Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A SEITA

Autor: Dessa16
Categoria: Sadomasoquismo
Data: 23/06/2016 21:04:15
Última revisão: 23/06/2016 23:58:00
Nota 9.00
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi pessoal, vou relatar aqui a minha história... Primeiramente vou me apresentar, meu apelido é Carol, tenho 20 anos, sou uma moreninha baixinha com 1,56m, tenho seios médios e uma bunda que chama atenção dos homens por onde passo (meu corpo é bastante moldado pelo tempo que fico na academia), além disto gosto bastante de pegar sol e tenho marquinhas de biquini que faz os homens enlouquecerem quando me veem peladinha, tudo isso por causa das muitas horas que passo na piscina de casa... Meu pai é um famoso advogado e tem um grande escritório aqui na cidade em sociedade com um grande amigo dele da época de faculdade, como ele defende casos grandes, igualmente ganha grandes participações... Somos bem ricos, temos uma casa grande com diversos quartos, piscina, sauna, muitos empregados.

Minha vida começou a tomar um novo rumo a dois anos atrás, na época eu tinha acabado de completar 18 aninhos, havia entrado numa grande faculdade particular para estudar moda. Eu sempre fui bem patricinha e as pessoas que não me conhecem me acham muito esnobe... E sou mesma, pois sou linda, rica, cheirosa e todos sempre fazem o que eu quero.

Na faculdade eu era colega de várias amigas minha da escola e todas me veneravam... Eu sempre usava elas para conseguir as coisas que eu desejava... Logo no primeiro mês de aulas na faculdade eu fiquei afim de um garoto que cursava administração e eu via pelos corredores entre as aulas... Logo pedi para uma das minhas amigas sondá-lo... Não demorou muito e eu estava de rolo com esse garoto, ele era lindo mas meio lento, eu como sou bem safadinha tinha que tentar acelerá-lo ao meu ritmo... Então, certo dia na faculdade durante um intervalo nos estavamos no beijando e tudo, mas ele ficava tímido e eu estava com fogo aquele dia... Puxei ele para uma sala com materiais de limpeza e já fui me ajoelhando e puxando a bermuda dele para baixo, não demorou e cai de boca na pica dele... Chupei com vontade até ele dizer que ia gozar... Nessa hora baixei minha blusinha tomara que caia e deixei ele gozar nos meus peitos com marquinhas de sol, ele adorava-os... Depois disto voltamos cada um para sua aula e tudo transcorreu normalmente no resto do dia.

