Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

MEU PADRASTO ME COMEU INTEIRINHA!

Autor: GISELLE
Categoria: Grupal
Data: 17/11/2015 22:16:54
Última revisão: 08/01/2016 06:29:30
Nota 9.67
Ler comentários (15) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Mamãe é funcionária publica na área de saúde e já faz 5 anos que se divorciou do meu pai.

Durante os dois últimos meses mamãe havia mudado por completo seu comportamento de mulher discreta passando a ser ousadamente sexy, seus vestidos que antes eram abaixo dos joelhos ficaram tão curtos que suas calcinhas se mostravam a toda hora nas cruzadas de suas belas pernas. Dava pra notar perfeitamente que ela estava muito feliz e nem precisava ser muito inteligente pra saber que o motivo de toda aquela alegria era algum macho especial que havia provocado toda aquela mudança.

Mamãe tem 35 anos, 1.70m., loira, cabelos compridos, seios enormes siliconados, coxas grossas e um bumbum todo empinado que era o que mais chamava a atenção dos homens quando ela passava rebolando com suas sandálias de salto.

Com 17 anos e era uma copia quase perfeita de minha mãe, nossos corpos eram bem parecidos e o que nos diferenciava eram meus seios pequenos e os meus cabelos um pouco mais escuros.

Tanto eu quanto mamãe adorávamos nadar e como possuíamos uma pequena piscina de fibra em nossa casa no calor passávamos praticamente o dia inteiro dentro dela ou deitadas nas espreguiçadeiras bronzeando nossos corpos. Como só eu e mamãe usávamos a piscina nos bronzeávamos com calcinha fio dental para que nossas marquinhas ficassem bem pequenas, um triangulo diminuto no bumbum fazendo parecer ser ainda maiores do que eram e na frente só tampava mesmo a rachinha da buceta.

Mamãe mantinha a buceta toda depiladinha, mas a minha era bem peludinha só aparada dos lados pra tirar o excesso.

A busca para manter nossos corpos sempre lindos era constante e super gratificante.

Nas festinhas nas quais era convidada sempre rolava um som legal e como adorava dançar os rapazes me convidavam a todo o momento e não demorava pra começássemos a trocar beijos e se tinha uma coisa que eu gostava era de beijar muito.

Sentir a minha língua se enroscando com outra me excitava demais e apesar de ainda virgem quando algum rapaz mais ousado com pegada me agarrava com vontade me deixava acariciar sem frescura e logo ficava toda meladinha, a calcinha ensopada se enfiava entre os lábios da minha rachinha virgem e sentir meu grelo ser acariciado pelos dedos ágeis dos taradinhos me levava à loucura e toda safada também pegava no pau deles e deixando-os colocarem no meio das minhas coxas. Sentir o calor daqueles paus duros roçando minha bucetinha virgem rapidinho começava a tremer e tinha orgasmos incríveis e molhadíssimos.

Eu era bem safadinha porque não ficava só com um rapaz e bastava algum chegar a mim com atitude que rapidamente estávamos beijando e trocando caricias. As amigas do colégio viviam comentando que eu era biscatinha e pegadeira, mas eu nem dava bola pra esses comentários maldosos e continuava com minha coleção de “ficantes” e cada vez mais a safadeza se tornava mais gostosa. Estava em uma festa quando um rapaz lindo e com cara de tarado me convidou pra sairmos pra fora pra ficarmos mais a vontade e me levou no seu carro estacionado em um lugar escurinho logo estávamos nos pegando com vontade e então o safado me pegou pelos cabelos e foi abaixando minha cabeça entre suas coxas e seu pintão já tava pra fora duro como aço com a cabeça toda babada e todo tarado disse:

-chupa minha rola sua safada gostosa... mama gostoso que vou te dar leitinho quente... chupa sua putinha safada!

Aquele taradinho safado foi o primeiro a tirar o cabacinho da minha boca e nem precisou pedir duas vezes e engoli fundo na garganta aquele pau duro e quente demais. Ele segurava minha nuca sem me deixar tirar a boca e não demorou pra gemer alto e começar a gozar. O safado tinha muita porra guardada dentro do saco porque quase não consegui engolir tudo, mas toda gulosa me esforcei e não deixei escapar nenhuma gotinha daquele leite delicioso. O mais louco foi perceber que também gozei só sentindo o safado enchendo minha boquinha sedenta de porra.

Ser chamada de putinha safada pelos meus ficantes aumentava ainda mais o meu tesão.

Não demorou pro cabacinho do meu cuzinho também ir pro espaço porque ao aceitar a carona de um amigo do colégio ele me levou pra casa dele com uma desculpa qualquer e o safado com seus beijos deliciosos e uma língua mágica me lambendo inteirinha logo me colocou de 4 no sofá e puxando a calcinha de lado socou no meu cuzinho sem dó. Apesar de um gritinho de dor, nem reclamei porque o tesão pegou forte e rebolando gostoso no pinto do taradinho gozei que nem uma louca.

O pinto de quem tirou o cabacinho do meu cu era pequeno comparado com o que tinha tirado o cabaço da minha boca e dois dias tornei a encontrar o safado pintudo e depois de mamar gostoso nele pedi pra ser enrabada e foi uma delicia sentir um pintão fodendo meu cuzinho tesudo.

O cabacinho da buceta permanecia intacto apesar de todo o tesão que sentia os rapazes com certeza ficavam com medo de me arrombar e acabar me engravidando e como eu tinha um bumbum que todo macho adora, empinado, guloso e com marquinha de biquíni bem pequena sempre acabava levando pau no cu quando era pega por algum rapaz.

