Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Amiga de Colégio pt 2

Categoria: Homossexual
Data: 14/01/2016 02:01:32
Nota 9.78
Ler comentários (11) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

As aulas começariam dali a dois dias, eu fervia de ansiedade. Fiquei boa parte do tempo em casa, mas isso não significa que eu estava sozinha, Luna não largou um segundo do meu pé. Estávamos na minha casa vendo um filme, meu pai tinha ido trabalhar, o silêncio reinava entre nós.

Ela estava com um short curtinho, suas pernas eram lindas, ( perdão acho que não disse como ela é: ela é mediana mais ou menos 1,60, loira de olhos castanhos, nem magra nem gorda)... senti uma vontade imensa de toca las. Minha sexualidade era quase um tabu pra mim, fui criada em cidade pequena, me contive e guardei isso pra mim.

Mais tarde antes do meu pai chegar ela saiu, corri pra cima tranquei a porta do meu quarto e procurei algo sobre lésbicas .. as primeiras coisas que apareceram foram links pra videos. Abri e comecei a assistir a cada beijo e gemido que elas davam meu corpo reagia e eu não sabia como e nem porque mas eu queria estar entre elas. Escutei meu pai chegar, desliguei o computador e corri la pra baixo.

Jantamos e aquilo não me saía da cabeça, depois de algum tempo meu pai resolver ir dormir, achei uma ótima ideia, corri pra cima e voltei a ver coisas relacionadas, durante a noite tive uma visão ampla de tudo, pesquisei, pesquisei, pesquisei e cada vez mais achava coisas. Digo que foi a introdução ao mundo LGBT e quase tudo nele. Dormi com o arco íris na cabeça.

Na manhã seguinte acordei com Luna batendo na minha porta. Iríamos pra escola. Me arrumei, tomamos café e fomos.

Cheguei lá com as mãos geladas, a escola era grande e tinha muitos filhinhos de papai, sem contar que pra mim era outro mundo, era praticamente o triplo de alunos da minha antiga escola.

Luna e eu ficamos na mesma sala, pois eu já havia reprovado um ano. Tinha uns garotos que ficaram mexendo com a gente, Luna ficou toda assanhada. Logo entrou uma professora linda dentro da sala, morena dos olhos castanhos, cabelos curtos nos ombros, corpo perfeito dentro de uma saia dá mesma cor do blazer com uma camisa branca por baixo, aberta deixando um decote discreto, foi impossível não babar.

Seu nome era Patrícia, professora de sociologia, a aula começou e com ela toda a parafernália de apresentação e blá blá blá ... quando chegou minha vez ela me olhou profundamente e disse:

Paty: Seu nome ?

Eu: Liz Suart, 16 anos.

Paty: Nova aqui ?

Luna: É professora veio pra cá não faz uma semana. - gritou do fundo.

Me olhou e sorriu de canto. (Que sorriso encantador)

Paty: Seja bem vinda.

A aula começou e ela ora ou outra me olhava, e eu fingindo que tava estudando.

Os meninos mais velhos do fundo todos babavam nela.

Ela levantou e começou a caminhar pela sala, o silêncio era profundo e só se escutava o barulho dos saltos dela.

Tava distraída pensando, quando ela parou a minha frente e pos as duas mãos sobre as laterais da mesa, ficando cara a cara comigo.

Paty: Precisa de ajuda?

Pude ver os seios salientes no decote bem ali na minha cara, engoli seco e disse:

Eu: O-Obrigada.

A aula correu bem e por diversas vezes troquei olhares com ela, pensei ser coisa da minha cabeça, ela só podia ser casada, ter um marido bonito e tal.

A aula terminou e ela disse:

Paty: O horário de vocês será definido a partir de amanhã, o que significa que nos veremos de novo. Tchau pessoal. - Saiu.

Um menino que sentava do meu lado olhou e disse:

Ele: Seca a baba. - Sorriu.

Certeza que corei na hora, senti minhas bochechas esquentarem.

Ele: Seu segredo está guardado comigo. Sou Lucas. - Estendeu a mão.

Eu: Liz

Lucas: Não precisa ter medo, temos mais em comum do que pensa. - Disse e mostrou uma pequena pulseira de arco íris, me senti aliviada.

As semanas foram passando e eu e Lucas nos tornamos grandes amigos, ele era gay, sabia todos os rolos da escola, me ajudava a me enturmar. Nas aulas de sociologia eu me dedicava ao máximo, e os olhares continuavam.

