Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Como um conto mudou minha noite

Um conto erótico de A Linda
Categoria: Heterossexual
Data: 12/05/2015 12:36:36
Nota 9.50

O conto de hoje só foi possível por causa do site Casa dos Contos, e assim como todos os outros, aconteceu de verdade!

A alguns dias achei um conto que me chamou muita atenção, uma série, na verdade, "Cinto de Castidade". Algumas vezes ao ler aqui acabo fazendo experiências com o amante, já que ele é mais disposto a tentar novas coisas... já o marido é todo travado e não me permite muitas experiências o que acaba me frustrando e me fazendo perder o interesse.

Foi quando eu li no conto que parte da falta do interesse do meu marido poderia ser o excesso de punheta e eu resolvi averiguar, eu já sabia dos longos períodos no banheiro, das tantas noites que dormia primeiro porque ele se demorava demais lá, mas cheguei logo perguntando:

- Você fica demais no banheiro batendo punheta?

Ele ficou perguntando qual o meu interesse nas punhetas dele, disse que "se lavava" durante o banho e que as vezes acontecia...

Mas fiquei encucada... normalmente ele sempre diz que está cansado, que trabalhou demais, que não está relaxado pra isso... mas disparei:

- Isso é por causa das punhetas! Fica gastando sua energia no banho e chega sem disposição.

Foi quando ele reparou que eu não iria encerrar o assunto e que continuaria cismada com aquilo e ele me respondeu:

- Quando eu quero eu bato de manhã, de tarde, de noite e ainda te pego.

Eu forcei minha memória, mas eu não conseguia me lembrar da última vez prazeria que tive com ele... mas fiquei calada. Ele ainda continuou perguntando:

- Quem foi a última pessoa que teve prazer?

Acho que corei, mas respondi:

- Eu!

Era verdade, da última vez havia me esforçado horrores para dar uma boa noite de cama para ele, mas acabei desistindo por perceber a falta de interesse dele, mas ainda assim queria deitar satisfeita, então eu me ajudei a chegar lá... não foi 100% ele e também não havia sido uma de minhas melhores noites.

Eu não desisti do assunto, continuei falando que ele não me queria por gastar demais as energias com ele mesmo e cheguei para ele falando!

- Tá proibido de bater punheta.

Ele ainda tentou argumentar, mas ainda completei...

- Andei pesquisando uns cintos de castidade (não ia dizer de onde tirei a idéia) e tem um que é de plástico, que poderia usar o dia inteiro sem nem se preocupar em ir ao banco e ativar o detector de metais. Se continuar com a punheta vou comprar um pra você, já até pesquisei o preço.

Confesso que achei que tomaria uma patada depois dessa, mas ele me respondeu.

- É muito $ para gastar com essas coisas.

Encerramos o assunto e eu fui tomar meu banho para me deitar, fui para a cama primeiro, como sempre faço. Algumas vezes durmo nua quando está quente demais e quando não estou a fim costumo vestir um de meus pijamas (na maioria do tempo eles ficam guardados, uso mais em viagens).

Estava na cama e ele estava demorando, acabei por ler a parte 5 do conto enquanto esperava por ele, terminei e ele ainda não havia voltado, entrei na suite para usar a duxinha e baixar o fogo... foi quando ele entrou no quarto, fiz hora para que ele se deitasse primeiro na cama, mas ele estava esperando que eu fosse primeiro.

Aí disse a ele:

- Vá primeiro, cadê meu obstáculo?

Eu gosto de voltar para a cama por cima dele... numas dessas... vai que rola? Ele reclamou por ter usado a palavra "obstáculo" ao me referir ao corpo dele, mas se deitou. Em seguida eu fui em direção a cama, passando por cima dele e parei com meu rosto próximo ao dele... dei uns beijos na orelha dele, mas ainda não estava animado, continuei assediando e disse que ele seria meu brinquedinho naquela noite... fiquei me esfregando nele, até que ele começou a dar sinal de vida, continuei me esfregando, com a intenção de pular fora quando ele estivesse a fim.

