Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Dando de quatro no chão da sala

Autor: JOÃO ZORBA
Categoria: Heterossexual
Data: 20/07/2015 23:42:24
Última revisão: 27/03/2016 02:09:28
Nota 10.00
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Quando pulei o muro de volta pra casa, mal podia acreditar no que tínhamos feito. Você me ligou – para minha imensa surpresa. Tinha dor nas costas, ofereci massagem; pulei o muro, atravessei o quintal pelo canto escuro, cheguei às escadas e, ao subir empurrei a porta. Você estava deitada no tapete, no centro da sala, de bruços. No canto, um abajour iluminava seu corpo...

Isso tá muito demorado, vamos avançar: cheguei perto de você, que se mantinha deitada como se dormisse. Quando me abaixei, vi a calcinha, diminuta, enterrada, meu pau começou a subir enquanto eu subia as mãos pelas tuas coxas, levantando a saia pra cima da sua bunda. A calcinha, de estampa de pele de onça, estava toda enterrada mesmo, acho que você puxou de propósito pra me excitar ainda mais; àquela altura eu já nem me lembrava de dor nem de massagem e se me lembrasse ia achar mentira. Enchi as mãos comas bandas e as separei, imediatamente, e enfiei a cara no meio, cheirando a buceta, de baixo para cima, seu cu, a calcinha, tudo tudinho, e botei logo o pau pra fora, pra roçar nas tuas pernas. Beijei seu bumbum, chupei as bandas, mordi, lambi bem no meio e afastei a calcinha. Teu cu olhava pra mim, piscando devagar, e eu tive certeza mais d que nunca de que estava acordada.

Caí de boca, lambi, lambi desesperadamente esse teu cuzinho gostoso, um cu guloso que engolia minha língua faminta de teu corpo. Enfiava, enfiava, enfiava e tirava, enfiava a língua no teu cu quente, que piscava mais ainda e você gemendo começou a se empinar pra minha língua entrar mais. Que gostoso fazer isso, me excita também, demais, meu pau lubrificava tuas pernas e minha língua lubrificava teu cu. Ele parecia já mais larguinho, laceado, de tanta linguada, e eu enfiei um dedo; logo depois, vi que dava pra enfiar dois, metia e tirava devagar, bem lentamente, e você pois as mãos pra trás e abriu a bunda ao máximo que pode, e meu coração deu um pulo de tesão. Que amor, você, fazendo isso comigo! Linda cena, excitante, acelerei as dedadas e você gemeu mais ainda, começou a rebolar nos meus dedos: dois no cu, o indicador e o médio, e o dedão na buceta molhada que pingava como um fio e escorria para o tapete da sua vó.

Subi meu corpo, subi mais tua saia, apontei o pau na entrada da tua buceta sem tirar os dedos do teu cu. Enfiei a piroca pra dentro de você, deslizou muito gostoso, você gemeu tão alto que levei a mão pra sua boca, deixando seu cu vazio, e te fiz chupar o dedo que estava na tua buceta. Empurrei mais o pau, até quase o fim, e comecei a socar, meu corpo se chocando contra o teu rabo, e você, cachorra que é, se empinou mais e erguei o corpo até ficar de quatro.

- Gosta de me comer de quatro, gosta?

- Adoro, safada, adoro!

- Não acha que eu sou muito novinha pra ficar em chamando de safada assim?

- Não! Você nasceu pra ser cachorra, por isso eu gosto de te comer de quatro.

- Gosta mesmo, amor?

- Gosto, adoro te enrabar!

- Mas nem tá me enrabando, só tá comendo minha xota...

- Ah, é? E o que você quer, sua gostosa, fala pra mim, fala.

- Quero dar meu cu...

Ai, que desespero me deu! Tive de me controlar pra não enfiar o pau de uma vez só, te rasgando. Mas imediatamente o tirei da tua buceta e apontei na sua bunda, avermelhada pela luz do abajour. Você se abriu toda, de novo, com as mãos, as unhas vermelhas pareciam apontar o caminho do céu; as preguinhas esticadas, seu rabo e cachorra aberto, o cu piscando.

- Vai, me enraba, me dá pau, dá!

- Quer pau, safada? Pede.

- Bota seu pau todo no meu cu. Bota ele lá dentro, me come!

Enfiei devagar a cabeça, mas eu já tinha brincado tanto nele que foi fácil enfiar tudo até o talo. Comecei logo a comer sua bunda, cheio de tesão, e agora eu gemia também. Segurava você com força pela cintura, deixando as marcas das minhas mãos na tua pele; meu saco batia na buceta se melando todo e fazendo aquele barulho delicioso.

- Ai, ai, me come, me como, seu cachorro safado! Como minha bunda, me enraba com força, assim! Issooo!

