Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Clara: podolatria e sexo.

Autor: Clara
Categoria: Heterossexual
Data: 06/09/2014 21:37:05
Última revisão: 25/09/2014 10:00:59
Nota 10.00
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Clara, podolatria e sexo.

Olá! Me chamo Ana Clara, mas normalmente me chamam de Clarinha (os mais íntimos) ou somente Clara. Hoje vou contar um pouco de como foi a minha entrada no mundo da podolatria, para quem não sabe, se trata do fetiche por pés, e sobre mais algumas aventuras.

Como toda a introdução de um conto, vou falar um pouco de como eu sou. Tenho 22 anos, uma pele clara, olhos castanhos escuros, meu cabelo é daquele tipo “liso cacheado”, é escuro e não é muito longo, tenho 1,64 e 54kg, não me considero a mulher mais linda do mundo, mas me acho bastante bonita. Não sou uma grande fã de academia mas costumo frequentar pelo menos quatro dias por semana. Não sou uma gostosona (rs), tenho um bumbum médio e seios pequenos/médios, bom, pelo menos nunca ouvi uma crítica sobre o meu corpo, já ouvi muito a palavra “gostosa” de meus ficantes (rsrs). Agora, talvez o principal para os fãs dos pés femininos, calço 34/35, os dedos são no formato de escadinha (um menor do que o outro), solas macias, costumo cuidar bem deles, pois sempre achei eles lindos, e adoro usar esmaltes escuros.

Bom, como eu disse, eu sempre achei meus pés lindos, mas não fazia ideia do que era a podolatria, e nem que isso existia. E aqui conto como o início desta descoberta e algumas aventuras envolvendo ela.

Tudo começou com a minha entrada na Universidade. Com 19 anos eu fui aprovada no curso de Engenharia Civil de uma Universidade Federal, como todos sabem, este curso costuma ser bastante “masculino”, de 40 alunos matriculados, 7 eram mulheres. E eu adorava isso, claro! Qual a mulher que não gosta de ser observada, desejada e admirada pelos homens? Eu adorava isso, e sempre adorei!

Enfim, o primeiro dia de aula chegou. A primeira aula do dia seria às 7h, levantei 5:30h e fui direto para o banho e depois fui me arrumar. Já tinha escolhido com que roupa iria no dia anterior, e seria bastante simples, calça jeans, uma camisa xadrez e uma havaianas branca (adoro havaianas, mas costumo usar muito sapatilhas e rasteirinhas, além de tênis, salto só em ocasiões especiais, srsrs), depois de me vestir eu me maquiei, tomei um café da manhã rápido e fui levada pelo meu pai até a Universidade (sobre minha família, vivo com meus pais e um irmão um ano mais velho do que eu, que agora tenho certeza de que também é podolatra, mas depois conto sobre isso). A primeira aula durou até às 11h, que foi quando me apresentei para um grupinho de 6 colegas que conversavam sobre onde iriam esperar até a próxima aula, que seria às 13h, eram eles: Thiago, Isabela, Marcel, Daniel, Vinicius e Rodrigo (com o decorrer do conto eu apresento eles melhor), eu que nunca fui tímida, fui logo me apresentando:

- Eu: Oi gente! Sou colega de vocês, tudo bem?

O Marcel me olhou com um sorriso estampado na cara e foi o primeiro a falar.

- Marcel: Oii! Tudo bem, moça? Estamos indo para o jardim próximo ao restaurante, quer ir com a gente?

- Eu: Claro que vou, mas quero saber o nome de vocês primeiro!

E assim eles se apresentaram e eu disse o meu nome, e começamos a caminhada até o jardim.

Dos 5 meninos, dois chamaram bastante minha atenção. O Thiago, é um moreno de olhos claros, tinha 18 anos, fortinho (não bombado), não é muito alto, deve ter 1,75, cabelo curtinho, tem um rosto bem bonito, e o Marcel, que tem a pele um pouco mais clara que a do Thiago, cabelo preto um pouco arrepiado, tem um corpo bonito, parece com aqueles de nadadores.

O “jardim”, como era chamado, era um lugar aberto, tinha alguns banquinhos, mas o pessoal costumava sentar nos matinhos mesmo, e foi lá que sentamos e o papo começou.