Na segunda feira da semana seguinte, ao chegar na faculdade e passar meu cartão na catraca de entrada do prédio, o pessoal da portaria me avisou que tinha um recado da coordenação da faculdade para que eu fosse até a sala deles... Eu achei que meu pai poderia ter atrasado a mensalidade (achei estranho, pois somos ricos... Mas talvez por esquecimento podia ter deixado passar) e fui direto para a sala da coordenadoria... Ao chegar lá me identifiquei e a secretaria disse que era para eu sentar e esperar que logo o Paulo, que era o coordenador, ia me receber... Eu esperei uns 5min e então ela mandou que eu entrasse na sala... Entrei, ele estendeu-me a mão e eu o cumprimentei, o Paulo (ele era muito bem apessoado, com seus 30 e poucos anos) e disse então que eu podia sentar e ficar a vontade que tinhamos que conversar... Eu fui logo dizendo “Olha aqui, se meu pai não pagou a mensalidade foi por esquecimento, pois somos muito ricos... Ele podia comprar essa espelunca!”. O Paulo calmamente me respondeu “Não é isso Carolina, pega aqui o meu tablet e dê play no video!” e me passou o tablet e eu apertei o play... Quando o video começou a rodar, fiquei pasma... Era eu chupando o pau do garoto na sala da limpeza na semana anterior... E o pior, a qualidade era muito boa e não tinha como dizer que não era euzinha que estava no video... Mas não perdi minha soberba e disse “Grandes coisas esse video, eu chupei a pica do garoto mesmo e se mostrar para alguém eu mando meu pai te processar!”. Paulo então levantou-se da cadeira dele, veio caminhando até parar ao meu lado e disse “Carol, Carol... Vc não sabe onde se meteu! Eu conheço muita gente por aí... Inclusive, muitas pessoas que conhecem o seu pai e poderiam usar isso para humilhá-lo e até acabar com a carreira dele! Por isso acho bom vc me escutar bem e colaborar”. Ei fiquei nervosa e assustada, pois realmente ele podia prejudicar meu pai e eu não queria ser responsável por isso e nem que meu pai me visse que nem uma vadia chupando o garoto na faculdade... E acabei dizendo para ele “Ok Paulo, diga quanto vc quer que transfiro para tua conta ainda hj e vc apaga este video”... Ele então riu da minha cara e disse “A patricinha além de arrogante é burra.... Acha que tudo na vida se resume a dinheiro... Vou te apresentar uma nova realidade, que vc aos poucos vai adorar, onde dinheiro não é tudo” e abriu o zíper da calça e tirou a pica pra fora e disse “Vamos patricinha vadia, chupa minha pica que nem fez com o garoto no video!”... Eu estava indecisa, pq não queria prejudicar meu pai... Fiquei meio sem reação e nesse momento ele me puxou pelo cabelo em direção ao pau dele e disse “Vamos putinha, mama logo que não temos o dia todo...”, eu fiquei um pouco excitada com o jeito que ele falou comigo, pois estou acostumada a todos me bajularem, mas ele não... Estava me dando ordens de forma autoritária... Mas fingi que não estava excitada, não queria demonstrar isso a ele... Ele socou a vara na minha boca sem dó e eu sem opção chupei a pica dele... Que por sinal era deliciosa, bem do jeito que eu gosto de mamar, grande e grossa... Depois de um tempo ele mandou eu levantar e arrancou minha roupa, foi fácil pois eu tava de sainha e uma blusinha com a barriguinha de fora, arrancou também minha calcinha e meu sutiã... A hora que ele viu que eu tinha marquinhas de biquini, ficou louco e disse “Nossa patricinha... Vc é uma delicia, melhor que eu imaginava... Vai ser demais fuder vc!” e me colocou em cima da mesa dele de pernas abertas... Eu relutei um pouco, mas ele me lembrava que eu estava nas mãos dele, então me conformei e pensei que se ele me fuder hj, vai me liberar... Ele enfiou a pica na minha bucetinha e começou a bombar, primeiro devagar e depois aumentou o ritmo até que tirou de dentro e gozou nos meus peitos... Ele fechou a calça e me jogou um papel para limpar o gozo dele... Eu me limpei e disse “Agora apaga o video, que vc já teve o que queria!”... Mais uma vez ele riu da minha cara e disse “A patricinha não entendeu ainda... De agora em diante vc me pertence e vou fazer vc pedir pra chupar minha pica todo dia... Pq vc é uma vadiazinha e é isso que vc gosta... Vou te transformar na minha escrava sexual, que eu uso a hora que eu quiser e vc sempre estará molhadinha esperando minha rola! E amanhã já sabe, a hora que chegar na faculdade pode vir direto aqui para minha sala”... Ele falou tudo num tom muito autoritário, fiquei calada... Eu mesma não me reconheci, sempre acostumada a dar ordens, recebendo-as e nem respondendo com desaforos... Saí da sala dele e fui para as aulas que ainda me restavam... Fiquei aérea durante toda a noite, no jantar que meus pais até perguntaram se estava tudo certo, eu disse que sim... Mal consegui dormir pensando nas palavras do Paulo.

