Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Meu casamento com Matheus

Um conto erótico de MadMarcelo40
Categoria: Homossexual
Data: 29/05/2015 22:55:17
Nota 10.00

Meu Casamento com Matheus ( Letícia)

Amigos, mais uma vez vou contar minhas aventuras. Como a última foi contando como comi o Matheus (Nome Fictício) no dia do jogo do Brasil X Alemanha pela Copa de 2014, resolvi continuar contando as transas que tive com esse gatinho de 18 anos, ainda aprendendo tudo, mas muito safadinho e disposto a se tornar um putinho do jeito que eu gosto. Passivo e submisso.

Após o dia que ficamos a primeira vez, nossas conversas continuaram mais frequentes. Ele estava super empolgado querendo repetir tudo o que tinha feito, só que com mais tempo para poder aproveitar mais. Eu por que queria terminar de romper as preguinhas daquele cuzinho delicioso e meter meu cacete até o talo.

Aí ele deu uma idéia, de fazer um casamento e uma lua-de-mel para que a noiva perdesse totalmente o cabaço.

Gostei da idéia. Sou louco por fantasias. Comecei imediatamente a fazer os contatos. Um amigo que tem uma casa de praia foi o primeiro que lembrei. Ele também curte comer viadinhos novinhos, e usa a casa de praia para suas farrinhas particulares. O Luciano (Nome Fictício) aceitou na hora, ele também adora essas coisas de fantasias. E ainda disponibilizou o atual namoradinho pra fazer a maquiagem da “noiva”.

Fui à uma sex shop e comprei o “vestido” da noivinha. Escolhi um que era um conjuntinho um body branco rendado, com as luvinhas delicadas que deixavam os dedos à amostra, uma tiara do mesmo tecido fazendo as vezes do véu e uma liga para a perna. Atrás ele era bem cavado e com umas rendinhas que pareciam uma microssaia.

Assim que comprei tirei foto da embalagem e mandei pro Matheus. Ele adorou. Em seguida me perguntou se eu tinha arrumado a casa. Eu contei pra ele que tinha e que havia arranjado até o maquiador. E que o juiz seria o meu amigo. Ele perguntou se podia ser no próximo fds. Eu liguei pro Luciano e após o ok dele, confirmei com o Matheus.

Ele já começou a dizer aos pais que ia para uma excursão com os amigos no fds, e há foi se preparando.

No sábado de manhã eu fui buscar ele em casa. Já havíamos combinado que eu era o pai de um dos amigos e que a gente ia em meu carro. Havia combinado o nome do amigo e pra onde a gente ia, caso os pais perguntassem. Para as respostas não ficarem diferentes. Mas eles não perguntaram nada. Apenas se despediram e desejaram boa viagem.

Ele estava muito eufórico, e perguntou se tava tudo certo mesmo. Eu já havia ligado pro Luciano e ele e o namoradinho já estavam na casa.

Disse pra ele que além do vestido pro casamento, eu havia comprado uma lingerye pra ele dormir e um biquíni. Ele ficou super feliz. E queria ver. Mas estava tudo na mala do carro.

Chegamos na casa. Era o local perfeito para essas aventuras hedionistas. Ficava afastada de outras casas, tinha muros altos protegida com cerca eletrificada, tinha piscina e três quartos com suíte.

Quando descemos do carro o meu amigo já veio nos receber. Luciano é um moreno alto, 1,80, forte, Militar aposentado (teve um problema no joelho que o impediu de continuar na ativa), tem uma jeito simpático e brincalhão que deixa todo mundo à vontade. Me deu um abraço, e eu o apresentei dizendo dizendo -Luciano, esta é Letícia, que já te falei.

Ele abraçou o Matheus e deu dois bejinhos no rosto dele. – Então essa é a noiva? Parabéns Beto! Muito bonita!

Peguei as malas e fui levando pra casa. Nisso, o namoradinho de Luciano apareceu. Chama-se Armando, mas gosta que o chamem de Dinho. É moreno claro, magrinho, mas bem proporcionado. Bonito, parece uma adolescente de 17 anos, embora já tenha 21. Muito afeminado, estava usando um shortinho jeans desfiado e uma camisa rosa de tecido bem leve. Veio me encontrar e me deu um beijo no rosto. – Beto, Louco. Que babado é esse?? Fiquei fúcsia, quando Lu me contou! Cadê a menina??

