Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

DEI E GOZEI COMO NUNCA!

Autor: Giselle
Categoria: Grupal
Data: 29/12/2014 05:31:11
Última revisão: 09/05/2015 09:04:31
Nota 9.67
Ler comentários (15) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Cristhian é meu nome, mas desde adolescente virei Cris para os amigos.

Descobri que por mais que tentemos planejar nossas vidas de uma maneira tranqüila e sem muitas surpresas dificilmente deixam de acontecer situações que fazem as coisas virarem de pernas pro ar e comigo não foi diferente. Por isso resolvi contar para todos, sem omitir nenhum detalhe, tudo que se passou comigo desde quando era garoto.

Na adolescência sempre fiz muitos amigos principalmente porque meu pai sendo um homem cheio da grana, dono de uma grande empresa atacadista de alimentos, me dava uma ótima mesada e por esse motivo no colégio e no clube que freqüentava toda vez que precisava comprar alguma bola ou camisetas para o time eu me propunha a contribuir generosamente e logicamente todos os garotos me queriam no time mesmo não sendo um jogador excepcional.

O esporte no qual me destacava era na natação e por esse motivo eu tinha um corpo legal com coxas grossas e um bumbum empinado maior que o da maioria dos colegas e que chamava a atenção fazendo com que sofresse assédios dos amigos mais taradinhos que viviam me atazanando querendo fazer troca-troca comigo. No começo isso me irritava um pouco, mas logo percebi que isso só acontecia da boca pra fora, no fundo eu gostava muito. Só que pra disfarçar eu chamava pra briga e xingava alguns quando isso acontecia.

Sempre tentei manter afastados os amigos mais taradinhos com minha “braveza”, mas alguns um pouco mais velhos e experientes sacavam que minha resistência não era tanta assim e quando após os jogos tomávamos banho no vestiário onde todos ficavam nus sempre rolava algumas encoxadas e as famosas passadas de mão. Outra coisa que chamava a atenção dos garotos era o tamanho do meu pinto que era um dos menores da turma e os safados diziam que o que faltava na frente sobrava na bunda.

Foi então que um belo dia quando com mais 3 amigos fomos nadar em uma lagoa pertinho da cidade acabei perdendo o cabacinho com um deles que me “convenceu” a fazer troca-troca com ele. O safado deixou esfregar meu pintinho na bunda dele, mas logo me virou e disse que ia me comer primeiro e rapidinho socou o pinto dele no meu cuzinho e quase nem senti dor e enquanto ele metia em mim eu bati uma punheta bem gostosa. Quando ele gozou melecando meu cuzinho de porra gozei junto e quando o taradinho tirou de dentro de mim olhei pro pinto dele vi que era bem grandinho e percebi que tinha adorado ter feito aquilo. Foi tão bom que logo repetimos a safadeza e outro amigo me comeu e não demorou para que o terceiro também quisesse me comer. Minha bunda redonda e grande deixava meus amigos safados doidos pra me enrabar.

Eu até tentava comer algum dos meus amigos, mas com meu pintinho pequeno eu só roçava na portinha do cuzinho deles, mas logo percebi que o que eu gostava mesmo era de ser pego por eles e bastava me chamarem que eu dava e rebolava gostoso no pinto deles.

Minha fase de adolescente viadinho cada vez ficava mais deliciosa e foi então que no fim do ano se mudou na minha rua um rapaz 2 anos mais velho bem legal e logo fizemos amizade e quando o convidei para jogar vídeo game em casa ao ficarmos sozinhos no meu quarto e ele foi fazer xixi no banheiro vi que ele tinha um pinto bem maior do que dos amigos que me enrabavam e todo safado fiquei muito excitado querendo dar pra ele e quando todo safado o chamei pra fazer troca-troca sem meias palavras ele disse:

-já saquei que você é um viadinho bem safado... já tinha reparado que você rebola essa bunda gostosa que nem uma menina... se quiser dar pra mim eu vou te comer... mas sem fazer troca- troca!

O safado foi tão direto me chamando de viadinho que pensei em desistir, mas quando olhei pro short dele e vi a barraca armada meu cuzinho piscou e já fui tirando a roupa e deitando de bruços na minha cama. Renato era o nome desse garoto pauzudo e quando ele se deitou sobre mim e seu pauzão todo babado encaixou no meu cuzinho fiquei todo tarado e joguei a bunda pra trás e ele socou firme até o talo. Que pauzão gostoso o safadinho tinha... gozei rapidinho com ele me comendo sem dó socando forte me chamando de viadinho gostoso... que meu cuzinho era apertado e minha bunda uma delicia. Todo dia queria dar pro safado e foi com ele que perdi a virgindade da boca. Nunca tinha chupado nenhum pinto antes do Renato surgir em minha vida e quando um dia ele tirou o pau pra fora e me mandou chupar até tentei sair fora, mas todo macho disse que se não chupasse seu pau bem gostoso não ia mais comer meu cuzinho e tive que me submeter aos seus desejos.

Como tinha acontecido na primeira vez que dei meu cuzinho também adorei chupar um pau e quando ele gozou enchendo minha boca de porra quentinha segurando minha cabeça e me forçando a engolir tudo foi incrível perceber que em vez de achar ruim acabei viciando em tomar leitinho de macho direto na fonte. Renato fazia o que queria comigo e até uns tapas na minha bunda ele dava mandando rebolar no seu pau.

O tempo passava e quando Renato se distanciou de mim ao arrumar uma namorada logo apareceram outros rapazes pra me comer bem gostoso.

Percebi que meu pinto depois que comecei a gozar bastante até cresceu um pouco e deixou de ser pequeno demais medindo 12 cm.!

Foi então que com 18/19 anos acabou acontecendo uma coisa que iria me fazer mudar todo meu comportamento.

Tinha levado um amigo do cursinho em casa pra transar achando que estava sozinho e quando estava de bruços sendo comido por ele a porta do quarto se abriu e fui flagrado pela minha mãe. Apesar dela não falar nada na hora depois que o cara foi embora toda brava disse que se eu não tomasse jeito e parasse com essas safadezas ia contar tudo pro meu pai e cortaria todas as minhas mordomias além de talvez fazer coisa ainda pior. Tive a plena convicção que aquela vidinha de viadinho quase assumido tinha que acabar porque percebi que minha mãe não era mulher de só ameaçar não, com certeza se me pegasse novamente iria me entregar pro meu pai e se tinha uma coisa que sempre gostei além de dar o cuzinho era de ter dinheiro e poder gastar a vontade comprando tudo que desejava. Só de imaginar que poderia perder meu carro novo que tinha acabado de ganhar já me deixou todo preocupado e decidi que iria me comportar como um “homem” principalmente na faculdade que comecei a estudar. Abandonei os amigos de safadeza, passei a frequentar lugares diferentes e estudar bastante, papai queria que me formasse em administração de empresas pra ajudá-lo em sua distribuidora que cada vez crescia mais no mercado.

Minhas brincadeiras sexuais eram apenas com um vibrador importado que parecia um pinto de verdade e com ele gozava bem gostoso.

Logicamente que vivia sonhando em ter um macho bem pauzudo engatado na minha bunda “de menina” me fazendo rebolar como uma putinha gozando deliciosamente, mas eu sabia que isso só iria acontecer novamente quando conseguisse minha independência financeira.

