Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A putinha da rua saiu com o rabo cheio!

Autor: CariocaLINDO
Categoria: Heterossexual
Data: 16/10/2014 22:27:30
Nota 8.60

Olá como contei no meu primeiro conto, me chamo Luciano nome( fictício).

Tudo começou quando apareceu aqui na rua uma moradora nova.

Morena jambo, Sabrina, cabelos preto lisos até as costas, rosto angelical, Pele dourada e um corpo apetitoso, seios e bunda empinados.

Bons todos da rua ja caíram em cima afim de Sabrina, no começo mal saía na rua, sempre recatada

Ia de casa pra escola da escola pra casa.

Em um desses dias a vim voltando da escola com as colegas, achei essa é minha oportunidade.

A chamei e o fiz um convite:

- Vamos beber alguma coisa? Calor neh.

- Não muito obrigada.

- A que isso não irá fazer mal algum, só pra mim poder admirar sua beleza mais de perto.

- Não obrigada

É não deu certo dessa vez, mas não iria desistir, sábia que valeria muito a pena; Sabrina era a mais linda da rua.

E outra oportunidade a encontrei em seu portão parecia apreensiva, resolvi pergunta oque havia.

- Oque houve Sabrina?

- É que meus pais saíram e não me deixaram a chave.

- Mas está fechado na chave ou só no trinco?

- Não sei só vendo, mas como vou pular o muro?

Na hora o tesão bateu e a olhei de cima em baixo.

Sabrina vestia seu uniforme escolar, uma calça justa, blusa apertada que desenha ainda mas a beleza que é aquela menina ( mulher).

Não me exitei.

- Deixa eu tentar Sabrina.

- Sim por favor.

Pulei o muro muito rápido e com toda disposição e tesão do mundo.

Abri o portão e a avistei com um sorriso lindo e sexy.

- Obrigada, muito obrigada.

Nossa na hora nem me importei que não havia conseguido oque queria.

O melhor estava por vim; Sabrina passou a me comprimentar e era oque EU precisava.

Certo dia a encontrei na padaria e fiz questão de espera- la na fila, aliás, morávamos na mesma rua.

-Bom dia Sabrina.

- Bom dia.

E fomos em nossa caminhada até nossas casas, EU puxava assuntos tentava saber oque gostava, que tipo de música curti.

Essas coisas pra agrada.

E ti uma resposta reveladora.

- Eu não gosto dos garotos lá da rua, um bando de mal educados, favelados não consigo gostar de nenhum, não vou com a cara de nenhum deles.

- A que isso Sabrina

Até de mim também?rsrsrs

- Não de vc não, depois que me ajudou aquele dia tenho outra impressão de vc.

Aaaa nesse dia a pedi o número do cel, e pra minha surpresa, ela me deu.

Na parti da noite liguei.

Papo vai papo vêm e faço a seguinte pergunta.

- Você não tem Vontade de sair, destrair, conhecer alguém legal pra namorar.

- A verdade é que tenho sim muito, mas minhas amigas todas tem namorados e não gosto de ficar de vela.

- A posso ti convidar pra sair quando quiser?

- Sim pode, porquê não!

Nossa percebi que o papo evoluiu e que teria chance de te-la.

Marquei um dia de sai com ela, é quando a vi pronto..

Meus Deus que dlç de mulher.

Sabrina vestia um vestido colado, de salto alto,bem maquiada.

Pensei... É hoje.

A levei pro lugar bem legal uma casa de show, curtimos a noite e Sabrina me saiu uma beberrona de primeira.

Na volta pra casa pegamos uma condução que nus deixou um pouco longe de casa.

Proveite o momento.

- Sabrina ti acho a mais gostosa da rua e to louco pra ti beijar.

- A um bjo de agradecimento pela noite? Pode sim.

Nessa hora a beijei com volúpia, um bjo quente e demorado, lento.

Sentia sua língua dançar sobre o céu da minha boca, seu corpo quente colocado no meu.

Não resistimos e nus beijamos com mais ardor,que não pensamos onde poderíamos estar.

