Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

PAPAI PAUZUDO ARROMBOU MINHA XOXOTINHA VIRGEM!

Um conto erótico de GISELLE
Categoria: Heterossexual
Data: 26/01/2015 08:44:40
Última revisão: 01/03/2015 19:55:06
Nota 9.94

Desde adolescente percebi que era diferente das outras garotas do bairro onde morava com minha linda família que era composta por Jorge meu pai, minha mãe Lizandra e por mim Leticia.

Meu pai é um homem alto e forte com 1.80m., minha mãe é uma mulher pequena de apenas 1.58m. e puxei a ela tendo somente 1.55m.

Apesar de ser uma garota baixinha meu corpo é cheio de curvas com uma bunda empinadinha, peitinhos no formato de peras com biquinhos sempre duros e pra ficar ainda melhor um rosto angelical que mesmo depois que deixei a adolescência fiquei parecendo uma ninfeta bem novinha. Quando minha mãe me apresentava às suas amigas ou as clientes de sua loja de perfumes e comentava que tinha acabado de completar 17 anos quase todas diziam que achavam que eu tinha no máximo 14 anos. Mamãe toda “metida” dizia que tinha puxado a beleza dela.

Quando deixei de ser uma garota “ingênua” logo percebi que os rapazes e os homens ficavam “taradinhos” olhando meu corpo e o meu rostinho sempre com um sorriso de ingenuidade em meus lábios grossos. Esse assédio me deixava toda envaidecida achando-me toda gostosinha. Hehe!

Eu até era uma garota bem calma quanto à sexualidade, porém quando o tesão chegou foi de uma forma avassaladora e quase incontrolável.

Meu grelinho pulsava forte, dava pra sentir meu coração batendo nele e então meus dedinhos ágeis se enfiavam por debaixo da calcinha e minhas siriricas eram intermitentes com gozos copiosos. Minha xoxotinha peludinha vivia completamente ensopada assistindo filminhos pornôs na net e também vivia beijando alguns rapazes irmãos de amigas ou nas festinhas que sempre rolavam nos fins de semana. Talvez por inexperiência ou por receio de acontecer algo mais sério, não deixava os rapazes me bolinarem de verdade e só deixava mesmo me beijarem e me abraçarem.

Logicamente que de vez em quando eu dava umas apalpadas “sem querer querendo” nos caralhos deles que sempre estavam duros como aço.

Meu grelinho acabou ficando muito inchado de tantas “siriricas” diárias que fiquei com medo de ter me machucado e quando resolvi mostrar pra minha mãe ela rapidinho me levou ao ginecologista e depois que fui examinada, ele deu um sorrisinho safado e disse para minha mãe que estava ao meu lado no consultório que era apenas “tesão” demais e receitou um gel geladinho pra aliviar o inchaço e mandou usar calcinhas mais largas pra não apertar demais e arejar um pouco minha xoxotinha virgem. O médico me aconselhou diminuir as sessões de “siriricas” diárias, mas sorrindo disse que dificilmente eu iria acatar sua recomendação e marcou o retorno pra após duas semanas.

Mamãe como uma mulher bem vivida e esperta sorrindo pediu ao médico que me receitasse anticoncepcionais dizendo que era melhor se prevenir.

Minha mãe com 35 anos era uma mulher que não ficava pra trás em matéria de beleza e sensualidade com seu corpo sempre muito bem cuidado nas academias. Ela abusava dos saltos altos pra ficar mais sexy com suas legs e vestidinhos coladíssimos ao corpo. Depois que colocara silicone nos seios suas blusinhas sem sutiã também passaram a ser uma “segunda pele” e calcinhas ela dificilmente usava. Papai não se importava com as roupas de “periguete” que ela usava e dava pra notar que ele adorava aquele exibicionismo sem um pingo de disfarce que mamãe praticava no dia a dia em todos os locais, inclusive em sua loja de perfumes em uma galeria movimentada da nossa cidade.

Mamãe era pequena no tamanho, porém logo que passei a ser uma garota “espertinha” em relação a sexo rapidinho notei que ela era uma mulher bem “gulosa” porque olhando papai na piscina de nossa casa dava pra notar perfeitamente que o volume que havia dentro daquela sunga era bem grande comparando com os de outros rapazes que já tinha dados umas apalpadas.

