Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

[...] Meu Vaqueiro, Meu Peão... 7

Um conto erótico de L. T.
Categoria: Homossexual
Data: 14/07/2014 19:29:33
Nota 10.00

Obrigado, pelos comentários, pelo apoio, pelas criticas, obrigado por tudo gente, vocês estão fazendo desse conto uma verdadeira missão para mim, estou me dedicando ao máximo, me perdoem se em algum momento eu não corresponder a expectativa de vocês, enfim! OBRIGADO

Pyetro_Weyneth - Obrigado pelo comentário, pois é o Brunno vacilou feio, beijos

cintiacenteno - Obrigado minha querida por ler meus contos, não sei quando voltarei a escrever o conto Glass Anatomy, meio que tive um bloqueio, e a queda por parte dos leitores me fez crêr que eu deveria parar de escreve-lo, mas vou tentar voltar a escreve-lo. Pois é! o Brunno é um cafajeste, apesar de tudo isso é de certa forma sedutor, quem nunca gostou de um canalha neh! mas enfim! Obrigado de coração, bjs

Plutão - Obrigado pelo comentário, realmente acho que foi burrice por parte dele, não se deve comentar sobre intimidades, pelo menos ao meu ver, pode copiar sim em seu PC, me sinto honrado, obrigado e abraço

RodrigoT. - Opa! um Xará de nome... rsrsrs... Obrigado por ler e desculpa pela demora, mas eu esse domingo estava cheio de coisas para fazer, para mim o São João ainda não acabou.... rsrsrs... Obrigado e bj

Ħєทriqυє - Obrigado pelo comentário, não fiquei triste em saber que te decepcionei de certa forma, meio que eu sabia que eu poderia não agradar tanto no texto, devido a minha escrita no sentido do ato sexual por completo, mas tentei ao máximo, nunca tento fazer o minimo, obrigado pela sinceridade e espero que goste desse, aguardo sua opinião.

Huguinho14 - Acho que ele não pensa bem... rsrsrs... Obrigado pelo comentário e bjs

layla55 - Pois é Lala, ele foi vacilão, desculpa a intromissão, mas és nordestina? curti a expressividade de seu comentário no sentido regional, as palavras "Cabra" e tal... rsrsrs... Obrigado querida, bjs.

Lost boy - Obrigado pelo comentário, acho que o perfil do Diguinho não chega na agressividade, apesar de que eu também gostaria que Brunno caisse do cavalo,no sentido figurado claro. Obrigado e abraços

Sr. Obito. -Mas será o benedito! tentando prever minhas artimanhas... rsrsrs... obrigado pelo comentário e abraços

Binho Subtil - Obrigado pelo comentário, tanto acho a atitude de Brunno super inconveniente, obrigado e abraços.

elizz! - Brunno Vacilão mesmo, foi um completo babaca, creio que Diguinho deveria espanca-lo também, porem acho dificil isso, rsrsr... obrigado e bjs

Ninha M - É o que mais tem! homem que com os amigos fica falando das intimidades... obrigado pelo comentário e bjs.

guigo1 - É muito inspirado saber que através da escrita eu posso causar reações nas pessoas, isso me emociona, Obrigado por me acompanhar e por comentar, abraços

H.Prime Produções - Verdade! ele não pensa muito no que faz, Obrigado pelo comentário e abraços.

Tau - "Ele é top, mas é cafajeste!" é isso que sinto ao tentar escrever Brunno, Obrigado pelo comentário viu! muito importante de verdade. abraços

Diamandis Del Rey - kkk... ri muito com seu comentário, jafalei que adoro eles neh, pois então! #BrunnoVacilão,Obrigado por comentar, bjs

Contista Crônico - Ele é cafajeste mesmo, mas como diz a musica de Thaeme e Thiago "eu gosto é daquele cafajeste"... Obrigado pelo comentário, adoro eles, e bjs

Chele, Andgar, Ghiar, Ru/Ruanito, neneu, Igor Alcântara, enzo...kettle, Lucas M., júnior, Gleison Duarte, Fortinhooo Gostoso, Henri19, geomateus, Ana Aliice, HenriQ, Alguem93 - Gente! Obrigado por tudo, cada comentário, cada nota é algo único para mim, eu tento me dar ao máximo para agradar-lhes, enfim! Obrigado e bj para quem quiser bj e abraço para quem quiser abraço... rsrsr...

