Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Mallu & Bella parte 07

Autor: Mabel
Categoria: Homossexual
Data: 01/11/2016 19:20:59
Última revisão: 02/11/2016 22:38:54
Nota 10.00
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Por:Bella & Mallu

no capítulo anterior:

Sim, este aqui é nosso vamos quitar ele daqui quatro anos.

Ela pulou em meu braços quando terminei de falar, me encheu de beijos e

ali em meu colo disse: Mallu temos que torna oficial nosso noivado, vamos dar um pulinho no consultório de meu pai e falar com ela... saímos dali fazendo mil e um planos no carro eu guiava apenas com uma mão a outra segurava a mão dela o sorrio maravilhoso que se estampava em seu rosto era lindo.

Chegamos o consultório do temido De Laurindo, entramos ali em frente de uma porta imponente um mesa linda e bem organizado atrás dela um linda senhora que olhou-nos e presenteou com um belos sorriso, e adentramos a sala o pai da Bella nosso olhou e foi gentil a princípio nós elogiou e a mozinho ansiosa.

...

Dr Laurindo deu uma sutil olhada e os olhos parou em nossos mãos ele olhava meneava a cabeça com se não acredita-se olhou nos meu olho com um olhar gélido que eu sustentei no mesma tonalidade.

Então filha, o quer falar comigo? E Por que esta com esta garota?

Papai, a melhor coisa me aconteceu fui pedida em noivado, e a Mallu está aqui porque ela é o motivo do meu sorriso nos últimos anos eu já tinha falado dela muitas vezes para senhor já até almoçamos em outras ocasiões lembra?

Sim claro, mais você eram apenas amigas, minha filha Isabella Vermont nunca vai casar com uma mulher (disse ele nun tão de sarcasmos) e outra quero netos e uma homem que posso cuidar de você e da casa.

Calma aí pai, desde o princípio tu sabes que namoro com ela, e porque isso agora? E outra nos podemos engravidar tem vários meios aí, o senhor melhor que ninguém sabe disso sua filha mais velha é mãe de um casal de gêmeos e ele puxaram os seu olhos verde como pode me fala que quer neto?

Sua irmã, já é casada com uma mulher e pela conversa que ouvi a talzinha da Hannah é tia desta dai, e aquele bebês não são nada meus e se depender de mim você não casa com esta putinha.

Putinha pai! Puta é a sua mulher que era melhor amiga da minha irmã o senhor teve a audácia de deixa a mãe por uma garota bem mais nova que você se é para falar de putaria lembra da sua Patricia!

Ele falava da minha pessoa com se não estivesse ali, respireu fundo não queria maltratar o pai da minha noiva mais tinha que me defender.

Senhor Laurindo, me desculpe mais quando foi que eu cheguei aqui me esfregando em outra mulher ou homem? Não, eu estou a três anos da minha vida com sua filha e uma ou duas vezes o senhor esteve conosco e mesmo assim o senhor nunca acredito que éramos um casal e que era apenas um fase, mais neste trés anos minha menina ficou doente e o senhor não foi ve-la nossa apresentação de término do ensino médio o senhor não estava lá então me desculpe amor pelo o que vou falar agora o senhor não tem direito algum de falar sobre como e o que vamos fazer vem Isa

Ela falando ali, tão segura de si. Sem solta minha mão quando terminou ela saiu me puxando sala fora deixando meu pai falando sozinho ela sai me puxando sem nada falar quando saímos finalmente no estacionamento.ela parou olhou em meus olhos aquele lindo olhos cinzentos estava marejados.

Amor, desculpa não aguentei não achei justo ficar nos justificando o por que de estarmos juntas a não sei vida acredito que não precisamos ficar ouvido aquilo.

Olhei dentro dos olhos dela, aquele olhos que tanto amo a beijei um beijos lento sem pressa apenas carinho, encostei a minha testa na dela de olho fechado

Amor, meu papai acabou com o clima de nosso noivado desculpa eu deve....