Papai era um homem de 38 anos com alguns cabelos grisalhos que o deixavam extremamente charmoso, um corpo espetacular e dava pra notar os olhares safados das mulheres em cima dele.

Na piscina de casa mamãe dizendo que não gostava de marquinhas de biquíni no corpo tomava sol completamente nua e ficava totalmente dourada.

O que também chamava a atenção no corpo dela era sua xoxota completamente depilada bem cheinha que se mostrava linda entre suas coxas.

Com certeza pra aguentar aquele pauzão enorme que papai tinha precisava ter uma xoxota bem carnuda. Hehe!

Quando era uma garota “totalmente inocente” não prestava atenção em quase nada que rolava de sacanagem ao meu redor, mas quando a “safadeza” se instalou de vez em minha mente inquieta uma das primeiras coisas que passei a fazer foi não comentar mais sobre a minha idade. Percebi que os rapazes e principalmente os homens mais velhos ficavam “loucos” quando olhavam pra mim achando que eu era uma ninfetinha bem novinha. Eu adorava escutá-los comentando uns com os outros dizendo: Olha que ninfetinha deliciosa... não deve ter nem 15 anos ainda!

Para ficar ainda mais sexy passei a abusar de minissaias curtinhas de babados que quando dava uma corridinha levantava a parte de tras e meu bumbum empinadinho se mostrava de relance. Como minha mãe eu também não usava sutiã e meus mamilos quase furavam as camisetas de tão durinhos. Pra ficar ainda melhor depois de assisti o filme “Lolita” passei a usar tênis com meia soquete e quando me sentava fazia isso de uma forma displicente deixando minhas coxas à mostra e também minhas calcinhas quase sempre na cor branca.

Como mamãe passei a ter um lado exibicionista incontrolável e adorava sentir os olhares de desejo dos homens e passei a me mostrar “sem querer querendo” para os irmãos de amigas e principalmente para os pais delas.

Os homens de cabelos grisalhos não conseguiam controlar o tesão por uma ninfetinha de pernas abertas mostrando a calcinha e dava pra notar que quase sempre o pau ficava bem duro estufando a frente das calças. Depois dessas sessões de exibicionismo me acabava em siriricas deliciosas, meus gozos eram incrivelmente intensos e meu corpo parecia que ia explodir de prazer.

Tudo ia ficar ainda mais gostoso e isso aconteceu quando do retorno ao ginecologista pra ele examinasse novamente meu grelinho “inchado”.

Até tentei dissuadir mamãe de me levar ao médico dizendo que minha xoxotinha estava perfeita, mas ela sorrindo disse que já que o retorno estava incluso no preço da consulta não custava nada dar outra examinada na sua filhinha querida.

Pra não ficar parecendo que era muito “taradinha” evitei bater siririca no dia anterior à consulta e antes do horário aproveitei pra tomar um banho bem gelado pra deixar meu grelinho inchado bem calminho e quando fui colocar calcinha na hora resolvi que ia sem, já que teria que tirar no consultório.

Quando mamãe foi me levar de carro ao me sentar no banco ela notou que estava sem nada por baixo da sainha e brincou dizendo:

-epaaa... então minha linda filhinha resolveu copiar a mamãe... não ta usando mais calcinha é? Desse jeito vai ficar mais fácil pros rapazes taradinhos!

-ahh mamãe... eu sempre uso... é que o medico ia mandar tirar... achei melhor vir sem nada... será que fiz mal?

-não querida... tá tudo bem... acho que você tá certa mesmo... já tá prontinha... mas uma coisa te falo... é uma delicia ficar nuazinha por baixo do vestido... sem contar que teu pai adora... ele adora passar a mão e me encontrar assim... prontinha pra “brincar”! Acho que depois que você experimentar também vai gostar... sentir um ventinho no meio das coxas... é uma delicia!

Durante o trajeto fomos conversando bem descontraídas, era uma delicia bater papo com mamãe, sua mente aberta e alegria era contagiante e quando chegamos ao consultório tivemos que esperar um pouco e foi então que ao chegar minha vez a secretária me chamou o telefone celular de mamãe tocou e após consultar o numero pra ver quem estava ligando disse:

-Leticia minha filha... você vai ter que entrar sozinha... preciso atender... é importante... você já sabe como é... tem problema pra você?

-não mamãe... fica tranquila... acho que nem vai demorar muito... eu sei que tá tudo legal... é só pra conferir mesmo! Hehe!