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

[...] Meu Vaqueiro, Meu Peão...

.

CAPITULO 7 – Fofocas

.

Quando eu era menor, acho que uns 7 anos, na fase em que as crianças tendem a ficar querendo escutar as conversas dos adultos, eu ouvi uma amiga de minha mãe falar que “O Casamento é igual uma flor, se não for cuidada, morre” e foi isso que aconteceu com o casamento deles, se destruiu. Eu tomo essa frase para a amizade também, acredito até que seja mais fácil superar um amor destruído á uma amizade quebrada.

Seria ótimo dizer que eu meti um murro nele, ou que gritei, berrei ou mesmo chorei, mas eu fiquei decepcionado, na verdade! MUITO decepcionado, eu continuava em cima do cavalo.

- kkkk. Sério Renan! Para de brincadeira. Ele disse que eu chupei ele?

-(Renan)- Serio cara, para que eu ia mentir.

- Brunno seu doido, ta delirando é? Deve ter sido a sua embriagues que te fez imaginar coisas.

-(Renan)- Eita Brunno, ta sonhando com o Rodrigo é, to te estranhando mano.

Brunno tinha se mantido calado, era incrível a cara dele, de quem tinha se tocado do que fez, só depois de ter “atirado à merda no ventilador”

-(Brunno)- É neh! Eu devo ter sonhado.

-(Renan)- Cara cuidado com essas bebidas, você devia estar muito louco para sonhar com isso – falou Renan com ceticismo.

Brunno emprestou um dinheiro ao Renan e ele logo se foi, eu continuava em cima do cavalo, e assim que Renan se afastou eu desci. Liguei para meu pai. Chamou até o quarto toque.

-(Ricardo)- Oi Rodrigo

- Pai, tem como você vir me pegar aqui no Aras?

-(Ricardo)- Tem sim, tenho que pegar uma carroça ai no Aras, já já chego por ai.

- Pois vou te esperar, vem rápido pai.

Como voltar para casa eu já tinha conseguido.

-(Brunno)- Eu podia te levar em casa.

- Você é tão engraçado, e também um cara de pau, fala como se não tivesse feito nada.

-(Brunno)- Diguinho...

- Não me chama de Diguinho, CARALHO!

-(Brunno)- Rodrigo, perdoa cara, não falei por mal.

- Sabe qual é teu problema Brunno?

Brunno ficou calado, acho que com medo de piorar as coisas ou pensando no que falar. Ele decidiu falar

-(Brunno)- Qual meu problema?

- Você é BURRO, não pensa, na verdade você pensa sim, mas só depois que faz as merdas. Você só faz merda em sua vida cara.

-(Brunno)- Não fala assim não seu viado, não te dei esse direito.

- Falo sim seu burro, eu juro Brunno que tentei ser teu amigo, mas não dá, você é um canalha.

-(Brunno)- Para de fazer drama Digui... Rodrigo, isso é coisa de mulherzinha, bora sair para beber e a gente esquece isso. Não foi nada demais.

- Brunno, você acha que não é nada demais, você parou para pensar um pouco em mim.

-(Brunno)- Pensar em porra de macho.

- Não estou falando de sentimentos seu chucro, mas sim em como eu ficaria nessa historia se isso se espalhar, se meu pai descobrir ou ao menos sonhar com isso. Brunno eu não trabalho, meu pai me sustenta, minha mãe me ajuda, meu pai é conservador, nunca admitiria um filho gay, você pensou nisso? Pensou que eu ainda to na metade de minha faculdade e se meu pai descobrir e me tirar de lá, tudo é pago.

-(Brunno)- Porra velho! Eu sei que faço muita mancada, mas você enrolou o Renan.

- O Renan deve estar rindo da nossa cara agora, se você pensasse veria o quanto ele foi cínico, fora que você não contou a um, mas sim a vários amigos, eu não quero nem pensar nessa historia chegar aos ouvidos de meu pai. Por que você fez isso ein cara?

-(Brunno)- Ah Rodrigo! A gente tava conversando putaria e rolou o assunto, ai eu comentei que viado sabia chupar muito bem, eles quiseram saber quem tinha me chupado e eu falei que tinha sido você.

- Cara, eu te ajudei, te livrei de varias enrascadas e na primeira oportunidade você vacila comigo e me expõe para aqueles seus amigos filhos da puta, que só sabem te explorar, você é pior que eles.

