Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

[...] Meu Vaqueiro, Meu Peão... 9

Autor: L. T.
Categoria: Homossexual
Data: 18/07/2014 19:33:17
Nota 9.98
Ler comentários (40) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Obrigado, Obrigado, Obrigado...

Sou grato a todos pelos comentários e pelo carinho, vocês são show

Matt_18 - Eu agradeço por ler meu conto, eu tento aproximar ao máximo da realidade, Obrigado e bjs

Sociólogo - Obrigado pelo comentário, eu ri muito com "pica das galaxias", enfim! algumas palavras eu trago para um linguajar falado, tipo Estava as vezes eu coloco tava, pois numa realidade comum nos perdemos muitas vezes do dizer do dia-a-dia. Enfim! Obrigado e gostei muito do seu comentário, espero outros, bj.

Weverton22 - rsrsrs... quando fui a Fortaleza me diverti muito, fiquei hospedado em frente a praia, tudo muito lindo, e tem turista o ano todo, adoro turista, Obrigado por ler e comentar, bjs

theflyer - NOssa você apoia o Tavinho, depois de ler esse capitulo me diz se ainda apoia, obrigado e bjs

Joh17 - recordar é viver, adorei seu comentário, e você acertou sim, a historia se passa em RN, eu ja morei ai um tempo, mas me mudei para PB. Obrigado e Bjs

Bear86 - me mate menos de inveja, estudar na Laureat de SP (Anhembi Morumbi) para a área de saúde é muito TOP, não sei qual área você faz... Obrigado pelo elogio, e beijos

Lost boy - Ai me sinto tão errado, pois gosto tanto do Brunno, eu também acho que ele não seria capaz de tanta maldade, Obrigado viu gatão, bjs

Sr. Obito. - Fico feliz em saber que você gosta do conto, ou melhor, dos contos, tento dar meu melhor, D+ é você, qual outro conto você está lendo? alguma opinião? Obrigado e bjs

júnior McKinley - Obrigado, fico rindo quando vejo o seu "Socorro rosana" apesar de não saber direito o que significa... rsrsr... Obrigado.

chicao02 - Obrigado meu querido, você sempre me acompanhando, obrigado mesmo, bjs

Pyetro_Weyneth - Pro bem do Diguinho tem que dar tudo certo, Obrigado, bjs

Andgar - Verdade! é triste o falso moralismo em que vivemos, mas infelizmente isso é o que chamamos de "sociedade Civilizada", Obrigado por sempre ler e comentar, bjs.

PANDINHA - Pois é! suas palavras me inspiraram um pouco, a sociedade injusta de valores diferentes em que vivemos nos obriga a seguir um padrão arcaico, mas este padrão está desmoronando, aos poucos, mas está. Obrigado e beijão

Gleison Duarte - Que bicha má! não pode desejar isso pro Brunnão... kkkk... deseje pior... rsrsrs... ri muito, Obrigado pelos comentários e bj.

ATP - Atualmente PB, verdade, Nutrição é TOP, obrigado e bjs

RodrigoT. - Verdade! todo gay ja se apaixonou, mas confesso que até hoje eu acho que ele era o homem da minha vida (suspiro), enfim! obrigado ppelos comentários e bjs

Diamandis Del Rey - "Nossa senhora da bicicleta" ri muito com isso, situação dificil a do Diguinho, obrigado e beijos.

PedroJr, Igor Alcântara, neneu, Fel.97, Lord D., Ħєทriqυє, Agatha1986, Lucas M., Henri19, Ninha M, geomateus, elizz!, ze carlos, Monster, cintiacenteno, Alguem93, vini, guigo1, Tau - Obrigado gente, pela inspiração, apoio e pelos comentários, vocês são 10, Bjs.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

[...] Meu Vaqueiro, Meu Peão...

.

CAPITULO 9 – Beijando os Travesseiros

.

Seria lindo dizer que meu pai aceitou numa boa minha sexualidade, que ele pegou um chá e fomos conversar sobre minhas relações amorosas e experiências sexuais, mas a vida é diferente, e mais em uma cidade pequena, com pessoas de mente pequena que falam da sua vida.

Eu não gostava de imaginar a reação do meu pai quando descobrisse, Brunno me veio à cabeça e junto com sua lembrança me veio à raiva, meu pai me pegou pelo braço e me empurrou no sofá.