Quando entrei no consultório o médico todo educado me cumprimentou com beijinhos no rosto e em seguida perguntou de minha mãe e expliquei que ela teve que atender um telefonema importante e não ia entrar na sala comigo, mas que estava pronta pra ser examinada.

Sentei-me na cadeira de frente a escrivaninha sem me preocupar em fechar as pernas direito e como o tampo da escrivaninha era de vidro com certeza deu para ele ver que minha xoxotinha peludinha se mostrando quase por inteira, a minissaia era bem curtinha e após conversarmos um pouco disse:

-bem... vamos examinar a minha paciente mais bonita... ver se tá tudo normal com sua linda vagina! Alias... acho que pelo que já estou vendo... a garota nem ta usando calcinha... é pra deixa-la bem arejada mesmo... parece que seguiu direitinho minhas instruções!

Percebi que o safado já estava botando as manguinhas de fora sabendo que estava sozinha no consultório e diferente da primeira vez que estive ali toda preocupada e também com um pouco de vergonha dessa vez me sentia bem mais a vontade e também notei que o Doutor Ricardo, esse era o nome dele, era um homem bonitão e bastante charmoso todo de branco e então dei um sorrisinho angelical e disse:

-bem... claro que sim... mamãe falou pra fazer tudo que o médico mandou... então... acho que fiz quase tudo! Hehe!

Ele foi me pegando pela mãe e me levou até a mesa ginecológica e sorrindo disse:

-bem... já que minha linda paciente ta dizendo... sou obrigado a concordar... bem... faça como da outra vez querida... sem pressa... quero examinar bem devagar essa linda vagina e esse clitóris sensível!

Em instantes sem nenhuma frescura estava com as pernas totalmente arreganhadas e minha xoxotinha virgem peludinha todinha diante dos olhos do meu ginecologista e ele disse:

-hummm... to vendo que esta bem diferente daquela vez... só tá um pouquinho inchado... acho que minha linda paciente deve ter brincado um pouco menos esses dias... não é?

A safadeza já tinha tomado conta da minha mente, estar mostrando minha xoxotinha daquele jeito para um homem me deixou mais safada e disse:

-bem doutor... não vou mentir... só dei uma maneirada ontem... porque sabia que vinha aqui hoje... mas eu não consigo ficar sem “brincar”... só que nunca mais inchou mais daquele jeito... acho que eu tava “brincando” apertando muito forte meu grelinho... aquele gel que o Sr. mandou passar é uma delicia... ainda tem dele em casa... de vez em quando passo... no meu grelinho!

Dr. Ricardo já estava com as mãos em minhas coxas e alisava bem devagar tocando de leve nos lábios da minha xoxota e então disse:

-bem... já que a minha linda paciente gostou tanto daquele gel... acho que vou aproveitar e passar um pouquinho pra deixar você mais aliviada... quer?

Dei um sorrisinho bem safado dizendo:

-claro que quero doutor... pode passar... com certeza... vou adorar!

Em segundos os dedos quentes do medico deslizavam por toda minha xoxotinha virgem e quando começou a bolinar meu grelinho com força eu gemi toda tesuda sussurrando:

-aiii Dr. que delicia... não para... aiii... nossa... assim... aperta... meu grelinho... aiii... não paraaaa!

Eu nem me importava com o que o Dr. estava pensando sobre mim e ele sussurrou todo tarado:

-que putinha virgem mais tarada que apareceu em meu consultório... sua safada... rebola nos meu dedos... goza pra mim... ahhh... ahhh... se não fosse virgem ia te foder todinha sua putinha... gostosa... linda... tesuda... rebola putinha!

Meu gozo chegou forte e sem controle, meu corpo tremia por inteiro, quando me dei conta Dr. Ricardo estava de pé com o pau pra fora o deslizando entre os lábios da minha rachinha virgem roçando forte no meu grelo e em poucos segundos deu um grunhido e começou a gozar em cima da minha barriga. Era muita porra quente com a lava de um vulcão e toda tarada deslizei as mãos esfregando pela minha barriga e também pela minha xoxota e gozei mais uma vez copiosamente.

Logo em seguida Dr. Ricardo pegou uma toalha me limpou rapidinho e em poucos minutos estava saindo do consultório e minha mãe ainda falava ao celular e depois de alguns minutos fomos embora. Quando mamãe me perguntou como tinha sido a “consulta” sorrindo disse que tinha sido tranquila e então resolvi brincar dizendo que o medico tinha recomendado um pauzão bem grande na minha xoxotinha virgem pra solucionar de vez o problema de meu tesão incontrolável.

