Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Como um conto mudou minha noite

Autor: A Linda
Categoria: Heterossexual
Data: 12/05/2015 12:36:36
Nota 9.50
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

O conto de hoje só foi possível por causa do site Casa dos Contos, e assim como todos os outros, aconteceu de verdade!

A alguns dias achei um conto que me chamou muita atenção, uma série, na verdade, "Cinto de Castidade". Algumas vezes ao ler aqui acabo fazendo experiências com o amante, já que ele é mais disposto a tentar novas coisas... já o marido é todo travado e não me permite muitas experiências o que acaba me frustrando e me fazendo perder o interesse.

Foi quando eu li no conto que parte da falta do interesse do meu marido poderia ser o excesso de punheta e eu resolvi averiguar, eu já sabia dos longos períodos no banheiro, das tantas noites que dormia primeiro porque ele se demorava demais lá, mas cheguei logo perguntando:

- Você fica demais no banheiro batendo punheta?

Ele ficou perguntando qual o meu interesse nas punhetas dele, disse que "se lavava" durante o banho e que as vezes acontecia...

Mas fiquei encucada... normalmente ele sempre diz que está cansado, que trabalhou demais, que não está relaxado pra isso... mas disparei:

- Isso é por causa das punhetas! Fica gastando sua energia no banho e chega sem disposição.

Foi quando ele reparou que eu não iria encerrar o assunto e que continuaria cismada com aquilo e ele me respondeu:

- Quando eu quero eu bato de manhã, de tarde, de noite e ainda te pego.

Eu forcei minha memória, mas eu não conseguia me lembrar da última vez prazeria que tive com ele... mas fiquei calada. Ele ainda continuou perguntando:

- Quem foi a última pessoa que teve prazer?

Acho que corei, mas respondi:

- Eu!

Era verdade, da última vez havia me esforçado horrores para dar uma boa noite de cama para ele, mas acabei desistindo por perceber a falta de interesse dele, mas ainda assim queria deitar satisfeita, então eu me ajudei a chegar lá... não foi 100% ele e também não havia sido uma de minhas melhores noites.

Eu não desisti do assunto, continuei falando que ele não me queria por gastar demais as energias com ele mesmo e cheguei para ele falando!

- Tá proibido de bater punheta.

Ele ainda tentou argumentar, mas ainda completei...

- Andei pesquisando uns cintos de castidade (não ia dizer de onde tirei a idéia) e tem um que é de plástico, que poderia usar o dia inteiro sem nem se preocupar em ir ao banco e ativar o detector de metais. Se continuar com a punheta vou comprar um pra você, já até pesquisei o preço.

Confesso que achei que tomaria uma patada depois dessa, mas ele me respondeu.

- É muito $ para gastar com essas coisas.

Encerramos o assunto e eu fui tomar meu banho para me deitar, fui para a cama primeiro, como sempre faço. Algumas vezes durmo nua quando está quente demais e quando não estou a fim costumo vestir um de meus pijamas (na maioria do tempo eles ficam guardados, uso mais em viagens).

Estava na cama e ele estava demorando, acabei por ler a parte 5 do conto enquanto esperava por ele, terminei e ele ainda não havia voltado, entrei na suite para usar a duxinha e baixar o fogo... foi quando ele entrou no quarto, fiz hora para que ele se deitasse primeiro na cama, mas ele estava esperando que eu fosse primeiro.

Aí disse a ele:

- Vá primeiro, cadê meu obstáculo?

Eu gosto de voltar para a cama por cima dele... numas dessas... vai que rola? Ele reclamou por ter usado a palavra "obstáculo" ao me referir ao corpo dele, mas se deitou. Em seguida eu fui em direção a cama, passando por cima dele e parei com meu rosto próximo ao dele... dei uns beijos na orelha dele, mas ainda não estava animado, continuei assediando e disse que ele seria meu brinquedinho naquela noite... fiquei me esfregando nele, até que ele começou a dar sinal de vida, continuei me esfregando, com a intenção de pular fora quando ele estivesse a fim.