Apresentei as duas e Dinho já saiu arrastando ela pelo braço. Foi mostrar a casa.

Depois de arrumar todas as coisas, conversamos. Definimos que o horário seria de três da tarde, pra poder aproveitar bastante a lua de mel. E por que ninguém mais aguentava de tesão. Almoçamos, e bebemos bastante cerveja. Eu e Luciano ficamos na piscina bebendo inclusive umas caninhas.

Ai ele falou – Cara tu arrumou uma gracinha mesmo. Todo virgem? Nossa! Não tinha esperado tanto pra passar a rola nela. Tá afim de uma suruba na lua de mel não?

- Não. Hoje só sou eu! Quero fuder aquele cuzinho até o talo. Vou me acabar hoje naquela bunda! Mas amanhã é outro dia. Posso falar com ela. Se ela topar, amigo é pra essas coisas. – e brindamos com cerveja.

Em outras festas eu já tinha comido os namoradinhos dele, inclusive o Dinho. Mas eu sabia que não podia arriscar que ele comesse o Matheus primeiro, por que ele tem uma jeba enorme. Ia arrombar a minha putinha.

Dinho levou Matheus para se arrumar. Antes de vestir o conjuntinho que comprei, Dinho ajudou o Matheus a fazer um limpeza anal com uma duchinha vaginal. Depois fez uma maquiagem super discreta ajudou ele a se vestir e o levou pra sala onde seria o casamento.

Ele entrou de sapato alto que havia trazido na bolsa. Eu nem sabia desse detalhe. Ele ficou mais alto e empinadinho. Estava excitado e o pau duro marcava o body.

O Luciano fez um monte de coisas engraçadas e a gente riu muito. Foi legal por que sabia que ele estava muito nervoso por estar vestido daquele jeito na frente de pessoas que havia praticamente acabado de conhecer. Quando ele declarou: Macho e Putinha. – Pode beijar a noiva!

Beijei ele deliciosamente e com todo o tesão da semana. Saímos e fomos para a beira da piscina bebemos mais um pouco, dançamos e nos agarramos muito. Ai ele ficava se esfregando em mim. E beijando meu pescoço. E dizia no meu ouvido: - ai papaiii!!

Vai me comer vai!!! Vai meter tudinho? Eu quero paizinho! Quero sentir o teu cacete todo no meu rabinho.

Ai não aguentei mais terminei a cerveja de um gole e disse – Pessoal os noivos vão se retirar.

Eles ficaram rindo e dizendo um monte de safadezas. E vi que Dinho já estava com a mão enfiada dentro da bermuda de Luciano.

Fomos para o quarto e já entrei beijando e apertando a bunda dele com força. Sem para de beijar caímos na cama

Eu passava a mao com força na bundinha dele, afastando a calcinha deixando o acesso ao cuzinho livre. Ele ia abrindo minha calça, empurrando pra baixo tirando minha tora dura de dentro da cueca.

Ele tirou o body ficando apenas de tiara, luvinhas a liga na coxa e sapato alto.

Deitei e mandei ele vir por cima e colocar o cu na minha cara e ele fez e se debruçou e comeu a me chupar.

Eu chupava, lamia metia os dedos. Ele chupava e eu metia rola dentro da boca dele. Ele beijava lambia.

Eu dava beijo, acariciava e dava tapas na bunda dele.

Ele pegava meu saco, esfregava a rola na cara e gemia feito uma putinha dengosa.

Ficamos um tempão assim

Ai mandei ele ficar em pe encostado na parede e abrir as pernas.

-Abre as penas pro teu macho, porra! Tu agora vai levar o que tu queria!

Meti dois dedos cheio de gel dentro do cuzinho dele. Ele deu um tranco.

Eu meti a outra mao na cara dele

-Deixa relaxado puta! Tô fazendo isso pro teu bem! Senão vai entrar no seco e vai ser pior.

Eu fiquei fudendo o rabo dele com os dois dedos e dizendo putaria no ouvido dele tirava os dedos botava mais gel e metia de novo.

Ai dei uma boa olhada. Com os saltos altos eles ficava bem empinadinho. E parecia pedir pra levar cacete.