Depois de algum tempo já com 22 anos percebi que minha mãe já não ficava me vigiando tanto e tudo ficou ainda melhor quando uma noite depois das aulas conheci uma garota chamada Cinthia em uma lanchonete perto da faculdade e logo nos tornamos bem amigos.

Cinthia era uma garota de 24 anos, loira de cabelos longos, 1.70m., um corpo espetacular tipo frequentadora assídua de academia e que por usar roupas extremamente curtas e sensuais chamava a atenção de todos quando passava com seu rabo empinado desfilando em cima de suas sandálias de salto alto.

Minha amiga Cinthia demonstrou de cara ser uma garota autêntica que falava na lata tudo que vinha na sua cabeça. Ela trabalhava de vendedora em uma boutique no shopping e morava em um apartamento não muito distante da faculdade. Na lanchonete onde a gente sempre se encontrava pra bater papo e comer lanches depois das aulas desde a primeira vez me ofereci pra pagar e ela sorrindo disse:

-Cris... meu querido... não pense que vou dizer que não precisa pagar... sou uma pobrezinha sem orgulho nenhum... vou adorar que você pague a minha despesa... a grana anda curta demais pra fazer cu doce e ficar dando uma de pobre metida... de jeito nenhum... pode pagar minhas contas sempre que quiser e tiver vontade... juro que não vou achar ruim! Hihi!

Cinthia era uma mulher bem alegre sempre contando piadinhas e também super carinhosa. Vivia pegando em minhas mãos e passando as suas em meu rosto e de vez em quando me abraçava gostoso quando a gente se despedia.

Uma noite que estava chovendo ela pedia pra deixá-la no seu AP e quando chegamos me convidou pra conhecer o lugar e subi com ela.

Quando entramos vi que era um AP pequeno, mas bem aconchegante, ela ligou a TV, pegou uma latinha de cerveja e me ofereceu dizendo:

-Comprei essa marca há uns dias atrás porque eu sei que você gosta dela... estava mesmo querendo que você viesse aqui me visitar! E já que meu querido amigo veio... peguei emprestado uns filmes de uma amiga... que tal assistirmos juntos?

Lógico que concordei no ato era sempre um prazer estar ao lado daquela garota de uma alegria tão contagiante e então me sentei no pequeno sofá e ela disse:

-acho que antes vou tomar um banho porque fui do serviço direto pra faculdade e quando chego ao meu cafofo fico louca por um banho então prometo que não vou demorar... fique a vontade... se quiser tomar mais uma é só pegar na geladeira... agora se você resolver tomar muitas... vai ter que ir buscar mais... só tem meia dúzia! Hihi!

Dei um sorriso e em seguida Cinthia fez uma coisa totalmente inesperada. Apos tirar a sandália virou de costas e de uma forma completamente natural tirou o vestidinho ficando só com uma calcinha fio dental totalmente atoladinha e pra minha surpresa em seguida tirou a calcinha e virando de frente pra mim, levou a calcinha até o nariz e com um sorrisinho sacana disse:

-hummm... mesmo tendo tomado um banho só de manhã... minha bucetinha ainda tá cheirosa e limpinha!

Fiquei de queixo caído com o que Cinthia tinha feito e meus olhos percorriam seu corpo maravilhoso de cima em baixo, os biquinhos dos seios estavam durinhos e sua bucetinha totalmente lisinha se mostrava bem cheinha e fiquei totalmente sem fala e a percebendo meu estado ela deu um sorriso e se ajoelhando diante de mim disse:

-Cris meu querido... nossa... parece que você viu uma ET... vai me dizer que você nunca viu uma mulher nua? RSS. Ou será que me achou feia?

Sem querer Cinthia tinha acertado quanto a ter visto uma mulher nuazinha ao vivo, isso nunca tinha acontecido mesmo, só em filmes e então depois de alguns segundos sem conseguir dizer nada, resolvi que não ia ficar mentindo e gaguejando um pouco disse:

-Eu... Cinthia... eu nunca tinha visto nenhuma mulher nuazinha antes de você... juro... sempre fui muito tímido com mulheres... eu... nossa... nem sei o que dizer... mas... uma de coisa tenho certeza... eu já te achava uma gatona com roupa... agora que te vi nuazinha... você é linda demais!

Ela então entrou no meio das minhas pernas e colocando os braços sobre as minhas coxas deu um sorrisinho safado dizendo:

-ainda bem que disse que sou linda... senão nossa amizade ia acabar hoje mesmo... mas... jura você com 22 anos ainda é virgem... pode falar tudo pra mim... juro que não vou te zoar... sempre te achei um cara muito legal... eu tô louca de vontade de dar pra você já faz tempo... te chamei hoje aqui por esse motivo... mas achei que você só era um pouco tímido... não que nunca tivesse transado com nenhuma putinha... alem de gato... você tem carrão... dinheiro... achei que você já tinha comido um monte de putas! Vai me dizer que não gosta de mulheres... você é gay?

Não tinha porque ficar enrolando e resolvi abrir o jogo “quase” por completo dizendo que não sabia se gostava de mulheres porque nunca tinha transado com nenhuma e o principal motivo era por causa de ter um pau de apenas 12 cm. e apesar de ter algumas experiências sexuais com alguns amigos na adolescência já fazia vários anos que tinha parado com isso. Fiquei um pouco constrangido de confessar que sempre fui totalmente passivo nas minhas experiências e principalmente que gozava deliciosamente sendo enrabado por outro macho, mas achei que naquele momento isso não precisava ser dito e então Cinthia toda carinhosa me abraçou dizendo:

-relaxa querido... você pode não ter experiência... mas eu tenho de sobra... e não importa se você tem pintão ou pintinho... eu quero dar pra você e pode ter certeza que vou te mostrar o que uma putinha tarada e safada que ta louca de tesão por você pode fazer pra você gostar de transar com uma mulher... relaxa e não se preocupe com nada... só com o prazer que vou te dar!

Ouvir a voz carinhosa e cheia de tesão daquela garota nos meus ouvidos fez com o tesão tomasse conta de mim e não demorou mais que alguns instantes pra que minha calça e minha cueca estivessem fora do meu corpo e Cinthia com sua boca quente engolisse meu pau por inteiro. A safada deslizava as mãos pelo meu corpo me acariciando, apertando os biquinhos dos meus mamilos sensíveis e toda safada dava umas mamadas e olhando em meus olhos sussurrou:

-que delicia saber que sou a primeira putinha a chupar esse pintinho gostoso... hummm... deliciaaaaaaa... não é tão pequeno não bobinho... já vi menor... adoro pau pequeno pra chupar... da pra engolir todinho... quando quiser gozar... é so encher minha boquinha que eu adoro porra quentinha... ainda mais sendo porra de virgem... ahhh... to molhadinha... to com a buceta pingando... ahhh... fode minha boquinha meu safadinho!

Não consegui me controlar e dando um grito comecei a gozar e enchi a boca daquela putinha tarada que engoliu tudo e logo em seguida colou seus lábios nos meus com o gosto da minha porra e nossas línguas se enroscaram em beijos cheios de volúpia.

Depois dessa loucura inicial fomos tomar banho juntos e não demorou para que meu pinto ficasse duro novamente e quando voltamos para o sofá Cinthia ficou de 4 nele e toda putinha sussurrou:

-vem meu virgem safadinho... soca esse pintinho gostoso na minha bucetinha... come a sua putinha... sou toda sua... come minha buceta... meu cuzinho... faça tudo que tiver vontade... quero gozar gostoso com meu machinho virgem... me comeeeeeeeeee todinhaaaaaaaa!