-(Ricardo)- Vou te contar uma história engraçada, hoje fui cuidar da loja (meu pai tinha uma loja de materiais de construção) e tinha uns trabalhadores meus na calçada falando que o filhinho do patrão era viado e que ficava mamando o pau do filho do prefeito, e eles riam solto, aquilo foi uma facada em mim.

- Pai!

-(Ricardo)- Desde quando você virou viado?

Eu chorei com aquelas palavras, não tinha mais como esconder.

- Desde sempre, eu nasci assim.

-(Ricardo)- Isso foi falta de surra.

- Pai! Eu não tenho culpa, nem você, nem a mamãe.

-(Ricardo)- Alguma coisa está errada, isso não é normal.

- Eu sou normal – gritei

-(Ricardo)- isso é uma doença, uma anomalia, isso não é normal, viadice não é normal.

Meu pai coçava cabeça, eu sabia que quando ele fazia isso era nervosismo e raiva junto. As palavras de Brunno vieram a minha cabeça, eu chorava e soluçava tudo de cabeça baixa.

-(Ricardo)- Você me decepcionou muito Rodrigo, o que o povo vai falar? Meu Deus! Que vergonha.

- Pai eu não me importo com o que o povo fala.

-(Ricardo)- Mas eu me importo, não quero ninguém rindo de mim, de sua mãe, ou de você, é muito fácil dizer que não se importa com o que o povo diz, mas você vai se sentir um lixo quando ver que as pessoas riem de você por trás, ou quando lhe perguntarem sobre as namoradas, como você vai se sentir desconfortável.

Minha mãe se levantou e veio até o lado do meu pai.

-(Marcia)- Eu já sabia da sua sexualidade, eu te respeito meu filho.

-(Ricardo)- Você está doida mulher! Vai apoiar a viadice dele?

-(Marcia)- E o que a gente pode fazer? Bater? Expulsar de casa? Tirar da faculdade? Isso só vai o fazer ter raiva e não vai ajuda-lo em nada, meu filho não vai morrer com algumas risadas desse bando de caipiras.

-(Ricardo)- Eu não aceito isso!

-(Marcia)- a única coisa que podemos fazer é orientar, Rodrigo nunca nos deu trabalho.

-(Ricardo)- nunca deu trabalho e agora está na boca do povo.

-(Marcia)- Se você o tirar de casa ele vai morar comigo.

Eu permanecia calado, eu estava tentando me localizar no meio daquela bagunça.

-(Marcelo)- Ricardo! Eu queria ter um filho igual o Diguinho, eu sendo padrinho só sinto orgulho.

-(Ricardo)- Por que não é seu filho que vai ficar dando o c* para um bando de macho.

-(Marcelo)- Respeita teu filho Ricardo.

Minha mãe veio para perto de mim e afagava minha cabeça, meu pai estava de pé e se virou para mim.

-(Ricardo)- Você vai continuar a morar aqui, vai continuar estudando, mas agora as regras vão ser diferentes e nada de Brunno nessa casa.

- Certo!

-(Ricardo)- Outra coisa! Você não vai dizer a ninguém que é viado.

-(Marcelo)- Eu vou conversar com o Brunno, descobrir como isso se espalhou.

- Foi ele mesmo que espalhou, dizendo aos amigos.

-(Marcelo)- É inacreditável a quantidade de merda que Brunno faz.

Minha mãe passou o dia comigo, meu pai passou o dia fazendo seus afazeres, minha madrinha me ligou perguntando se eu estava bem e logo desligou, acho que ligou só a pedidos do meu padrinho, eu sabia que ela era um pouco preconceituosa, e mais que tivesse tocado com um dos filhos dela, eu não me assustaria de saber que ela estava pensando que foi eu quem tentou “corromper” o Brunno, ela é uma ótima pessoa, se retirar o preconceito existente.

Com o passar dos dias minha rotina foi mudando, era da casa para a faculdade, da faculdade para o estágio e do estágio para casa, sem visitas, o Tavinho vinha às vezes me visitar, mas logo ia embora, o Brunno apareceu uma vez e foi posto pra correr por meu pai, deixamos de frequentar os churrascos de domingo, e meu pai ficou cada vez mais distante de mim, falando somente e estritamente o necessário, ele me proibiu de pegar carona com Brunno e Tavinho, o taxi vinha me buscar na porta de casa, simplificando eu andava bem recluso.