Era maravilhoso aquele frisson todo, seu cu apertando meu pau, que entrava e saía da sua bunda, abrido e fechando o buraco direto, esquentando tudo; você dedilhando a xota com uma das mãos, quase aos gritos, eu que nem um animal te fodendo o rabo quente, guloso de vara por dentro. Nosso prazer chegara ao auge, eu notava pela tua respiração e gritinhos.

- Goza comigo, goza dentro de mim, gozaaa! Me enche de leite, enche meu cu de porraa!

- Assim eu não aguento, safada! Isso rebola, vou gozarrr!

- Goza, goza engatado na sua cadela, goza! Vou gozar também!

Empurrando cada vez com mais violência pra dentro da sua bunda, gozei, gritei, gozamos, gritamos, caí em cima de você, encaixado, sem sair de você, nossas respirações alteradas. Pelo reflexo no vidro do rack, nos olhamos, sorrindo, cúmplices. Era mais uma safadeza nossa. Finalmente você me deu seu cu.

Para DDD. <3

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


de calsinhamocaelacareca contos eroticos de mullheres carecasporno negao crava tudo de bruso ela gritaSexo animal cachorro emrola pito na bucetinha da puda taradonachupando a buseta defentecontos eróticos de Lucy dando pro caseiro na frente do maridovideos de sexo nora provoca sogro na praia de nudismoComo se escreve “ manda video porno ” em inglespornodoido minha sogra gostosa esta no quarto rapando a buceta com tesao paguei pra esposa do caseiro pra eu deflorar a filha do caseiro conto eroticoxvide coroa gritando emportugues quando toma rola grossa e cabecuda na xanaA buceta da minha mãe soniabranquinha de cabelo preto baby doll da buceta inchadacontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi eláXvideos melequerademorou mas minha esposa aceitou e aproveitoucontos eroticos provocando meu cunhadonovinhas lindas brincadeira incestoa de ciriricaimpressando gostosa na parede porno doido analcontos veridicos com enteadasxvideo grates de mulheres largas que fas barulho na vaginaXVídeos a comadre de vestido bem curtinho com a boca fica do lado de fora no ônibusvideo gay vésatil divididu u casete nu boketeXVídeos dando em espera e gostosa queimadinha tirando a roupafotos enfermeira gostosa pega rola pascientexvidios vidios homem goza no cu da puta e ela comtinua chupando ate ele goza dinoboquero ver travestis sexo travesti comendo mulher da rola bem grande e grossa norm e homem comendo mulher também pode ser ou não tá difícilMae e puta fudeu filio estoriaconto cumendo irmao de pau cabecudo irma. virgemfudendo com sobrinha apos um sono profundocontos erotico dei o meu cu a forca pro pedreiro caralhudovideos de gosdosa tirado fio dendal de 22anosela so goza cagando e gritandoComo era as bucetas no tempo da minha avóminhas condiçoes imposta para o corno contos eroticocontos eroticos diaristawww.xvideos emprevisto pra foderMassagem acaba em fio terra ea mulher flagatendo prazer filhinha youngWww xvideo.com depiladora ñ resistiu a picaMinha comadre disse para minha afilhada minha filha voce que mesmo dar sua buceta virgem pro seu padrinho minha afilhada disse eu quero mae minha comadre disse filha chupa o pau do seu padrinho conto eroticosoca no meu rabo na buceta e goza na minha boca video pornôcontos eroticos Robertapunheta apos encoxada em onibuscoisinha do pornô bumbum na nucavideo cooelho mamano no homemm zoofiliacontos corno beija pés humilhadomorri de pornô com a Gretchen chupando uma pista de um homem no vídeo pornôcontos paimete so no cuZinho da filha de quatro anos a menina gritou muito de dorvídeo pornô tia da peruca da carinha de anjo dando o raboxvıdeo novınha gozando muıtocontoseróticos invasão anal 3casa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetanem te conto anal em motelconhado se aproveitando da conhada porrehetero passivo conto realxvideos mulher com manchinha no rosto chupandorevesando no cu da gravida pornoflagante de sexo com patricinha de carangolafaminta engole a piroca do padrastowww.mundobicha australiano sarado fode novinho.com.brbaixar pornô sogro ditas com novinhas greludasgozou muito na buceta da irmã nascendo peitinhos a buceta nem cabelo nasceu nadaporno levou finha poamigochupei lambi os pés da minha prima mais nova dormindoContos de gang bang com dotados novinhaa chamada cadela incestoContos erotico cdzinha cinemaThaiana xvideos sabiacontos erotico curvada frente namoradoboquinha lizinha vidioConto erotico- mete seu pauzudo, come a sua mae putadespidida de solteiro e muito sexonegao bagaca branquinho xxvideos