Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

EU SO QUERIA CONSOLAR MINHA TIA

Autor: GABRIEL
Categoria: Heterossexual
Data: 06/07/2016 22:10:38
Nota 9.56
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Quando aconteceu o que vou narrar, eu tinha uns 23 anos, e era muito responsável.

Minha tia Regina é irmã do meu pai e sempre foi muito divertida, expansiva, gostava de fazer piadas . Confesso que nunca tive desejo pela tia Rê, ela era carinhosa e boazinha comigo e meus irmãos e apenas isso.

Tia Rê sempre foi gordinha. Eu sempre achei ela muito bonita . Na época, ela deveria ter uns 50 anos, embora não parecesse. .Tinha uns 90 quilos, coxas grossas, Peitos grandes, rosto redondo e sempre estava perfumada.

A família era unida, até que Tia Rê começou a ter problemas: ela e o marido começaram a ter problemas financeiros, de saúde, minha tia ficou triste, Sua filha casou-se e foi morar longe, meu avô morreu e meu tio, seu marido, viajava muito a serviço. Acho que ela começou a sentir sozinha. A família começou a se afastar dela.

Menos eu.

Ao contrário, quando aconteceu isso eu procurei me aproximar mais dela.

Um dia, cheguei na casa dela, à noitinha, meu tio estava viajando, como sempre, e eu não fui na faculdade.

Nesse dia, Tia Rê estava bem a vontade com um vestido florido, com um decote discreto, mas que realçava bem seus seios grandes. Não estava usando soutien. Quando sentava, ela mostrava bem suas coxas,

Minha tia estava bem diferente, estava triste, tinha até bebido um pouco, deu prá perceber.

Minha tia começou a falar sobre a família, a reclamar por estar sendo criticada e posta de lado, reclamou da falta de atenção por parte da filha, disse que estava se sentindo sozinha e por fim, começou a reclamar do meu tio..

– Gabriel, aquele desgraçado não me dá atenção, . Hesitou e parou de falar, dizendo: - acho que não devo falar disso com você, afinal você é meu sobrinho, desculpa, você não tem nada com isso.

Não sei explicar porque,mas naquela hora, senti tesão por minha tia, como se descobrisse então toda a beleza dela, ela exalava sexo,nunca tinha observado ela de verdade, o vestido revelador, as coxas grossas, a bunda grande, nesse momento o meu pau estava duro …

Para que ela ficasse mais à vontade, comecei a beber com ela, a contar piadas, falar sobre mim, mas ela continuava triste.

Ela me pediu prá pegar umas fotos no quarto dela, na gaveta. Abri a gaveta e dei de cara com um vibrador, um consolo tamanho médio, era um poste de borracha siliconada em forma de pinto, com todas as veias no lugar.

Vim para a sala com o vibrador na mão. Minha tia ficou vermelha, nunca tinha visto ela constrangida.

- O que é isso?, ela disse

- Eu ri e disse : sabe prá que serve isso, tia ?

- Menino, me respeita, sou sua tia...deixa isso onde estava..

- Vai, tia,responde, prá que serve isso ?

- Não tô com espírito pra brincadeira, Gabriel, deixa isso lá, me respeita, ou vou ficar chateada com você.

Eu continuava a rir e disse :

- Vou te falar, tia, serve prá fazer cosquinha...quer ver vc rir ?

Eu ri, prá disfarçar seu constrangimento.. Sentei-me ao lado dela e fingindo brincar com o pau de borracha, passei pelo seu rosto, fazendo cocegas com aquilo debaixo dos seus braços, ela afastava minha mão, dizendo 'para com isso, menino, to ficando sem jeito' ..

Eu insisti na "brincadeira", segurando a mão dela, passando pelo seu colo, seu braço, Percebi que ela começava a rir, isso me incentivou e eu continuei...

Ligando o vibrador e passando pelo corpo dela..

Ela ria e aos poucos, a brincadeira foi ficando séria. Ela se levantou e ficou andando pela casa e eu seguindo ela, com aquele negócio na mão. Encurralei ela numa parede. Esfreguei o pau de borracha pela sua barriga lentamente e nos seus peitos. Ela tentava afastar minha mão e eu segurava suas mãos e continuava. Desci esfregando o vibrador nas suas coxonas, na parte interna das coxas, Olhei prá ela, já não ria mais, me olhava séria, o olho dela brilhava.

Me disse prá parar, mas eu não obedeci. Segurei as mãos dela e passei o vibrador no meio das suas pernas, chegando com a vibração sobre a calcinha, bem na xoxota.