Mamãe era super liberal e comentava que toda mulher devia aproveitar a vida com muita intensidade e também sabia que tinha uma filha taradinha e biscatinha, eu comentava que adorava trocar de ficantes e não escondia minhas safadezas sempre contando tudo pra ela. A única coisa mamãe frisava é que devia tomar cuidado pra não engravidar dizendo que na gaveta do quarto tinha varias cartelas de anticoncepcionais que ela trazia do posto de saúde que trabalhava e bastava começar a tomar pra se prevenir.

Quando mamãe me chamou dizendo que tinha uma coisa muito importante para conversar comigo já pressenti que a vida da gente ia passar por uma transformação total.

Ela contou que já fazia 3 meses que tinha iniciado um relacionamento com Carlos um homem do jeito que sempre imaginou carinhoso, bonitão, com vida financeira estabilizada, engenheiro que trabalhava para uma grande construtora, que também fosse um sujeito de mente aberta e principalmente macho de verdade pra fazê-la se sentir uma fêmea por completo e que ele passaria a morar em nossa casa porque mamãe toda safada disse que queria dormir de conchinha com o macho dela todo dia.

Lógico que achei estranho ela dizer isso porque vivia falando que depois de ter tido um casamento cheio de problemas e discussões diárias com meu pai ela sempre comentava que sempre arrumava algum macho pra se divertir, mas que nunca mais iria se casar e agora estava mudando de opinião por completo e sorrindo safada disse que mulher sempre muda de opinião e quando conhecesse Carlos, meu padrasto agora, iria me dar razão.

Quando perguntei se eu teria que obedecer meu padrasto como fosse meu pai mamãe sorrindo comentou que já tinha conversado sobre mim com ele e que poderia ficar tranquila que com certeza não iria acontecer nenhum problema mais serio, tudo continuaria como antes em relação a mim.

Depois da conversa com mamãe fiquei um pouco receosa de conviver com meu padrasto, mas minhas duvidas se dissiparam rapidamente quando naquela noite ele apareceu em casa para nos buscar e jantarmos em um restaurante para mamãe me apresentá-lo formalmente.

A campainha tocou e mamãe mandou que eu abrisse a porta e então um moreno alto e forte com um belo sorriso nos lábios me deu três beijinhos no rosto me cumprimentando e disse:

-ué... minha futura esposa me disse que íamos jantar com sua filhinha querida... mas... essa que ta aqui na minha frente ta parecendo mais irmã do que filha... pelo jeito vou ter uma enteada muito gata... vai ser muito bom acordar de manhã e poder tomar café com mulheres tão lindas!

Com certeza aquele homem era um daqueles galanteadores que sabem como conquistar as mulheres e durante o jantar além de muito simpático era divertido sempre contando uma piadinha fazendo a gente rir a todo instante e não tinha como não gostar dele.

Naquela noite quando chegamos em casa mamãe já carregou Carlos pro seu quarto e não demorou nem 5 minutos pra começar uma gemedeira sem fim. Eu não fazia ideia que minha mãe era tão escandalosa quando estava dando a buceta pra um macho e claro que fiquei prestando atenção nos ruídos de sexo quente que vinham do quarto ao lado e quase sem notar meus dedinhos se enfiaram entre minhas coxas e bati uma siririca deliciosa escutando os gozos intensos da minha mãe que se mostrava uma taradinha bem barulhenta.

Como era de costume no verão dormia apenas com uma calcinha fio dental e quando acordei o sol já estava alto, as aulas naquela semana estavam suspensas por causa da greve dos professores e então tomei um banho rápido e coloquei a calcinha que sempre usava pra tomar sol e quando estava saindo do quarto encontrei mamãe também só de calcinha com o protetor solar na mão e ela então sorrindo disse:

-que folga a nossa hein... você... semana inteira sem aula... também tirei uma semana de licença pra cuidar da mudança do meu novo marido... pelo jeito vamos ficar super bronzeadas... loiras douradas maravilhosas!

-é verdade mamãe... que bom que você não vai trabalhar... mas... eu tava pensando uma coisa... o que meu padrasto vai pensar me vendo tomar sol assim... só de calcinha... será que vou ter que colocar um sutiã?

-claro que não querida... não se preocupe com o Carlos... já comentei com ele que sempre tomamos sol assim... ele já trabalhou construindo hotéis em Ibiza na Espanha e também em Saint Martin no caribe... tem praias que pode ficar completamente nus que ninguém se importa... mas me fala o que você achou do teu padrasto... espero que tenha gostado! RSS.

Toda sacana resolvi zoar mamãe dizendo:

-ahhh sim... ele é muito legal sim... gostei muito dele... se continuar assim... vai ser ótimo... mas... acho que daqui pra frente vou ter problemas pra dormir... no quarto ao lado do meu tem uma mulher tão tarada que geme tão alto que até pensei que tava passando mal... de tanto que gemia!

Mamãe então me segurou pelo braço e sorrindo safada me deu um tapa forte na bunda e disse:

-sua safadinha... querendo tirar onda com a minha cara é? Quando tô gozando com um macho gostoso sou escandalosa mesmo... e você do jeito que é putinha e vive trocando de namoradinhos mais do que troca de calcinha tenho quase certeza que deve ser igual ou pior que eu... sua safada!

Caímos em risos e mamãe me contou que Carlos tinha ido ate o apart-hotel onde estava morando buscar suas coisas e ela então foi pra piscina e fui para a cozinha tomar um belo café antes de acompanhá-la na sessão bronzeamento total.

