Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A Voz do Coração - Parte 11

Autor: Alê12
Categoria: Homossexual
Data: 29/05/2015 20:56:38
Nota 10.00
Ler comentários (14) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Gustavo apenas disse “sim” com a cabeça, sem conseguir abrir os olhos ainda, devido a tantos remédios tomados.

- Eu quero te dizer uma... – Paulo segurou as lágrimas, mas a emoção foi mais forte do que ele. – Eu te amo meu amor. Eu não tenho vergonha de dizer que eu te amo. Você está aqui dentro de mim. – ele levou a mão do Gustavo até o seu coração.

Paulo estava convicto do amor que sentia por ele...

“Não importa a aparência, a condição social, a raça... O amor vem e acontece. Chega de mansinho, desmancha a gente. Faz o nosso coração bater mais forte, nos perturba, tira o nosso sono, rouba a nossa alma... O amor não escolhe quem, onde e quando. Ele simplesmente acontece! Brota de um olhar, de um sorriso, até mesmo de uma briga... Nascemos para viver intensamente, sem medos, receios, ilusões... Nada está perdido, e se pensamos que não seremos capazes de amar e ser amado... Ele vem e nos surpreende. Isto é o AMOR! E quando deixamos de ser tão exigentes... Ele atinge a sua forma mais sublime”.

- Volto. Não vou desistir de você e sei que viveremos a nossa história. Eu amo você. – Gustavo ouvia pouco, mas o suficiente para compreender as palavras dele e responder ao seu beijo. – Eu amo você! –ele repetiu mais uma vez a frase e saiu do quarto.

Ele faria uma viagem de quinze dias... Longos quinze dias que ficaria longe do Gustavo. Seu coração sofria por dentro. Por um instante pensou se havia feito a coisa certa ao casar-se com a Julia. Mas ele gostava dela e ao mesmo tempo sentia a necessidade de ter o Gustavo por perto. Eram dois universos, dois amores...

******

- Tudo pronto! Podemos partir rumo ao aeroporto. Ai, eu tô tão feliz meu amor! Nossa lua de mel será inesquecível! – Julia grudava no pescoço dele e o cobria de beijos. Era óbvio que a sua animação era maior do que a do Paulo, que apenas carregava as malas e colocava em seu carro. O irmão dele iria conduzi-los até o aeroporto internacional.

Chegando lá, se despediram e os dois foram fazer o chekin. Em seguida se encaminharam para o portão de embarque e finalmente a aeronave decolou.

- Eu te amo muito Paulo. Você é o homem mais perfeito e maravilhoso que alguém pode ter. Eu agradeço a Deus por tê-lo posto em minha vida. Te amo, te amo! – ela o beijava e ele ficou sem ação. Aquelas palavras entraram em sua mente como facas afiadas... Como uma punição, para fazê-lo sentir-se culpado por ter enganado a sua esposa. Por um momento ele ficou desnorteado, perdido... Mas era apenas o começo, pois o quando viesse à tona o seu breve romance com o Gustavo... Um terremoto iria se formar, sem dúvidas!

- Eu também te amo Julia. Seremos muito felizes, eu prometo. – ambos dormiram colados um no outro, enquanto seguiam viagem rumo à Europa.

18 HORAS DEPOIS...

- Meu Deus! Que lugar lindo! Eu estou em Paris. Nem acredito nisso. – ela mal se continha de felicidade. – Eu quero ir a todos os lugares, comprar muitas roupas, perfumes... Isso aqui é o paraíso.

Pediram um táxi até o hotel onde se hospedariam. Eles iriam ficar cinco dias em Paris, e depois seguir num tour por cinco capitais européias. O Paulo teve que fazer uma economia muito grande pra satisfazer os gostos da mulher. Mesmo sendo dono de um escritório famoso, como era o dele, a Julia era do tipo que gastava sem limites.

*************

- Olha quem eu trouxe pra visitar o papai...

- Pai! – ela agarrou o Gustavo tão forte, que quase arrancava os aparelhos.

- Devagar minha filha! O seu pai está em recuperação de uma cirurgia. Amanhã ele estará em casa novamente.

- Eu senti falta da minha princesa. Como está indo no colégio? Hein mocinha? – perguntou ele, enquanto tomava sua sopa sem gosto algum, como era de se esperar de uma comida de hospital.

- Pai, eu sou uma aluna linda, inteligente e esperta. O que esperar de alguém assim?

