Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Amor Real – Confusões no paraíso.

Depois de uma deliciosa noite de amor com Diogo, eu César, acordei e fui fazer o café, logo chega Diogo me agarra por trás me vira e me da um beijo delicioso na boca.

_ Mas que porra é essa?

Disse Lourenço ao entrar na cozinha, fiquei sem graça e me afastei de Diogo que ficou irritado com o filho, segurou na camisa de Lourenço pela gola e deu uns safanões tive que intervir coloquei a mão nos ombros de Diogo e pedi para que ele se contivesse. Diogo ainda irritada empurrou o filho dizendo que era uma cena de amor normal entre duas pessoas que se amam e se ele estivesse incomodado com aquilo que voltasse para a casa da mãe dele onde quem sabe ele seria linchado por uma das pessoas que estavam a procura dele. Uma enorme discussão se iniciou ente pai e filho, dei um grito e todos se calaram, Disse que seria difícil, mas teríamos que aprender a conviver olhando fixo nos olhos de Lourenço enfatizei que ele estava aqui por necessidade e não por vontade, mas se ele tivesse uma solução melhor que apresentasse uma, de nossa parte mesmo sendo nossa casa desta vez olhando para Diogo disse que iríamos nos conter um pouco para um melhor estar na casa. O café continuou meio tenso e fomos trabalhar. A noite ao chegar do trabalho tive uma longa conversa com Diogo disse que por mais que eu gostasse de nossa antes da chegada do filho dele era papel dele de pai ajudar o filho dele e meu como companheiro de o apoiar coisa que meus pais não fizeram quando eu precisei.

O tempo foi passando e apesar das provocações de Lourenço aos poucos ele e eu começamos a nos dar bem ele viu que eu gostava dos mesmos clipes, filmes programas que ele no começo não ficava na sala, mas aos poucos foi se achegando ficando ate ficarmos assistindo juntos, Diogo ordenou que ele ajudasse nas tarefas de casa e como ele não sabia fazer absolutamente nada eu ia ajudando ele foi ríspido no inicio mas vendo que precisava aprender e que seu pai não aceitaria ele não fazer aceitou minha ajuda, ele gostava da minha comida, mas continuava fechando a cara quando via Diogo e eu juntos.

Estava em casa quando Lourenço chega todo machucado sangrando em casa.

_ O que aconteceu com você?

_ Meu pai esta ai? Não ele vai ficar ate mais tarde numa reunião, mas vou ligar agora para ele.

_ Não, nada disso.

_ Precisamos te levar ao medico o que houve?

_ Uma briga parece que mexi com uma garota que estava acompanhada, eu não sabia como eu ia adivinhar?

_ Homens...

_ O que? Nada cala a boca vou chamar um táxi.

Levei o encrenca para o medico um braço quebrado alguns arranhões, um olho roxo, uma boca machucada nada demais.

No outro dia quando cheguei do trabalho fui fazer os curativos no arrebentado.

_ Ai vai com calma ai porra.

_ Ei to te ajudando vai com calma com o palavreado ai.

_ Por que esta fazendo isso?

_ Para não infeccionar.

_ Não porque esta me ajudando se eu nunca fiz nada de bom para você?

_ Porque você é filho do homem que eu amo e eu nunca vou deixar ninguém que precisa sem ajuda.

Lourenço melhorou sua implicância comigo, passou a aceitar minha ajuda sem muitas discussões, já falava com menos ironia e ate sendo mais agradável. Não foi apenas eu que percebi, mas Diogo também e isto era bom para nossa família.

_ Viu? Te disse que era só uma questão de costume meu princepe.

_ Por isso que eu te amo meu princeso, mas também quem não se renderia a um anjo lindo e doce como você?

_ Seu bobo. Te amo!

Diogo se virou e ficou em cima de mim, me beijando, lacei teu corpo com minhas pernas e ele passou a me sarrar, me beijava o pescoço, a boca, o queixo, colocou um travesseiro em baixo da minha bunda encaixou seu cacete em mim e veio me penetrando cadenciadamente com muito carinho e tesão, me dizendo que me amava.

_ Já esta bem melhor nem esta mais tão roxo o olho.

_ Ai ai devagar ainda dói.

_ Hummmm ue você não é machão?

_ Sou sim quer ver como sou macho?

_ Sem gracinhas ok?

_ Ei onde vai? Minhas costas ainda doem e ainda tem minha perna ou tem medo de me ver sem camisa sei que você gosta.

_ Mas hoje você esta cheio de graça hem? Tira a camisa logo vai.

_ Ai vai com calma, assim hum sua mão é macia

_ Lourenço!

_ Foi um elogio. não posso te elogiar? Agora aqui na minha coxa.

_ Não vou passar a mão na sua coxa Loureço, você consegue passar pomada ai só esta com um braço engaçado e você não tem nada ai.

_ Tenho sim passa a mão aqui para você sentir.

_ O que você quer que o César sinta Lourenço?

