Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Tio Cordeiro - O pai da minha amiga me comeu

Um conto erótico de Lis
Categoria: Heterossexual
Data: 20/02/2015 10:55:25
Nota 9.91

Aprovada! Pensei.

-Mãe, passei no vestibular. Disse ao telefone.

Em casa aquela festa pela aprovação no vestibular para arquitetura. Naquele momento o nervosismo e o estresse dos estudo haviam dado lugar a alegria mas, só uma coisa me acalmaria totalmente.

Recentemente desvirginada só pensava em sexo, nos últimos 4 meses, tempo que fazia que tinha perdido o cabaço, me dedicara muito mais a aprender a rebolar na piroca do homem que me apresentou aos prazeres do sexo, do que aos estudos. Sempre fugia das aulas do cursinho para transar mas, estava sempre querendo mais.

-Lili, estamos indo passar o fim de semana na praia, venha conosco, será bom pra desopilar depois dessa pressão toda. Disse Juliana, minha melhor amiga.

Aceitei, lembrando que aquele que tirou a minha virgindade e me saciava momentaneamente não poderia me ver aquela semana, eu não era a única para ele, claro!

No carro, eu, Ju e seus pais, a quem chamava carinhosamente de Tio Cordeiro e Tia Celma. Depois de comida pela primeira vez, passei a olhar os homens como homens, com desejos e vontades, não mais como seres normais desinteressantes e sim como delícias com membros gostosos que me satisfaziam, não todos, ainda sem muita experiência não entendia que todos eram fonte de prazer mas, os que me agradavam os olhos, agradavam minha vagina gulosa.

Tio Cordeiro tinha uns 40 anos, era bonitão, tinha pernas torneadas e braços fortes, lábios carnudos e olhos castanhos claros. Durante a viagem, Tia Celma me enchia de perguntas sobre as provas.

-Não Liga Lis, ela me entupiu de perguntas, agora tá fazendo o mesmo com você . Disse Ju.

Sorri pensando: -Que saco! Por que não cala essa boca?

Tio Cordeiro dirigia calado e as vezes suspirava parecendo entediado. Algumas horas depois, enfim, chegamos.

A casa era grande e a piscina convidativa. Trocamos de roupa e de biquíni me mostrava ainda mais diferente de Ju, baixinha e super magra parecia ter 11 anos, já eu era peituda, bunda impinada e redonda e pernas grossinhas, o biquíni preto com desenhos de florzinhas brancas, era estilo curtininha e a calcinha pequena amarrava-se dos lados do meu quadril, formando um lacinho de cada lado, contrastava com a minha pele branca e os longos cabelos loiros e lisos iam até minha cintura, não aparentava ter os 17 anos que tinha, recentemente completados.

Na piscina, nadamos e brincamos muito, o sol fazia minha pele sensível ficar vermelha e os pelinhos dourados do meu corpo brilhavam, sai para passar protetor solar e passando os olhos rapidamente pelo local vejo Tio Cordeiro sentado do outro lado da piscina, com as pernas esticadas, sua mão esquerda repousa sobre seu pênis e parecia apertá-lo levemente, como se não quisesse chamar atenção, a direção do seu olhar mostrava que ele adimirava minha vagina.

-Ele tá olhando meu pipiu, ou eu já estou tão louca para dar que estou vendo coisas? Preciso ter certeza. Pensei, me referindo com carinho aquele pedacinho de mim fazia a alegria dos olhos do Tio Cordeiro e fingindo não perceber nada.

Logo fomos almoçar e Tio Cordeiro sempre com aquele cuidado comigo, conversa vai, conversa vem, fomos descansar um pouco e ao acordar do cochilo da tarde, o vi sozinho na piscina e decidi ir me mostrar um pouco mais e tentar tirar a minha dúvida. Vesti outro biquíni, agora vermelho com detalhes azuis, tão pequeno quanto o primeiro, peguei o protetor e a toalha e corri para piscina. Ao me ver, Tio Cordeiro solta um sorriso simpático e senta-se na cadeira. Coloco minhas coisas no chão e tiro a saída de banho ficando apenas de biquíni e começo a passar o protetor solar, deixo o frasco cair propositadamente, abro um pouco as pernas e abaixo para pegá-lo deixando a bunda arrebitada e a vagina a mostra, coberta apenas por um pequeno pedaço do biquíni, olho discretamente e a mão de Tio Cordeiro repousa novamente sobre seu pau.

-Tio, esse biquíni ficou bom? Ficou bonito?

-Tudo fica bonito em você Lili, você é linda.

-O senhor acha mesmo?

-Sim, sempre achei. Responde apertando o pênis.

Fui até sua mesa, fingindo que ia deixar lá minha toalha.