-(Brunno)- Eles não vão espalhar para ninguém, isso é bobagem.

- Bobagem para você neh que vai sair como o machão que tava satisfazendo o viadinho, mas e eu, como fico? A gente mora nessa merda de cidade onde a fofoca rola solta, não dou nem 3 semanas para a cidade toda estar sabendo.

-(Brunno)- Você está fazendo drama.

- E dai? Deixa eu fazer drama, dar meu showzinho, ter essas atitudes de mulherzinha como você diz. Eu fui burro de pensar que poderíamos ser bons amigos, bem que as pessoas diziam que você não era boa peça.

Ouvi o barulho de um carro chegando, e fui em direção, avistei meu pai falando com um trabalhador, me dirigi até o carro e entrei, o vidro do passageiro estava aberto e logo na porta do estabulo Brunno me encarava como que se julgando. Logo meu pai trouxe a carroça om o auxilio do trabalhador e conectou a caminhonete, ele entrou no carro e partimos.

Eu confesso eu estava com medo, medo de meu pai saber de uma historia dessas, eu não saberia qual seria sua reação e nem gostava de imaginar, eu tinha o péssimo hábito de imaginar muito e acabava criando algo que poderia ser muito pior ou muito melhor do que a realidade, eu e meu pai seguimos o caminho calados.

Duas semanas já tinham passado desde o dia em que eu e Brunno tínhamos discutido, ele me procurou algumas vezes durante essas duas semanas, como se nada tivesse acontecido, vinha me chamar para sair, beber e quando meu pai estava por perto ele dizia até que íamos pegar mulher, mas eu sempre recusava e só falava o necessário, já fazia 3 dias que ele não aparecia, acho que tinha se tocado, nessas duas semanas eu voltei a usar o taxi para ir á faculdade, o período terminou e eu já me encontrava de férias, Brunno tinha tentado chegar junto na faculdade também, mas eu estava sempre rodeado de amigos, e não dava muita confiança a ele, meu pai perguntava o que tinha acontecido para que eu me distanciasse de Brunno, eu apenas dizia que ele não tomava jeito, o que não era mentira.

O natal chegou e dessa vez Marcelo fez questão de que eu, meu pai e minha mãe passássemos com eles no Aras, iria ter uma comemoração lá, antes que perguntem, sim! Minha mãe passa as festividades conosco.

Era dia 24 de dezembro de 2012, Fomos para o Aras por volta das 22:30pm, chegando lá estavam todos os amigos da família, muitos familiares meus e os familiares de Marcelo, fiquei perto de Júh, Mariah e Brenda, Brunno sentou perto de nós, mas logo se foi, as meninas perguntaram o que tinha acontecido e eu me limitei a dizer que tínhamos discutido, minha Madrinha disse que sentia minha falta em sua casa e o Tavinho comentou comigo que iria começar a faculdade de Engenharia Civil e que o namoro com Fernanda estava ótimo.

O ano novo chegou e eu passei a virada do ano na capital, no show de Kid Abelha que teve na orla marítima, foi perfeito, teve até direito a musica “Todo meu Ouro”, não tive noticias de Brunno, porém Tavinho ligou para mim me desejando um feliz ano novo, e disse que minha madrinha e meu padrinho também estavam desejando, fiz meus votos e tracei minhas metas para aquele ano.

O novo semestre letivo iria começar no inicio de fevereiro, e eu já estava na segunda semana de Janeiro, aqui no nordeste existe as chuvas de janeiro, não sei nas outras regiões, mas aqui quando chove o céu logo escurece e fecha todo o tempo, era um dia de chuva e eu estava mexendo no meu facebook, quando meu pai chegou contando a noticia que Brunno tinha batido o carro, ele estava bêbado e que bateu dessa vez em um poste, sorte que não se machucou, e não machucou ninguém. A noite minha madrinha ligou para mim, ela ligava muito ultimamente, sempre no meio das ligações ela me perguntava o que tinha acontecido, mas eu sempre disfarçava.

-(Sônia)- Mas meu filho, o que aconteceu para vocês se afastarem? – ela perguntava pela milionésima vez.

- Apenas discutimos tia e eu percebi que não dava certo sermos amigos, Brunno já tem os amigos dele.

-(Sônia)- Se cuida meu filho, seu padrinho quer falar contigoMarcelo)- Boa noite Diguinho.

- Boa noite padrinho! Sua benção.

