfiando e tirando da minha bucetinha com força e gemendo alto também sussurrava sensual:

-Isso...que delicia meter nessa bucetinha...apertadinha...rebola na minha pica putinha safada...queria vara...agora rebola sua putinha...mostra pro titio...que tá gostando...goza comigo...goza na minha pica...vou encher tua bucetinha de porra...goza....eu vou gozar...vou...ahhhhh!

Dei um grito junto com ele, o primeiro orgasmo com uma pica grossa enterrado na minha bucetinha, senti-me inundada de tanta porra fervente que ele despejava dentro de mim, minhas pernas tremiam, não conseguia me controlar e o prazer tomava conta do meu corpo que deixava de ser virgem.

Devagar tudo foi ficando calmo e tranqüilo, meu titio estava engatado em mim igual um cachorro na cadela, passados alguns minutos ele tirou a pica de dentro da minha bucetinha e disse todo safado:

-gatinha...adorei...te comer...você é uma delicia...que bucetinha apertadinha que você tem...até achei que vc não era virgem...pela tua safadeza comigo...você é muito putinha...na hora até pensei em não tirar teu cabaço...mas acho que já tava precisando de uma picona nessa bucetinha...agora já esta pronta...pra ser uma putinha super deliciosa...pode dar gostoso a hora que quiser...principalmente pro titio...quero que te comer...muito...se você quiser...de novo!

Eu sorri e disse toda dengosa:

-aiiii...tio...vc me deixou toda dolorida...com este pauzão grande...praticamente me estuprou...seu tarado safado...tá doendo muito...minha bucetinha ta pegando fogo...to toda ardida!

-larga de ser fresca...sua putinha safada...daqui a pouquinho já ta bem de novo...buceta tesuda que nem a sua foi feita pra levar pica grande...garanto que não vai demorar muito pra pedir pra levar pica de novo...Rss. Agora vamos tomar um banho gatinha linda...safadinha.

Tomamos banho juntos no quarto dele e durante o banho nos divertimos e conversamos bastante sobre tudo.

Antes de sair do quarto o safado enfiou aquele pauzão na minha boca e me fez chupá-lo até gozar fazendo-me engolir toda sua porra quentinha...Rss...foi uma delicia!

Quando a noite chegou o tesão voltou com uma intensidade incrível entre minhas coxas, minha bucetinha tesuda ainda um pouco inchada voltava a querer pau dentro dela e sem nenhum pudor fui bater na porta do quarto do titio e pedi pra ser comida novamente e ele como um macho que sabia como satisfazer uma fêmea me fodeu a noite inteira me fazendo ter orgasmos múltiplos e copiosos.

Depois eu conto mais...teria muitas coisas ainda pela frente...titio era muito tarado e era o macho da família!

Skype: vanessinha-pst queromais5

Comentários

10/07/2016 22:38:38
DELICIOSO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
04/03/2016 16:27:44
Conto super excitante. Nota máxima
15/07/2015 15:12:22
Q deliciaaaaaa, quero continuação... [email protected] São Paulo - zona oeste
18/11/2014 22:37:07
garotas q quiserem realizar suas fantasias e se masturbar pela web can e so me add: [email protected]
18/11/2014 22:36:26
adorei sua safadinhamuito excitante
17/07/2014 13:15:54
Parabéns hein putinha safada rsrs. Leia os meus tb bjs do Cafajeste. Grupo whatsapp
15/07/2014 19:07:16
Nossa que delicia!! mto bom.. leia meus contos de incesto com minha filha!! [email protected]
08/07/2014 14:09:48
Muito bom nota 10 perfect moçinha
24/06/2014 09:57:11
com uma sobrinha assim e difícil não perde o juízo muito bom parabns
23/06/2014 14:45:23
Parabéns! Um conto tesudo, inteiro, com principio, meio e fim e um gostinho para novas aventuras. Ufaaaa, que delicia! Ahhhhh se eu tivesse uns sobrinhos assim rsssss mandava rola!
22/06/2014 20:35:43
Delicia de conto, quero a continuação logo!!!
22/06/2014 17:51:54
dliçia, bati 2 punhetas depois que li seu conto, quero meter minha rolona em vc tbm.
22/06/2014 17:22:51
Muito bom seu conto. Mereceu perder o cabacinho desse jeito. Aguardo outros.
22/06/2014 17:05:43
Muito bom bem safadinha vc hem!ne add no whatsap
22/06/2014 16:38:41
muito bom..depois me add no whatsApp ai te passarei o facebook..
22/06/2014 11:11:27
Muito bom safadinha, espero continuação hein. E espero também sua visita nos meus contos. Bjs do Cafajeste whatsapp
22/06/2014 08:40:35
Que delicia. se a putinha for inteligente, casa com o titio. so falta colocar o priminho na sacanagem. aguardando a continuação, ansiosamente. nota 10.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


