Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

O Dia Que Eu Me Apixonei 18. Sete Dias De Sexo

Um conto erótico de Roh
Categoria: Homossexual
Data: 30/07/2015 04:24:31
Nota -

Hi, como avia dito antes estou de volta, resolvi termina essa serie, não sou do tipo que deixa coisas pela metade, bem esta quase no fim, agradeço todos os que leram e principalmente quem comentou.

O Dia Que Eu Me Apaixonei 18.

Daniel acordou primeiro, olhava Jeremy com certa tristeza nos olhos, sentia um aperto no coração, ele tinha que ir embora e não podia arriscar leva-lo junto, isso poderia ate mata-lo, seria mais fácil se ele ficasse, mas o garoto sabia que ele iria querer ir junto, o único jeito era ir antes que ele notasse a falta de sua presença.

Daniel se levanta, e em passos lentos se dirige ao banheiro, com certo aperto no coração por ter que deixar Jeremy de novo daqui a cinco dias ele queria aproveita o tempo que eles tinham juntos ao máximo, distraído com seu banho ele nem avia notado que seu amado avia entrado no boxe, ele se virou e deu de cara com ele, mas em vez de um susto ele se inclinou e o beijou como nunca na sua vida avia beijado alguém antes, ele não sabia quanto tempo avia guardado aquele beijo e escolheu dar na pessoa que ele sabia que seria pelo resto da sua vida seu companheiro. As mãos macias de Jeremy iam passeando pelo corpo de Daniel, a excitação era muito grande, de ambas as partes, os beijo ficaram mais intensos, Daniel queria sentir novamente a sensação de esta dentro do seu amado, ele foi beijando casa parte de Jeremy e o virou de costas, Jeremy se inclinou e Daniel pode o invadir com sua língua, a sensação era boa para os dois, não queria perde mais tempo então foi logo penetrando Jeremy que se contorceu, Daniel foi metendo forte em seu cu, Jeremy delirava com a sensação de dor e prazer que lhe era proporcionada, Jeremy virou de frente e ergue sua perna, Daniel o penetrou, se olharam nos olhos, aquele momento Daniel o gravou em sua mente cada pedaço do seu rosto, o brilho nos olhos os lábios vermelhos, iria se lembra daquele momento eternamente, uma lagrima foi descendo pelo rosto de Daniel, Jeremy não avia notado por causa da agua, Daniel se aproximou dos lábios, sentia sua respiração, dera um beijo longo, Daniel não aguentou e o inundou de gozo, Jeremy quando sentiu deu um gemido abafado pelos beijos, os terminaram o banho.

Em certo momento tempo os dois desceram as escadas, indo em direção sala onde encontraram Rebeka assistindo o Naruto, se acomodaram e ficaram num clima de romance o tempo inteiro, mas claro nada de beijos ou de caricias muito evidentes na frente de pequena afinal ainda era muito nova pra ver aquele tipo de coisa. Jessica estava tão concentrada que em certo momento em que os dois estavam falando ela surtou:

- será que da pra ficarem calados tô tentando ouvir ele falar.

Daniel se irritou e jogou uma almofada na cara dela que caiu pra trás e ficou com as pernas levantadas, Jessica levantou e o olhou com olhar mortal, sua veia da testa estava quase estourando, ela arremessou uma almofada em Daniel que a pegou e atirou de volta a derrubando novamente:

- quer guerra então vai ter guerra.

Ela pegou uma enorme pilha de travesseiros e montou um forte:

- vou destruir sua aldeia, ninja da nevoa.

Daniel olhou para Jeremy:

- ela tá louca – mal fechou a boca e foi atingido, Daniel olhou pra ela sorrindo, o garroto fez uma cara de demônio que deu ate medo.

Depois de pegar vários travesseiros começou uma guerra, foram penas e pedaços de corpos(mentira) pra todo lado, todos riam de como a sala avia ficado, tinha penas em todo lado, Jeremy enfiou a mão na cueca e retirou uma pena todos riram. Um pouco mais tarde eles começaram a limpar tudo.

Bem Longe Dali.

Maicon estava olhando Nicholas dormi e pensando “que homem lindo”, ele foi se dirigindo ate a cozinha do apartamento onde os dois aviam se hospedado, ele era um cara gentil, nesses dois dias ele tem conversado muito, estão se aproximando muito, mas ao que parecesse ele não se envolve com pessoas que ele trabalha, ele estava lá exclusivamente para proteger Maicon, só que ele sentia uma vontade tão grande de beija-lo que quase podia sentir sua respiração, Richard aparecesse de repente assustando Maicon que não avia notado sua presença:

- AI, caralho que me matar do coração, por que chega assim de fininho por trás?

- desculpa você tava tão distraído que nem notou que eu te chamei umas três vezes.

- pra que você me chamou mesmo? – perguntou curioso.

- tava preocupado que tivesse acontecido alguma coisa com você.

- preocupado comigo? – Maicon corou com aquilo queria dizer que ele se importava com ele.

- claro! Esse e meu trabalho eu tenho que te proteger.

- ah, e verdade – Maicon ficou com a expressão triste – eu já vou dormi, boa noite.

- oque foi? Parecesse triste.

- não e nada e só cansaço mesmo.

- tudo bem então... – chegou perto de Maicon e deu um beijo em sua testa – boa noite.

