Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

As Aventuras de uma CDzinha Adolescente EP 1: Patrícia Travesti PARTE I

Oie, gente!! Luana Cdzinha aqui com mais um conto pra vocês. Hoje eu vou contar uma história que se passou por minha cabeça esses dias depois de uma situação por que passei quando era pequena.

Como vocês ja sabem, eu sou uma Cdzinha, mas que gosta mesmo é de travesti.

Era uma quarta feira chuvosa, semana de meu aniversário de 14 anos e eu aguardava ansiosamente o meu tio trazer meu presente, ja que ele não poderia estar comigo no dia. Quando abri o envelope, quase pulei para trás: Três notas de cem eram o presente. Abracei e agradeci muito o meu tio pelo presente. Eu havia amado.

Nessa época eu ja era Cdzinha havia um ano e era virgem, mas nunca havia comprado uma lingerie ainda, eu só usava as calcinhas da minha mãe e da minha irmã de vez em quando, e me masturbava um pouco usando-as, normalmente, eu usava a minha cueca mesmo, enterrava na minha bundinha e tocava uma por cima dela, como se fosse uma fio dental. Eu amava isso. Por certas vezez eu pegava um marca texto, ficava de quatro e enfava no meu cuzinho, além de gostoso, aquilo me dava vontade de dormir, as vezes, pois me relaxava. Nunca tinha posto nada mais grosso e maior do que isso no meu cu. Mas amava essa sensação e sempre que tocava uma, pensava em mim de lingerie sendo enrabado por uma travesti bem gostosa.

No dia em que eu ganhei esse presente do meu tio, quando eu fui dormir, fiquei pensando em contratar um programa com uma travesti. No dia seguinte eu ja tinha decidido que iria fazê-lo. O dia seguinte era dia de escola, estava pensando em tudo aquilo ainda e nem consegui prestar atenção na aula direito. Assim que saí da escola fui para uma Lan House procurar por travestis de programa da minha cidade. Em pouco tempo encontro Patricia, uma loiraça linda, com um dote normal para um homem, um quadril largo e uma bunda enorme. Salvei seu número no celular e quando chegou a noite e todos foram dormir eu liguei para ela.

—Alô, é a Patrícia?

—A própria—Respondeu com uma voz feminina e sexy

—Eu gostaria de saber quanto custa o programa.

—Cem reais a hora.

—Amanhã você está livre? —

—A tarde toda.

—E você tem alguma restrição de idade? —Perguntei torcendo para que não tivesse

—Só não pode ser muito novo.

—Tenho catorze anos.

—Não atendo.

—Nem se eu pagar mais?

—Não.

Eu então desejei-lhe boa noite e desliguei o telefone.

Uma semana se passou e eu decidi que aquilo não acabaria assim. Chamei-a no MSN, e perguntei se ela gostaria de ser minha amiga e ela disse que não haveria problema algum, desde que não fizesse programa, mas que quando eu crescesse poderia procurá-la. Eu entendia seus motivos, faria o mesmo se fosse ela, transar com um menino de catorze anos, Imagina? Mas nessa hora eu tive uma idéia de ter prazer, conhecê-la e realizar uma vontade minha. Liguei para ela e comecei:

—Patrícia, sou eu, tem uma coisa que você não sabe sobre mim.

—O quê?

—Que eu so Cdzinha.

—Que legal!—começou patrícia—Eu já fui um dia, comprava minhas calcinhas com uma vergonha enorme, e hoje não sou mais isso pois sou travesti e não vivo mais como homem em nenhuma parte do dia, somente quando sou ativa.

—E sobre calcinhas mesmo que eu queria falar com você—abri

—Pode falar—começou Patrícia

—Eu sou Cdzinha, mas só uso calcinhas da minha mãe e irmã, pois tenho vergonha de comprar as minhas, queria saber se, no caso de eu te dar o dinheiro, você poderia comprar uma lingerie tamanho M para mim, com fio dental e bojo?

—Só poderei amanhã. —relatou

—Tem uma coisa a mais—acrescentei—Você poderia comprar um pênis de borracha também?

—Sim, mas isso tudo vai lhe custar uns cento e vinte reais, ok?

—Com certeza—disse entusiasmado—Me encontre amanhã no andar de cima da lan house perto do shopping da cidade e eu lhe darei o dinheiro

—Ok, boa noite

—Boa noite—e desliguei o telefone

Fiquei tão entusiasmado que toquei uma punheta.

No dia seguinte levei o dinheiro, tive que pagar dez reais a mais do que o previsto e peguei a sacola com as minhas coisas, enfiei na mochila e fui para casa, nem tive tempo de falar com ela direito, tão apressado e envergonhado de que me vissem com uma travesti, que estava. Mas ela era linda! Usou o computador do lado do meu. Me reconheceu pela foto do MSN, tentou iniciar uma conversa comigo pessoalmnente, mas eu cortei logo e fui embora. E que bunda que tinha, Patrícia era mais bonita pessoalmente do que em fotos.

Quando entrei no meu quarto para dormir, depois que todos ja tinham ido, tranquei a porta e peguei meus brinquedinhos debaixo da cama.

