Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

onde mora o amor...Cap 4

Autor: Guto
Categoria: Homossexual
Data: 06/02/2016 12:46:13
Nota 9.71
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

neste momento ele voltou a si e me olhou assustado - mano me desculpa eu-eu, o que foi que eu fiz - ele colocou as mãos na cabeça - me perdoa eu -ele me olhou eu não respondi nada me tranquei no banheiro, precisava esfriar a cabeça sobre o que acabou de acontecer no quarto, tomei um banho relaxante sai do banheiro apenas com uma toalha enrolada na cintura, meu irmão estava sentado na cama com as mãos na cabeça olhando para baixo, quando levantou seu olhar vi que ele estava chorando, não falei nada resolvi dar um tempo para ele e para mim, por que talvez sairiamos na mão.

- mano, olha me desculpa eu-eu não queria eu - ele me olhou enquanto eu procurava uma roupa no armário - por favor fala alguma coisa - pediu ele do meu lado, eu apenas o olhei.

- va tomar banho temos um jantar com o papai - falei frio e sai do quarto deixando ele lá parado, fui ao quarto de meu pai e ele estava terminando de se aprontar, parecia estar nervoso - nervoso ?

- muito - respondeu ele me olhando - o que é isso na sua boca? você e seu irmão brigaram? - ele me olhou bravo.

- não foi nada pai, foi apenas um pequeno desentendimento, mas ja resolvemos - menti para ele não ficar me enchendo de perguntas.

- ta bom, mas não quero mais ver isso - falou ele olhando o corte no canto de minha boca - va ali no banheiro pegue na primeira gaveta uma pomada para passar neste machucado - mandou ele eu fui e achei na primeira gaveta e passei, não demorei e logo voltei para o quarto.

- pai, sabe fiquei pensando os filhos dela são um casal de gemeos né - falei.

- sim - respondeu ele prestando atenção e mim.

- eles são parecidos assim como eu e meu irmão? - perguntei curioso.

- sim - ele riu e sentou na cama - eles são parecidos assim como você e seu irmão, só que eles são menino e menina e a unica coisa que muda são os olhos dos dois um é verde o outro é azul, e pelo que eu pude notar Gustavo é meio fechado parece que ele passou por alguma coisa, a dois anos mas sempre quando pergunto para Lais ela prefere não comentar no assunto, já a irmã dele é mais complicada ela fala tudo o que pensa, mas é não de muita conversa assim como o irmão dela, que só fala quando é necessario - falou ele, para um arquiteto ele cairia bem como psicólogo também.

- então eles são timidos? - perguntei.

- não, Lais diz que timidos eles não são - respondeu ele.

- sabe agora fiquei curioso para conhecer eles - respondi.

- não se preocupe voce vai conhecer e espero que se de muito bem com eles - falou ele por fim - por falar nisso estamos atrasados, será que o seu irmão ja esta pronto? - ele suspirou triste, foi quando Alisson entrou todo arrumado no quarto olhando para baixo.

- estou sim - respondeu ele, e olhou para mim e eu olhei pela janela, a chuva não dava trégua.

- então vamos - falou ele nos puxando para irmos a casa de sua namorada, o caminho todo foi um silêncio ninguém tentou falar nada, meu pai a todo momento olhava para nós tentando decifrar o que nós dois tinha pois sempre conversávamos mas hoje estavamos quieto, não demoramos muito e chegamos em uma casa grande e bem iluminada ele parou em frente, descemos e ele tocou a campainha e uma mulher muito simpática atendeu a porta, fomos conduzidos até uma sala espaçosa nela estava uma mulher muito bonita estava em um vestido branco seu sorriso era timido - Lais - meu pai foi ao encontro dela e deu um selinho nela e logo nos apresentou - esses são Alan e Alisson - ela olhou para nós.

- oi,me falaram muito de vocês dois - falou Lais estendendo a mão para nós.

- e o que nós temos que ver com isso - respondeu meu irmão seco .

- filho, por favor - pediu o meu pai.

- tudo bem Adrian - respondeu ela olhando para ele.

- eu sou o Alan - me apresentei sorrindo tentado não deixar o clima pesar.

- prazer Alan, você é muito bonito assim como o seu irmão - ela olhou para meu irmão que sorriu com um ar de deboche.

- será por que somos gêmeos idênticos - respondeu ele bravo, meu pai estava ficando irritado com a atitude de meu irmão,

- soube que você tem filhos - falei e ela sorriu.

- sim tenho e por falar neles - ela olhou para a escada eu acompanhei e quando vi não consegui desviar o olhar - quero lhes apresentar meus filhos Luiza e Gustavo - eles pararam ao lado dela.

- e quem disse que quero conhecer? - meu irmão estava deixando meu pai bravo, antes que ele dissesse algo para repreender Alisson Luiza repondeu.

- pelo que eu estou vendo as porteiras foram abertas - disse ela olhando friamente para meu irmão.

- porteiras? como assim? - perguntou meu pai sem entender,

- hora, cavalo na pista, ou melhor na sala - respondeu ela sorrindo ironicamente - mas tome cuidado, quando você estiver na pista não se atravesse na minha frente pois não sei onde fica o freio e sou capaz de acelerar o carro ao invés de pisar no freio - ela olhava para meu irmão com desdén.

- Luiza chega - pediu sua mãe.

- nossa como ela é perigosa, será que toda essa ameaça é verdade? - o clima estava ficando tenso e desconfortável,

- não é uma ameça. e sim um pequeno aviso - respondeu a garota, seu irmão que não havia dito uma só palavra interviu na conversa dos dois.

