Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Patricinha na Favela

Autor: Feschiavo
Categoria: Heterossexual
Data: 03/04/2015 18:36:01
Nota 9.00
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ola, sou a [email protected] e sou uma ninfomaniaca.

Eu quero parar, eu penso em parar, eu tento parar. Mas eu não consigo. O fogo e o desejo é mais forte do que eu. Não tenho nem por que sentir remorso ou peso na consciencia, mas os dilemas morais me colocam numa luta diaria entre a moral e o desejo.

Sou patricinha, branquinha, muito branquinha, loira, família de classe alta, todos me cobram que eu seja uma princesa, uma dama perfeita da sociedade. Mas eu gosto de sexo, penso em sexo 24 horas do dia que estiver acordada. Nao é so ter desejos, é nao parar de ter desejos nunca.

Eu gosto de negros, é a minha tara, o meu vicio. Frequento lugares que nao deveria, trepo com caras que nao deveria, chupo rolas que todos acham, que eu nao chuparia. Tenho 21 anos e já passei da marca dos 50 cacetes que me fuderam.

NEGROS. Caras de classes sociais inferiores, que me fodem de uma maneira muito mais sacana e diferente que qualquer namoradinho playboy. É a diferença que da o charme. Sou tudo o que esses pobres coitados sempre sonharam. É a chance da vida deles de fuder uma patricinha loirinha banhada em perfume francês.

E eu adoro ser uma vadia de negros! Ser dominada e completamente fodida. Eu levo na bunda de um preto.

Patricinha, branquinha, loirinha, de 4 pra um preto. Levando na bunda na saida de um baile funk. O choque que isso causa na sociedade é o que alimenta o meu tesão.

Ontem, eu pequei. Ontem, eu voltei a ir num baile curtir, beber, dançar e caçar uma ou mais rolas que me fudessem todinha. Ontem, encontrei um peguete de sempre que me come e me passa pros amigos.

Ele me passa pros amigos. Sou passada de mão em mão.

Ontem, mais uma vez fui ao baile dançar e rebolar provocando todos os machos que tivessem a minha volta. Vestidinho colado, maozinha no joelho, levando encoxadas de qualquer safado que parasse atras de mim pra roçar na minha bunda.

Bebada, descabelada, tarada e feliz, a cada encoxada que eu levava, a cada piroca dura que eu sentia roçando na minha bunda, só aumentava mais e mais o meu tesao. Meu peguete sabe, e me deixa curtir, me trata como rainha, manda um motoboy me pegar no pé do morro, me recebe com todo prestigio na area vip do baile funk. Me banca todas as bebidas pra me deixar bebinha e dengosa. Porque depois, ele sabe que a festa vai começar.

Eu faço gang bang. Já virou uma rotina a tal ponto de nao me chocar. Banalizou.

Dano e rebolo no baile, ate estar no ponto certo de taradadice pra ser levada pra salinha vip da diretoria. E lá.. lá a surra de vara acontece. Uma patricinha filhinha de papai, bebada na mao de 3 ou 4 negros, o cheiro de sexo no ar, as risadnhas de deboche, a farra se instala.

Ontem, foram três. Três negros favelados de cacete gostoso me penetrando de todas as formas, pisiçoes e buracos.

Eu mamei, mamei muita rola. cavalguei sentando na vara com a minha bucetinha de nenem. E como sempre, terminei de 4, sendo montada por uma fila de negros. MONTADA. Patricinha branquinha de 4 sendo MONTADA.

É pra matar o meu pai de orgulho com uma cena dessas.

Eu ali de 4, no meio da favela, no meio de um baile funk, o som alto do funk rolando do lado de fora da sala, a fumaça de maconha no ar, risadas de deboche farra e sexo. Uma patricinha teenzinha toda gostosinha de 4, DE QUATRO, pra um bando de negros.

Fui enrabada por três pretos, e eu gosto!