Meu pai deixou de sair aos domingos à noite com seus amigos, depois que o pai do Renan pegou uma briga com ele e ficou gritando no bar que ele tinha um filho gay, nesse dia foi a primeira vez que vi meu pai chorar.

É complicado saber que a partir do momento em que o boato se espalhou eu tinha deixado de ser aos olhos alheios o menino inteligente para ser só um “viadinho chupador de rola”, alguns podem pensar que é exagero, mas em cidade pequena é assim e mais em uma cidade pequena localizada na região nordeste, onde o machismo é normal na sociedade.

O mês de fevereiro passou bem devagar, o meu refugio se tornou a faculdade, era lá que eu conversava com Tavinho, tomei raiva da cara de Brunno, Tavinho tinha conversado com ele para não me procurar e milagrosamente ele tinha seguido o conselho, de vez em quando eu via o Tavinho com uma ou outra menina paquerando, e eu não o julgava, não tínhamos nada, só raramente que rolava uns beijos, mas nada demais.

Março começou e com ele saiu os resultados do intercambio, eu fui aprovado para o programa de bolsas sul-americanas, para uma Universidade Peruana, fiquei extremamente feliz com a conquista, era para embarcar dentro de 2 semanas.

Meu pai tentou argumentar, dizer que não dava certo, que eu iria ficar muito solto, mas minha mãe interveio e conseguimos o apoio dele, já que eu era dependente dele.

Era uma segunda-feira, e faltava apenas 1 semana para a viagem, já estava tudo certo, toda a burocracia concluída, ia ser bom viajar, deixar meu pai livre por um tempo e me libertar da prisão que de certa forma ele fez ao meu redor, parei com o estágio e expliquei ao meu padrinho o por que, ele a meu contragosto disse que iria continuar depositando o dinheiro do estágio em minha conta e quando voltasse era para reassumir meu posto.

Na quarta-feira à noite meu pai estava sentado no sofá assistindo uma novela a qual não me recordo o nome, ele pediu para que eu sentasse ao seu lado. Ficamos um bom tempo calado.

-(Ricardo)- Eu não tenho raiva por você ser gay, eu só não gostaria de seu nome na boca do povo, acho que nenhum pai gosta de saber que o filho e alvo das más línguas ou que pode ser humilhado a qualquer momento.

Eu ouvia calado, Meu pai passou o braço pelas minhas costas.

-(Ricardo)- Eu estava com tanta raiva de você que minha vontade era de te matar para você aprender a ser homem, mas hoje eu só fico triste, pois sei que essa casa não vai ficar cheia com meus netinhos.

- Me desculpe por ser assim

Meu pai ficou quieto, assistimos novela e quando acabou eu me levantei para ir dormir.

-(Ricardo)- Eu vou sentir saudades de você, enquanto você estiver fora.

- Eu volto logo. Só serão 6 meses

-(Ricardo)- Eu sei!

Entrei no quarto e logo cai no sono, a sexta passou voando, comprei algumas coisas e deixei minha mala já pronta, eu iria viajar na segunda-feira as 04:00am.

O Sábado chegou, á noite as meninas apareceram para sairmos, elas pediram ao meu pai, e ele liberou, dizendo para que eu não chegasse tarde e tivesse cuidado. Elas me levaram para um barzinho, chegando lá estava o Tavinho e o Brunno a nossa espera. Ainda estávamos no carro quando a Júh começou a se explicar.

-(Juliana)- Foi difícil achar seus amigos dessa cidade, me convenci que éramos só nós.

- Acho que Brunno não deveria estar incluso.

-(Juliana)- Ele insistiu em vir, não vamos estragar nosso happy our.

- Ai Júh! É complicado.

Descemos do carro e fomos em direção aos meninos, dei um abraço em Tavinho e Brunno falou comigo e as meninas, mas não dei confiança para ele, fomos para um mezanino e nos sentamos.

- Quem vai dirigir.

-(Tavinho)- Eu dirijo.

-(Brenda)- Eu dirijo também, estou tomando remédio controlado, não posso beber.