Era uma terça, estava chuvoso, Tava sentada na cantina com o Lucas esperando a aula começar, distraída até ele me tirar dos meus pensamentos.

Lucas: Eu percebi os olhares.

Eu: Que olhares?

Lucas: Você e a professora de Sociologia.

Eu: Que nada, ela é nossa professora. Deve ser casada com um cara bonito que fode bem.

Lucas: Semanas comigo e olha seu vocabulário. Rs Olha pelo que sei ela é solteira, já dá aula aqui faz uns dois anos e nunca vi ela com homens apenas mulheres.

Eu: Tá insinuando o que ?

Lucas: Que pode rolar uma briga de aranhas ai.

Eu: Não que isso kkk, ela não olharia pra mim, e outra não tenho certeza que sou lésbica.

Lucas: Perai, Como assim não tem certeza ? para tudo você é bv?

Eu: Sou - Falei tímida.

Ele riu muito da minha cara me deixando mais sem graça do que eu já estava.

Lucas: Vou resolver isso. Tenho uma amiga lésbica aqui na escola que pode ficar com você. Quer?

Eu: Hein? Assim tão rápido?

Lucas: Tá com medo de que lindona, são só umas beijocas.

Levantou e saiu quicando pelo salão, alguns minutos depois chegou uma mensagem.

"Sobe aqui banheiro feminino no terceiro piso . Lucas "

Subi, quando cheguei ele Tava na porta, junto com outras duas meninas, catou minha mochila e me empurrou pra dentro.

Lucas: Divirta-se lindona. - Fechou a porta.

Caminhei pelo banheiro escuro e vi uma menina mais adiante. Eu tremia toda. Ela era linda, estava com uma calça jeans escura, tênis, tinha olhos verdes, era bem braquinha, uma boca bem desenhada e carnuda, tinha cabelos castanhos e o sorriso era lindo . Assim que me viu veio na minha direção.

Ela: Oii, sou Júlia amiga do Lucas. - Me deu dois beijinhos e se aproximou.

Me afastei um pouquinho.

Eu: Oi. - Sorri sem graça.

Ela: Lucas me contou que é sua primeira vez.

Eu: Oi?

Ela: - Chegou perto .- Calma - Segurou minha cintura. - Eu mordo mais é só um pouquinho.

Minha respiração ficou forte. Passou a mão delicadamente pelo meu rosto e me beijou, eu seguia seus movimentos, ela explorava cada centímetro da minha boca sugava meus lábios e me dava leves mordidas. Me encostou em uma das paredes, coloquei os braços em volta dos seu pescoço. Logo o sino tocou.

Ela: Até que pra uma iniciante você não é nada mal. - Me deu um selinho. - Espero poder sentir esse gosto novamente.

Eu: - Retribui o selinho. - Também espero.

Saímos e ele me olhou uma cara de deboche. Peguei minha mochila e corremos até a sala . A P. Patrícia já tava la .

Eu: - Parei na porta. - P. Patrícia, desculpe o atraso podemos entrar?

Me fitou séria e depois olhou bem pro Lucas.

Paty: Entrem. - Disse ríspida.

Sentamos e Lucas me olhou e riu, fazendo gestos pra cobrir o pescoço. Olhei na tela do celular e tinha alguns roxos. Não escondi. Escorei na carteira e me distrai.

A aula correu bem, porém Patrícia me olhava friamente, como se eu tivesse feito algo de errado.

As outras aulas vieram e na saída Júlia veio até mim.

Júlia: Me passa seu telefone?

Eu: Ah sim é ***. - Me deu um beijo na bochecha. - Até mais.

Luna chegou por trás já que íamos embora juntas é disse:

Luna: Fica muito perto dela não, dizem que ela é lésbica, você não quer má fama né?

Dei os ombros. Mais na minha cabeça só passava o quanto era gostoso o beijo dela. Logo Lucas chegou e foi com a gente.

Continua.

Oiii gente, tudo bem com vocês ? E ai o que me dizem, estão gostando da história ? E quanto ao outro conto(O Lado bom da Vida) fiquem tranquilas já estou preparando o próximo. Quanto mais comentários mais rápido volto ahhahah Deeh Paiva me deu essa idéia rs. Grande beijoooo!!!