Mamãe sorrindo bem safada disse:

-Leticia sua tarada safada... tenho certeza que deve ter sido você que pediu ao médico para te receitar isso... ainda bem que mandei você tomar anticoncepcional... pelo jeito não vai demorar muito pra realizar esse teu desejo... e mesmo sendo virgem já ta querendo um pauzão... sua tarada!

-bem mamãe... você vive dizendo que puxei em tudo a você... então não vejo nada demais em querer um caralho bem grande... pelo jeito você gosta muito de grandão também... o do papai é enorme... até hoje só vi mole na piscina... imagino que tamanho deve ficar quando endurece! Hehe.

-você fica falando que quer pau grande... é porque não experimentou um assim sua maluca... deixa você pegar um macho tarado igual teu pai que você vai ver o que acontece sua safada. Eu tinha a tua idade quando conhecei seu pai... eu era taradinha e bobinha... ele me levou na conversa e quando me dei conta estava um motel peladinha e quando vi aquele pauzão enorme... tentei pular fora... ele então me deu uns tapas na bunda dizendo que se ficasse com frescura ia apanhar de verdade e tirou meu cabaço sem dó... arrombou minha xoxota... nossa... como doeu... parecia que estava sendo partida ao meio... o tarado do seu pai me comeu a noite inteira... fui pra casa de pernas abertas... com a xoxota toda inchada!

-nossa mamãe... papai então te pegou na marra... que louco isso... mas... se você ficou com ele depois disso... é porque você gostou né safada?

-bem... eu fiquei uns 3 dias que nem queria olhar pra cara dele... fiquei toda inchada... vivia lavando a xoxota com água gelada... mas... ai já viu o tesão bateu de novo e como ele vinha atrás de mim todo dia... acabei cedendo... e depois de 4 meses estávamos casados e logo você também nasceu!

-mamãe... deixa de querer me botar medo... sei que você também é tarada pelo papai... vocês vivem se pegando pela casa quase todo dia... você falou que fica sem calcinha porque o papai gosta... pronta pra dar gostoso pra ele... uma pena eu não ter conseguido pegar vocês no flagra transando... bem que gostaria de assistir... papai é um gatão e você uma mulher linda e sexy... acho que seria melhor que muitos filmes pornôs! Hehe!

A conversa estava cada vez mais reveladora, mamãe se mostrava totalmente sem preconceitos e depois que chegamos em casa o papo continuou:

-é verdade filha... nossa família é muito tarada mesmo... eu até achava que você já não era virgem... sei que você vive assistindo filmes pornôs no computador... no mês passado eu e seu pai depois de transarmos saímos do nosso quarto e quando passamos pelo corredor escutamos gemidos que vinham do seu quarto e como a porta não estava trancada demos uma olhada e você estava de bruços nuazinha se masturbando que nem uma louca... rebolando gostoso... depois que você deu um gritinho e gozou... eu e seu pai ficamos tão tarados assistindo nossa filhinha linda tendo um orgasmo tão intenso... que voltamos pra nossa cama e trepamos outra vez!

-nossa mamãe... que louco... nem percebi nada... quando to batendo siririca eu “viajo”... mas... agora fiquei curiosa... o que papai falou sobre mim... nossa... ele deve ter achado que sou uma filha muito putinha né? Hehe!

-Leticia minha filha... teu pai é um homem de mente totalmente aberta... principalmente quanto ao sexo... ele me ensinou tudo quanto foi safadeza... e eu fui uma aluna muito dedicada! Ele comentou que olhando você nuazinha de bruços na cama... que eu era igualzinha a você quando tinha a sua idade... e brincou dizendo que era pra te avisar pra trancar a porta do quarto quando estiver se masturbando... porque de vez em quando ele chega em casa com umas cervejas a mais na cabeça depois de beber com amigos... e ai... poderia confundir você comigo e socava o pauzão na tua xoxotinha virgem!

-mamãe... não acredito que papai falou isso... você ta falando isso só pra me assustar né sua maluca!

