Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Sexo unindo a Familia 6

Categoria: Homossexual
Data: 11/09/2014 09:37:48
Nota 8.78
Ler comentários (11) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu e Fabio subimos para o quarto de papai para contar para ele que eu também era gay, chegando lá papai já tinha banhado, estava com sua tradicional samba canção de dormir, sentado na cama lendo um livro com uma perna flexionada que dava pra ver que ele estava sem cueca.

Caio- Papai tenho que confessar uma coisa, não é apenas o Fabio que é gay, eu também sou, acho que deve ser de família esse interesse em homens, falei entre um risinho no final da frase.

Papai soltou o livro com uma cara de quem recebeu uma grande novidade e foi falando.

- olha filhos, não se preocupem, sei que é difícil o que vocês estão passando, eu passei praticamente toda a minha vida como hétero, apenas nos últimos cinco anos que me descobri gay, foi difícil me aceitar um pouco, hoje sei que sou gay, e vivo em paz com isso, mesmo que meus pais não saibam. Quero que vocês sejam felizes como são, do Fábio acabei descobrindo e de você jamais imaginaria que fosse gay, sou pai de vocês e apesar de estamos tendo convivência juntos há pouco tempo amo muito vocês e sinto bem a vontade pra falar de mim, e fiquei feliz que fizeram o mesmo.

Após terminar papai nos abraçou, fiquei em choque na hora não sabia o como reagir, ele era o pai mais compreensível do mundo, Fabio também parecia espantado, só estávamos com aquele abraço caloroso nos envolvendo, não pude evitar que uma lagrima caísse.

Ficamos com papai conversando por horas ate que já bem tarde ele falou que era hora de dormir, eu estava tão bem que tinha até me esquecido do plano quando o Fabio falou.

- podemos dormir aqui com o senhor?

Na hora me lembrei de nosso plano de seduzir nosso pai e matar nosso desejo por ele, mais naquele momento ele se tornou tão apaixonante quanto Fabio era pra mim, estava amando meu pai e meu irmão da mesma forma, incondicional e abnegada. Papai concordou disse que sempre que quiséssemos poderíamos dormir com ele, papai estava entre nos deitado de barriga pra cima, então abraçou eu e Fabio que recostamos a cabeça em seu peito, podia ouvir o coração de papai que estava um pouco acelerado mais diminuindo o ritmo a medida que ele adormecia, estava sendo maravilhoso aquele momento eu na cama com meus dois amados, mesmo que apenas com um deles já tivesse ido ate o fim. Senti a mão de Fabio tocar a minha só então notei que estava acariciando os pelos da barriga de papai sem perceber, embora tivesse pelos na barriga seu peito era liso, percebi também que já estava com a mão no limiar de sua cueca, olhei para Fabio que estava com uma expressão de quem já não sabia o que fazer, senti que estávamos compartilhando o mesmo sentimento, o tesão por nosso pai havia se transformado em amor.

Pequei na mão de Fabio e junto com a minha coloquei embaixo do elástico da cueca de papai, podia sentir seus pelos pubianos que eram mais fartos que os da barriga que estavam aparados, era um sinal para Fabio que iriamos continuar o plano, com muito cuidado para não acordar papai fomos nos dirigindo ao seu pau, colocando cada vez mais a mão dentro de sua cueca, como era samba canção facilitou muito o processo. O pau de papai estava pra baixo, no sentido da perna da calça, eu já estava louco de tesão, mais sendo bem carinhoso, estava pegando na base do seu pau e Fabio em suas bolas, podia sentir que ele estava crescendo em minha mão, e quanto mais papai se excitava mais me impressionava com a grossura do seu pau. Já estava formando um volume enorme na cueca que quando pra meu espanto apareceu através da perna da cueca a cabeça do pau de papai grande e rosada, na hora tomei um susto e fiz um movimento brusco que fez nosso pai acordar olhei pra ele super sem graça, eu e Fabio estávamos com a mão dentro de sua cueca, eu já estava apertando seu pau na hora ele perguntou ‘o que vocês estão fazendo?’

Congelei não sabia o que responder, não era esse o momento que eu queria que ele acordasse, o tempo parecia que tinha parado, ele olhava pra mim e pro Fabio como quem queria entender tudo, e nos no susto nem soltamos seu pau, foi quando a voz de Fabio me tirou do meu transe.

- Pai vou falar logo tudo, o meu namorado é o Caio, me apaixonei por ele e ele por mim, não tivemos como evitar, mais aconteceu mais alguma coisa, nos apaixonamos pelo senhor, pelo menos eu me apaixonei, e acredito que o Caio também, não é só uma paixão de pai e filho, e uma paixão de homem pra homem, assim como a que sinto por Caio.

