Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Samba da Laje

Autor: Kmilinha
Categoria: Heterossexual
Data: 18/08/2015 22:50:49
Nota 10.00
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Enfim, férias de julho, tive pouco ou quase nenhum contato com a Jéssica (até então minha melhor amiga) durante aquele mês.

No pós-férias e primeiro dia de aula, depois de colocarmos a fofoca em dia, ela me convidou para uma festinha de aniversário do seu "ficante" do momento. Bateu meu sinal de alerta quando soube que era um carinha que não saia da entrada do colégio, porém, nem sei se frequentava as aulas. O sem noção sempre estava na rodinha de uma "turminha do mau". Sugeri que ela saísse fora, era roubada na certa.

Quem tem uma melhor amiga, dramática como a minha, sabe o que acontece nessas horas. A garota disse que eu era egoísta e não queria ver ela de boa e blá blá.

Deixei quieto no momento, aos poucos tentaria mostrar-lhe os defeitos do cara e tirar a amiga desta cilada.

Percebi que não era prudente recusar o convite para a festinha, fiquei sabendo que era em um bairro no extremo da periferia.

No sábado à noite encontrei com a amiga no local combinado onde o carinha pegaria a gente. A Jéssica ficou irada quando viu meu visual, disse que eu parecia uma pedinte. Vesti um conjunto surradinho de blusa, calça jeans e uma sapatilha de lona bem podrinha. Acha que eu ia pagar de patricinha? Ouço os comentários todos os dias sobre como a região é violenta, era capaz de voltar de lá até sem as calcinhas... rs. Claro que estou exagerando, apenas quis vestir algo mais simples.

O carinha chegou com o possante, fiquei preocupada que se ele desligasse o bicho, teríamos que empurrar a tranqueira pra pegar novamente.

A tal da festinha não era na casa dele, nem em um barzinho. Fomos convidadas a conhecer o famoso "Samba da laje". Na entrada do pagode ganhei um copo de "maria mole" (Dreher com Contini branco). "Aff! A noite será animadíssima!" pensei sem perder o bom humor. Todavia, quando senti um cheiro diferente que saia junto com a fumaça de cigarros que alguns fumavam, achei que seria melhor ficar em um canto mais afastado, já que não poderia ficar sem respirar.

Mas a festa estava bem animada. Samba da laje era somente um termo, a música predominante era o Funk. Novinhas que aparentavam ter no máximo 13 ou 14 anos, se acabavam na dança maliciosa, vestidas com suas minissaias (e sem a calcinha).

Não tive a companhia da minha amiga por muito tempo, o casalzinho deixou-me com as supostas primas do carinha e deram um perdido por mais de uma hora. Quando voltaram, não sei quem estava mais louca, eu com a mistura de bebidas ou ela com um sorriso de prazer, contudo, com uma expressão de entorpecida.

Mais tarde, depois que insisti muito, ele nos levou embora. As ruas no entorno do local pareciam motéis ao ar livre. As garotas e os caras se pegavam em pé nos muros e em portões das garagens. Tão loucos que estavam, nem tentavam disfarçar o ato sexual quando eram iluminados pela luz dos faróis do carro.

Chegamos tardão ao apartamento da amiga, fomos dormir sem que seus pais vissem nosso estado.

Não era a primeira vez que voltava à casa da Jéssica depois daquele "love" que tive com o pai dela, em outras ocasiões, também rolou um clima entre eu e o coroa, no entanto, não chegamos até às atividades de alto impacto.

Na manhã seguinte, depois da baladinha, o homem forçou a barra e por pouco não deu merda das grandes.

A mãe dela saiu para ir à igreja naquela manhã de domingo, eu e a amiga não acordaríamos tão cedo (reflexos da baladinha). Quase morri de susto ao acordar com mãos erguendo meu corpo, era o pai dela, ele fez sinal para eu ficar quieta e não chamarmos a atenção. Levou-me para o quarto do casal.

Não adiantou chamá-lo de louco e que aquilo não ia dar certo, em segundos deixou-me sem a calcinha, deitada de costas com as pernas levantadas e arreganhadas enquanto sua boca sugava meu sexo. Era mais uma dose de adrenalina, daquelas que me faz cometer loucuras, contudo, sempre há a recompensa de orgasmos mágicos que valem a pena.

O risco de ser pega pela amiga ou a mãe era enorme e só aumentava minha libido. Estava quase gozando na boca do policial safado quando ele parou as sugadas, tirou a cueca e veio por cima de mim tentando me penetrar. Insisti para que ele pegasse uma camisinha, estava desprotegida e também não poderíamos deixar vestígios.

Após estar coberto pelo preservativo, seu membro penetrou minha fendinha arrancando-me gemidos contidos. Enlacei suas pernas com as minhas e curti aquele papai e mamãe.

Não demorou muito a gozar, também cheguei ao clímax pouco depois de sentir a borrachinha morninha e as pulsações do seu membro em minha grutinha.

Assim que tirou de dentro, alisei seu membro vestido com a borrachinha, eu continuava cheia de desejos e querendo mais. O pênis do coroa não tinha amolecido totalmente, senti que recomeçava a enrijecer com meus carinhos, entretanto, o homem estava praticamente me expulsando do quarto com medo que fossemos pegos. Bem que eu quis discutir a relação, já que foi ele que me procurou e provocou, porém, deixei quieto.

