Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

uma festa qualquer

Autor: it.ga.7583
Categoria: Homossexual
Data: 03/03/2016 21:05:10
Nota -

Tinha 21 anos na época, tinha acabado de receber uma grana do meu pai por ter passado em uma universidade publica (estava quase acabando o curso), então decidi ir morar sozinho, mas precisava antes arranjar um emprego, começaria a procurar depois de algumas semanas, o dinheiro que meu pai havia me dado duraria alguns meses.

Notifiquei meus amigo que iria me mudar, e então unanimemente decidiram:

- vamos fazer uma festaaaaaaaa!!!!

- onde vai ser isso?-perguntei confuso.

- na sua nova casa, onde mais?

- ah s-sim- que aflição que me dera, sequer me mudei e já querem dar uma festa em minha casa, mas não queria ficar mal com eles, afinal, eram meus amigos- claro!!

- por que ficou assim? Algum problema em ser lá?

- nã-não, relaxa, que dia?

- daqui a uma semana, pode ser?

- sim sim, pode ser.

Ia aproveitar este prazo para preparar os moveis que iria levar da casa de meus pais, e só os levaria definitivamente depois da festa, não queria estragar nada.

Demorei quatro dias para arrumar os moveis, mas isso me facilitará muito depois, vou comprar algum moveis simples para a festa, algumas cadeiras, e pronto, tudo arrumado.

No dia seguinte fui a algumas lojas, comprei tudo o que precisava, nada muito grande, assim poderia leva-lo no dia, e minha casa estava preparada.

Finalmente chegou o dia da festa, já tinha bebidas (ate demais por sinal), comida, tudo. Meus amigos chegaram, mas quase tive um infarto, trouxeram com eles mais 40 pessoas no minimo, a casa era grande, não haveria problema, se não fosse pela bagunça, mas ignorei isso, e tentaria aproveitar a festa, apos 1 hora mais ou menos Richard (um dos convidados) tirou um saco com diversas cartelas de LSD e começou a distribui-las pra todo mundo, todos estavam se drogando, inclusive eu, me aproximei de alguém, começamos a conversar, apos algum tempo fomos para meu quarto, e bom, começamos a nos beijar muito, joguei-o na parede, só ali indetifiquei que era um homem, mas não me importava, eu estava chapado, não saberia diferenciar minha melhor amiga da minha avó, forcei seu corpo um pouco mais contra a parede e empurrei suas mãos contra a mesma, continuei beijando-o, que tesão, precisava descarregar, parei de beija-lo e comecei a desabotoar sua camisa, no mesmo instante ele pegou na minha calça e começou a me masturbar por cima dela, e eu alucinado tirando sua camisa, apos tira-la ele começou a desabotoar a minha, o que fez com muita facilidade, pois aparentemente não estava drogado, depois abaixou minha calça e começou a me chupar de uma vez, depois que entramos em meu quarto não havíamos trocado uma palavra, mas ele parecia saber exatamente o que eu queria:

- senta na cama.

- ta bom- respondi com uma voz tremula graças ao efeito da LSD.

Ele continuou a me chupar, e passou o dedo em torno do meu cu, mas sem coloca-lo, peguei em seu cabelo e comecei a forçar sua boca na direção do meu pau, e ele o engoliu, inteiro, que delicia era aquilo, mandei que ele sentasse no meu pau e cavalgasse, e ele o fez, cada cavalgada era como um orgasmo, queria que aquilo durasse muito, tirei-o de cima de mim e o coloquei deitado, então ajeitei meu pau em sua entrada e comecei a penetra-lo, cada vez mais forte, ele entrelaçou suas pernas em volta da minha cintura e começou a colocar um pouco de força, como se estivesse me puxando para dentro dele, eu ia cada vez mais forte, acho que estava machucando-o pois ele começou a morder meu ombro e meu pescoço com muita força, não que eu ligasse, eu estava louco de tesão, só queria gozar logo, ele mudou o lugar de suas mordidas e começou a morder meu peito, aquilo doía, mas eu continuava, queria continuar, queria mudar de posição, então levantei.

Após levantar mandei que ele me chupasse, e ele o fez como eu nunca havia sentido antes, ninguém nunca fizera algo tão bom como ele, ele colocou suas mãos na parte de trás de minhas coxas e começou a arranha-las brutalmente e depois fez o mesmo com minha bunda enquanto me chupava, avisei-o:

- eu acho que vou gozar.

