Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

MEU PADRASTO TIROU TODOS MEUS CABACINHOS E EU ADOREI!

Autor: G7P
Categoria: Heterossexual
Data: 03/08/2015 16:19:44
Última revisão: 30/09/2015 08:05:10
Nota 10.00
Ler comentários (11) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Maria das Graças, mas desde a infância sou chamada por Gracinha e resolvi contar como aconteceu minha iniciação sexual.

Era uma garota saindo da adolescência e estava na fase de descobertas, principalmente de muita curiosidade relacionada ao sexo e nada passava despercebido aos meus olhos ágeis sempre ligados no que acontecia ao meu redor.

Sou morena de cabelos curtos, olhos castanhos, 1.67m. e quando essa aventura começou a se tornar verdadeira eu era ainda bem magrinha.

O que realmente fazia com que fosse notada pelos garotos e principalmente pelos homens mais velhos eram três coisas: Meu bumbum redondinho e super empinado, seios pequenos com os biquinhos duros e por nunca usar sutiã viviam querendo furar a camiseta e também minha bucetinha bem gordinha que quando colocava meus shortinhos de lycra colados e socados rachavam ao meio e não tinha como escondê-la. Quando percebi isso até me senti incomodada com os olhares safados dos homens, porém logo perdi a vergonha e na verdade passei a gostar muito e quando comprava shorts novos só de safadeza escolhia números menores do que usava só pra ficar ainda mais colado ao corpo. Apesar de ainda não ter beijado nenhum rapaz ou ter tido qualquer tipo de contato sexual desde que fiquei “espertinha” passei a ler e assistir um monte de filmes relacionados ao sexo, principalmente por ter algumas amigas bem safadinhas que me emprestavam e também porque minha mãe saia logo cedo pra trabalhar me deixando sozinha completamente solta sem ninguém pra me controlar.

Uma ninfetinha louca pra descobrir os prazeres que meu corpinho cheio de desejos demonstrava querer experimentar logo passei a bater siriricas varias vezes ao dia. Bastava me deitar na cama que meus dedinhos espertos já se enfiavam entre os lábios da minha bucetinha virgem sempre úmida e começava a bolinar forte meu grelinho que ficava durinho rapidinho e depois de alguns minutos me dava uma tremedeira louca e meu corpinho explodia num gozo frenético e intenso. Parecia que fazia xixi de tanto que ficava molhadinha.

Só que não demorou muito pra que levasse um susto danado quando depois de assistir um filme porno bem “quente” me deitei na cama de bruços e comecei uma siririca deliciosa e quando dei um gritinho bem alto como sempre fazia quando gozava gostoso levei um tapão forte na minha bunda empinada e quase cai da cama tentando entender o que estava acontecendo e foi ai que ao me virar dei de cara com minha mãe que tinha voltado antes da hora do serviço e ela com um sorriso sarcástico disse:

-Então é isso que você fica fazendo a tarde inteira né sua safada... assistindo filmes pornôs e se masturbando que nem uma louca em vez de deixar a casa limpinha do jeito que eu gosto!

Fiquei totalmente sem ação em ser surpreendida daquela maneira e tremendo como vara verde e com um sorriso amarelo no rosto tentei falar alguma coisa pra justificar, mas não consegui dizer nada com nada e me sentei na cama para escutar o resto da bronca que ia levar e então mamãe passou a mão no meu rosto e sorrindo compreensiva disse:

-Nossa filha... tudo bem que eu queria te dar um susto... mas acho que exagerei... teu coração parece que vai sair pela boca... mas uma coisa você precisa aprender... quando for fazer alguma coisa desse tipo trate de fechar as portas... a da sala tava aberta e a do teu quarto também... se fosse um estuprador você ia ser comida facinho... tarada desse jeito... nem ia dar trabalho... ia levar pau na buceta rapidinho!

-Mãe... nossa... quase me mijei toda quando senti o tapão na minha bunda... acho que depois dessa vou trancar tudo antes de começar! RSS.

-É bom... quando a gente faz safadezas como o que você tava fazendo tem que ficar esperta sua taradinha... só que depois do que vi aqui... acho que minha filha se já não deu não vai demorar muito pra dar essa buceta né sua safada... que tesão hein... você rebolava e gemia que nem uma doida! Apesar de magrinha você tem uma buceta bem grande hein... isso você não puxou de mim... a minha é bem pequena... acho que puxou do teu pai... ele tinha uma rola enorme! RSS.

-Ahhh mamãe... juro que sou cabaço ainda... apesar de taradinha... ainda nem beijei um rapaz... acho que tenho medo de ficar grávida... tem duas colegas do colégio que aconteceu isso com elas... acho que não quero isso pra mim não!

-Bem... ainda bem que você pensa assim sua maluca! Vou te dizer uma coisa garota... filha biscatinha eu até aceito... agora filha burra que não se cuida... não vou aceitar... se arrumar um filho pode ter certeza que vai ter que cuidar dele sozinha... vai trabalhar pra sustentá-lo como eu fiz contigo... então trata de se prevenir e começar a tomar anticoncepcional... porque pelo jeito acho que esse cabaço não vai muito longe! Agora chega de safadeza e vem me ajudar a limpar a casa que ta cheia de poeira sua folgadinha tarada!

Vera minha mãe não ficava pegando no meu pé quanto a horários ou querendo saber o que eu fazia quando não estava no colégio, mas era durona comigo exigindo que sempre tivesse notas boas no colégio e aprendi de uma maneira dolorosa quando tirei a primeira nota vermelha. Levei uma baita surra de chinelos que fui obrigada a dormir de bruços durante dois dias e mamãe ainda disse que na próxima nota ruim a surra seria de cinto com o lado da fivela e logo percebi que devia estudar direitinho pra não apanhar de novo e nunca mais vacilei. RSS.