Eu, Brunno, Júh e Mariah fizemos nossos pedidos, Tavinho conversava comigo da faculdade e Brunno ficava nos encarando descaradamente. O bar estava cheio e tinha um carinha tocando musica ao vivo, ele tocava em acústico a musica “Não Quero mais” da banda Limão com Mel.

.

.

“[...] Eu não posso mais...

Eu não quero mais...

Viver sem ter você sem ter você

Volta vem me traz, traz a minha paz

Pra esse amor me faz viver [...]”

.

.

Brunno estava de frente para mim e abaixou a cabeça, lá pelas 01:00am decidimos ir embora, saímos do barzinho.

-(Brenda)- Rodrigo, você vai com os meninos que a gente vai direto pra casa.

- Está certo.

-(Juliana)- Vou sentir saudades priminho.

- Também.

As meninas me abraçaram e foram embora, eu e os meninos entramos no carro e fomos também, Tavinho dirigia sem pressa pelas ruas, Brunno olhava para as ruas.

-(Brunno)- Se lembra de quando íamos para as festas e quando eu voltava bêbado eu ficava gritando nas ruas para acordar o povo.

Eu ouvi calado, e fiquei calado por um tempo.

- Lembro sim! Pior era quando você me obrigava a parar o carro e ficava urinando no poste.

-(Brunno)- Eu só faço merda neh!

-(Tavinho)- Só faz merda mesmo.

-(Brunno)- Fica quieto Tavinho, to batendo um papo com o Digui... Rodrigo.

- Ai Brunno não enche, o Tavinho só disse o que eu iria responder.

Brunno ficou calado e depois bateu palmas.

-(Brunno)- “Amiguinhos”, sei! – ele fez as aspas com os dedos.

Chegamos a minha casa e desci do carro.

-(Tavinho)- Nos vemos na segunda.

- Certo.

-(Brunno)- Cuidado na vida!

- Sei me cuidar.

O domingo passou rapidamente, dormi um pouco a tarde, minha madrinha veio me desejar uma boa viagem e me trouxe um casaco, dizendo ela que pesquisou e que estava frio por lá.

Saímos de casa por volta das 01:30am e chegamos lá com 1 hora e meia de antecedência, fiz o check-in e rapidamente o tempo se passou, me despedi de todos, minha mãe já queria começar a chorar, meu pai estava bem caladão, meu padrinho e o Tavinho eram os mais agitados. Toda hora eles me diziam para ter cuidado com as pessoas e coisas do tipo, um pouco antes de ir para a plataforma de embarque meu padrinho me chamou em um canto.

-(Marcelo)- Eu depositei um dinheiro na sua conta.

- Padrinho! Não precisava.

-(Marcelo)- Eu sei que seu pai tem dinheiro, que você não vai passar necessidades lá, mas para uma eventualidade, para eu me sentir mais seguro.

- O senhor não existe.

-(Marcelo)- Eu vou tentar colocar juízo na cabeça do Brunno.

Eu o abracei e eles me levaram até a plataforma, na entrada tinha um rapaz, moreno, dos cabelos loiros escuros, muito bonito de rosto, tinha uma leve barriguinha, aparentemente uns 20 anos, com uma plaquinha escrito meu nome, me aproximei dele.

- Está a minha procura?

-(Pablo)- Rodrigo? UNP?

- Sim! E quem é você?

-(Pablo)- Sou o outro intercambista, me chamo Pablo Arruda.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

e ai? Gostaram? Opiniões? Duvidas?