Obs: Perdoem meus possíveis erros, não tive tempo de reler e corrigir. :3

Comentem! :3

Comentários

26/02/2016 11:53:55
Interessante continue..
27/01/2016 23:05:32
Está ótimo!
26/01/2016 21:07:32
Comentar aqui também para dar uma apelada e tudo mais, estou me arrastando pouco, acho que precisa de mais, não é mesmo?! Mal começou 2016 e já estou sofrendo
19/01/2016 00:04:22
uauuuuu! adorandoooo
16/01/2016 23:53:37
Gostei,Continua
16/01/2016 21:14:13
Amando teu conto!
15/01/2016 17:25:33
Tá ótimo
15/01/2016 11:22:41
Preciso mesmo pedir??? Continuaaaa logooooo kkkk
15/01/2016 08:23:58
Continua logo
14/01/2016 12:45:28
Que lindo que esta esse conto *-* Continua logo *-*
14/01/2016 07:05:59
Mt bom

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


conto casada assaltada chora na rola grande e gosamelhoor jeito para chupar um cuzinho pornocontos eroticos de caminhoneiros fudendo homens em posto de combustiveisconto erotico soquei um pau de borracha na minha esposa sem ela percebergostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticoscontos vi uma mulher cagandocasei com um velho brocha mas levo machos pra casa contos eroticosquero ver vídeo de menina virgem dando para homem dotado que arranca vida dela com força como se fosse um estrupo mas esse tipo como se fosse de vídeo vídeo de pornô vídeo de sexo e suas coisas Eu quero ver vídeo da simmae com tesao se masturba aoamamentar filho contos papai adora chupar a minha buceta enquanto fode a nossa enpregadafilho secava tanto a mae que ela resolveu. provocar ele pornocontos eroticos nupcias blogspotmulher convulsiona de tesao no pinto monstrofoto de cafuçu com pau enorme de grosso e cabeçudocdzinhas contos reaisa Ponta Grossa entrou todinha na tabaquinha delakuero.ve.lorinha.mahiha.nupornolangonha conto heterovirgens+perdendo+o+cabacao+da+buceta+e+do+cu++virgenscontos eroticos bucetinha apertadacomtos de maes que bate punheta no filho com seu pesinho calcado em sandalia de saltocontos eroticos casada aguenta 27cm do cacete do vizinho novinhomulher pensa que a amiga é mulher mas é um travesti com um pau bem groso e vai dormi com ela em casa e acaba temo um supresa e transa pornovídeo pornô caseiro sabor chupança buchocontos eroticos de mai traindo eafinha espiando escondidaContos eroticos.de filha ajudando paisimpatia para virar corno mansohistória real irmão bem dotado seduza irmãzinhairma normalista - contos eróticosesposa descaderada pelo negãocontos erotico abusando da irma pequenaas coroa que fumo um maço de cigarro pornômillasissyConto minha vizinha me falou que o marido não endurece maisconto eu meu marido roludo nossos filhos na sacanagemflagga de mulheres deficiente fisica se mastubandofranco e belinha zoofiliapornô sexo garota transando com apitando o quarto deitadacontos exitantes nora tarada passeando com sogro tesudonaugr sexo69 no sofágarotas punhetando incesto onlineContos eroticosPerdendo as pregas bem novinhade Emoções d********* pornô gay pelado com o c* arreganhadoxvidio porno comendo a cunhada de fio dental rocho no banhonovınha transando com ırmaoo garotinho do semáforo contos eróticos reaissou puta e pratico zoofiliaaribjr/escritorela deixando alisar o greloContos de marido revoltado mas ecitado quando pegou esposa chupando outrolazarento do irmao fez sexo com a irma enquanto ela estava deitadavanessinha casada e putinha/quadrinhosconto erotico com crenteela e nossapara foder contoscontos gay limpar a casaconto porno lesbico praticando scatnovinhas.abrir.buzentaxvidio mulher casada para na rua fica vendo medingo do pau muito grande fazendo xixi"meio abertinho" gay contocontos erotico vovô taradosoraia carioca soca com negao picudocontos eróticos da esposa anda na casa de quatro como cadelaComo se escreve “ manda video porno ” em inglesponto não. quebrau. cabaso da vigeamo meu corninhopau grande e grosso porno so com novinhas sendo cruelmente aregacadacontos eroticos picantes camioneiros estuprando putas na estradapornô grátis só contos eróticos sogra cozinhaporno bofou e ficou agaradoajudinha da fucionaria do mercado xvideosporno doido ze buscape transaTio arroba o cu da sobrinha conto eróticoscantos com eroticas tio pirocudo com sobrinhas virgem