Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

A SEITA PARTE II

Um conto erótico de Dessa16
Categoria: Heterossexual
Data: 27/06/2016 22:11:16
Nota 9.67

Olá, Sou a Carol e vou continuar contando a minha história iniciada no conto “A SEITA”... Bem depois que o Paulo mandou o meu motorista levar-me para colocar piercing nos mamilos com um pingente com um símbolo, estilo o da maçonaria, eu fiquei intrigada... Mas apesar disso, não questionei o Paulo... Nos dias seguintes tudo continuava na mesma... Eu chegava na faculdade e ia direto na sala do Paulo mamar a pica dele, mas claro, não sem antes ter que pedir pra chupar a rola dele... Eu estava totalmente submissa a ele, as vezes, eu mesma não acreditava que uma jovem rica e patricinha que nem eu, estava agora sendo escrava sexual... Nunca havia imaginado isto, mas estava adorando ser fudida e humilhada... Eu era outra pessoa, só de entrar na sala dele, minha calcinha ficava encharcada... Depois de umas duas semanas desde que ele me transformou em puta dele.... Ele disse para preparar-me que na sexta feira a noite daquela semana teríamos um evento muito importante, onde eu seria oficialmente escrava dele.

Na sexta feita na hora de ir para a faculdade o motorista disse que o patrão Paulo tinha mandado ele me levar direto a um local afastado da cidade, que o Paulo nos encontraria lá e que era para eu colocar uma venda, pois o local era secreto. Depois de uns 50min andando chegamos... O motorista mandou eu tirar a venda, quando olhei... Nossa era uma casa enorme antiga, parecia um palácio... Ele me levou até uma entrada auxiliar... Lá uma senhora me recebeu e perguntou “Qual seu nome e o nome do seu mestre?”, eu logo respondi “Carol e meu mestre é o Paulo”... Aí ela olhou na lista dela, pegou uma mala e mandou ir até uma sala ao lado para me vestir com as roupas que tinha na mala... Fui, tirei minha roupa e coloquei na mala e vesti as que me deram... Que era tipo um maiô, só que de couro e todo vazado, que deixava minha bucetinha e peitos descobertos, além disto tinha uma sandália de salto alto, uma capa aveludada e uma coleira com uma placa pendurada com o numero #247... Me olhei no espelho antes de colocar a capa e eu parecia uma vagabunda mesmo... Fiquei lá esperando algumas horas... Até que bateram na porta e eu abri... Era o Paulo, ele tirou-me a capa que era amarrada por uma corda no pescoço e me olhou... Ficou satisfeito com o que viu e disse “Falei que te transformaria em minha escrava! Agora sim, vc parece uma puta.. Que me pertence!”, eu não respondi nada e baixei a cabeça... Ele abaixou as calças e mandou eu mamar a pica dele.. Eu cai de boca até ele gozar e bebi todo o leitinho do meu mestre. Ele então disse que a festa estava por começar e que ia terminar de me aprontar... Mandou eu por as mãos para trás e amarrou-as e me cobriu com a capa... Disse que ia me guiar e que era para eu não olhar diretamente para ninguem... Me levou por um corredor e ficamos ao lado de um palco... Até que a senhora apareceu e disse “Pode levar sua puta, Paulo!” e ele foi me levando ao palco... Eu fui de cabeça baixa... Ao chegarmos ele me colocou bem no centro e havia um telão atrás de nós... Dei uma pequena olhada no salão onde estavamos e vi que havia vários homens, a maioria velhos e trajados com roupões... A maioria estava sentado e recebendo uma chupada de alguma garota vestida com o mesmo maiô que eu... Fiquei assustada, pois não sabia do que se tratava, mas por tudo havia o simbolo que tinha no meu piercing.... E todas as garotas tbm tinham-os em seus mamilos... O palco até então estava escuro, mas uma luz acendêu-se sobre mim e o Paulo de uma vez só puxou a minha capa... Fiquei