- Rodrigo: Vocês estão sabendo da festa de boas-vindas não é? Fiquei sabendo que as anteriores foram ótimas! Música

boa, bastante bebida e muita pegação! Tudo de bom, rsrsrs!

- Thiago: Olha que safado! Hahahaha

- Marcel: Safado por que? Pegar mulher é tudo de bom, ou você não gosta?

- Isabela: Vocês homens só pensam nisso, não é? Pois eu vou para beber todas! Vamos Clara?

- Eu: Se vocês confirmarem presença, eu topo!

Nessa hora eu estava deitada com minha perna direita cruza sobre o joelho esquerdo, conversando e balançado meu pezinho, e para minha surpresa o Rodrigo tentava disfarçar, mas não tirava o olho dos meus pés. Como sou péssima para perceber esse tipo de coisa, essa foi uma das poucas vezes em que percebi olhares para meus pés, e eu sentia algo diferente, era gostoso saber que alguém admirava meus pés, eu sentia algo como timidez (rs, pois é), poder, e excitação. O Rodrigo era bastante bonito, mas não era exatamente o meu “tipo” de homem, mas depois que percebi os olhares dele passei a prestar mais atenção nele. Ele é branco, tem cabelo liso curto, olhos escuros e dava para perceber que fazia academia. Até o final da aula tudo ocorreu bem e voltei para casa, como eu não tinha nenhum celular moderno nesse tempo, fui direto para o computador procurar meus amigos no FaceBook.

GENTE, ME DESCULPA! ESSE CONTO ESTÁ FICANDO UM POUCO DIFERENTE DOS CONTOS QUE LEIO POR AQUI, E ESTÁ FICANDO BASTANTE LONGO =( MAS ESPERO QUE VOCÊS GOSTEM!

Para minha surpresa, todos já tinham solicitado amizade. Aceitei todos e logo fui adicionada em um chat com nós 7, onde rolava sempre brincadeiras e conversas bastante descontraídas.

Na conversa do grupinho:

- Marcel: Galera, a Isabela vai tomar todas na festa! Cuidado hein bela! Desse jeito fica fácil pra mim!

Todos caíram na “gargalhada virtual”.

- Isabela: HAHAHA, até aprece que você tem chances!

- Thiago: IHHHHHH, o Marcel já levou o primeiro fora da festa antecipado!

- Eu: kkkkkkkkkkkkkkkkk Gente, a bela é má!!!

- Rodrigo: Eu vou ficar a festa inteira contando os foras do Marcel!

- Eu: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

- Isabela: kkkkkkkkkkkk

- Daniel: kkkkkkkkk Conte mesmo! Vai ser zoado o semestre inteiro!

- Marcel: hahah eu pego mulher demais, fiquem duvidando! E o Rodrigo está inventando desculpas porque é feio e não sabe chegar na mulherada! Kkkk

- Eu: êeee, não fala assim com o Rodrigo, tadinho! =/ kkk

- Vinicios: Pedem pegar todas!! Vou com minha namorada :p

Durante a conversa, vi que tinha outras pessoas falando comigo, a Isabela, querendo combinar de ir ao shopping no final de semana para comprar roupar para um aniversário, e o Rodrigo.

- Rodrigo: Ei, ficou muito tempo esperando seu pai? Rs

ps. adorei te conhecer!

- Eu: eiii! Fiquei uns 15 minutos só

Adorei você também! :D

- Rodrigo: Juro que te dava carona se eu não fosse buscar minha mãe.

- Eu: não tem problema, relaxe :p

- Rodrigo: Saindo aqui do face, até amanhã Clara! Um beijo! Haha

Me despedi do rodrigo e pela primeira vez resolvi buscar a frase “homens olham para meus pés” no Google, e aí entrei em uns 15 sites diferentes. Descobri que o Rodrigo era podolatra, e que isso é um fetiche muito comum entre os homens, e eu descobri que sinto muito tesão nisso, em saber que homens sentem tesão pelos meus pés. Comecei a imaginar como seria ter um homem aos meus pés, beijando, cheirando, lambendo...senti um calor imenso, como a porta estava trancada eu tirei minha calça e deitei na cama. Passando um pé no outro, fechei meus olhos e coloquei minha mão dentro da calcinha. Todos esses pensamentos me deixaram molhadinha...passei dois dedinhos sobre meu grelinho, desci mais um pouco e coloquei dois dedos na minha bocetinha, que estava toda meladinha (não era mais virgem, perdi aos 17)), nesse momento gemi bem gostoso, um gemido abafado, claro, mas o tesão era imenso, logo voltei para o grelinho e me masturbei como nunca e gozei bem gostoso. Fiquei uns cinco minutos na cama pensando, pensando no porque não me dei conta disso antes (eu sinto um tesão enorme com “caricias” em meus pés, logo, também me considero uma podolatra), e como era louco essa sensação, esse tesão tão novo para mim.