Ai mirei bem no anelzinho, segurei os quadris com uma mão e forcei a entrada.

Ele começou gemendo e eu enfiando .

Já ia na metade e ele começou a gemer pedindo pra parar.

Eu parei um pouquinho e disse no ouvido dele – Já está a metade, agora vai o resto. Hoje eu só paro quando estiver com o saco roçando o teu cu, su safada.

- Você no telefone disse que queria tomar no cu. Pois agora vai tomar!

E fui empurrando voltava um pouquinho e enfiava mais. Voltava e enfiava. E ele já chorando pedia pra parar que estava doendo.

-É pra doer mesmo, caralho!

E meti até o talo. Fiquei com a rola parada, dando beijinhos nas costas dele. Coloquei a mão no pau dele, estava muito duro. Fiquei punhetando ele. Ele começou a rebolar devagarzinho.

- Ai papai! Eu vou gozar na sua mão! O senhor deixa papaizinho?

- Deixo meu amor. Goza vai! Depois eu vou gozar também. Sabe onde eu vou gozar? Adivinha?

- No meu cuzinho papai? O senhor vai deixar meu cu cheio de seu leitinho grosso?

Ai ele gozou. E deu umas mexidas fortes. E eu segurei pra não sair nem um milímetro de pau de dentro da bunda dele. Quando ele relaxou. Eu comecei a ir e voltar. Devagarzinho e aos poucos fui aumentado o ritmo, até ficar aquele barulhinho delicioso de carne contra carne. Ele gemia e chorava e gritava. E eu fiquei bombando até que veio o gozo com toda força.

Depois tirei o pau do cu dele e fomos deitar

Ele queria ir lavar-se, mas eu queria ver a porra saído do cu dele

Ficamos na cama nos beijando e nos acariciando um tempo até que meu pau endureceu de novo e comecei a meter nele de ladinho. Ele adorou essa posição. Fodi ele até gozar de novo e ele gozou sem nem pegar no pau.

Depois fomo tomar uma chuveirada. Deitamos fomos dormir um pouco.

Acordamos para jantar. Pelo jeito que o Dinho estava animado, devia ter fudido muito também. Depois de jantar fomos assistir tv.

Dinho veio só de camiseta e sentou no colo de Luciano. Ele estava de camisa e de sunga

Eu mandei Matheus também tirar o short que ele havia colocado e sentar no meu colo. Tirei a minha bermuda e fiquei só de cueca

Ficamos nos roçando com ele sentado de frente.

Ele ficou sarrando no meu pau e eu bati uma punheta nele. Quando ele gozou, fomo pro quarto pra ele se lavar. Luciano já estava comendo o Dinho de quatro no sofá.

No chuveiro tirei o resto da rou e levei-o pra cama. E o comi na posição de franguinho assado. Nessa posição ele adorou quando eu gozei. Disse que parece que entrou mais do que das outras vezes.

A noite ele veio de banho tomado e de lingerie. Mas eu não aguentava mais. Fomos dormir. Acordei com ele me beijando e me batendo punheta. Quando o pau endureceu ele virou de ladinho oferecendo o cu, e eu já meti. Dessa vez sem gel.

Comi muito ele antes de irmos tomar o café da manhã.

Foi assim que passamos nossa noite de lua de mel.

Mas o domingo ainda reservava surpresas. Depois eu conto mais.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
04/06/2015 11:37:52
Muito bom!
30/05/2015 08:53:09
Muito bom!
30/05/2015 00:20:46
Muito bom
30/05/2015 00:11:20
adorei...esse.matheus.e.um.fofo.eu.quero.ver.muitos.relatos.teus.e.dele...espero.que.tu.tenhas.levado.ele.a.serio...se.puder.esclarecer.como.ea.relação.de.vcs.agradeceria