Sabia que Sabrina além de linda era carente.

No mesmo momento a levei para um ciep( Brizolão) deserto e escuro.

Não me Contive beijava sua boca e passava mão em seu corpo todo, pernas, bunda,peitos.

A encostei com força na parede a fiz senti meu mastro rígido e duro em suas coxas, passei a mão em busca de encontra sua xana.

Sabrina não deixou.

Tentei beijar seu pescoço, morder sua orelha, falar putaria baixinho no ouvido.

Pronto o caminho tava aberto.

Passei a mão em sua xana por cima da calcinha que já estava super molhada, comecei a massageare a chupar seus peitos que por sinal lindos e rígidos.

Sabrina gemia baixo e se entregava a safadeza.

Não aguentado de tesão levantei seu vestido até a cintura, e pra minha surpresa; Sabrina se agacha e abre minha calça e segura meu pau, nessa hora o toque da sua mão suave, e deslizante me deu mais tesão.

Fui Forçado a baixa sua cabeça e ordenar que abocanhace meu cacete.

Nossa que boquinha quente e lábios carnudos e gostoso.

Nessa hora não me aguentei com o vai e vem até que.. GOZEI GOZEI muito naquela boquinha.

Sabrina cuspiu tudo fora, mas não poderia acabar assim.

A deitei no chão sobre minha camisa e a chupei com maestria que xana linda e raspadinha.

Sabrina não demorou muito e gozou em minha boca, senti seus espasmos e contorçoes em seus corpo.

É então chegada a minha hora com o pau rígido novamente a deito de pernas abertas e a penetro com firmeza, sinto sua xana quente e apertada e minha pika ganhar cada centímetro daquela xana.

Sabrina gemia.

- Aii tá gostoso, nossa muito gostoso.

Aquilo me deixou louco, então estoquei com mais força nas bombadas e logo enchi sua xana de porra.

contente e tomado pelo tesão caí em cima de Sabrina.

Que já doída de tesão e por sentir ainda mais minha rola dentro de si.

Pedi:

- Não vai fazer o serviço completo, falta você botar na minha bundinha,mas com carinho.

Isso foi tudo pra mim.

No mesmo instante a coloquei de 4 cuspi na portinha do seu ânus e na cabeça do pau, era chegado a hora e fui forçando e nada, a safada fazia força e expulsava meu pau.

Continuei e com carinhos em sua nuca e beijos no pescoço pronto a cabeça entrou, percebi que Sabrina chegará pra frente após o acontecido, a puxei de encontro a mim e de uma vez só coloquei tudão.

Nossa que sensação maravilhosa, que cuzinho apertado.

Sabrina gritava.

- Come meu cú, vai safado, não era isso que queria... Vai soca tudão quero. Tudão.

Soquei tudão e percebi meu saco bater na sua buceta, quando enconstei a mão no grelo de Sabrina não demorou e gozou na minha mão.

Continuei a soca naquele cuzinho apertado e guloso e a vadia pra mi fazer gozar, piscava o cú com meu pau dentro, aquilo foi o máximo e não me contive dei uma estocada mais forte e a segurei pela cintura e derramei litros de porra naquele cuzinho, lindo apertado e uma dlç.

Nus vestimos e fomos pra casa.

E até hoje ainda sou o macho dela e sempre a pego de vez em quando, mas isso fica pro próximo conto!

Comentários

17/10/2014 21:12:02
É verdade mallu hoje em dia reina a promiscuidade.
17/10/2014 21:10:33
Vi sim Viuvinha. É Muito bom mesmo, agora espero ser prestativo a você. Como li em seus contos sei que gosta de sexo anal. Adoraria comer esse seu rabinho.
17/10/2014 07:39:19
Fantasioso, varios erros impecáveis de Português, falto narrar a idade de ambos, e descrever de qual escola estava voltando, e o turno em que voltava....eu imaginei dois adolecentes voltando da escola embaixo de um sol escaldante e você chamando a moça pra beber uma Baré ou uma Tubaina... nota 6
17/10/2014 00:28:41
Depois que descobri como é bom ter uma língua em minha buceta, adoro ler contos em que um macho sabe bem o que fazer com uma xaninha gostosa como a minha.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