No dia seguinte (uma terça) as aulas iriam começas às 9h, aproveitei para ir para a academia cedo. Meus pensamentos estavam focados no dia anterior, no Rodrigo, nos meus pés, nos novos amigos. Cheguei em casa e fui direto para o banho, coloquei um shortinho jeans (que não era muito curto, pois nunca gostei de mostrar muito, rs) uma sapatilha preta e uma camisa da banda Red Hot Chilli Pepers, que é até hoje uma das bandas que mais gosto. Foi um dia normal, foi engraçado ver a cara de frustração do Rodrigo ao me ver de sapatilha, quando me viu, ele olhou logo para meus pés pensando que eu não notaria, eu adoro essa sensação, mas nesse dia eu queria deixar ele com mais vontade de ver meus pés. Eu estava adorando aquelas pessoas, claro que não estávamos sempre juntos, pois tínhamos outros colegas, mas resolvi focar apenas nesses para o conto, pois criamos laços mais fortes, O Vinicius sempre foi a pessoa mais distante do grupo, mas adorávamos ele.

Claro que durante a aula eu tentava provocar àqueles que gostavam de pés (inclusive o rodrigo), eu sempre cruzava as pernas e deixava a sapatilha se sustentando nos dedinhos, mostrando o calcanhar e as solinhas. O Rodrigo estava sentado na fileira do meu lado, mas estava mais para trás e eu não conseguia observar ele. Mas só de fazer isso, acreditem, eu já ficava molhadinha.

Nos outros dias da semana eu variei bastante, fui de rasteirinha, allstar, havainas. Em todos esses dias observei o Rodrigo olhando para eles. Ele não é uma pessoa tímida, mas como a maioria dos podolatras, ele tentava esconder do que gostava (rsrs).

A festa aconteceu na sexta-feira da primeira semana de aula, na quinta-feira todos estavam ansiosos para o dia, na noite da quinta-feira todos estavam online no facebook.

- Thiago: É amanhã!!!!!! :D :D

- Marcel: Estão preparados? Já separei minha caneca de meio litro para levar! Hahahaha

- Thiago: caralho!! KKKKKKKKKKKKK

- Isabela: kkkkkkkkkkkkkkkk vou pegar emprestado!!

- Eu: geeeente, se controlem amanha! Não quero ninguém passando mal e vomitando no carro Rô ou do Thiago! Kkkkkkkkkkkkkkk

- Isabela: Eu sei me controlar, queridinha! Kkk

- Rodrigo: deixe ela, clarinha! Se vomitar eu largo na rua!

- Isabela: Mudando de assunto, alguém entendeu algo da aula? Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

- Daniel: EU NÃO!! UAHUAHUAHUAHAU

Isabela é uma ótima pessoa, iriamos nos tornar ótimas amigas e sempre conversávamos sobre tudo, inclusive sobre os meninos. Ela já tinha uma quedinha pelo Thiago. E eu? Não sei, ficava de bico fechado! Haha

Em um outo chat, o Rodrigo conversa comigo, eu acho que comecei a ter uma queda por esse rapaz!rs

- Rodrigo: e ai, clarinha

Preparada? Rs

- Eu: sim! Já escolhi roupa e tudo! Coisa de mulher! Kkk

Tenho que ir linda, né? Haha

- Rodrigo: kkkkkk ôo Clara, linda você já é! Rsrs

- Eu: Não me deixe com vergonha! :3kkkkkk

Ele passou a me tratar sempre assim, e eu adorava! Além de gostar dos meus pés, estava tentando me conquistar, rsrs.

Pulando os fatos ocorridos pela manhã...a noite chegou e todos estavam se arrumando para a festa que estava marcada para às 19:30h.

