Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Viajando com meu tio caminhoneiro

Viajando com meu tio caminhoneiro

Essa história se passou quando eu tinha 13 para 14 anos. Me chamo Fred, loiro, olhos azuis, branquinho, pois sou parecido com minha mãe. Meu pai é mecânico e fizemos várias sacanagens juntos. Meu tio Robson, irmão de meu pai, na época era alto, forte, peludão e machão. Adorava falar das putarias que fazia com a mulherada nas viagens. Era casado, mas minha tia nem imaginava todas que ele aprontava. Eu, nessa época, recém havia aprendido a tocar punheta, com meu pai, e buscava informações sobre tudo que aperfeiçoasse meu conhecimento sobre sexo. Da forma mais rudimentar possível, ou seja, com meu tio, amigos, primos e pai.

Em pleno janeiro, época de férias escolares, meu tio me convidou para viajar com ele de caminhão, para o norte do país. Meu pai deixou. Eu estava muito feliz, pois além de sair da rotina, admirava muito meu tio.

Após o carregamento no Porto de Santos, partimos para nosso destino. A viagem não era muito agradável, mas para mim, estava super divertida. Cantava com ele as músicas sertanejas que ouvíamos no rádio. Curtia as buzinadas que dava para outros caminhoneiros. Cada conhecido que ele cruzava, tinha histórias para contar. Ele conhecia muitos caminhoneiros. Eu ouvia com prazer as histórias que ele contava dos seus colegas:

- Aquele é o Zé. Uma vez, uma noite em um Posto de combustível onde estávamos parados, pegamos uma puta em dois, eu e ele. Fizemos horrores. O Zé é mais safado do que eu. Enquanto eu socava na bucetinha dela, ele foi metendo a língua e depois os dedos no cú da bichinha. Quando vi, enquanto eu comi a buceta dela, o Zé táva penetrando o cúzinho na mina, que gemia alto, chegando a gritar. Logo ele gozou, enchendo o cú dela de leita. Aí não aguentei, eu nunca tinha comido o cú de uma mulher. Botei ela de quatro, arregacei as bandas da bunda, mirei bem no olhinho do cú, e fui introduzindo. Entrou fácil, porque táva bem lubrificado com a porra do Zé. Naquele tempo a gente não usava camisinha. Fred, em três ou quatro bombadas, enchi o cú dela de leite também.

Enfim, eu provocava meu tio pra ele contar as histórias dos caminhoneiros, pois eu ficava muito excitado com isso. De canto de olho, notei que ele também, pelo volume que se apresentava em sua surrada bermuda de sarja.

Estávamos viajando há horas. Eu havia pedido a ele para parar para ir ao banheiro, queria mijar. Ele disse que também estava com a bexiga cheia e que, alguns quilômetros à frente iriamos parar em um bom posto. Em dado momento, no meio de uma das histórias, ele parou de falar, pois estávamos no meio de um congestionamento. Deveria ter acontecido algum acidente à frente. ´-

Pelo rádio, foi informado que eram detonações de rochas e, que demorariam cerca de uma hora, mas o trânsito continuaria a fluir em meia. O calor estava insuportável, não havia ar condicionado no caminhão. Estávamos ambos só de bermuda, sem camisa. Meu tio exibia o peitoral largo, negro de pelos, parecia um tapete. Óculos de sol. E o suor escorrendo. Ofereci mais água da garrafa térmica, mas ele disse que se bebesse mais um gole se mijava todo. Acendeu um cigarro, e tentava relaxar. Aí então ele teve a ideia: - Fred, debaixo do banco tem uma garrafa de água mineral vazia. Pega lá, vou mijar nela e depois jogo fora!

Encontrei a garrafa vazia e estendi a ele. Ele disse que precisaria de ajuda, pois estava dirigindo, com trânsito lento a meia-pista, e ainda fumando. Tirei a tampa da garrafa, enquanto ele, com uma mão, abriu a bermuda e tirou a jeba pra fora. Era um bom cacete, acho que até maior que o do meu pai. Estava meia bomba, talvez pelas putarias que acabávamos de falar.

Segurei a garrafa entre suas pernas, tentando encaixar, em vão, a cabeça do pau na entrada da garrafa. A cabeça do pau era bem maior e jamais iria caber naquele buraco minúsculo. Com uma mão ele segurava o pau, e a outra tentava dirigir, segurando o cigarro entre seus lábios e fartos bigodes. Sem avisar, soltou o primeiro jato, que não acertou o alvo, molhando minha mão.

Decidi mudar a estratégia, de forma surpresa para meu tio, segurei a jeba dele com uma mão, e a garrafa com a outra. Direcionando o jato para a garrafa. Ele relaxou e rapidamente encheu a garrafa com um jato forte, espumoso. Ouvi seus gemido de prazer e o comentário: - Guri, que tesão, melhor que isso só uma foda!

O meu pau estava estourando na cueca, mas procurei esconder o que estava sentindo. Quando ele acabou de mijar na garrafa, tapei-a, para me livrar no primeiro posto em que pudéssemos parar. Confesso que senti um tesão danado, segurando aquela garrafa com mijo quente em minhas mãos.

