Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Medicado Pela Minha Filha

Autor: Tony Safado
Categoria: Heterossexual
Data: 25/05/2015 18:21:47
Nota 8.25

Já faz uns seis anos eu minha esposa me abandonou por um cara mais novo, não a julgo, nosso casamento estava um caos, nem dormir juntos nós dormíamos, então não senti quando ela me abandonou, mas me deixou minha princesa, Kamila, minha flor, uma menina linda como a mãe. Como disse antes, separado a seis anos, não tive mais paciência para ter novos relacionamentos, sexo fazia as vezes, mas nem ligava no outro dia, só buscava a sacanagem mesmo.

Porém, todos sabem o quanto é bom ter sexo todo dia, e eu como homem, que antes da crise era chamado pela minha esposa como insaciável, precisava muito mais, então o que restava era a masturbação. Fazia três, quatro vezes por dia, vou confessar, tava quase me viciando, mas como nem tudo são flores, senti uma dor no peito e fui fazer uns exames, minha filha Kamila foi junto, não deixei ela entrar na sala do médico, porque podia ser coisa séria e não queria assusta-la. Todos pararam para olhar minha pequena, uma loira muito fofa, de calçãozinho curtinho, e de camiseta soltinha, sabe essa regatinhas transparentes, até o médico ficou uns cinco segundos olhando ela antes de me mandar entrar.

Bom, fui conversar com o médico, fiz uns movimentos e conversei com ele sobre o acontecido, ele me tranquilizou, disse que era apenas um mal jeito ao levantar, me deu um relaxante muscular e sai, não comentei sobre isso, ela ficou me fazendo muitas perguntas, divaguei, também não queria contar que foi só o mal jeito. Ao chegar em casa, depois da cena dela deslumbrante subindo a escada, tive que olhar, aquela bundinha perfeita, minha menina não é mais menina, dezoito anos se passaram desde o presente que a mãe dela me deu. Fiquei em êxtase, não pude negar, ela me olhou por um momento, eu meio que viajei, parei no tempo olhando para ela, e ela:

_ Pai, você tá bem?

_”Você”, mais respeito, menina, senhor, senhor. Disse

Entramos em casa, e fui reto para o quarto para aliviar, fui no meu banheiro, porém esqueci a porta do quarto aberta, ela entrou.

Eu estava meio que entretido, digamos assim, e quando olhei para o lado vi ela, com uma cara atônita me olhando, não pensei na hora, apena disse que era pra ela sair, guardei e fui falar com ela, ela tava na sala, ficou me olhando e disse:

_Bonito né.

A imaginação veio a tona e larguei.

_O médico disse que eu deveria me aliviar três vezes ao dia.

Meio cabisbaixo, disfarçando.

E ela:

_Isso é sério?

Claro. Respondi.

Ela:

_Mas porque fazer isso sozinho, e suas namoradas?

Eu:

_Você sabe que isso é diferente de sexo, é apenas para relaxar, só isso.

E ela:

_Mas não tem graça fazer sozinho.

Eu:

_Sei, mas tenho que fazer, ninguém vai fazer por mim.

Aí as palavras que vieram dos lábios dela me deixou louco.

_Eu ajudo. Disse ela.

Fiquei meio que sem fazer o que fazer, então concordei. Kamila veio na minha direção se ajoelhou e tirou meu pau pra fora, ela pegou meio com vergonha, mas sabia que era só cena, então ela começou a subir e descer a mão, lentamente, a imagem dela fazendo isso era melhor que até a masturbação, foi quando ela entrou mesmo no personagem e disse:

_Meu paizinho, o senhor gosta assim?

E meteu a boca, nessa hora agarrei os cabelos dela e forcei, percebi que ela não fazia força para parar, aproveitei, peguei e fui até o sofá e sentei, chamei ela, ela veio caminhando limpando a baba escorrendo no queixo. Ela ia se ajoelhar novamente, mas antes disso pedi para ela tirar a roupa, atendeu prontamente, então tentou novamente ficar de joelhos, mas pedi pra Kamila sentar no meu colo e ela:

_Papai, o senhor quer que eu pare de chupar?

Só puxei ela, comecei a morder seu pescoço, apertando seus lindos seios, e ela roçava a bunda no meu pau, isso me deixou maluco, até que encaixei dentro da bucetinha dela, ela parou e me olhou:

_O senhor quer me comer papai?

_Posso? Respondi.

Ela começou assubir e descer, subir e descer, aproveitei e relaxei, as vezes apertava ela, ela gemia, me chamava de paizinho, o que me deixou ainda mais louco, não me segurei e peguei Kamila pelos cabelos e virei ela, de quatro no sofá, aquela bundinha perfeita merecia uma rola, não me contive, coloquei na porta do cuzinho e empurrei bem de vagar, ela me olhou com cara de que estava sentindo um pouco de dor, não tive pena, entrei, ela gemia e esboçava uns gritos de prazer, esqueci que era minha filha, apenas a tratei como a vadia que é, como alguém ia cair nesse conto, então meti forte, até o fim, Kamila começou a gritar, e eu cada vez mais forte, mais fundo, até eu senti que ia gozar, tirei para fora e lavei as costas dela, deliciosamente ela me olhou e disse:

_Gostou papai, posso te ajudar sempre que quiser.

