Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Terror na Tailândia 4

Um conto erótico de vileli
Categoria: Homossexual
Data: 09/10/2015 16:48:46
Nota 10.00

Ao abrir os olhos pude perceber que pela primeira vez estava completamente solto sobre a cama, em cima de mim apenas um fino lençol me cobria, abaixei o lençol e a primeira coisa que pude perceber é que o meu corpo estava muito diferente, o primeiro impacto foi ver que eu tinha peitos de mulher, muito bem feitos, quem quer que fosse o cirurgião, tinha qualidade, apesar de nunca ter sido cabeludo, minha pele estava muito lisa e sem pelo algum. e ao invés de estar nú por baixo, trajava uma calcinha minúscula, mais uma vez chorei muito, fiquei muito preocupado ao perceber que meu piru estava totalmente atrofiado, meu saco que outrora era volumoso, estava praticamente para dentro de mim, fiquei pensando sobre a história dos hormônios e percebi que era verdade. Tinha me transformado, os meus braços já não eram mais musculosos e sim finos e definidos, assim como duas pequenas cicatrizes na parte mais inferior das costelas mostravam por onde elas tinhas sido extraídas formando em mim uma típica cintura feminina. Depois do assombro o que veio na minha cabeça foi a fome, meu deus não aguentava mais, resolvi gritar pelo Tong. - Tong, Tong, Tong fiquei pelo menos uns cinco minutos gritando estericamente por ele até que ele mais seu filho ( aquele que eu tinha nocauteado ) e mais uns cinco lutadores de Muay Thai, entraram no meu quarto;Pela aparência, eles tinham acabado de se exercitar pois todos estavam com os corpos suados, Tong, o maior de todos, não falou nada apenas veio em minha direção e abaixou seu short colocando na frente da minha boca, um piru mole e enorme, com um cheiro fortíssimo de suor, na mesma hora todos os outros começaram a assobiar, fiu fiu e falar gracinhas na língua deles. Estava numa situação desesperada, resolvi fechar os olhos,abrir a boca e esperar o pau me invadir, fiquei uns cinco segundos assim e nada, ao abrir os olhos tomei um tapa com toda força na face, e ele em inglês falou, - Puta safada, tá querendo chupar meu caralho, é?, vai ter que passar batom. Começou a gritar em tailandês até que uma outra puta, pensei assim pela roupa que usava, entrou com um estojo de maquiagem e começou a passar um pó no me rosto, sombras nos olhos finalizando com uma batom vermelho. Tong então me ordenou, pegue com a sua mãozinha e capricha pois só vou ter dar leite se for muito boa a sua chupada. Estava arrasado, humilhado mas o instinto de sobrevivência falou mais alto; Sendo observado por todos os lutadores, pela primeira vez na minha vida, boto a mão no piru que não o meu e o coloco na boca, lembrando dos filmes já vistos, tentei caprichar ao máximo para que ele gozasse logo e matasse a minha fome, para o meu espanto em poucos segundo aquela jeba começõu a endurecer e a ficar de um tamanho tão grande, que eu tinha que abrir a boca ao máximo para enguli la,

Os risos e deboches tomavam conta do quarto, o filho de Tong tirou o meu lençól expondo a minúscula tanguinha que escondia o que um dia tinha sido o meu pau, Tong então disse para eu ficar de quatro enquanto continuava a mamar e ordenhar aquela rola a procura de algo para comer ( estava há meses me alimentando por soro), enquanto ficava de quatro os meninos começaram a dar tapas fortíssimos na minha bunda, quando ameacei reclamar, Tong encravou com tudo seu piru na minha boca fazendo eu engasgar, lágrimas saíram dos meus olhos e as gargalhadas foram generalizadas. Tong então disse que só conseguiria gozar se eu deixasse ele enfiar o dedo no meu cu, não estava em posição de aceitar ou não, e foi dessa forma, dedando o meu cú e eu punhetando e chupando sua rola que ele esporrou uma quantidade enorme de semen na minha boca, engoli tudo o que consegui e o que entornou na cama comecei a lamber com um bezerrinho esfomeado. Sem olhar para mim de novo, ele e sua turma deixam o quarto. Eu com um misto de vergonha e tristeza estava pelo menos um pouco saciado, e tive a felicidade de ver uma das enfermeiras entrar no meu quarto com uma bandeja cheia de futas e pães. Apesar de tudo o que tinha passado naqueles minutos agonizantes, estava me esbaldando com a comida.

Tem continuação em breve......

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
04/11/2015 00:12:01
Adorando! Gostei mais ainda porque seu piruzinho continuou, vc não imaginou ter sido castrado, mas só atrofiado. Acho um tesão... O meu é miúdo e queria que ficasse menor ainda...
27/10/2015 16:39:49
Cara envia logo que estou adorando seu conto, muito bom mesmo.
27/10/2015 01:33:27
adorei o conto espero continuaçao...adoraria ser feminizada
09/10/2015 22:14:12
Por favor não demore. Seu conto é D+!!!!!!
09/10/2015 19:02:48
Estou adorando seu conto e espero que escreva a continuação logo.




