Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Um presente para o compadre

Autor: Pdober
Categoria: Heterossexual
Data: 13/11/2014 13:32:33
Nota 9.75
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Era uma quinta feira e o relógio marcava 10 horas. Trabalhava como representante comercial e estava no carro quando do outro lado da linha, Poliana, minha comadre me dá um bom dia. Me disse que precisava conversar comigo sobre a festa surpresa que ela queria fazer para seu marido que faria aniversário em 15 dias. Pediu que eu fosse em sua casa por volta das 14 horas, pois assim as duas crianças não estariam em casa e assim não correria o risco de darem inocentemente com a língua nos dentes.

Cheguei no horário marcado, interfonei e ela pediu que eu subisse. Chegando lá, tudo normal, cumprimentos habituais e um convite para um cafezinho. Batemos um papo e ela me disse que gostaria de programar a festa do meu compadre e me deu uma ideia do que queria fazer. Ela usava um shorts justo e uma camiseta branca igualmente apertada. Como ela é siliconada, aquele volume todo ficou chamando a minha atenção, prova é que de tanto olhar fui pego no flagra. Em um destes meus desvios de olhares ela percebeu e perguntou o que eu estava olhando e se havia alguma coisa de errado. Pedi desculpas e disse que não tinha como evitar. Ela sorriu e saiu da sala. Foi até a cozinha e voltou com duas latinhas de cerveja e disse que deveríamos mudar o “ pedido “ pois estava quente para o café. Sentou-se desta vez mais próxima, no mesmo sofá, cruzou as pernas de uma maneira sensual. Depois de 4 ou 5 latinhas ela me perguntou se eu a achava bonita e eu eu falei na lata: bonita e gostosa!!! Seu rosto ficou enrubecido e mesmo assim abriu um sorriso. Então ela me disse: te quero! Me dá um beijo? Nossa, fiquei doido, sempre tive tara por ela mas sempre a imaginei inatingível e até então ela nunca havia me dado nenhum tipo de abertura . Pulei de onde eu estava e comecei a beijá-la como um tarado. Apalpei cada centímetro do seu corpo, arranquei a camiseta e o soutien e em segundos seus seios maravilhosos estavam na minha boca. Chupava, lambia, mordia… a única palavra que saí da minha boca era “ gostosa “. Ficamos de pé e nos despimos ali mesmo na sala. Sentei ela no braço do sofá, me ajoelhei e comecei a chupar sua bucetinha completamente depilada. Ela segurava meus cabelos com força e pressionando contra como se quisesse dizer que dali não sairia mais. Gemia forte me assustando de certa forma com medo dos vizinhos no prédio. Então ela anunciou o gozo, senti na língua todo seu liquido e ela trêmula respirava ofegante. Fiquei ali lambendo sua xoxota até que ela mostrou seu lado depravada. Me disse : seu puto, quero que você enfie seu pau na minha boca, quero apanhar na cara com ele, quero que você esfregue, quero chupar suas bolas e você não poderá tirá-lo da minha boca antes de eu receber a última gota do teu leite. Falando assim, quem não obedeceria? Fiz o que ela mandou! A fome era tanto que ela por vezes chegava a assoprar meu saco, cumpriu o prometido com maestria e me fez gozar em menos de cinco minutos. Chupou até o fim . Meu pau estava limpinho, era tudo dela. Neste ponto já estávamos deitados no chão no meio da sala. Fomos para o chuveiro, tomamos um banho e fomos direto para o quarto do casal. A cama do meu compadre agora seria usada para traí-lo, mas a vontade em possuir a sua fêmea era mais forte e não tive pudor.

Ela deitou abriu suas pernas e eu na posição tradicional papai e mamãe enfiei meu caralho. Abandonamos o sexo anterior e passamos a fazer amor. Nos beijávamos muito, trocávamos carícias e ela pedia ao pé do ouvido que queria mais vezes, várias vezes em vários dias. Queria que fôssemos amantes e eu de pronto aceitei.

Mudamos vária vezes de posição, deitados de ladinho, ela por cima, sentados na beira da cama, de quatro… naquele dia não rolou um anal, mas ficou prometido para a próxima. Hoje faz exatamente um ano que estamos nos encontrando. Seja em motéis, hotéis, na minha casa ou na dela. O fogo não passou. Não existe nenhum tipo de cobrança e nos preocupamos apenas em dar prazer um ao outro. Agora estamos na fase de querer colocar mais um casal na história, para deixar tudo isso mais picante, mais sacana. As pesquisas começaram. Falamos inclusive em plantar uma sementinha na minha esposa e no meu compadre, mas estamos com medo da reação. Vamos ver, quem sabe?

No meu próximo conto, o segundo ato desta história, que aconteceu em um motel ! Beijo Poli.

