Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Medicado Pela Minha Filha

Autor: Tony Safado
Categoria: Heterossexual
Data: 25/05/2015 18:21:47
Nota 8.25
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Já faz uns seis anos eu minha esposa me abandonou por um cara mais novo, não a julgo, nosso casamento estava um caos, nem dormir juntos nós dormíamos, então não senti quando ela me abandonou, mas me deixou minha princesa, Kamila, minha flor, uma menina linda como a mãe. Como disse antes, separado a seis anos, não tive mais paciência para ter novos relacionamentos, sexo fazia as vezes, mas nem ligava no outro dia, só buscava a sacanagem mesmo.

Porém, todos sabem o quanto é bom ter sexo todo dia, e eu como homem, que antes da crise era chamado pela minha esposa como insaciável, precisava muito mais, então o que restava era a masturbação. Fazia três, quatro vezes por dia, vou confessar, tava quase me viciando, mas como nem tudo são flores, senti uma dor no peito e fui fazer uns exames, minha filha Kamila foi junto, não deixei ela entrar na sala do médico, porque podia ser coisa séria e não queria assusta-la. Todos pararam para olhar minha pequena, uma loira muito fofa, de calçãozinho curtinho, e de camiseta soltinha, sabe essa regatinhas transparentes, até o médico ficou uns cinco segundos olhando ela antes de me mandar entrar.

Bom, fui conversar com o médico, fiz uns movimentos e conversei com ele sobre o acontecido, ele me tranquilizou, disse que era apenas um mal jeito ao levantar, me deu um relaxante muscular e sai, não comentei sobre isso, ela ficou me fazendo muitas perguntas, divaguei, também não queria contar que foi só o mal jeito. Ao chegar em casa, depois da cena dela deslumbrante subindo a escada, tive que olhar, aquela bundinha perfeita, minha menina não é mais menina, dezoito anos se passaram desde o presente que a mãe dela me deu. Fiquei em êxtase, não pude negar, ela me olhou por um momento, eu meio que viajei, parei no tempo olhando para ela, e ela:

_ Pai, você tá bem?

_”Você”, mais respeito, menina, senhor, senhor. Disse

Entramos em casa, e fui reto para o quarto para aliviar, fui no meu banheiro, porém esqueci a porta do quarto aberta, ela entrou.

Eu estava meio que entretido, digamos assim, e quando olhei para o lado vi ela, com uma cara atônita me olhando, não pensei na hora, apena disse que era pra ela sair, guardei e fui falar com ela, ela tava na sala, ficou me olhando e disse:

_Bonito né.

A imaginação veio a tona e larguei.

_O médico disse que eu deveria me aliviar três vezes ao dia.

Meio cabisbaixo, disfarçando.

E ela:

_Isso é sério?

Claro. Respondi.

Ela:

_Mas porque fazer isso sozinho, e suas namoradas?

Eu:

_Você sabe que isso é diferente de sexo, é apenas para relaxar, só isso.

E ela:

_Mas não tem graça fazer sozinho.

Eu:

_Sei, mas tenho que fazer, ninguém vai fazer por mim.

Aí as palavras que vieram dos lábios dela me deixou louco.

_Eu ajudo. Disse ela.

Fiquei meio que sem fazer o que fazer, então concordei. Kamila veio na minha direção se ajoelhou e tirou meu pau pra fora, ela pegou meio com vergonha, mas sabia que era só cena, então ela começou a subir e descer a mão, lentamente, a imagem dela fazendo isso era melhor que até a masturbação, foi quando ela entrou mesmo no personagem e disse:

_Meu paizinho, o senhor gosta assim?

E meteu a boca, nessa hora agarrei os cabelos dela e forcei, percebi que ela não fazia força para parar, aproveitei, peguei e fui até o sofá e sentei, chamei ela, ela veio caminhando limpando a baba escorrendo no queixo. Ela ia se ajoelhar novamente, mas antes disso pedi para ela tirar a roupa, atendeu prontamente, então tentou novamente ficar de joelhos, mas pedi pra Kamila sentar no meu colo e ela:

_Papai, o senhor quer que eu pare de chupar?

Só puxei ela, comecei a morder seu pescoço, apertando seus lindos seios, e ela roçava a bunda no meu pau, isso me deixou maluco, até que encaixei dentro da bucetinha dela, ela parou e me olhou:

_O senhor quer me comer papai?

_Posso? Respondi.

Ela começou assubir e descer, subir e descer, aproveitei e relaxei, as vezes apertava ela, ela gemia, me chamava de paizinho, o que me deixou ainda mais louco, não me segurei e peguei Kamila pelos cabelos e virei ela, de quatro no sofá, aquela bundinha perfeita merecia uma rola, não me contive, coloquei na porta do cuzinho e empurrei bem de vagar, ela me olhou com cara de que estava sentindo um pouco de dor, não tive pena, entrei, ela gemia e esboçava uns gritos de prazer, esqueci que era minha filha, apenas a tratei como a vadia que é, como alguém ia cair nesse conto, então meti forte, até o fim, Kamila começou a gritar, e eu cada vez mais forte, mais fundo, até eu senti que ia gozar, tirei para fora e lavei as costas dela, deliciosamente ela me olhou e disse:

_Gostou papai, posso te ajudar sempre que quiser.