Não fala nada, nosso noivado jamais vai se estragado por meia dúzia de palavras feias.

Olhei dentro dos olhos da minha loura, que sorria com a minha atitude dei um uma olhada safada na boca dela mordi o lábios e ela tremeu

Então amor, a mais de uma semanas que venho planejando tudo menos a cena que acabamos de sair mas, eu reservei uns dois dias em um hotel em Campos do Jordão que você adora.

Saquei o celular do bolso e disquei o número do hotel e disse: olha minha linda,voce só tem duas respostas sim ou não e o que me diz amor?

Aiiiiii, amor é claro que vou não poderia ficar com esta bad em nosso melhor dia e eu quero lembra este dia, do melhor jeito.

Entramos no carro, passamos na casa da Bella pegamos algumas roupas e loga a na minha e saímos no meio da caminho estávamos no maior love dentro do carro pedi para Mozi ligar para minha mãe precisamos avisar a ela que deu tudo certo.

Alô sogrinha, está tudo bem?

Oi meninas está tudo Sim, e pelo jeito é a entonação da voz da Bella por aí está maravilhoso meninas vão com cuidado e mais importante sou nova demais para ser avó.

Mamãe, que isso. Mais deu tudo certinho sim estávamos indo agora. Mas, eu não garanto que não pode acontecer de dona Eloíse de repente avó

Caímos na risada, depois de algumas recomendações da minha mãe... a Mozi colocou música para alegrar no trajeto falávamos de planos futuru e presente e tal. Chegamos no hotel assinei o check in subimos e para não quebrar o clima cobrir os olhos dela com uma venda que tinha no meu bolso amarrei e abrir a porta peguei nossa mala entramos fechei e tranqüilamente a porta ela parada ali dizendo amor posso abrir, fui levando ela mais para meio da quarto que era bem espaçoso quando soltei a venda ela olhou tudo e sorria.

Quando a Mallu soltou a venda e apoiou o queixo no meu ombro, beijou minha bochecha e ai tem certeza quer ser minha mulher, mesmo eu sendo assim estranha sem jeito, que não gosta de tanto contato físico claro que adoro seu contato e quero sempre mais é isso mesmo que você quer amor?

Ela me falando, com a voz doce e meio rouca e senti algumas lágrimas caindo no meu ombro eu estava aí olhando aquele quarto to lindo sobre a cama havia um coração enorme com nossos nome afrente da cama um bancadinha linda que havia sobre ela um balde com champagne no gelo, chocolate,morango e uvas no meio do enorme coração havia um caixa da cor ciano (a cor favorita da minha branquela) com um lindo laço.

Amor eu simplesmente aceito esta tempestade que são seu sentimento que são tão intenso, você é esta tempestade que precisava em minha vida as vezes penso que eu sou está tempestade e tu és a calmaria é o que eu quero me perde neste mar cinzentos que são seu olhos.

Em um entrega plena e completa, eu me virei dentro dos braços dela e a beijei entre um beijo e outro amor quero saber o que tem na caixa de presente.

Eu sabia que você iria dizer isso mas antes vamos tomar um banho de banheira?

Ela me puxa, pela mão para o banheiro entramos e um banheiro lindo no com banheira cheia de espumas ela simplesmente foi tirando minha roupa delicadamente e tirou a dela e me puxou para entra na banheira ficamos no curtindo um tempo relaxando por alguns minutos levantei toda sexy fazendo charme que levantou atrás pegou um toalha e secou o meu corpo e o dela.

Amor, você está tão linda assim, agora sei que está morrendo de curiosidade.

Ela abriu a caixa, e quando viu o presente apenas soltou: hum safadinha, você quer eu use agora? Apenas balancei a cabeça afirmando ela adentrou no banheiro com a caixa toda sorridente e eu também vesti a minha, quando ela saiu estava linda em um lingerie preta e vermelha com uma transparência nossa que gata... e feito um gata ela subiu sobre a cama e deitou a meu lado e ficou acariciando meu corpo e dizendo que eu está linda.