totalmente exposta, com aquele maiô que dava pra ver minha bucetinha e meus mamilos... Eu não conseguia enxergar nada com a luz na minha direção... Vi que o telão passava informações minhas... Dizendo escrava 247, Carolina,18 anos, filha de fulano, estudante da faculdade x, adora ser fudida no cuzinho, pertencente ao Paulo... E começou a passar videos dele me fudendo, minha xaninha, meu rabinho... Depois de uns 10min assim... As luzes acenderam-se e vi que os velhos estavam babando por mim, estava um alvoroço... O Paulo veio até mim e disse “Vamos dar uma volta lá embaixo, minha puta”, prendeu uma guia na minha coleira e foi me levando escada abaixo como uma cadela e eu super exposta com as mãos presas para trás... Enquanto andavamos os velho me olhavam, alguns passavam a mão em mim, mas o Paulo me levava determinado ao fundo da sala onde um homem era chupada por duas escravas... Eu de cabeça baixa, com vergonha daqueles velhos.. Até que ele parou na frente do homem do fundo e disse “Já viu a nova escrava que eu treinei? Essa é uma puta bem obediente!”... O homem veio até minha direção e ficou parado na minha frente... Eu estava curiosa e ergui minha cabeça para olhá-lo, ao encontrar o seu rosto tive uma surpresa... Era o Cláudio, sócio do meu pai no escritório e amigo dele desde a faculdade, fiquei pasma, mas não disse nada... Ele colocou a mão na minha bucetinha e disse “Ah Carolzinha, sabia que vc era uma putinha... nunca me engano! Nunca me deu bola né sua patricinha metidinha?”, ele se referia ao fato de que ele frequenta muito nossa casa, ele sempre vai aos fins de semana com a esposa e o filho pequeno almoçar e pegar uma piscina lá em casa... Sempre dava umas indiretas sem meu pai ver, mas eu nem respondia, só ignorava-o... Não falei nada, mas me excitei com ele me bulinando... Daí ele disse “Quando vi que tinha passado na faculdade do meu amigo Paulo, não tive dúvidas... Logo te indiquei para ser treinada por ele... Que fez um otimo trabalho, pois vc tá toda molhadinha nos meus dedos, uma vadia de primeira... Se seu pai tivesse aceitado entrar na nossa seita a uns 10 anos atrás, ele veria hj como a filinha dele é uma cadela no cio!”... Era isso, agora eu pertencia a seita de escravas desses velhos e tinha a marca registrada que eram os piercings com o simbolo... O Paulo disse pro Claudio “Pode usar minha escrava hj como vc quiser, essa indicação foi certeira... É a escrava mais vadia que já treinei!”... Cláudio me levou pela coleira até uma sala reservada, sentou numa poltrona e abriu seu roupão e não disse nada... Eu como escravinha obediente já sabia o que tinha que fazer... me ajoelhei e fui cair de boca na pica dele... Chupei que nem uma louco faminta... Ele so gemia e dizia “Nossa que vadia bem gostosa... Que boquinha bem treinada!” e segurava minha cabeça movimentando contra a pica dele... Depois de um tempo me levantou do chão e me colocou de 4 na poltrona e foi dizendo “Carolzinha, vou fazer como vc gosta e vou meter só no teu cuzinho!” e enfiou a pica... Eu fui ao paraíso... Ele metia forte e rapido, enquanto seu dedos brincavam na minha bucetinha... Depois de um tempo bombando meu rabo, ele encheu ele de porra e eu gozei que nem uma vadia com a pica dele no meu cú... Ele tirou a pica e me deu um tapa forte na buna e disse “Que belo rabo essa cadelinha tem... Agora vem limpar meu cacete que quero te fuder mais!”... Eu chupei até deixar a pica pronta para outra... Aquela noite foi assim, o Cláudio comeu muito meu rabinho, eu fiquei toda arrombada pela pica dele... Depois disso, me levaram pro quarto de vestir e me deram banho... Fui embora da Seita, introduzida ao mundo dos velhos pervertidos e satisfeita.