Eu já estava pronta. Escolhi vestir uma calça leggin preta um pouco brilhosa, com um tênis allstar preto e branco com uma blusa cinza que tinha uma gola mais larga e caia de um lado no ombro. O carro do Rodrigo chegou, Marcel, Isabela e Daniel já estavam lá, todos bebendo, com exceção do Rodrigo, que dirigia. Entrei no carro, e partimos em direção à festa, que seria na Universidade.

A festa foi ótima, rolou de tudo! A bela depois e mais de duas horas de papo com o Thiago, jogando todo seu charme, acabou ficando com ele, todos se divertiram. Rolou um papo bem legal entre mim e o Rodrigo, mas ficou só nisso, ele estava sempre alegre e me fazendo dar boas gargalhadas, ele conheceu uma mulher e ficou com ela, eu senti uma pontinha de ciúmes, eu estava afim dele, eu queria experimentar coisas novas com ele, mas queria também uma iniciativa da parte dele. Enfim, eu acabei ficando com o Marcel, foi uma loucura. Nós bebemos um pouco e ambos estávamos adorando, ele me pegava forte, e eu sentia o pau dele duro roçando em mim, e eu já sentia que estava molhada. Claro que nessa hora o Rodrigo já tinha ido embora junto com a bela, e o resto do pessoal. Fiquei com o Marcel, queria aproveitar! Pegamos um taxi para voltar para casa, ele mora quase perto de mim, então decidimos dividir o taxi. Sentamos no banco de trás, e nos beijamos, claro que eram beijos mais “calmos”, afinal, era um taxi ali. Mas eu não sou nenhuma santa, sou safada, e amo sexo, mas sou safada quando fico ou namoro com alguém, não saio dando para todo mundo rsrsrs.

No taxi, coloquei minha cabeça no ombro do Marcel e comecei a beijar o pescoço dele, coloquei a mão na perna dele, acima do joelho, e fui subindo até chegar no pau dele, que estava duríssimo, e parecia ter um bom tamanho. Eu apertei, alisei, apertei de novo, e aí ele disse as palavrinhas mágicas.

- Marcel: Tô sozinho em casa.

Eu dei um sorrisinho bem safado

- Eu: Então vou te fazer companhia... rs

Partimos em direção à casa dele, na verdade ele morava em um apartamento, pagamos o taxi e subimos usando o elevador (que tinha câmeras, rsrsrs) rapidinho, era no segundo andar.

Ele abriu a porta, logo quando entramos e ele fechou a porta ele segurou minha mão e já foi me levando para o quarto. Entramos, ele trancou o quarto e me beijou...foi quente, eu adorei a pegada dele, era forte, me dominava. Eu passava a mão pelo corpo dele ainda vestido e as mãos dele passeava pelo meu, apertava minha bunda, me chamava de gostosa.

- Eu: senta aí na cama, vai!

Como eu odeio sexo no escuro, acendi a luz, e tudo ficou melhor, rs.

Fui na direção da cama toda sensual, doida por pica, ele não estava completamente deitado, as duas pernas estavam fora da cama com os pés apoiados no chão. Fiquei no meio de suas pernas e tirei minha blusa e o sutiã.

- Marcel: Puta que pariu, que safadinha você, hein! Vem cá sua gostosa!

- Eu: Sou safadinha sim, e hoje sou só sua.

Deitei em cima dele e tirei sua camisa, ele não tinha um corpo definido, mas era um tesão. Beijei, beijei muito! Ele me colocou do lado dele e em seguida veio para cima de mim. Eu sentia minha bocetinha molhada, cada vez mais molhada, e quem é mulher sabe a sensação de ter um pau duro roçando na xaninha, mesmo por cima da roupa, e parecia que o Marcel sabia muito bem disso! Depois de um beijo bem quente ele ficou de joelhos no meio das minhas pernas, segurou minha perna direita e começou a tirar meu tênis. Nessa hora meu coração parou, “será que ele também é?” eu pensei, mas para minha tristeza ele apenas tirou meu tênis, jogou no chão e tirou o outro. Logo depois tirou minha calça e minha calcinha, ele me olhava com muito desejo. Eu ali peladinha, com uma cara de safada, toda molhada olhando para aquele macho, ainda usando calça jeans mas com uma ereção bastante visível, ele veio beijando minha perna e caiu de boca na minha boceta, e como chupava bem!

