Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O ladrão que roubou meu coração - Parte 13

Autor: Kaique dias
Categoria: Homossexual
Data: 26/09/2014 22:06:10
Nota 10.00
Ler comentários (9) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Dei um selinho nele e ele me olhou com aquela cara de ' QUERO MAIS ', então ele passou grudou nos meus cabelos em cima da nuca e me puxou, não tem como resistir, aquela pegada, aquilo não e normal, esse menino não e normal ? E ele foi me puxando rumo a ele, eu estava na ponta do pé quase caindo, e para não cair coloquei a mão na sua perna, eu pensei que era na perna, mais na verdade foi no pau dele, eu não estava vendo, e o pau dele estava muito duro, passei a mão por cima da calça e ele parou de me beijar e gemeu e se encolheu, ficou assim 2 minutos sem dizer nada, fiquei sem entender, então ele levanta do nada e acelera o carro, ele corre muito, depois de 10 minutos estávamos em casa, ele estacionou, desceu do carro correndo e nem me esperou, procurei ele em baixo e não achei, subi para meu quarto é só escuto o barulho do chuveiro, sentei na cama e esperei ele, ele saiu do banheiro com uma cueca box branca, colada, seu pau estava de lado, parecida ter 11 cm mole, eu acho, fiquei olhando hipnotizado e começou a crescer e ele disse :

- Para de olhar se não ele vai ficar duro e depois demora para voltar ao normal, e eu não vou me controlar a acabar te estuprando

-Hum, acho que não seria uma má idéia -Ri um pouco irônico

-Não provoca mor, e sério, e difícil segurar, você sabe disso.

Eu sabia que ele estava certo, para um homem não e tão fácil de controlar em um momento de excitação, nem sei como ele não tinha insistido até hoje, mais sabe, eu ainda não estava pronto, não por enquanto.

-A yann, Desculpa, e que não estou pronto ainda..

-Tudo bem, eu consigo controlar -disse um pouco cabisbaixo

Aquela noite não seria tão legal, o clima ainda estava tenso, ele bateu no menino lá no banheiro, não precisava daquilo, e por isso eu iria dormir no sofá lá em baixo, ele deitou e eu tomei banho e vesti um short apenas, teríamos aula no outro dia, então sentei na cama para tentar conversar com ele.

-Ei ? Já está dormindo ?

-Não, pode falar.

-Você tem que parar com esses ciúmes idiotas.

-Não paro não, você é meu uai, não gosto que cheguem perto de você

-EU NÃO SOU SEU -Eu já estava estressado, não sou um objeto.

-E meu sim, eu te amo, e já somos quase um casal

-Larga de ser idiota, eu não sou de ninguém, você quer me afastar até dos meus amigos ? Você e doido ?

-Se aproximarem muito..

Ele estava falando aquilo como se fosse normal, e sinceramente eu já estava ficando irritado.

-Yann, você tem que entender, você já é adulto, eu não sou seu e você não e meu, nos estamos meio juntos mais isso não significa nada, eu não sou um objeto para ser exclusivamente seu, você tem sua vida, eu também tenho a minha, não proíbo você de falar com seus amigos justamente para você não me ' Proibir ' de falar com os meus, as coisas não são assim. - Seus olhos enchiam de lágrimas, algumas já escorriam, mais eu tinha que continuar, ele não estava entendo, ele tinha que entender que não é como ele pensa. - Yann, eu gosto muito de você, na verdade amo você, mais não quero perder você por causa disso, mais isso depende de você.

Ele deitou para o lado oposto que eu, e cobriu seu rosto com a coberta, ele chorava calado, em silêncio, eu via seus soluções pela coberta, não tinha chance de eu deixar com ele ali hoje, não mesmo, estava tudo muito pesado, um clima tenso e pesado, não peguei a coberta nem travesseiro, desci do jeito que eu estava, levei apenas carregador e celular.

Ao chegar lá em baixo coloquei meu celular carregando do meu lado, liguei uma lista de música já selecionada especificamente para eu dormir, coloquei, porém baixo, estava frio, então me encolhi e dormir.