Sou filha de mãe solteira e até hoje não sei quem é meu pai, mamãe sempre contou uma historia dizendo que era muito jovem, apenas 16 anos, estava numa festa junina na cidade onde morávamos anteriormente, tomou uns quentões a mais e então apareceu um loirão bonitão, começaram a se beijar e ele bem safado levou-a para um “escurinho” e quando ela se deu conta já tinha socado a rola na sua buceta virgem e depois de dois meses descobriu que estava grávida de mim e daquele homem que era meu pai ela só sabia o primeiro nome, Alfredo!

Como mamãe me teve bem novinha seu corpo rapidamente voltou ao normal e aos 33 anos ela é muito bonita e como se cuida quase ninguém acredita quando ela diz que é minha mãe e sempre a elogiam dizendo que parecemos mais irmãs do que mãe e filha.

Mamãe é morena de cabelos longos cacheados, 1.70m, uma bunda grande empinada e como aos 28 anos colocou silicone seus seios ficaram enormes e os homens ficavam loucos quando ela passava com suas blusinhas coladas super decotadas.

Apesar de minha mãe se mostrar uma mulher séria no dia a dia eu sabia que quando saia para os barzinhos e bailes nos fins de semana com duas amigas inseparáveis devia aprontar muito porque só voltava pra casa de madrugada e notava que a safada sempre chegava alegre pela bebida e tava na cara que a tinha dado a buceta pra algum macho. O “engraçado” é que dava pra perceber perfeitamente que quando isso acontecia no dia seguinte ela ficava toda feliz e muito boazinha comigo e até comentava que tinha gozado gostoso demais.

Depois que fui surpreendida me masturbando pela minha mãe tive a certeza que devia seguir seu conselho e a primeira coisa que fiz foi começar a tomar anticoncepcionais e percebi que ter feito isso me senti bem mais “soltinha” e perdi o medo de beijar e nas baladas de fim de semana já beijei dois rapazes que dançaram comigo. Não foi tão bom quanto imaginei, mas isso não me desanimou a tentar novamente e foi com o terceiro rapaz, Lucas, 18 anos, um loirinho safado que sabia como enroscar sua língua na minha que acabei ficando toda molhadinha principalmente quando no meio dos beijos o taradinho deslizou suas mãos pelas minhas coxas e quando me dei conta sua mão esperta estava bolinando minha bucetinha por cima da calcinha. Que delicia sentir pela primeira vez os dedos ágeis de um rapaz alisando minha bucetinha ensopadinha e toda safada tirava a mão dele do meio das minhas coxas e sem muita “convicção” pedia pra ele parar de fazer aquilo comigo, porque era virgem, mas ele logo voltava a pegar na minha bucetinha e me deixei ser bolinada deliciosamente e quando gozei tremendo todinha o safadinho aproveitou meu torpor e enfiou os dedinhos pelos lados da calcinha e continuou bolinando meu grelo tesudo até me fazer gozar novamente. Até pensei que tinha feito xixi junto com meu gozo porque chegou a escorrer pelas minhas coxas.

Dancei a noite inteira com ele e então Lucas me acompanhou até minha casa logo que chegamos já levei o safado pra área nos fundos e a pegação foi ainda mais quente e quando ele tirou seu pinto pra fora da calça e me pediu pra pegar nele nem fiz cu doce pegando com vontade e logo minha saia que já era curtinha foi levantada até a cintura e o loirinho safado rapidinho estava com o pinto no meio das minhas coxas roçando na minha bucetinha por cima da calcinha. O tesão era intenso e meu gozo era incontido, só de esfregar era um atrás do outro e quando Lucas abaixou minha calcinha deixando-a no meio das coxas achei que ia perder meu cabacinho, mas ele então deslizou seu pinto na minha rachinha virgem totalmente encharcada e gemendo alto começou a gozar e minha bucetinha peludinha ficou toda melada de porra quente que o safado ejaculou como um cavalo.

Depois que o loirinho tarado gozou me beijou e foi embora me deixando frustrada... eu queria bem mais do que tinha acontecido. RSS.

Realmente meu tesão estava atingindo níveis altíssimos e as doses de siriricas e o vicio de assistir filmes pornôs aumentou bastante.

Foi então que no começo da semana seguinte mamãe me veio com uma noticia completamente inesperada dizendo que tinha encontrado um homem que a tinha deixado de 4 e ele a convidara para morar com ele e disse que estava querendo aceitar.

Ela então me contou que o homem se chamava Thiago, tinha 36 anos, era sócio da distribuidora de produtos de beleza onde ela trabalhava de vendedora, tinha uma ótima situação financeira e quando ele me foi apresentado vi que realmente mamãe tinha tirado a sorte grande.

Thiago era um morenão de 1.85m., corpo com tudo em cima, braços fortes e além de ser bonito parecia ser um sujeito bem legal porque logo de cara brincou comigo dizendo que além de ter arrumado uma “esposa” linda tinha ganhado de brinde uma enteada também muito gata.

Com certeza pelo jeito dava pra ver que era um cara que sabia como agradar as pessoas com seu sorriso encantador e uma boa conversa.

Rapidamente nos mudamos pra casa do “marido” da mamãe e certamente tudo estava se tornando muito melhor.

Uma bela casa lindos jardins e uma piscina maravilhosa que certamente tanto eu quanto mamãe iriamos adorar usar pra nos bronzearmos já que vivíamos frequentado as dependências de um clube de qual éramos sócias, mas com certeza em nossa casa poderíamos usar biquínis bem pequenos, coisa que no clube não era permitido.

O verão estava começando e a primeira coisa que fiz foi sugerir que comprássemos biquínis novos pra estrearmos a piscina maravilhosa da casa e ela disse que naquele dia mesmo iríamos ao shopping comprá-los.

Durante aquela primeira semana morando naquela casa foi o tempo suficiente pra organizar e também dar uma ajeitada em tudo porque como Thiago tinha comprado ela há pouco tempo e a sua faxineira não era muito boa em matéria de limpeza deu um trabalho danado limpar todas as dependências daquele lugar que mais parecia uma mansão de tantas dependências que havia.