-(Marcelo)- Deus te proteja! Eu tenho uma coisa a te oferecer.

- Vá continue.

-(Marcelo)- A prefeitura abriu um NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família) e eu quero te colocar como estagiário, remunerado é claro.

- Ai que bom Padrinho

-(Marcelo)- Você quer?

- Se não for no horário da minha faculdade eu quero sim.

-(Marcelo)- então me leve os seus documentos amanhã na prefeitura.

- Obrigado Padrinho, tenha uma boa noite.

-(Marcelo)- Boa noite.

Alguns dias depois, eu já estava estagiando no NASF, a nutricionista praticamente me deixava sozinho, Tavinho de vez em quando aparecia lá e conversávamos rapidamente.

Era a noite de uma quarta-feira, da ultima semana de Janeiro, quando Tavinho ligou para mim dizendo que estava em frente a minha casa, sua voz estava séria, eu sai do meu quarto e fui lá fora, o carro estava estacionado do outro lado da rua, eu entrei e ele estava com a cabeça encostada no volante.

- O que houve Tavinho?

-(Tavinho)- Aquela rapariga da Fernanda me traiu – ele falou com raiva.

- Que coisa chata Tavinho, mas como você descobriu.

-(Tavinho)- Eu peguei no flagra, aquela puta dando para o Brunno.

- Como é que é!? – eu estava meio que surpreso.

-(Tavinho)- Aquele desgraçado – Tavinho estava chorando

- Eu não vou defende-lo Tavinho, ele tinha me dito que ela estava dando o maior mole para ele, mas isso já faz tempo, eu pedi para ele pensar no que ia fazer, para não fazer nenhuma burrada, você além de irmão dele é uma ótima pessoa, eu falei eu juro.

-(Tavinho)- Até parece que você não conhece o Brunno, ele não pensa Digão.

Eu fiquei sentido, não por causa do Brunno, eu esperava disso a pior dele, mas pelo Tavinho, ele não merecia, era uma pessoa muito bacana, simpático, acolhedor, carinhoso, ele não merecia a sacanagem que Brunno fez.

-(Tavinho)- Eu disse a mainha que eu ia dormir aqui hoje, posso?

- Pode sim Tavinho, vamos guardar o carro e subir.

Foi isso que fizemos, ele guardou o carro e subimos, ele falou com meu pai na sala e antes que meu pai abrisse a boca para perguntar o por que dos olhos vermelhos eu fiz sinal de que depois conversaríamos, ele entendeu e ficou quieto. Subimos as escadas e o levei ao meu quarto.

- Não repara na bagunça.

-(Tavinho)- Acho difícil você ser bagunceiro, eu reparo em você e vejo o quão organizado você é.

Ele entrou em meu quarto e sentou no chão.

- Espera um minuto, vou aqui em baixo e já volto

-(Tavinho)- Certo!

Eu desci as escadas e fui até um armário onde meu pai guardava bebidas, peguei a tequila e uns limões, dois copos de dose e ia subindo as escadas quando meu pai apareceu.

-(Ricardo)- Vai para onde com isso ein mocinho?

- Chifre.

Meu pai entendeu tudo apenas com aquela palavra e fez sinal para que eu fosse, meu pai não gostava que eu bebesse, pensando um pouco ele queria que eu fosse perfeito, sorte a minha que não sou! Tavinho olhava meu CD’s quando entrei.

-(Tavinho)- To bisbilhotando aqui.

- Pode bisbilhotar.

Ele continuou olhando e colocou um CD de Mastruz com Leite para tocar, e Mastruz sempre abre seus shows com a musica “Meu Vaqueiro”, me lembrou Brunno. Tavinho se sentou na minha frente e começamos a beber a tequila com limão, ele depois de umas doses meio embriagado, falava em alto e bom som “Rapariga desgraçada” ou um “Aquele Traidor de uma égua”, eu só ria. teve uma hora que Tavinho me encarou e se aproximou de mim, segurou minha cabeça e me beijou, um beijo forte, e eu correspondi.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

E ai? Gostaram? Criticas? Sugestões?

