Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Comi uma gorda de 150kg

Autor: Mr. Feio
Categoria: Heterossexual
Data: 20/04/2015 20:31:55
Nota 9.67

A pior coisa no ser humano e a mentira, tanto e que satanás e chamado de pai da mentira, e quando a gente mente precisamos contar outras centenas de mentiras para encobrir a primeira mentira contada. Tem gente que mente tanto que as vezes ela acaba acreditando na própria mentira, já outros mente tanto que quando fala a verdade ninguém mais acredita, mas e o que dizem ne mentira tem perna curta ela vai ate a verdade aparecer.

E interessante que quando a gente começa a entrar em salas de bate papo todos os usuários são lindos, malhados, sarados, tatuados, gostosos, enfim as pessoas só tem qualidades. São sem defeito nenhum! Mas um dia a casa cai e tudo e descoberto. Alguns esquecem que a única coisa que permanece e o caráter isso morremos com ele, se formos bom caráter hoje o seremos daqui a 50 anos.

Algum tempo atrás conheci uma pessoa através de sala de bate papo, ela dizia se chamar Alice, começamos a teclar numa boa. Nossos papos virtuais eram muito agradáveis, me sentia muito bem conversando com ela, e, segundo ela eu a fazia se sentir bem. Ficamos um bom tempo trocando torpedos pelo celular, mas nunca cheguei a perguntar como ele era, ate porque nunca me interessei por isso, pois sempre quando ela perguntava pra mim: como você é? Simplesmente respondia: eu sou feio! Ela sempre achou graça nisso. E dizia pra mim não existe ninguém feio. Depois de algum tempo decidi ligar pra ela, nossa que voz deliciosa ela tinha ( sou apaixonado por voz) não sei se ela fazia voz, mas a voz de Alice parecia de telefonista de disk sexo, quem já ligou quando adolescente sabe muito bem do que estou falando.

Aquela voz mexia com minha imaginação e me deixava excitadíssimo, ate que teve um dia que enfim perguntei como ela era. A resposta foi a seguinte: sou fofinha, tenho tantos anos (não lembro a idade) morena clara, cabelos pretos ate o ombro, olhos castanhos, tenho uma filha de 2 anos que mora comigo etc... pedi então que ela enviasse pra mim uma foto dela que em seguida eu enviaria a minha, nesse tempo não existia zap zap, mandávamos fotos mms, que demorava alguns minuto pra baixar. Quando recebi a foto a discrição batia com a foto que ela havia enviado, me interessei na hora em conhecer Alice, e, ela por sua vez também quis me conhecer. Marcamos a data de nosso encontro!

Quando estava se aproximando da data, e ela percebendo que eu iria mesmo ao encontro dela, ela começou mudar a conversa que antes tinha me falado, dizendo: e se eu não for aquela da foto, você vai querer me ver e sair comigo assim mesmo?

Eu respondia: pra mim não tem problema já te falei que não me importo com isso.

Mas eu tive que perguntar pra ela: você e aquela moça da foto?

Como eu já esperava, e sabia da resposta, ela diz: não! Não sou eu.

Pedi que me mandasse um foto, ela alegou que não gostava de tirar foto por não se sentir bem com sua aparência, eu insistindo que não me importava com isso, ela simplesmente falou se quiser me ver venha pessoalmente que me verá ao vivo e a cores.

Quando chegou no dia marcado fui a rodoviária da Serra onde eu morava e comprei uma passagem de ida e volta pra uma cidade ao norte do Espirito Santo, chamada São Gabriel da Palha. Aproximadamente umas 4 horas ou mais de viagem não via a hora de chegar pra poder ver ela e acabar com minha curiosidade, e também cumprir o que falamos um para o outro nas mensagens que trocávamos. Ao desembarcar do ônibus, liguei pra ela, e ela pediu pra pegar uma moto taxi e me levar em determinado bairro próximo a o do Totoi se não me falha a memoria.

Ao chegar la me surpreendi no que eu vi, ela não tinha nada haver com a foto enviada pra mim, e nem com a discrição que ela me passou, ela num era nada fofinha, era completamente gorda, mas gorda de enorme deveria pesar uns 130kg, ou mais tinha a minha altura, cabelos cacheados, que batia no pescoço, era morena não muito clara e nem muito escura. Primeira coisa que passou na minha mente era de desistir ali mesmo de tudo aquilo e voltar pra casa, não pela aparência dela, mas sim por ter mentido a respeito dela e não te falado a verdade, mas deixei passar. Ela me convidou pra entrar em sua casa. E isso me deixou espantado ate porque era um desconhecido ela pouco sabia ao meu respeito, fiquei a me perguntar: como pode uma pessoa trazer um desconhecido pra dentro de casa com uma filha ainda bebe? Se eu fosse do mal? Fiquei com medo por ela, e depois aconselhei ela nunca mais fazer isso, pois no mundo esta cheio de pessoas perversas e que ela poderia se arrepender depois. Ela não gostou muito não mas concordou.