-bem... só to dando o recado que teu pai mandou... mas... acho que apesar de ainda virgem você de boba não tem nada... com certeza já percebeu que nossa família não é igual as outras... todos são muito tarados... inclusive você... que também fica reparando no tamanho do pau do teu pai... e acabou de me confessar que é louca de vontade de assistir eu e ele trepando... cuidado com esses desejos putinha... quando a gente brinca com fogo... pode acabar ficando tostadinha! Hehe!

Aquela conversa estava tomando um rumo bem mais “quente” do que imaginava, quando pensei que ia continuar alguém ligou, mamãe atendeu e teve que ir pra loja, então resolvi tomar um banho pra tirar o cheiro de porra do Dr. Ricardo que estava impregnado na minha pele.

Na primeira vez que deslizei o sabonete pela minha xoxotinha virgem senti um choque de prazer e meu grelinho ficou teso e em segundos eu me bolinava forte, meu corpo queria gozar novamente só que na minha mente agora aparecia a figura do meu pai pauzudo assistindo eu me masturbando em minha cama como mamãe me confidenciara e só de imaginar que ele tinha ficado com tesão por mim tive um gozo tão intenso e copioso que tive que me encostar na parede do box pra não cair. Papai passou a fazer parte constante de minhas siriricas diárias.

Era incrível constatar os efeitos que aquela conversa sacana com minha mãe tinha produzido em minha mente inquieta e repleta de fantasias.

Papai precisou viajar pra resolver uns problemas de documentos de carros usados que ele vendia e ficou 3 dias fora e quando voltou aconteceu uma coisa que iria mudar pra sempre a minha vida.

Logo após o almoço mamãe foi pra sua loja e fiquei no meu quarto terminado de fazer um trabalho para o cursinho.

Assim que terminei passei uma agua no corpo pra dar uma refrescada e como estava calor coloquei camisetinha por cima do corpo, nem pensei em colocar calcinha e fui para o computador ver uns “filminhos” como sempre fazia. O ritual era sempre o mesmo, eu achava um filme bem sacana e assistia brincando com meu grelinho que logo ficava inchadinho e gozava facinho.

Depois de uns 15 minutos assistindo filmes minha xoxotinha estava completamente molhadinha e foi então que escutei um barulho na sala e resolvi ver o que era, achei que talvez mamãe tivesse voltado pra casa por ter esquecido alguma coisa, porém quando cheguei na sala dei de cara com papai sentado em uma poltrona com uma latinha de cerveja nas mãos.

Como a TV estava ligada papai não percebeu minha presença no corredor da sala e quando reparei que estava só com uma tolha enrolada no corpo em segundos resolvi demonstrar minha “felicidade” de revê-lo depois de 3 dias de uma maneira bem “alegre” e então dei um gritinho dizendo:

-oiiii papai... que bom que você voltou... a mamãe disse que talvez o Sr. iria voltar só amanhã... tava morrendo de saudades do meu pai lindão!

Meu instinto de safadeza me fez fazer o que me deu na cabeça e então me sentei de frente no seu colo segurando-o pelo pescoço e enchi seu rosto de beijos e ele então depois de estranhar um pouco aquela minha “alegria” toda me abraçou e sorriu dizendo:

-opaaaaa... que bom ser recebido assim... com um monte de beijos pela minha linda e maravilhosa filha e ainda mais cheirosa desse jeito... cabelo ainda molhado... o que aconteceu pra que minha filha esteja assim tão alegre?

Logico que já tinha sentado no colo do papai muitas vezes só que nunca ele estava apenas enrolado numa toalha e nem eu estava como naquele dia, sem calcinha e do jeito que sentei minha camisetinha subiu pelo corpo e praticamente virou uma blusinha e toda dengosa disse:

-ahhh papai... não aconteceu nada demais... é que o Sr. ficou vários dias viajando... quando te vi me deu uma vontade de te agarrar e encher de beijos!

Minha xoxotinha peludinha ficou toda de fora e papai logo notou isso e me segurando pelos quadris disse sorrindo:

-hummm... adoro ser agarrado e beijado por mulheres bonitas e quando é pela minha linda filha é melhor ainda... pode abusar do papai o tanto que quiser... minha querida! Mas... to vendo que minha filhinha agora resolveu copiar tua mãe é?

-porque você ta falando isso papai?

-também deixou de usar calcinha é... mostrando essa bucetinha peludinha... desse jeito daqui a pouco vai ter uma fila de machos na porta querendo agarrar minha filhinha... vou ser obrigado a pegar uma espingarda pra expulsar os tarados daqui!

