Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Depois daquele beijo... toda cautela foi embora parte 2

Um conto erótico de Edu
Categoria: Heterossexual
Data: 07/01/2015 19:39:21
Última revisão: 02/11/2016 23:15:44
Nota 9.33

Sou o Eduardo de São Paulo, tenho 26 anos, moreno corpo atlético e esta é a continuação da minha história. Se não leu a parte 1 peço que o faça para o conto ser ainda mais gostoso para você.

Continuando a historia...

Deixei que se passassem dois dias antes de ligar para Mayara, porque com certeza o clima na sua casa não devia estar dos melhores, achei melhor deixar a coisa acalmar um pouco antes do próximo passo. Mas confesso que não foi nada fácil, pois me pegava sempre pensando naquele corpo delicioso e em tudo que poderíamos ter feito naquela noite se as circunstancias tivessem permitido.

No terceiro dia já não suportei mais de vontade de terminar o que havia começado e decidi ligar para ela. Fui prontamente atendido por sua voz sexy bem mais solta do que quando nos encontramos e acabamos marcando de nos encontrar num barzinho no centro da cidade.

Desliguei o telefone e aguardei as três horas que ainda faltavam para o expediente encerrar, cada minuto parecia se arrastar de tão ansioso que estava para ter aquela morena comigo outra vez. Quando finalmente o expediente se encerrou saí rapidamente, peguei meu carro e fui até minha casa que fica em um bairro próximo para tomar um banho, trocar de roupa e pegar algumas “surpresinhas” para ela.

Essas surpresas eram alguns artigos de sexy shop que tenho sempre em casa: alguns óleos de massagem, comestíveis para sexo oral e algumas outras coisinhas básicas, mas que podem tornar uma transa inesquecível. Porque pelo menos para mim, o que vale na cama é a inovação e a criatividade. Se você que esta lendo o conto nunca experimentou não sabe o que está perdendo. Eu estava decidido a dar a ela o melhor sexo da sua vida e também a extravasar todo o tesão acumulado desde que havíamos sido interrompidos.

Cheguei no barzinho, pedi uma cerveja e 15 minutos depois ela apareceu mais linda do que nunca com um vestido lindo realçava suas curvas e salto alto. Usei toda a minha força de vontade para não jogá-la em cima de uma das mesas e transarmos ali mesmo.

- Demorei muito? – perguntou já se sentando à mesa

- Um pouco só, tive medo que acabasse desistindo de me encontrar.

- Nem pensar, depois daquela noite não paro de pensar em você. Nunca nada assim havia me acontecido, com certeza algo em você mexeu comigo.

Conversamos um pouco, ela me disse que a situação em casa esta ainda pior e que havia dito ao marido que iria passar uns dias na casa da sua mãe. Dava para ver que ela estava nervosa e com receio de que algum conhecido nos visse ali então sugeri que fossemos para algum lugar em que pudéssemos ficar mais a vontade.

Assim que entrou no meu carro ela se transformou: nos agarramos e começamos a nos beijar com vontade, aproveitei para passar as mãos pela sua cintura e subir sentindo aqueles seios deliciosos que pareciam querer se libertar do vestido. Arranquei com o carro e fomos direto a um motel. Deixei que ela subisse na minha frente para poder apreciar a visão daquela bundinha maravilhosa e redondinha quase encostando na minha cara.

Começamos novamente a nos beijar e foi aí que pensei que já era hora do show. Peguei o pacote que havia trazido de casa e vendei seus olhos. Ela ficou surpresa e receosa com aquilo e tentou tirar, mas eu fui lhe fazendo carinho e falei para ela:

- Confie em mim Mayara, que eu vou te dar a melhor noite da sua vida. Já que você nunca experimentou nada de diferente no sexo, hoje quero que você relaxe e me deixe te mostrar tudo.

- Ah Edu, assim é covardia, você falando assim não tem como eu recusar...

Foi tudo que eu queria ouvir naquele momento.