Quando entrei na casa dela, que na verdade era uma quitinete, muito simples por sinal, não tinha cama apenas um colchão de casal onde ela passava a maior parte do seu tempo vendo tv. Conversamos sobre vários assuntos durante aquela tarde vimos televisão, mas a filhinha dela não deixava eu me aproximar da mãe. Ate então tudo beleza, quando chegou a noite a menina dormiu, e nos conseguimos ficar perto um do outro. Abracei ela com carinho percorri toda aquela carne que não era pouca, dei um selinho na testa depois nas bochechas, uma mordida no queixo, e alguns beijos de leve nos lábios, logo ela se entregou aos meus carinhos, correspondendo ao beijo, que foi muito bom por sinal.

Em pouco tempo minhas mãos tentava apalpar suas duas melancias, que peitões enormes os dela, não estava acostumado com aquilo, ela tentando fugir das caricia mas ao mesmo tempo querendo mais, quando ela se entregou pude ver melhor o tamanho das tetas delas e cai de boca chupado feito um louco enquanto acariciava o outro, logo ela arrancou a blusa que vestia que para mim podia ser usado como lençol, depois tentei colocar as mãos por dentro da bermuda lycra que ela usava mas foi em vão, fui acariciar a xaninha por cima da bermuda eu quase desisto de tudo ali pois tinha um forte odor de urina, parecia que não era lavada alguns dias, mas não podia recuar por causa dela também que poderia se sentir mal com a rejeição.

Logo ela por si só tirou a bermuda junto com a calçola que usava, nem olhei pra ver como era já fui enfiando meu dedo em sua racha que a fazia delirar, massageei o clitóris ela gozou na minhas mãos deixando toda melecada do seu gozo, vesti meu bilau com a camisinha que havia levado comigo, pulei em cima dela para penetra – la, foi em vão. Eu deitado em cima dela mal conseguia tocar minhas mãos no colchão ainda mais alcançar a entrada de sua gruta, não sabia o que fazer estava completamente perdido e atrapalhado naquele momento, meu pau duro feito aço, eu explodindo de tesão, ela enorme de gorda, e agora pensava comigo: será que meu pau não vai conseguir entrar nesta buceta? O que eu faço agora? Cada os universitários pra me ajudar? Puta que pariu não sei o que fazer, não sei se ela percebeu a minha dificuldade mas eu desci de cima dela me posicionei de joelhos entre as pernas que já estavam abertas, e tentei penetrar meu cacete, tive certa dificuldade mas ela teve que me guiar, dizendo:

Isso um pouquinho pra esquerda, vai mais um pouco, agora foi de mais, volta ora direita, isso para baixo so um pouquinho, hummmm... agora mete em sua putona que eu quero sentir seu pua gostoso dentro de mim. Cravei meu pau de vez só que a fez soltar um grito muito tesudo que me deixou mais louco ainda, ao sentir meu pinto dentro dela mermo com a camisinha pude sentir a quentura do sexo dela, nossa que buceta quente, quase gozei ali mesmo naquela cravada pra dentro dela, ali mesmo comecei a meter com força num ritmo acelerado, podia dizer que foi na velocidade seis, cada socada que eu dava mais ela gritava e gemia e gemia de prazer, pedindo cada vez mais forte, em pouco tempo ela se esticou todinha endurecendo o corpo e tendo pequenos tremores anunciando seu orgasmo, me pedindo pra parar mas eu continuava a meter e não demorou muito pra eu goza intensamente inundando a camisinha de gala, ficamos por alguns instantes engatados e quando ela desceu as pernas isso fez com que automaticamente sua vagina se fechasse com meu pau dentro dela mordendo e apertando muito gostoso me fazendo gozar pela segunda vez seguida sem antes ao menos me recuperar. Isso nunca tinha me acontecido e nunca mais aconteceu, quando tirei a piroca de dentro dela parecia que ela tinha feito xixi enquanto transávamos, a camisinha além de estar cheia do meu gozo pingava com o gozo dela que foi intenso também.