meu email: [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/01/2015 22:53:10
Meldelz!!!! Para tuuuuuudo!!!
23/08/2014 15:46:03
Muito bom...
16/07/2014 01:18:50
Nossaaaaaa! Muito bom! Comecei a ler seus contos hj e nao consegui parar! Continueeeee por favooooooor!!!
15/07/2014 21:32:23
Amandoo contiinuuaaa pelo aamor de Dio kkkk
15/07/2014 19:25:59
Nossa
15/07/2014 18:10:45
Sempre maravilhosooo continuaaaa logoo pelo amor de Deusss ausuuahsua
ATP
15/07/2014 13:20:20
CARA, HOJE DESCOBRI SEU CONTO E LI TODOS OS CAPÍTULOS POSTADOS ATÉ AQUI, ADOREI, VOCÊ ESCREVE MUITO BEM, PARABÉNS! MAIS UMA COISA, TAMBÉM FAÇO NUTRIÇÃO, AGUARDANDO O PRÓXIMO...
15/07/2014 12:05:51
Eu fui a loucura com essa última parte, meu Deus eu nunca imaginei uma coisa dessa. Muito bacana é uma pena não ter nota mil, pois você merece ela.
15/07/2014 05:29:38
Bruno merece uma coisa= sofrer e muito
15/07/2014 04:59:27
Esse Bruno e um traíra mesmo! Não tem lealdade nenhuma com ninguém. Tavinho afogando as lágrimas nos braços do Figuinho!Mas será que ele ficou sabendo que tu curte através de Bruno?Pois do nada ele te beija assim,sendo ele hétero até agora. Muito bom seu conto como sempre.
15/07/2014 04:51:11
O Brunno é o tipo de cara que eu tenho vontade de socar loucamente enquanto grito também loucamente para descontar toda a raiva depois de uma mancada que ele faz. Vendo ele tentar explicar a sua BURRADA fez com que eu mergulhasse na história e espancasse ele mentalmente, na boa, tenho raiva de gente tonta. Amei, até a próxima, tô estressado.
15/07/2014 04:07:24
Cara, fiquei DALESTE com essa "reviravolta" neste capítulo, pelo que tô vendo esse Brunno não vale nada mesmo, tô amando suas trilhas, seu conto é muito diferente dos contos por aqui, em vez de artistas internacionais como é a maioria aqui, só tem forrozin, adoro, adoro Mastruz, toda vez que leio o título da história "[...] Meu Vaqueiro, Meu Peão..." eu sempre canto o resto do hit. Tô no aguardando para a entrada das bandas Cavaleiros do Forró (as músicas antingas, por que a Cavaleiros atual e merda tá a mesma coisa), Calcinha Preta, Limão com Mel, Brucelose e entre outras. Amo seu conto, virei seu fã. Continua logo...
15/07/2014 01:32:52
L T muito bom seu conto, comecei a ler hoje e aguardo ancioso pelo novo capituto, cara vc escreve super bem nao para nao viu, sou do interior de mg, amo esses contos, sao meus preferidos um dia quem sabe lhe conto sobre mim e o que aconteceu comigo, foi maravilhoso, sua nota e
15/07/2014 01:21:15
Está mtoo massa cara! Continua pfv! Já vi até o clima de disputa que vai rolar entre os irmãos kk "rodrigos" só se metem em encrenca !! XD
15/07/2014 01:11:57
Isso mesmo digão, bota essa língua pra trabalhar. rs o conto tá perfeito como sempre. Bjão
15/07/2014 00:04:16
socorro rosana. 10
14/07/2014 23:34:32
Ótimo como sempre. Bruno tem que sofrer um bocado agr. Saber o que perdeu. Quero ver ele com ciuminho do Rodrigo com o Tavinho.
14/07/2014 23:21:35
Eita hein colega que o festival de beijar ta aberta!kkkkkk Sabe acho que o Rô( saca sò a intimidade) tem que ficar com o tavinho! viu estou amando o conto viu lindo!
14/07/2014 23:01:33
Nossa! Mas tem gente que não adianta! A mão queimada ensina melhor. Depois disto o conselho sobre o fogo chega ao coração! Pena para ele. Continua. Muito bom! :D
14/07/2014 22:45:15
O Bruno é o cara que quer continuar na adolescência, sem medir consequência. E mais essa agora, o beijo do tavinho, arrumando mais sarna pra se coçar, kkk. Como sempre maravilhoso e deixando já anciosa pelo próximo. Bjos meu querido!