Todos caíram na gargalhada com a Luíza, inclusive a enfermeira.

- Viu como esta garota está, Gustavo? Agora deu pra achar que é adulta. Outro dia, queria ir numa festinha da amiga, e dormir por lá mesmo... – Amanda entregava os podres da filha, e esta emburrava a cara.

- Tudo tem a sua hora certa meu amor. Eu não vejo a hora de sair desse lugar! Me sinto um inútil. E logo agora que subi de cargo e pretendia começar na empresa a todo vapor...

- Não senhor! O Doutor me passou todas as recomendações. Ira ficar dez dias de licença do trabalho. Repouso é fundamental agora.

- Dez dias? Nunca! Eu não sou ninguém ficando preso dentro de casa, olhando para o teto. Você vai está na clínica trabalhando... A Luíza maior parte do tempo no colégio e curso de inglês. Vou ficar sozinho? – ele esbravejou parecendo uma criança perdida.

- Claro que não meu amor. Até eu chegar em casa, pedi para que o Luiz, e a mamãe de vez em quando, vá lá em casa de fazer companhia.

- Minha sogra? Justo ela que pega no meu pé?

- Pai, a vovó e maravilhosa!

- Eu sei filhota... Tudo bem, vocês venceram. Eu fico sozinho em casa por dez dias. Mas somente dez dias! Depois, quero voltar a trabalhar.

- Isso quem vai dizer é o médico e os seus novos exames. Agora termina com essa sopa antes que esfrie. Eu vou levar a Luíza pra casa, e volto pra dormir aqui com você.

- Não precisa Amanda. Já vou sair daqui amanhã. Vá pra casa e fique com nossa filha. Peça para a Maria fazer um delicioso bolo de chocolate pra mim, porque não suporto mais esta comida. Pode descansar em nossa casa. Eu vou ficar bem!

- Tem certeza Gustavo? Eu posso ficar. – ela insistiu.

- Sim. Agora vão.

Uma semana depois e o Gustavo se recuperava em casa. Seus exames deram ótimos e ele foi orientado a praticar exercícios físicos para melhorar o coração. Do outro lado, Paulo se preparava para conhecer mais um lugar. Já haviam passado por Paris, Madri e Veneza. Agora estaria indo para Suíça e por último Londres. Restavam apenas mais cinco dias da lua de mel de ambos, e a Julia curtia cada momento junto ao marido. Em alguns momentos, ele sentia tanta falta do Gustavo, que pensou em ligar para ele. Queria saber do seu estado de saúde, ouvir a voz dele...

O Gustavo também não parava de pensar nele. Se fechasse os olhos, conseguia sentir a voz do Paulo, sussurrando em seu ouvido: “eu te amo”. Ele tinha a certeza de que o amava e que este amor era compartilhado, e que iria fazer de tudo para viver esta história, nem que fosse como amantes, mas ele não deixaria o Paulo escapar da sua vida.

*******

O RETORNO, O AMOR, E A MENTIRA... TUDO COMEÇA...

A vida voltava como era antes. Não tão antes assim: Paulo era agora um homem casado, e morava em sua própria casa. Aumentou o seu escritório e contratou mais funcionários. Julia seguia com o seu emprego de Gerente de um Banco e o Gustavo retomou a sua rotina na empresa, agora no mais novo cargo de Diretor Financeiro.

Numa bela tarde, quando o sol estava indo embora, e o Gustavo se preparava para sair da sua sala, eis que recebe a sua última ligação. A Cintia informara uma visita àquela hora do dia.

- Doutor Gustavo, um homem chamado Paulo de... Paulo Belmonte está aqui querendo falar com o senhor. Eu digo pra voltar amanhã?

Ele quase teve um treco de novo! Seu coração palpitou e desta vez de alegria. Sentiu tanta, mais tanta falta dele, que chegava a doer por dentro. Era óbvio que ele iria recebê-lo.

- Cíntia, peça para ele entrar. E você já está liberada. Obrigado! – desligou o telefone. Sentiu se o seu perfume ainda permanecia no corpo, arrumou os cabelos e se sentou na cadeira.

- Com licença... Desculpa vir esta hora. É que eu precisava conversar com você. – Paulo abriu a porta devagar e ia entrando lentamente na sala. Gustavo ficou de pé, olhando dentro dos olhos dele, até se aproximar.