Levantei dali e fui tomar uma banho, enquanto ela se recuperava no colchão, logo que termino o banho volto pro quarto ela entra no banheiro pra se lavar, e repor as energias foi ali que eu pude ver ela melhor em seus mais de 100kg nem dava pra ver a perseguida de tanta carne que envolvia o seu corpo. Terminando o banho voltamos para o quarto, conversamos sobre o que tinha acontecido, eu falei que tinha gostado muito e queria mais, ela por sua vez falou também que gostou e que nunca tinha ficado com um homem igual a mim. Então perguntei:

Igual a mim como? Ela responde: os que eu fiquei não eram tão carinhoso, eram muito estúpidos queriam se satisfazer e pouco me satisfazia, você e diferente. Aquele papo já me animou e logo meu cacete se acendia de novo. Ela percebendo pediu pra chupar meu pau, NOSAAA que boca talentosa ela tinha de uma vez so engoliu o meu pau colocando tudo dentro de sua boca carnuda e quente foi uma delicia sentir meu pau naquele bocão, fiquei em pé e ela sentada segurei – a pelos cabelos e comecei a socar na boca dela, ela era ótima no boquete quando percebi que ia gozar tirei a pika, e beijei ela, este beijo foi melhor que o primeiro e muito mais envolvente, chupei mais uma vez aqueles peitões dela, pensei e chupar seu grelo mas não tive estomago quando lembrei do cheiro de antes. Pedi pra ela fica de quatro, encapei o bigulin, pincelei a entrada do prazer, soquei com força pra dentro dela, num ritmo acelerado, bombando com força, fazendo – a gritar feito louca, dizendo coisas sem sentindo, chigando, feito uma puta, enquanto a xaninha pingava do seu gozo abundante, que parecia que tinha se urinado. Ficamos uns 10 minutos assim, nossos corpos pingava de suor, parecia que toda a casa tremia com nossos movimentos alucinados, já não aguentava mais senti que ia gozar, ele pediu que gozasse em sua boca, fiquei mais louco ainda de tesao, ela virou – se pra ajoelhada, abocanhou meu pau colocando todo em sua boca,, num maravilhoso boquete, me fazendo explodir em gozo, enchendo sua boca com meu esperma, que não teve dificultade em engolir gota por gota, a ponto de sugar minha piroca pra tirar ate a ultima gota deixando limpinho ate amolecer na boca dela.

Cai exausto, fraco e sem folego. Ela me olhando riu e falou:

- eu quero mais agora quero que você foda meu cuzinho e goze dentro de mim!

Essas palavras me acenderam de novo, pensei que não seria capaz de fazer mais nada, que nem iria corresponder, na hora meu pinto começou a dar sinais de vida. Ela vira pra mim e diz: eu vou te ajudar! E mais uma vez colocar meu pau e sua boca fazendo desperta – lo novamente. Logo depois ela pegou um pote de creme pra pentear lambuzou meu pau e a entrada do seu reto, ficou de quatro abrindo o bundao pra mim no convite para enrraba – la, posicionado – me, mirei a pistola, e enfiei de uma vez só sem cerimonia, tirando um gritinho dela e um xingamento: seu filho da puta, fude meu rabo, eu sei que era isso que vc queria, mete gostoso na sua putona gorda e enche meu cuzinho de porra.

Essas palavras me encheram de tesao me fazendo acelerar o ritmo das estocadas, levando ela ao gozo sem precisar dedilhar na frente, ela parecia adorar um anal. E pedia que metesse com mais força ainda, eu tentava corresponder, parecia que eu ia entrar dentro, com tanta força que meti naquele buraco, que não era muito apertado mas era gostoso demais. So quem já comeu um cuzinho sabe como e delicioso, e quando a parceira curte fica mais saboroso ainda.

Então eu metendo no reto dela sem falar nada, e ela gemendo e gozando com meu pau em seu rabo, quando ela começou a me chamar de: safado, cachorro, puto eu ficava mais louco ainda, me fazendo meter sem parar, levando ela em um gozo arrebatador que fez ela perder os sentidos por alguns segundos, quando ela voltou em si anunciei que iria gozar ele me pediu que gozasse em seu cum enchendo de porra.

Foi a e que eu gozei. Hummmmmm como eu gozei deliciosamente, sentindo aquele cuzão como se tivesse sugando e mordendo meu pau ao mesmo tempo.

Estava exausto daquela seção de sexo que tivemos ali naquele momento, sentia meu piru todo dolorido, de tanto que transei naquela noite. Olhei pra Alice, ela olhando e sorrindo respirou fundo e disse: poxa pensei que você não iria me aguentar, gozei muito esta noite, já fazia tempo em que não sentia tanto prazer numa foda tao bem dada assim.