- Eu: CARALHO, ISSO! CHUPA MINHA BOCETA, SEU SAFADO, CHUPA! AHHHHH, TÁ MUITO GOSTOSO!

Ele chupava bem, fui ficando cada vez mais excitada. Sentia a língua dele passear pelo meu grelo e eu entrava em transe, fechava meus olhos, gemia, puxava o lençol, uma loucura! Ele ficou nisso por uns 10 minutos e parou, olhou para mim com uma cara de safado. Ele ajoelhou entre minhas pernas e disse:

- Marcel: que boceta gostosa, puta que pariu!

- Eu: gostosa é essa língua sua, que tesão!

Ele deu um sorriso safado e ainda ajoelhado ele se inclinou para trás, ficando apoiado com suas duas mãos no colchão. Eu ainda deitada levantei minha perna direita e toquei meu pé direito no peito dele, fiquei passeando com ele ali, fui descendo para o abdômen e cheguei na região do pau dele e apertei de leve, ele só observava e não demostrava nada.

- Marcel: Vem cá, safada! Quero um beijo seu

- Eu: hummm, eu estava pensando exatamente nisso...

Levantei e fiquei ajoelhada na frente dele, beijei a boca dele, o pescoço, desci para o peitoral, o abdômen e chegou na calça, ele gemia muito! Tirei o cinto dele e ele entendeu, levantou, tirou a calça e deitou na cama só de cueca. Fiquei no meio das pernas dele, passei a mão em cima do pau dele, ainda de cueca, passei também a língua e ele só gemia

- Marcel: aaaaaaa, vai sua safada, chupa meu pau! Tá esperando o que?

- Eu: Então é isso que você quer, não é? Sou sua putinha hoje, você vai ter tudo!

Abaixei a cueca dele e encontrei um pau lindo, moreno, reto, com a cabeça mais grossa que o corpo do pau, tinha um ótimo tamanha para mim, 16cm e grossinho. Segurei ele com uma mão e passei a língua na cabecinha...fui descendo até a base, lambi o saco todinho e coloquei na boca e fiz o mesmo caminho de volta com a língua até a cabecinha, chegando lá eu coloquei o pau dele todo na boca, engoli mesmo, o tamanho ajudou...o pau dele pulsava em minha boca e era uma delícia sentir aquilo, ele gemia, gemia muito! Mandava eu chupar mais e me chamava de “puta safada”. Eu estava amando! Eu deixei o pau dele todo babado! Agora sem usar as mãos eu dei um beijinho na cabeça do pau e passei a língua nele todo, olhei para o rosto do Marcel...era maravilhoso ver aquelas expressões, os olhos fechados, o gemido...e então cai de boca novamente no pau dele.

- Marcel: ahh, porra! Que chupada é essa? Tá gostoso demais!

Depois de 5 minutos mamando dele ele pediu para eu parar...

- Marcel: Para Clara, para! Ahhhh! Porra, uff, quase gozei! CARAALHO!

- Eu: então estava bom mesmo, não é?

- Marcel: Claro que estava minha safada, venha cá!

Fui por cima dele e nos beijamos. Para aumentar ainda mais minha excitação, estávamos pelados, e eu roçando meu grelinho naquele pau quente, duro, todo babado! Tentem imaginar como eu estava.

Peguei uma camisinha e coloquei nele, já estava na hora! Passei a mão em seu rosto e pedi para que fechasse os olhos, coloquei a cabeça daquele pau gostoso bem na entradinha da minha xaninha e fui sentando bem gostoso até senti tudo lá dentro! E ai comecei a cavalgar, que maravilha aquele sexo! Não lembro por quanto tempo fiquei cavalgando nele, acho que foi de dez a quinze minutos. Então eu fiquei mais ou menos de quatro (em cima dele) e encostei minha cabeço do lado da ele, ele entendeu o recado e mandou ver, metendo bem fundo na minha bocetinha.

- Eu: FOOODE, FOODE ESSA BOCETA VAI! CARALHO, VAI! RAPIDO! PUTA QUE PARIU! VOU GOZAAARR!

Ele apertava forte minha bunda e me dava cada tapa... isso só aumentava minha excitação!