Toda dengosa e bem safada sorri dizendo:

-ahhh papai... não precisa se preocupar com isso... sua filhinha continua virgem... eu sei como controlar os rapazes mais safados... mas... vai me dizer que não gostou assim... sem calcinha... a mamãe falou que o Sr. adora que ela não use... eu também experimentei... e tô gostando muito!

Em segundos percebi que a coisa ia pegar fogo porque papai me levantou de leve me encaixando perfeitamente em seu colo e começou a deslizar suas mãos pelos meus quadris e levantou minha camisetinha mais ainda, meu umbigo ficou todo de fora e então disse:

-claro que minha filha linda pode tudo que quiser... apesar de que sei que você não gosta muito de roupa... já vi que você adora dormir peladinha... com esse corpo que você tem querida... você pode tudo e mais um pouco... alias... você prometeu muitos beijos e só foram alguns... quero mais!

A safadeza tomou conta do meu corpo sentindo as mãos do meu pai deslizando pelo meu corpo virgem. Quando dei uma olhada pra baixo notei a toalha quase toda aberta e vi que o pauzão do papai completamente duro com uma cabeçona toda melada e brilhando quase tocando na minha xoxotinha virgem e toda cheia de tesão decidi ser totalmente ousada e sussurrei nos ouvidos dele:

-eu dou todos os beijos que meu paizão pedir... se quiser... pode tirar minha camisetinha... eu sei que você gosta de ver sua filhinha peladinha... a mamãe me contou... mas... fala uma coisa pra mim... aquele dia que você e a mamãe assistiram eu batendo uma siririca você ficou com o pauzão duro por minha causa... to louca pra saber!

Em segundos a camiseta esta jogada no chão e a cabeçona do pauzão enorme do papai deslizava entre os lábios da minha xoxotinha virgem e gemi toda tesuda quando ele apertou os bicos dos meus seios e todo taradão disse:

-sua putinha tarada... então já sabe de tudo né... claro que fiquei de pau duro por você sua safada... agora deixa de frescura e abre o jogo... o que a minha filha putinha ta querendo?

-papai... eu quero que você faça comigo... o que fez com a mamãe... ela me contou como você tirou o cabaço dela... eu quero igual... quero que você seja o primeiro... fode minha xoxotinha papai... to louca pra dar pra você... me come todinha... quero ser tua putinha também!

Papai mostrou que era um macho tarado e levantando meu corpinho um pouco encaixou a cabeçona de seu pauzão enorme na portinha da minha xoxotinha virgem e me segurando firme pelos quadris foi me puxando com firmeza.

Meu cabacinho se rompeu com facilidade, mas a dor foi intensa e gritei muito de dor, mas papai não se importou e foi socando aquele caralho enorme e grosso na minha xoxotinha até encostar-se a seu púbis e todo tesudo me abraçando forte sussurrou:

-pode gritar putinha... adoro ouvir gritos de putinhas quando tiro o cabaço delas... agora trata de mostrar que você é uma puta de verdade... mexe esse corpo que a dor já vai passar... da essa buceta bem gostoso pro papai sua cadelinha safada!

Me sentia rasgada ao meio e a vontade era de pular do colo do papai e sair correndo, mas essa vontade em segundos desapareceu quando o tesão de sentir aquele pauzão quente como fogo dentro da minha xoxotinha arrombada se espalhou por todos os poros do meu corpo e como papai mandou passei a cavalgar naquele caralho enorme como uma louca gemendo de dor e prazer. Papai todo tarado me puxava meu corpo com força e a penetração era total, eu engolia aquele pauzão todinho que alargava minha xoxotinha por inteira me levando a loucura e ele todo tarado sussurrava:

-isso sua cadelinha... gosta de pau grande né sua vadia... rebola na picona do papai... mostra que você é mais puta que tua mãe... rebola cadela!

Aquelas palavras saindo da boca do papai me incendiavam de vez e sussurrei tesuda:

-papai tarado... que pauzão gostoso... fode a xoxotinha da sua filha putinha... mete tudo... eu quero assim... bem sacana... me chama de putinha... eu adorooooo se tratada assim por você... ahhh... me come... me fode... seu cachorro tarado!