Quando perguntei pra mamãe como ela tinha conseguido “fisgar” o seu novo marido ela sorrindo disse que apesar de trabalhar na empresa dele durante mais de ano ainda não o conhecia pessoalmente até que um dia o gerente pediu que ela levasse uns relatórios de vendas na sala dele e quando ela se sentou na poltrona em frente da escrivaninha a saia do uniforme que usava apesar de não ser curta subiu pelas coxas e quando cruzou as pernas percebeu que o patrão ficou olhando entre suas coxas tentando ver sua calcinha.

Enquanto ele lia os relatórios antes de assinar mamãe percebeu que ele não tirava os olhos de suas coxas e disse que aquele olhar safado a começou a deixá-la com tesão e como já fazia duas semanas que estava na “seca” sentiu a bucetinha ficar toda úmida e toda safada resolveu deixá-lo ver sua calcinha à vontade e quando ele começou a perguntar se ela era casada, se tinha namorado já percebeu que ele tava a fim de pegar ela e toda safada se insinuou sem pudor e não demorou quase nada pra ser colocada completamente nua em cima da escrivaninha e o patrão taradão passar a socar a picona na buceta nela sem dó.

Mamãe disse que o patrão tinha uma pica enorme muito grossa e fodeu sua buceta que nem louco a fazendo gozar como há muito tempo não gozava e depois disso passaram a transar quase todos os dias.

Ela então comentou que o patrão era um tarado insaciável e viciado em pegá-la de 4 e que tinha tirado todas as preguinhas que ela ainda tinha no cuzinho e quando perguntei se não doía muito porque ela comentou que ele tinha uma rola enorme sorrindo safada disse:

-Gracinha minha filha... no começo até doeu um pouco... aquela pica grossa cabeçuda entrava rasgando... mas... depois também viciei em dar o rabo pra aquele tarado gostoso... e hoje acho que gozo mais gostoso pelo cu do que pela buceta. RSS.

Que mamãe era uma tarada escandalosa quando trepava descobri desde o primeiro dia que nos mudamos pra casa de seu “maridão pauzudo”, a safada gozava gemendo tanto que parecia que tava morrendo e pelo jeito além de não se preocupar em ser discreta e notei que a porta do quarto do casal nem estava fechada e do jeito que eu era safada e curiosa até tentei dar uma espiada pra ver o que rolava entre o casal, mas como a cama ficava fora do ângulo de visão em relação à porta do quarto não teve como assistir um filme pornô ao vivo, apenas pude escutar em alto e bom som tudo que acontecia ali dentro.

Mamãe toda tarada se mostrava uma puta que sabia pedir o que desejava do maridão pauzudo dizendo:

-mete gostoso meu macho... soca essa pica grossa na minha buceta seu safado tarado... me fodeeeeee... soca tudoooo... ahhh que pauzão delicioso... faz sua putinha gozar do jeito que eu gosto... ahhhh... me pega pelos cabelos... ahhhh... deliciaaaaaaaaaaaaaaaa!

Ele todo taradão dizia:

-rebola sua putona safada... gosta de pau grosso né vadia... vou deixar essa buceta inchada... ahhh... que buceta gostosa tem minha puta... por isso casei com você... morde meu pau com essa buceta tesuda... putona safada... ahhhh rebolaaaaa vadiaaaaaaaaaaa!

Não teve como ficar indiferente ouvindo minha mãe e meu padrasto trepando gostoso daquele jeito e logo meus dedinhos ágeis bolinavam meu grelinho tesudo e meu gozo chegou forte e copioso como sempre.

Aquela safadeza do casal era constante quando estavam em casa e mamãe toda tarada mostrava que estava sempre pronta pra satisfazer as taras fetichistas do meu padrasto porque se vestia como uma puta de bordel esperando macho.

Ela vivia praticamente nua dentro de casa, com babydolls transparentes com calcinhas atoladinhas no meio do rabo e sandálias de salto ou então só de roupão de seda bem curtinho só fechado com um lacinho no cinto que logo era aberto e seu corpo voluptuoso com seios enormes pulassem pra fora e sua bucetinha depilada se mostrasse inteirinha.

Toda curiosa perguntei pra minha mãe sobre esse seu comportamento ela sorrindo bem safada disse que seu “maridão” sempre frequentou bordeis e gostava de ver mulheres vestidas daquela maneira prontas pra atender os “clientes” e quando começaram a falar em “casamento” ele disse pra minha mãe que queria que ela quando estivesse em casa gostaria que se vestisse do jeito que ele gostava e a safada comentou que estava adorando fazer isso porque se antes sentia muito tesão depois das roupas de puta que ela tinha que usar o tesão tinha aumentado ainda mais.

Se minha mamãe tarada vivia praticamente nua dentro de casa meu “padrasto” taradão quando chegava em casa depois de tomar banho colocava um de seus shorts de seda não muito curtos, nem apertados, porém quando andava pra la e pra ca como o safado não usava cueca sua pica enorme balançava acintosamente roçando no fino tecido mostrando a cabeçona toda delineada. Meus olhos espertos ficavam atentos ao desfile sensual daquele moreno sarado sem camisa com aquele tórax todo definido e mesmo não querendo ter algum pensamento sacana vendo o macho pauzudo da mamãe todo gostoso ali diante de mim minha bucetinha toda safada ficava assanhadinha e melava fácil.

Se quando o casal estava metendo gostoso dentro do quarto, apesar da porta quase nunca estar fechada eu não conseguia assistir eles treparem a todo instante pela sala, na cozinha, na varanda ao lado da piscina eu presenciava cenas de muitas putaria entre os dois. Mamãe era muito safada e quando meu padrasto sentava em algum lugar a tarada já vinha onde ele estava e se sentava de frente no colo dele e começavam a se beijar com uma volúpia incrível e ela nem se importava se eu estava por perto.

A putona se esfregava no ventre dele sem um pingo de pudor e quando ela estava com um dos seus roupões curtinhos o cinto se abria rapidinho e meu padrasto alisava seu corpo deliciosamente e ela logo ficava completamente nua.