No sábado, fiquei o dia todo deitada na minha cama me recuperando... À noite no jantar, meu pai disse que no domingo o Cláudio viria almoçar na nossa casa... Na hora fiquei preocupada, mas pensei que como ele estaria com a esposa e o filho, não ia tentar nada... No domingo na hora do almoço o Cláudio e a familia chegaram e ele me tratou como se não tivesse ocorrido... Fiquei mais tranquila... Depois de almoçar e descansar fomos para a piscina... Coloquei meu biquini super pequeno e fui mergulhar... Todos brincavam e se divertiam, minha mãe e a esposa do Cláudio sentaram a beira da piscina para pegar um sol... Eu fiquei dentro da piscina, mas na borda conversando com elas... O Cláudio brincava com seu filho... Até que uma hora o filho dele se entreteve brincando com meu pai e o Cláudio chegou do meu lado e começou a conversar conosco, tudo certo... Até que sinto a mão do Cláudio na minha bunda... Fingi que nada havia acontecido, mas ele passou enfiar os dedos dentro da minha xaninha... Eu fiquei meio sem jeito e com tesão... Mas tentava tirar as mãos do Cláudio, mas ele não tirava... Tive que fingir que tinha ficado enjoada e avisei que ia para meu quarto... Fui embora e ia tomar um banho, quando entrei no box, o Claudio entrou no meu quarto, invadiu minha suite e adentrou o box... Eu disse “Vc é louco? Sua esposa está lá embaixo”... Mas ele nem quis saber e disse “Carol sua putinha, esperei muito pra te fuder... Agora não quero perder tempo nunca e sei que vadia com é... Deve tá louca pra ter minha pica!”, as palavras dele me acenderam... Ele começou a apartar os piercing dos meus mamilos... Ter dor ser dominada me dava ainda mais tesão... Virei de costas e apoiei as mãos na parede e disse “Cláudio, come meu rabinho, por favor!” toda dengosa... A pica dele dobrou de tamanha e ficou dura que nem rocha... Ele meteu em uma estocada só no meu cuzinho... Bombou forte, puxava meu cabelo e apertava meus peitos, eu tava adorando e indo a loucura... Ele disse que ia gozar e pediu “Vem Carol, bebe meu leitinho todo!”, eu como adorava beber o leitinho dos meus machos, bebi tudinho... Ele secou-se e disse “Escrava 247, vou fuder teu cuzinho toda vez que vier visitar vcs, ok?” e eu respondi “Sim, meu macho... Meu rabinho vai estar sempre esperando a tua pica!”, me deu um beijo e saiu... Depois foi como se nada tivesse se passado... Ficaram mais um pouco e foram embora.

Agora minha vida de escrava está uma delícia... Durante a semana o Paulo, meu dono me fode de todas as maneiras na faculdade... De 15 em 15 dias tem cerimônia da Seita e sou fudida por algum velho de forma dominante... E nos finais de semana em que o Cláudio vem aqui em casa, me fode no banheiro, no meu quarto e fode meu cú, minha bucetinha e minha boca... Eu tô sempre cheia de porra na boca ou no cú... Mas estou muito satisfeita e tenho muitos orgasmos com esses machos todos me dominado e me colocando no meu lugar... Pra mamar um cacete duro!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/08/2016 01:22:42
Adorei o seu conto. Leia os meus e comente, gostaria de saber sua opinião. Também pertenço a uma sociedade secreta...
28/06/2016 15:01:15
Simplesmente um deleite, seu conto, já vi os outros também e você escreve muito bem, sabe envolver e desenvolver, vi também que como eu, se deparou com o trolzinho desse site que por mais que outros escritores tenham denunciado, nunca foi banido, por isso te convido a postar seus contos no contoerotico.com, pois o site deixa o escritor livre sem avaliações injustas e ainda lhe permite ilustrar seus contos com imagens, novamente achei seu trabalho brilhante e fico agradecido de ter lido meu comentário. sucesso a você!
27/06/2016 22:24:26
Que cachorra gostosa!