Online porn video at mobile phone


wilma dos flintstones trepandocontoseroticos mulher lactante amamentandomartinha safadinhaporno na fazenda porno doido homem chupanto a buceta ate gozartamenina que nao tem peito masgoza no pau gradeconto alisando a sobrinha pequenabonecadoprazevideos pornò homem chupando gostosòBaixinhas tesudas d 4sexo novinha inocente fez contrato mais nao sabia que ia transar com um pirocudo e fica assustadaquero ver video da a mulher memesia a buceta o cuzoofilia veterinaria tendo orgasmo com cavalogorda girando o cu na rola jigante videos caseirosbucetaque tenham o monte pubiano volumosopono 2017perdendo a virgimdadePorno contos maes lesbicas ensinam masturbacao as bem novinhas iniciacaopastora bucetuda de fil dentaltraficante pausudo estourou o cuzinho da minha namorada na favela contosContos minha esposa negra bundudona no forro eu corno contocomendo cu da sogra da minha sobrinha contosmulher passar margarina ela pelada e no cu bem gostosovideo porno novinhas sendo lanbusada pelos velinhos que o pau nao sobe maisnoiva casa e não sabia tamanho iria infartar pornoconto erotico advogado apaixonanteCONTOS GAYS ACABEI DANDO O CU PRO MEU INIMIGOEu quero assistir vídeo de pornô de mulheres de corpo estrutural gostosa bundona com sono televisãohomens gostam de esfregar nos pelinhos da vaginaenudou boceta da vadia d porracoroa mais safada q conhesocontoseroticos de prima e seus primosvideos sexo incesto filha reda calcinha pro papai fude elatransa sexual sogente negras eu gosto porno gratisNovinhas fazendo safsdesas na sala de aulaconto erotico gay minha tia me transformou em meninaassitir vidio de porno os mecanicos me arrobaramloira linda enfia sextoy grande e gfoso at gosarrabaonegrodona cely eo caseiro tom contos eróticosqual bumbum mais bate com a bumbum mais pula com a bumbum mais bate com a bumbum e as loira morena branquinha e azul é a cor morena marquinha Azul quando bate a bunda pula pula pulafilme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandoconto porno lesbico praticando scatvideos porno negao so os tapas estralandoconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretocomo fazersrxo pinto vibradorcontos eróticos de loirinha dp interracialContos , enquanto eu estava bêbado o malandro tava comendo minha mulhernovinha mostrando a buceta gozada com 10 picadinhos rabada bucetamoça bonita lisinha dando em São Paulo sozinha correndo nucontos sinhozinho mamou meu grelinhoquero baixa contor d bixinha azulDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelcontos eróticos bem depravado de bem picantemeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticovídeos porno em mendigos pede esmolas e a safada dá pra ele a bucetacontos erotico eu e minha mae fodida por um roludove videos porno de garotos de pau grandes tirando sangue do cu de molequesvideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetafoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferromolestando a filhinha inocente....passando a mao na bucetinha de calcibha..esfregando a rola ate gozarpornomulher so de fio dental fininhaContos eróticos gay meninos maldosossanporno irma louca pra da o cu pro irmao provoca ele ate ele come cu delabaixar filme pornô até mais tarde gataescandalosa fogosa e gulosa tomando tapa na bunda pornô doidocontos eroticos de mullheres que aman barbeariaarranhando a bucetinha pro papai coloca o dedo e chupardeixei meu tio chupar meu peito e ele ficou batendo uma no pau dwnovos contos eroticos de maes dandos suas calcinhas usadas como premio pros filhosfime porno pai infindo a mão no cu da filhacontos eroticos insestos família unida papai mamãe e meu irmaocontos na despedida de solteira dei pro negao bem dotadobrincando escanchada contos pornocontos eróticos gay da cidade de tupã ?www.meu vizinho negao me estuprou mundobicha.comxvidioxx fudeu a mae velho roludo come filha familia tdsou casada mas sinto vontade de meter com um negao pissudobelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhamulheres casadas sarando melando a bucetasmulher e obrigada a ser penetrada por gancho pornodoidovidio gay dando cu gostoso dormir estrupo hugoconto erotico tia bucetuda e sobrinho pausudo de sungaContos eroticos com fotos de podolatria chupando pes da prima dormindosvideo estrupo brasileiro caseiro fala palavrao gorda peitao patroacontos eroticos traindo o corno cdp ele assistindomae tarada chupa boceta de filha gravida incesto contos eroticosbonitinha de 18anos quadril grande e largo bunda durinha comeu.xxx