Eu ficava olhando toda tesudinha para o casal durante algum tempo e depois saia de perto os deixando à vontade e quando a coisa pegava fogo toda safada eu voltava e ficava de longe assistindo eles treparem gostoso e dava pra ver mamãe cavalgando como uma louca naquela pica grossa enorme do meu padrasto e não tinha como não bater uma siririca gostosa e toda vez gozava junto com o casal tarado.

Foi então que batendo um papo descontraído com mamãe na beira da piscina nos bronzeando sorrindo bem sacana disse:

-mamãe... queria te perguntar uma coisa... sempre que teu maridão tá em casa vocês vivem trepando... já vi várias vezes... começam a se pegar e logo estão fodendo que nem loucos... e nem se importam se estou por perto! Será que depois que eu perder o cabacinho vou ser tão taradinha como você... nossa... você parece uma cadela de rua no cio! RSS.

Mamãe deu uma gargalhada sacana e disse:

-olha quem fala... a putinha virgem mais taradinha que existe na face da terra... você já esqueceu que te peguei batendo siririca e deu pra ver que você rebolando que nem uma puta profissional... e não pense que te vi se masturbando só aquela vez... isso aconteceu outras vezes... você quando faz isso sempre esquece a porta do teu quarto aberta e quando começa a gemer não tem como não escutar... alias... outro dia vi uma cartela de anticoncepcional na gaveta do criado mudo e até ia te perguntar se já tinha dado esse bucetão pra algum macho!

Comecei a rir do jeito que mamãe falava comigo e então respondi sorrindo:

-é... tô vendo que não sou só eu que gosta de ver as pessoas fazendo safadeza... minha mãe também gosta de ver sua filha gozando batendo siririca... é... você quase acertou... até peguei um rapaz bem gostosinho numa festinha... se ele não tivesse gozado tão rápido acho que teria tirado meu cabacinho... mas... ainda sou uma taradinha virgem... só que ficar assistindo minha mãe dando e gozando gostoso todo dia tá me deixando completamente maluca... meus dedinhos já estão até criando calo! RSS.

-sua safada... meu maridão até falou pra gente dar uma maneirada... transar só no quarto... mas... na verdade quando sinto aquela pica cabeçuda roçando na minha bucetinha tesuda não aguento esperar nem um segundo... quero-a dentro da minha buceta na hora... nossa... nunca senti tanto tesão com outro macho... e agora que o maridão não quer mais que eu trabalhe... me quer sempre assim... como uma escrava sexual 24 horas... faz eu me vestir como uma puta... tô adorando... e... tenho certeza que você também gosta disso sua safada... pensa que não sei que você adora ficar espiando eu trepando com o seu padrasto taradão?

-bem... sou obrigada a confessar que sim... bem melhor do que assistir filme pornô... adoro escutar minha mãe gemendo e gritando de tesão... gozando naquele pauzão enorme entrando e saindo da sua bucetinha lisinha... deliciaaaaa! Mas... agora fiquei pensando uma coisa... o Thiago sabe que eu fico vendo vocês treparem... ele deve pensar que sou uma putona também... ele adora te chamar de putona né?

-sim... desde quando transamos pela primeira vez ele adora me chamar de putona tarada! Bem... lógico que ele sabe que você é taradinha... eu contei pra ele sobre a vez que te peguei batendo siririca e te dei um tapa na bunda e você quase morreu de susto... ele achou engraçado demais... quando comentei que você era virgem ainda... ele não acreditou muito não... disse que você tem cara de putinha tarada e do jeito que você usa esses shortinhos apertados mostrando seu bucetão enorme pra todo mundo ver... com certeza você só teve namoradinhos frouxos pra continuar sendo virgem!

O safado do meu padrasto então tinha reparado no meu bucetão enorme e adorei saber disso e como já estávamos bem bronzeadas caímos n’agua e nadamos durante um bom tempo e quando saímos da piscina minha mãe me abraçou toda carinhosa dizendo:

-sua safadinha tarada linda... que bom que esta tudo bem entre a gente... espero que continue assim.

Naquela semana com o sol brilhando todo dia eu e mamãe não saímos da piscina e ficamos bronzeadissimas com marquinhas perfeitas e extremamente pequenas e trocamos elogios sobre nossos corpos e mamãe até comentou que estava pensando seriamente em começar andar completamente nua dentro de casa, apenas de salto alto pra ficar ainda mais gostosa e deixar o maridão mais taradão. RSS.

Toda safada brinquei que se ela fizesse isso eu poderia fazer também mamãe sorrindo bem sacana disse:

-poder até pode... por mim tudo bem... mas do jeito que o Thiago é taradão... acho que seu cabaço vai pro saco rapidinho!

Dei um sorrisinho safado e disse:

-nossa mamãe... será que meu padrasto teria coragem de comer sua linda filhinha... acho que ele não faria isso!

Mamãe então me deu um tapinha na bunda e disse:

-garota... de putaria entendo bastante... todo fim de semana eu pegava um macho diferente... tua mãe sempre foi uma putinha fácil... adoro trepar... e também sei o tanto que todo homem é safado e gosta de experimentar putas novinhas como você... ainda mais sendo cabaço... se você der mole... ele te come inteirinha... não sobra um buraquinho virgem no teu corpinho!

-mamãe... jura que o meu padrasto é tão tarado assim? Ele é tão legal comigo... sempre me tratou com respeito... nunca deu uma passadinha de mão no meu corpo tipo sem querer querendo! Lógico que já percebi meu padrasto dando umas olhadas de rabo de olho no meu bucetão dentro dos shortinhos apertados que adoro usar... mas isso acontece com todos os homens... eu sei disso!

-Gracinha... deixa de dar uma de sonsa... você sabe muito bem do que estamos falando... macho tarado ficou de pau duro... come qualquer puta... ainda mais uma putinha tarada louca pra dar igual você... mas já que tá querendo mostrar seu bucetão... você que sabe!