Passada de mão em mão, rodando na pica dos caras. Dois deles eu sequer conhecia, fui apresentada ali na hora, mas e dai? Nem olhei pros seus rosto, so quero rola, muita rola.

Papai tirou a sorte grande. Filhinha loirinha bunduda que gosta de ser montada por preto de pau grande.

Nao, leitores. Nao eram vocês! Nao me entediem mandando emails dizendo que querem me conhecer. Eu caguei pra vocês. E nem precisam gostar do que eu escrevo. Depois de 3 pretos caralhudos me fudendo a noite toda ontem, eu simplesmente nao dou a minima pro que voces pensam.

Ontem eu fui ao paraiso mesmo estando na posiçao e situaçao mais inferior do mundo. De 4 pra um preto. Sentindo todo peso nas minhas costas e trancos nos meus quadris, eu aguentei um de pois do outro, empurrando cacetes grosses no meio do meu cu!

Sou patricinha delicadinha, ali de 4, com uma trolha enorme no cuznho. E eles riam da minha cara. Me xingavam, me zoavam, me humilhavam e me enrabavam. Enrabavam muito, um depois do outros, numa fila de negros de pau na mao esperando pra montar na patricinha dondoquinha.

So consigo sossegar depois de ser dominada e completamente estraçalhada por 2, 3 ou ate 4 negros de uma vez. É isso q me alimenta, é isso que me consome.

Quem me vê andando de narizinho em pé na rua, nao sabe que eu apanho de pau na cara quietinha e obediente. Eu ajoelho pra um negro pra chupar o pau do meu macho dominador. Eu levo gozada na cara!

Fico totalmente submissa com uma rola na minha cara. Obedeço, aceito e aguento tudo que esses filhos da puta tarados fazem comigo. Patricinha meiguinha entrando na vara. Aguentando pirocada de preto.

Deitadinha de barriga pra cima, com um macaco deitado por cima de mim. Eu sumo, desapareço, so meus cabelos espalhados no chao que podem ser vistos. Minhas perninhas levantadas no ar, e piroca na minha bucetinha. Muita piroca na minha bucetinha. sumida em baixo de um preto, levando pirocada com força, com gosto.

"Nao gosta de preto dodoquinha? entao aguenta!'

E eu aguento. Aguento na xana e na bunda. NA BUNDA. Meu peguete me oferecendo pros caras. Me virando e apertando a minha bunda, falando com o amigo: "Ja boto no rabo de uma patricinha?" e os caras rindo.

Um tapa na bunda me mandando empinar. E EU EMPINEI.

Um, dois, tres pretos caralhudos botando no meu rabo. A patricinha marrenta cheia de pose na rua, ali de 4 empinando o rabo pra aguentar um cacete na bunda.

"Toma no cu, patricinha, toma no cu patricinha, toma no cu"

Eu tomei no cu, mas tomei no cu tão gostoso, que nao me importo mais com a opiniao do mundo. ja escrevi muitos contos aqui no site. Tenho o meu blog, e mesmo assim, resolvi desabafar aqui agora.

Quem quiser congecer o meu blog, conheça, quem gostar dos contos goste, quem quiser conversar comigo, o email esta ai, [email protected]

Mas depois de tanta vara q eu levei na bunda ontem, eu nao to mais nem ai pra quem quiser encher a minha paciencia. É o meu velho remedinho de aguentar uma rola na minha bucetinha de nenem que me acalma todos os dia.

Bjs e desculpa tomar o tempo de voces.