Comentários

11/01/2015 00:25:00
Como não havia encontrado seu conto?! Amando!
22/07/2014 00:48:42
Muito bom o seu conto, comecei a ler hoje e já li todos os capítulos, aguardando ansioso pelos próximos.Ah vi que vc em resposta a um comentarista disse que mora na PB, bom então acho que somos conterrâneos rsrsrs
20/07/2014 01:55:00
*-----*
20/07/2014 00:39:44
Excelente! Ja to ansioso pelo proximo! Ahh e acho que o tavinho ta curtindo, pelo menos nao fez a safadeza que o Brunno fez com o diguinho, de dicar espalhando pra todo mundo oq eles fizeram, isso eh muito baixo. Espero que nessa viagem ele encontre alguem legal, de a volta por cima e retorne pra sua cidade que nem Tieta, poderoso! Bjo
19/07/2014 22:55:18
Muito legal teu conto...bom d+
19/07/2014 22:35:31
aí q bom, td de bom continua...
19/07/2014 17:58:54
Fiqei um bom tempo ser comentar seu conto. Mas eu estou surpreso pelo rumo que ele tomou. Ta show de bola, essa reviravolta que esta acontecendo faz com que prenda a nossa atenção. Espero que no final de tudo certo, que o Bruno e o Rodrigo se acertem no final. E que nesse tempo ele possa reconhecer o erro, entender o mal que ele fez o Rodrigo e que ele possa aceitar esse sentimento. Já que ele propriamente disse que aquela noite não saiu da cabeça dele. Desculpa por ser chato.Mas é isso. Parabéns nota 10
19/07/2014 13:43:37
Tudo esta indo como eu queria. Bruno vai sofrer um bocado agr, mas no fim o Rodrigo é dele. To adorando.
19/07/2014 11:35:48
Muito amor.
19/07/2014 10:12:07
Mais uma vez o capítulo está muito bom, fico todos os dias esperando que você poste o próximo. Quando disse dos erros, falei de, por exemplo "venho" que na verdade deveria ser "veio", e algumas outras, não me referi ao "tá" e congêneres. Mas está muito bom mesmo, mas continuo com raiva, sabendo que, pelo título, o Rodrigo ficará com o Bruno, ele não vale nada e já sacaneou e humilhou muito o Rodrigo.
19/07/2014 04:55:03
Legal triste
19/07/2014 03:52:59
Ainda qro o DiBru(Diguinho & Brunno)♡ no final da historia em kkkkk
19/07/2014 03:49:48
Kara por nss senhor do chuveiro eletrico, continua logo, ja ta me dando cancer essa espera, vc gst de torturar agnt neh ? So pode \O/ Aaah, se tiver whats chama la E eu respondo assim q tiver creditos kkkkk Bjs NOTAAA ???
19/07/2014 02:46:13
O conto tá top como sempre. Gostei que o digão tá seguindo a vida dele, mas confesso que ainda torço pra ele ficar com o bruno, eu gosto de contos em que o protagonista tem meio que domar o seu pretendente.
19/07/2014 02:17:05
Vc pode, POR FAVOR, vender essa história para alguma produtora? Olha, sou RP e sei reconhecer uma história boa! Hahahajá esperando o próximo conto.PS: estou cursando Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda. Heheabraços
19/07/2014 02:02:08
Puts, continua logo cara, perfeito a sua estoria. E aproposito, você pretende escreve-la em quantos capítulos?
19/07/2014 01:56:51
Uhhhh! E que com isto venha as noites quentes de sexo, ansioso por isso. Estou lendo Glass Anatomy, e sem mais também é muito boa a trama.
19/07/2014 01:20:48
Porra! Por que você não posta mais de um capítulo por dia? Eu fico nessa ansiedade do próximo capítulo. Já falei que tô adorando esse conto? É demais! Fiquei um pouco triste por você, esses preconceituosos dessa cidade, tomara que se exploda todos, mas enfim, espero que dê tudo certo, ah, já falei que adoro esse seu padrinho? Cara, ele é muito legal que até desconfio que ele não seja tão bonzinho assim, mas espero que seja da minha cabeça, cara amo essa música da Limão com Mel, o acústico dela é perfeito, principalmente no DVD In Concert gravado no Teatro da UFPE, muito lindo. Volta logo cara, beijos!
19/07/2014 00:29:47