Cheio de pressa vestiu a cueca e foi para a esquerda em direção ao banheiro para tirar a camisinha e sumir com ela. Eu virei pra direita e levei um susto ao ver minha amiga saindo pela porta do seu quarto e surpreendendo a mim e seu pai. Imaginei que a garota tentava entender o que estava acontecendo.

Ela voltou comigo para o dormitório e, claro, quis saber tudo o que eu fiz nos últimos minutos. Expliquei que tinha ido ao banheiro e o pai dela apareceu de repente quando eu caminhava pelo corredor.

Ela acreditou, ou fez que acreditou. Fiquei com uma pulga do tamanho de uma capivara atrás da orelha. Pensei "será que ela notou a barraca armada na cueca do pai? Se notou, com certeza não acreditou na minha história".

Beijos amigos, até a próxima!

http://facebook.com/kamila.teles.9256

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eroticos gay enrustidoxvideo guardondo o pau nacuecacasadinha pacata contoscontos de afilhada cavalona com padrinho coroa de pauzaoso cu fudidos de diaristasfilme pornô rasgando a vacina novinhaxvideo menina de meno gosano e tremeno as penaconto incesto minha irmãzinha adolecente andando encasa com essa roupinha nao da para resistipinto na bucetado novinho enfiando so a pontinha depois com força depois uma bela chupada na cabeca do pintocache:cB0rtZ1uQCMJ:https://zdorovsreda.ru/texto/2015051133 porno filme grande que demore😉😉Contos sogra safada e fogoza seduz e se apaixona por seu genro e trasa eleS-&-w- Casa Dos Contosvídeos pornô eróticos com pau grande e grosso lindos com a pontinha bem geladinha e bem fofinhoporno moçambicano putas gemendo e falando coisas escitantes.gostósinhas porno12 mulheres se gozando muito asseste videocomi uma egua dentro de casa contominha mae pedio pra depilar minha xaninha i acabamos nos chupando filme brasileiroconto cumendo irmao de pau cabecudo irma. virgemandrew arlindo dellavoglio casa dos contostitia safada gozando esquirt contos incestosvídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadoxvideo coletania marido tampa o olho da esposa e chama o amigo pra beija lagozou muito na buceta da irmã nascendo peitinhos a buceta nem cabelo nasceu nadafilmes pornodoido dbsm com uma branquinha doida para ver o pau do negrao entrarQuero ler contos escravos roludos macho alfa familia realpica da cabesa grade colocono na buseta pornopadrasto enteada falei de sexo brasileiroqueria ver vídeo de sexo com lindas coroas chorando e gritando no pau do negão dos peitão e bundão ela g****** junto com negão e o negão g****** junto com ela no pau ela g****** nos corre na gala chorando e gritando de dorver gostosas que presisou rasgar o seu chortinho de putinha para dar a bucetaContos. Desde pequena ja pegava no pau do meu tio..velhopintudocontosSexocompaixaoesposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandovideo eróticospapai me ensinando tudoirmalouca pra perdero cabaco pro irmarcontos eroticos minha mae com aminesiacontos erotico pegando a mulher no flagraseduzindo você a bater punhetacarlos chupando uma buceta com muito prazergosando dentro da buceta d egua d raçayoutube tarado comeu novinhas mobilizado sexaul tirado a roupa nuasmicroempresa vídeo de pornô das coroas empregadasfui encoxada pelo meu genro e n resisti meu marido liberaporno pai brincando de fazer cocegas na filhaloirinha perguntava se fodia gostoso xvideosGTA Dona sinhazinha trabalhandoeu e minha filha fomos encochada adoramosfilhinha da a buceta para irmao e padrastovidio de foda de cunhado dormindo na casa da cunhadaqual a posicao que temos que fazer quando damos o anus e para o espesma na escorrer para a vaginacomendo o primo a foçaxvideosxxxvideos gozandone buseta da ninfetacontos gay limpar a casachegando calcinha dezeijos proibidopornoTravesti fica olhando sua amiga recebe crempe analGozei na buceta da crente velha contoschantagiei minha irma casada contoslevantou o vestido da coroa evagelica e passou a rola.comxoxota as gordinhas mais tocadas e mais gostosas gordinhas bem feitas discursos e transando e gemendoMeti minha pica no xiri da minha sogra de 49 anosXVídeos mulheres das colchão na toda gostosa charmosa mas funcionacontos coroa implorando por uma picaContos levei um tora preta gozou dentro meu marido adorouas baianas mais bucetudasmeu cunhado tirou meu cabacinhoeu sempre brincava com as coleguinhas de mimha irmã, e prdia para eles baterem punheta para mimmamilos da minha mae contos eroticosmédico explicado chupar bucetas doença transmitixvidio nocinhas geme gostozo dando o cusexo gay chatagiando o primoeu quero ver as fotos da morena que dançava o Créu ela nua pelada porque sabendo que eras no site que ela ficou feio uma foto de pornô homem para a gente ver aquiconto hetero dos pentelhos raspadoXVídeo pornô das Panteras trepando só com os irmãos ocupar esse corpinhocontos crente casada quis experimentar no cu e se arrependeu