Me senti ótimo com aquelas palavras, mas estava torcendo pra ela não pedir mais. Não sei se aguentaria, meu bilau já estava caído eu quase sem folego, completamente satisfeito, não so por mim, mas por te conseguido proporcionar tanto prazer a ela. Eu sou daqueles: melhor do que sentir prazer, e fazer sentir prazer. Eu poderia ter gozado 20 vezes se ela não tivesse gozado uma pra mim não valeria em nada tudo que aconteceu.

Quando amanheceu meu corpo desejava mais um pouco de sexo. So que não foi possível, porque a filhinha dela estava por perto e não tinha como a gente se pegar, passei amanha toda com ela, e na parte da tarde parti pra minha cidade. Depois desses acontecimentos não nos falamos muito e perdemos o contato um com o outro. Nem me lembro do nome dela, mas nunca me esquecerei daquela noite que passamos juntos...

Comentários

28/02/2018 21:09:46
Muito bom sua história eu tbm adoro mulher gorda
05/02/2018 15:09:14
Bom conto
21/10/2017 12:43:12
Que historia deliciosa, maravilhoso ir ao encontro de alguma mulher e ver ela ser ainda mais gordinha, isso me alucina,nao troco gordinha por nenhum outro biotipo de mulher
21/02/2017 11:32:14
Olha, que conto maneiro! Me senti realizado. Tô em busca de uma gorda goooorda aqui no Rj, mas infelizmente elas mesmas não acreditam no próprio potencial. Quero muito uma!!!!
09/07/2015 11:35:35
Sou uma fofinha, me amo muito.. E vou logo falando de cara o que sou, mais infelizmente os homens só querem roer osso, e nem imaginam que uma mulher com " carne" é muito mais fogosa e que se importa com o seu parceiro.Sou contra mentiras, e entendo o que é ter medo de ser rejeitada. Você foi um gentil cavalheiro e fiquei muito feliz com seu conto, seprocurar aqui na casa dos contos não se acha tantos relatos com gordinhas..E vc deve ser muito gostoso numa foda, agora sim queria muito além do café da manhã, almoço e jantar com você.. rsr Bjos e ótimo conto..Nota 1000
27/04/2015 14:08:49
Obrigado annyes e fica sabendo q vc e a proxima. Kkk
27/04/2015 12:01:43
Parabéns pelo conto e por não ter preconceito com as gordinhas assim como eu sou.Bjs
24/04/2015 15:57:20
Mr. Julio meu querido, muito obrigado por todas as palavras lindas que você falou sobre meus contos, li o seu conto e gostei muito, e me sinto muito feliz de receber elogios de um autor tão bom como você, minha vota é dez, um beijo da Geralda. Postei a segunda parte do conto: "Minha esposa tinha um carinho muito especial pelo primo do interior de São Paulo(segunda parte)", se quiser ler tem que clicar no meu pseudônimo, pois não está nas ultimas publicações.
21/04/2015 18:29:43
Amigo confidente esses e um dos melhores comentario que eu ja recebi num dos meus contos. Pois o importante e o prazer em si. Corpo e rosto bonito nao quer dizer nada as vzs a mulher e linda de tdo mas e pessima na cama e nao sabe como satisfazer um homem. Obrigado pela visita e comentario. Abraçossas.... 👍👍👍👍
21/04/2015 12:14:48
Belo conto. Você é um autêntico macho, que percebe a delícia de comer uma mulher, pouco importando para a condição física dela. Penso que quem gosta mesmo de mulher, não vai ficar com esta bobagem que a maioria, de descartar mulheres fora do padrão estabelecido, mulheres gordas, mulheres com deficiência ou idosas. Já comi uma uma mulher de 125 quilos, muito gostosa, quente, e que tinha uma buceta muito úmida e quente! Nossa como ela me deu satisfação sexual. Acho que o carinha aí do comentário iria sentir preconceito com ela, melhor para os comedores de verdade, que não vão descartar uma mulher só por estar bem acima do padrão estabelecido. Como dizemos na minha região: se mijar de cócora e não sendo rã é mulher!Deixo meu contato para todas as mulheres que muitos descartam para uma bela transa. Pode ser gorda, com deficiência, idosa e tudo mais. [email protected]
20/04/2015 22:56:59
Karen... vc e uma delicia seu comentario me alegra muito. Muito obrigado por mais esta visita e comentario. wulch nao vejo problema em ter ficado com a Alice ate porque foi uma transa muito gostosa e eu nao posso escolher muito... ABRAÇOSSS
20/04/2015 22:47:09
Ainda não alcancei esse nível de desenvolvimento espiritual . Vc fez uma baita caridade !!! Mas pra mim não rolaria não .....