Fiz o que aquela tarada deliciosa pediu e apesar do receio de não corresponder ao tesão que Cris demonstrava depois de alguns minutos senti que estava desempenhando razoavelmente o papel de macho. Cinthia rebolava como uma doida espetada no meu pintinho e a safada gemia alto gozando e quando senti sua bucetinha completamente molhada de seu gozo copioso tive a certeza que consegui fazer aquela putinha deliciosa gozar e isso me deu uma autoconfiança tremenda e soquei forte naquela puta tarada.

Depois de ter gozado uma vez consegui segurar meu segundo gozo bastante tempo e também comi o cuzinho delicioso da putinha, com certeza era bem mais apertadinho que sua buceta. O tesão que Cinthia transmitia era uma coisa incrível e intensa e não tinha como ficar indiferente. Quando ela bem safada se sentou no sofá e arreganhou as pernas e pediu toda tesuda pra lamber sua bucetinha que queria gozar na minha boca todo obediente fiz do jeito que me conduziu e comecei a sugar com força seu grelão inchado e apos alguns minutos ela deu um grito que ecoou forte naquela sala e puxando meu rosto de encontro a sua bucetona quente gozou tanto que melecou todo meu rosto.

A putinha então pediu que gozasse sobre seus seios e rapidinho atendi ao pedido daquela putinha maravilhosa e quando ejaculei Cris espalhou minha porra neles e bem safada pegava com os dedos o que escorria pelos lados do seu corpo e enfiava em sua boca engolindo tudo sem deixar escapar nenhuma gotinha.

Depois da minha primeira transa com uma mulher fiquei abraçadinho com aquela tarada incrível que havia feito com que me sentisse um macho de verdade e ela então dando uma risadinha sacana disse:

-pra quem se dizia totalmente virgem... até que aprendeu rapidinho né seu safado... pela sua timidez achei que nem ia rolar quase nada hoje... mas foi uma delicia... me fez gozar como uma cadela viciada... agora que você já experimentou mulher... quando quiser brincar de novo... é só me chamar... que dou gostoso pra você... alias... acho que da próxima vez vai ser ainda melhor... prometo que vou ser uma putinha ainda mais safada... vou adorar te ensinar tudo e mais um pouco!

Depois de mais um banho delicioso com Cinthia vesti minha roupa e fui embora todo feliz com o que tinha acontecido e quando a minha casa já passava das 2.00 h da manhã e quando fui tomar um suco antes de dormir minha mãe apareceu na cozinha e perguntou por que tinha demorado a voltar pra casa e na hora me veio na cabeça uma bela idéia e disse que por causa da chuva tinha ido levar minha namorada no AP dela e toda curiosa já quis saber quem era a “moça” e se era coisa séria mesmo. Dei um sorriso e beijando seu rosto respondi que ela era muito curiosa, porém não ia falar nada ainda porque meu “namoro” estava ainda no começo e não tinha como dizer se ia ficar sério, mas se isso acontecesse contaria a ela. Deu pra perceber que minha mãe ficou toda feliz dizendo que já era hora de eu tomar juízo e arrumar uma boa moça pra se casar.

Na noite seguinte depois das aulas da faculdade encontrei Cinthia e ela chegou toda sorridente me abraçando e brincou dizendo:

-espero que depois que acordou hoje não tenha se arrependido do que aconteceu... se por acaso você tiver um pai bravo e ele quiser me obrigar a casar contigo porque tirei sua virgindade... pode falar pra ele que sou uma mulher que não corre da raia... tirei o cabaço... me caso com você!

Cai na gargalhada com aquela conversa completamente maluca daquela garota e não demorou pra irmos para seu AP e o sexo voltou a rolar com a mesma intensidade da noite anterior e depois de gozar gostoso enchendo a boquinha da safada de porra Cinthia mostrou que sabia com fazer meu tesão voltar em segundos. A safada começou a lamber meu saco colocando as bolas na boca e logo senti sua língua deslizar deliciosamente entre o saco e meu cuzinho e isso fez com que meu pau ficasse durinho rapidinho e ela então virou de 4 e pediu pra comer seu rabo que queria gozar pelo cu.

Cinthia era completamente tarada e durante a semana inteira depois da faculdade íamos para seu AP e transávamos deliciosamente.

O que tinha começado com uma aventura sem compromisso se tornou uma relação maravilhosa de muito prazer e confiança. Passei a “bancar” a maior parte de suas despesas e adorava acompanhá-la ao shopping ajudá-la a escolher suas roupas e lingeries sexy.

Quando depois de 2 meses todo curioso resolvi perguntar sobre suas aventuras passadas toda safada brincou dizendo que se fosse me contar que já tinha feito sexualmente daria vários filmes pornôs. Cinthia deu um sorriso sacana e disse que já que eu estava querendo saber de todos os seus “segredos sexuais” iria me contar tudo sem esconder nadinha e contou que até os 16 anos morava em uma cidade pequena com sua família e quando ficou sabendo que um casal da capital que tinha parentes na cidade estava procurando uma “moça do interior” pra cuidar de uma criança Cinthia ficou toda interessada e foi com sua mãe conversar com eles e rapidamente aceitou a proposta de salário e depois de uma semana já estava morando na cidade grande.

Após alguns meses o patrão se aproveitava dos momentos que ficava sozinho com Cinthia para assediá-la passando as mãos em seu corpo que já era de mulher feita. Apesar de ainda virgem a safadinha já sentia bastante tesão e vivia brincando com o chuveirinho esguichando água morna em seu grelinho supersensível gozando bem gostoso. Essa safadeza durou mais algum tempo até que a patroa precisou passar algumas noites no hospital pra cuidar da mãe que tinha sido operada de uma hora pra outra e foi ai que o patrão se aproveitou de ficarem sozinhos a agarrou e tirou seu cabacinho sem dó. Cinthia disse que praticamente foi estuprada pelo patrão, porém a safada confessou que só ficou um pouco traumatizada na primeira vez. Quando o patrão no outro dia quis trepar novamente a putinha já deu bem gostoso e durante mais de ano transava quase todo dia. O patrão era um taradão dominador e foi com ele que Cinthia aprendeu a ser uma puta completíssima. Isso só terminou quando a patroa acabou descobrindo as safadezas deles e acabou sendo despedida do emprego e da casa.

Com algum dinheiro que ela tinha juntado durante o tempo que “trabalhou” resolveu que não ia voltar pra sua cidade do interior e foi morar em uma pensão enquanto tentava arrumar outro serviço e nesse lugar conheceu uma garota que trabalhava em uma “casa de massagem” e a convidou para experimentar a “coisa”. Cinthia topou e depois de uma semana já tinha arrumado alguns “clientes” assíduos e foi então que Lorena a dona da casa de massagem ao perceber que tinha uma putinha além de linda e novinha gostava do “serviço” a convidou pra morar no local e logo se mudou pra la.

Cinthia logo descobriu que Lorena gostava mesmo era de “garotas” quando depois de uns dias acordou de madrugada com uma boca quente e deliciosa chupando sua bucetinha e viu que era ela lambendo e sugando seu grelinho com uma volúpia incrível. Cinthia disse a safada sabia chupar uma buceta melhor que os homens e gozou que nem uma louca na boca sedenta da tarada. Ela ficou morando na casa de massagem durante um ano e guardou dinheiro pra montar o seu próprio AP e também voltar a estudar porque sabia que não podia ficar somente naquela vida, mas que de vez em quando algum homem, principalmente os mais coroas que eram bem generosos, ela aceitava os “convites” para sair e fazer programas e isso a ajudava a pagar cursinhos e as suas despesas mensais.