sabe que também não sei direito rsrs. conto ta otimo prevejo romance no ar humm. quero mais
19/07/2014 00:22:38
Adorando . Adoro qnd vc me responde eu me sinto o rei :3 tomara q o Rodrigo fique com esse boy ai e esqueça o Brunno . Esse ogro não merece ele u.u
19/07/2014 00:01:50
perfeito como sempre, não demora posta tá! bjos
18/07/2014 23:47:27
Dez
18/07/2014 23:46:55
Dez
18/07/2014 23:28:51
Ainda bem que as coisas se acertaram, o Bruno nao merece perdao, essa viagem na hora certa, umz nova chance pra um novo começo, otima historia
18/07/2014 22:46:49
Tomare que o Diguinho siga em frente e esqueca a merd* do Bruno.Ancioso pelo próximo
18/07/2014 22:37:50
Adorei! Tomara que ele passe bem e viaje para outra cidade e nunca mais volte. Repugnante a boca do povo e este Brunno! Mas vamos ver. Errar eh humano e pelo visto ele eh mais que humano! :( continua, por favor. Abraço
18/07/2014 21:40:19
Amei como sempre. Bjos
18/07/2014 21:25:41
bruno só fala merda nunca vi...
18/07/2014 21:07:22
hai meu deus eu amo essa musica tenho todos os CD,s e DVD,s da "limão com mel" agora é bola pra frente neh a vida continua e a fila anda... no caso do rodrigo tem que voar mesmo ele ta preciissssando uns bons "vem ca meu nego" ou quem sabe de uns ha sei la... resumindo dieguinho ta precisando "trepa"! não me leve a mau pfv não sou tarado... bom so um pouquinho,rsrs mas tem coisa melhor que sexo? tem um amor verdadeiro neh claro espero que o "RO" encontre o dele!! seu conto é lindo notabjinho na ponta do nariz rs.
18/07/2014 21:05:22
Nossa o Brunno só faz merda mesmo....
ATP
18/07/2014 20:57:09
MUITO BOM ESSE CAPITULO, LEMBREI DO MEU PADRINHO, QUANDO ERA CRIANÇA ELE SEMPRE ME LEVAVA PRA PASSEAR DE CAVALO OU DE MOTO, ADORAVA...HOJE NOSSAS VIDAS TOMARAM OUTRO RUMO E ESTAMOS DISTANTES, BONS TEMPOS AQUELES QUE NÃO VOLTAM... AGUARDANDO O PRÓXIMO, BEIJOS.
18/07/2014 20:53:25
Affff mariaa e bom demaissss seu conto tow viciadooooooo toda hora fico olhando se vc postouuu um novoo
18/07/2014 20:35:52
Ótimo como sempre.Fiquei com raiva do Brunno mas ao mesmo tempo com pena,pq parece que ele gosta do Rodrigo só não quer assumir :\
18/07/2014 20:33:58
Ta otimo cara! To viciado no teu conto, serio! Quanto ao "rodrigo, amr da tua vida", apareceram outros ;), se já nao apareceu! Kkk e esse pablo hein prevejo sacanagens huahua... Hey quantos anoos tens?
18/07/2014 20:12:43
Vai ser bom pro diguinho passar um tempo fora, as coisas se acalmam, um bom tempo pra pensar e colocar a cabeça em ordem, ai ele tera forças pra recomeçar qdo voltar, haaaa o tempo!!! nos desesperamos mas so ele pra conseguir colocar tudo no lugar. Experiencia propria viu queridos leitores..., continue LT nos agraciando com esse lindo conto ok, bjos, nota
18/07/2014 20:11:18
Será Pablo novo affair do Diguinho. Eu tô só observando a situação e cara Nossa senhora da bicicleta viu o Brunno nem pra reagir dizer algo do tipo "ah eu gosto de voce"!!! Até seu lindo
18/07/2014 20:06:39
Agora complicou a cabeça da criança aqui! Acho que vai ser bom este tempo fora para ambas as partes! Aahhhhh ontem eu quase infartei pq vc não postou! Fiquei triste viu!
18/07/2014 20:06:07
Gostei muito! Esse Brunno é um mala (mala top). Continua logo! Bjs
18/07/2014 19:59:22
fiquei feliz q o Diguinho ta seguindo a vida dele...
18/07/2014 19:54:09
Ai meu Deus! Fiquei o capítulo todo esperando o surgimento repentino de Brunno para implorar que o Diguinho não se fosse. Mas tudo bem, imagino que, da forma como você conduz, não tem como eu não gostar. Agora, claro,vamos sambar na cara do cavalo chucro com um romance entre o Diguinho e esse Pablo ou um latino caliente. Você arrasou, como sempre. Até a próxima!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