_Pode sim filha, quando eu precisar lhe aviso.

Sentei no lado dela respirando ofegante, ela disse que ia tomar um banho, pediu se eu não queria ajuda-la, não perdi tempo, mais uma vez ela vai “ajudar a medicar o papai”.

Comentários

08/07/2016 14:54:33
Adorei com minha filha não teria coragem mas com sobrinhas vizinhas e primas com certeza bati imã igual a um adolescente e já tenho cinquenta e um anos se tiver alguma enteresada entre em contato [email protected]
08/07/2016 13:21:15
Não acreditei em 10% mas que delicia que foi essa viagem...
17/08/2015 21:25:34
Bem legal.
06/08/2015 13:12:47
Se eu gosar sem colocar a mão no pau, a culpa é sua...
17/06/2015 10:04:16
Uau não acreditei mais me.excitou e muito bjs
25/05/2015 22:42:16
Não sou la tão fã de conto de incesto, mas esse foi ótimo parabéns

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


flagrei minha irmasinha cagando na pica do visconto sexo cu por gustahomens de braços grandes e pau duroConto pau mendigo punhetamaoate ganasua puta ou seu viado o celular e meu e se quero asisti video porno tenho que asiste por que.paguei pra ter minha escolha desgraçaconto relatando como nao resisti ao pausud e fez sexomadrasta traza com estrando até de se casaeu juro que meu sogro me fudeuxvidios vidios homem goza no cu da puta e ela comtinua chupando ate ele goza dinobocontos eroticos, isso chupa meu peito esfrega meu grelinho faz sua putinha gozarcontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramcacetudo comendo a buceta cabeluda da comdre porno doidodormi de calcinha com meu filho e dei pra eleo riquinho que eu amo cap 12 casa dos contosO que comete fodendo uma mexidinhacasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetahistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhervideos porno mulher goza muito se afrouxa as pernasler contos eroticos de incesto pai carente filha safada short curtocasa dos contos eroticos o padrasto so quis as pregasvideo porn foi arrombada com negao ate cagou e vomitoucoroa ponha cao para chupalamolestando filhinha young pornoporno gay derramou agua na calçaXVídeos dando em espera e gostosa queimadinha tirando a roupabunda branca mole cavalgando na minha rrola no 1.xxxmau encostei a penis no cuzin dela ela ja se gozou todavideo de incesto nisseicontos erotico cm irmazdorovsreda.ruFui inciada pelo amigo do meu pai contos eroticosfoto pai fudendo com filha filho fudendo com mae e irma todas meladinhas com bastante punhetada e gozada na carawww.guarda costa da granfina pornocontos gay caminhoneirojaponesa de Cubatão novinha porno com endereço telefoneaxo que minha mulher pulou a cerca pra fazer analdomestrica vendi meu cu virgem para meu patrao contos eroticosvídeo de mulher pelada mostrando a b***** tomando banho arreganhando e ficando de quatro fazendo altas posições massabrincando escanchada contos pornopornô zueira homem safadinho para botar a cabecinha empurrou tudo no rabo da donaccontos eróticos incesto fudendo novinha virgem inocente faveladavideo viuva custou a dar a buceta"tesão e perigo em alto mar"homenzão da porra xvideo gaysexo torrido e desejoconto erotico casada crente no tremconto erotico gay virei femea do velho pirocudoNegrinho do cabelo ruim bem pretinha metendo muito com muito fogo na periquita no pornô brasileiroContos erotic eunovinha escondida vendo irmao menor se mastubandoassistir filme completo de chupada de bucetas bem fortes adoroooocontos de sexo raspei minha bucetavideos de bucetas intaladas na rola grossacontos de tio comedor esobrinho novinho gayme fizeram de vaca no ordenhador contos eroticosminha irma e casada mais e putachantagiei minha irma casada contosbucetao de sotinho q capui de fucahistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretoPorno contos maes lesbicas ensinam masturbacao as bem novinhas iniciacaoporno zoo contos em quadradinhos dupla penetracao insestotia gostosa nova se masturbado para provocá o sóbriocontos casada encoxada no ônibusmulheres na cama peladas uma ensima da outra peladas apertando a bumda da outrasites porno contos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica com tesao com a buceta toda meladafilme porno "ligados pelo desejo"Eu tava em casa com meu amigo no sofá ai minha esposa saiu do quarto peladinha ai ela deu a buceta a nois dois casa dos contoslais minha enteada da xoxota apertadinha contosxxvideo mobile de mulher chupando seios de outra em lactacaoenfianp atr o talo no cucontos minha tia nick 2conto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandepersonal treiner encinando mulher fazer abdominal chupando pornocontos eroticos diaristavidios sexos incerto nas beiradinhas das bucetinhas novinhasmulher de corno lavano carrotufos familia favela #8Contos erodicos homem velho mamando e mordendo e puxando o peitomelhoor jeito para chupar um cuzinho pornoxivideo homem cumendo veanegras lesbicas fazendo tribadismo cabeca vs cabeca c clitoris