Dei um sorrisinho safado e disse que por enquanto continuaria mostrando meu bucetão só nos shorts justíssimos que eu usava sempre.

Meu padrasto teve que viajar a negócios ficando tres dias fora e quando voltou já chegou cheio de amor pra dar e pegando minha mãe no colo que estava tomando sol comigo na piscina carregou-a pro quarto. Apesar da curiosidade de sempre resolvi ficar ali na piscina mesmo me bronzeando já que quando o casal transava no quarto não dava pra assistir nada.

Depois de meia hora mamãe me chamou falando que tinha acabado de receber um telefonema do meu avô que morava em uma pequena cidade a 100 km dali falando que minha avó tinha sofrido uma queda e como tinha batido a cabeça ficando um bom tempo desacordada ela então resolveu ir até la pra ver de perto se tinha acontecido algo mais sério. Meu padrasto não tinha como acompanhá-la porque já fazia 3 dias que estava viajando e mamãe pegou o carro e foi pra la. Me ofereci pra acompanhá-la, mas ela disse que como eu não iria ajudar em nada deveria ficar pra cuidar da casa e também preparar o almoço e o jantar para o meu padrasto que não gostava de comer fora, ele seguia uma dieta bem rígida comendo apenas comida natural e então acabei ficando.

Meu padrasto foi trabalhar e fiquei o resto da tarde na piscina e ao me olhar no espelho até parecia que eu estava de calcinha e sutiã de tão branca que ficou minha pele nos lugares onde meu biquininho tampava. Dei umas voltinhas diante do espelho me achando muito gostosa e meu bucetão pedia carinhos e bati uma siririca deliciosa me olhando no espelho deitada na cama com as pernas arreganhadas e rebolando como uma louca e tive um gozo intenso e diferente.

Tomei um banho e quando pensei na roupa que iria colocar pra ir pra cozinha começar a preparar o jantar do meu padrasto na hora meu lado exibicionista se manifestou forte e toda safada resolvi vestir um shortinho de malha que usava pra dormir que era um dos mais justinhos que existia na minha gaveta. Esse short já era pequeno quando comprei e passado uns 6 meses como meu corpo tinha ficado mais cheinho quando coloquei-o ficou totalmente enfiado tanto no rego da minha bunda empinada como no meu bucetão. Quando me olhei no espelho vi que estava totalmente escandaloso, os lábios enormes e cheios do meu bucetão ficaram completamente delineados e estufados. Por alguns momentos pensei em trocar por algo um pouco mais discreto, mas isso não aconteceu, minha mãe ter comentado que meu padrasto taradão vivia reparando no meu bucetão me fez ter o desejo de me mostrar ainda mais ousada e então fiquei com aquele shortinho escandaloso mesmo. Coloquei uma camisa curtinha e sem sutiã e já que ele gostava de salto alto, coloquei um dos meus tamanquinhos pra empinar ainda mais meu bumbum e ao dar uma ultima olhada no espelho não teve como não sentir um tesão danado e minha bucetinha virgem começou a melar e se continuasse daquele jeito ia ficar toda ensopadinha rapidinho, mas isso não importava, o que eu queria mesmo era me mostrar bem putinha pro meu padrasto taradão e quando ele chegou no começo da noite e me encontrou vestida daquela forma na cozinha ele me cumprimentou com 3 beijinhos no rosto como sempre fazia e todo sorridente disse:

-nossa... tô vendo que minha linda enteada a cada dia que passa fica mais gatinha... depois de 3 dias sem vê-la... quando cheguei de viagem e vi você dentro daquele biquíni sexy já achei que estava mais bonita do que da ultima vez... só que agora eu chego e te encontro vestida com essa roupa super sensual sou obrigado a dizer que minha enteadinha realmente conseguiu se superar... você tá muito mais gostosa garota!

Toda safada dei uma voltinha bem devagar e quando fiquei de frente pra ele coloquei as mãos na cintura e jogando os quadris pra frente estufei meu bucetão ainda mais e sorrindo bem sacana disse:

-Bem... mamãe disse que era pra cuidar da casa e preparar sua comida do jeito que você gosta e como sei que meu padrasto adora ver a mamãe desfilando toda linda pela casa e como hoje ela não esta aqui resolvi colocar essa roupinha só te deixar contente... achei que talvez você iria gostar de eu ter feito isso... o que você achou!

Meu padrasto não conseguia tirar os olhos safados do meu corpo e principalmente do meu bucetão e então ele deu um sorriso dizendo:

-bem... primeiro quero tomar um belo banho... depois a gente continua nossa conversa garota... mas... não precisa se preocupar com o jantar... já comi algumas frutas e tomei um suco antes de vir pra casa... mais tarde faço um lanche... fique tranquila!

Ele saiu da cozinha e logo em seguida o telefone tocou e era mamãe dizendo que tinha chegado e estava no hospital acompanhando os exames da minha avó e quando perguntou se estava tudo bem disse que sim e sorrindo falei que não precisava se preocupar que estava cuidando de tudo como ela me mandara fazer.

Depois de falar com mamãe peguei um copo de água com pedras de gelo e fui para a varanda onde ficava a piscina e a área da churrasqueira e fiquei recostada na mesa enorme de madeira que havia ali pensando em tudo que estava acontecendo e o tesão de ter me mostrado daquele jeito para o meu padrasto taradão me deixara completamente tarada e toda safada enfiei a mão dentro do short e encontrei minha bucetinha virgem completamente ensopada e bastaram algumas bolinadas no meu grelo sensível e tesudo pra que eu gozasse copiosamente.

Alguns segundos depois de ter gozado meu padrasto surgiu diante dos meus olhos com um short de seda incrivelmente sexy e conforme ele vinha andando em minha direção seu pauzão cabeçudo balançava deliciosamente roçando no fino tecido e já percebi que estava quase duro e quando chegou pertinho de mim ele se recostou em um banquinho alto de madeira e disse sorrindo:

-acho que minha linda enteada realmente gosta muito da piscina... será que esta pensando em nadar agora a noite?