Tomamos sol até quase na hora do almoço e depois de um banho pra tirar o bronzeador da pele pulamos peladas na piscina pra dar umas braçadas e quase em seguida o meu padrasto chegou com o carro e estacionando na garagem bem perto da piscina desceu e sorrindo disse:

-se nesse quarteirão tivesse alguns prédios os vizinhos machos iriam se deliciar com duas gatas lindas nadando peladinhas!

Mamãe saiu da piscina e toda molhada abraçou o novo marido dando um beijo daqueles e sorrindo fez uma brincadeira bem sacana dizendo:

-tá vendo... é só você chegar perto que fico toda molhadinha! Se quiser tirar a roupa e dar um mergulho enquanto eu e a minha filha preparamos o almoço fique a vontade meu querido!

Sem nenhum pudor resolvi sair da piscina e também abracei meu padrasto dando um bom dia e ele beijou meu rosto carinhosamente dizendo:

-bem... acho que vou aceitar a sugestão da minha esposa molhadinha... depois de tirar as coisas do carro e levar para os quartos vou fazer isso pra dar uma refrescada legal.

Mamãe sorrindo disse que iríamos ajudá-lo com as malas e caixas e fizemos isso completamente nuas.

Fomos as duas na frente com caixas e sacolas nas mãos e meu padrasto atrás e quando chegamos ao quarto ele sorrindo disse:

-acho que vou ter que mandar fazer um adesivo com a letra M e outro com a letra F pra não ter problemas aqui nessa casa.

Mamãe sorrindo disse que não tinha entendido porque ele estava dizendo isso e meu padrasto continuou a conversa safada dizendo:

-bem... quando você e a sua filha estão de frente com certeza são bem diferentes... agora pelas costas é facinho de se enganar... e como você sabe que adoro dar uns tapinhas no teu bumbum lindo... vai que eu me engano e a tua filha leva uns tapas sem merecer... se eu colar um adesivo com a letra M de mãe... e F de filha... não vou me enganar nunca!

Caímos em risos com aquela observação sacana do meu padrasto e mamãe toda safada tornou a abraçá-lo dizendo:

-acho que não precisa se preocupar com isso meu querido... pode ter certeza que minha filha merece levar uns tapas... já aprontou muito e nunca levou nenhum tapinha... dizem que quando não apanha quando criança... apanha depois de grande! RSS.

Meu padrasto todo carinhoso me puxou pelo braço e enchendo meu rosto de beijos carinhosos disse:

-pode deixar minha querida... vou tomar cuidado pra não te bater enganado... eu prometo!

Terminamos de trazer as coisas que estavam no carro e fui pro meu quarto colocar uma roupinha pra ajudar mamãe no almoço, mas logo percebi que ia ter que esperar um pouco porque os gemidos começaram intensos e toda safada sai do meu quarto e vendo que a porta do quarto do casal estava entreaberta toda curiosa cheguei até la bem devagar e quando olhei pra dentro pelo espelho enorme da porta do guarda roupas tive uma visão incrível. Mamãe estava de 4 na beira da cama e meu padrasto atrás dela metendo sem dó e quando vi o tamanho da pica que entrava e saia com força da buceta dela fiquei estarrecida. Meu padrasto tinha uma pica descomunal, como aquela só tinha visto em filmes, mas vendo ao vivo dava pra ter a noção exata do tamanho daquilo, grossa, cabeçuda e cheia de veias.

Mamãe toda tesuda rebolava gostoso sendo comida por ele dizendo:

-fode minha buceta meu macho gostoso... arregaça minha buceta... mete... fodeeeeee... come sua puta do jeito que eu gosto... ahhhh deliciaaaaa!

Meu padrasto todo tarado socava fundo e dando uns tapas bem fortes na bunda dela dizia:

-rebola vagabunda... puta gostosa... da gostoso pro teu macho safada tarada... gosta de pau grande né cadelinha de rua... ahhhh... vou deixar essa buceta inchada... delicia de buceta... rebola cadela... safadaaaaaaaaaaaaa!

Que pau era aquele que meu padrasto tinha entre as coxas, minha mãe gemia gritando de prazer e ele aproveitava pra dar uns tapas bem fortes arrancando gemidos mais altos da garganta da safada e depois de alguns minutos os dois gemendo de prazer gozaram deliciosamente.

Gozei que nem uma louca esfregando meu grelo ali na porta do quarto assistindo minha mãe sendo comida pelo meu padrasto pauzudo.

Voltei rapidinho pro meu quarto e pegando a ducha higiênica fiquei esguichando água gelada na minha xoxota que parecia estar pegando fogo.

Enxuguei-me e quando pensei no que iria vestir toda safada coloquei uma camisetinha que mal cobria metade da bunda, nem cogitei de colocar uma calcinha e sai do quarto indo pra cozinha e então encontrei minha mãe com um aventalzinho xadrez curtinho tão sexy que parecia ter sido comprado em um sex-shop e a safada quando se virou de costas também não tinha colocado calcinha e seu bumbum tinha as marcas dos tapas que meu padrasto tinha aplicado nela e logo escutei o barulho do padrasto nadando na piscina e toda safada disse:

-pelo jeito minha querida mãe gosta de apanhar de macho... ta dando pra ver que meu padrasto encheu sua bunda de tapas... ta bem vermelhinha!

Mamãe deu um sorrisinho bem sacana e empinado o rabo disse:

-sacanagem você vê e ouve tudo né sua safada... mas já que você tocou no assunto... adoro levar uns tapas quando tô sendo comida bem gostoso... nem sinto dor... me dá um tesão danado... e o Carlos sabe bater na hora certa... satisfeita agora sua curiosa?