Ele então pediu pra meter... mesmo que fosse a intenção deixá-lo na vontade, acabei cedendo e fiz a vontade dele, posicionei seu pau em minha buceta e fiquei sentando gostoso nele, eu já estava a fim, ele percebeu isso e sabendo que eu gosto de tomar uns tapas durante a hora h ele começou a me estapear. Foi quando fiquei doida de tesão... e os gemidos que estavam baixinhos começaram a sair cada vez mais fortes, eu não costumava ficar assim com ele... nem me lembrava a última vez que senti tanto tesão assim...

Ele continuou me apertando e eu pedia que ele enfiasse as unhas nas minhas costas, senti uma fisgada de dor quando ele apertou, mas era tão bom que pedia para fazer com mais força, ele foi me apertando e eu fui aumentando os movimentos, eu estava doida, me deixando ser agredida e sentindo um prazer absurdo naquilo. Ele aumentou a intensidade dos "castigos" e me disse: Nossa palavra de segurança é "vermelho". Nunca antes chegamos ao ponto de passar uma palavra de segurança, antes ele me dava uns tapas, mas nada que machucasse de verdade...

Ele continuou danto tapas em meu rosto, eu estava curtindo, o primeiro orgasmo foi intenso, gostoso, ele sentiu, me deu o dedo para chupar e eu queria mais, apertava meus seios de uma maneira que nunca havia feito antes (ainda estão doloridos) mas eu queria mais, continuamos e ele me apertava, me batia e cada vez eu ficava com mais e mais tesão e chegou mais um orgasmo, muito mais rápido e tão intenso como o primeiro... me sentia molhando a cama de tanto tesão que estava! Continuei por cima dele e naquela posição comecei a sentir o cansaço chegar até mim, fazendo com que minhas pernas começassem a tremer, ainda assim ele conseguiu me arrancar um terceiro orgasmo! Eu já estava satisfeita, fazia tempo que não conseguia chegar a 3 em tão pouco tempo. Desmontei dele e rolei pro seu lado falando:

- So um tempinho, só me recuperar...

Estava mole, o corpo em choque... uma sensação única e deliciosa...

Mas ele disse em tom de comando:

- Quero meter mais!

Ele então me puxou pra beirada da cama, e me pegou num "frango assado", foi ótimo, ele estava disposto, e vinha com vontade, vinha forte do jeito que eu gosto e me arrancou mais um orgasmo! Já esgotada, com a bucetinha doendo já estava quase pedindo penico, mas deixei que ele continuasse e ele veio, batendo forte, literalmente acabando comigo e arrancou um último orgasmo me deixando entregue na cama!

Foi então que ele disse:

- Vou bater uma punheta pra você!

E começou uma, ainda entre minhas pernas, e eu fui acariciando seu saco enquanto ele fazia os movimentos, não demorou muito e eu senti um jato de porra quente chegar aos meus seios, ele continuou melando minhas coxas, minha bucetinha, eu estava realizada e ele também.

Me levantei da cama, pois não queria dormir melada de porra, lavei meus peitos, meu corpo, senti minha buceta arder de tanto que foi judiada, mas estava muito relaxada e feliz.

Disse a ele:

- Uma dessa por mês e eu não brigo mais com você!

E dormimos abraçados, como há muito tempo não fazíamos!

Hoje já fui ver um curso similar ao relatado no conto de "Cris e Carlos", já tem uma turma agora em maio e estou considerando participar!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/04/2016 08:46:06
Mto bom linda,vc e uma verdadeira puta,adorei seu conto, faça uma visitinha ao meu...
12/05/2015 18:21:48
Delicia de conto, acho que as situações se resolvem com dialogo, como o que você teve, cinto de castidade é pra quem curte sadomasoquismo, mas faça o curso, todo conhecimento é valido e as vezes seu marido venha curtir ser torturado com o pau engaiolado.