Comentários

14/11/2014 09:55:40
Ótimo muito bom
13/11/2014 14:25:48
Bom conto.
13/11/2014 14:19:30
q conto excitante
13/11/2014 13:49:52
muito bom!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


pedreiro fode menina em cima do andaime pornôContos eroticos sou uma puta engulonovinha com beloto do grelo grandebaixinha chupadora de espermacontos eroticos nao sei como eu aguentei o pauzao do cifoa negrocabeção cantando xeretandoPenis flacido castrar contoscornolandia contosconto erotico gay meu dono dei meu cu de presente de aniversarioMaceio alagoas meninos mostrando o pênis duroIrmanzinha linda dando o cu apertado apunsoirma gemeas ciumes por isso se chupam pornoxexoc calcinhas brancas mulheres bucetudasContos mesmo depois de casada meu primo me enrabougozada de mule napica pornodi dicavalovideo omem fragado botando arola pra levantando as saia das muulhres dentro do onibunscontos eeroticos transando com a esposa e cunhada no interior do paranao vizinho safado do 205 conto gaytravestis negra brasileira dotada no motel ganha punheta tremendo muitocontos eróticos vovó transando com cavalotia camisola sem sutiagostaria de ver vídeo de mulher dá bunda grande lavando a calçada de microshortfotos cazeira bucetas escapando pelo vestidoirmao.ingravidando.irma.metendi.na.buseta.sem.camlsinhameu maridinho me deixou fuder na madrugadax ezibisao de conas frescasfilme de sexo com a minha sogra de remédio por meu sogro dormirMeu irmao tirou minha virgindade da minha buceta no motel conto erotico de incesto de irma virgem e irmao no motelcontos filha no barco c amiguinhaconto erotico de corno paraensecontos eróticos gay o tratador de cavalofilmes de diabo comendo ninfetas da belosexocontos de viadinho dr calsinhameu cu é todinho teuFamiliasacana queridi.ho da mamaecontos casadas chupadeirashomem peludo com o penis levantado elatejando de tesaocontos.gozei como louca na pica do meu filhocontos de maridos q gostam d ser corno e levam pirocudos pra comerem sua mulher em ksaseduzida por um estranho contos pornovídeo de mulher com o Playboy mostrando a bunda no conto o homem sendo o piru da xana delasexo com coroa ruiva baixinha gostosa peituda de buceta bem peluda fidendo xom bem dotadofamilia surubaginecologista gemendo baixinho pra ninguém escutar porno doidoxxxvideos gozandone buseta da ninfetarebola. simone. pra. mim. gosa. jatou. de. pau. duroflagga de mulheres deficiente fisica se mastubandoespiei a minha madrasta gostosa e fiz um vídeo caseiro delacarolzinha santos e suas amigas trepano no churrascocontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grandecasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetaminha mulher fodemdo com e olhando para mim com cara de safada gemendo gritando e chamando dizendo ta bom corno corninho ta vendo tua mulher semdo comida fudidabdsm humilhaçao extrema contoEle me fodeu gostosomolekes.pelados.com.a.rola.melada.de.espermacasa do conto meu irmao me encoxoucu arrombado da minha esposa depois da noitadaencoxei minha tia peituda (contos).gozanu gostozo na bucita da irma dominu xvidestavinhomg casa dos contosbaixar xvideo de aluna ta secando minha bucetadoidinha pra meter com velhocontos exitantes nora tarada passeando com sogro tesudotravestis negra brasileira dotada no motel ganha punheta tremendo muitoporno novinha trezeno com namorando da migavinha perdendo a virgindadeconto erotico gay na saida do bar de madrugada um travesti me estuprouver vidio padrasto da pica muito loga comendo a itiada virger o pau entrou de veis ela desmaioumas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?pornô em Carmo da Cachoeira na ruaso puta dancando sexual e menor mostrando o peitinho e bucetinha enchada marcado a calcinhao vídeo de um homem e uma mulher dançando pelada com botãozinho para minha boca sem travar para não escolher se eu quero ou não aquele é minha nota porfavor aquele preto50 tons de gizconto dupla penetracaoporno irma tremendo no pau ate o fundocasadas sirrricasconto erótico gaay sonbra de gaelhttp: // venus. workupload. com/ image/Siu76V3Uhomem, gozando, dentro, da, biceta,, dwmulher, gravida, no, carrocontos de surubas inesperadas com esposacontos erotico chantagiei e depilei minha sogracontos de sexo com senhores SafadãoincestocrenteCasa dos contos eróticos perfil pluto69pai tem pauzao descomunnal e soca tudo no cusiho da filha gostozinhacomeinha buceta to com tesãovideo de homemmorde vaginaver videos de marido tanpano os olhos da esposa e levando outro homem para fodela