Abracei minha mãe carinhosamente e beijando seu rosto abri o jogo dizendo:

-mamãe... só tô te enchendo... eu quero mais é que você continue feliz e gozando gostoso do jeito que gosta no pintão do meu padrasto... a única coisa é que ficar assistindo vocês trepando e gozando gostoso... ta me deixando completamente taradinha... acho que vou ter que correr atrás de algum ficante pra acalmar o meu tesão!

-que filhinha mais tarada a minha... fica assistindo a mãe trepando com o macho dela... sua safada... mas do jeito que o Carlos é tarado e eu também... com certeza vai acontecer mais vezes... mas... acho que minha filhinha é bastante safadinha pra se importar com isso!

-mamãe... vou confessar uma coisa... eu adorei... gozei que nem uma louca assistindo você sendo comida pelo pintão enorme do meu padrasto... nossa... como você aguenta tudo aquilo na buceta... deve entrar rasgando... nossa... ele parece um cavalo!

Mamãe deu uma gargalhada safada e disse:

-pode ter certeza que quando você experimentar uma rola como a do Carlos do jeito que eu sei que você é taradinha vai aguentar tudo e pedir mais... quando mais eu dou pra ele... mais quero dar... coloquei esse avental erótico só pra deixar ele mais taradão... o safado é cheio de fetiches... adora coisas diferentes... e eu também!

Toda curiosa quis saber mais e perguntei:

-ahhh... conta mais mamãe... quero saber dessas safadezas diferentes... não me deixe curiosa... conta vai!

-tá bom... já que ta querendo saber... vou contar: outro dia fui procurar o Carlos e ele estava na sauna do apart-hotel e quando cheguei lá me mandou entrar no local... tinha 5 homens... eles estavam enrolados em toalhas... o safado começou a me beijar e quando me dei conta ele tirou meu vestido e me comeu na frente de todos eles... o pior é que adorei ter feito isso... eu dava gostoso pra ele e os outros ficaram pelados batendo punhetas olhando a gente trepando... achei que ele ia me mandar dar pros outros homens!

-nossa... que louco... mas... e ai... o que aconteceu?

-bem... ele não mandou... mas fiquei tão tarada em ter feito aquilo que se ele tivesse mandado eu dava e chupava todos eles... fiquei com vontade! RSS. O safado do Carlos disse pra mim que qualquer dia vai me levar no clube onde ele joga bola nos fins de semana e me fazer entrar no vestiário com os jogadores tomando banho... já pensou eu peladinha no meio de um bando de machos... imagina se eles resolvem me comer... o Carlos é completamente tarado e pervertido... de vez em quando ele para o carro no posto pra abastecer o safado faz eu chupar o pau dele e ainda levanta meu vestido deixando minha bunda toda de fora pro frentista olhar! To adorando participar dessas loucuras... eu sempre fui putinha... quando era casada com teu pai... ele era tão chato que quase toda semana eu dava pra outro macho... só pra descontar a raiva... e depois de separada então... era só me convidar que eu ia pro motel na hora... mas Carlos é muito louco e mais faz gozar como nunca gozei... então eu topo tudo que ele quer fazer!

-que delicia mamãe... nossa... fiquei molhadinha de novo imaginado você fazendo essas safadezas! RSS.

-bem... chega dessa conversa que também tô ficando com tesão e temos que terminar de fazer o almoço... precisamos repor as energias! RSS.

Depois de uns 30 minutos o almoço estava pronto e mamãe me mandou chamar meu padrasto pra almoçar e quando ele saiu da piscina ficando de pé diante de mim e pude olhar seu corpo nu com aquele pauzão enorme dependurado entre as coxas não consegui tirar os olhos, mesmo mole tinha um tamanho ameaçador e então toda safada brinquei dizendo:

-é... olhando meu padrasto assim de pertinho da pra saber por que mamãe geme tão alto... se mole é assim... duro então! Eu achava que grandão assim só existia nos filmes pornôs! RSS.

Meu padrasto pervertido pegando a toalha pra se enxugar sorriu bem sacana, deu uma balançada naquele pauzão mole e disse:

-tua mãe quando viu ele pela primeira vez disse quase a mesma coisa... mas... pode ter certeza que tem maiores que o meu... no time de futebol que eu jogo tem dois negão que a pica deles é mais grossa e um pouco mais comprida que a minha!

Toda safada continuei a brincadeira dizendo:

-nossa... de todos meus “namoradinhos” só dois tinha um pinto de tamanho razoável... os outros eram bem pequenos... realmente o teu é enorme... e mamãe tá gostando muito... nunca a vi tão feliz como agora! RSS.

Meu padrasto se enxugou bem devagar exibindo sua macheza exuberante e então se enrolou a toalha e então sorri dizendo:

-acho que meu padrasto não devia fazer isso... mamãe esta na cozinha com um avental super sexy... sem calcinha com o bumbum todo de fora... eu estava ajudando a preparar o almoço só com essa camisetinha... também sem calcinha... com certeza a mamãe vai preferir você assim... peladão!

O safado então tirou a toalha e passando seu braço sobre meus ombros me abraçou forte dizendo:

-Então vamos minha enteada safadinha... se tua mãe por acaso achar ruim... vou dizer que foi ideia tua! RSS.

Também passei o braço em volta da cintura dele e toda safada disse:

-mamãe vai adorar... ela já me contou sobre as safadezas de vocês dois andam fazendo... vocês são um casal pervertido!