Pus minha lingerie. Maravilhosa a sensação, meus peitos ficavam enormes nela (eu ja tinha um peitinho avantajado) e já enterrei a calcinha na bunda, sentia aquele tecido roçando no meu cu com uma satisfação enorme. Eu amava funk, então comecei a rebolar até o chão. Aí eu começo a olhar para o pinto de borracha, vesti-lhe uma das camisinhas que eu tinha, tirei a calcinha e comecei a penetrá-lo em meu cuzinho. Sensação dolorosa, mas aguentei firme, com muita dor. A dor era tanta que eu mordia o travesseiro, até a hora em que parou de doer e eu comecei com as estocadas. Em menos de um minuto eu gosei. Retirei o pinto de borracha do meu cuzinho, tirei sua camisinha, pus a calcinha, me ajoelhei no chão e comecei a chupá-lo, como se fosse um boquete. Meu pau se endureceu de novo, conseguia vê-lo por cima da calcinha. Abaixei a calcinha e comecei a tocar uma punheta com uma das mãos enquanto a outra segurava o pinto de borracha. Quando gosei eu resolvi fazer uma coisa diferente: tirei uma foto minha de lingerie no espelho do banheiro de meu quarto, carreguei em meu computador e enviei pelo msn para Patrícia, e fui dormir só de lingerie, mas de porta trancada e cobertor, para não correr o risco de que alguém, além dela, me visse.

No dia seguinte ela me respondeu...

Continua!!!O próximo conto promete!!

Comente os pontos negativos e positivos que acharam. Sua opinião é muito importante para mim.

Contato:

e-mail: [email protected]

Skype: Julianno Vicente

Beijocas, Luana CDzinha

Comentários

30/05/2015 17:40:33
Pode deixar!! Obrigado pelo carinho de ter comentado, você não sabe o quanto e importante ara mim! bjos
29/05/2015 18:14:34
Comecei a ler esse conto mais por curiosidade do que pelo tema... Mas a escrita é muito boa e o conto de uma simplicidade que nos envolve totalmente...ai quando percebi ja tinha acabado....Continua logo....bjs

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


minhas condiçoes de corno contos eroticoaquilo foi rasgando meu cuzinho contos eroticosBrotheragem - Segunda Temporada - 8conto erotico mendiga novinhamagrinhas soquem pauzao. de 30 cm pornô grátis cu de viado dando falta de pão de mel recheado no potemulher transando na subida do Ilha Porchat São VicenteConto pau mendigo punhetaContos erotico incesto video gratis de sec tio tira cacinho da sobrinha novinhacontos eroticos sem querer maeeu quero ver vídeo mulher tomando banho com aquelas calcinha largavideos mais ecitantes de todos os tempos homens peludos de sunga comen e tiram a virgindade de menina e gozam dentro de sua vagina video brasileirocontos eroticos bucetinha apertadadeixo unegao desmarcado goza dentroMassagem acaba em fio terra ea mulher flagasexo novinha inocente fez contrato mais nao sabia que ia transar com um pirocudo e fica assustadabuceta trai o meu maridoXVídeos pornô mãe f****** com filho dos filhos f****** com mulher ingratacontos eroticos minha namorada medindo o pau do dotadogozou dentro da buceta e a mulhervnao queria no xvideosbotou a calçinha de lado e mostrou abuçetaAutor do padre. Não é. Homem contos. EróticosContos eroticos maniaco por seioshistória real irmão bem dotado seduza irmãzinhaViado de calsinhaxvideos.comeu e meu marido adoramos fazer sexo grupal contoscontos minha esposa pediu carona e ganhou pica grossacontos de sexo depilando a sogradotado dando leite pra esposa gostosa do corno que tomatudocontos erotico chantagem e submissão de casal novinhobucetao de sotinho q capui de fucaPoliciallindo tarado fudedorhomens balancando as bolas pornomamãe dar a buceta para mimzoofilia no Congoler conto erotico meu delegadodei meu cu e tava bom pornovideo porno denovinha enfrento pau grandecontos novinho bundudo virou menina dos molequesvídeo de pornô doido rapaz regaço a b***** da mulher*pode estora bolinhas que parecem espinhas na bunda?*x videos casada safada dando para padrinhode casamentosexo mulheres 80klsdou o cuzinho mas sofro muito ele tem um pauzaoVideos de zoocadela no cio piroca nelaconsiquiu engoli uma pica enormePorno Tia comeu o sobrinha atc gozou dentro delaxvideo grates de mulheres largas que fas barulho na vaginamae deliciosa abusando de garoto a noite insestogarota nao guenta da r u cu i chora pornoPenis flacido castrar contosgritei quando ele botou na minha bucetacontos erotico meu pai tem o pau iguau d um cavalo e mi fudeucontos comendo minha vizinha negra bundudaCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.9fudendo minha sogrinha e minha esposa me comendo gostoso contotravestis negra brasileira dotada no motel ganha punheta tremendo muitocasal praticante de zoofiliaeu e meu marido adoramos fazer sexo grupal contospornô doido corno Deixou o cara comer sua esposa e seu cuzinho na sequênciaseduzindo você a bater punhetavideos de negao com tres negras bundudas rebolando de xotinhos curtinhos bem gotosasxvidio empesaContos eróticos flaguei o pastor arrombando minha linda noiva santinhastrapon sangue e bostabranqinha se esbarra na pica xvo pinto do meu filho e maior do do pai rele contos eroticosbonitinha de 18anos quadril grande e largo bunda durinha comeu.xxxcontos bulinando minha tetinhafilme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandonovınha transando com ırmaopapai penetrou a minha buçetinha virgem e sem pelinhosda o cu causa doensa videos sangue sexo annalNinfetas mamando rola no cinema contoseroticoscazal maduros mamado jutos uma pica