Cinthia interrompeu suas “confissões sexuais” pra ir ao banheiro fazer xixi e quando se sentou ao meu lado a abracei dizendo:

-mas... do jeito que você é linda e gostosa, além de ser uma putinha completíssima, nenhum homem quis te assumir e te “bancar” de verdade?

-ah sim... tive alguns... mas... depois que começavam a pagar as minhas contas... achavam que podiam mandar... ficavam cheios de ciúmes... queriam que mudasse meu jeito de se vestir... você sabe que adoro sair assim... toda gostosa... mostrando as pernas... a bunda... sou exibicionista mesmo... adoro sentir os olhares dos homens com tesão... ai já viu... quando eles ficavam chatos demais eu rapidinho mandava passearem. Eles pagavam minhas contas... mas não eram meus donos! Ainda mais que nunca consegui ficar com um macho só... quando tô com tesão e um cara chega chegando... todo taradão... eu sou uma garota safada que não resiste... abro as pernas facinho e dou bem gostoso!

-então vou ter que tomar cuidado pra não ficar chato... senão daqui uns dias você vai me mandar embora da sua vida!

-larga de ser bobo Cris... você é um cara tão diferente que com 22 anos ainda não tinha comido buceta e adorei que isso aconteceu comigo... sempre me trata como uma rainha... faz de tudo pra me agradar... adora desfilar comigo com minhas roupas de putinha e não se importa que os homens olhem e mexam comigo e já percebi que você até gosta muito seu safadinho!

-toda vez que me lembro do dia que você tirou meu cabaço... nossa... foi demais... você foi incrível! Sim... gosto mesmo... quanto mais curtas e coladas no seu corpo... você fica mais sexy e gostosíssima! Mas... você falou que nunca conseguiu ficar com um macho só... pelo jeito tenho uma namorada que gosta de botar chifres sua safada tarada! Será que tô cheio de galhos e não tô sabendo?

Cinthia me abraçou e pegando no meu pau que já estava durinho sussurrou nos meus ouvidos:

-chifres é quando o cara não fica sabendo... quando isso for acontecer... eu te conto tudo... a não ser que você não queira ficar sabendo... mas... eu acho que você é um namorado tão safadinho e diferente dos outros que acho que você vai gostar saber de tudo!

-eu... bem... acho que com você eu topo tudo Cinthia... você é uma maluca maravilhosa que me faz feliz demais!

-hummm... desse jeito vou ter que te pedir em casamento... marido lindo... com grana... me trata como uma rainha e diz que topa tudo... não vou deixar você escapar... iria adorar ser uma esposa putinha com alvará total do marido... hummm...seria tudo de bom! Hihi!

Já que Cinthia tinha “trabalhado” como massagista pedi que fizesse uma massagem em meus ombros que estavam doloridos e ela então pegou um óleo e me fez deitar de bruços no tapete da sala e também ficou nua e se sentou sobre minhas coxas quase em cima da minha bunda e começou a massagem bem devagar subindo as mãos pelas minhas costas e terminando nos músculos dos ombros e durante isso ficamos conversando e então Cinthia disse:

-meu querido... já tinha reparado que você tem um corpo lindo... mas agora olhando assim por esse ângulo... você deve ter sofrido bastante assédio quando era adolescente... você tem uma bunda linda e redonda e com certeza teus amigos adoravam fazer troca-troca com você!

Já que Cris tocara no assunto achei que podia me abrir um pouco mais e então disse:

-bem... isso é verdade... nossa... isso acontecia constantemente... principalmente depois do futebol no vestiário com todo mundo pelado... sempre tinha uns tarados que ficavam tentando me encoxar e passar a mão! Eu até ficava bravo... mas não adiantava!

-querido... tenho certeza que os garotos que fizeram troca-troca contigo devem ter saudades da tua bunda até hoje... tua bunda além de bonita e carnuda... parece muito de uma mulher... alias... se você colocar uma calcinha e ficar assim como você esta... e tirar uma foto ninguém vai dizer que é bunda de homem. Hihi!

-sua maluca... vai ficar me zoando agora é sua putinha... posso ficar bravo com você também... já não basta o assédio que passei com os garotos ... agora minha namorada também é?

-querido... deixa de onda... que eu sou uma garota bem mais esperta do que você... e agora que tirei o teu cabaço... to me sentindo quase a sua dona... mas que você não me contou tudo que andou fazendo na adolescência tenho absoluta certeza... e acho que você devia me contar... eu ia adorar saber tudo... me fala vai... teus amigos adoravam comer seu cuzinho né... se eu fosse um homem eu ia te enrabar sem dó... conta pra mim!

Cris parou a massagem e se deitou sobre minhas costas e toda safada colando seu corpo e sua bucetinha lisinha na minha bunda e colocando sua boca bem pertinhos do meu ouvido sussurrou:

-fala a verdade pra sua namorada putinha... você já me contou que teve varias experiências com outros garotos... mas... eu quero que você confesse uma coisa que vai me deixar com tesão... você gostava de dar né seu safadinho... e tenho certeza que teve algum garoto que deve ter te comido bem gostoso e que deixou saudades... conta pra mim quem foi esse machinho que te fez gozar gostoso!

Cris toda safada esfregava sua buceta na minha bunda simulando que estava me comendo e não teve como conter meu tesão e acabei dando um suspiro que me entregou de vez e então sussurrei:

-sua putinha tarada... você é uma louca deliciosa... ta bom... teve sim... ele se chamava Renato e me comeu um monte de vezes... gozava muito gostoso com o safado comendo meu cuzinho e me chamando de viadinho... pronto... confessei... satisfeita agora sua putinha tarada!

Cris era muito mais safada do que imaginei e ela então foi descendo sua boca pelas minhas costas roçando sua língua na minhas costas e quando chegou na minha bunda deu umas mordidinhas de leve me fazendo arrepiar até a alma e voltando pelo mesmo caminho chegou até minha nuca e toda safada sussurrou:

-adorei saber que meu namorado gozou gostoso sendo comido por outro macho... seu taradinho safado... tenho certeza que teve mais alguns... você ta quase gozando sentindo minha buceta esfregando na sua bunda... seu tivesse um pau agora ia te comer bem gostoso... ia te fazer gozar como nunca... mas continua... fala tudo... ele tinha pauzão... te comia assim de bruços... você chupava o pau dele? Conta tudo pra sua putinha!

Todo tarado resolvi me entregar de vez e sussurrei:

-ahhh... sua safada... to quase gozando... sua buceta esfregando na minha bunda... ahhh... seria uma delicia se você tivesse um pauzão... ahhh... eu ia dar pra você bem gostoso... igual dava pro Renato... ele tinha um pauzão e sabia foder meu cuzinho... ele me comia assim de bruços... na minha cama... ahhh... o primeiro pau que chupei foi o dele... e ele me fez engolir a porra dele... ahhhh... pronto sua safada... agora você já sabe meu maior segredo... ahhh... quero gozar... ahhh... continua fazendo isso que ta uma delica... morde minha bunda de novo... to adorandoooooo!