Ele então desceu o braço pelas minhas costas e dando um tapinha de leve no bumbum disse:

-Tua mãe também me contou sobre suas aventuras com seus namoradinhos... você é muito putinha... quase nem acreditei quando tua mãe disse que você ainda é cabaço na buceta... acho isso um crime... putinhas safadas como você já deviam ter levado rola na buceta faz tempo... com certeza você só pegou garotos frouxos... se eu tivesse a sua idade e te pegasse te arrombava na primeira vez!

A safada da minha mãe tinha contado todas minhas safadezas com meus ficantes pro meu padrasto e ele me chamando de putinha safada me deixou toda excitada e senti minha bucetinha virgem ficar molhadinha no ato, ainda mais que o safado espalmou a mão na minha bunda e deu umas apertadas de leve e senti os pelinhos do meu corpo se eriçarem na hora e então chegamos na porta da cozinha e pra safadeza ficar ainda mais acentuada mamãe estava de 4 pegando alguma coisa na parte de baixo da geladeira e meu padrasto todo safado chegou por trás dela a agarrando e todo safado disse:

-encontrar minha esposa linda assim... com esse bumbum se mostrando todinho... isso me deixa louco... acho que o almoço vai ter que esperar... vou querer provar a sobremesa primeiro! RSS.

Mamãe toda safada se levantou e empinando o rabo se deixou encoxar sem se importar comigo ali de pé ao lado da mesa olhando pra eles e disse:

-deixa essa rola gostosa bem calma por enquanto meu taradão... a comida esta quentinha... e estou morrendo de fome... depois eu faço tudo que você quiser... temos a tarde inteirinha pra brincar! Agora vamos almoçar!

Meu padrasto todo safado então disse:

-já que minha esposa ta mandando... vou obedecer... mas a culpada de te agarrar é você mesma... ficar de 4 com essa bunda gostosa de fora... não tem como resistir... você sabe disso sua safada... você faz isso só pra me deixar mais tarado... e tua filha também é culpada... eu tinha enrolado uma toalha no corpo pra vir almoçar... mas... ela me disse que você preferia que eu viesse peladão... resolvi aceitar a sugestão dela! RSS.

-Já que a minha filhinha safada ta cheia de idéias... vamos fazer diferente então... já que meu maridão ta peladão, vou tirar meu avental e ficar nuazinha... minha filha tira a camiseta e vamos almoçar completamente nus... que tal?

Mamãe virou de costas pro meu padrasto mandando ele desatar o nó do avental e em segundos tirei a camiseta e nos sentamos à mesa e o almoço gostoso foi devorado rapidamente, a fome totalmente saciada e em seguida mamãe sorrindo disse:

-bem... quem fez quase todo o almoço fui eu... então quem vai lavar os pratos vai ser minha filha... pra dizer que não vou ajudar... eu enxugo a louça!

Meu padrasto ficou sentado com as mãos atrás da nuca admirando eu e mamãe lavando e enxugando a louça e então todo safado disse:

-que pena não ter uma filmadora aqui pra registrar essa cena fantástica... duas mulheres lindas e completamente nuas lavando pratos... e eu sou um privilegiado de poder assistir isso bem de pertinho... que maravilha!

Nos duas sorrimos e demos uma reboladinha só de safadeza e assim que terminamos o serviço, mamãe pegou o maridão pela mão e puxou-o para seu quarto dizendo que iriam tirar um cochilo depois daquele almoço delicioso e também fiz o mesmo.

A entrada daquele macho tarado e pauzudo na vida da mamãe e por tabela na minha provocou um rebuliço total e quase nem dava pra acreditar em tudo que estava acontecendo e o que iria acontecer. Mamãe sempre foi uma puta mesmo casada com meu pai dando pra outro macho toda semana e depois de separada então dava mais que chuchu na cerca e apesar de ainda cabaço da buceta eu também era uma putinha safada demais e pelo que tinha acontecido nas ultimas 48 horas tudo estava caminhando pra se tornar uma putaria sem fim e eu estava prontinha pra tudo.

Aqueles acontecimentos surreais em nossa casa deixaram minha cabecinha imaginando um monte de loucuras e depois de deitar em minha cama nuazinha apaguei e só acordei bem de tardinha. Depois de um banho rápido sai procurando o casal, mas não encontrei ninguém, eles tinham saído e então fui pra sala assistir um filme e lógico que peguei um pornô que pelo titulo parecia ser bem sugestivo e coloquei pra rodar e deitada nuazinha no sofá conforme as cenas ficavam mais quentes siriricava meu grelinho com mais força.

Já estava no meu terceiro orgasmo quando escutei o barulho do carro entrando na garagem de casa, já tinha escurecido e logo em seguida mamãe e meu padrasto entraram na sala e logo notei a roupa deles cheia poeira como se tivessem rolado no chão e brinquei dizendo:

-se vocês estivessem como a gente fica aqui em casa... peladinhos... não teriam sujado a roupa... era só passar uma água no corpo que limpava! Mas... onde vocês foram pra voltarem assim todos cheios de terra?

Meu padrasto sorrindo foi em direção ao quarto dizendo que ia tomar um banho e mamãe sorrindo sacana tirou o vestidinho ficando nua e disse:

-Já que a filhinha curiosa quer saber... o meu maridão me chamou pra vistoriar a construção de um sobrado do qual ele é o engenheiro responsável e quando chegamos lá, os pedreiros que estavam trabalhando quando me viram de vestidinho curtinho subindo as escadas e mostrando a buceta e as popinhas da bunda... como já te contei o tarado do Carlos adora essas safadezas de ficar me exibindo pra outros machos, como aconteceu na sauna... ele ficou peladão... tirou meu vestido... colocou-me sobre um cavalete e começou a me foder pra todos assistirem, havia 7 machos e eles fizeram uma rodinha pra assistir... mas só que dessa vez os pedreiros tiraram as rolas pra fora e fizeram-me chupá-los enquanto o Carlos me comia a buceta... chupei e bati punheta pra 6 deles... só um não entrou na roda, todos gozaram nos meus seios!