-E meus seios Tio, o senhor gosta? Acho meio grandes demais as vezes. Joguei todas as cartas naquela pergunta, era tudo, ou nada.

-Não acha que foi longe demais com essa pergunta menina? Respondeu e disfarçou enquanto Tia Celma se aproximava, sai rápido e caí na piscina. A noite no jantar, percebi que Tio Cordeiro me olhava diferente, durante a madrugada acordei e fui ao banheiro e ouvi Tia Celma gemendo intensamente, parecia que ele a comia com muita vontade, aquilo me excitou mais ainda e enquanto Juliana dormia na cama ao lado, me masturbei até gozar.

No dia seguinte, logo pela manhã, Tio Cordeiro disse que nos levaria a praia, Tia Celma preferio ficar em casa e lá fomos nos três. A prai era praticamente deserta, Ju foi dar um mergulho e o fato de eu não gostar de tomar banho de mar ajudou e agora estávamos sozinhos novamente.

-Dormiu bem Tio? Perguntei sorrindo

-Poderia ser melhor. Respondeu e logo continuou

-Sobre sua pergunta de ontem, ainda não pude lhe responder

-E o que tem a me dizer?

-Seus peitos são lindos, mas não estou certo do tamanho, posso tocá-los. E já foi colocando a mão por dentro do sutiã do biquíni sem preder tempo, safado... Aquilo fez minha vagina se molhar.

-Sim, eles tem um ótimo tamanho, adoro peitos grandes como os seus. Daqui da para sentir o cheiro gostoso da sua bocetinha Liz, já está melada, não está? E senti seus dedos dentro do meu biquíni, acariciando-me o sexo extremamente excitado. Precisava dar para aquele homem.

Louca de tesão só pensava em foder com o Tio Cordeiro, mas nunca ficávamos sozinhos tempo suficiente, via no jeito que me olhava que ele também me desejava. Sem outra saída resolvi provocá-lo o máximo possível, sabia que cheio de tesão, ele daria um jeitinho de me comer.

Passei a ficar o tempo inteiro no mesmo lugar onde ele estava, passava protetor na sua frente, me esfregando toda e apertando os seios, enfiava os dedos na bunda para tirar a calcinha enfiada, quando estávamos sozinhos colocava a calcinha de lado e deixava a vagina a mostra e já agindo impulsionada pelo desejo apertei seu pênis dentro da piscina, estávamos sozinhos e ele me agarrou por trás

-Sei o que você tá fazendo safada. Disse metendo a mão no meu biquíni e enfiando os dedos na minha vagina sedenta.

-Vai dizer que você não tá gostando? Falei roçando minha bunda no seu pau rígido.

-Não se preocupa, vou te dar rola gostosa. E saiu da piscina praticamente fugindo.

Estava louca de tesão e só pensava no Tio Cordeiro me comendo. Via nos olhos dele que já estava enlouquecido com minhas provocações e a cada noite, Tia Celma gemia mais alto e forte e eu me masturbava cada vez mais.

Numa noite, estavamos na sala e Tia Celma na cozinha, quando Ju foi ao banheiro Tio Cordeiro se aproximou apertando meus seios dizendo que eu fingisse que dormia. Fechei os olhos e o ouvi dizer que queria comer de um restaurante que ficava a alguns quilômetros da casa, numa cidadezinha e disse que Tia Celma fosse até lá, ela o atendendo prontamente pegou sua bolsa e a chave do carro e saiu, sabia que em pouco tempo estaria me acabando no cacete do Tio Cordeiro.

-Leve a Ju com você. Ouvi de olhos fechados

-Vai chamar a Lili Ju, ela vai gostar de ir também. Disse tia Celma.

Ouvi alguns passos se aproximando e logo saindo e depois Juliana dizendo que eu dormia no sofá. Barulho do carro ligando, saindo e quando o barulho ficou distante abri os olhos, Tio Cordeiro vinha para perto de mim já tirando a camisa.

-Ela não vai gostar de ir. Disse ai me ver sorrindo a sua espera.

-Ela vai gostar de ficar e levar pica até gozar

-Não vejo a hora de ter você me fodendo. Disse provocativa.

- Então vamos subir que eu to alucinado pra te chupar, não quero perder tempo.

No quarto, na cama que era dele e da Tia Celma, tirei a roupa com a rapidez de uma putinha louca para trepar, quando o vi nú, pude ver melhor seu membro duro, apontando para frente, não era grande mas, era grosso (do outro que me comia era bem maior e grosso), me deu água na boca e senti meus líquido escorrerem pelas minhas pernas.

-Abre as pernas o máximo que puder, quero te chupar muito. Disse me ajudando a arreganhar as pernas

Ele chupava gostoso, cuspindo na minha xaninha, sugava com força, esfregava toda a cara nela se lambuzando todo e eu gemia alto, já que estávamos sozinhos, gozei rápido, ouvindo- o dizer -Goza puta, deixa essa xota gostosa bem melada. E voltava a chupar loucamente.

