Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

BAD ROMANCE - Capítulo 02

Autor: StoryBoy
Categoria: Homossexual
Data: 17/11/2014 20:33:10
Nota 9.89
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

– Sério isso? – indagou Julian dando um passo a frente e logo tornando a sorrir completamente despreocupado – Atira!

– Para trás... – Evan tremia sem parar e quando percebeu Julian ainda mais próximo suas mãos pareciam não ter o menor controle e num pequeno descuido levou a pior. Julian tomou a arma de suas mãos e passou a aponta-la para o mais novo – Vai atirar em mim?

– Você é um covarde! – com uma mão inclinada e o cano do revolver colado ao peito de Evan o mais velho puxou o gatilho com uma risada larga – Se isso não fosse de brinquedo você estaria muito fodido agora.

Evan sentiu sua camisa molhada, ele estava tremulo quando olhou para o tecido branco todo húmido tingido de um vermelho carmim, mas não era sangue. A arma sequer era verdadeira.

– Você mentiu pra mim.

– Você é muito otário, se isso fosse de verdade e você não tivesse atirado... Eu teria retribuído só que ao invés de tinta sairia algo bem pior!

– Você me fez pensar que mataria nossos pais se... – Evan olhou-o com desprezo – Você não vai encostar um de seus dedos sujos em mim, nunca mais.

– Isso é o que veremos maninho!

Enquanto isso na cozinha da residência Greene, Lola organizava alguns utensílios no armário quando foi surpreendida por um ligeiro tapinha em suas costas que quase a fez cair do banquinho em que estava. Lola já era uma senhora de cabelos brancos e pele enrugada que trabalhara na casa desde o nascimento de Evan, há muitos anos vivia no país de forma irregular com sua família e, qualquer coisa em sua idade tendia a assusta-la. Lola virou-se com a mão no peito e fez uma cara de alivio ao ver seu neto ali de braços cruzados com um violão em suas costas.

– Lucas meu neto, nem te vi entrar, por que trouxe este violão?

– Oi vovó, vim pelos fundos, o jardineiro sempre implica comigo por nada quando chego pela entrada principal! – Lucas pensava que o jardineiro era um maluco.

– Mas também, olha só a forma como você se veste. – ele usava tênis xadrez, calça jeans cinza-claro com um rasgo no joelho e regata preta com estampa de caveira – Mas e o violão?

– É que eu disse para o Evan que sabia tocar e ele não acreditou então eu vim provar que sou bom!

– Lucas... Por que não passa mais tempo com os garotos do bairro?

– Porque eu sou amigo do Evan e não dos “garotos de bairro”, qual o problema nisso vovó?

– Ele é um menino rico, é boa gente, mas tem suas diferenças.

– Vovó a gente já falou sobre isso um milhão de vezes. – Lucas deu um beijo apressado na bochecha de Lola – Vou procurar o Evan pra ele ver que eu sou um músico de primeira!

Na sala o clima não poderia ser menos incomodo, tudo parecia um pesadelo até que o celular de Julian tocou e o mais velho saiu apressado, da janela Evan reparou em sua presa ao dirigir como se o mundo estivesse acabando. A pesar de não entender o que se passava ele suspirou aliviado.

– Evan... – gritou Lucas perdido pelos corredores – Onde você está? Sua casa é um labirinto, me diga que não há um Minotauro por aqui em algum lugar...

– Lucas? – o garoto de visual rock logo com seu violão havia encontrado o caminho.

– Caramba. – disse ele se aproximando – Ou isso é moda nova ou você precisa ir para um hospital agora mesmo.

– Não, é que eu... – Lucas fez uma cara de pânico que fez com Evan também se calasse por alguma razão.

A falsa arma estava no chão e abaixo de Evan havia uma pequena poça vermelha. Lucas não pensou duas vezes e correu em direção ao amigo, pegou-o em seus braços e praticamente o arrastou para o sofá onde o pôs deitado como se ele estivesse nas últimas.

– Meu deus... Você levou um tiro...

– Não foi de verdade. – explicou ele impressionado com a força de seu amigo que nem sequer aparentava tê-la – É só tinta, a arma é de brinquedo!

Lucas tremia um pouco ainda pelo susto, seus olhos verde-esmeralda tinham um brilho manso, seus lábios levemente rosados estavam inquietos, sua respiração ofegante e seu coração disparado. Evan sorriu sem graça para demonstra que estava bem de fato e então mesmo não gostando de exibir seu corpo pálido e magro retirou a camisa. Foi como se Lucas recobrasse o folego em confirmar que estava tudo bem mesmo.