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


dia chuvoso no carro do amigo do meu marido acabei dando ate o meu cuzinhotio comedo a sobirnha daSobrinhas safadas relatos atuais12 mulheres se gozando muito asseste videoContos eroticos de mulheres de manauszoofilia mulher da esguinchada com lmbidas de cachorrocontos eroticos tomei tudinho a porra do meu cunhadowww.casa dos contos erotico adultério emcasa.comfiume porno antigo do tasaõVectra no pau de borracha bem grande na buceta no pau de borracha na bucetaporque o quando nomoramos os homens ficam pegando na bunda da mulhercontos eroticos primeira vez inesquecivellevantando a saia daquipornogay transando de songacontos eroticoscuzinho sem pregasvideos curtos de cunhado fudendo gostoso o cu de cunhada negra brasileiraesposa fica apavorada com pau de 30 centimetro do negaosó branquinhas gostosas tesudas encitantes transando com seu cachorro até gozarxvidio casada chupano o amigo do filho escondidogta em porno doido com um estranhoporno casada nao agreto oprimo domaridoentregei uma pizza e mepagou com boqueteputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celularencoxando as meninas na baladagosando dentro da buceta d egua d raçacorno manso otario contosvideo mae destraida arrumando a casa e filho bulinando querendo fude videocache:GlXfqrAlcOoJ:zdorovsreda.ru/perfil/52488 contos gays pique esconde no orfanatominha mae e a travestis contosconto minha sogra mim escutava meter na filha dela batia sirrricacontos eroticos cu apertado.da maena cama o lençol manchado revela o fato consumado fizemos um amor gostoso transando sexo faladohomem, gozando, dentro, da, biceta,, dwmulher, gravida, no, carrove porno co ome cumeno amante e a filha da amantegta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetamalandro se asusta com o tamanho da buceta da novinha bebadaContos eroticos de mae da banho filho com braço e perna quebradacontos eroticos de amamentaçãotrai o meu maridomamãe+mamãe.papai++nuaPasando com a cobra na cona Zoopornfugio da aula para da buceda e leva gozada tendroxvideo empurrando e gozando topado ate o talotitia safada gozando esquirt contos incestosmamaezinha como vc é taradamaes rabuda deu pro filhos e amigos de fio contosnovinho cabaco de 15 menino sendo pego pelo tiozaovidio porno bate popa vol casadamaes rabuda deu pro filhos e amigos de fio contoscunhada louca pra sentir rola grande pega cunhado de pau duro e nao resisteirma gemeas ciumes por isso se chupam em videos porno"meio abertinho" gay contovideos de sexo bruto gostosa na posiçao que intslei tudoginecologista dilatando o cuzinho dá mulher pra gozar dentrocomo e bom ter um comedor sólido e um marido viadosexo com dentista a forçacontosxvideo dechei meu socro abusar demiContos eróticos meu marido solbece quantas rola já levei no cunovinha que derao boceta e firmarãoenfregando o pau duro na bunda dentro do onibus cheioxvideo.amiga chupa.a buceta da a migalha dormindovideo de sexo tia batendo uma descabacando sobrinhogarotinhas bem novinhas descubrino otezaopalavroespornobrasileiraspau alejado fodeno estourado abusetaadvogada bem casada rabuda em viagem de trabalho é seduzida e fode gostosocorno puxa o grelo e mamavideo de porno gay fui estrupado pero mel primovídeo de uma mulher é o cara para tirar a virgindade dela pegando ela pulsanegoia pauzudoscontos de novinhas iniciada na webcontos eroticos gays nerd e o bad boyContos eroticos comendo cu da mamae com o papaiHomempauzao analXVídeos de debulha sercoSodomizando mae e filha contoscomedo a tia de xortiu xvideovideo porno cavalgada forte so loiras em cacete de 30cmrevista em qadrinho mae mulata de calsinha de rendinha atolada no rabo pede pro filho come sua busetatexto jibi mae filho fodeu bucetaContos.fonados porno de cornoO vizinho safado do 205as coroas do rodeio no xividioFazendeiras e seus contos eroticos picantesvideo de mulher tirando a o sutian ea calsinha ficando subinuacontos eroticos tia bucetuda no onibus e menino casetudoempresario comedor de casadas cssa dos contos eroticosporno tira tira do cu auiiiiiicontos porno de incesto, interior da bahia com o irmao acidentado de moto, contos pornoPadrastro fódendo o çuVer foto de homem enfiando a mao dentro drento da vagina da mulherchupar e engolir esperma comentariosporno doido botou amames pra chorararranhando a bucetinha pro papai coloca o dedo e chuparmeu namorado botou o dedo minha vagina e sanfrei nao sou mas virgem video