Ainda sentindo os espasmos do gozo disse que queria aquela pica na minha boca. Ficando de joelhos agarrei a rola dura e comecei a mamar.

-E eu pensando que essa vagabunda era virgem mas, chupa melhor que a Celma. Falou jogando a cabeça pra trás e gemendo com a boca escancarada.

Ouvir aquilo me deu muito tesão, chupei como nunca, queria que ele gozasse logo, queria foder. De repente ele pega meus cabelos e diz para parar que não quer gozar ainda, me manda ficar de 4, mesmo querendo que ele gozasse fui correndo.

-Que delícia esse cuzinho cheio de pregas e esse priquito todo melado pedindo cacete.

-Tio me come logo, da pica pra mim

-Adoro uma putinha novinha como você, safada, fica se fazendo de santa em casa e é uma vagabunhinha de primeira. Disse colocando a camisinha.

E meteu rápido, fez barulho quando entrou tudo e sua coxas bateram na minha bunda, gemi e comecei a rebolar enquanto ele metia com força.

-Pra rebolar gostoso assim numa pica, so pode tá praticando muito por ai, né cachorra?

-Tenho um bom professor. Disse sorrindo e lembrando das intensivas aulas que tive.

-Ah é? Agora que eu sei que você é puta, vou te comer sempre também. Nossa que priquitinho gostoso, apertado, vou te comer gostoso agora.

Tio Cordeiro me fazia gemer de tesão, me segurando pela cintura ele metia rápido e forte enquanto eu empurrava a bunda para trás fazendo seu pau entrar até o talo e seu saco grande bater na minha boceta.

-Deixa eu sentar no pau do senhor deixa. Pedi gemendo.

-Senta tesão, adoro você me chamando de senhor safadinha. Disse tirando o cacete melado da minha boceta e deitando na cama.

Chupei o cacete antes de sentar, sentia o gosto da minha xaninha, misturado vom o gosto da camisinha e Tio Cordeiro gemia sem parar. Sentei na vara dura com força e vontade, de costas para ele e comecei a cavalgar rapidamente.

-Segura minha bunda Tio, aperta, bate com força.

-Tu trepa gostoso demais meninas, se soubesse tinha te fodido antes.

-É mais gostoso do que com a Tia Celma?

-Muito mais, tudo é mais gostoso, você é muito melhor.

O tesão juvenil, a vaidade da mulher que ama satisfazer e as palavras de Tio Cordeiro que urrava apertando minha bunda me levaram ao gozo, sentia meu mel escorrer pelo pênis do Tio Cordeiro, me deixando mole.

Agachada, com uma perna de cada lado do seu corpo, rebolava com o pau socado na boceta, de frente para ele masturbava meu clítoris enquanto rebolava, me puxando para cima dele e me apertando forte contra seu peito, Tio Cordeiro gozou feito um cavalo, ao sair de cima dele vi o preservativo cheio, retirando-o vi o leite escorrer viscoso pelo cacete que amolecia, chupando delicadamente Tio Cordeiro gemia e alisava meus cabelos. Depois de lamber todo esperma que sujava seu cacete, agora murcho, disse q iria correndo me banhar

-Tu trepa tão gostoso que até esqueci da Celma e da Ju.

Quando retornei a sala Tio Cordeiro já estava lá, de cabelo molhado do banho rápido me olha com cara de safado. Logo ouvimos a buzina do carro.

-Se demorássemos um pouco mais elas me pegariam com a pomba atolada nesse priquitinho gostoso. Disse o Tio mais safado e gostoso, apertando minha vagina e indo receber a mulher e a filha.

Lis.

(Laa)

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
21/12/2015 21:17:20
me deu muito tesão adorei
20/10/2015 16:52:03
Oi Lis . Otimo conto. Merece um 10. Eu sou o ModFant antigo moderador da Fantasy Island e estou criando um grupo novo de escritores (ja temos alguns). Gostaria que voce fizesse parte do grupo e nos autorizasse a postar seus contos tambem pelo nosso email alem de e' claro, receber os nossos contos e video-contos tambem por email. Mande um email pra gente. Beijo do ModFant - Email:
08/07/2015 01:27:21
FUDER COM COROA É TUDO!
27/04/2015 19:24:20
Quem resiste a tamanha gostosura? Meu ¨secretario¨ já endureceu nos biquinis e imaginei este ¨japanisis brasiliensis taradus¨ no lugar desse tio Cordeiro. Beijão!
20/02/2015 17:57:21
Porra, que estória mais gostosa e excitente.
20/02/2015 16:03:56
quero meter na sua buceta tambem safada me add
20/02/2015 14:08:29
Nossa quase me mata!
20/02/2015 13:54:49
Obrigada pelos votos e comentários, com certeza lerei os de vcs tbm :*
20/02/2015 13:28:39
Ui
20/02/2015 13:21:59
Muito boa história... safadinha qdo quer dar é assim mesmo... leia meus contos, particularmente o A AMIGA DA MINHA FILHA, aqui ou no meu blog, http://adventuresandadventurers.blogspot.com.br ... bjs
20/02/2015 11:26:57
muito bom seu conto garota... parabens
20/02/2015 11:14:01
delicia
20/02/2015 11:12:58
Otimo
20/02/2015 11:12:32
Otimo
20/02/2015 11:08:11
Muito tesudo teu conto Lis. Escreve outro. Leia o meu deÉ meu primeiro conto aqui e tem vídeolink). Chama-se 'No cu do Motoboy'.




