Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A Voz do Coração - Parte 05

Autor: Alê12
Categoria: Homossexual
Data: 15/05/2015 21:52:00
Nota 10.00
Ler comentários (14) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

- Eu sou homem, e você também! Sabemos quanto é difícil. Mas confio em você, e o que viverei esta noite contigo, será único! Seus olhos brilhavam, no contraste da beleza exótica que só ambos possuíam.

Paulo o jogou na cama e veio por cima, entrelaçando suas pernas peludas nas pernas do Gustavo. Eles se beijavam calorosamente, com os corpos excitados e a pele vibrando. Ficaram em posição de 69, e iam degustando o sabor um do outro...

- Ahhhh... Que delicia! Como isso é muito bom. – dizia Paulo, delirando de prazer, com a língua quente do outro devorando seu pau. Gustavo chupava cada centímetro daquele membro, e era contemplado com o mesmo toque.

- Eu nunca pensei sentir tanto prazer com um homem. Você me leva a loucura sabia? – Gustavo mordia os lábios dele.

- Vamos para de conversa, eu quero você. Quero está dentro de você... Comer essa bunda linda, sentir você gemer enquanto eu fodo você todinho.

Paulo se transformou e sem perder tempo, pôs ele de bruços e encaixou seu pau na bunda dele. Meteu bem devagar, até Gustavo sentir-se relaxado. Este por sua vez, fazia uma cara de muita dor, na verdade, era o que ele estava sentindo.

Não há razões para explicar uma explosão chamada desejo, que se transforme em atração avassaladora e derruba todos os paradigmas sociais. Pecado? Talvez... Viver intensamente? Sim! Momentos são únicos na vida, não voltam mais e deixar que a razão, na qual muitas vezes nos faz sofrer, falar por nosso coração é meio burrice.

A vida é feita de escolhas e seja ela qual for você está apenas vivendo... Afinal, para que viemos ao mundo?

- Ai caralho, que gostoso. Mete filho da puta! Realiza tua vontade. Vai gostoso. – Gustavo falava palavrões e sentia a pressão do pau pulsando dentro de si.

- Toma nessa bunda! Pede mais vai. Pede porra! – seus corpos eram puro suor, inundando os lençóis. Os gemidos eram abafados com longos beijos.

Às vezes eles se olhavam e sorriam um para o outro, apesar dos corpos másculos e o jeito bruto que ambos tinham, eles trocavam carinhos ternos, se tocavam com paciência... Paulo tirou o pau de dentro dele e simplesmente ficou de frente para ele, abraçando, explorando o seu corpo com as mãos, tocando-lhe o rosto...

- Eu queria te dizer isso desde o primeiro encontro, mas fiquei com vergonha. – Você é lindo! Muito lindo. – disse ele segurando o queixo do Gustavo. – Engraçado, que mesmo eu me entregando pra você e você pra mim, eu não me sinto menos homem por isso. A única certeza que tenho neste momento... É que você tem o dom de perturbar a minha mente, revirar os meus sentidos.

- Eu tenho a mesma sensação que você. Olha! – Gustavo pegou a mão dele e levou até o seu coração. – Viu como bate acelerado? – Eu fico desse jeito toda vez que vejo você... E sabe qual é a minha única certeza?... – Você me traz a paz e a calma que eu preciso.

- O que vamos fazer daqui pra frente? – Paulo perguntou com uma ponta de preocupação nos olhos. – Seremos amantes? – Gustavo riu.

- Ué! Se você quiser, não vejo problemas!

- Você é mesmo um cachorro sabia?

- E você é um moreno delicioso. Não vamos nos preocupar com isso. Vem, vamos fazer amor gostoso. Agora é a minha vez de sentir você... Sabe que piro com essa tua bunda né?

- Você é tarado cara!

- Eu amo bundas, e a sua me deixa louco. Vai me dar ela? – Gustavo perguntou com o olhar mais cínico e ousado do mundo.

- Você tem um pau muito grande. Dói! – reclamou o Paulo.

- Hã?! O seu também é grande. Acha que não senti dor quando meteu em mim? Bastava ver a minha cara.

