Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Minha primeira vez com um amigo de infância

Autor: Joseph67
Categoria: Homossexual
Data: 09/02/2016 22:42:29
Nota 10.00
Assuntos: Homossexual, Gay

Esse conto é real, nele vou contar a primeira vez que estive com um cara.

O meu melhor amigo. Desde que eu era uma criancinha eu passava todas férias na fazenda de um amigo, o Fabrício, o Fabrício é loiro, olhos verdes, um pouco de pêlo, ah é um sorriso muito bonito, o cara tem cara de modelo (eu sou branco, moreno, alto, magro e gostoso, tipo italiano). Sempre tomamos banho de represa juntos (pelados), mas era uma coisa bem normal...coisa de amigo, coisa de homem, também sempre nós masturbavamos juntos no quarto, (mas cada um no seu pau) mas eu nunca olhava pra ele direito. Ele sempre teve namorada e sempre me pareceu bem machista.

Nós tinhamos 21 anos . Até que um dia... estavamos na piscina e eu de sunga, aquele dia eu reparei que ele olhava demais pro volume que meu pau fazia sob minha sunga, eu passei grande parte sentado na borda, e meu pau estava meio inflado,delineando o tecido de lycra e deixando bem visível as curvas do meu membro. Logo em seguida ele foi tomar banho e eu queria entrar junto na banheiro pra fazer a barba, (sempre faziamos isso), mas ele quis fechar a porta e disse que ia tomar banho, então eu fiz cara de sacana e falei, e dai? eu não posso assistir?, ele deu um sorrisão e disse, depois a gente conversa, e fechou a porta. (acho que ele queria bater uma punheta na paz). A brincadeira começou anoite, fomos durmir, todos os homens solteiros durmiam no mesmo quarto, eu, Fabrício, meus dois irmãos e um outro amigo nosso, que sempre ia conosco pra fazenda. Eu e Fabrício sempre demoramos pra durmir, era normal todo mundo durmir e a gente ficar conversando. Então depois que todos já estavam durmindo ele veio até minha cama e cochixou no meu ouvido..."vamos até a sala"... eu achei que ele queria combinar algum susto nos nossos amigos (sempre faziamos isso). Chegando na sala (os dois de cueca) ele senta e fica muito nervoso, travou, não queria falar nada... eu forcei, percebi que ele estava com algum problema (naquela época eu descobri, descobrimos, que um amigo meu de faculdade era gay, e eu continuei muito amigo dele, então Fabrício pensava que eu comia esse amigo)... pensando assim ele tomou coragem e perguntou se eu já tinha transado com caras, disse em queima roupa que não... ele ficou arrasado e envergonhado, para arrumar o embaraço do meu amigo completei..."mas já tive curiosidade"... ele animou-se e disse..." -o que você faz quando essa curiosidade vem?".... " -ah, bato uma punheta, até gozar, aí passa"... " - Tá afim de bater uma agora?" ..." - beleza, vamos" (toda essa conversa foi aos sussuros, uma conversa travada, e com pouco luz porque ele estava com vergonha) ... dito isso, meu amigo libertou o cacete da cueca no mesmo segundo, já trincando de duro e começou a punhetar, eu acompanhei. Ai ele pediu pra eu bater pra ele, fiquei em dúvida, mas ai ele encheu a mão com o meu pau, segurou nele com os cinco dedos e começou a socar uma pra mim, puxava a péle pra cima e pra baixo... com cara de moleque com brinquedo novo, ai me empolgue e peguei na rola dele também... nunca vou esquecer a sensação, era a primeira vez que segurava um pau que não era o meu. Sentia a rola do Fabrício pulsar alegre, ela babava muito e eu achei estranho, porque eu sou sequinho. Soquei pra ele. Eu, bobão, achei que ia ficar nisso. Ele logo quis ir adiante, " -Tem coragem de me chupar"..."-Nem fodendo" ..."- Ah vai! " ..."Só se você me chupar primeiro" ... e ele caiu de boca no meu pau, como se desse o bote, até assustei, ele não tava com nojo nem nada, encheu a boca e ficou me chupando. Ai achamos melhor ir pra varanda. ...Lá chegando já estavamos com as cuecas pelos joelhos os paus balançando duro e era um misto de um chupar o outro e punhetar. Eu tava descobrindo o cheiro e o gosto de pau, o nojo logo foi embora, e ficou só o tesão. Era muito estranho e exitando, conheço o Fabrício desde que nasci, era como um irmão, via ele ajoelhado na minha frente e com meu pau dentro da boca, seus lábios deslizavam sobre meu cacete... Ele engolia um pouco mais da metade (tenho 18 cm), ele não conseguia mais...depois coloquei meu saco na boca dele, e ele delirava, passando meu pau, saco e pentelhos por todo rosto. Em seguida sentei ele num banco e enchi minha boca de novo com a pica dele... era muito estranho, engraçado e exitante, eu olhava no rosto dele, estava extasiado, olhos entre abertos, um sorriso tímido aberto... e eu com minha cabeça entre suas coxas, o pau latejando nos meus lábios, a glande pilando minha garganta e seus pentelhos a alguns centímetros no meu nariz e ele gemendo baixinho, aquele gemido de macho contido. Depois de muito chupação resolvemos gozar, eu fui o primeiro ele virou a bundinha e deixou eu ficar sarrando no reguinho dele... eu tava louco, era a primeira bundinha de homem que eu tocava, pincelava com minha glande fazendo o cuzinho dele piscar louco pra ser penetrado, só coloquei a cabeça, segurava Fabrício pelos ombros, ele com as mãos pra trás guiava meu pau, arranquei de vez sua cueca que não me deixava abrir suas pernas o suficiente para brincar legal... gozei bem no reguinho, depois fiquei espanhando a porra com a mão, acariciando o cuzinho, ele como quem acorda de um transe me vira rapidamente, me coloca numa posição quase de quatro, coloca o pau no meio da minha bunda e começa a bombar (fingindo uma foda), ele tava tentando penetrar não deixei, Fabrício me segurava pela cintura, baforava no meu pescoço e segurava meu pau numa punheta desrítmica...eu sentia sua pelvís roçando em minha bunda, o pau inexperiênte procurando meu reto, deslizou, uuuh, loucura total... ele acelerou a bombanda e gozou na portinha no meu rabo ( pensei que ia ter nojo, mas eu curti, recolhi a porra dele e fiquei cheirando). Não pudemos tomar banho para não acordar a casa (cheia de familiares), nos limpamos meio porcamente, eca... E fomos durmir umidecidos um no esperma do outro. Essa foi a única fez que deixei alguém gozar sobre mim. (acho muito perigoso) No dia seguinte eu fiquei estranhão, ele ficou super normal... tentou brincar comigo e tudo. Um ano depois, nas férias no outro ano, transamos de novo, vou contar num próximo conto. O conto é 100% real, tenho visto o Fabrício muito pouco, mas continuámos os amigos de sempre ( mas não transamos mais, mas de repente!!