- Não, Gabriel, ela falou, sou sua tia, a gente não pode fazer isso

- Você é uma mulher muito bonita e muito gostosa

Eu só pensava em ver minha tia louca, queria muito dar o maximo de tesão para ela aquela noite, não pensei duas vezes, comecei a passar aquela cabeça de borracha na entrada de sua bucetinha,

Ela tentava me afastar, mas eu a segurava firmemente, segurando suas mãos pequenas com uma das minhas mãos. Eu tentava beijar a sua boca e ela desviava o rosto e dizia não não, a gente não pode. Eu insistia ..

Daí em diante eu parei de raciocinar e de tentar entender. Beijei seu rosto, chupei o seu pescoço, orelha, Minha tia parou de resistir, mas não me deixou beijar a boca.

Levantei o seu vestido, esfregando a buceta com o vibrador, por cima da calcinha. Ela se traiu e deixou escapar um gemido. Foi a senha para eu tentar beijar a sua boca novamente e dessa vez, enfiei a lingua na boquinha dela e ela chupou, gemendo.

Afastei a calcinha e enfiei o vibrador na xana da minha tia. Voltando a beijá-la, comecei a masturbar ela com a vibrador, primeiramente bem devagar, num vai e vem bem lento, enfiei um pouco e fui girando a ponta do pau de borracha,como a broca de uma furadeira.quase que involuntariamente,o buraquinho se abriu e o vibrador começou a escorregar para dentro. Comecei a girá-lo, a masturbar ela com tesão. Ela gemia e se contorcia, tirei a sua calcinha e ela me deixou tirar o vestido, sem reclamar, e eu não parei de bolinar o seu sexo. Tia Rê me abraçou fortemente, esfregando seus seios fartos no meu peito. eu enfiava a lingua nos ouvidos dela e murmurava "gostosa, tesão, quero te foder".

Ela respondia com gemidos baixos, e se contorcia. Tia Rê puxou minha cabeça para os seios, mamei com vontade, alternando as chupadas, em um e um outro peito;

Senti um tesão enorme com seus mamilos durinhos entre meus lábios. Ela foi se deitando no chão e eu não parei de penetrá-la com aquilo, Eu não cansava de chupar o seu pescoço, lamber os peitões dela e devorar sua boca.

Afastei suas pernas de um jeito que ela ficasse toda aberta prá mim, deixei o consolo vibrando, enfiado nela, passei minhas mãos pelos grandes lábios, ela rebolava nas minhas mãos. Cheguei a lingua no seu grelinho e os movimentos da minha lingua eram acompanhados pelas reboladas dela, chupei o grelinho.

Com a língua fazia movimentos em seu clitóris, ela já estava gemendo mais alto, enfiei mais um pouco e comecei a masturbar e chupar ela ao mesmo tempo, Tia Rê deixou escapar : " me fode !!". Comecei a alternar a boca e o vibrador no grelinho e na xoxota. Enquanto beijava a buceta dela, como se fosse uma boca, pressionava o pau de borracha no seu clitóris,num roça-roça gostoso. As reboladas dela se tornaram mais intensas, Tia Rê estava encharcada de tanto tesão,

Continuei a socar o vibrador com força dentro da sua bucetinha, masturbando seu grelinho com a língua e olhando para os olhos dela eu a chamei de deliciosa, de gostosa, de amor e ela falou que se eu não parasse ela ia gozar logo.

' goza, Rê, quer gozar na minha boca ? goza na minha boca..", Ela empurrou minha cabeça para o meio de suas pernas, como resposta. E eu chupei o grelinho dela com gosto, com prazer e com tesão. nunca tinha visto um clitóris tão duro, ficaria chupando minha tia por horas...

Eu colocava e tirava o vibrador da bucetinha dela, pondo prá vibrar em movimentos suaves, eu queria que ela gozasse sentindo minha língua, então ela quase implorou para que eu não parasse e eu continuei socando com força, cada vez mais depressa e senti ela desnorteada, se debatendo, minha tia Rê gemeu loucamente e começou a se contorcer e senti ela gozando, ela tremia, eu lambendo sua bucetinha toda melada com seu gozo, vi o consolo sendo lançado prá fora da sua buceta, Quando ela não estava mais aguentand e tirou minha cabeça do meio de suas pernas, eu senti as pernas dela tremendo; Ver minha tia Rê gozando na minha boca e no vibrador, me deixou com muito tesão.

Ela ficou estirada no chão, úmida, a pele vermelha, ofegante, nua, gostosa.

Eu estava alucinado de tesão, meu pau tava duro como uma rocha e tudo o que queria era comer minha tia, gozar na sua buceta.. Senti que ela estava preparada prá me dar, mas quando ia comer ela, alguém bateu na porta, fomos interrompidos..

Era a minha mãe, fui abrir a porta minha tia correu para o banheiro..

Disfarçamos como pudemos...