Cara ela deitada ali, com uma linda lingerie, aos pouco passei a acariciar o corpo esbelto da minha noiva aquela pele branca que fazia seu cabelos pretos se destacarem e aquele olhos que eram puro desejo, passei a beijar de início calma sem pressa e desgastando cada milímetro daquela boca gostosa, passei a beijar o pescoço lindo passei a acariciar o corpo dela, sem desgrudar dos lábios dela soltei o fecho do sutiã dela não sei comigo tirei o sutiã dela tomei um dele na mão e acariciava desci novamente pelo pescoço Coló e depois passei a chupar,lamber os seios dela que já gemia de mansinho e acariciava minhas costas beijei a barriga cheguei onde eu tanto deseja estava molhadinha já dava sinais de excitação, chupeva ainda com a língua passei a a estimular o clitóris dela com dois dedo a penetrei que já gemia mais alto eu impunha o ritmo a Mozi segui o ritmo com o quadrio insanamente não demorou muito ela se derramou toda ela tremia dos pés a cabeça me deitei sobre ela ainda com os dedos dentro dela ficamos ali estabelecendo a a respiração retirei o dedo de dentro dela, acariciava o corpo dela.

Ela ali sobre meu corpo, me acariciando aquele cheiro maravilhoso que tomava o ambiente, a pele quente em contato com a minha a respiração dela em contato com o meu pescoço, não aquente inventor a posição com ela fiquei emcima e passei a acariciar os seios gostoso dela, apertei a cintura dela e passei a beijar a boca dela que em meio ao beijo sorria.

Amor, faz uma coisa para mim? (Disse sem desgrudar da boca dela.)

Ela que ofegava entre os beijos, disse antes mesmo de saber o que eu queria: Amor, me pega de quatro faz tudo o que quiser com meu corpo acaba comigo nesta cama me faz sua mulher gatona.

Dei risada ela deita na cama,com a maior cara de safada pedia para eu falar

Pedi amor, o que você quer gaúcha.

Olhei para ela mordi os labios, e obtive o resultado queria a Bella arrepiou toda e solto um aiii

Fica de quatro para mim, gatinha.

Ela se virou na cama, rebolando Assim está bom amor disse ela...fiquei de joelho no meio das pernas dela fazendo o bumbum encostar em mim.beijei toda a extensão das costa dela beije o bumbum e mordi ela gemia, seu sexo já estava bem molhado me posicionei e passei a chupar ela que gemia e pedia mais e mais a penetrei com dois dedos ela intensificando o ritmo do quadrio até as pernas fraquejar e se derramou toda para mim, me joguei emcima dela...

Dormimos, acordei assustada olhei para lado a Mallu dormi serenamente fiquei admirando aquele menina linda que estava nua dormi toda largadinha de bruço na cama, levante peguei um roupa na mala, e fui até a sacada não sabia ao certo que hora eram, deveria ser de madrugada pois estava bem escuro, a madrugada estava morna entrei novamente no quarto fechei a porta e fiquei admirando minha noiva dormindo, tirei o roupão subi devagarinho na cama para não acorda-la beijei as coxas dela mordi o bumbum dela encima do sinal que parece um beijo ela deu um gemidinha ainda de olhos fechados disse:

Hummm, adoro quando você me acorda assim.o que houve perdeu o sono bebê?

Quase amor, tive um sonho ruim...

Ela fez uma grande pausa e levantou a sobrancelha.

Com seu papai amor?

Ela balançou a cabeça, e eu abri os braços para ela deita em meu braços e ali ficamos.

...

Domingo pela manhã, tomamos banhos juntas, nos arrumamos vocês precisavam ver a carinha dela de quem não queria ir... entramos no carro

De volta a realidade Isabella Vermont futura senhora Müller aí amor se podesse ficaria o dia todo o ano todo assim sem ninguém para encher nosso saco amor...