Papai fodia minha xoxotinha arrombada sem dó me levantando e soltando meu corpo espetada naquele caralho grossão, meus orgasmos eram incrivelmente copiosos e escorria pelo ventre do papai misturado ao sangue da minha virgindade que tinha desaparecido como num passe de magica.

Depois de alguns minutos de sexo quase selvagem papai deu um berro e encheu minha xoxotinha de porra quentinha fazendo com que eu tivesse mais um orgasmo mais intenso. Sentir o calor daquela porra fervente dentro de mim me fazia sentir uma mulher de verdade.

Devagar fomos nos acalmando e então papai me levou no colo ao banheiro e me deu um banho delicioso de água gelada com bastante espuma.

Mesmo depois de ter gozado o pauzão do papai se mostrava imponente e olhando pra ele não achava possível que aquilo tudo tinha entrado na minha xoxotinha tão pequena e virgem. Quando passei os dedos entre minhas coxas senti que estava totalmente inchada e meu grelo estava muito grande e quente demais, parecia estar em brasas. Achei que talvez fosse ficar saindo muito sangue do meu cabacinho arrombado, mas logo parou e papai mandou que descansasse um pouco no meu quarto e como uma filhinha bem obediente fiz o que ele havia mandado.

Dormi a tarde inteira peladinha e quando despertei até achei que estava tendo um sonho erótico só que era muito melhor que isso. Tinha lábios quentes e uma língua safada sugando e chupando gostoso meu grelão teso me levando a loucura e não demorou mais que alguns minutos pra me contorcer por inteira gozando deliciosamente na boca do meu pai taradão. Tomei um banho de língua dessa vez e então foi minha vez de retribuir e mesmo ainda inexperiente lambi e suguei aquele caralho cabeçudo com um saco enorme como uma putinha devia fazer e papai encheu minha boquinha de leite quentinho que adorei beber até a ultima gota.

Depois que o cabaço foi pro saco, tudo ficou muito mais quente e muito mais safado e não demorou mais que dois dias pra que papai estivesse comendo eu e mamãe juntas na mesma cama. Logico que tem muito mais aventuras que merecem ser contadas a vocês mas isso só acontecera no próximo conto!

Se gostaram do que leram cliquem em cima do meu nome GISELLE e leiam outros contos meus principalmente dois relatos que me deixaram completamente tarada e que adorei ter escrito:

MEUS TIOS FODIAM MINHA MÃE E TAMBÉM ENTREI NA VARA e

GOZEI COMO LOUCA NA PICA GROSSA DO MEU FILHO

Bjsssssss!

Skype: giselle_gts MCP1

kkkkkkkkkkkkk125

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/06/2015 23:55:28
Muito bom
10/06/2015 15:44:36
Tesão... Quero te conhecer, delicinha gostosa!...Vou ler todos seus outros contos e me acabar aqui aguardando seu retorno, tesuda.Skype: mmir.brBeijos em você toda!
08/04/2015 13:42:48
Deliciiiaaaa muito bom!
31/03/2015 15:05:49
Muito bom... Muito bem descrito!
26/03/2015 16:42:35
Giselle, você tem uns contos de tirar a respiração, adoro a sua escrita, me excita muiro. Parabêns.
22/02/2015 16:59:19
Sua putinha safada Me deixou de pau duro Kkkk Muito bom o conto Conta mais.
22/02/2015 16:57:24
22/02/2015 11:11:19
Parabéns é fantástico seus contos
21/02/2015 17:03:43
Nao esqueca de visitar meu conto... bjaozaooo
21/02/2015 17:03:11
Delicia de conto.... muito boa sua experiencia vivida, com su pai na sua primeira vez. Parabens
11/02/2015 18:53:57
Adorei esse conto..meu email
02/02/2015 00:26:34
q gostoso. eu tb dou pro papai e gozo mooooooooitooooooo
31/01/2015 19:35:52
Adorei... mulher safada é td de bom... leia tb meus contos aqui ou no meu blog http://adventuresAndAdventurers.blogspot.com.br ou aqui meesmo ...
30/01/2015 02:11:07
Mandou ver
27/01/2015 19:38:34
Muito bom.
26/01/2015 17:44:46
Adorei seu conto nota 20 muito bom gozei bem gostoso lendo seus contos.
26/01/2015 13:03:22
Muito bom show!!!