- Luiza já chega, e você - ele olhou para meu irmão - contenha-se por favor, não estamos aqui para aguentar insinuações de desagrado, então queira guardar o que pensa para si mesmo ninguém neste resinto esta interessado em seus pensamentos - ele me olhou com um olhar frio - boa noite para você também, espero que seja um pouco diferente do seu irmão - mesmo ele me olhando frio, seu olhar era lindo, aquela azul era como o céu, mas estava sombrio.

- eu..eu.- droga eu estava gaguejando na frente dele, sua irmã me interrompeu.

- o que foi? o gato comeu a sua lingua?- perguntou a irmã dele.

- contenha-se Luiza - ele respondeu antes de mim, com um olhar reprovador a ela.

- quero pedir desculpas pelo comportamento do meu filho, é que ele não esta no seu melhor dia - meu pai tentou contornar a situação.

- tenho boca e posso responder por miim não acha ? - meu irmão estava irritando nosso pai.

- melhor mante-la fechada se for só para falar merda meu querido - lá estava Luiza novamente com sua ironia - para mim já chega não vou ficar em casa tendo que aguentar pirraça de garoto mimado, para mim deu - ela olhou para sua mãe - desculpa eu tentei, estou indo.

- mas Luiza- tentou argumentar sua mãe, mas ela não deixou.

- não mãe, mas nada estou indo vou sair com as meninas, você vem Guto? - ela olhou para seu irmão que, apenas olhou para sua mãe e viu o olhar triste dela.

Comentários

09/02/2016 16:19:03
Excelente ansioso para o próximo capítulo U.u
07/02/2016 00:10:55
UAU. MUITO BOM. APENAS CORRIJA ALGUNS ERROS NA ESCRITA PARA NÃO COMPROMETER O CAPÍTULO E NEM OS PRÓXIMOS.
06/02/2016 14:41:49
Muito bomm..bjs♥
06/02/2016 14:33:48
nossa que foda nao emora pra posta o proximo please to com tanta vontade de ver hasaushu eles nao tem jeito tao parecendo cao e gato uhsauhsha nota 10
06/02/2016 14:03:33
Amei o capítulo! Espero que vc poste a continuação rapidamente, pq tô morrendo de ansiedade pra ler! Abraços!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Prefeito Sandy crentinha s***** metendomulher casada d vicosa mg d calca apertada na bucetacontos eroticos traindo na enchentecontos tatuape primeira bucetapeões de obras para Dudu f****** v******* contos eróticos gaysgozando.na.loirinha francyjapurunga peladaRelatoa erodico de geyse arruda contando como.perdeu a vingidade do.buceta e do.cuzinhoporno rabuda pulando naraContos eroticos adestrando o viadoPenis flacido castrar contoszoofila como faze teu. cachorro te lambe sem t machucarminha irma me pegou batendo punheta e contou pra minha mae acabou que teve que transar comigoarombei minha mae contos eroticos pornocontos eroticos de mai traindo eafinha espiando escondidaContos Eróticos. Dona Verawww.xvideos.bucetaovirgensxvideos cangáceiras eroticaspalavroespornobrasileirasContos de caseiros negros idoso bem dotado comendo cu de patroas brancasbolonhesa fodendo porno doidoXvidio mulher asusta o maridoporno gay com vendedor de pote e portacontos eroticos feminizaçao do garotinho maeBrotheragem - Segunda Temporada - 8porno aaii taduedo seu pau e groso ei fia tudo gosa ladentro eu quero caga sua porrameu neto de 16 virgem contos eroticocomtos de maes que bate punheta no filho com seu pesinho calcado em sandalia de saltoxvidios travestis na punhetas novingasXVI de os foi estuprar a coroa mas ela gostou e gososou gostosoconto homem levando a primeira vez a sua mulher pro protibulo pra se fodidarelatos de casadas que treparam e engravidaram dos seus amantesvídeo de sexo pornô garganta hipertrofiada engolindo monstro hiper dotadoXsvideos bem dotado masturbando no carropilates sacana com minha esposa contocontos eroticos dei o cu pro aluno cadeirantgta faz sexed putaria sessaocoletanias de batidas de pulhetas por mulhreres pra homensfilhinha puta fazendo gang gang com os vizinhos taradolevando pissada ate caga porno doidolevantei o vestido da minha nora contosconto erotico de irmao do meu colegar saradao mim comeu brutalmente gaylesbicas praticantes de lactofilia xvideos hddeflorador de gatinhas taradasler conto erotico de deficienteenfiando o dedo na cabacinha delaporno vedio chupando buceta forçado padrasto sexo forçado direto safado estupro gozando gostosodando na borracharia de beira de estrada contos eróticos gaysUm Anjo Em Minha Vida 25.2(Final)- Casa Dos Contosasxxxxxcomamigas chantageadas depois de furta pornocontos sadomazoquismo estuprosarrando a bundinha da minha filinhaXVídeos novinhas Idelmar negão arrombando tudopadrasto ver a novinha nua e ficabatendo punhetacontos eróticos de loirinha dp interracialcontos pornôs mulheres lindas super gostosas que seus maridos liberaram para dar para seus amigos que tem paus bem grandes maior do que os deles elas adoramconto erotico gay gury chupador de dedopaguei mas gozei gostoso na filha evangelica da empregada minha contosContos eroticos sou uma puta engulocontos eróticos de doutor advogado e clienteXsvideos timida depilando o super dotadoquero ver as evangelicas toda nua e peladinha vigen pernas a bertas peito de fora durinhoso videos de xoxotas murchasconto casada novinha e comida pelo traficante pausudo a forcabuçetacasadaContos mesmo depois de casada meu primo me enrabouGTA da mulher de calcinha o ventilador homem pelado homem pelado homem pelado homem pelado homem peladoRihanna novinha tentando dar o c* virgem para o padrasto mas não aguenta de dois choraamor sexo sem penetrar