A expressão de papai estava parada, não dava pra identificar o que estava sentindo quando dei por mim eu também já estava falando algo.

- É isso mesmo papai, também estou apaixonado pelo senhor, e amo o Fabio de todo o meu coração, ele é o homem que eu quero pra minha vida, assim como o senhor, e nada vai nos separar.

Eu já não sabia o que estava fazendo, a coisa estava completamente fora do planejado, queria sair dali fui trazido à realidade por meu pai.

- Filhos eu também tenho que confessar algo, eu amo vocês, amo como pai, e amo como homem, desde o dia que os vi, tentei negar isso, mais um belo dia eu vi vocês juntos transando no quarto do Caio, confesso que naquele dia gozei sem tocar no meu pau vendo vocês transarem, quando vi as correntinhas de vocês sabia que estavam namorando, e fiquei feliz quando o Fabio rejeitou aquele cara e não traiu você. Neste mesmo dia quis fazer parte disso, até comprei uma correntinha como a de vocês pra mim e também pingente da minha inicial pra vocês se quiserem me aceitar nesse nosso relacionamento louco de namoro a três incestuoso, e quiserem que eu seja o namorado de vocês.

Não podia acreditar, aquilo era um sonho, nosso pai também estava apaixonado por nos, como aquilo era possível? O mundo estava perfeito. Tudo que eu e Fabio conseguimos falar foi um sim quase em coro. Papai levantou foi ate uma cômoda em seu quarto e pegou uma caixinha de joias, dentro tinha uma correntinha como a nossa, entretanto a dele estava com as iniciais de nos três. Papai colocou o pingentinho com a letra P em nossos cordões era oficial eu estava namorando os dois homens da minha vida. Papai de repente me deu um beijo na boca, seu beijo era muito gostoso, sua língua invadia a minha boca de forma a querer me engolir por completo com um desejo louco de paixão, ele parou e foi em direção a Fabio e começou a beija-lo ver os meus dois homens se beijando estava sendo demais pra mim estava adorando a cena, não resiste e entrei no meio começando um beijo triplo entre nos três, foi quando papai pegou nos dois no colo um em cada braço e sem parar o beijo foi nos levando pra cama, não podia acreditar de como ele era forte, eu pesava 70 quilos e Fabio deveria pesar uns 65, mais ele não parecia estar fazendo o mínimo esforço. Ele nos deitou na cama e mandou nos dois tirarmos as nossas roupas, sua voz de comando estava me deixando muito excitado, obedecemos prontamente sua ordem foi quando estávamos peladinhos em sua frente ele começou a chupar o pau do Fabio, depois me puxou com um só braço e começou a me chupar, era incrível papai sabia exatamente o que estava fazendo, ele começou lambendo minhas bolas uma a uma bem devagar, sentia seu dedo fazendo pequenos círculos no meu buraquinho e ele babava minhas bolas, a baba foi escorrendo e descendo em direção ao meu cuzinho quando senti que a baba chegou em meu cu papai começou a preção em meu cuzinho, estava adorando aqui, ele foi lambendo a extensão do meu pênis até chegar na cabeça, quando ele abocanhou senti seu dedo invadir meu cu aquilo estava demais, estava louco de tesão, papai engoliu meu pau todo, sentia a cabeça do meu pau no fundo de sua garganta, como ele conseguia engolir meus 21 cm, fiquei imaginando que ele era bem pratico nisso, depois tirou meu pau da boca e se levantou, aquele homem de pé na nossa frente estava demais, foi quando notei que não estava enganado, o pau de papai era tão grande que quando estava duro a cabeça e parte do pênis estavam de fora da samba canção saindo pela perna, papai abaixou sua cueca e seu mastro pulou pra fora estava tão duro que quando a cueca desceu seu pau subiu com tudo e bateu em sua barriga. Perguntei a papai o tamanho de seu pau ele falou que nunca havia medido, mais que na nossa idade o dele era um pouco menor que o meu, fiquei imaginando se meu pau iria virar um mostro gigante assim, enquanto devaneava Fabio já havia caído de boca no pau de papai seus gemidos estavam demais

- Vai chupa a pica do papai vai, chupa o pau que te fez piranha, chupa que hoje vou comer o rabinho dos dois.

Fui ao meu quarto e pequei a régua que usei pra medir meu pau e o do Fabio, tinha que saber o tamanho do pau do meu pai, queria saber o quão locado ia ficar nosso cu.

Voltei e falei que iria medir, quando coloquei aquela ripa de carne em cima da régua não pude acreditar, tinha 27 cm, que loca de pau, jóquei a régua pro lado e cai de boca, a pica era tão grande que eu e Fabio estávamos chupando juntos eu cuidado da cabeça e Fabio da base.