No dia seguinte fui para a faculdade normalmente, mas estava pensativa e até meu motorista particular notou e perguntou no caminho se eu estava bem, mais uma vez despistei dizendo que tava preocupada com uma prova... Ao chegar na faculdade fui para a sala da coordenação e ao entrar nela, notei que a senhora que era secretaria não estava presente... Então vi que a porta da sala do Paulo estava semi aberta e me dirigi a ela, bati na porta e escutei “Pode entrar Carol! Eu estava ansioso te esperando...”. Eu entrei na sala, mas estava disposta a acabar com aquela situação... No entanto, ao olhar para ele vi que estava assistindo algo no tablet dele... Ele já foi dizendo “Vem aqui do meu lado patricinha puta... Já viu esse filme?”... Eu me aproximei e quando olhei para a tela vi que era um video do dia anterior, dele me comendo... Já fiquei sem reação novamente, pois eu estava muito mais nas mãos dele agora... Ele ainda sentado disse “Vai lá e tranca a porta, pq hj a tarde vai ser longa...” Eu fiz o que ele mandou, quando estava voltando ele já estava com as calças arriadas e com a pica dura... E foi logo mandando “Vem vadia, vem mamar na minha rola... Que daqui alguns dias vc mesma vai implorar para colocar na boquinha!”... Abaixei e cai de boca, fiquei chupando a pica dele um bom tempo até que ele gozou na minha boca e me segurou pelos cabelos para não tirar a boca... Sem possibilidades, bebi a porra dele... Ele tirou a pica e disse “Isso minha escrava, bebe o leitinho do seu dono”... Depois disso ele recolocou a calça e disse que iamos dar uma volta pelo prédio da faculdade e ressaltou que não gostou da minha roupa, pq estava muito recatada e eu era uma puta e deveria vestir-me como tal... Saimos e ele foi me apresentado o prédio, acho que para ngm estranhar... Ao passarmos pela sala em que eu deveria estar tendo aula, se não estivesse com ele, eu disse essa é minha turma... Ele falou então “Bom saber, Carol!” e foi me empurrando para a sala ao lado, que naquele período estava sem aula... E já foi mandando “Tira a roupa, cadela... Quero ver esse rabo e tuas tetas deliciosos logo!”... Tirei a roupa e fiquei peladinha, ele me pegou pelo braço me levou até a parede que dividia as salas e mandou eu me apoiar na parede, meteu a vara na minha xaninha... Eu estava sendo fudida e escutando a minha professora dar aulas... Ele continuou me comendo até que mandou eu apoiar-me na cadeira da sala e empinar a bunda... Fiz o que ele mandou, pois cada vez que ele falava daquele jeito, eu ficava mexida e excitada... Paulo veio e começou a enfiar o dedo no meu cuzinho, ele não sabia até então mas esse é meu ponto fraco, adora dar meu rabinho... Na hora eu soltei um gemidinho tímido... Ele ficou muito feliz e disse “Só podia, como não imaginei antes?! Uma vadia que nem vc, sua patricinha... Só podia adorar dar a bundinha!”, nem demorou muito e já meteu a vara no meu rabo... Eu fiquei louca e rebolava com a bunda na pica dele... Ele começou a bolinar meu grelinho, o que só aumentou meu tesão, pela primeira vez com ele, eu tive um orgasmo... Paulo gozou dentro do meu cú, tirou o pau e mandou “Vem minha escrava, limpa a pica do teu dono, não deixa nem uma gotinha de porra!”, obedeci prontamente... Depois disso, nos vestimos e ele me disse “Viu?! Tá começando a viciar na minha pica... Amanhã já sabe! Agora vá para a aula!”... Assisti as ultimas aulas e fui pra casa... De noite na hora de dormir, fiquei excitada lembrando e comecei a esfregar minha xainha e gozei pensando na pica do Paulo, mas me assustei pq eu realmente tava adorando ser escrava sexual dele.