Aquilo deixou Maicon com a cabeça cheia, não entendia aquele homem, as vezes o tratava com seu trabalho sendo frio e serio, mas em outros momentos parecia que sentia algo por ele, Maicon foi tentar dormi com aquilo na cabeça. Ficou pensando por horas naquilo, em certo momento ele se levantou e foi tomar um copo de água, quando virou deu de cara com Nicholas o olhando, ele foi se aproximando e logo os seus lábios se encontraram, Maicon deixou seu corpo amolecer e o copo caiu da sua mão se quebrando em mil pedaços, os dois foram para o quarto aos beijos, mas não queria se entrega, ao menos não ainda, então apenas deitaram abrasados e dormiram tranquilamente.

Na Casa Da Praia.

Pelos olhos de Jeremy.

Ele olhava Daniel tranquilo, dormindo que nem um bebê, depois de um transa deliciosa, ele tinha que para de deixar Daniel penetra-lo, o garoto já tava ficando mal acostumado, levantou pra tomar um banho pois estava todo sujo de gozo e um pouco ardido. Depois de uns dez minutos se deitou, automaticamente Daniel o abraçou e os dois dormiram juntinhos.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos mulheres que gostam de cu de homemcontos de fada.dava a bucetinha quando tinha entre 6 e 7anis de idadeporno sogru peganu tu nora a forsamulher encapetada sexogta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetaconhado se aproveitando da conhada porreminha esposa lavano abucetinhaconto erotico motorista do uberele e meu bad boy e eu sou dele parte 10 casa dos contos doswww.pornodoido meninas no beijo na boucavadia dando o cu fechadíssimocontos eroticos d maridos q gostam d veh sua mulher fuder cm pirocudo dentro d ksameninas novinhas de mini saia e fio dentallindascontos erotico da irma batendo punheta no irmao machucadoporno meninas cortido asferias brasilPegou o pai de pinto duro quiz no cuvideos de mulheres ficando toda impinadinha ao perceber a encoxadacontos tonando as menininhasvídeo porno mulher faz sumi dentro dela penes de quarenta centímetro dentro delaxvidios outros puraieu fui encoxada pelo meu sobrinho tarqdomae estrupa filho goza pau brasileirohomem fodenfo uma bezeraminhas condiçoes imposta para o corno contos eroticodei o cu e a buceta pro meu primo e me arrependiAS CARIOCAS PORNO VIOLENTO 2009flagrei mamae com irmaode chortinho pensando no namorado pornrapasjovem pao grande groso gozandocontos dei p meu chefeconto porno minha mulher foi ao cabeleireiro depilar a buceta e o cumulher.cal.fiudentalcontos eroticos sexo oralContoPorno dotado estourando as prega do viadinho novinhomeniina lavano abuctaMulher enfregrando a rola do jumento na bucetaxvídéo homem agarrar a mulher com outro homem e pegar o cu deleesposa descaderada pelo negãovideo de idosa abrindo video de gemido no meio do mercado "apaga isso"contos eroticos comendo a sobrinhacontos de novinhas iniciada na webcomentários350 anal de meninassou encanador sexocontos erotico chantagiei e depilei minha sogracontos a Loba tarada no analcomo meu tio roludo e comedor comeu minha esposa novinha 1 contosmeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoconto um mulato superdotado para minha esposinha branquinha e magrinha b*******porno novinha fica brava porque a camisinha estourou e ele nao avisouvideo de sexo esposa convida o amigos para fasa uma tripla penetracao ao mesmo tempo na buceta da putataradafaz sua namorada ir ao ceu so com q sua linqua pornodoidoloira com a b***** desenhada na calça jeans e o negão ponhando pau no meioO Ativão do Morro 2 - Casa dos Contosxvideo grates de mulheres largas que fas barulho na vaginaoq e o liquido branco melecado q saio do xibionegao levantou e trepou com gostosa no colo"virei mulherzinha" cadeiaquero baixar pornô novinha chamando o pai de mensagem massagemcontos eroticos feminino ajudei o porteiro negro a fuder eu e minha irma juntowww.porno zoofilia.com/contos dando buceta virgem dois cavalos?revistinha porno mulher vos sexy co cachorroGostosas peladas com silicone na bumda que fazen os guri bate punhetaencocho a irmanzinhaConto erotico- mete seu pauzudo, come a sua mae putabeceta melecada fazeno barulinho fudenoconto erotico pau pequenoflagrei a novinha metendo no matinho e chantagiei contoscontos eróticos, fatos veridicos com bem dotadocasadinha pacata contosvideos nacional gritos e gemidps de homens passivos embaixo dos machos caralhudosbundas maciinhasporno gay com vendedor de porte e portafudendo uma putaconto eroticocontos eroticos os gang bang entre irmasbucetao de sotinho q capui de fucanovinha desmaia de tanto gosa conto eroticolevando a cunhada para tomar injeção no bumbumcontos eróticos eu e meu sobrinhofilme pornô de guerra fria maior chupando grelo da outravideos porno velhor comedor da cabeça do pau rombudacu arrombado da minha esposa depois da noitadacontos eróticos chantagiei minha comadre e gozei na boca delapornocontoincestosrevista em qadrinho mae mulata de calsinha de rendinha atolada no rabo pede pro filho come sua busetasexo conto meninas novas com cunhado safado me comendo brutamente.elementarians erotico