No meio da noite, na verdade, exatamente 2:29 eu acordei batendo queixo, todo arrepiado e com sintomas de uma futura gripe, mas eu não iria voltar ao quarto, preferia dormir com frio, então fechei meus olhos e dormi novamente.

Sinto algo me esquentando, me passando ondas de calor, sinto meu corpo sendo levantado, não teve como, tive que acordar, ao acordar vi oque eu menos esperava, yann me pegando pelo colo, todo bravo e irritado, então falou:

-Você é retardado de vim dormir praticamente sem roupa aqui em baixo ? Sem mesmo uma coberta ? Se tem probleminha ? -Ele só não falava mais alto por que estava todo mundo dormindo

-Mano, me solta agora, eu não mandei você vim me buscar, me larga agora

-Não, idiota retardado, está frio, você vai ficar doente, baixinho.

Estávamos preste a subir a escada

-Aiaiai, calado, você que e grande - Nessa hora já estávamos subindo a escada, ele subia como se não tivesse nada nos braços, subia rápido como se não tocasse as escadas, em 10 segundos já estávamos lá, então eu disse:

-Me solta agora, eu tenho pernas e não preciso que um ogro me leve.

Mais gente, aqueles braços, ele é muito quente, estávamos nos 2 sem camiseta, ele só de cueca.

Ao chegar ele abriu a porta e eu olhava para ele com uma cara de raiva, ele me colocou na cama e depois deitou do meu lado, como se estivesse tudo normal.

- Me solta, desgruda, não estou com graça não.

-Ah amor, não gosto de ficar brigado com você, me desculpa por favor ? E que não foi fácil para mim ver aquelas cena, ele ia te beijar, e eu amo você

-Mais você tem que aprender, não se resolve tudo em pancada, e se continuar assim não sei por quanto tempo irei agüentar

Ele começou a me beijar, e segurava não tinha como fugir, então apenas cedi, não agüentava mais não ter sua boca na minha, os beijos começaram a esquentar, o clima ficou bem melhor, então ele disse:

-Me desculpa pequeno, tenho que controlar eu sei, mais não é fácil, não é.

Nossos beijos.. O nosso calor.. Estava cada vez mais intenso.. Os nossos sentimentos um pelo outro estava só aumentando, não ter ele perto de mim era sofrimento, então subi em cima dele beijando ele muito, sempre passando a mão em seus cabelos.. Seus rosto.. Já ele me pegava com um pouco de força, como se quisesse me colocar dentro de seu corpo e nos tornássemos apenas um, minha bunda estava em seu pau, estava duro e de lado, já passava de sua cintura e nem vi o final, e ficava pulsando em minha bunda, eu sabia que ele estava com muito tesão, e seu membro começou a babar na cueca e assim molhar minha bermuda, eu tinha que acabar com aquilo por que, ia ficar difícil acabar com o clima depois:

-Amor, vamos dormir, eu ainda não estou pronto, desculpa por te deixar assim

-ANÃO, vai me proibir de seus beijos também ? Que droga.

Eu sabia que iria acabar assim, apenas me virei para o lado, e então se virou também e ficou de ladinho comigo, abraçado e disse :

-Desculpa, não foi minha intenção ficar um pouco nervoso

O pau dele estava duro em minha bunda, ele vaia pequenos movimentos de vai e vem com o pau em minha bunda, e de pouco tempo sussurrava em meu ouvido, minha cueca acabou molhando devido ao clima também.

Não falei nada, mais ele sabia que eu entendia, então eu dormir..

Senti algo me apertando, acordei novamente e olhei para traz, vi yann de olhos fechados com o pau duro ainda dentro da cueca, porém agora a parte da frente da cueca estava TODA molhada, ele urrava, esfregava seu pau na minha bunda, me pressionava contra seu corpo, não sabia oque fazer então fiquei quieto, e derrepente parou, ele não gozou porém parou, e vi que ele realmente estava dormindo, depois dessa apaguei.

No outro dia...