- Marcel: Goza vai, goza no meu pau, sua cachorra!

Gente, eu me contorci toda, não foi minha melhor gozada mas foi muito gostoso, uma delicia! Fiquei toda mole e pedindo mais!

- Eu: aai....aiiii...não para...vaaai, Continua!

- Marcel: Tu é uma putinha mesmo, hein! Sua gostosa do caralho!

Ele então resolveu mudar de posição, me deixou deitada na cama e veio me comer de frango assado, colocou a cabeça do pau na portinha e enfiou de vez, eu gemi alto!

Enquanto ele fodia rápido, comecei a me masturbar como louca!

- Eu: VAI, FODE, FOOOOODE! VOU GOZAR DE NOVO! AAAAAAA

- Marcel: CARALHO! Goza, vai! Goza de novo no meu pau!

- Eu: ahhhhhhhhhhhhh!

Gozei gostoso...com uma rola deliciosa metendo em mim, meus pés no peitoral dele ou em seus ombros torcendo por carinhos que não foram dado...rs Ele metia forte, metia muito bem...

- Marcel: caralho, vou gozar! Vou gozar, porra!

- Eu: Goza, seu puto safado! Goza pra mim vai!

Ele começou a meter forte, cada vez mais rápido, até que gemeu alto, tirou o pau de dentro de mim e tirou rápido a camisinha. Eu rapidamente segurei o pau dele e comecei a bater uma para ele.

- Eu: hummm, goza vai! Goza pra mim!

- Marcel: Vou gozar! Vou gozar, caralho! AHHHH!!

Ele gozou muito, muito mesmo! Gozou no meu abdômen, mas alguns jatos foram até meus peitos e pescoço. Ele ficou todo mole e desabou na cama, rindo.

- Marcel: Caralho, isso foi muito bom! Rs

- Eu: Nem me diga, foi ótimo!

Ambos estávamos ofegantes, cansados, suados, enfim, mas o sexo foi ótimo.

Tomamos banho separados, e dormimos juntos, não aconteceu mais nada. No sábado cedo, eu peguei um táxi, já era umas 8:30, meu celular tinha descarregado na madrugada (deu pelo menos tempo de avisar para meus pais que eu “dormiria na casa da bela”). Cheguei em casa, coloquei o celular para carregar e já tinha duas mensagens, uma do Marcel e outra do Rodrigo...Continua!

Bom a história continua, mas eu não vou continuar escrevendo se ninguém gostar! Então preciso da aprovação de vocês!

Comentários

04/02/2015 15:25:34
Oiii..sou um chileno que descubri q adoro pés por uma amiga ... Ate hoje sou louco por oes femeninos.. Me considero um cara que tem sorte com as mulheres mas o q mais gosto são pés ... Vou te passar meu email .. Assim a gente pode se falar um pouco e trocar ideias... Moro em MG [email protected]
13/01/2015 02:33:45
13/01/2015 02:33:02
Pft me chama no whats to louco pra pelo menos ver esses pesinhos lindos
09/12/2014 16:30:44
Melhor conto que já li, a atenção aos detalhes e a forma como você cria a expectativa é muito excitante, e como um amente de pés fiquei maluco imaginado seus pézinhos.
27/09/2014 13:26:49
Nossa, tesão de conto.. fiquei doido aqui só de imaginar os pezinhos de Clara. Muito bom...
13/09/2014 15:17:49
Nossa sou podo tbm, pra mim o melhor conto ate aki, parabéns!!
12/09/2014 17:15:34
Nossa só começoi a ler e me encantei com sua forma de escrever, sua descrição, suas descobertas por Podolatria, e fiquei muito excitado. Quero ler seu conto muito calmamente e me deliciar com vc todinha começando por seus belos e deliciosos pés.
07/09/2014 20:50:35
Muito bom ! PEla grafia da pra notar que você é jovem escrevendo hahahaha isso torna mais excitante . mal posso esperar pela contunuação