Cerca de uma hora depois, conseguimos chegar ao tal posto. Ele estacionou o caminhão e foi verificar combustível, pneus e outros itens. Eu fui ao banheiro me livrar da garrafa e aliviar minha bexiga também. Entrei no reservado com a garrafa na mão, tirei meu pinto adolescente e mijei. Ao lembrar que segurei o pau do meu tio, fiquei de pau duro novamente, interrompendo meu mijo. Destapei a garrafa e comecei a despejar o mijo do meu tio no vaso, e no meu próprio pau. O cheiro do mijo dele, misturado ao cheiro de sebo do meu pau me deu um tesão indescritível. Foi a melhor punheta da minha vida. Gozei fartamente, enchendo a mão. Lambi cada gota da minha porra, misturada ao mijo do meu tio.

Tentei lavar o pau na pia do banheiro, e seguimos viagem.

Comentários

22/10/2016 17:57:50
10
03/10/2015 22:51:42
Maravilhoso!
03/10/2015 02:50:40
ok bom vlw msm..?
02/10/2015 14:15:41
Finalmente consegui ler esse conto, rsrs, toda vez que clicava no link dava erro.
02/10/2015 00:51:58
Quase não consegui ler e agora que li queria mais, faz os contos mais longos por favor.
01/10/2015 23:45:24
Legal
28/09/2015 21:16:40
Muito bom!
28/09/2015 17:49:32
muito bom 10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eroticos ganhei um boquete no pokerdei para um pauzudo e quase morribranquinha de cabelo preto baby doll da buceta inchadadivididu u casete nu boketeMinha esposa disse pra minha sogra mae agora fica de quatro pro meu marido fuder seu cu virgem voce vai adorar conto eroticocontos eróticos meu cunhado pausudo mi arronbou todos os buracos nora safadas descobri que sogro tem a pica enormemulata safada gosto da vara do roludo e traiuuma mãe vai para o quarto de um filho ainda quando ele ver com p******* abre a sua oxente e chupa o pau dele pornôgaby de touros-rn transandoMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhosComi a garota tolinhaContos novinha bolin d pel titia enquanto o tio dormeXVídeos vídeo nacional e caseiro mulher dormindo sendo acariciada por saiszuando meti a pica na b***** da égua meladinhacontos eroticos menage bicontos eroticos de gemeas rabudas estupradas por mecanico do pau gigantecontos eroticos comi minha irmazinha tati.comquero ver as evangelicas toda nua e peladinha vigen pernas a bertas peito de fora durinhogostosinha abrir a bundinha para o negão para o rapincesto com meu vô contoscontos comendo minha vizinha negra bundudaseduzindo você a bater punhetapornou homem nao aguenta e goza na burcerta da putaflagrei esposa socando vibrador no cu do vizinho novinho contoscunhas de mini saia safadasEm Família: Parte 1 Autor Sr G casadoscontosgarotimha aprendendo bate punheta no papaipervertido passando a mao na bucetinhaporno comeu a etiada que fazia pirasa so de chortinhonovinho vendo o roludo pela janela e ficando loucoxvideo contos sexual espiando atras da portaconto de sexo porno com meu cachorro pastor alrmao fui por racaomithlee pron vidoela gozou mas eu nao parei de chupar a buceta delaxoxota as gordinhas mais tocadas e mais gostosas gordinhas bem feitas discursos e transando e gemendoporno conhecendo minha primagarotinho loirinho de treze anos se descobrindo que e gay e tranza com seu irmãozinhocontos porno gay "meu novo amigo e eu"chupando buseta labefo pasda mso bocsenfiando o dedo na cabacinha delaO vizinho safado do 205x ezibisao de conas frescase já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadorasexo ruiva nu riuxv novinha brinca com cachorro e fica agarrda na picacache:Vk2StliVkE8J:gtavicity.ru/texto/20040419 xvideos loira cabelereira tesuda de mini saia cortando meu cabelo pau duromeu padrasto me comeu e minha mãe participouFelipe e Guilherme- Amor em londrescontos eroticos nunca pencei disperta tesao en outro homem com minha bundajumento racudo comendo xota da mulher zoofiliavidios de cachorro pauzudo emgatado nas novinhas ate o taloporno gay com agente peniteciario sarados e gostosoTHeo eTonnymae icestuosa desabafo de maeputaria brasileira padrastro pegado a força a intiada virgem numca namoroubaixar vídeo pornô pai pega filha comendo o c* dela ela grita de dor pede que não iria estoque o c***** delacontos bulinando minha tetinhafudendo esposa e a mae delaconto*pode estora bolinhas que parecem espinhas na bunda?*eu conto dancei com meu cunhado e senti um p*******porno mirou na buceta e acentou o cumae/chupa pica do filho e engasga pelo narizContos erótico brinquei de esconde esconde e arrombarao meu cuPriscila soca vibrado na bucetacontos sexo anal concunhado concunhadasexo forsado com shortinho jeansconto erótico lambida na buceta calcinha de lado língua tremeucontos eroticos diaristaas gordinha r***** dando o vaqueiro na Fazendaa aula terminou iih eu fiquei na sala na siririca no xvideobocete nu travetiababá da nuvem passageira filme pornôquero ver as mulher tarada caseira com muco cervicalcontos eroticos menino esfolo minha esposavirgens+perdendo+o+cabacao+da+buceta+e+do+cu++virgens