Cinthia bem safada beijava minha nuca continuando a esfregar sua buceta na minha bunda e toda tarada sussurrava:

-então meu namoradinho gostava de ser a “menina” quando brincava com os amiguinhos... seu viadinho safado... tá louco pra gozar né... eu sei como fazer você gozar muito gostoso... quando pegava safadinhos do teu tipo na casa de massagem fazia com eles o que vou fazer com você!

Deixei-me levar pelo tesão e quando Cinthia me mandou ficar de 4 no tapete logo em seguida ela começou a dar mordidinhas na minha bunda pegando no meu pau apertando de leve e em seguida deslizou a língua no meu reguinho e quando tocou no meu anelzinho e linguou meu cuzinho com vontade dei um grito de tesão e tremendo que nem vara verde gozei sem controle melecando todo o tapete.

Quase desmaiei de tanto prazer que senti, minha “namorada” era uma tremenda safada que sabia como me levar à loucura sexualmente.

Depois de me revelar por completo tive a mais absoluta certeza que Cinthia seria a única mulher perfeita para mim e quando minha mãe me cobrou novamente conhecer minha namorada decidi que iria tomar uma atitude sobre meu futuro.

Foi então que depois de dois dias resolvi falar tocar sobre o assunto “casamento” e primeiro contei pra minha namorada que sobre o “flagra” que

minha mãe havia me dado aos 18/19 anos e a pressão que ela me fazia sobre “tomar jeito de homem” e o medo que tive que ela acabasse contando ao meu pai que eu era “viadinho” e perguntei se toparia conhecer meus pais e se casar comigo.

Cinthia toda carinhosa me abraçou e dando um de seus sorrisinhos sacanas disse:

-bem... claro que topo... eu sabia que depois que tirei teu cabaço isso ia acabar me trazendo problemas... mulher mais experiente abusa de rapaz mais jovem... ai já viu... fazer o que... vou ser obrigada a assumir né!

Com seu senso de humor Cinthia fazia tudo parecer mais fácil e então combinamos de marcar um jantar em minha casa pra apresentá-la aos meus pais e comentei que teria que ir vestida com uma roupa mais recatada porque tanto papai como mamãe eram pessoas bem conservadoras.

Cinthia disse que não precisava ficar preocupado com isso porque apesar de adorar se vestir como uma periguete exibicionista também sabia se comportar como uma dama quando necessário.

Apresentei minha “namorada” aos meus pais e eles adoraram a sua futura “nora” e senti que tinha feito a coisa certa e tudo ficou ainda melhor.

Depois de nosso “noivado” já com data marcada do casamento aconteceu uma loucura que ia provocar mudanças incríveis.

Cinthia já tinha me falado sobre uma irmã bem mais velha que morava no nordeste e então me disse que ela havia ligado dizendo que precisava mandar o filho Paulo passar uns tempos no sul porque o garoto estava correndo risco de vida se continuasse por la.

Lógico que isso tinha sido provocado porque o rapaz apesar de ter só 18 anos, era metido a garanhão e havia transado com a esposa e a filha de um vizinho da rua onde morava e o pai corno estava louco querendo pegar o safado.

Paulo iria chegar no outro dia de manhã e passou a ser o motivo de nossas conversas naquela noite.

-Cinthia... esse teu sobrinho é fogo hein... 18 anos e já tava comendo a mãe e a filha... que tarado hein!

-pra você ver... pelo jeito na minha família só tem gente tarada... minha irmã agora tem 35 anos... mas com 16 anos deu a buceta pra um negão e engravidou... ai nasceu meu sobrinho mulatinho... depois de um tempo ela se mudou pro nordeste... só converso com ela pelo telefone... como é funcionaria publica estadual e ganha bem não pode simplesmente pedir as contas e ir embora da cidade... vai ter que esperar a poeira baixar e depois o garoto volta pra casa!

-ah sim... vai ter que esperar o pai corno se conformar... a única coisa é que a gente não vai mais poder “namorar” peladinhos aqui na sala... assistindo nossos filminhos!

-que nada... qualquer coisa a gente tranca ele no quarto... deixa comigo... que eu coloco o sobrinho pra dormir mais cedo! Hihi!

Quase no inicio da noite do outro dia eu e Cinthia fomos buscar o rapaz no aeroporto e tivemos uma grande surpresa.

Apesar de ter só 18 anos ele era um rapaz alto de 1.85m e tinha um corpo todo definido, com certeza devia praticar esportes e no carro ele se mostrou alegre e curioso com o movimento de uma metrópole e assim que chegamos no AP ele guardou suas malas e pediu pra tomar um banho e Cinthia então mostrou-lhe o banheiro e ficamos na sala conversando:

-Cris... pela foto que eu tinha do meu sobrinho achei que era um rapaz bonitinho... mas... não achei que com 18 anos ele já era um homem desse tamanho... agora entendi porque a mãe e a filha do vizinho se engraçaram pra cima dele... ele é um mulato muito gato... e ele tem um sorriso lindo e leva jeito que é gostosão... o bicho vai deixar as putinhas aqui do prédio todas ouriçadas!

-é verdade... ele tem um corpo perfeito mesmo... realmente puxou a família... tia linda... sobrinho bonito... tá tudo certo!

-hummm... por isso que vou me casar com você... sabe como elogiar a sua noiva putinha e deixá-la sempre feliz!

Cinthia preparou uns lanches na cozinha e quando Paulo saiu do banho ela disse pra ele se servir e foi à vez dela ir tomar banho e fiquei fazendo companhia a ele que tinha colocado um short bem folgado de moletom com uma camiseta justa que realçava seu peito forte e os músculos dos braços e quando pegou um lanche e se sentou na cadeira já deu pra ver que ele tinha algo bem grande e que balançava acintosamente entre suas pernas. Com certeza ele não tinha colocado cueca e quando se movimentava não tinha como não notar o desenho daquela “tromba” que se delineava naquele moletom fino. Paulo parecia ser extremamente dotado e pelo jeito gostava de se exibir como Cinthia, a tia minha “noiva”.

Quando ela saiu do banho já percebi que ela não tava nem ai com a presença do sobrinho porque tinha colocado um vestidinho de malha tão curtinho que mais mostrava do que escondia e então se se sentou no banquinho da mesa da cozinha ao meu lado e tomamos lanches juntos e logo Cinthia puxou o assunto com o sobrinho dizendo:

-Paulo conta pra tia e pro meu noivo... sem mentir tá... o que aconteceu de verdade pra você ter que sair fugido da tua cidade... tua mãe tava desesperada quando ligou pra mim... que o pai da garota disse que ia te pegar ia fazer uma peneira... te furar todinho de bala!

-Tia... eu juro que não tive culpa... eu vou contar rapidinho como foi: A esposa do corno de vez em quando ia em casa conversar com minha mãe... elas tem a mesma idade... a safada sempre de saia ou vestido e nunca usava calcinha e ficava mostrando a xana dela pra mim... lógico que fiquei taradão... e também mostrei minha rola pra ela... um dia tava passando em frente da casa dela... a safada me chamou dizendo que o marido tava viajando e comi a puta... ai já viu o marido viajava e eu ia visitar a puta e socava a rola na safada... um dia a filha dela pegou a gente transando e ficou assistindo... eu percebi pelo espelho do quarto e uns dias depois a garota apareceu em casa logo depois da minha mãe sair e logo saquei que a safada estava querendo dar pra mim também... soquei a rola na putinha e arrombei o cabaço dela... ela nem me avisou que era virgem... ai passei a comer as duas putas sempre que o marido viajava! Juro que não obriguei nenhuma a dar pra mim... elas é que vieram atrás... ai já viu... do jeito que sou taradão... soco a rola mesmo! Minha mãe fica louca com as amigas dela que vão la em casa e ficam se assanhando pra cima de mim.