gosada no trem lotadosendo lascada por maquina do caralhisvideo de mulher 34anos nuA lavano a bucetacontos porque virei crossdressingEu e minha mãe no ônibus de excursão-contos-incesto-filho e mãe-incesto no onibusvideo pprno gta ida sr mastutbando com pepinocontos erotico chantagiei e depilei minha sogracontos eroticos traindo na enchenteperdendo as prega saindo bosta caseiroconto viadinhoconto viadinho gosta de ser fudidonovinha deixou o tii passar a mao na bucetinha em troca de dinheiroseja ativo dia 27 estarei vídeo pornô adoro que você vai vir te dariaprofessora gostosa da etec contos eroticoscontos eroticos dominada na frente do meuas coroa que fumo um maço de cigarro pornôtia gostosas foder com subtilmeu padrasto me vigiava tomar banho um dia ele comeu meu cuvidios oque casadas safadas fasem de gostoso de supresa pro maridovideos pornos de genros depilando sogra e n resiste fode elavideos de sexo louco e com pegada chupão, arranhãonovinha.prvoca avo q ta limpano a pisina e fode com elemeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticovvgg sexoFotos d negao fudeno cazadafudida por um tio pirocudo contoFui inciada pelo amigo do meu pai contos eroticosencanador comeu a cliente a forca e ela gostouvídeo sexomoleque aquicontos erotico chantagiei e depilei minha sograviolentada na escola contocasado sendo penetrado no seu cuzinho pelo amigo,devagar e suave.contos eroticos textoscasa dos contos meu marido contratou mestre de obra negro comler contos erodicos fui abuzada antes da sirugiaxvidios outros purai favoritospadrasto enganou novinha rachando no meio das pernas dele por empurrou a p***** todinha e gozou dentromorena arregalou os olhos dando cu e gozandoContos pedi pro meu marido me levar no puteiro pra dar o culucie fodedeoqual a melhor posição peão fazer sexo anual sem dor100 foto de mulher em fiado a mao na bucetacontos eróticos comi a sogra a noiteconto gay meu colega aceitou da o cuBaixinhas tesudas d 4ver uma crente casada casano um pauzudo pra dar o cuceta e bunda 205 só as gostosasgosando na cara da alemao no xisvidiofilha a reda causilha e pai empura rolaescandalosa fogosa e gulosa tomando tapa na bunda pornô doidoconto erótico isentonegao pega a loira gostosa de conchinha e corno adorameus patroas adoram chupar a minha bucetaX vídeos Keane vs roludoconto padrasto da pica enormesexocuneteporno sobria vai vizitar tio e esrrupadahistoria dos k fizeram zoofila pela primeira vezinsesto istorias eroticas pai filas novinaseu qeuro vidio di sexocomi minha cadelahomemsexo homen em esteio rsamo meu corninhocontos lesbicos com buceta greluda encaixada na outra at gozar gostosoMãeem sinaa filha chupa picaConto Meu Pequeno ,Meu Amor 1Temp. completa casadoscontosseduzida por um estranho contos pornopubis depilado contosestorei a travesti safada contoEroticoscontos.com /casadas 25cm dupldois homens a baterem punheta fantaziando ate gozarhttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelocontos eroticos o carroceiro e as enteadascontos eroticos minha esposa no forropornocontoincestosTirei o himen da buceta da esposa do meu amigo sua buceta sangrou conto eroticoconto gay "todas as formas de amor"nu onibos lotado os homens se revezaram para me fuder e passar a maoEu tava em casa com meu amigo no sofá ai minha esposa saiu do quarto peladinha ai ela deu a buceta a nois dois casa dos contospubis depilado contosvídeo de morcinha fudemocalcinhas casadas coroas grtando de dr no anal profundo e dptadoshomens gostam de esfregar nos pelinhos da vaginaxvideos minotauro tarado chupando tetasContos eroti cpContos casal achou um comedor topa tudoQuero assistir filme pornô mulher sendo arrombada pela uma muda de limãofasse%20x%20pornoseio exitadomarisa chupando meu pauhomem goando muito na buca do viado mundo bichaenfiou o nariz no cu da pưta com a buceta gozadadei a buceta pro borracheiro contos eroticosvideos caseiros de estrupos de vuneravrlcache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho gozando dentro da buceta das lindonas nas baladasxvidio homem velhoe mulher bem velha tranzandoXxvidii ela vai toma ni cuXvidio enfindo.o pe