- Seu bobo. – eles riram e se beijaram novamente. Desta vez, o Gustavo dominou o Paulo e mais uma vez eles transaram, se entregando ao momento mágico e intenso que estavam vivendo e descobrindo. Mas como seria depois?

*****

- Vamos tomar banho juntos? – sugeriu Gustavo, acariciando os cabelos cacheados do outro. Paulo recostava sua cabeça no peito dele.

- Sim. Posso te fazer uma pergunta?

- Claro. O que deseja saber?

Paulo foi direto.

- Ama sua esposa? Como é a vida de vocês?

Gustavo se mostrou surpreso com a pergunta, mas respondeu.

- Eu e a Amanda não temos problemas de casais. Ela é bastante tranqüila e me deixa super a vontade. Ela é Neurologista, então, está sempre na clinica, quase sem tempo... A minha filha já é uma mocinha, não me dá trabalho.

- Você tem uma filha? – ele ficou surpreso.

- Sim. Treze anos de idade. É linda!

- Você não fica... Enfim, não...

- Me sentindo um sujo porque estou na cama com um homem? – Definitivamente, não! Eu não entendo porque você se condena tanto. Se não quer mais, tudo bem. Não quero que faça nada contra sua vontade. Não estamos cometendo um crime. E a gente não escolhe por quem se apaixona.

Quando ele disse se apaixona, Paulo saltitou da cama e fixou os olhos nele. Jamais esperava ouvir aquela palavra... Aliás, ele jamais pensou que as coisas tomariam aquela proporção.

- Você disse: se apaixona? Por acaso...

- Sim. Eu acho que estou apaixonado por você!

- Cara, isso é loucura! Tudo bem que a gente ta se curtindo, transando... Mas é coisa de homem, sabe? Instinto, pele, sexo. Eu já te falei que curto mulher. E você tem a sua mulher... As coisas tomaram um rumo muito complicado.Eu não deveria...

- Que porra de homem é você? Eu te falei dos meus sentimentos e não dos seus! Não estou te cobrando nada. E eu nem sei o que estou sentindo de verdade. Vendo essa tua reação, acho que sinto é raiva de você. Quer saber? Eu vou tomar um banho e sumir daqui, ou melhor, sumir da sua vida!

- Calma.

- Calma o cacete! Depois de uma noite maravilhosa, com tanto carinho, você me vez com indagações e julgamentos? Vai se ferrar e me deixa! Agora quem não quer te ver sou eu. Cansei de palhaçada. – Gustavo saiu para o banheiro batendo a porta puto da vida. Paulo apenas catava suas roupas do chão e vestia-se. Nem se preocupou em tirar o suor do corpo, apenas pegou um táxi e partiu.

Era tudo muito confuso e novo. Dois homens que se viam num entrelaço da vida. Ambos comprometidos com mulheres, sem nenhuma espécie de experiência com outros caras... Uma forte atração, um desejo incontrolável e o medo disso tudo, transformar-se num sentimento que eles jamais poderiam controlar depois. Paulo era o mais perturbado, pois além de sentir-se culpado, existiam os questionamentos internos que ele fazia a sua razão.

E suas mulheres, suas famílias? Como ficaria todo esse labirinto? Gustavo saiu do banheiro, e viu apenas um papel escrito: “Esta foi a última vez”. Ele rasgou o papel com raiva, e xingou uma dúzia de palavrões, socando a parede. Ele não queria está naquela situação, afinal, sabia que existia complicações caso levasse esta história adiante; mas o seu coração não queria está longe do Paulo. Ele o fazia bem de alguma forma.

CONTINUA...