_ Nada pai, só um inchaço aqui na perna para ele passar pomada.

_ Ai você alcança, você passa, estou de olho moleque!

Fomos para o nosso quarto lá abracei Diogo, beijei muito e disse.

_ Obrigado meu príncipe ele estava cheio de gracinhas hoje, sei que não é por mal, mas é bom você mostrar quem manda para ele.

_ Ele tem que te respeitar, esse moleque esta ficando abusado.

_ Esquece ele.

Tirei o paletó de Diogo a camisa, a calça junto com a cueca e o empurrei na cama, sentei em cima dele e comecei a beija lo. Ao mesmo tempo com uma das mãos ia masturbando Diogo deixando seu cacete duro, sentei sobre seu cacete engolindo centímetro por centímetro do membro do meu macho fazendo o delirar de tesão.

_ Você esta precisando relaxar, vou deixar meu príncipe bem calminho.

_ Isso meu delicia faz gostoso vai.

Coloquei as mãos de Diogo atrás de sua cabeça e ele ficou com seu peito aberto lindo com suas axilas a mostra enquanto eu mexia com meus quadris para frente e para trás, rebolava, subia e descia cavalgando ate que acelerei ate ele gozar, deitei sobre seu peito e ficamos descansando ate Lourenço bater na porta procurando por janta.

Dias depois eu estava tomando banho não tinha ninguém em casa quando de repente a porta do banheiro abre.

_ O que você esta fazendo Lourenço?

_ Mijar não esta vendo?

_ Você não pode entrar no banheiro assim eu estou pelado, tomando banho.

_ Estou vendo e por falar nisso esta de parabéns tem uma bundinha linda to vendo que meu pai esta bem servido.

_ Sai daqui moleque.

Taquei o sabonete, mas Lourenço fechou a porta antes abriu novamente e disse.

_ E ai sei que deu uma olhada no meu instrumento é parecido com o do velho? Mesmo tamanho? Só tenho certeza de uma coisa é bem mais duro uma pena que eu não curto, mas pode sonhar comigo se quiser.

_ Sai daqui!

Tranquei a porta e terminei meu banho. Quando Diogo chegou ele me abraçou por trás me assustei e sai rápido dele.

_ O que foi aconteceu alguma coisa?

_ Não nada me assustei foi isso não percebi que você tinha chegado.

_ Você se assustou comigo? isso nunca aconteceu antes.

_ Antes era só você e eu aqui em casa, se alguém me abrasasse só poderia ser você?

_ E espero que continue assim, mas ainda não estou entendendo o Lourenço tentou agarrar você?

_ Não Diogo não, sei la hoje estou um pouco irritado pode ser? Não estou bem, não tem motivo não tem, porque sei la.

_ Ta bom, se fosse mulher diria que esta na tpm, mas você... deve ser só stress, o dia dia muito trabalho no serviço, aqui em casa neste fim de semana prometo fazermos algo diferente.

_ Pode ser.

Dei um beijo em Diogo e ele foi tomar seu banho enquanto eu terminava a janta. No outro dia assim que cheguei do trabalho fui novamente fazer os curativos de Lourenço.

_ Esta serio hoje com a cara fechada algum problema?

_ Sexta feira você tira o gesso e vou pedir para seu pai te mandar de volta para a casa da sua mãe.

_ Eu não posso voltar, pelo menos não por agora.

_ Devia ter pensado nisso antes, estou aqui te ajudando e você fazendo gracinhas imagina se seu pai descobre que você esta entrando no banheiro me vendo pelado, fazendo gracinhas para mim e se ele pega você lá dentro o que ele iria pensar conhece seu pai ele e ciumento eu nunca dei motivos para ele e não vou deixar você estragar tudo.

_ Ei pera ai esta pensando que estou dando em cima de você? Eu sou homem, macho sabia? Sou hetero, desculpa se extrapolei nas brincadeiras, e sobre o banheiro pó apesar de tudo você também tem pinto igual a mim é ou não é pensei que não tinha importância e você já deve ter visto vários mais um não ia fazer diferença.

_ Olha aqui garoto é por estas e outras que você vai voltar e não estou nem ai para o que vai acontecer com você fiz minha parte você que não fez a sua!

_ Tudo bem vamos começar de novo, me desculpa isso não vai voltar a acontecer, não vou mais brincar com você ok? Me da só mais alguns meses pronto a poeira já esta abaixando logo eles vão seguir com a vida deles vão se esquecer de mim eu volto, você e o velho ficam de boa ai novamente.

_ Para de chamar seu pai de velho e essa será sua ultima chance ficou claro se você continuar a fazer gracinhas ou se seu pai desconfiar de...

_ Se eu desconfiar do que?

Continua...