-bem... você sabe que com esse calor com certeza é uma boa ideia... mas hoje não tô querendo fazer isso... é que aqui fora é mais gostoso... o cheio das flores do jardim... sempre venho dar uma volta por aqui toda noite... mas... você foi tomar banho e ficou sem responder se gostou do jeito que me vesti pra você... se ficou do jeito que você gosta!

Meu padrasto todo tarado já estava com a barraca completamente armada, sua pica enorme parecia que iria furar o short e dando uma apertada naquele pauzão disse:

-minha enteada além de linda você é muito putinha... adora se mostrar pra macho né... claro que eu gostei... alias... da pra ver perfeitamente que eu adorei... é só olhar pra minha rola pra ver como você deixou... completamente dura... mas já que a putinha adora brincar de seduzir macho vou te dizer uma coisa... você tá muito linda e gostosa... mas se estivesse nua com certeza gostaria bem mais... tira tudo putinha... que vou te dar o que ta precisando... vou de foder inteirinha... você vai ser minha puta igual tua mãe sua vadiazinha safada!

Em segundos o short do meu padrasto estava no chão e seu pauzão grosso e cabeçudo ficou a mostra me deixando completamente hipnotizada. Rapidinho também fiquei nua e ele então me agarrou e beijou minha boca me levantando do chão me fazendo segurar no seu pescoço. Ele me segurava com seus braços fortes no ar como se eu fosse uma pena e quando senti sua pica cabeçuda deslizando pelo meu ventre se alojando entre minhas coxas meu corpo se arrepiou até o ultimo fio do cabelo e tive a certeza que queria ser a fêmea daquele macho.

Meu padrasto beijava minha boca com uma volúpia louca e suas mãos fortes espalmadas em minha bunda me segurando me apertavam fazendo nossos corpos ficarem totalmente colados um no outro e ele então me deitou de costas em cima daquela mesa de madeira e abrindo minhas pernas enfiou seu rosto entre elas e logo sua boca quente estava grudada no meu bucetão sugando meu grelo teso com força.

Não precisou mais que algumas linguadas pra que eu gozasse como uma cadela no cio e bem putinha gritei de tesão e ele todo tesudo disse:

-rebola na minha língua sua cadelinha de rua... quero te fazer gozar gostoso na minha boca... quero sentir o gosto desse cabaço na minha língua... ahhh... bucetão gostoso... desde o primeiro dia que te vi de short eu quis te comer... sua vadia safada... putinha tarada... rebola e goza mais sua cadelinha gostosa... da teu mel pro teu macho sua vadia... vou adorar tirar esse cabaço... rebola vagabundinha!

Aquela língua áspera esperta me levava a loucura e perdi a conta de quantos orgasmos tive sentindo aquele tarado safado me chupando e quando me dei conta meu padrasto já estava com a cabeçona daquela rola enorme perfeitamente encaixada entre os lábios enormes da minha bucetona e todo tarado deu uma fincada firme estourando meu cabaço em poucos segundos. Gritei de dor me sentindo rasgada ao meio, era muito grosso demais, mas ele não tava nem ai com meus gritos e foi fincando aquela rola enorme até o talo me preenchendo por inteira.

Me senti empalada por aquele macho e nem consegui me mexer e ele então segurou minhas pernas no seu peito e todo tarado disse:

-pronto sua cadelinha tarada... queria macho... agora tem... e bem grande... agora trata de rebolar gostoso na pica do teu macho senão vou te dar uns tapas nesse rostinho lindo pra você virar puta de verdade... quero a putinha dando gostoso e ebolando na minha rola... mexe esse corpo sua vagabundinha safada... queria dar... agora trata de dar gostoso... rebola igual tua mãe cadela... você sabe como vagabundinha!

A dor era lancinante e parecia que me faltava ar, mas logo senti um calor tão intenso que emanava daquela rola enorme que me senti incendiada e meu corpo despertou daquele torpor e timidamente comecei a rebolar espetada naquele macho tarado e como num passe de mágica a dor desapareceu e o prazer se instalou na minha buceta arrombada e logo eu gemia e rebolava como uma puta devia fazer e toda tarada sussurrei:

-aiiii... que delicia ter uma pica no meu bucetão... ahhh... mete taradão... mete gostoso na tua enteada putinha... faz eu gozar igual você faz com a minha mãe... mete... arregaça meu bucetão... ahhhh... fodeeeeeee... ahhhh que delicia dar a buceta... quero... gozar... mete... meteeeeee!

Meu padrasto todo tarado com minha entrega total já me levantou da mesa e me fazendo segurar em seu pescoço me carregou até uma poltrona e como fazia com minha mãe me fez sentar em seu colo de frente e todo tarado disse:

-te quero cavalgando na minha rola sua cadelinha tarada... vou deixar esse bucetão mais inchado ainda... que delicia tirar o cabaço da putinha... eu até pensava que você já tinha dado de tão puta que você é... mostrando seu corpo... ahhh... quero você rebolando na minha rola sua cadelinha de rua... dá gostoso pro teu macho sua vagabundinha... ahhhhhh!

Toda tesuda fiz o que ele mandava e olhando pra baixo vendo aquela rola grossa enorme entrando e saindo do meu bucetão desvirginado e melecado de sangue me deu mais tesão ainda e rebolando que nem uma louca espetada naquela rola deliciosa meus orgasmos chegavam cada vez mais fortes e quando gozei gritando que nem uma louca meu padrasto todo tarado aproveitou e me deu dois tapas na cara dizendo:

-gosta de gritar quando tá gozando né cadela... quero ouvir teus gritos de tesão e também de dor... tô louco pra te dar uns tapas nessa carinha de puta... só pra testar teu tesão... sua cadelinha viciada... goza... mais vadia... rebola sua puta safada... goza na pica grossa do teu macho!