Comentários

27/09/2015 14:55:39
...
16/05/2015 21:54:02
Amei que você voltou! Amei seu conto também.
16/05/2015 17:41:33
Muito bom !
16/05/2015 05:03:00
Muuuuuuito tenso
16/05/2015 01:55:09
Este sim, é mais de 10, ta muito bom, manda mais
16/05/2015 01:37:21
Mais um! Preciso de mais um urgentemente, please!!!
16/05/2015 00:58:59
Há cada palavra que eu leio eu sinto meu coração acelerar...
16/05/2015 00:18:24
simplesmente perfeito... Ale12 vc e um dos melhores!
15/05/2015 23:30:13
Muito bom !!! Amei
15/05/2015 23:22:26
Simplesmente demais, continua
15/05/2015 22:40:29
Maravilhoso
15/05/2015 22:37:41
Ale voce sempre um genio
15/05/2015 22:11:12
Muito bom, pfv continua posta outro capitulo hoje
15/05/2015 22:10:49
Amei!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


filme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandojaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratisquero ver as mulher tarada caseira com muco cervicaltomou comprimidos de tesao e ele tesou forte mulher pornoporno sem casaminhaschupando buseta labefo pasda mso bocshistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhercontos eróticos escritos de lactofiliacasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetaTia gostosa de vestido curto decostas sobrinho agara ela pra comercoletania de negao socando ate o saco nas esposas gringas com vestidos pornomulher ameaçando cagar com o pau no cu videos pornoRasguei a buceta da mendiga com a mao contosCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro autor eduardocliente dando a buceta para os manobristas14 centímetros conto heteroadorei picao do papai na minha bucetinhamenino de atrasou e pediu carona pra homem sarado na moto pornoContos eroticos irmã gêmeaContos negao arrombou minha esposa na minha frentefiadinho dano o cu gritano de dor pra um ttraveste palzudo pormo brasileiro gratesContos erotico arombei minha prima gordinhAcontos de sexo depilando a sograxvidios outros puraixvidios os dias era asimdupla de caralhudos rasgando o cuzinho no pornodoidoxvideo muilher surpresa nxvideo sexo u buracuchupei lambi os pés da minha prima mais nova dormindocontos eróticos gay da cidade de tupã ?gosto de praticar zoofiliaxvidio mulher com dedo na buceta chamando jairojege tarado arromba tua dona apaixonado vidio pornokid bengala buraco na paredesexo com as maos apoiadas no chao ela recebe uma delisiosa chapadacontos eróticos a aposta da esposaimem roludodocontos sex fui enrrabado na adolescencia e gameiassitir vidio de porno os mecanicos me arrobaramcasetudo comendo cadela no ciocontos eróticos suportando três cacetes com carinho e amorMinha irma adolecente taradinha em conto eroticoxxx vídeos novinhas aproveitando que a sua mãe saiu no pornô iradocontos casada da o cu pro cão e o marido participa comendo tambemmundobicha ver tres brasileiros novinhos se cumendo em casaraopornodoido comendo aminha madrasta emcanto eladormirboxeeroticoconto erotico meu primo me enganou e comeu meu cuvideo porno mamãe viuva saiu pra dar uma metidinhacoloquei duas bolinhas de golfe na bucetasobrinha e tia com pai potaria brasileiroporno caseiro amiga não acredito q o pau do meu marido é grande e pago pra vermau encostei a penis no cuzin dela ela ja se gozou todaconto gay meu amor psicopataporno gey peando priminho pre. adolesente e jovem tanbem xvidiosConto erotico- mete seu pauzudo, come a sua mae putairmalouca pra perdero cabaco pro irmarxxvideos parada gay 2017 sao pauloComtos casadas fodidas na cadeiaaprendiz do sexo porno falando palavroesporno.doido so.mulhers ricas gostozonas dando na.borrachariavideos pornos de mulheres de cor amarradas e amordaçadasgostsona dando o cu pro negao roludo egritandovideocurtomagrinha e roludoporno filho Engravidar mae dormidocontos eroticos provocando meu cunhadohttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelogey fazendo fime porno com homem infindo garrafas no geyPutaria brasileira puta da a a fortãolesbicas contando cono ébom chupar e ser chpadaficamos nuas e sastifeitascomendo a buceta da gostosa na barra de suco de limãoviagei a trabalho e meu noivo virou corno o homem me dominou lesbica transando com a amiga ate ela vira o zoinhosocando na enteada gravida de jundiaihomen toma banho de coeca pica fica dura mundobichamanual de corno manso gatobomņovinhas metendo com play boy