Começamos tirando aquele vestido, para depois admirar aquele corpo maravilhoso. Ela usava sutiã e calcinha pretos, a calcinha fio dental se perdia naquela bunda maravilhosa. Ainda nos beijando, soltei seu sutiã e comecei a chupar aqueles seios tão gostosos e que cabiam perfeitamente nas minhas mãos. Ela só gemia baixinho e se arrepiava toda.

A coloquei na cama tirei toda a minha roupa e comecei beijando seus pés e subindo e mordiscando sua pele, ao passar pela calcinha coloquei minha boca sobre sua bucetinha e soprei devagar só para provocar. Continuei subindo até chegar à sua boca e então tirei um par de algemas do pacote algemando suas mãos prendendo-as sob o travesseiro. Nisso segurei seus pulsos e falei:

- Você agora é minha, vou te comer gostoso pra você nunca esquecer esta noite.

Dito isto, como eu adoro provocar, a virei de costas para mim e comecei a passar um óleo nas suas costas, apenas um pouco, e fui massageando. Esse óleo é daqueles que esquentam um pouquinho, mas dão a sensação de geladinho se soprar. Passei nas suas costas enquanto lhe chamava de gostosa, elogiava o seu corpo e algumas obscenidades. Ela ia gemendo cada vez mais alto, se soltando e gostando da coisa. Estava quase no ponto.

Depois da massagem desci e fui subindo seguindo a linha da coluna soprando de leve ate a sua nuca. Nisso ela se contorceu toda e começou a implorar:

- Não aguento mais, me come seu cachorro, me come agora que quero que essa buceta seja toda sua. Me come agora vai.

- Você quer? Então me mostra – disse eu colocando meu pau entre seus lábios.

Não esperava que ela chupasse tão bem, engoliu metade da minha rola com maestria e chupava mesmo com muita vontade me deixando ainda mais louco de foder ela inteira.

Então empinou bem sua bunda ficando de quatro, arranquei aquela calcinha e fui passando os dedos pela sua bucetinha sentindo o quanto ela estava molhada. Como eu também já não aguentava mais o tesão a penetrei bem devagar para que sentisse bem meu pau abrindo espaço em sua buceta, preenchendo-a bem ate que minha virilha encostou na bunda.

- Você esta gostando? - perguntei passando para um tom mais imperativo

- Aham, eu tô.

- Fala mais alto – mandei

- Ai eu tô adorando seu cachorro, mete mais vai, me fode, me arrebenta gostoso.

Então enrolei a mão no seu cabelo e dei aquela puxadinha bem safada enquanto dei uma metida bem forte e fui socando com mais força acelerando aos poucos, queria ver aquela mulher que me fizera passar tanta vontade subindo agora pelas paredes.

Ela se descontrolou e começou a falar um monte de palavrões enquanto bombeava gostoso naquela buceta maravilhosa até que ela começou a tremer toda e se contorcer caindo sem força na cama.

- Você acabou comigo seu safado.

- Ainda nem comecei.

Abri bem aquelas pernas e fui colocando com calma na posição de frango assado. Fui metendo devagar agora enquanto passando as mãos nos seus seios e apertando de leve para depois ir novamente acelerando o ritmo, logo já estava bombeando de novo bem forte e sentindo aquela mulher deliciosa gozando debaixo de mim. Era uma visão maravilhosa vê-la ali algemada e vendada totalmente submissa e ao mesmo tempo mordendo os lábios e gemendo alto de prazer. Decidi que estava na hora de fazer outra surpresa porque já não ia aguentar mais muito tempo sem gozar e queria que fosse naquele cuzinho maravilhoso que ela tinha. Então peguei o óleo que era comestível e dava uma sensação de calor e fui passando naquele desejado buraquinho.

- Ai cachorro, para com isso. Seu pau é maior que o do meu marido, vai doer muito. Ele ate já tentou e não deu certo imagina com o seu.

- Já te disse, confia em mim. Com certeza aquele idiota não sabia como fazer direito.

Sem esperar resposta abri bem as suas nádegas e comecei a passar chupar seu cuzinho bem e arranhar de leve suas costas e sua bunda. Ia chupando e depois parava e deixava-a sentir minha respiração para dar aquele contraste de calor e gelado no seu cu.