Comentários

09/02/2016 23:16:04
Caraca que tesão! Quero ver tu comendo ele e continua logo...
09/02/2016 23:11:36
gostei. conta mais.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


primo entra no quarto da prima incente nova e tira ha calcinha dela dormindo pornofotos de bucetas lusinhas brancas rosadasver contos eróticos de vendi meu cabacinho para um cacetudocomi o cuzinho do valentao a forca contoscontos de sexo com minha tia vaiiii tiaaaconto relatando como nao resisti ao pausud e fez sexocasado tem tesão em mamar cine porno spcontos eróticos meu genro me pegou traindo meu maridovideo de sexo magrinha tentou fugir mas fico imobilizado com o pau gigAnte no cucontos eroticos com padrasto estupro gosteifiadinho dano o cu gritano de dor pra um ttraveste palzudo pormo brasileiro gratestathy ellen contosfui encoxada neste carnaval 2017 contoporque tem mulheres que sentem prazer ao ser.penetrada com o.dedo no anusContos , enquanto eu estava bêbado o malandro tava comendo minha mulhercomo descabaça minha sobrinhacontos dei p meu chefelactofilia porno em sao carlos spcache:PjjgrxSVmoYJ:zdorovsreda.ru/texto/2013011214 pedreiros caminhoneiros e peões de obras c********* comendo v******* contos eróticos gayscontos comendo minha vizinha negra bundudanega tarada por sexo oral e anal de b***** bem lisinha ela tem a garganta profunda engole toda a rola do bem dotado Oimelando buceta com salivafamilias nua praia de nusdemosaenchi for anel sexvinha perdendo a virgindadeporn provocadeitaxvidio patroa provoca so toalha rola nelaAS CARIOCAS PORNO VIOLENTO 2009contos meu patrao invocou com minha mulher contos eroticosContos eroticos incestos a forca netinhassmeu filho mais velho fica excitado ao me ver dando de mamar o bebe.contos me enrabou com straponPorno contos mamaes iniciam suas bonequinhas no incesto todos juntinhos com papais dando leitinhos na camazoofilia cavalo tira sangue e bosta do cu da vadiacontos velho bruto poe no cu sem avisarSoquei fundo o consolo na mamae gostosacontos gays de meninos passivinhos com machos maduros/dando meu cuzinho aos homens desde meninoengolindo porta no ônibus na viageminsesto de filho beijando aboca da mae e fode elaCarinha de Anjo de GTA e mamãe filha da está outro colégio bem longe daquiContos meu pai me comeu com o consentimento da minha maeconto de farra de casadaporno coeividio di hme k toroco disexomulher esfregano boca da buceta na cabeça da picaabraçando por trás incesto relatotendo prazer filhinha youngmulher tira prega do cu do macho com straponpaguei mas gozei gostoso na filha evangelica da empregada minha contosmalandro se asusta com o tamanho da buceta da novinha bebadapornodoido comendo aminha madrasta emcanto eladormircontos eróticos revista privateporno minha esposa chupou o pinto do agiota pra pagar minha dividaate quanto centimetros poso colocar no meu cucontos de mae vadia viciada na rola do filhozoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamenteContos: Mulher casada adora da o cu para o marido, mais antes faz lavagem no intestino.http://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelosou mulher vou confesa que que dormia com meu primo e dei pra ele quando senti que ele tava de pau duro e eu logo mi exciteicontos erotico cm irmasexo com maria mulambo fodavedios sexo na cozinha novos conhadas pau grandes novospiranhona de espartilho e cintacontos eróticos a irmã de minha espoza bunduda e coxudaConto/patroa e empregada na cama amandoContos eroticos minha mulher e minha irma dividiram a piroca enormeconto gay meu colega aceitou da o cucontos sex fui enrrabado na adolescencia e gameiDou o cu para o traficante contos gayminha esposa saiu comigo sem calcinha so pra me provocar meus amigosfiumeporno minisaia encoxada