como q estourar as bolinhas sexchop sexuais na relacao sexoloira e judiada levando com forca na boca e na bussetacomendo o cu da irmaue estava dormindovídeo da mulher da bundona sentando na pica do menino loboindo embora achei um viado e fui comer seu cuzinhoContos eróticos gay quatro guri arrombaram meu cuvideos porno de crente lombuda com vestido trasnparentefamilia liberal conto eroticoporno sarando na coroa na frente do corno no onibosEnrabado por uma tgirl contosxvideo coletania marido tampa o olho da esposa e chama o amigo pra beija lanovinhohs gostososcontos eroticos corno bebado esposa com fogo no rabo amigo roludonovinha gostosa chupando até gozar na sexta-feira mas ainda continua na mãorevista em qadrinho mae mulata de calsinha de rendinha atolada no rabo pede pro filho come sua busetacalcinhas casadas coroas grtando de dr no anal profundo e dptadosporno comendo em dois e explodindo cu ea buceta da novinha atéh ela cagarcoroa grisalho com uma chapeleta muito grande comendo um garoto novinhoempregada safadinha Fátimaconto erotico gay vaquejada capseduzida por um estranho contos pornoporno com muito estrupo com muito pau no cu a força com muito sexo bruto.bucetinhasequinhadando jatos de porra na Bunda da colegialcontos tomei coragem e dei pro meu filho pauzudoindo embora achei um viado e fui comer seu cuzinhomadrasta brasileira faz vídeo dando a b******** para o enterro de sua filhinha junto em casamuleke come buceta na cachoeira sem camisinha na matameu padrasto me comeu e minha mãe participouzoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamenteconto erotico gay vaquejada capmulher d fiu dentau atolado no raboutimu vídeos d mulher famosa fudeno e gosandosexo com tapas na cara.puxau de cabeloscontos eroticos RobertaTa tarada roludo vendo novinhas com cálcinhas melecada rabaonegrocontos Fudidos De machucamento vaginal meu sobrinhoapaixonado pelo meu primo brutamontes 2temporadaAonde tu não me debruço no tapete XVídeoscontos eroticos de meninos gay perdi a aposta no video game e o cabaco tambemfilmes de diabo comendo ninfetas da belosexovideo porno fundeno cuzinho a fosavideos porn daquelas mulheres enquanto fodem ela mete a mão na boca depois a mão que estava na boca vai a vagina no pornuhas duas bundinha para o macho contonovinha.prvoca avo q ta limpano a pisina e fode com elexvidios outros purai favoritostia pasa de camisola perto do sobrinho e ele fica com tesaobonecas enchendo o cu da mariconacontos eróticos vovó transando com cavalocuckold adeptoscasadoscontos eroticos meu professor me comeu.a tia marta safada deixa exfrega meu nesse raboPorno contos incesto mamaes com tesao iniciam suas meninas ensinando siririca..masturbaçao..chupar e punhetar papaisContos com fotos velhos fudedores chupadoresContos a empregada com fotosler contos reais acontecido esse ano de 2017 de maridos que de tanto insistir viraram cornos mansinhomulherez de anjinho capetinha e de calcinha vermelhaXVídeos gay com truculênciapai pegou eu e meu irmao gay no sexo e entrol no sexoliloca faz ananl pa ter akele raboos melhores vídeos pornôs de cornos a mulher f****** com outro ele fala um monte de besteira para esposa escutarcontos eróticos sogra pediu pra ver minha rolaMEU PRIMO COMEDOR ME OBRIGOU A MOSTRAR MINHA ESPOSA RABUDAconto erotico com sadomasoquista cinto de castidadeCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.07novinha mostrando a buceta gozada com 10 picadinhos rabada bucetacontos meu primo gordinho foi dormir comigo e comi o cuzinho delesexo casada dormindo de short Doll deixando escapar a bucetapequenos videos de porno brasileiro pais peludos de sunga que tira a virgindade da filha e goza dentro da vaginacamadre simone que fuder caseirofilme pornô gratis bucetinha bem limpinha sem cabelo ganhando enfiadinha de leve do pau grossoContos de marido revoltado mas ecitado quando pegou esposa chupando outrozoolofila so fudendo o cu da vadia 696http://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelo