Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Era sexo, Virou Estupro

Categoria: Grupal
Data: 21/07/2015 01:38:17
Nota 9.50
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Acho que já somos intimos para quem não me conhece, sou morena, malhada de academia, 1,65m de altura, cabelos pretos abaixo dos ombros.

O que vou relatar aconteceu em meados do ano passado. Era uma sexta feira, estava indo para saquarema passar o fim de semana na nossa casa de praia onde alguns familiares estavam a minha espera. Vestia uma saia preta sem calcinha (não estava naqueles dias apenas gosto de provocar), uma blusa dourada não muito decotada e uma sandalha baixa.

Como não tinha muito dinheiro optei por fazer baldiação que sairia muito mais barato para mim. Peguei o primeiro onibus para Niterói e para não perder o costume peguei também um mostruoso engarrafamento. Já em Niterói andei alguns metros até a parada onde ficava o fiscal dos onibus com destino a Saquarema. Já eram 22:00 e quando perguntei ao fiscal fui informada de que ele esperava o onibus que varia a ultima viajem do dia pois demoraria mais ou menos uma hora para ir e outra hora para voltar.

Quando finalmente o onibus chegou subiram apenas 9 pessoas contando comigo. Como a maioria eram homens, fiquei meio apreensiva e resolvi sentar no banco mais próximo ao trocador. Ele (trocador) aparentava ter no maximo uns 23 anos, era loirinho, magro, não muito alto (talvez 1,70m). Alguns minutos depois o motorista que aparentava ter entre 35 e 40 anos, não aparentava ser mais velho do que isso, era alto, moreno, cabelo preto penteado para trás, sério e o uniforme da empresa dava um charme formal.

Uns 5 minutos depois de o motorista dar partida no onibus começei a puxar conversa com o trocador como quem não quer nada e fomos seguindo viajem. Conforme o onibus se aproximava do trexo montanhoso, as pessoas iam descendo e a conversa com o trocador esquentava também. Quando finalmente eu era a ultima passageira do onibus o trocador veio e se sentou no banco ao meu lado e como quem não quer nada toquei no assunto sexo e coloquei a mão dele na minha coxa que ficou meio envergonhado mas deixou acontecer.

Tendo em vista que rolava um clima eu beijei ele e coloquei minha mão, no pênis dele mas por cima da calça, e ele logo se animou e correspondeu aos meus beijos. Quando eu disse que queria transar com ele ali no onibus, ele meio que se assustou, disse que não porque estavamos no meio de uma cidade que poderiam nos ver e ele perderia o emprego. Então apenas sugeri que podesse masturba-lo e chupa-lo discretamente e ele sorriu para mim e colocou o pau para fora. Ele perguntou o que aconteceria se o motorista nos pegasse e eu disse que poderiamos chama-lo para princar com a gente que eu não me importaria.

Fiquei chupando e acariciando ele até que demos conta que estavamos na parte montanhosa do caminho, onde a iluminação fora do onibus era precária, quase não havia casas e pessoas nas ruas. Então eu pedi delicadamente para sentar em cima do pau dele, disse que não ia haver penetração que eu só queria experimentar. Como minha saia não era muito curta ele não notou que eu estava sem calcinha e sentei de uma vez só soltando um gemido, não tinha certeza se o motorisca havia ouvido mas não estava nem ai.

Ele ficou meio sem entender mas não resistiu e me beijou. Comecei a rebolar no pau ele e a gemer e ele disse para eu parar com aquilo pois o motorista que ele disse chamar Jefferson poderia nos ouvir e eu disse que não me importava e ele ficou meio apreensivo quanto a reação do motorista.

Meu amigo trocador disse que iria gozar então eu levantei continuei a chupa-lo. Ainda não estava satisfeita, queria mais, então tirei minha roupa e convenci a meu amigo a tirar a dele também, ficamos nos beijando olhando a escuridão la fora, e voltei a chupa-lo e acaricia-lo. Logo ele estava pronto de novo e o melhor, é que dessa vez estava-mos nús e entregues ao prazer.

Fiquei de quatro no banco enquanto ele metia na minha buceta e me perguntava se poderia meter no meu cúzinho, eu disse que sim mas fiquei com um pouco de medo pois tinha algum tempo que não dara o cú só minha buceta. Ele colocou a cabela do pau no meu cú e doia um pouco então disse para ele ir de vagar e ele dizia para eu ter calma que ele já estava dentro. Ele já estava com a cabeça do pau dele em mim mas queria mais e empurrou tudo de uma vez só, não acrentei e soltei um grito não muito alto e ele sem se importar continuava a meter no meu cú que doia tentando se acostumar com um pau entrando e saindo. O trocador saia de mim de vagar e metia forte arrancando meus gritos de dor e de prazer e eu notei o onibus indo mais de vagar até parar mas nem dei muita atenção.

O motorista olhava para nós dois incrédulo sem falar ou fazer nada. Antes que eu podece falar alguma coisa o trocador foi logo perguntando ao motorista se ele queria meter em mim. Eu disse que não seria problema pois queria mesmo uma boa sacanagem. O motorista tirou a roupa e me mandou chupar ele enquanto o trocador metia na minha boceta e eu gemia feito uma louca. O trocador parou de meter em mim e disse a Jefferson, o motorista, para meter em meu cú que ele queria ver como Jefferson me fodia.

O pau do motorista era maior e eu novamente pedi que ele fosse de vagar e ele cospiu bastante no meu cú e no pau dele e foi colocando o pau dentro de mim e quando colocou metade ele ia tirando de vagar, ele olhou para o trocador e não sei qual informação eles trocaram e sem avisar ele enfiou tudo numa metida só doeu e eu disse para ele para mas o trocador mandava ele meter com força e ele obedecia o amigo procador e a unica coisa que eu fazia era gritar e pedir que ele parace mas não parava.

Como eu estava de quatro, sem tirar o pau de mim, me abraçou e deitou no assoalho do onibus me colocando por cima, o trocador que até então estava só olhando veio e meteu na minha buceta e eu já desesperada pois não queria mais aqueles desconhecidos dentro de mim. Não pude fazer nada pois além de serem dois eles me seguravam com força. O trocador tirou o pau da minha boceta para o motorista poder foder minha boceta também. Enquanto era comida pelo motorista fui surpreendi pelo trocador que agora tentava meter na minha boceta junto com o motorista como faziam em filmes porno. Doia bastante e era desconfortavel.

Quando eles estavam terminando foram pegos de surpresa por um homem negro, não o vi direito pois naquele momento só queria que terminassem aquilo, o motorista quando viu o homem simplesmente perguntou ao homem se ele queria meter em mim e o desgraçado aceitou ao invés de me ajudar. Eu estava meio mole, cançada, no banco do onibus e para onde eu olhava só havia um breu total.

O trocador mandou que eu saisse do onibus e pensei que iria morrer mas ele e o motorista sairam junto e lá fora o homem me esperava e já estava pelado. Ele me jogou de costas no onibus e ficou de frente para mim e meteu violentamente em minha buceta, em algum momento naquele vai e vem comecei a sentir algum prazer mas não durou muito pois ele logo de jogou de frente para o onibus e meteu violentamente em meu cú que doia como nunca e eu gritava de dor e eles nem ai, fiquei com medo de apareceu mais alguém e querer meter em mim também.

Depois de alguns minutos o negro gozou dentro do meu cú e saiu de dentro de mim mas o motorista deitou no chão e fez eu sentar nele e metia em minha buceta novamente enquanto o trocador veio e enfiou o pau no meu cú e os dois começaram novamente a me foder e eu fraca sem poder fazer nada a não ser gritar e gemer.

Alguns minutos depois ambos anunciaram que iriam gozar e não tiraram os paus de dentro de mim (felismente eu tomo pilulas para não engravidar). Voltamos ao onibus e eles colocaram a roupa exceto o homem negro.

Eles me ajudaram a me vestir mas o homem negro foi conosco no onibus e foi metendo em mim até eu pedir para descer dizendo que chegou no meu ponto e eles resolveram me liberar.

Cheguei fraca e palida em casa e perdi meu final de semana todo. Contei a minha amiga que me esperava lá o que aconteceu e no dia seguinte fomos fazer testes e exames e fomos na delegacia mas não posso negar que em certas partes foi bom foder com os tres estranhos rs.

Comentários

03/06/2016 22:15:20
muito bom. Voce mereceu.
27/08/2015 12:49:00
Deliciosa... Fica provocando... Depois leva pica e [email protected]
24/07/2015 15:29:48
Gostei

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


chupar buceta com estalos esposinha evangelicamulher entupida forçando para cagar sexoSexo real moca falando olha isso seu pau muinto grosso aiai o playboy e o menino da favela casa dos contosconto erótico gêmeas lésbicasporno esposa de short curtinha na cozinhaessa coroa coloco varias calcinhas p metervideo pornotio acomda sobrinha co rola detro da bucetinhaconto gay virei namorado do tio viuvoensopando o cuzinho com gelpornodoido.pai.aretando.filra.darmindorevistinha porno mulher vos sexy co cachorrovideos de pornodoido levou anovinha pr fode demadrugadarola de moreno plutãoConto erotico scat adoro ver a mulher peidandotirei a virgindade da minha empregadacontos eroticos minha irma novinha peidou quando tirei o cabaco delaxvidio:fodanaconstrucaofilha. acorda. sentindo apica do seu pai toda na. sua. bucetinha ..Contos d casada com cu arrombad por negroes traficantbbw q curta peidar contos reaisvidio mae putona se assusta quanto ve que o filho gosou dentro sem camisinhatendo prazer filhinha youngcarolzinha ninja trepanode menino 18 anos vídeo de sexo de menina de 18 anos favor urgente na boca o cara dormir à tarde vídeo de sexo de 18 anos por favor eu filme pornô de 18 anos e muita safadezacontos mulheres cinquentona nao aguenta pau com super cabecauma mulher transando com cavalo a outra olhando e focou com votade de entra debaixo e ela ficou com medo da peroca do cavalofilme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandobuceta da linguonacontos crente casada quis experimentar no cu e se arrependeuvideos provocado meu cunhado do pau grande setei em cimapirocona na titiatirei.o.cabaco.da.minha.irma.dormindocontos dormindo com meu padrasto picudovideo sexo de perveção com minha mãepornodoido padrasto pensando tórridofiume porno minha cunhada e crenti eqe traza comigogordinleitorneguei sexo ao meu marido e ele me pegou a força sexovelhas loucas do hospício dando o cu gostosocontos erotico minha mae insistiu eu fazer nudismoContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhotravesri pau 40centrimo fode amigoContos eróticos de incesto mae que cuzinho guloso e o seu engoliu todo o meu cacetaocontos veridicos com enteadascontos eroticos padre nao e homem o substitutoComo se escreve “ manda video porno ” em inglesfudendo so o cu delazinhaincesto com meu vô contosxvideos rolas chapuletadas gozandoAmém tempinho comendo veado vídeo pornô vídeocontos casada da o cu pro cão e o marido participa comendo tambemas buceta sussurranteXVídeos novinhas brasileiras pegando pomada no xiribaixando GTA tomando banho no banheiro tocando siririca eu não aguentei e ajudei ela comendo elanovinhas de bayby doll e com a mao na bucetacarroceiro socando com forsa na novinhaver mulhe chutando bocetareginasequencia de heteros cacetudos gozandofodida na balada/contoxxx bunda grandeconto em familiaxsvideo relatos com fotos e filmes tio taradao de 30cm de rola arrombando subrinha safadacarolzinha santos e suas amigas trepano no churrascocasa do conto meu irmao me encoxougostosa se masturbando com pinto de borracha solta p**** falsaver videode mulher. gozando nno pinto bem grossoVendedora gostosa do shoppingfilha faz as pazes com o pai xxxpadrasto enteada falei de sexo brasileirosexo sexo de pica dura palco do batom pica dura pornôcontos eroticos padrastro levantou minha saiaxvideos paacas.com.peDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhohomemfudendooltrovidio porno tio me cumeu na varanda do quintauputas brasileiras bucetas rasgadas zoofiliaporno