_Pode sim filha, quando eu precisar lhe aviso.

Sentei no lado dela respirando ofegante, ela disse que ia tomar um banho, pediu se eu não queria ajuda-la, não perdi tempo, mais uma vez ela vai “ajudar a medicar o papai”.

Comentários

08/07/2016 14:54:33
Adorei com minha filha não teria coragem mas com sobrinhas vizinhas e primas com certeza bati imã igual a um adolescente e já tenho cinquenta e um anos se tiver alguma enteresada entre em contato [email protected]
08/07/2016 13:21:15
Não acreditei em 10% mas que delicia que foi essa viagem...
17/08/2015 21:25:34
Bem legal.
06/08/2015 13:12:47
Se eu gosar sem colocar a mão no pau, a culpa é sua...
17/06/2015 10:04:16
Uau não acreditei mais me.excitou e muito bjs
25/05/2015 22:42:16
Não sou la tão fã de conto de incesto, mas esse foi ótimo parabéns

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


conversa com coroa carente cellxxvideo n paguei tive dar cu eterogayvideo pornotirando peos en el bañoSo grafida sendo encochada no trem xvideo comcontos eroticos textosvelho pauzudo machuca a casada a forcaporno loira quadriu grade americana pornohomemfudendooltrovídeo de sexo de Osasco heloisa dando o cu para doistransei com uma senhora crentenao aguentou e gozou na mao da doutora xxvideosnegao pausudo enfoorca a novinha enquanto fode elaxvideo.ana desfarsado no quarto da novinhaadoro ser enrabada conto eroticovó que confessa que adora chupar o pau do seu netoafricano comeu meu cucontos eroticos sindico com um pau de 27cm fode moradora menor menortrabalhadora chote curto porno100 foto chupando seiotirando o cebinho da cetinha com a linguarelato erotico padrasto pauzudoencoxada no metro xvdpatricia vizinha casada safada gemendonega o tarado fuden mendiga na ru pm muita forçavamos ver se vc aguenta minha pica toinha ate no talo na sua buceta virgem sexoXsvideos timida depilando o super dotadoxvidio ela mete muito ki abuceta.chega morder o caseteBabá velha finge dormir e e emrrabada pelo novinho contos eróticoscacetudomonstroconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travestihomem chupando mulher que cor de roupa que insistir vídeo soca peladasupersexomamãeAE cristal de futibol Amador de Cristalinaconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorsou safadinha adoro analcom p maninho casa dos contoscontos erotico chantagiei e depilei minha sogracontos eroticos casada aguenta 27cm do cacete do vizinho novinhoNegao esculachando com moleque gostosogozada de mule napica pornodi dicavaloporno contosminha mulher eo estranho carrocontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anosdoce nanda parte cinco contos eroticosanal violentto e profundo com gozo dentgosto de tomar leite de homemcontos eróticos roçando meu cacetao por cima fa bucetinha da irmanzinhabelo sexo dormindo de conchinha com a titiacalcinha rendada minha mãe que me inicioutravestis bem dotado sendo errabados realAmém tempinho comendo veado vídeo pornô vídeocanalha tirou sangue da bucetinha virgemfilme porno home nergro sorca vara na imtiadaatia muito malha torneada de bunda e pernad grosa fudeu com seu sobrinh negao do pau enorme e ela nao aguente e pede pra ele tirar porque ta doendo muitofavelenta xvideoquero ver filme pornô com preguiça do Flamengo d********* de bruçohomens com rolas veiúdas transandovídeo de sexo cazeiro com novinha tranzando co padrasto. e ele fala pra rla fica quieta para mae não ouvirchantagiei minha comadre contosnegras lesbicas fazendo tribadismo cabeca vs cabeca c clitorismulhereres evanjelicas peludas porno caseiquero ver mais linda buceta bem gostosa que adora você tinha até meu marido matou na buceta gostosa no grelo bem ponto de ir para lambe chupa bem gostosinho passo a pontinha da língua nesse grelinhocontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitocontos paimete so no cuZinho da filha de quatro anos a menina gritou muito de dorcontos e xitantes a mulher do meu chefe me seduziuvadia dando o cu fechadíssimoporno gabsinhadeixei minha mulher tranzar com negao megax vídeos porno eu e minha mãe fomos tomar banho e fiquei esitadodominando um casalNem respondi e fui metendo naquela bucetinha encharcada, até sentir meu pau tocar o fundo, quando ela soltou um gemido alto e gostoso.Contos eroticos entre padre e noviçaLukinhas contos eróticos gaysvidios de cachorro pauzudo emgatado nas novinhas ate o talopirocona na titiaentrei no quarto errado e me fudi contos de incesto