Depois desse dia minha tia se arrependeu e passou a me evitar.fiquei frustrado porque não consegui comer ela como eu gostaria

Comentários

25/02/2017 19:01:18
Excitante mesmo. Ganhou na insistência mas valeu a pena.
24/12/2016 09:11:16
Show de conto, Gabriel. Hmmmm, 23 aninhos. Quer consolar a tia aqui também? Só não quero a tua mãe por perto. Rs. Foi muito gostoso e excitante ler. Adorei. Nota dez. Bjs, Val.
31/07/2016 14:03:46
Muito bom!
08/07/2016 07:05:48
rola gente demenor aeh silvia ?? se rolar me coloca >
07/07/2016 09:28:55
Que boba essa Regina. Melhor do que um consolo frio de borracha é um sobrinho todo tarado com o bilau durinho. A narrativa estava excitante e na melhor parte tinha que aparecer tua mãe para frustrar você e nós leitoras. Pede para ela ler meu conto em que relutei, mas acabei dando para o sobrinho. Clique no meu nome que você acha. Quem sabe ela muda de idéia. Rs. Beijos.
06/07/2016 22:29:58
Isso acontece.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


video porno inedito de mulher gozando descontrolada no vibradormulheres da bunda grande dando cu de bruço pro kid bengalavelhas loucas do hospício dando o cu gostosoporno gey peando priminho pre. adolesente e jovem tanbem xvidiosnovinha virgem tora a roupasmostrando s calcinhacontos de casadas pedindo ao marido pra realizar suas fantasiasporno meti na minha irma com forca e fiz ela pular e gemerdescabacei o cu da minha tiagozada no cu com recuada gayirma durmindo e irmao enfia pinto na boca delahomens chupando gkscontos eroticos estuprada pelo garizoofilia com animais iniciaçaovarias imagens de bucetas e cu aregaadosanythingloira e judiada levando com forca na boca e na bussetaporno safada batendo punheta pro ricardão na cama com o corno dormindo pornoA buceta da minha mãe Reginaincesto ganhando chupada de aniversarioBaixa filme porno aa panteras juliana tranzando na cozimhaalexandres putos poa de calcinhavampiro cumedor de bucetacontos a Loba tarada no analconto erotico minha filha se acidendo eu tive da banha nelasou mulher vou confesa que que dormia com meu primo e dei pra ele quando senti que ele tava de pau duro e eu logo mi exciteicontos pornos comadres morenacontos eróticos san e dean incestodei minha buceta no reformatório fazendeiro me comeu montado no cavalo contos eroticosmulher baita gostosa retocando a maquiagem video pornôdeixo unegao desmarcado goza dentromulheres que nao aguentaram dar o rabo pra bem dotadosvideo de mulher tirando a o sutian ea calsinha ficando subinuacontos eroticos usando camisola pro meu filhocarolzinha santos e suas amigas trepano no churrasconeta sentindo opau du avo duroconto eroticosgemeasolhando a vizinha gostosa de shortinho depois pula o muro e mete a piroca na vizinhaprovoquei meu filho vestindo um fil dental video pornobaixar v caseiro so de morenas da b grandes queimadinhas com marca de biquines de quatro gozando e escorendo p bt com pica toda no cuvidioporno ae menias que xoro no pounão sei Teixeirinha gostosa arrombadaxvideos meu tio dei ou manusearpés chulé contocontos eroticos ele esfolou meu rabinhoporno. cazano muita no vinhacontos eroticos de traição no escurinhoincesto encaixada no colo do pai perto da mamãefiumeporno minisaia encoxadaFui encoxada e iniciada por um roludovideos de mulheres ficando toda impinadinha ao perceber a encoxadaPeituda fasendo sexo pulando so e sexo no you tube sen brusa sen sutian correndocontos eróticos lesbicos strapon putinha vadia vagabunda fudercache:Vk2StliVkE8J:gtavicity.ru/texto/20040419 contos eroticos feminizaçao do garotinho maecontos paimete so no cuZinho da filha de quatro anos a menina gritou muito de dorvarias mulheres nuas no meio da grama mexendo na buçetaconto erótico se masturbando com calca legePorno contos eróticos sexo entre irmaos romance final feliz o filho da minha madrastaMiguel e Vinicius:Entre o céu e o infernoContos eroticos incestos a forca netinhassvideos mais ecitantes de todos os tempos homens peludos de sunga comen e tiram a virgindade de menina e gozam dentro de sua vagina video brasileirosexybemmaisquero ver um filme pornô a mãe transando com filho e a mãe forçando para transar com ele pedindo para o fiscal na b***** dela que ela tá lindacontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitoTonhão transa com sua cadelafis vovo me arronbarContos Eróticos. Dona Veracontos de incestos e surubas esposa com minha cunhada e minha irma nudistas