- Eu... Nossa, eu sentir tanto a sua falta. – Gustavo nem esperou ele dizer mais nada. Apenas caiu em seus braços, num abraço apertado e em prantos. Eles se beijaram descontroladamente, como se não tivessem e visto há anos.

CONTINUA...

Comentários

27/09/2015 15:55:25
...
30/05/2015 15:34:15
Eu torço pra esses dois ficarem definitivamente juntos...
30/05/2015 13:49:53
eh
30/05/2015 04:37:36
nossa gostei muito
30/05/2015 03:27:33
...
30/05/2015 01:14:26
sensacional
30/05/2015 00:31:20
...
30/05/2015 00:02:13
Muito Bom
29/05/2015 21:59:18
A fase do sofrimento só começou...
29/05/2015 21:54:49
Muito bom....
29/05/2015 21:42:47
Gostei muito
29/05/2015 21:36:51
Muito bom!
29/05/2015 21:26:37
Maravilhoso.
29/05/2015 21:22:27
Ótimo!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


porno o pai da quer reaizar o sonho de fpde foder a filha mas ele deu varias tentativa para consiguercasada qui aforao pauzudocontos eroticos colega negão estuprando o novinho gaytirei.o.cabaco.da.minha.irma.dormindoamo meu corninhocontos de boquete bom de primos e primas novinhosEle me fodeu gostosomãe e filha fudendo com travesti de calcinhacontos eroticos dei a bundinha por balasvidios oque casadas safadas fasem de gostoso de supresa pro maridoacabei liberando cu pro primo masnaogayxvidio casada chupano o amigo do filho escondidocontos eroticos como eu virei puta de um velhocomtos exitantesxxvideo porno brasileiro novinha chora ao ter q fd cm varios depois q perd apostasupersexomamãeCONTOSPORNO.insetos.nenémmin engravida amor porno sacanadeixei minha mulher tranzar com negao megaX porno ceducindo vidraseirovideos porno meu vizinho é louco por minha bundanovinhas.abrir.buzentaesposa bunda ggg conto com negaocontos de sexo depilando a sograCONTO EROTICO FILHO CARALHUDO ARROMBA MAE TODA NÕITEincesto gay papai me fez de putinhamulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornotravesti super roluda pega a mulher casada que goza so de ver o tamanho ahhhhcontos erotecos garotinho no1 analgosando vom o cachorrocontos eroticos provocando meu cunhadonovinho.geminho..de.pau.duronegao da rola gigante com menina burguesinhadoce nanda parte cinco contos eroticosfrecando a paciencia do brutoxvideo so tesuda zaradafotos porno ebano e marfimporno marido esguelha a garganta profunda da esposa e gosa no fundocontos gays tio e sobrinhotirei.o.cabaco.da.minha.irma.dormindotransando com cachorro e vizinhocontoTaradinha louca pra pega no pau do tiu contosdominadora scat merda bostaminha esposa lavano abucetinhavideos desabafos cacetudos con vontade de gozar se mostra can cacete muinto duroxvidio homem velhoe mulher bem velha tranzandocomo fazersrxo pinto vibradorContos perdendo o cabaço com negao tripémeu padrasto me comeu e minha mãe participouContos incesto dei pro meu pai eu era novinha convencivideo dondoca e maridi bisexualMinha esposa centou no colo de outro cera que eu sou corno manssosexo pregando no fagarvendo minha esposa se esfregar noutro macho no forro contos pornoacompanhando que Rominho ligoucontos eroticos climax daputinha dando pros amigoscontos eroticos de jovem transando menstruadas com o professorcomendo o cuzinho dela ela chorando ele filmando escondido ela ferver na firma esconde dele comendo o cuzinho a bucetinha dela ela chorandomarido fazendo covardia com a buceta da esposaa mulher e amante apertalas bolas pornomamei contossadomasoquismo p*** relinchando analxvideos porno travesti batendo punheta com uma serpente enfiada no cufamilia liberal conto eroticovideo de porou dirano vigidade da namorada vedtidopolicial fudendo com mulher que levava drogas na bucetaEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shortiIrmas casadas taradas carentes cendo enrabadasporno penis grotesco baixar video curtoflagante de sexo com patricinha de carangolaconto erotico proibido pra mim hector e sophiegostosas apimentadinha de tesaouma mãe vai para o quarto de um filho ainda quando ele ver com p******* abre a sua oxente e chupa o pau dele pornôvidio mae putona se assusta quanto ve que o filho gosou dentro sem camisinhaconto de insetos de rasgando o cu apertado