O sobrinho da minha “noiva” pelo jeito era bem taradão porque já dava pra notar que aquele volume na frente da calça de moletom parecia ter dado uma crescida enquanto contava sua aventura e já percebi que Cinthia safada do jeito que era também notara isso e então disse pra irmos pra sala e continuar aquela conversa e assistir um filme, mas antes disse para o sobrinho ligar pra sua mãe avisando que tinha chegado e estava tudo bem. Ele pegou o telefone e foi até a sacada ligar e então Cinthia bem safada disse:

-Cris... meu querido... acho que meu sobrinho vai ser perfeito pra safadeza que pensei em fazer... faz o seguinte... vai tomar um banho rápido... e me deixa sozinha com ele na sala... quando você voltar a coisa já vai estar pegando fogo de verdade!

-sua maluca... o que você ta pretendo fazer com ele... não esqueça que ele é teu sobrinho... sua doida tarada!

-querido... faça o que sua noiva putinha tá mandando... que vai rolar uma sacanagem deliciosa... ninguém mandou minha irmã mandar um gato desses pra casa de uma tia tarada e ainda mais tendo uma pica enorme debaixo daquele moleton... socorro... já tô ficando molhadinha!

Nem discuti e fui pro banheiro e passei uma água no corpo. Meu pau já estava durinho e me enrolei na toalha e fiquei ali dando um tempo até escutar gemidos de sacanagem e quando cheguei na sala dei de cara com minha futura esposa puta de 4 no sofá com o sobrinho pauzudo engatado atrás dela socando com força e ela toda tesuda sussurrava:

-isso... meu sobrinho tarado... soca essa rola gostosa na minha buceta seu safado... come gostoso a tua tia puta... mete com força... mostra que é macho de verdade... come bem gostoso... pode fazer tudo que tem vontade... sou puta... e adoro pauzão grosso como esse... ahhhhh... delicia!

O pau do sobrinho era uma muito grande e grosso, com certeza era o dobro do meu e fiquei fascinado olhando ele fodendo a buceta da Cinthia que rebolava como uma louca e então tirei a toalha e me sentei bem do lado deles sem piscar os olhos.

O safado nem se importou com minha presença e socava sem dó até o talo fazendo Cinthia gemer alto e ela então pegou no meu pintinho e toda safada disse:

-aiiii... Cris... que pauzão gostoso que meu sobrinho tem... nossa... fazia tempos que sua noiva putinha não dava pra um macho de verdade... olha como é grande... to gozando muito... ahhh... que delicia... ele vai deixar a bucetinha da tua putinha toda arrombada com esse pauzão gostoso... você ta gostando de ver sua putinha dando a buceta pra um pauzão de verdade né safadinho... ahhh... como é grande... entra rasgando... olha... bem de pertinho... ele entrando e saindo da minha bucetinha... ahhhh... to gozandoooooooooo!

Cinthia jogava a bunda pra trás pra penetração ser total e o taradão fincava até o ultimo milímetro na buceta da tia e todo tarado dizia:

-rebola puta... da essa bucetona gostosa pra mim... eu adoro foder puta tarada... vou te comer a noite inteira... vou te fazer gozar gostoso... do jeito que você é tarada... esse teu noivo com esse pintinho pequeno não da conta do teu tesão... safada tarada... puta igual minha mãe... rebola sua cadela... ahhh... puta safada... rebola na minha rola sua vadia!

Paulo apesar de ter só 18 anos com certeza já tinha comido um monte de vagabundas e sabia como fazer isso perfeitamente fazendo com que Cinthia tivesse um orgasmo atrás do outro. Meu tesão era tanto que nem tocava no meu pintinho pra não gozar e foi então que Cinthia toda tarada mostrou que ia me fazer participar de uma maneira que nem imaginei e fez com que o sobrinho sentasse no sofá e se ajoelhando entre as coxas fortes dele me olhou dizendo:

-vem meu safadinho... vem chupar o pau de um macho de verdade que fez a sua noiva putinha gozar como uma louca... mostra que você é um corninho manso e quer chupar o pau do nosso macho... quero ver você mamando gostoso... você sabe como fazer isso... ahhhh!

Quando me dei conta eu mamava deliciosamente aquele pauzão grosso que fazia meu corpo se arrepiar por inteiro e Cinthia toda safada dizia:

-isso... assim... chupa bem gostoso... que ele vai encher a boquinha do meu noivo viadinho de porra... e você vai engolir tudo... ahhh... goza meu sobrinho tarado... goza da boca do meu noivo viado... ele adora porra de macho... faz ele engolir tudo... quero ver... o safado engolindo tua porra!

O safado deu um urro alto e o primeiro jato de porra fervente foi no fundo da garganta e logo em seguida minha boca foi inundada de sêmen daquele macho que gozava como um cavalo e não consegui engolir tudo de uma vez e deixei escorrer pelo corpo daquele pauzão imenso. Era muita porra que escorreu até o sacão do safado e todo tesudo lambi e engoli deliciosamente toda aquela porra grossa de macho de verdade.

O tesão de voltar a mamar em um macho depois de tanto tempo fazia meu corpo se incendiar e quando Cinthia toda safada pegou no meu pintinho dei um gemido e gozei copiosamente molhando a mão dela.

Paulo se levantou e foi ao banheiro e Cinthia sorrindo toda safada disse que não ia deixar o sobrinho voltar tão rápido pra casa da mãe e eu mais safado ainda comentei que a apoiava sem restrições e que tinha adorado o que estava rolando ali naquela sala e ela então disse:

-pode ter certeza que meu noivo viadinho vai gostar mais ainda... o Paulo falou que vai te comer bem gostoso... ele adora cuzinho de viadinho!

-sua tarada safada... você já deve ter combinado tudo com o taradão enquanto eu tomava banho né?

-claro que sim... assim que você foi tomar banho peguei no pauzão do meu sobrinho e disse que ia dar pra ele! Quando ele perguntou sobre você já abri o jogo e contei que você é bi... e faz tudo que eu mando... ele falou que adorava gozar na boca de viadinho e por isso mandei você chupar o pauzão dele... quando ele voltar... a safadeza vai continuar... vamos meter a noite inteira e você vai poder ser a “menina” que deseja!

Cinthia disse que ia beber alguma coisa e ia passar uma água no corpo também e fiquei deitado no tapete de bruços curtindo aquela loucura que estava acontecendo e logo ouvi a voz do sobrinho sentado no sofá dizendo:

-bem que a tia disse que você tem uma bunda mais bonita que muita mulher... olhando o viadinho assim de bruços... to vendo que ela tem razão... acho que você ficaria bem feminina se colocasse a calcinha que a tia estava com ela... coloca pra mim... quero ver!

Fiquei de joelhos no tapete sem saber como fazer depois de ouvir aquele safado mandar eu vestir uma calcinha e ele então deu uma balançada no pauzão quase duro novamente e disse todo macho:

-se o viadinho não fizer o que mandei... não vai mais pegar no pau do teu macho... deixa de onda e faz o que teu macho ta mandando!