O taradão fez o que disse e me deu uns tapas no rosto e isso realmente atiçou ainda mais meu tesão e os gozos chegam forte e me mijei toda, era xixi misturado com meu gozo e sangue do meu cabaço e então foi a vez do meu padrasto urrar de prazer e começou a ejacular dentro do meu bucetão sua porra quente me fazendo ter um gozo ainda mais louco. O taradão me lavou por dentro de tanta porra que saia daquele pauzão grosso e quente.

Se tudo que estava acontecendo era uma tremenda loucura a coisa ficou ainda mais pervertida quando meu padrasto todo tarado tirou seu pauzão da meu bucetão descabaçado e sussurrou:

-chupa sua cadela... quero sua boca lambendo e limpando a pica do teu macho... lambe minha porra... sua cadela vagabundinha!

Nem precisou mandar duas vezes e sem um pingo de pudor lambi seu pauzão todo melecado de porra misturado com sangue do meu cabaço arrombado e não deixei nenhuma gota se perder.

Depois de um belo banho eu e meu padrasto fizemos um lanche pra recuperar as energias e fomos pra sala assistir filmes completamente nus e logo depois dele se sentar no sofá me deitei colocando minha cabeça recostada em sua coxa musculosa e meu rosto ficou bem pertinho daquela pica grossa que apesar de estar em repouso era linda e imponente e toda safada disse:

-nossa padrasto... olhando pro teu pauzão enorme nem sei como isso entrou todinho dentro da minha buceta... ela é grande por fora... mas é muito apertadinha... nossa... quando arrombou meu cabacinho parecia que tava sendo rasgada ao meio... nem sei quantos dias minha buceta vai ficar ardendo... quando enfiei os dedinhos pra lavar... nossa... parecia que ela pegando fogo de tão quente!

Meu padrasto pegou no pauzão dele deu uma balançada no bichão e disse:

-pode ter certeza que minha enteadinha putinha não vai demorar quase nada pra você pedir pra sentir minha rola grossa nesse bucetão tesudo... deu gostoso na primeira vez e tenho certeza que vai dar mais gostoso nas próximas... você e sua mão são completamente taradas e gostam muito de macho... e vou adorar ser o macho das duas putas!

Naquela noite dormi de conchinha com meu padrasto tarado e foi então que despertei com uma sensação maravilhosa de prazer.

Quando abri os olhos a boca quente do meu padrasto estava lambendo meu bucetão todinho e a sua língua quente deslizava do meu grelinho inchado até o meu cuzinho e comecei a gemer e rebolar gostoso e então percebi que o taradão enquanto sugava meu grelo com maestria me levando a loucura enfiava seus dedos grossos e espertos dentro do meu cuzinho virgem já me laceando e tive a certeza que ia levar pauzão no cu e toda taradinha apesar de saber que ia doer muito eu queria sentir aquele pauzão me enrabando.

Meu padrasto taradão me colocou de bruços em cima de um travesseiro fazendo meu bumbum empinadinho ficar bem no alto e sussurrou:

-vou comer teu cuzinho sua vagabundinha safada... toda vez que você passava perto de mim rebolando essa bundinha arrebitada eu sonhava com esse dia... agora vou matar meu tesão... relaxa... que vou ser bem carinhoso com a putinha... se ficar com frescura... vai doer mais... não adianta gritar que não parar no meio... vou comer esse rabo de qualquer jeito... pode gritar o tanto que quiser... mas vai levar vara grossa no cu... vou colocar só a cabeça na entradinha pra você se acostumar... ahhh... que bundinha linda que a minha enteada putinha tem... hummmm!

O safado se deitou sobre minhas costas segurando seu corpo enorme nos seus cotovelos e começou a deslizar aquela pica toda babada no meu reguinho e logo ela ficou alojada na entradinha do meu cuzinho virgem e toda taradinha eu rebolava devagarinho como achei que devia fazer e quando meu padrasto sentiu que eu já estava entrando no clima ele fincou forte e sua rola cabeçuda pulou pra dentro do meu cuzinho e não teve como conter um grito bem alto sentindo meu cabacinho da bunda sendo estourado e como foi na buceta o taradão foi enfiando com firmeza até o talo. Senti seu saco batendo entre minhas coxas e ele todo tarado sussurrava nos meus ouvidos:

-ahhhh... que cuzinho apertadinho da minha enteada putinha... delicia de cu... vou adorar foder esse rabo... rebola... relaxa... rebola gostoso... na pica do teu macho sua cadelinha de rua... vagabundinha safada... da esse cu... pra mim... tua mãe adora ser enrabada por mim... mostra pra mim que você também é tão puta quanto ela... da... sua vadia safada... ahhhhhhhh!

Na verdade doeu menos perder o cabaço do cu do que da buceta porque em poucos segundos eu rebolava como uma louca espetada naquela rola grossa cabeçuda e os gozos chegaram copiosos e intensos e os gritos eram de prazer. A dor desapareceu como num encanto e dei gostoso e sem frescura. Meu padrasto socava com força arrombando meu cuzinho sem dó e eu gemia e sussurrava tarada:

-mete seu tarado... come meu cu... safado... aiiiiii... que deliciaaaaaaaa... quero gozar mais... mete... soca tudooooo taradão gostosooooo!

Durante mais de meia hora levei pau no cu gozando como uma louca até que meu padrasto não aguentou segurar mais e encheu meu rabinho de porra quentinha e ficou engatado no meu rabinho arrombado até seu pauzão escapulir de dentro dele.

Meu padrasto então me pegou no colo e me carregando até o banheiro do seu quarto me deu um banho delicioso e todo safado ficou me elogiando dizendo que eu tinha sido uma putinha maravilhosa e que com certeza nossas transas iriam se repetir muitas e muitas vezes e quando indaguei sobre minha mãe ele deu um sorriso sacana e disse que por enquanto ela não precisava saber e era pra mim manter a boca fechada e continuar se comportando da mesma maneira pra ela não desconfiar de nada.

Lógico que a safadeza depois disso se tornou ainda mais quente, mas só vou contar pra vocês na continuação desse relato louco e tesudo!