Online porn video at mobile phone


novinha virgem tora a roupasmostrando s calcinhasexo com mulheres q penden para de da o cu pois ta doendovideos de sexo nora provoca sogro na praia de nudismomeniina lavano abuctaporno.com negao levanta a saia enfia até o saco enche de porrameu bundao esta seduzindo meu filho filmequero ver video da a mulher memesia a buceta o culiteralmente engatada com dogxvideos loira cabelereira tesuda de mini saia cortando meu cabelo pau durogozei na boca dela sem pediranal maduras criadas viuvasContos eroticos seios mordedo forteXvideos as filinhas lerinhafotos de mulheres com camksinhas nas bucetascontos de incesto irmao assistindo tv com a irma novinha e comendo ela abracado por trasmulher crente dando o cu pra dois pedreiro pauzudocriola bumbum gg virgem primeiro anal com dotado gritavídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçaconto erotico gay negao pirocudo maltrata viado brancobaixar vídeos de irmao comendo a buceta linda e gostosa da irma depois que os paissaemviu a irma de fiu dentau e fucuo de pau durofilha um dia essa buceta vai ser minhaseduzida por um estranho contos pornocarolzinha santos e suas amigas trepano no churrascoporno na fazenda porno doido homem chupanto a buceta ate gozartabaixar vídeo pornô mulher fazendo sinal com a mão presa na pia para o homem comer elacomi a minha prima de onze anosconto erotico caseiroqual a função de um corno manso assumidocontos eroticos tentei fugir mas fui estupradacontos eroticos de gemeas rabudas estupradas por mecanico do pau gigantever video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadacasadas sirrricasporno irma tremendo no pau ate o fundovi minha namorada branquinha virgem sendo fodida por um velho pauzudo/contos eróticosConto erotico: o playboy e o malandronovinhas.abrir.buzentaela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafocontosgosandodentrox vidio comtos eroticos flaguei minha avóconto erotico emprestei dinheiro a nora e ela pagou com a bucetavídeos porno em mendigos pede esmolas e a safada dá pra ele a bucetasou evangelica casada mas adoro da o cu pro meu visinho que vivi me comendocunhadacontoeroticokid bengala buraco na paredecomo daesem doer a bucetaminha cunhada me procurou para treparSexoanalsemdorboa foda mastubando com coisasdiferentetalam e pene trAsandoconto erotico gay negao pirocudo maltrata viado brancogaranhão paquerou a minha mulher e levou para o motel vídeo pornô cornosenfiou a sonda contos eróticoshomens gostam de esfregar nos pelinhos da vaginaconto pornpai comendo filha e a sobrinhacontos erotico dei o meu cu a forca pro pedreiro caralhudofudendo a matasrtawww.relato mulher deu cu pro cachorro e ficou emgatada.com.brconto erotico mendiga novinhacontos eróticos sobre cunhadabucetudaporno engoliu a porra e catinou mamanopornoantigonovinha.comgostosa.foi.faser.xixi e.tarado.atacolconto erotico lesbica favelada fode patricinha a forcaporno doido so chupança de buceta. com muita fomebritadeira sem limite xvidecache:wNACedYikXQJ:gtavicity.ru/texto/20170544 esgichada de gala da bucetaensopando o cuzinho com gelcontos tia dando o cu pro sobrinhofrecando a paciencia do brutoS-&-w- Casa Dos Contosfranco e belinha zoofiliacontos eróticos sogra pediu pra ver minha rolaDesabafo de uma mae cap XIcontos eróticos cantada na rua não resisti e traíimagens e videos de coroas tesudas metidas no sexo kente ate esporrar fora e mostrando a cona inchada com labios longosespertinha tentou fugir sem pagar o taxi e teve q fuder - completocomtos eroticos incesto dei minha busetinha ainda sem pelinhos para um velhos muito pausudo e meu irmao descobrio e quis fuder meu cusinhoquero ver vídeo de novinha mostrando a b***** patinho que rola patinho de rola b*****isso papai soca fundoa cinquentona gritava não ia aguentarcontos eu e meu marido fomos no jogo de futebol no onibus dei pro negao eninguem viucontos eroticos filha e pai caminhoneirosogra faminta por sexotransando cm amigo do namorado sem na morado peeceber sexo pornodou o cuzinho mas sofro muito ele tem um pauzaopicas monstruosas gozando nas tripascontos da minha sogra deixando a calcinha pra mim cheiragosto de tomar leite de homemvideo de corno chupado o pau do negam juto com a esposasou encanador sexotransando cm amigo do namorado sem na morado peeceber sexo pornoxvideos rolas chapuletadas gozandoso as piriguetonas gostosa xhamsterchupando a b***** dela e ela chupando meu pau até nós gozarmos juntosbundas maciinhasconto erotico brioco