No dia seguinte, antes de sair para a faculdade, meu pai me disse que meu motorista havia pedido demissão e que a partir de então eu estava com um novo... Entrei no carro e vi que era um senhor com cara de nordestino, meio turrão... Nem dei bola, tava acostumada a lidar com varios empregados... Então no caminho eu disse para ele que ele podia ir devagar... Ele nem deu bola... Eu então disse “O motorista, vc tem que fazer o que eu mando... Se não vou mandar meu pai te demitir!”... Ele me olhou pelo retrovisor e disse “Cala a boca sua vadiazinha! Seu Paulo mandou eu levá-la rapido que vcs tinham pressa para se ver e mandou tbm vc colocar o presente que tem na sacola ao seu lado”... Minha nossa, de onde esse Paulo tinha tanto poder, conseguiu colocar um motorista para me vigiar... Abri a sacola e tinha um plug anal e um bilhete escrito “Carol minha escravinha, chegue na minha sala usando o presente... pois é um aperitivo para hj”... Eu tava de saia e foi facil de colocar, mas era muito estranha a sensação daquilo enterrado no meu cú... Chegamos na faculdade e quando tava saindo o motorista disse “Vc é uma puta de primeira, dona Carol” e riu... Eu fiquei brava, mas nem respondi e sai, mas tava dificil caminhar com aquele plug enfiado no meu rabo, era muito desconfortável... Fui direto para a sala do Paulo, novamente a secretaria não estava e fui entrando... Ele olhou pra mim e disse “Muito bem minha cadelinha, veio de sainha hj... E o presente, está usando? Dá uma voltinha e levanta a saia”... Eu virei de bundinha pra ele e levantei a saia, ele viu que eu tava com o plug e ficou satisfeito... Levantou e veio até minha frente, colocou a mão por baixo da saia e foi direto na minha xaninha... Viu que eu tava molhadinha e disse “Viu como sua natureza é de escrava obediente? Uma vadia completa, tá encharcada só com o plug enfiado na bunda!” e já completou “Eu disse que vc ia virar minha propriedade e ia implorar pelo meu pau, pois hj se quiser vai ter que pedir... Vc quer?”... Prontamente respondi “Sim, eu quero chupar tua pica e quero ela comendo meu cuzinho!” e comecei a esfregar a bundinha nele... Ele adorou, a pica dele ficou dura que nem pedra na hora... Ele tirou a calça e mandou eu chupar a pica dele, já que eu queria tanto... Nem pensei e já caí de boca e chupei com vontade... Ele então deitou-se na mesa dele e mandou eu sentar com a bucetinha na pica dele... Eu sentei e comecei a cavalgá-lo e meu rabinho tava preenchido com o plug... Até que alguém bateu na porta, congelei na hora... Ele mandou eu continuar cavalgando, eu continuei mesmo preocupada... Ele então mandou a pessoa entrar na sala e como eu estava de costas para entrada, eu não via quem era... Só sei que o Paulo me segurou forte pela cintura contra a pica dele e senti que alguem tirou o plug do meu cú e enfiou um pau, que era menor que o do Paulo, mas mais grosso... Nossa fui a loucura com as duas picas me fudendo, me sentia completamente recheada, uma delícia... Os dois bombaram bastante, eu tive um orgasmo maravilhoso... O Paulo anunciou que ia gozar e mandou eu ajoelhar no chão... Daí quando desmontei de cima dele que vi quem era o homem que tava me currando, era o faxineiro velho da faculdade... O Paulo disse “Deixei ele comer teu rabo, já que vc adora a sala da faxina mesmo!” e riu... Os dois gozaram em cima de mim... Depois disso o Paulo ainda deixou o faxineiro comer minha buceta e meu cú de novo... Enquanto eu só mamava o Paulo... Aquele dia faltei todas as aulas, era o terceiro dia seguido que o Paulo me comia e eu já estava dominada, sem qualquer reação, totalmente entregue ao prazer de ser fudida... Quando estava voltando para casa naquele dia, o motorista empregado do Paulo, disse que o patrão tinha mandado passar em um lugar antes de irmos para casa... Ele então parou em frente a uma loja que não tinha nada escrito na fachada, somente um simbolo estilo o da maçonaria na porta... Aí o motorista disse que era para eu descer e me identificar como a escrava em treinamento do Paulo... Fui toquei a campainha e uma janelinha abriu-se, de dentro dela disseram “Pois não?” Sem saber o que fazer disse com vergonha “Sou a escrava que o Paulo tá treinando” e a porta abriu-se... Um velho gordo e cabeludo disse “O Paulo sempre tem bom gosto, as escravas dele são as melhores e mais safadas... Pode tirar a blusa e sentar ali naquela cadeira que eu já volto!”... Tirei a blusa e esperei... Ele voltou com um monte de instrumentos e disse “Vamos furar esses peitinhos deliciosos hj” e colocou piercing nos meus mamilos, eles eram do tipo argola, não eram grandes, mas tinham um pingente com o mesmo simbolo da porta do local... Mandou eu cuidar para não inflamar e mandou-me ir embora... Eu fui, com dor nos mamilos e sem entender direito...

Continua...