Comentários

27/09/2014 14:29:11
Adorei!! Li todos os capítulos agora. Me chama no whats fofo
27/09/2014 10:38:08
Owt Muito Bom !!!
27/09/2014 08:55:52
Yann fofo
27/09/2014 08:32:59
Acho que vc foi mt duro com yann, ele é um fofo!
27/09/2014 05:52:33
Muito bom
27/09/2014 04:55:26
10
27/09/2014 00:59:44
aff vey gritei alto aqui vc voltou a postar adoroo chega choro. cintinuaa
26/09/2014 23:33:19
Vc é muito duro com o Yann ele so te ama e quer te proteger, Continua.
26/09/2014 22:33:24
Muito bom, so nao demora muito pra postar pfv...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


empreggadas tesudas escitando patrao no youtubenovinha mostrando a buceta gozada com 10 picadinhos rabada bucetarelatosacanaadestrador de escravascontos eroticos novinha fui bem fodida que até choreicontos de incesto filho arma um sequestro pra mae rabudawww.tufos gostosa tomando banho no muro de fiu dentalespiando sebastiana tomar banho contos eróticosempurrando opau bem devagar na bucetinha virgenneta sentindo opau du avo durocontos de sexo selvagemcom velhosesposa fudida por sobrinhos e sogros contos eróticosporno brasileiro oilando o gay brasileiro da banda lizinha tomar banhopregas do cuzin virgencoroa mais safada q conhesoemtiada.rabuda loulinha dolecente espiada pega foca sexoconto erótico buceta azedinhacontos eróticos fazendo a sogra drogadahomens roludos e picudos nu de rondoniafilme porno chantagem com a sograDedando.a.casada.dormindo xvideopornoporno mae surpreebdidasou casada mais quem mim fode gostoso e patinhotira ochorte pica nela pornodeu pro time todoquero baixa contor d bixinha azulincesto padrasto bolinando enteada de sete anos no banheiroblogger comedorcasada gozando veja fotoContos eriticos .como virei escrava do vizinhonegaopeituda das tetas rosadas amamentandoincesto amador no surdãonovinhos chinêses comendo cadela zoofiliacomendo a buceta da gostosa na barra de suco de limãoporno conto erótico apaixonada pelo filho da minha madrastatarado estorando boi no mato xvidio.comporno virge mentiu ter ido pra escola pra mae acabou comendo sua irmacontos feminização forçadaconto cumendo irmao de pau cabecudo irma. virgemporque tem mulheres que sentem prazer ao ser.penetrada com o.dedo no anusnovinha magrinha mija na pica grandeeu mostro a Deus e o Diabo que eu como esse comer aquikkkkporno com egua pordrinhaconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorconto de rasgaro meu cuzinho virgem com a pica grandeMamilos deliciosos recebendo cocegas e axilasnora flaga sogro espiando ela no banho batendo punhetacontos eroticos perdi meu caboca pro meu caopai mamou minha rola sexocontocache:v4Hbz9COzM8J:zdorovsreda.ru/texto/2016021014 Xvideos pecavelfodas narradas grannycontos desvirginando a mulher do cornoXvideo com a mulhe grita esperneia pra nao emtra na picaa japonesinha que não aguenta e se mijanovinha safada humilhando o padrasto é estrupada a forca no conto eroctico do quadradinhoentregei uma pizza e mepagou com boquetevideos porno de casadas que escreve na bunda corno felis e fodi muntoflagrei a novinha metendo no matinho e chantagiei contossobrinha me provocando só de pijaminha porno brasilvídeo pornô menina branquinha não se Intimida com tamanho do pau no Galegãotia novinha dacu dominoconto erotico meu/marido transou comigo e meu sobrinhoai meu cuzinho primo eu sou virgem nunca dei poha devaga doi moitocunhadacontoeroticoContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhoatia muito malha torneada de bunda e pernad grosa fudeu com seu sobrinh negao do pau enorme e ela nao aguente e pede pra ele tirar porque ta doendo muitocalça legui caladinha na casada xvideocontos eróticos comendoconto de encesto filho 32 de pau quadrinhoBaixinhas tesudas d 4contoseróticospublicadosemConto erotico gay traficante funk