– Quase morri de medo pensando no pior. – admitiu timidamente – Essa foi à brincadeira mais sem graças de todas, não faz mais isso.

– E esse violão?

– Ah sim, lembra que você duvidou quando eu te disse que sabia tocar?

– E você veio aqui só para se exibir?

– Sim! – os dois riram – Mas não foi só por isso.

– Pelo que mais?

– Já faz alguns meses que você tá estranho, eu queria saber se posso te ajudar em algo, ou sei lá? Evan o que tá pegando com você cara?

Antes que Julian o tivesse obrigado a ir para cama com ele, Evan era um garoto normal que se divertia e ria o tempo todo, fazia bagunças em sala de aula, ia jogar bola ou a lugares diferentes com os amigos. Meses antes sua vida parecia ser muito melhor. Em seu rosto lagrimas caiam e Lucas tinha certeza de que algo muito grave havia acontecido, mas nunca poderia imaginar algo tão terrível e, Evan nunca teria coragem de lhe contar a respeito da noite que desgraçou sua vida.

– Evan? – seus dedos secavam as lagrimas que pareciam pesar sob a face do outro – Algum babaca lá no colégio te ameaçou? Porque se for isso eu acabo com o infeliz...

– Lucas não foi nada. – mentiu.

– Eu nunca vi pessoas chorarem por nada e, você era a única pessoa que eu jamais pensei que veria chorar!

– Por que não toca seu violão? Ou você realmente não sabe? – desafiou na intenção de desviar o foco da conversa.

– Tudo bem, mas depois você vai me explicar à razão de você ter mudado tanto.

Após retirar o violão da capa, Lucas sentou-se ao lado de Evan e endireitou sua palheta entre os dedos. “Eu toco e você canta” sugeriu, “Certo, vai ser qual?” indagou Evan tentando se animar um pouco, “Garota de Ipanema”, após contar até três Lucas começou a introdução pelo violão e mostrou a língua para indicar que ele já poderia entrar com a voz.

Garota de Ipanema (por Evan Greene)

Olha que coisa mais linda

Mais cheia de graça

É ela menina

Que vem e que passa

Num doce balanço

A caminho do mar

Moça do corpo dourado

Do sol de Ipanema

O seu balançado é mais que um poema

É a coisa mais linda que eu já vi passar

Ah, por que estou tão sozinho?

Ah, por que tudo é tão triste?

Ah, a beleza que existe

A beleza que não é só minha

Que também passa sozinha

Ah, se ela soubesse

Que quando ela passa

O mundo inteirinho se enche de graça

E fica mais lindo

Por causa do amor

Assim que Evan terminou Lucas largou o violão e começou a aplaudi-lo. Evan riu achando-o bobo e por alguns instantes seus olhares se encontraram de uma forma que parecia que o tempo houvesse parado naquele exato segundo.

– Você canta muito bem!

– Você também é ótimo no violão!

Seus olhos mantinham-se fixos e seus rostos muito próximos, talvez até demais a ponto em que seus lábios mantinham mínimos centímetros de distancia, até que inevitavelmente aconteceu. Seus olhos fecharam-se naturalmente quando os lábios selaram. Suas línguas se tocaram como se comemorassem um encontro a muito esperado.

– Merda de... – Julian parou na porta sem conseguir acreditar no que via – Evan?

-----*-----*-----*-----*-----*-----*-----*-----*-----

CONTINUA... (créditos da música – Tom Jobim)

-----*-----*-----*-----*-----*-----*-----*-----*-----

Olá gente, fico feliz por terem conferido, votado e comentado ao primeiro capítulo - vocês são incríveis! Bom, gostaria de me desculpar pois achei fraco esse capítulo - é daqui que surge nossa trama central paralela ao "incesto" que é mais um abuso sexual que tudo - o próximo capítulo vai ser mais hard, emoções a flor da pele - que cê achou da arma ser de brinquedo? Evan e Lucas se beijaram, mas Julian os viu, garanto que o vilão não vai ser nada legal com isso, o cara é doente pelo irmão e é capaz de tudo por ele. Continue comentando (votando - dê a nota que você considere justa) e é isso. Um beijo e dois queijos procê - 19 NOV, 2014 tem mais dois capítulos aqui na CDC o 3' as 08h40min e o 4' as 20h30min.