Autor: Mrpr2

Comentários

14/12/2017 21:55:03
TÁ NA HORA DE LOURENÇO APANHAR DO PAI.
16/06/2015 19:02:28
Bom demais. Será que os três vão viver um triângulo amoroso?
16/06/2015 12:27:49
Esse Lourenço tem o poder de chamar problemas...
16/06/2015 11:47:34
Eita fudeu, o moleque vai voltar pro hospital!
16/06/2015 11:33:38
Nossa

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


gostaria de ver vídeo de mulher dá bunda grande lavando a calçada de microshortcuzao areganhado p cavaloirma punheta toma leiteO Certinho e o Desleixado (Capítulo 3) casa dos contosconto erotico motorista do uberPoliciallindo tarado fudedorver mulhe chutando bocetareginacontos eroticoscu virgemincesto ganhando chupada de aniversariocunhada louca pra sentir rola grande pega cunhado de pau duro e nao resisterenatadominadoracorno sendo humilhado lambendo direitinho buceta cheia de gozocontos eroticos titio flacou eu e meu primo na infanciaWxvidio comedo di ciuconto erotico motorista do ubercontos eróticos publicadosFui encoxada e iniciada por um roludoporno sobrinho vai dormi mais tia e fica de pau duro embaixo do lencouconto eróticopai colocar velho pra chupá buceta da filhafilme de sexo grupal e anal entre maes e filhas e genros e sogrosbaixar video bicha fala ai bicha disgracadawilma dos flintstones trepandocontos eróticos vovó transando com cavalocuiada provoca cuiado d xortiu de dormipau alejado fodeno estourado abusetaimagens de mulheres chupando o peito uma da outra com muito prazerlesbicasfilho dopou sua mae e fudeu ela dormindo cantos eroticose masturbando com o cu enpenadoso mostrei a bunda pro meu cunhado e ele gozoucontos eróticos na famíliatio e sobrinhaporno gay com vendedor de porte e portaliberalina puta vídeo proibidojumento racudo comendo xota da mulher zoofiliaadoro foder com meu filho fodeme meu filho nesta cona putamulheres que nao aguentaram dar o rabo pra homens bem dotadostadinha chorou pra na da o cu xvidiox cabacocontos eroticos vizinha ladracamadre simone que fuder caseiroa filhada vai passar o feriado na casa de seu padrinho e tem pensamento erotico com eletirei a camisinha e enchi a buceta da mulher.do meu amigoeu quero ver homens e mulheres se beijando pelado e como colocou o piru na no bumbum da minha ficou salgado se beijando peladosvídeo pornô a novinha tomando banho com gosma e sanguecontos eróticos o dedinho da urologistadopei sobrinho contosmulher pega manteiga e passa na bunda e no cu inteirinhover contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatosvidio disexe porno yotubezoolofila so fudendo o cu da vadia 696contos novinho bundudo virou menina dos molequesbucetas gostozas gozando gostozo na cabesona rombudacontos ela falo chicao nunca dei o cu pra pau grossoa filhada vai passar o feriado na casa de seu padrinho e tem pensamento erotico com elecontos eroticos o costureiroXVídeos mulher chupa na chapoleta de idosocontos/perdi o cabaco muito tardejuju fudedoconto eroticosgemeassogra na cama dormindo com camiseta do superman e genro no sexovanessinha dias/casadoscontosmotoqueiro gay passivo contocoroas peladas com o corpo melado de margarinaContos eroticos de travesti pauzudo estuprando meninossexo novos banho conhadas nuasmeu irmão me viciou em chupar pau conto gaycache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho velhas dos peitoes muchos e grelo grando transandomulher chamou o vizinho para tirar goteiras e deu a buceta para eleeguas taradinha no cio pigandofotos. de pirocasde cavalominha cunhada me procurou para treparquero ver vídeo de novinha mostrando a b***** patinho que rola patinho de rola b*****conto erotico vendo.a.minha filha gemendo toquei siriricab******** cabeluda gemendo e chorandoContos eroticos comendo cu da mamae com o papaiver somete vidio alugaro uma mulher pra fude na chacar mais ela nao que da o cu comedoo cara e pauzudocontos meu tio pauzaovidio de foda de cunhado dormindo na casa da cunhadaminha mae me iniciou na zoofiliapornodoido entre irmao enteronpido por tia gostosafilme pornô gratis bucetinha bem limpinha sem cabelo ganhando enfiadinha de leve do pau grossovidio menina batendo uma siririca vendo padastro tomando baioyoutubebucetadXVídeosporno Malícia pareiposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularXvideos com icrivel ruguivideo de mae assustada com o tamanho do cassete do filhovi minha namorada branquinha virgem sendo fodida por um velho pauzudo/contos eróticoscontos eroticos de sogras 2017conto erótico menina timida mas cai de boca no pau tão novinha e peitudafotos voyeur mulheres de bruços de calcinha boxercu arrombado da minha esposa depois da noitadaver contos eroticos de peao comendo o cu de empresariocontos eroticos me entreguei p meu genro k me fez d putagarotas punhetando incesto onlinevir minha sogra toda sex e acabei pequerando e fiz sexo com sogra