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


quero ver filme pornô com mulher nunca troco fio jogo da Live Jaraguá colocar achei até chorarcontos eroticos gays macho dotado femea viadinhob***** com mais de um palmo de largura no XVídeoscontos chantagiei a enteada e tirei seu cabasoxvidio atolo a sobrinhaAjudante de pedreiro dando a bunda grandeirmã linda gostosa dando sua bucetinha virgem para o sermão do atadocontos eroticos pagando a dívida a forçaela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafominha cunhada punheteira contos reaisvideos porno cuzao levando pauzao da cabeca enorme chapéu cogumeloconto filho pirocundo dando banho na maenovinha xeia de pintas na bct na siriricaprimeira. vez dei meu cuzinho pro vigia. xa. obra. guey contos. eroticoscontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramMinha namorada ficou gostosa e.virou puta.homem, gozando, dentro, da, biceta,, dwmulher, gravida, no, carrofotos de mulheres com camksinhas nas bucetastirei a virgindade da minha empregadacontos de fio terra e straponvidros prno insetos fodendo mae emprensadaconto fude com meu cachorro a xifro meu maridocontos peguei a negrinha que gritava chingava e mandava emprurrar ate o talohomens gostam de esfregar nos pelinhos da vaginaCármen e a patroa contos eróticosjaponesa de Cubatão novinha porno com endereço telefoneConto gay viagem Onibus leitoicvidiopornoContos eroticos dona de casa, coroa, casada evangélica pega novinho cacetudomundobicha lutador Danny gay dando cumarido se assusta vendo a quantidade de porra que sua esposa derrama no pau do outro carasexo tesao caricia exitante gemido passadas de maos nos seiso na bucetaencoxada casa dos contosporno cunhanda provoca cunhando d xorti ate emtra na rolaContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhoHOMEM FUDENOCADELA em artof zoodoce nanda parte IV contos eroticosquero vídeo pornô do viado trocando noscocontos minhas amigas fizeram uma festa e me comeram com consolo elétricocontos eroticos feminizaçao do garotinho maecontos bunduda do corno no pagode no sitiobadboys roludo comendo mulher a forcalambendo bunda baile carnavalvídeo de novinha querendo perder a virgindade com japonês cobrando no gesso XVídeosBusetinha lizinhabaxinha cochuda casada vingando xvideosincesto com meu vô contosbundas maciinhasf***** pelos peões da obra contos eróticos gaysfilme casal insurportavel pornodoidonovilhas rebelados no pauwww vovo adora minha rola preta e chora guodo boto no cu dela porno .combuceta depilada na cera floripavideo porno estupraram minha namorada e ela gostoumulheres de corno manso sem o biquininhoporno pradrastro bebo fosando a em teada fode a fosameu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosXvideo com a mulhe grita esperneia pra nao emtra na picahappy love casa dos contos paradigmas de uma paixaocontos de sexo depilando a sogratirei.o.cabaco.da.minha.irma.dormindoFoda agressiva ponodoidoxisvideo.pragas.do.cu.de.casadasvirgens+perdendo+o+cabacao+da+buceta+e+do+cu++virgensxvidios betinhos lindoponto não. quebrau. cabaso da vigeņovinhas metendo com play boygueixa mijonavideos latifa comendo merdaconto erotico mae no ciowww.meu vizinho negao me estuprou mundobicha.commae do meu amigo gostosavideso cu fudidos de diaristaspornô em famíliaxxvincesto encaixada no colo do pai perto da mamãena hora do sexo o que pode ser feito com o halls pretovideos de novinha gozando pelo orificio urinarionovinha tem no muito o garmo na siririca xega a gritar pisão ei curra novoContos eróticos flaguei o pastor arrombando minha linda noiva santinhafotos de bufetas pibgando de tewaogranny de 69 chuoando cokc grandefilme porno filho da mae corno froxo ta cansado do trabalhoencoxada mau cobertanovinhas.abrir.buzentavideo de mulhe rebolhadoXVídeos uma mulher de 28 anos de baby doll arrumando a casapeladacamisinhaxsvideo de porno casero itiada fudeno com padrasto armadoquero ver sexo com patroa lesbica seduzimdo sua enpregada e fazendo sabao com ela no aeu quartocontos de safadeza um andarilho fudeu minha mulhersogra conta em conto erótico como bateu uma punheta no genro de pau grande e grossocontos eróticos a irmã de minha espoza bunduda e coxudazoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamenteporno corno paga dois homens de pau Grosso pra esyrupar sua mulher na frentedelecoroa taradasexo históriaputa no hoteldo bucetao loca de tesaocontos de sexo depilando a sogra