Online porn video at mobile phone


loira jogando pinbolin pelada no saguão do hotelhigor safado xvidiocontos eróticos fui da o cu e cagueicontos de incetos e orgias entre irmaos nudismo piscina em casafrango a mulher assistindo vídeo pornô na televisão com o cunhadohttp//mulheres de camisola sem calcinha da.bucetinha peludinhairmao.ingravidando.irma.metendi.na.buseta.sem.camlsinhacomtos papai me fez a pita do analxvideos primo cheira po mas prima e nao resistixvideo amador teens assustada quando entro de na xoxota de bruço xoxotaSou tarado por beijar pezinhos com rasteirinhasporno com muito estrupo com muito pau no cu a força com muito sexo bruto.fotos da bucetas da sadinaxxvideo enviando abraço na buceta xvideos sentando no pau gostasentequero ver filme pornô com mulher morena de 20 anos dando o cu de bruço fechacontos deu o cu para o cachorracangapor hd proncontos chantagiei a filha pra comer a netaporno gay derramou agua na calçajantar em familia mulher senta no colo do marido e começa a transar sem a familia desconfiar pornosexo gay contos valentãoquero ver vídeo de novinha mostrando a b***** patinho que rola patinho de rola b*****conto erotico bacanal bucetasexo na madrugada prudentinapopa.da.bundagozaconto patricinha escravacontos eróticos o dedinho da urologistavídeo pornô intrigada e padrastoentregei uma pizza e mepagou com boquetevideo. pono mulheres guichado porra de tezaohttp://zdorovsreda.ru/texto/201109691cunhada arredou a calcinha e começou a cavalgar na vara do cunhadovídeo pornô uma atividade Bonde da três sobrinhos até f****conto erótico se masturbando com calca legedois negao dt realizando fantasia de n mulher casada porno doidopunhetamdo no cinema boafodaxvideos loira cabelereira tesuda de mini saia cortando meu cabelo pau duroCármen e a patroa contos eróticosXVídeos novinhas Idelmar negão arrombando tudoxvideos viu mae dormindo de boca aberta e fico doidinhogay jogando video game pelado sozinhonovınha transando com ırmaocontos eroticos textosjoponezinha dormindo e entra um cara e comi elafugio da aula para da buceda e leva gozada tendrohttp://zdorovsreda.ru/texto/201103701porno levei um amigo pra minha casa ele ficava elaContos eroticos casais e pintudos fantasiasvídeos sexo gays estrupo vampiro principes dandomae japonesa leva servisal para as conpras negao pega no cassete dele e fodecdzinhas contos reaisporno teste de fudeludade com enteadacontos eroticos cheia de pentelhos horriveisPorno conto mae no msnchupei lambi os pés da minha prima mais nova dormindocuzinho apertadinho rosto lindinhobunda nervosa caralho gozoumeu cu geme pornoFiz minha sobrinha trair seu noivo no motel. Comigo comi seu cu conto eroticoxsvideo de porno itiada fudeno com padrastoporno com mãe e filha bucetudas de guaianazesConto erotico estou louca pela picona do meu cunhadocontos crossdressempurrando opau bem devagar na bucetinha virgenmulhereres evanjelicas peludas porno caseicalça legui caladinha na casada xvideowww.x10 porno incesto mãe e filha obrigando ao filho para transar com elasxvideo afilhado fala quevai fazer massagem na madrinha e acaba comendo o cu delamulher de corno trepando com peaozada no alojamentofilme porno home nergro sorca vara na imtiadaMinha tia fez boquete pra mim relatosoraia carioca soca com negao picudocontos eróticos sinhozinho comendo negrasContos eroticos pai liberal.comDou o cu para o traficante contos gayfudendo morena fofinha na mata caseiros coletâneamulher e obrigada a ser penetrada por gancho pornodoidoamassos eroticos na aguamorena deitada para dormir nua e cansada mas seu caozinho nao deixa lanbe sua vagia e ela gstaxvidiopornô doido meu padastrovideos de coroas loiras da bunda grande vendo genro de pau duroblogger comedorcasada gozando veja fotomulher flaga sua amiga do rabao uma morena dando o cu para seu marido negao dotado com o penis de 030cm e da tambenpprno padrasto saradao escuta entiada gemendoconto erotico tirei o cabaco da patricinha na marrapalavroespornobrasileirasmomento de carinho dando mordidinhas na nuca e desce lambendo as costas até chegar no cuzinhoconto erotico soquei um pau de borracha na minha esposa sem ela perceber