Comentários

06/07/2015 14:58:37
cadê vc?
10/12/2014 10:04:35
amei muito, esperando ansioso o proximo cap., ñ demore muito para posta, seu enredo é diferente, mas incrivel, até o proximo cap. bjs
22/11/2014 22:50:26
Amei.
18/11/2014 01:47:39
Nossa adorei a história e o tema, são bem originais e vc escreve muito bem!!! Ansioso pelos pelos próximos capítulos! ^^ bjos
18/11/2014 01:02:08
Gostei, demais
17/11/2014 22:31:54
Gostei do conto mas seria melhor se você escrevesse na primeira pessoa porque assim fica uma pouco difícil de entender
17/11/2014 22:30:37
Nossa ja sou fã! Se quiser leia meu conto e diga oque acha.Sua escrita ta 10 e amei os personagens... Nota 10 fofis
17/11/2014 22:20:49
Muito bom. Seu enrredo parece que vai render uma historia muito interessante. 10
17/11/2014 21:43:45
gostei do seu conto moçinho!! um enredo diferente. dos abituais da casa .anciosa pelo proximo beijooo
17/11/2014 21:31:40
Ameiii

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


conto sexo cu por gustadei o cu video para o time inteiro de futebolna hora do sexo o que pode ser feito com o halls pretocanil de cadela zoofilia pornocomo amasiar um bum-bum super sexomobile zoofilia com cachora femianefinhas gostosas fodendo muitocontos quentes de padrasto tarsdosanporno irma louca pra da o cu pro irmao provoca ele ate ele come cu delasexp.conto.mae.filho.comFamosos cafuçu no braco todo nu peladomulher bebada foi tamar banho e acordou ebgatada pelo cuporno brasileiro oilando o gay brasileiro da banda lizinha tomar banhoesfregando no busao quando ela descuidou entrou na xanaconto comendo cu na marra da santistaDesabafo de uma mae cap Vpeões de obras para Dudu f****** v******* contos eróticos gaysbaixar v caseiro so de morenas da b grandes queimadinhas com marca de biquines de quatro gozando e escorendo p bt com pica toda no cucontoprimeirafodamulher levanta profunda fazendo corda no pirocaofui enrabada/contosmullheres fodem tarado apulso como vingancaabaixar tema vendo o primo transando com boneca inflávelContos eroticos fui estuprado por travesti do pau grande e cabesudo comi uma egua dentro de casa contobaixa lourinha cafungada com o negaocontos eroticos opostos que se atraemrelato quenquinha velha casada com raiva do marido so querer ir para o bar sai e da a buceta para estranho no motelporno com homem com baita tigãomédico explicado chupar bucetas doença transmitinovinha do priquito ruivo contosfavelenta xvideocontos gay virei menina sissycontos aiíiiii hum aiaiacoroa e varoa safadamulheres mortas com a bucta scheia de porranovilhas darno o cu sexonovinha louca pra mamar um cacete do coroa bebadomulheres com shortinho curto rebolando no pau de fogueira de caçadorporno novinha no malabarismo com duas rolascoloquei duas bolinhas de golfe na bucetaa japonesinha que não aguenta e se mijacontos eroticos nupcias blogspotninfeta de fio atolada no fundilcontos comi a cunhadinha parte 2 bunduda virgem novinhacontoseroticos de prima e seus primospornô sexo garota transando com apitando o quarto deitadamulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornocontos meu genro tesudomeche gostozo estou gozado dentrovídeos pornô com novinha gostosinha Sukitavideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetatransei com minha visinha casada no quintal delaContos eróticos a gordinha e personal trainervovô taradaporsexosporno-casados-fas-porno-pelo-buraco-da-paredeSogra Contos Eroticoscontos de sexo depilando a sogracontos bdsm enfiei uma agulha nos meus seioso play boy e o plebeu 04 casa dos contosvídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçatira ochorte pica nela pornofilme porno gay papis negao abusa de jovem mundo bichafazendeiro me comeu montado no cavalo contos eroticoscontos lactofilia com fotos ou videodeixo unegao desmarcado goza dentroporno do padre fudeno casada comfusarelato erotico padrasto pauzudocontos gay virei menina sissydoce nanda contos eroticoscasada foi pra oficina dar pros mecanicostrabalhadora chote curto pornoContos padrasto fode filha novinha enchenteconto de padrasto socando a punhetasafada de saia curta e vizinho olhandonando ta duendo nando ai minha buceta nando ceta poinhndo tudoxvidios outros purai favoritos