Quase sem perceber minha mão estava entre minhas coxas apertando meu grelinho escutando mamãe contando sua orgia, bem mais quente que a do filme que assisti e toda safada disse:

-mamãe... que delicia... nossa... também queria fazer uma coisa dessas qualquer dia... será que se você pedir meu padrasto tarado me leva?

Mamãe sorrindo bem sacana disse:

-quem sabe... eu autorizo isso qualquer dia... sua putinha tarada... agora me deixe tomar um belo banho que to cheirando porra até na alma!

Mamãe foi para seu quarto e me levantei pra pegar algo na geladeira, estava de boca seca e quando abri a geladeira meu padrasto entrou na cozinha peladão e chegando por trás me segurou pelos quadris sem me encoxar e beijando meu rosto disse:

-é... sou um homem feliz em dobro... dois bumbuns perfeitos sempre a mostra... difícil saber qual é o mais lindo!

Toda safada empinei o bumbum e senti seu pauzão mole se encaixar em meu rego e disse:

-hummm... mamãe me contou rapidinho a safadeza que vocês fizeram agora à tarde... falei pra ela que qualquer dia ia pedir pra você me levar junto numa aventura dessas... fiquei molhadinha escutando ela me contar... quem sabe algum macho de verdade tira meu cabacinho da buceta!

Meu padrasto então puxou meu corpo de encontro ao seu e sua mão deslizou pela minha barriga e em segundos estava entre os lábios de minha bucetinha virgem e bolinou meu grelo e sussurrando nos meus ouvidos disse:

-se a minha enteada putinha fizer por merecer... acho que vou realizar sua fantasia... empina esse rabo e rebola sua putinha safada... deixa meu pau bem duro... sua cadelinha de rua!

Nem precisava mandar meu corpo já era comandado pelo tesão... o safado bolinava meu grelo com uma mão e a outra apertava meus seios, sua boca beijava minha nuca e mordiscava os lóbulos da minha orelha... eu estava quase gozando... o pauzão grosso do meu padrasto enrijeceu em segundos e se alojou entre minhas coxas... o taradão então segurou seu pauzão com a mão apertando ele contra minha bucetinha e passou a movimentar o corpo como se tivesse metendo e bastaram meia dúzia de bombadas entre minhas coxas que gozei tremendo que nem vara verde.

Olhei pra trás e toda tarada sussurrei:

-tira meu cabaço... agora... por favor... eu sei que você e mamãe são dois pervertidos... tenho certeza que ela não vai achar ruim se você me comer!

Ele então sorriu bem safado e me virando de frente me levantou do chão me fazendo segurar em seu pescoço e segurando meu corpo pelas nádegas colou sua boca na minha e me deu um beijo cheio de volúpia e todo macho disse:

-ainda não putinha tarada... calma... que isso vai acontecer na hora certa... mas prometo que vou matar esse tesão sua cadelinha de rua!

Ele foi me soltando bem devagar e meu corpo foi deslizando para o chão e aquele pauzão maravilhoso se alojou novamente entre minhas coxas... minha bucetinha virgem parecia uma lagoa de tanto liquido que escorria dela e então resolvi mostrar que era uma putinha de verdade e me agachando peguei a pica enorme dele e enfiei entre meus lábios e dei umas mamadas deliciosas sentindo o gosto do macho da mamãe em minha boca gulosa e o tesão ficou mais intenso e em seguida ele me puxou pelos cabelos e voltou a beijar minha boca me levando a loucura.

Do jeito que começou a safadeza terminou rapidinho e pegando um copo de suco na geladeira pra mim e uma latinha de cerveja para meu padrasto fomos pra sala e ele se sentou em uma poltrona e eu em outra, o filme pornô continuava rodando, mas eu olhava mesmo era entre as pernas do taradão. Seu pauzão lindo quase que totalmente duro apontava pro teto e logo em seguida mamãe entrou na sala nua e toda safada foi até a poltrona do maridão sentou no colo dele e pegando a latinha de cerveja da mão dele deu um gole e olhando pra mim sorriu dizendo:

-tô adorando estar casada com um marido tão louco como o meu... se continuar assim... acho que vou precisar me alimentar com mais proteínas... gozando do jeito que estou... vou ficar muito magrela... de tanto perder líquidos... por isso minha filhinha podia pegar uma latinha de cerveja bem gelada pra mim... cerveja engorda um pouquinho!

Já que mamãe se mostrava completamente safada resolvi ser ainda mais e me levantando pra atender o seu pedido e sorri sacana dizendo:

-mamãe... acho que se em vez de você deixar os machos gozarem em cima dos seus seios... e gozarem na sua boca... é só engolir tudo... tem bastante proteínas... leitinho quente de macho!

Mamãe deu um risinho safado e retrucou dizendo:

-olha filha... adoro chupar pau... mas... não consigo engolir porra de jeito nenhum... me dá ânsia... nem sei por que não consigo porque eu topo e gosto de tudo no sexo... safadeza quanto mais pesada mais me dá tesão!

Toda safada cheguei mais perto do casal e disse:

-nesse ponto somo completamente diferentes mamãe... eu adorooooo que gozem na minha boca... alias na primeira vez que chupei um pau o rapaz encheu minha boquinha... e gostei tanto que gozei junto com ele... engolia pela garganta e saia pela minha bucetinha! Mas... pensei uma coisa agora... quando vocês forem fazer outra safadeza como fizeram essa tarde... me levem junto... eu engulo toda porra sem frescura!