Senti meu corpo se arrepiar todinho com a voz firme de macho mandão e então peguei a calcinha que estava jogada no tapete e me virei de costas e fui subindo a calcinha pelas minhas coxas e dando uma reboladinha ajeitei aquela pequena peça tentando não deixar meu pintinho molinho sair pelos lados e então todo safado disse:

-pronto... é assim que você queria me ver... seu safado?

-que bunda gostosa que o viadinho tem... realmente se tivesse uma buceta seria uma menina perfeita... vou adorar te enrabar... fazer você gemer na minha rola... acho que agora que você ta de calcinha... em vez de te chamar de Cris... vou te chamar de Cristina... putinha chupadora de pau... alias você é um viadinho que sabe como chupar pau de macho... bem melhor que muitas putas... agora... ajoelha e vem mamar na minha rola de novo... deixa ela bem dura... pra eu te comer bem gostoso... chupa Cristina safada!

Meu pintinho ficou duro na hora sendo tratado daquele jeito por aquele macho safado e cai de boca novamente naquele pauzão e adorei sentir ele segurar minha nuca e foder minha boca com força me fazendo engasgar entalado com aquele mastro enorme na garganta. Rapidinho ele me colocou deitado em cima de uma das almofadas e todo tarado puxou a calcinha de lado e começou a pincelar aquele pauzão cabeçudo no rego da minha bunda me fazendo rebolar e bem safado dizia:

-ahhh... que bunda gostosa que tem a Cristina... isso... putinha... rebola na minha rola... vou adorar comer esse cuzinho tesudo... vou adorar tirar o resto das preguinhas desse cuzinho guloso que você deve ter... rebola que teu macho vai te comer... bem gostoso... rebola Cristina!

O safado me levava a loucura com sua conversa sedutora e sacana e deslizando aquele pauzão todo babado no meu rego e quando ele deu uma encaixada no meu anelzinho e forçou não contive um suspiro de tesão e ele fincou firme e a cabeçona pulou pra dentro do meu cuzinho que todo tesudo relaxou pra deixar ser penetrado e o taradão foi enfiando firme e decidido até o fim só parou quando senti os pelos de seu púbis colado na minha bunda e ele estava todinho dentro de mim. Gemi alto de prazer e sussurrei:

-ahhhhh... ta todo dentro de mim... ahhh... que pauzãoooo gostoso... me come todinho meu macho... to adorando ser tua Cristina... me fode que quero ser seu viadinho... ahhhh que delicia um pau no cu... me fode... ahhhh... mete no meu cu... ahhhh... mete tudo... aiiiiiiiiiii que deliciaaaa!

O sobrinho da minha noiva era um macho que sabia como foder um cuzinho e metia deliciosamente com fincadas fortes e ritmadas... meu cuzinho recebia aquele monstro sem um pingo de dor e meu corpo tremia quando sentia seu púbis batendo forte na minha bunda fazendo o barulho delicioso de um macho te comendo com vontade. O tesão de ter um macho de verdade novamente dentro do meu cuzinho me levou a loucura e gritando sem pudor de prazer gozei me contorcendo por inteiro debaixo daquele macho molhando a frente da calcinha com meu sêmen que meu pintinho mole jorrava a cada contraída que meu cuzinho sedento dava.

Quando meu corpo se acalmou minha noiva estava sentada no sofá com as pernas arreganhadas batendo uma siririca e toda safada disse:

-que delicia ver meu futuro maridinho sendo comido pelo meu sobrinho... como você gosta de um macho também seu safado... gosta tanto quanto eu... e pelo jeito vou ter que comprar mais calcinhas... porque me parece que gostou de usar né safadinho!

Durante aquela noite inteira aquele macho tarado se revezou em me enrabar e comer a minha noiva sua tia tarada que também levou pau no cu e também não reclamou do tamanho daquele pauzão descomunal.

Já faz dois anos que estamos casados e tudo esta cada dia mais gostoso... minha esposa puta sempre arruma algum macho pra levar pra nossa cama e dividirmos o prazer e o nosso sobrinho de vez em quando vem nos visitar e cada vez mais safado nos faz gozar como nunca.

Se gostaram do que leram cliquem em cima do meu nome GISELLE e leiam outros contos meus principalmente dois relatos que me deixaram completamente tarada e que adorei ter escrito:

MEUS TIOS FODIAM MINHA MÃE E TAMBÉM ENTREI NA VARA e

GOZEI COMO LOUCA NA PICA GROSSA DO MEU FILHO

Bjsssssss!