[email protected]

Acessem meus outros relatos clicando no link abaixo:

http://sharoland-nn.ru/perfil/xzs

Comentários

03/03/2017 15:55:18
Gozei gostoso
22/01/2016 13:39:34
adorei o conto adoro todos eles vou ate replicar o comentario do amigo k ai de cima " "fantástico. são contos assim que animam a gente a continuar lendo. um dos contos mais excitantes que tenho lido ultimamente. não só esse, mas todos os outros escritos por você. sou casado e adoro imaginar minha esposa vivendo situaçoes assim e agora com esses contos de negros estou louco de exctiatção sempre imaginando aminha esposa vivendo historias assim é uma delicia meu email [email protected]
10/09/2015 09:16:24
Delicia de conto
08/09/2015 13:08:01
garotas do litoral d SP e demais localidades q curtem homens mais velhos e desejam realizar fantasias e so me chamar no whatsapp... 0_1_3. 9_8_8_3_8_6_7_9_0
08/09/2015 12:36:44
muito safadinha adorei ler deu tesao.... me chama no whats....
16/08/2015 14:17:17
Não tem como não ficar de pau duro lendo esse seu relato!! Com certeza ele vai comer as duas juntas em pouco tempo
14/08/2015 14:34:41
gozei duas vzs enkuanto lia. pqp! gostoso demais! [email protected]
13/08/2015 13:22:20
Deliciosa... Safada... Gostosa...!
10/08/2015 02:33:30
Nossa, esse conto é de enlouquecer!!!
uem
05/08/2015 22:43:23
maravilhoso seu conto adoraria v fotos da sua bucetona vc falou tanto dela que estou com muito tezao nela mim manda fotos de vc toda
04/08/2015 13:06:22
Delícia de conto.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


chego do serviço encontrar cunhado só de camisola e mete o paucunhas de mini saia safadasvideo olhei peludo no banho deu vontade de chuparcontos eroticos sem querer maeapaixonado por um hetero cap 19cache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho porno mae gotosa madura sedente de amor ai pirocaocornolandia contoscontos eroticos de menias q deu seu cabaçinho bem novinhas por que sua obrigou a trepa com seu companheiro taradocontos tonando as menininhasvideospornobrasileiroscom famíliacontos eroticos minha esposa fodendo com meu sobrinho menor de idadecontos eroticos de lua blanco e arthur aguiarmulheres nojona de tanto tesaocorto eroticosminha esposa gosta de trasa com vaquerotraição xxvidioMinha namorada seduzida pelo papo do pagodeiro contos de mulheresmulher pega manteiga e passa na bunda e no cu inteirinhocontos eroticos fizeram minha noiva e minha mae de putavideo de idosa abrindo video de gemido no meio do mercado "apaga isso"www.porno zoofilia.com/contos dando buceta virgem dois cavalos?porno brasileira envolvendo ninfeta no celeiro da fazendapornocontoincestorelato erotico padrasto pauzudoContos eroticos negao fudendo gostoso com a viuvagta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetaContos novinha perdeu cabaço do cu com roludao trembucitnhavídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhovi minha namorada branquinha virgem sendo fodida por um velho pauzudo/contos eróticosNegao esculachando com moleque gostosoCapítulo 2 segunda temporada contos erótico sempre te quissexo.dormiu.ma.casa.do.aimgo.e.acordo.com.o.braruho.do.amigo.fudemo.com.a.irmacontos eu e meu marido fomos no jogo de futebol no onibus dei pro negao eninguem viuVendedora gostosa do shoppingcontos montadores cuzinhoabaixar vídeos de sexo na noite de núpciasfoi ajudar a irma estudar e pediu o cu como pagamentocontos eroticos vividos por mulhereshistorias eroticas perdi minha virgindade anal e vaginalTHeo eTonnyVelho brasileiro metendo mão na buceta da neta piranhacontos erticos luferprofessora para niguei botar defeito tao gostoza pelada linda buceta greludaquero ver foto bucetao beicudas e hrandebuseta.daclaudia.ranharContos eróticos da minha norarapaz pula fora quando senti que o negao ia empurrar tudorapaz com pau enorme na prai de nudismo no brasil e gostosa nao resiste e da p elena hora do sexo o que pode ser feito com o halls pretovilmer pornoconto erotico gay meu dono dei meu cu de presente de aniversarioincesto sendo encoxada e rebolando gostoso contos pornovideos de sexo, lambeçao de barrigafiume porno antigo do tasaõcú do neltinho arrombadoContos eroticos de travesti pauzudo estuprando meninosMeu amigo viado bundudo liso vestido de mulher conto gaycontos e videos casada cavala fudendo com dois negaoTravesti fica olhando sua amiga recebe crempe analquero ver todos os filme que As Mulheres Ricas pegando a xoxota na cara dos homens com a imagem bem grande e g****** na boca descendo embaixo na boca deleporno vui da naxana vui cu ala ficou bravaporno doido botou amames pra chorartufos videotirei a virgindade da minha empregadacontos meu patrao invocou com minha mulher contos eroticosacho que minha namorada gozou pq agente tava fazebdo sexo e a perna dela tava tremendoVídeo mulheres grávida de nove mês com homens bem dotadoisso papai soca fundoamigos do meu noivo me arombaram na sua despedida de solteiro contos eroticoscontos erótico minha filha de shortinho curtocontos eroticos vi meu irmão pelado pela brecha da porta e fiquei esxitada e passei a provoca eleTeste de felisidade aparesendo opinto e a pererecaporno namorada nao gue da cu mai eu votetaver conto erotico sob faxineiros velhos tarado e pirocudoxvideos cu estalo rompendo as pregras fazendo barulhovideo de mulhe rebolhadoVideo ao vivo de putaria profissional de velhas gostosas saboreando fundo na vagina o pau pretoassistir o filme de novinha metendo fazendo seu peito e trícepscontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhacontos eróticos estupros varoa