Fui até a cozinha pegar a latinha de cerveja que minha mãe havia pedido e quando voltei mamãe continuava sentada de costas no colo do meu padrasto só que a puta tarada já estava com o pauzão dele atoladinho na buceta rebolando gostoso bem devagar e quando cheguei perto deles pra entregar a cerveja ela toda safada disse:

-meu maridão tarado me contou que minha filha putinha deu uma mamadas no pauzão dele enquanto eu estava no banho... então eu quero ver você fazer isso bem de pertinho... ajoelha que vou te dar o pauzão dele pra você chupar!

Com um sorriso safado no rosto ela deu uma levantada no corpo tirando aquele pauzão enorme de dentro da buceta e disse:

-chupa sua safada... quero ver se você é tão puta quanto eu... mama na pica do meu macho com o gosto da buceta de onde você saiu... chupa... que eu quero assistir... vadiazinha!

Se mamãe era completamente pervertida eu também não queria ficar pra trás e me ajoelhando diante do casal peguei o pauzão duro como aço do meu padrasto e cai de boca na hora. Mamãe me segurando pelos cabelos forçava minha boca fazendo o pauzão ir fundo na garganta. Meu padrasto taradão gemia alto me chamando de putinha e cadelinha de rua e isso me deixava mais tarada ainda e mamãe toda tesuda tirou o pau da minha boca e voltou a sentar nele rebolando e gemendo de prazer e seu gozo incontido chegou forte. A puta depois de gozar gostoso tirou o pauzão da buceta e enfiou ele de volta na minha boca... que delicia sentir ele todo meladinho entre meus lábios. Meus dedinhos espertos bolinavam meu grelo e rapidinho gozei junto com a safada. Logo percebi que a putaria iria ficar mais quente quando mamãe tornou a enfiar o pauzão na buceta e ela então pegou meus cabelos e puxando meu rosto entre suas coxas sussurrou:

-chupa meu grelo putinha.... lambe a buceta que te fez... quero gozar com a pica grossa do meu macho e a língua da minha filha putinha chupando minha buceta... me lambe sua cadelinha... chupa gostoso minha buceta... quero gozar nessa boquinha gostosa... vadiazinha safada!

Eu nunca tinha lambido a buceta de nenhuma das minhas amigas, mas a da mamãe era especial e fiz o que ela queria... queria dar o prazer que ela tava pedindo e lambi e suguei seu grelo inchado e logo ela começou a se contorcer e gritando alto gozou como uma louca segurando meu rosto prensado entre suas coxas.

Mamãe tremeu tanto que achei que ela estava tendo convulsão e depois de se acalmar um pouco deslizou do colo do meu padrasto pauzudo taradão e toda tesuda voltei a mamar naquela rola grossona. Quando achei que ele ia gozar na minha boca ele se levantou e me pegando como se eu fosse uma pena me colocou de 4 na poltrona e todo tarado disse:

-vou te dar o que você ta querendo sua cadelinha de rua... vou tirar esse cabacinho da buceta sua vadia... puta... safada... ahhh... que delicia estourar cabacinho de vagabunda... bem que tua mãe disse que você tava mais que pronta pra virar puta de verdade!

Meu padrasto já estava com a cabeçona enorme na entradinha da minha rachinha virgem devidamente encaixada e segurando firme meu quadril fincou forte com determinação... em segundo meu cabaço foi rompido e quando comecei a gritar ele já tava inteirinho dentro de mim... parecia que eu tinha um braço dentro do meu corpo... era muito grande e grosso... as paredes da minha buceta lacearam pra acomodar aquele mostro quente. A dor não demorou mais que alguns segundos pra desaparecer e quando meu padrasto começou a meter em mim o tesão incendiou meu corpo e passei a rebolar deliciosamente e toda tarada virei pra trás o rosto e sussurrei:

-me fode seu tarado pauzudo... arregaça minha buceta... quero ser tua puta também... mamãe vai que dividir o macho dela comigo... ahhh... me fodeee!

Meu padrasto era um macho que sabia dominar putinhas taradas com sua rola grossa deliciosa e fodeu minha buceta até me deixar de pernas bambas e então tirando o pauzão da minha buceta arrombada me mandou chupar e segurando minha nuca fodeu minha boca com força e urrando de prazer despejou sua porra quentinha na minha garganta. Gozei deliciosamente mais uma vez e depois disso só um banho gelado pra dar uma acalmada naquela putaria louca e gostosa.

Tomamos banho os três juntos e a safadeza estava apenas começando, tudo ia ficar ainda mais pervertido.

Na continuação desse relato vocês irão saber tudo que aconteceu!

[email protected] WWWWWWWWWWWWW69

Comentários

25/10/2017 00:08:57
Tudo muito bom! [email protected]
09/06/2016 04:26:47
Mais um conto gostoso da Gi. 2 gozadas. 10.
27/12/2015 22:28:46
Razoável.
24/11/2015 13:47:29
Perfeito decidia, adoro seus contos fico com meu pauzao trincando babando de tesao
21/11/2015 02:28:31
Muito massa
19/11/2015 13:10:38
Muito bom, desde o início até o final, continue sem demora.
18/11/2015 19:20:35
Giselle adorei seu conto, parecia estar na presença de vcs. Parabéns esperando a continuação. Beijos
18/11/2015 18:03:12
Que delícia, pqp gozei sem colocar a mão na minha pica. Safada!!!
18/11/2015 17:32:56
gozei gostoso demais lendo seu conto
18/11/2015 16:06:43
Adorei seu conto muito bom espero a continuação
18/11/2015 14:42:28
porra! vc e deliciosa e me deixou doido pra fuder sua bucetinha tambem me add rogerbaiano22cm2hotmail.com
18/11/2015 03:01:45
Adorei a cumplicidade entre mãe e filha. Aguardo ansioso pela continuação!!!
18/11/2015 02:33:06
Show
18/11/2015 00:06:22
Que maravilha de conto!!! Muito excitante
17/11/2015 22:47:48
muito bom nota 9

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


casada aquenta a pica do negao que parece um jumento e corno asisteporno gay de irmaos e primos quadruplomulher amarrada e sendo torturada pica do dotadonegaocontos eu meti meu picao nela sem pena incestoirmalouca pra perdero cabaco pro irmarbrincando escanchada contos pornocontos eroticos a amiga da minha irma rabudavideo porno elas adora fude beijado beijoss de ligua quim deliciaCalcinha cheirosa da filhinhamae do meu amigo gostosavideno swing marido nao permite que metam na esposagata nua aberta na cama bom das macia arrepiada cuzinhos duro meladoloirinha perguntava se fodia gostoso xvideosconto erotico luciene crenteinsesto istorias eroticas pai filas novinasvideo mulher peito duro lavano carro pornofotos de irmanzinhas mais novas provocando seus irmaos e levando pica durQuero assistir filme pornô brasileiro das Panteras a mãe com shortinho bem curtinho e para o banheiro mijar e o filme vai ficar beijando a testa da porta de homem com calcinha fio dentalperdeno as prega saino bosta caseirogemendo e gozando gostosas espirrar esperma longe. porno atitudiporno gay caralhos enterrados na bouca mundobichaincesto com meu vô contoserotico filha da um beijinho neleconto porno minha mulher foi ao cabeleireiro depilar a buceta e o cucontos eroticos arretando novinha na hora da janta na meaa20contos eroticos transei com meu filho gostosoContosveridicos contados por novinhasninfomaníaca viciada em zoofiliaConto erotico: o playboy e o malandroporno rabuda pulando naraporno filha da pro pai e a mae naofala nadaf***** pelos peões da obra contos eróticos gayssubrinha olhando seu tiu nubuceta O Riquinho e o Favelado conto gayleitinho do papai contos gaymeu primo me pegou cagando e comeu meu cuzinho me chamo vanessacontos eroticos vividos por mulheresnegao com pica enorme assusta em despedida de solteiroMulher cagando na calsinhavideo pornogostoso chupar meu amigo na chuvacontos eróticos grátis de meninas mimadaxvideos. buçetá de eguacomo e bom ter um comedor sólido e um marido viadoos melhores vídeos pornôs de cornos a mulher f****** com outro ele fala um monte de besteira para esposa escutarmeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosvideos de sexo bruto gostosa na posiçao que intslei tudoxvídéo homem agarrar a mulher com outro homem e pegar o cu delecontos eroticos cu apertado.da maena zoofilia as cadelas aceita ser fudidaPorno contos incesto mamaes iniciam chupando as bucetinhas de suas filhinhas muito carinhogostosas. culpado roludasensopando o cuzinho com gelurologista conto gayxvideo decks ja jantar filho come a mãe e pai come a filiacontos de cornos revista private 2017contos eroticos vividos por mulheresso videos de xoxotas murchasver instoria de susane .. casadas dando a buceta pra outros homenscontos na despedida de solteira dei pro negao bem dotadofada do sexomulher deu o cu que choroporbo doido escrava cega afoga na bundaencanador comeu a cliente a forca e ela gostourealizei minha fantasia com meu tio e seu amigo negâovideo porno botei meu pau ate as bolas na boca da tiaconto bundonaestrupa filha e confessa yotubevideos de sexo filhas gemiase paicontoseroticos mulher lactante amamentandocontos de mae.putona tarada pela rola do filhocontos eróticos fiz sexo por acaso com minha tianivinha com o pacote em chadinhodotado se a mão no cu da vagabunda tá depositei o pintocontos eroticos com fotos madrinhas coroas com novinhos roludoscontos eroticos de trepadas com tias sacanasesposa descaderada pelo negãoconto erotico aprendendo amar em parte Icunhada safada e a mulher alisando o cunhado caralhudo ,contos e relatos eroticosver video e filme de veterinaria chupano abuceta da e gua na fasendadando com dorbuceta pro pai irmaoComtos namoradas fodidas por velhossexp.conto.mae.filho.comquiz da a bucetinha com 10 aninhos pra mim com 51 anos meti com vontade contosdoce nanda parte cinco contos eroticosmotoqueiro gay passivo contonovinha aser estuprada com padrasto aser disvirginado encuanto dormehistorias eroticas enteado bem dotado fudendo o cu vugem da madraatacontos eroticos chantagiei minha tia e comi elasexo porno eu tava sozinha e meu padrasto foi ate o quarto passa a lingua na minha xereca e ainda jogou toda porra dentronovinho vendo o roludo pela janela e ficando loucocasadinha se esfregando nos homens no elevadoreu gosto eu gostaria de ver uma coroa perdendo a virgindadebucetascontoContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhavidio porno de uma mulher tirando aroupa bem relaadamente para faz xexoCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro autor eduardocontos eróticos de estrupo entrepadrinhos e afilhadacasadoscontos eroticos meu professor me comeu.a contos eroticos/comeu novinha peludinha paguei pra esposa do caseiro pra eu deflorar a filha do caseiro conto erotico