Online porn video at mobile phone


novinha gritano e gosanonegona do zoinhao gritano na picavidio porno de uma mulher tirando aroupa bem relaadamente para faz xexocontos eroticos comeu eu minha filha e sublinhasogra faminta por sexoviven cabaço foi brica de tranza com cachorro e levou uma rola bem grnde que ficou engatado na bucetaamigos fodem o casal bi que arranham na rua pornovideo de sexo tia batendo uma descabacando sobrinhoContos eroticos a gozada incetuosa e mais gostoza que quaque outra gozando dentro da irma cem camisinhaVídeos de homens dando aquelas linguadinhas pornôxvıdeos porno magrınhas gostozacorno tomou leite corno contosvidios pornnou que mae e filha tranza com o meismgarotinho loirinho de treze anos se descobrindo que e gay e tranza com seu irmãozinhoconto no cinepornotitio safadão mim encoxou dormindo contos gayContos eroticos:Fui fodida por varios roludos no cinema chorei de dor e pedir para pararemComo devo uza vazelina navagina para lubrifica?lindo homemcoxa grossa dando pornonovinha shortinho finos pegando no pau do namoradoporno de mulheres tentando fiji de pica grandeXxvideo cosquinha na cabecinhataboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contoseu perdi a minha virgindade com cara da pica de 40cmPorno contos incesto familia prazer total qualquer idadezoofilia no Congo pesadafilha minha femea contoconto eroticosgemeascondominio traicao videos cuckoldPorno idora com boca e cu cheios de esporraesses irmaos tem uma ligacao muito forte pornodoidoContos.shortinho.curto.enlouquece.filhocontos eroticos/dois gorotos negros picudos fuderam minha namorada a forcaencoxei minha tia peituda (contos).video porno mamãe viuva saiu pra dar uma metidinhaworttped.diegocampos.8519cavalo feia mulher gritando estocada do cafetão pornôgarota misterio cdzinhagostosa gordinhas tirando cabeçalesbicas praticantes de lactofilia xvideos hdconto erotico gay na saida do bar de madrugada um travesti me estuproumontei um armario pra uma coroa ela me atacou e chupou meu pau tv bucetaconto erotico gay conto gay real romance historia -youtube -site:youtube.compornodoido minha sogra gostosa esta no quarto rapando a buceta com tesaocontos eroticos corno deixa o proprio filho foder a mulhercasa dos contos tema scarx vde porno rebolando de calca no pinto duro orover lésbicas lésbicas se esfregando até gozar em perigosos de músicasPorno Tia comeu o sobrinha atc gozou dentro delafilme meu irmao me deseja fudermarcelo strause aguilarvideos nacional gritos e gemidps de homens passivos embaixo dos machos caralhudoscontos,eroticos,de,gays novinhos sendo estuprado por jovens craquesmeu sogro isasiavel comtoConto erotico magnatacasa dos contos eroticos a maninha cabaço ai maninho tira ai aicontos peguei a negrinha que gritava chingava e mandava emprurrar ate o taloEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shortibotei gozei tirei gozei soquei gozeixvideo menina de meno gosano e tremeno as penaMuitasex .com gaby pornolprima de pijaminha curtinho vai dormi com o primo mais novo e fuderamporno zoo contos em quadradinhos dupla penetracao insestoutimu vídeos d mulher famosa fudeno e gosandoa.mulher vai ate ver que.estava.na.porta.era.o amigo dela.e.deu.a.boceta para.eleledando na borracharia de beira de estrada contos eróticos gaysfotos incetos do sexo com entiadas pau gigantes comendo novinhasmeu padrasto me comeu e minha mãe participoucontos arronbaram meu cuzinho de menininha virgemdescobrindo o amor 74 dr romântico conto porno me depilaram todinhahomem se mesturbano no causinha da cuiada fio dentalcontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramcontos eroticos gays bem ocorridos em 2017contos e historias de sexo de meninas de 8 a 12 aninhos reaisporno inventei um assalto para o comer minha mulher