- tudo bem, vou engolir.

Ele continuou a me chupar e suas mãos em minha bunda de forma sutil viraram um dedo invadindo meu anus, depois de alguns poucos instantes eu gozei, gozei como nunca antes o havia feito, seria injusto que tudo acabasse ali, mandei que levantasse, e ele levantou.

Assim que ele estava de pé me ajoelhei e comecei a chupa-lo, queria faze-lo gozar, fiz o mesmo que ele, devagar fui invadindo sua bunda, e depois seu anus, senti seu pau começar a latejar, ele ia gozar, mas eu não conseguiria engolir, então afastei meu rosto e comecei a masturba-lo, ele não demorou a gozar, estava cansado, fui rastejando ate a cama, assim que deitei nela adormeci.

Quando acordei não havia mais ninguém em minha casa, não me lembrava de nada, de absolutamente nada.

Dois hoje em, to muito inspirado esses dias.

P.S: terá continuação desse.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


fazendeira metendo com piao pretovideo sexo de perveção com minha mãemae do meu amigo gostosavidecontos sou lesbica e gosto de scatcontos Diretora de escola adora chupar a rola do vigiavídeo porno de mulher com negrão sedo estrupadas no cu e gozando muitovideocurto brasileiro de corno humilhadoxv homens encoxando em mulheres 2017contos eroticos colega negão estuprando o novinho gaycontos eróticos xingando quando era enrabadafui pago pra dar o cu pela primeira vez hetero , sexo gay amadorContos eróticos de mães evangélicas e filhasarombei minha mae contos eroticos pornoexistem homem com penis mais de 40cmContos eroticos gay emgrachante onfaquero ver a xoxotinha da minha irmã de Lurdinhaconto erótico menina bebê pai e filha puta ninfeta gosta de mamar peituda casete tbmdoce nanda parte cinco contos eroticosincestossexo com animaisContos eroticos seios machucados tio sobrinhacontos incesto mae gtspai pausudo fudeno o cusinho da filhadeixei meu tio chupar meu peito e ele ficou batendo uma no pau dwcontos de sexo com meu pai metiii vaii issoxisvideo.pragas.do.cu.de.casadasContos reais de sodomiamae. gosa pau fillho sentadasem calcinha contosdei a buceta no rio contos eroticosdar e coçar e so começar contos eroticosarrobadapoumponeComo perder o bv comendo o vomito e cagando no ventiladorgay transando de songacontos contos meu marido me arrumou um novinhocontos de esposa puta chupando varias rola na frente d cornocontos heroticos com fugitivosbucetas gosmadasuma diziam que iriam cavalgar pra dar pro seu namorado nomeio do mato sua bucetonacontos eroticos strip poker com minha namorada e cunhadacontos eroticos o magnatamas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?contos erotico da irma batendo punheta no irmao machucadoconto erotico meu padrasto sustentando minha buceta com leitinho desde novinhamarido fazendo covardia com a buceta da esposaespozinha fica bricando com amigo do marido e leva no buceta pica peta gigante e gene de dorconto eurotico academia com o menino bundudocontos eroticos titio flacou eu e meu primo na infanciaseduzida por um estranho contos pornovirei mulher na cama contos wHOMEM FUDENOCADELA em artof zoocomo amasiar um bum-bum super sexotaradao fode esposa na frente da amiga que quer tanbem.compicas monstruosas gozando nas tripasencanador conto gaytransendo cominha conhada dospeitaomorena arregalou os olhos dando cu e gozandojudea. abuceta em estrupocontos porno gay "meu novo amigo e eu"loirinhas da minha região, estou doidinho para acabar com seu sufrimento sexualnnncontosporno gay morros dotados desvirginandoxvidio enfinhei ate otalo e gozei dentrocontos eróticos de sinhozinho comendo escravaBabá velha finge dormir e e emrrabada pelo novinho contos eróticospunheta na infancia com amigoseita crossdresserconto gay "todas as formas de amor"menina 18 cabasom. padato tula dela camadoce nanda contos eroticosprensada no colchão pornsexo com monstroscontos eróticos gays cracudocontos meu filho veio morar comigo e no banho vi seu mega rolao eu queriadescabacei a buceta da crentizinha magrela a fora - contos eroticosconto novinha no celeiro zoofiliazoofilia genicologista enfia alargador na buceta da novia