Online porn video at mobile phone


flagrei minha irma traindo seu namorado e chantagiei elaCona gulosa relatossexo real conhadas nuas banho pau bizarro tesaosarrando a bundinha da minha filinhapau alejado fodeno estourado abusetaseduzida por um estranho contos pornocontos eroticos br. meu primo me fudexxvideo mae fazendo gimatica e filho comi eladeu o cuzinho pela primeira vez e pede poe devagar porque ta doendofiumeporno minisaia encoxadavilmer pornoencoxou a mae na camacontos de sexo depilando a sogravidio de comedor gozando na portiha do cu da casadacaldo de buceta sujafilme porno home reprodutovideo porno irmao tarado meteu na irma sem camisinha acabou ingravidando eladoidinha pra meter com velhoquadradinho erotico incesto COM HUMORdei o cuzinho meladinho contosvídeo pornô máximo eletrizante que arrombaxx videos menina pedro agilidade notado abertavidio gay dando cu gostoso dormir estrupo hugovideos de mulheres ficando toda impinadinha ao perceber a encoxadasou evagelica e nao tive em casa e procurei fora contos eroticocontos eróticos papai.mimha bucetinha ta dodoicoroa taradasexo históriacontos de incesto mãe pede a filho que depois a Cona e o greloporno mulheres q bota sainhas curtinha para pega onibus lotado sopara ser fufidabelas coroas fazendo oral e metendovideos de garotas vendo bucetas em telao bem grande se masturbaporno minha esposa chupou o pinto do agiota pra pagar minha dividanovińhas xvideo gozando sem fazer parulhonovinha perdendo a virgindade para soltinhoesses irmaos tem uma ligacao muito forte pornodoidonovinha tentando da o cuzinho virgem pro amigo tadinha da novinhaXsvideos timida depilando o super dotadoporque os atores de porno ficam mais tempo enrijecidosconto erotico boa noite cinderelamae deliciosa abusando de garoto a noite insestominha colega foi estuprada por tres piçudos e gozaram dentro delaprimo safado puto dotado gozando na boca contos 2017video porno menina no colégio internato madre superiora vendocontos eroticos dando o cuzinhi e a boceta pro molekis da vizinhancamoreno sarado de sunga de bombeiroenrabando cunhada e sobrinha contocomo esconder do meu marido que a minha buceta ta cheia de gala de outro?conto porno perdi a virgindade com meu pai estrupador dotado passando pomadapequeninhacontosvelhas festejando c negros cacetudoscontos eroticos entre jovens irmaos gemeosmulher passa margarina ela pelada e no cu bem gostosocontos de incesto mãe pede a filho que depois a Cona e o grelovinha perdendo a virgindadeputa lambe pe do macho contocontos eroticos entre irmas e irmaos de montes claros mgsexo gay preparar novinhos a perder o cabacoirmas safadas relatosbucetao contosno swing marido nao permite que metam na esposamulher casada d vicosa mg d calca apertada na bucetavideo de homens que ficaram garrados depois que homen enfiou o pinto e seu saco dentra do cu de homen porno e ficaram grudadoscontos veridicos com enteadasporno serena ali doeumulher que encolheu todinho com ponta do rabo XVídeos brasileiroMe chamo Carlos e sou casado com Márcia uma loirinha linda pequenina apenas 1,52m magrinha apenas 49kg contos eroticosbuceta virgem relatos descabacando as irmas gemeascontos eroticos de moreno perigososexo soumenti com corno chupando porra de macho na buceta da esposavídeo caseiro de sexo com a namoradinha pedindo para namorado com meu com filho dela devagarzinho ela muito escandalosaqero vido de transafamiliarquero abri uma janela parA o porno baiano com bucetaspadrasto pirocudo droga a enteada e transamulher d fiu dentau atolado no rabocontos eroticos enxendo a crentinha de porrahistoria de mulheres casadas que fazem dupla penetraçao e foram descobertasmaldiçao da clareira da cadelaPeludao gostoso conto gaycontos eroticos novinha fui bem fodida que até choreina zoofilia as cadelas aceita ser fudidagordas lpucas de tesaomeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoestrupocontoseroticoscomendo o cuzinho dela ela chorando ele filmando escondido ela ferver na firma esconde dele comendo o cuzinho a bucetinha dela ela chorandocontossou safado como minha maehome estrupo cu diverdacontos eroticos o costureirocontos de casada na piranhagempinto na bucetado novinho enfiando so a pontinha depois com força depois uma bela chupada na cabeca do pintoMiguel e Vinicius:Entre o céu e o infernoO Ativão do Morro 2 - Casa dos Contospornô doido de cetona de mini saia sem calcinha sentando na rola