Papai mandou Fabio deitar na cama, e logo subiu em cima dele fazendo um 69, fiquei olhando aquilo quando papai falou ‘vai só olhar? Anda chupa meu cuzinho. Vi o cusão de papai abertinho na minha frente, tinha uns pelinhos em volta do seu toba que me deixaram puto de tesão, cai de boca imediatamente, papai rebolava gostoso enquanto eu chupava, não resisti e soquei a pica em seu o que para meu espanto não estava muito apertado, comecei um vai e vem frenético no cu de papai e podia sentir ele rebolando em minha pica enquanto gemia ‘ vai mete, fode o cuzinho do papai vai fode, esta com dó do cu do papai por acaso?’

Nessa hora papai se desvencilhou do meu pau e sentou de uma vez no pau do Fabio, papai era um puto de marca maior, via ele subindo e descendo naquela rola enquanto sua pica enorme dava umas boas chicotadas na barrida de Fabio que já ficava vermelha.

-Anda caio mete essa pica junto vai que quero dormir bem largo hoje.

Me apressei e sentei a vara no cu de papai, dessa vez estava difícil pra entrar, com muito custo soquei a cabeça, papai urrava igual um animal enquanto eu bombava forte, Fabio estava imóvel, mais podia ver sua cara de tesão meu pau roçava com o seu enquanto papai apertava o cuzinho, parei senão gozaria naquela hora e eu ainda queria mais, papai também saio do pau de Fabio e ficou de pé na cama quando me puxou e foi encaixando seu pau monstruoso no meu cu, soei forte na hora, aquela tora ia doer, seu pau foi sumindo aos poucos dentro de mim, meu pau já estava duraço e babava sem parar, Foi quando Fabio se encaixou atrás de papai e empurrou a rola com tudo fazendo papai ir pra frente e sua rola entrar de uma vez, gritei na hora e papai me segurou pra não sair, papai nem esperou acostumar já foi começando um vai e vem, meu pau só babava enquanto estávamos naquele trenzinho gostoso, ficamos um bom tempo engatados assim quando papai falou que queria ver Fabio me comendo com min minha pica dentro do meu cu igual aquele dia em que eu fiz uma dp em mim mesmo com ele, eu já ia deitar na cama quando papai mandou Fabio ir primeiro, Fabio deitou e papai mandou eu deitar por cima, com a barriga pra cima, papai colocou meu pau dentro do meu cu igual Fabio havia feito naquele dia, porem com mais facilidade pois eu estava todo largo por culpa do pausao de papai, depois foi encaixando o pau de Fabio na minha bunda, e com um pouco de dificuldade entrou, estava demais aquilo eu sentindo o pau de Fabio e o meu no meu cuzinho e vendo papai em pé na minha frente se masturbando.

De repente papai ajoelhou na minha frente e colocou a cabeça do seu pau na porta do meu cu, pensei em levantar, não iria aguentar as três rolas dentro de mim, afinal meu pau era grande o de Fabio também mais o de papai era descomunal, quando ia me levantar Fabio travou meus braços e papai minhas perna, vi que não teria jeito, papai começou a forçar e eu sentia que estava sendo rasgado ao meio, meu pau ia sendo comprimido entre aquelas duas toras, não pude acreditar quando senti os pelos do papai roçando em mim, tinha uma rola de 21 uma de 23 e uma de 27 tudo dentro do meu cu, estava todo largo, papai começou a bobar bem devagar quando senti meu cu enchendo de porra, Fabio tremia embaixo de mim vi que ele tinha gozado, foi então que papai aumentou as estocadas e senti ele gozar em mim também, seu pau pulsava e comprimia meu pau, não aguentei e gozei junto, meu cu estava lotado de porra, papai tirou seu pau e quase que na hora o meu e o de Fabio saíram junto, meu cu estava arrombado, podia sentir o vento entrando dentro de mim, papai caiu no meio de nos dois nos abraçou e dormimos assim juntinhos todos melados de porra.