Fazendo assim aos poucos ela jogou fora todo o receio e já me mandava comer aquele rabo com força me chamando de cachorro filho da puta e outras coisas que nem lembro mais.

Só sei que posicionei meu pau e fui forçando com calma sentindo aquele buraquinho apertado se abrindo para mim, ela gemia alto dizendo que estava doendo um pouco mas que eu tinha deixado ela acesa doida pra ir ate o fim.

Puxei novamente seus cabelos e fui dando uns tapas leves na sua bunda e mandando-a rebolar e logo estava com meu pau todinho deslizando dentro dela, fácil num vai e vem delicioso. Fui metendo com mais força e mais rápido lhe chamando de vadia ate que não aguentei mais e gozei como louco naquele cuzinho maravilhoso. Saiu mesmo muita porra enchendo seu cuzinho e me deitei de lado recuperando o folego.

Ela estava também ofegante, tirei as algemas e ela esperou alguns minutos e foi ao banheiro. E quando voltou se deitou ao meu lado dizendo que havia adorado, nunca havia gozado tanto numa noite só. Ficamos abraçados por um tempo logo recomeçando a sacanagem que durou um bom tempo ainda. Saímos do motel com ela mancando um pouco e com um sorriso safado na cara.

A deixei na esquina da casa da mãe e fui embora.

Espero que tenham gostado deste relato, nós ainda nos encontramos varias vezes, mas isso já é assunto para outros contos.

Quero agradecer aos comentários positivos que generosamente me deram no conto anterior, principalmente da Mallu e da Coroa Libertina, pois já me deram tanto prazer com suas histórias sendo uma honra também excitá-las com as minhas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
29/08/2017 09:47:57
Show de conto, Edu, adorei. Fiquei com vontade de experimentar algo diferente assim. Só de imaginar, já fiquei com coceirinha ali. Quem sabe num dia qualquer, teremos algo depois do beijo? Rs. Bjs, Val.
02/10/2015 10:49:59
Relendo esta delicia de história. Também adoro usar brinquedinhos para apimentar ainda mais a relação. E acho que foi uma experiência inesquecível para a garota. Publiquei um novo relato. Se puder, me visite outra vez. Bjs.
17/08/2015 02:28:17
Muito bom mesmo, continue escrevendo. Adorei as duas partes. Beijos
12/03/2015 14:23:36
Excelente conto.
26/02/2015 15:32:01
valeu pelo seu comentario Edu e esta continuaçao esta muito boa parabens manw... abraçosss
19/02/2015 03:08:37
Sou nova aqui mais adorei, muito excitante da ate pra imaginar bem direitinho kk parabens
17/02/2015 19:08:11
Adorei...estou toda molhadinha aqui..mais adorei...
31/01/2015 02:46:36
Mt obrigado a todos pelas notas e comentario. Logo publicarei mais contos para vocês. Obrigado.
30/01/2015 22:27:25
Se o primeiro estava bom, agora, com a conclusão a história ficou ainda mais deliciosa. Belíssimo enredo, muita excitação. Mais uma vez, parabéns.
13/01/2015 12:16:11
Cosas novas são sempre muito excitantes :)
13/01/2015 11:12:45
A Mayara merecia tudo isso, mesmo. Detalhes que muito me inspiram, excelente final.
08/01/2015 02:26:32
Muito obrigado. Continuarei sim
08/01/2015 02:03:11
Adorei muito excitante!!!!