Comentários

15/05/2017 14:08:11
Q tesão de conto
02/05/2015 20:37:06
Patricinha, me adiciona no seu facebook.Meu facebook marcelodasilvaorlando
11/04/2015 19:30:53
logo logo vai ficar com o cu tão arrombado que não vai segurar mais nada esfincter zero e vai ter que usar fralda direto vai ser a patricinha loira de fralda ahahahahahah nota 4
11/04/2015 19:29:06
deve ter o cu tão arrombado que logo vai ter que usar frlada por que não vai mais segurar mais nada isfincter zero kkkkknota 4
CP1
03/04/2015 22:39:22
Fevc é a patricinha mais sacana do planeta... continue assim sempre!!!!! bjssss de seu admirador incondicional... teteclubedoprazer1

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Claudia souta nua mostrando a bucetaum uisque depois de um cigarro pornoconto erotico sendo chupada enquanto ler livro pornomae tira i cabaço do filho oica do filho nivo nicu choraporno olhei peguei chupeicache:I48cfGGC7vMJ:gtavicity.ru/texto/201612711 vidios sexos incerto nas beiradinhas das bucetinhas novinhasrenatadominadoracumadre magra de bermudinha sexomaes rabuda deu pro filhos e amigos de fio contosXapeleta grosa nucu da loira xvideonegras lesbicas fazendo tribadismo cabeca vs cabeca c clitorisvideos de sexo brasileiro olha o tamanho dessas meninas ainda nem naceu pelo na bucetinha metendo com pauzudo cirmã linda gostosa dando sua bucetinha virgem para o sermão do atadox video garotas flazinhascontos de incesto irmao assistindo tv com a irma novinha e comendo ela abracado por trasjaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratisincesto mae ver o cacetao do filho fica passada com tamanhoContoeroticonovinhosafadoprensada no colchão pornXVIII minha mulher com negaoconto erotico tirei o cabaco da pateicinha no matovídeo de sexo negão lascando a b***** de magrinha Sonhadapais prende filha no quarto com irmão ele mete e gosa dentro da bucetaconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorContos de meninas novinhas que liberaram o cuzinho pro namorado da sua mãe mas não aguentaram a rolacontos de sexo depilada na praiameu cachorro me fode todo diae ele bate o que Assumimos a bunda da irmãsobrinha contominha mãe tomando banho e eu não resisti e entrei dentro do banheiro e forcei ela fazer sexo.Teste de felisidade aparesendo opinto e a pererecaflagrei minha irma traindo seu namorado e chantagiei elaencanador conto gayos cara chegaram passando a mao na gostosa depois fuderam ela porno a.focalais minha enteada da xoxota apertadinha contosporno virge mentiu ter ido pra escola pra mae acabou comendo sua irmabotando o joelhinho em cima da mesa xvideosgay fazeno sexo com cachorro e fica engatadodei meu cu e tava bom pornodeitei de conchinha com minha mae peitudacontos erticos novinhos roludos comendo coroaschupando buseta labefo pasda mso bocsmeu padrasto me iniciou na zoofiliacontos eeroticos transando com a esposa e cunhada no interior do paranaBrotheragem - Segunda Temporada - 8zoofilando puta gostosa fudendo com cavalo ater sair sangue com porra da bucetaxvidio porno comendo a cunhada de fio dental rocho no banhocontos dormindo com meu padrasto picudoContos erotico incesto video gratis de sec tio tira cacinho da sobrinha novinhaBuceta criando pentelho fudendo brasileira adultaconto erotico molestada usando leggingdoce nanda parte cinco contos eroticosvídeo de pornô em desenho Delta lavando a louça e pegar nos peito delacontos eroticos climax daputinha dando pros amigosdoce nanda contos eroticossiririca em horas inoportunascontos irma criaçao fudendo namoradoContos levei um tora preta gozou dentro meu marido adorouchegou em casa filha foi pro pagode e genro ve mae coroa dormindo e vai elamesmo mete a peca filme pornocontos casada chantageada pelo porteiroconto meu marido virou minha putaa japonesinha que não aguenta e se mijaquero ver mulher g****** gostoso monografia g****** gostoso XVídeoscontos minha mulher toda siliconada virou p*** do dono da academiacasa dos contos eróticos dei para meu filhorelatos minha esposa chegou toda chupadaem casaagarrou e comeu gostoso kookcd_patryziaporno pai entrega a filhinha virgem para o agiotaConto minha vizinha me falou que o marido não endurece maismas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?contos o negão bem dotado de todas as pragas da minha sogra