Comentários

13/12/2015 21:02:21
que pena, estava otimo
30/09/2014 12:21:31
continuuaa
30/09/2014 07:25:31
Volta ai
18/09/2014 17:39:45
delicia gozei gostoso... continue contando mais aventuras de vcs 3 tesao bom demais isso... adoro incesto
18/09/2014 16:20:38
Mano volta a escrever e sério o que k Urie falou é verdade haha não leve a mal 😉
14/09/2014 02:32:45
Adoreiiii, más convenhamos... 27? Nem kidi bengala
13/09/2014 08:33:51
história legal, mais 27 cm? nem cola essa vai... porém um enredo legal.
12/09/2014 12:25:54
Tenho que concordar com o Urie . tava bacana no inicio, mais já virou foi uma obsessão, e não amor.. sei la?? Kkk
12/09/2014 01:33:06
Ah sei la...acho que esta sendo 'fantasiado' demais esse conto..tudo bem é excitante, mas garotos d 15 anos com os paus 21 e 23 cm e o do pai de vcs 27 cm...nem negão tem esse tamanho, nem africano huahuahu, alguns até tem mas..por favor né rs...e a coisa ser tao facil assim..mas enfim, é um conto legal, só nao acredito que seja tudo assim, mas é legal =)
11/09/2014 15:07:01
Delicia de conto
11/09/2014 11:24:52
Meu deussss q excitanteeee nota 100000

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


vidio de mulheres mostran do a buceta eh conto faz xixicrossdresser saindo montadaRelato de cornos submissofilha enventa de dormir na cama do pai ele nao aguenta gosa dentro da buceta delaconto erótico não mexa nas calcinhas da mamãe part5www sou enteada putinha e dou minha bucetinha pro meu padrasto que e tarado pelo meu corpo. commassageando o picao gigantescoconto erotico pau pequenoContos eróticos Trasei com amigas da minha namoradaTirei o himen da buceta da esposa do meu amigo sua buceta sangrou conto eroticojaponesa de Cubatão novinha porno com endereço telefoneler contos eroticos de incesto mae carente ver o filho transando com a namorada fica com tesao fica adimirada com o pau do filhocontos gay virei menina sissycontos cuzinho da Robertapai t***** atola a rola no c* da colegial r*****mas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?contos eróticos bem depravado de bem picantehttp//mulheres de camisola sem calcinha da.bucetinha peludinhaPasando com a cobra na cona Zoopornporno muito beidona no paucontos velho cacetudo corno fotoscontosgosandodentrominha esposa aninha novinha e meu tio roludo setima parte contos eoticos coroas grisalhos que come a bunda de homens em campos dos goitacazeseu qeuro vidio di sexorelato corno na casade swuingcontos eroticos traindo o corno cdp ele assistindomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosduas lebiaca se beijando devangarporno socorro meu genro fode maltia ensinando osobrinho acome bocesta seso videu reau azeirocontos-esfregando na bundinha da netinhaContos eroticos gay emgrachante onfaconto erotico gay vagejada capCOROA japonesa FOI PARADA NA RUA E ACEITOU FUDERconto na enchente comi a mulher do chefemenininhae gueyzinho xvideopornodoido dia de sol chostinhos curtosputas peladas meladas de margarina no cuzoofilia mulher da esguinchada com lmbidas de cachorrocontos eróticos no YouTube deixei meu filho me comermulheres sexo com monstrosvideo porno irmã bricano com seu imão e apiroca escurrega etradominando um casalincesto encostando a rola no priquito da irmazinha de per no quardonovinhas delicia purasexoirma ve a outra de caucinha e ker chupar elafilha adotiva safada com mae e pai contospadrasto enteada falei de sexo brasileiroContos eróticos de incesto com fotos de mulheres peluda e comadresgay raptou o vizinho para lhe chupar o paucontos incestos mãe mais lidos 2017empreggadas tesudas escitando patrao no youtubeporno negra sitorinha rabu enpinadoxvideo amador teens assustada quando entro de na xoxota de bruço xoxotaconto erotico gay perseguiçaovídeos de pornô os tios do p********* e grosso tirando a virgindade das Sobrinhas quando mete o pau ela se caga todinha e se mijadeu para nao ser caguetada para o marido xvideospaguei mas gozei gostoso na filha evangelica da empregada minha contoscontos meu genro tesudocontos deu o cu para o cachorramulher tomam do tiro nabuseta de revolvereu conto cunhada casada ver o cunhado de pau duro e fica loucacontos eu e meu irmao fudemos a mamãeduas lebiaca se beijando devangartransandp no presidio com a maihistorias eroticas enteado bem dotado fudendo o cu vugem da madraataxvideo montadord moveiscalcinha rendada minha mãe que me inicioucontos eroticos gay x negao 40cmvou te arregaçar vagabunda, grita vadia, tô te arrombando cadelaContos eroticos a gozada incetuosa e mais gostoza que quaque outra gozando dentro da irma cem camisinha"mostra o seu que eu mostro o meu" vídeo pornominha mãe me surpreendeu contos de incestocarente abraçadinha no sexo pornoeu quero um vídeo acaba transando com a mulher postergando ela na cama dormindo a força e ela gritando ele comendo elavídeo pornô novinha chupando p***** grande peituda gostosa patriciane nome dela