Online porn video at mobile phone


migre.me/w4IgEEncoxada no transporte público contos eróticoxxx bunda grandeconto em familiacontofudi minha cunhadaContos fui estud fud mãe e filhavideos de sexo filhas gemiase paifesta buctao loucurascontos erotigos desenhos comendo a fazedeira do bumdaonovinhas so gost de negraopornoconto novinha marrenta estrupada pelo irmaosfui encoxada pelo meu genro e n resisti meu marido liberafilhaabre as pernas qie vou te fider gostosogato sarado transa com amiga gostosa ponodoidomulher dançando de vestido curto que pode aparecer a b***** dela pelada cuidar de abaixar vídeo pegadinha baixarcontos primeiro menage rolou ate dpb***** com mais de um palmo de largura no XVídeosExibicionismo em praia de nudismo lotafacontos meu patrao invocou com minha mulher contos eroticosmulher passa muita margarina no proprio cuconto de sexo porno com meu cachorro pastor alrmao fui por racaoporno violento da ruiva doiz homemmeu padrasto me encochava contos eróticos de gayssexo casada dormindo de short Doll deixando escapar a bucetacontos erotico eu moleque vi minha tia amamentando seu bebebrotheragem capitulo 5Continuasao do video porno do pia esfregando na mae video chinescontos eroticos tive q mostrar meu rabao p bandidosaprendendo a ser puta no tapa/contosvideos nacional gritos e gemidps de homens passivos embaixo dos machos caralhudosxvidio porno zelado comi fazedeiraCasal aclimação quer homem para sexo a 3 menage on lineconto porno minha mulher foi ao cabeleireiro depilar a buceta e o cuConto gay viagem Onibus leitodois pauzudo fodendo duas vadias das beradas grosa de cabeça para baixocontos eroticos perdi meu caboca pro meu caocontos pornôs mulheres lindas super gostosas que seus maridos liberaram para dar para seus amigos que tem paus bem grandes maior do que os deles elas adoramporno antigo novinha putinha de calçase esfregando escondida no pau do namorado da maeContos de meninas novinhas que liberaram o cuzinho pro namorado da sua mãe mas não aguentaram a rolacontos erótico evangélica novinhaminha esposa saiu comigo sem calcinha so pra me provocar meus amigosflagga de mulheres deficiente fisica se mastubandocontos porno gay "meu novo amigo e eu"XVídeos pornô padrasto comendo enteada ela me procurou e eu não resisti vídeo brasileirocontos eróticos roçando meu cacetao por cima fa bucetinha da irmanzinhacoroas. de shortinho mostrando os. beicinhos. da chanasexo deixando mae com bunda doendo contotufos familia favela #8sexo na sala fria comendo ela depois de tirar o fio dental boa fodacontos crossdresscontos aiiiii hum aiaialeitinho do papai contos inocenteconto porno lesbico praticando scatcontos uma delicia de vizinha 8aninhosporno. cazano muita no vinhafis vovo me arronbarcontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grandepadrasto promete que vai colocar devagar quando a enteada abre as pernas ele enterra a picabem novinhas e rolaças xxvideosresolvi pornô da Ludmilamorena de 58kg dando a bucetacoroa ponha cao para chupalavidio mae putona se assusta quanto ve que o filho gosou dentro sem camisinhairma ve a outra de caucinha e ker chupar elavídeos sexo gays estrupo vampiro principes dandocontos eróticos eu em casa a sós com tio do meu maridogueixa mijonapornodoidocasal liberal cornocomebuceta irma outra irma prexadoce nanda contos eroticosContos Eróticos De Minha Vizinha Verafilme de sexo com a minha sogra de remédio por meu sogro dormirpassando oleo sabor morango e fazendo boqueticontos eróticos irmao roludo arrebentou meu cabaçonó parquinho perdi o cabacinho contosporno em familiaotário ao extremo contos eróticosContos eróticos gay 'ñ faz isso comigo'Desabafo real de uma mae contos ero cap,IXcontos autorizei minha esposa para fuder com outrosMENiNO TIRAN DO OCHORTESporno. jafaleii nãomeu tio me  Negao esculachando com moleque gostosocontos veridico de incesto marido pego no flagra a esposa ensinando o sobrinho mega dotado a fudecontos eroticos gay dei a bunda dentro do cemitériofazendo a filha chorar de dor sexo anal tv insentoContos eroticos negao fudendo gostoso com a viuvairma durmindo e irmao enfia pinto na boca delanegro favelado em zdkid bengala com meno abuçeta de brazileriapornocaseirogosandodentroandrew arlindo dellavoglio casa dos contosmulher passa muita margarina no proprio cuMinha mulher adora reparar na piroca dos machoscontos eróticos putas da ruacontos montadores cuzinho