Ele então pediu pra meter... mesmo que fosse a intenção deixá-lo na vontade, acabei cedendo e fiz a vontade dele, posicionei seu pau em minha buceta e fiquei sentando gostoso nele, eu já estava a fim, ele percebeu isso e sabendo que eu gosto de tomar uns tapas durante a hora h ele começou a me estapear. Foi quando fiquei doida de tesão... e os gemidos que estavam baixinhos começaram a sair cada vez mais fortes, eu não costumava ficar assim com ele... nem me lembrava a última vez que senti tanto tesão assim...

Ele continuou me apertando e eu pedia que ele enfiasse as unhas nas minhas costas, senti uma fisgada de dor quando ele apertou, mas era tão bom que pedia para fazer com mais força, ele foi me apertando e eu fui aumentando os movimentos, eu estava doida, me deixando ser agredida e sentindo um prazer absurdo naquilo. Ele aumentou a intensidade dos "castigos" e me disse: Nossa palavra de segurança é "vermelho". Nunca antes chegamos ao ponto de passar uma palavra de segurança, antes ele me dava uns tapas, mas nada que machucasse de verdade...

Ele continuou danto tapas em meu rosto, eu estava curtindo, o primeiro orgasmo foi intenso, gostoso, ele sentiu, me deu o dedo para chupar e eu queria mais, apertava meus seios de uma maneira que nunca havia feito antes (ainda estão doloridos) mas eu queria mais, continuamos e ele me apertava, me batia e cada vez eu ficava com mais e mais tesão e chegou mais um orgasmo, muito mais rápido e tão intenso como o primeiro... me sentia molhando a cama de tanto tesão que estava! Continuei por cima dele e naquela posição comecei a sentir o cansaço chegar até mim, fazendo com que minhas pernas começassem a tremer, ainda assim ele conseguiu me arrancar um terceiro orgasmo! Eu já estava satisfeita, fazia tempo que não conseguia chegar a 3 em tão pouco tempo. Desmontei dele e rolei pro seu lado falando:

- So um tempinho, só me recuperar...

Estava mole, o corpo em choque... uma sensação única e deliciosa...

Mas ele disse em tom de comando:

- Quero meter mais!

Ele então me puxou pra beirada da cama, e me pegou num "frango assado", foi ótimo, ele estava disposto, e vinha com vontade, vinha forte do jeito que eu gosto e me arrancou mais um orgasmo! Já esgotada, com a bucetinha doendo já estava quase pedindo penico, mas deixei que ele continuasse e ele veio, batendo forte, literalmente acabando comigo e arrancou um último orgasmo me deixando entregue na cama!

Foi então que ele disse:

- Vou bater uma punheta pra você!

E começou uma, ainda entre minhas pernas, e eu fui acariciando seu saco enquanto ele fazia os movimentos, não demorou muito e eu senti um jato de porra quente chegar aos meus seios, ele continuou melando minhas coxas, minha bucetinha, eu estava realizada e ele também.

Me levantei da cama, pois não queria dormir melada de porra, lavei meus peitos, meu corpo, senti minha buceta arder de tanto que foi judiada, mas estava muito relaxada e feliz.

Disse a ele:

- Uma dessa por mês e eu não brigo mais com você!

E dormimos abraçados, como há muito tempo não fazíamos!

Hoje já fui ver um curso similar ao relatado no conto de "Cris e Carlos", já tem uma turma agora em maio e estou considerando participar!

Comentários

23/04/2016 08:46:06
Mto bom linda,vc e uma verdadeira puta,adorei seu conto, faça uma visitinha ao meu...
12/05/2015 18:21:48
Delicia de conto, acho que as situações se resolvem com dialogo, como o que você teve, cinto de castidade é pra quem curte sadomasoquismo, mas faça o curso, todo conhecimento é valido e as vezes seu marido venha curtir ser torturado com o pau engaiolado.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