Comentários

20/04/2017 01:05:50
hum! quero te fuder gostoso delicia to esperando vc de pica dura me add [email protected]
28/06/2016 15:04:03
Simplesmente um deleite, seu conto, já vi os outros também e você escreve muito bem, sabe envolver e desenvolver, vi também que como eu, se deparou com o trolzinho desse site que por mais que outros escritores tenham denunciado, nunca foi banido, por isso te convido a postar seus contos no contoerotico.com, pois o site deixa o escritor livre sem avaliações injustas e ainda lhe permite ilustrar seus contos com imagens, novamente achei seu trabalho brilhante e fico agradecido de ter lido meu comentário. sucesso a você!
28/06/2016 09:09:34
Muito bom
26/06/2016 13:19:50
---
24/06/2016 17:45:15
He He k iniciação fantástica gostei.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos de sexo depilando a sogra50 tons de gizbaixinha chupadora de espermaCONTOS EROTICOS DE ZELADOR PIROCUDO COM MORADORA DO CONDOMINIOcontos de sexo as novinhas e os padrinhos picudos com jumentoscontos eróticos minha mãe greludalavano a becetavideo porno padrasto enfiando a mão na buceta da sua enteada com sua mãe do lado sem ela perceberzoofilia cavalo tira sangue e bosta do cu da vadiamuler m as calcinhas lancesda xoxotasnovinha dando.uma segirada na piroca do primo no quartogta em porno doido com um estranhojudea. abuceta em estrupodou o cuzinho mas sofro muito ele tem um pauzaomaes rabuda deu pro filhos e amigos de fio contosx ezibisao de conas frescasXvideos.comcontoscornomunita gozadaevangelicas na zoofilia com cachorroEncoxada no transporte público contos eróticoBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSAporno meu marido adora me ver chupando porra de mendingisconto gay tio e promo safaosContos erotico fazendeira nova seduzindo o caseiro bem dotadovídeo dos anjos guerreiros vídeos pornô sem jeito malmulher flaga sua amiga do rabao uma morena dando o cu para seu marido negao dotado com o penis de 030cm e da tambenhttp://migre.me/w4IgEcalçinha ate amarotada na bucetaamoxoxota gtatia e sua sobrinha fica sozinha em casa e a sobrinha passou a mae na buceta da tia e a tia deixar emfiar a mao detro do stordoce nanda parte cinco contos eroticostabu em familia pai e filha se amando loucamente incesto panterascontos eróticos incestos fudendo a meia irmã filha do meu paiDespertando O Amor em um Brutamontesparte 2: casa dos Contossubrinha olhando seu tiu nucontos eroticos vizinha ladracontos de incesto estava com medo da chuva e dormir com a mamãecomendo cu da sogra da minha sobrinha contosrelatosacanacontos de incesto sograsexo soumenti com corno chupando porra de macho na buceta da esposaapaixonado por um hetero cap 15Fotos de marcelinho carioca nu pirocudogueixa mijonaporno ele e louco pra fuder a tia " depois de tantas punheitas ela deixa foderguris metendocontos eroticos cu apertado.da maecontos eróticos, fatos veridicos com bem dotadomae e filha adoram q irmao gose dentro seus cuVideo porno safada sendo fudida homem rolaque so jeguecontos casal pau inchandovideos de sexo pratoa pegado a enpegada batedo uma xiriricavídeo pornô feito no lixinho para GuarulhosNovinha excitidaSexo menage aclimação casadadando a boceta pro namoradoprimeira vez novoconto erotico proibido pra mim hector e sophiemenina fudedo com xortiu de dormideu pro time todoporque o quando nomoramos os homens ficam pegando na bunda da mulherContos de incesto mãe e filhofazendo empregada gozarhomens metalirgico cacetudpstransei com minha irmana hora do sexo o que pode ser feito com o halls pretocontos de sexo depilando a sogragozei na pica do cunhado do meu marido contoschamou a enfermeira pra cuidar do marido e flagrou trepadacontos de scatvidio gay dando cu gostoso dormir estrupo hugomolhes pela porno vida de meninas de 19 anos contos eroticos casadas arrombadas por pauzudos super grossos e 25 cmcontos erotico amamentei dois garotoscontos eróticos de i****** avô e avó casal junto ensinando netinha f****