Online porn video at mobile phone


enfianp atr o talo no cubrincando escanchada contos pornoclitoris vantajososcontos eróticos​, praia de nudismohttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branqueloirmalouca pra perdero cabaco pro irmarmédico explicado chupar bucetas doença transmiticontos de sexo depilando a sograpornocontoincestosnovinha magrinha mija na pica grandemorena com os pentelhos enroladinhos trepando gostosonega o tarado fuden mendiga na ru pm muita forçafilme de zoofilia sofia nozo eterradovídeo da pelada gostosona morena aquelas bem gostosa e morena e bem gostoso se tu não fazer carvãocontos da minha sogra me pedindo pra cheirar sua calcinhaconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorfilha pega mae fodeno com 40cm de rolaDou o cu para o traficante contos gayrelatos selvagens de zoofilia com cachorrocontos eroticos de mulheres falando de pau pequeno e finovídeo de mulher pelada nua vídeo mulher pelada mostrando o pinto também amor quer vir aqui também é muito periquita Minha louca vida de mulher pelada nuaSUPERDOTADO ARROMBANDO FALSA MAGRA NEGRA DO BUNDAO DORMIDO DE SHORTINHOcontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grandeamo meu corninhoquadradinho erotico incesto COM HUMORminha mulher fodemdo com e olhando para mim com cara de safada gemendo gritando e chamando dizendo ta bom corno corninho ta vendo tua mulher semdo comida fudidavidio porno de mulhe de 70a75 quilofotos de bucetas lusinhas brancas rosadaspunheteiras vadias sujas socandovideos esposa gostando de ser bolinada corninhoSexoloucoanimalgostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticosMulher andando de fildental arredor do homem ai depois o homem aranca no dente e gosa na buceta delavideos de sexo fodi ela de ladinho ela fechava as pernas e gemia muitoContosveridicos contados por novinhassafadezas com meu cunhadinhotia pasa de camisola perto do sobrinho e ele fica com tesaoMACIEIRA SEXO PORNOmeu filho me sondava deu cu do eu comtos eroticosPorno contos eróticos sexo entre irmaos romance final feliz o filho da minha madrastaContos lambendo chulecontos eróticos técnica de enfermagem pegando carona com colegaEroticoscontos.com /casadas 23cm dupla contos erocos apenasbrincando escanchada contos pornomulher novinha transando com jumento jumento emocionada com cocominha irma me pegou batendo punheta e contou pra minha mae acabou que teve que transar comigolidabucetax negona budona lascadaeu emcaixando o pinto do amante na minha irma gostozasexobrasileirocavaloContos.shortinho.curto.enlouquece.filhopornô pornô socando o pau na b***** da dona Zefa cachorro tocando pau na b***** da donaespozinha fica bricando com amigo do marido e leva no buceta pica peta gigante e gene de dorvidiopormo de mulier que noa aguenta pau no cu e bera naoracoletania de negao socando ate o saco nas esposas gringas com vestidos pornoEgua ciscano a BuçetaMeu sogro me comeu a forcacomendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticosvelho insiste até rapaz com mussarela no pornôfotos de bufetas pibgando de tewaocontos na piscina,, mulher de corno chegando com biquíni transparente e corno viadofiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosbucetagosotosacasa do conto meu filho me encoxou de baby dolltorei um garotinho virgemwww.xvideo vanda virtuscontos eroticos com padrasto estupro gosteiCalcinha cheirosa da filhinhaquero ver o vídeo da mulher da enxadinha perdendo a virgindade dela mulher beijandopauzudo fode bucetamenorver video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadatirando o cebinho da cetinha com a linguaver vidio padrasto da pica muito loga comendo a itiada virger vai terque da pontoos filhos gemeos da minha mulher evangelica contos eroticoscontos eróticos eu e meu sobrinhodei para um pauzudo e quase morricontos eroticos estuprada pelo gari