negao da rola gigante com menina burguesinhaanal violentto e profundo com gozo dentvideo de sexo ardente enxamas boa fodacontos erticos negão de pau gigante ragando cu de passivo sem docontos irmazinha nossa punheteiramamador de buceta contos eróticosmeu filho pintudo contoPorca reprodutoras buceta crandegta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetarabaonegrover uma crente casada casano um pauzudo pra dar o cutexto amor quando você for me fuder,eu quero que você me trate como uma puta, como aquelas atrises de pornoelicarlos2010eu quero mulher tem pinto comendo viado que amanhece a tempinho comendo vi antes vídeo pornô vídeoSo fotos de picas de 20 centímetros enfiado na bucetapornor doido batendo poleta na varanda sexocontos eróticos primeiras experiências com siririca com mulheres mais velhaconto porno minha mulher foi ao cabeleireiro depilar a buceta e o cubucetao na boca contohomem goando muito na buca do viado mundo bichapediu para fazer anal ,e cacou no paunao aguentouxxvideo convite discreto amadorfilme porno americano onde objeto exotico liberava o tesao dos personagensvidios oque casadas safadas fasem de gostoso de supresa pro maridomulher.cal.fiudentalporno sem casaminhastravestis dominadora fez homem casado virar mulherzinhaHomempauzao analsexo bengostoso uma lambida no grelo bem gostososo videos de xoxotas murchasporno olhei peguei chupeipornopaumostroMeti minha pica no xiri da minha sogra de 49 anosnovinha bududinha querendo um pintaoporno engoliu a porra e catinou mamanovídeo porno amadores encostano a pica na buseta cabeluda da intiada durmidoloirinhas da minha região, estou doidinho para acabar com seu sufrimento sexualestrupa filha e confessa yotubexviďeos loira safada escritorioconto erótico menino bonequinhavilmer pornoconto erotico punheta raptovideos de velhos picudo fudendo bonzinho gays amadoresXVídeos pornô brasileiro sogra ameaçando genro para transar com ele filha escuta todos os diascontos gays pique esconde no orfanatopervertido passando a mao na bucetinhacasadinha se esfregando nos homens no elevadorvideos pornò homem chupando gostosòbunda sendo invadida pela primeira vez gaychinesa rabuda de cuecaconto erótico com irmão cavaloConto comi minha irmãxvidios travestis na punhetas novingasgostosas da vunda durinha esfregando na linguacontos eroricos minha filhae enlouqueceimagm de sex filha qosano na cara do paivídeo pornô meu marido chegou em casa ficou surpreso porque eu estava limpa cheirosacontos mamae baby doll vermelho filha sem calcinhaadorei picao do papai na minha bucetinhafiz minha esposa chupar seu pai enquanto fodiamoslésbica com p********* chuchada na garotinha gostosagordas lpucas de tesaosogra porno Eça a dormirsexoevangelicabucetao preto babando muito líquidocomi a mae com a pereteca raspadinhaminha esposa lavano abucetinhavideo sexo mulherzinha nova traindo seu marido com cunhado mulekãoCalcinha cheirosa da filhinhaCarinha de Anjo de GTA e mamãe filha da está outro colégio bem longe daquiContos gays /fui estrupado por2 na escola e a diretora flagoumuler jupendo a minha puta. gtacontos meu filho veio morar comigo e no banho vi seu mega rolao eu queriavídeo pornô com boneca de silicone de 80 kilos pela XVídeo pornômarisa chupando meu pauasistir video porno angolano de tia e sobrinho.palavroespornobrasileirascontos de sexo depilando a sograhomem nu da cu padres e semináristascontos de sexo depilando a sogracontos eróticos gays,uma amizada aguenta tudo,Marcosfodie cusao do meu entido bundao pornomeu padrasto me comeu e minha mãe participouincesto servindo cafe da manha com camisolinha transparenteporno contos apalpada pelo tio do maridocontos incesto mae gtsEu quero pornô com tio t***** comendo a novinha apertadinha do patinho doidoTia de calça leg conto eroticoporno dento da pestinha contos de marido bem dotado querendo ver a mulher com duas picas no cu e bucetaConto gay viagem Onibus leitohttp://zdorovsreda.ru/texto/201109691homem nu da cu seminaristapeguei meu padrasto transando com meu vizinho e fiquei com tesao