Skype: giselle_gts MCPooois

Comentários

23/02/2015 10:13:56
nessa sexta tive uma briga com a leticia e resolvi ir sozinho para mha casa de campo em sorocaba. entaola sozinho mandei msn para todo mundo da mha lista de safadinhos.vieram bete /claudio de sp. e ana /julio de campinas, tambem vieram o claudio de sorocaba e o ronaldo de sp. o ronaldo tem uma pika de 25 cm, negrao.enquanto eu fazia o churrasco o pessoal começou a se pegar e a ana ja estava nos braços da bete, eu entao fui ate o negrao do ronando e abaixei as calças dele e de joelhos chupei a pika enorme dele, uns 25cm, a maior que ja havia chupado nisso a ana e a bete vieram me ajudar, nos tres de joelhos aos pes do negrao e osmaridos entao vieram nos eferecer tambem suas pikas.nao demorou muito para o ronando meter a pikona na bucetinha da ana e enquanto claudio comia o cuzinho dela.bete caiu de boca na pika do claudio o outro rapaz meteu nele e eu entrei por baixo num 69 com a bete, dava para ver ate as veias da pika do claudio entrando e saindo da bucetinha da bete.nao demorou muito para o claudio tirar a pika, a camisinha e jorrar pika na minha cara e eu agradeci.voltamos as capirinhas e ao churrasco na varanda. agora era o ronaldo pelado com a manjuba negra pendura na churrasqueira. kkkdepois de um bom bate papo nas redes da varanda um noite linda frescaa e muito gostosa de sabado la pelas 2 da manha eu coloquei um dvd erotico e fomos todos para sala.foram chegando todos aos poucos, e o ronaldo negrao pediu para comer o cuzinho da bete, loirinha miuda e ela disse que so dava se o marido liberasse e passasse o creme, entao ele deu um pulo do sofa e correu na bolsa dele e pegou o creme dizendo._ que eu nao faço para vc ser feliz ?, meu amor !deu um beijo demorado nela e colocou ela de 4 chupou o seu cuzinho, passou bastante creme, nisso o ronandl colocava a camisinha na tora preta e todos ficamos na expectativa para ver se a bete ia mesmo aguentar aquela pika imensa e grossa no cuzinho.o marido segurou e guiou a pika do ronaldo no anel da esposa e ela deleriando, fazendo careta aguentou bem ate a metade da pika que entrou suavimente e devagar, entao o claudio entrou debaixo dela e ofereceu o pau para ele chupar e chupou a bucetia dela e passava a lingua nas bolas do negrao, deixando o ronaldo ainda mais tesudo. o ronaldo muito safado, metendo no cu da bete perguntou pro claudio:_ puta que pariu nada como comer um cu e sentir a lingua do marido nas minhas bolas, uallllllllllllllllllllllllllllsegurou na cintura da bete e meteu ate o final os 25 cm de pika ela deu um gritou e rebolou e comecou a falar coisas desconexas como: _ai que dor_ai que delicia_ ai que foda _ ai que caralho gostosoe rebolava na pika do negrao o marido claudio passava a lingua no pau do negrao e mordiscava as bolas dele para dar mais tesao ainda no negrao.certa hora o nagrao nao aguentando mais perguntou onde ela queria a porra dela, onde elaqueria que ele gozasse e entao ela disse:_ Na minha boca seu putao caralhudo !!!entao o negrao tirou do cuzinho, ja cuzao arrombado e tirando a camisinha apontou para a boca aberta da bete e jorrou um monte de porra na boca dela, e era muita porra, e bete entao puxou a cabeça do claudio e o beijou demoradamente ate engolirem toda a porra e o pessoa deu viva e aplaudiu a foda e o beijo deles com muita porra.no domingo fizemos almoco e a tarde durante o jogo corinthians x ituano na globo demos nossa ultima tranzada para voltarmos todos para sao paulo.bjs a todos quem quiser participar do nosso grupo se cadastre com foto de rosto, cel. e cpf. ( cpf. por questao de segurança de todos )e-mail e scype [email protected] / leticia
22/02/2015 23:39:31
Vocês são sensacionais. Delícia de conto. Nota dez.
22/01/2015 16:30:08
Matheus whatssap
12/01/2015 11:48:44
NIVER DE CASAMENTO DE CASAL SAFADINHOniver de casamento um casal amigo ( vera e ricardo) na nossa casa de campo em sorocaba.estamos convidando os amigos para uma festinha intima com nossos amigos.vamos dar muito carinho e sexo para eles.festinha estilo americana '' cada uma tras umpouquinho de alguma coisa''sabado a tarde,até domingo aparecem la vamos curtir o bom da vida.bjsitaliano e japinha.mande fone e fotos para [email protected]
11/01/2015 14:46:28
Que conto fantástico,escreve muito bem.
11/01/2015 14:46:01
Nossa que conto gostoso, adorei mesmo!
03/01/2015 00:09:06
Q lixo
30/12/2014 16:31:25
Sua esposa tem alguma igual a ela ?...é de uma assim que preciso !!! Por favor me apresente! Meu tesão aqui foi a mil...por favor alguma mulher que for assim escreva... [email protected]ãoooo
30/12/2014 12:50:07
estamos indo pro rio de janeiro amanha cedinho, sairemos de sao paulo umas 5 da manha, ja pensou a japinha ja provando sua pika no meio do caminho logo cedinho, me liga pode me chamr de corno da japa eu gosto bjs nossos
29/12/2014 18:53:47
Muito gostoso esse conto, e você escreve muitíssimo, essa história é de gozar e muito. Parabéns.
29/12/2014 16:56:27
Mulheres, me add no skype: [email protected]om
29/12/2014 13:32:45
Delícia de relato. Pau duro do início ao fim.
29/12/2014 09:05:04
CASAL /SP Somos da capital de sao paulo. estamos livres em 29 e 30 de dezembro dia 31 estaremos onde o sexo, alegria e diversao estiver!!! ele italiano, 51,ela japonesa, 35,somos liberais de sao paulo. Aceitamos convites para um REVEILLON de ANO NOVO bem legal !!! estamos muito afim . ‘’NÃO PERCA TEMPO, LIGA !!! “ vivo e-mail [email protected] ESTUDAMOS PROPOSTAS DE TODO O BRASIL. adoramos viajar. nosso desejo é ter um reveillon cheio de sexo
29/12/2014 08:27:16
Puta que pário!!!!!! Eu odeio contos muitos longos,mais foi inevitável ler seu conto e não mim masturbar,que delicia de conto,muito gostoso,muito bem escrito e muito mais muito excitante,parabéns pelo conto e pelas esperiencias,adoraria trocar experiências com o casal,tenho skype e email: skype:jersom 9.email :[email protected] Com.br
29/12/2014 06:08:20
A muito que não leio um conto tão gostoso, parabéns ao casal. Gostaria de manter contato, sou fotógrafo e adoraria fotografar e filmar o casal......

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


eu perdi a minha virgindade com cara da pica de 40cmrelato d novinha perdendo o cabacinho com padrasto e mae juntocrenye de verdade é aquele crente sabiopornodoidocalçinhaso tio tarado estrupando a sobrinha clitado de dorporno mae e filha transformadas em puta contocontos eroticos entre jovens irmaos gemeoscontos reais de sexo de ninfetosporno sem casaminhascompetição de nudismo pintudos mais cabeçudocontos de seco com meu tio aiii gostoso metiiiporno doido ze buscape transacontos eroticos gays bem ocorridos em 2017professora do encino fundamental se masturbano peladamarisa chupando meu pauxvideo.ana desfarsado no quarto da novinhaadolecens safadas trazandolindinhas novinhas trepandonumpau grándecontos mulher encoxada na borrachariarenatadominadoramulher tenta fugi pica mostruosa brutal no cucoroas de fio dental tão cheia de tesão Cheguei cheguei escorregando pela sua b*****maei depilando pau do filho e nao aguenta baicha aboca chupando e setando abuseta ensimaexecutiva casada puta de negao contosminha madrasta viu meu pau molecontos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigascontos eroticos gratis transformei minha esposa em uma putanegao com pica enorme assusta em despedida de solteirocontos gay ajudando meu pai fechar a venda 2Porno mulher gritando muito na pica do jumento e o. Jumento encaxou até o talo. fotos de pau duro cabeçudoe possível ter.orgasmo quando estiver engatado com cachorrocontos ineditos de sexo entre primas primos e tiasporno loiras xiri gigante anal picas trinta centímetroscontos heroticos cuzinho da japinhaContos eronticos de tias papa anjosdia chuvoso no carro do amigo do meu marido acabei dando ate o meu cuzinhoconto na enchente comi a mulher do chefev meninas 14aos 17 anus perdeno avirgindadeporno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhomeu aluno cacetudo contosporno brasilero ela queria fujir de tanta fodanao cnseguiocibele bucetonaFilme potnou com muljetescontos meu tio pauzaoevangelicas na zoofilia com cachorroMeu voyer filhoxvideo negao esfregando uma pica ezajeradacontos de tia que mexeu com sobrinho jovemfazendeira metendo com piao pretoxvidio mocinhalugar onde o rio nasce xvidioquero ver zoofilia cachorro comendo a coroa cabeluda bem gostoso organiza que tesãoXVídeos padrasto força menina chupa lhe ofendidovideos porno velhor comedor da cabeça do pau rombudamulher pensa que a amiga é mulher mas é um travesti com um pau bem groso e vai dormi com ela em casa e acaba temo um supresa e transa pornocomendo traveco na casa abandonadahomens chupando gksporno lubrificando o cu com manteiga e socando a mao infeira dentro deleBem novinhas apertadinhas fudendo com coroas dotados sentiu dor no zap zapzoolofila so fudendo o cu da vadia 696www.brincandodaquilo.com vídeos pornogostaria de ver vídeo de mulher dá bunda grande lavando a calçada de microshortxvideo.ana desfarsado no quarto da novinhapregas do cuzin virgenanythingporno ela foi faser a unha dele e viu ele de pinto duro fragacoroa q sabi dexa dozelo de pau durovideo fazendo dp pra sartisfaze o maridocontos sexo minha esposa nossa vizinhacontos eroticos gays macho dotado femea viadinhocontos eroticos entre jovens irmaos gemeospor favor senhor eu nunca fiz sexo anal pornoteens paus cabeçudos grandes gozando fortes jatos porra