o meu padrato meteume o caralho na maoPorno contos incesto familia prazer total qualquer idadeMenina pedendo cabaçoxxvideoCoroas louco por sexo tique roludo conto erótico gêmeas trail irmã com o namoradocomo meu tio roludo e comedor comeu minha esposa novinha 1° contoscontos de sexo raspei minha bucetahomem fodenfo uma bezeraporno as novinhas cem peito de 8 a 10 perdedo a virgindade pro paisexo os homems enfiam a pingola deles dentro da mulher e vai soca soca e vai socando video que da pra abripapai me tirou o cabaçohomem empurra na vara na jumenta até gozarnovinha mostrando a buceta gozada com 10 picadinhos rabada bucetaQuero assistir filme pornô mulher sendo arrombada pela uma muda de limãomulher faze do sabao segano boceta da outaPegou o pai de pinto duro quiz no cumeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosrelato picante de esposa cavalona e marido pintudocontos eroticos de amamentaçãovidiopono mulher bica teconto erótico menino bonequinhavidio de mae fagando filha novinha chupano rola do paimenina novinha nao aqenta a pica e sangra a bucetinhaO Riquinho e o Favelado conto gayFotos de sexos de bubuta e bixoqual a posicao que temos que fazer quando damos o anus e para o espesma na escorrer para a vaginaContos.encesto.mae.silmentadeu para nao ser caguetada para o marido xvideoscrossdresser saindo montadaquero os melhores contos eróticos de enteadas brigonas com fotoscontos eróticos fui da o cu e cagueimelando buceta com salivaXVídeos a comadre de vestido bem curtinho com a boca fica do lado de fora no ônibusgaranhão paquerou a minha mulher e levou para o motel vídeo pornô cornosair tira o pau do cu dela , ela vai caga pornopirnobuceta freirasXVídeos vídeo nacional e caseiro mulher dormindo sendo acariciada por saiscutucando buceta de cadela com dedo zoofilianegrinha achou que era facil dar o cú e chorou na piçagraças a um cano estourado comi minha irmãguia de como fuder cadelascirleia bucetudaxisvideo d buceta s cadela piscando n ciojuliana de bonanca fudendo pornoFiz sexo com meu profeasNiely mostrando a b***** raspadinhacontos eroticos A Dama e o Bruto contos de sexo depilando a sograentrou gosada chanaContos eroticos seios machucados tio sobrinhacarine patricinha casa dos contosirma esta lendo livro começei a lisar ela ate comer o rabo dela pornovidiopono tia bota pra chupacontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitosexotesaogostosonovinha dando.uma segirada na piroca do primo no quartoBrotheragem - Segunda Temporada - 8contos de scatporno dento da pestinha contos eróticos representadoscontos de mulher que da a buceta para mendingo chupar comer mamarccontos eróticos incesto fudendo novinha virgem inocente faveladaxvidios outros puraiporno gay morros dotados desvirginandominha cunha espero meu irmão sai e mim mandou ajudar a ela a apertar o sutiã e eu a cumei sexoconto corno diamantepai mamou minha rola sexocontocontos de incetos e orgias entre irmaos nudismo piscina em casaela deixando alisar o greloMeu padrasto bella&alexcontos eróticos/afeminado no ônibusmulher fazendo vídeo pornô na gritalhadaxvidio porno zelado comi fazedeiraxvidios estorando as prega das cuzudasbuceta de evangelica arrombada na igrejaincesto/imaginaçoes com a maeXVídeos minha esposa queria dar para o negão mais da metade da metade podendogozada no cu com recuada gaycoroas de fio dental tão cheia de tesão Cheguei cheguei escorregando pela sua b*****lésbica com p********* chuchada na garotinha gostosacontos de sogro metendo pau na norafoto pai fudendo com filha filho fudendo com mae e irma todas meladinhas com bastante punhetada e gozada na cara