Online porn video at mobile phone


contos lesbicos e penitencia no conventocontos e videos casada cavala fudendo com dois negaoquantos centímetros tem o penes do pro boteinovelhopintudocontoscontos eroticos comeu eu minha filha e sublinhavídeo pornô Sport segurando marido comendo o cuzinho da comadre a forçapirocona na titiaconto de filha bando de biquine e acabou dando a bucetaver video porno mae gts malhando em casa sem calcinha seu pai vermorena fofinhado rabao fudendo com dotadocontos veridico de incesto nora fode com seu sogro bem dotado pra pagar dividamulher estava fazendo hidrataçao de pele na cara nao percebeu o homem sexo pornocontos tatuape primeira bucetamulher passar margarina ela pelada e no cu bem gostosoXsvideos primo se masturba no quarto na frente da primanegao metendo em colatinaporno levei um amigo pra minha casa ele ficava elacontos eroticos de amamentaçãoconto gay o nerd e o bad boy 7casa dos contos eróticos dei para meu filhoincesto mamãe cuidado do filho que ta debilitado com buceta molhadacontos eroticos d maridos q levam homen pirocudo pra comer sua mulher em ksaandando bem devagarinho E aproveitando que minha irmã está pelad bota pau no cu dela YouTubevideo porno velho mamando e mordendo e puxando o peitoWwwcasa dos contos enquilina pagando alugelna hora da tranza sinto um liquido querendo sair da minha vagina,entao gozeicontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhacontos eroticos de caminhoneiros fudendo homens em posto de combustiveisvovo gostosa seduzindo o neto contos eróticosxviďeos loira safada escritorioContos eróticos Trasei com amigas da minha namoradaler conto erotio descabaçando irma peludafilme porno das pantera meu tio foi passar um fim de cemana na minha casaamigas chantageadas depois de furta pornoconto eu so tinha dez aninhos e meu tio ja chupava minha xoxota que era carnudinha eu ia a loucuraContos eroticos de mae da banho filho com braço e perna quebradacontos erot os y icvídeo pornô com mulher trepando bem muito toda suada suor pingandoo riquinho que eu amo cap 12 casa dos contosjapurunga peladameu tio me  minha irma chorou quando tirei seu cabacinhopornô irado mulher no supermercado se masturbando enquanto os outros passamhomens com rolas veiúdas transandomulheres que sem peseber motraram a buceta nos onibusmadrasta brasileira faz vídeo dando a b******** para o enterro de sua filhinha junto em casavídeo pornô homem c****** no pau do outro homem saindo bosta do c* do Cupim na pica no c******** e grossaconto erotico tia bucetuda e sobrinho pausudo de sungagts de fio dentau mostrando ha bucetinha na webirevistinha porno mulher vos sexy co cachorroMiller tair marido com ladrão em casa phornodando pro supervisor contocontos de incestos surubas com irma em casa nusmulher sendo mastrubada no honibos pro um estranhobucetinhasequinhapornocontoincestoscontos eroticos A Dama e o Bruto sogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhavídeo pornô de mulheres que não aguentaram levante 4 cenascomendo sogra encuanto dorme porno loiraeu juro que meu sogro me fudeuConto erotico fazendeira gostosa da pro caseirosexo homens gozando e.falandopalavroesputinha tres coraçõesComi o rabo sujo de bosta do Lukinha contos eróticos gayspriminha inocente pegando no pinto do primo na frente de toda família sem eles veremrelatos de minha sogra e muinto greluda e pentelhudaXvideos grandes pauzudos enrrolaados na toalhas pernas abertascontos minha esposa pediu carona e ganhou pica grossaconto erotico pegador popular da escola heterotransa sexual sogente negras eu gosto porno gratissolandoa bucetinha virgem da gatinha cm o picarenatadominadoraninfeta blinando vovôfeminização forçada contosVer contos de ciume do diario de um guei (sobre alam e biel).pelego pauzudo nuCOROA japonesa FOI PARADA NA RUA E ACEITOU FUDERcontos de putaria sou puta meu irmao um jumento fudeu o cu da minha amiga e eu ajudeiRelato de cornos submissogozadas no xvideo de mulheres que dar tremetreme naspernasAdulta criando pentelho na bucetasinhazinha estrupada por escravos pornoContos eroticos comendo cu da mamae com o papaiFelipe e Guilherme- Amor em Londredmeu aluno cacetudo contoshomem, gozando, dentro, da, biceta,, dwmulher, gravida, no, carroasistir video porno angolano de tia e sobrinho.Como se escreve “ manda video porno ” em inglesbuceta de pombagirahomen ve a visinha no banheiro fica louco porno doido