Ela com carinha de bravinha, de boné para trás shortinho alls star nos pés regatinha preta parecia um boyzinho afeminada dei risada do meu pensamento.

...

Uma semana passou e estávamos a todo favor na faculdade escritório, meu pai me chamou para conversar e tive a maior e a pior conversa da minha vida. meu pai tinha deixando claro que se eu não me afastasse da Mallu algo poderei acontece a ela, fiquei com tanto medo nunca vi tanto ódio nos olhos dele que resolvi obedecer...

A aula finalmente acabou, sai passei pela sala da Mozi ela ainda conversa com o pessoal resolvi ir compra suco para nós, quando voltei para lugar que sempre esperava ela ja não estava mais, sai fui para estacionamentos, e nada, coloquei os dois sucos sobre o carro é liguei para ela que prontamente atendeu dizendo:

Pronto!

Amor, não me esperou?

Ah, Mallu estou com o Pedro vamos fazer um trabalho juntos.

Hum porque não me avisou?

Ah! Devo ter esquecido Luiza...

Nunca me chama de Luiza fiquei meio receosa e não disse mais nada para não provocar.

Ok Bella, tchau te amo.

Ta.

Ela me respondeu com tá, Pedro é amigo dela de classe mais se conhece desde pequenos e os pais de Pedro não sabem que ele é gay, fiquei chateada encostada ali no meu carro com os dois sucos na mão desnorteada sem ação.

Ei viado, disse Pâmela

Oi pam

O que houve menina que carinha é esta? E cadê a lourao?

Bom ela está com o Pedro o pior é que ela disse que iria comigo. mais foi com o Pedro mas, deixa quer uma carona gatona?

Você sempre safada né gaúcha e quero sim.

Então este suco aqui é para você.

Seguimos, deixei a Pam na casa dela e não consegui me concentrar para programar desci para falar com a mamãe e nada fui jogar videogame com a clarinha e Raul não consegui com aquela falta de contato com a Mozi... no dia seguinte a mesma coisa e assim seguiram alguns dias quase não nos víamos falávamos as vezes e eu estava farta daquilo resolvi marca um juntar com ela.

Pronto!

Bella tudo bem?

Sim Mallu, estou morrendo de saudades.

Não parece, fica fugindo de mim o dia todo na faculdade. mas enfim quer jantar comigo amanhã lá no nosso apê?

Claro malluzinha, mais não estou fugindo não apenas sem tempo ciumenta.

Eu estava me odiando,por menti para ela e quando ela me fala que me amava me cortava o coração ter que fingir que não ouvi ou apenas dizer tá estava com saudades delas mais ou mesmo tempo medo de meu pai... enrolei o dia todo, quando chegou a hora de ir encontra minha menina não tinha coragem de encara-la e menti diante dos olhos delas.

Cheguei por volta das 23 horas no nosso apê e encontrei a Mozi deita no sofá dormindo e sobre a mesinha fondue morangos marshmallow, bolachas e outras coisinha nossa fiquei com uma puta raiva de mim mesma que senti um lágrima desce depois disso só era furo em cima de furo até que um dia ela foi em casa e me pegou de surpresa.

Já passava mais ou menos duas semanas que eu não falava com a Bella que só furava ou fugia de mim o tempo todo. Estava chateada com esta situação eu sabia muito bem que algo acontecendo com a Bella que simplesmente me omitia o tempo toda e não dividi nada comigo...

Acordei com aquele maldito despertador tocando desligue combri a cabeça não irá para faculdade e talvez não iria trabalhar também está na maior bad sem a minha namorada, e com as malditas ameaça do meu pai, virei para lado buscando ela em meus sonhos minha bateu na porta para me chamar.

Filha meu amor, está na hora da sua aula levantá.

Mamãe, não estou bem não vou, queria não precisar sair deste quarto nunca mais.

Filha me explicar o que acontecendo, brigou com a Mulla?

Fiz uma longa pausa, olhei para ela com um vontade imensa de contar tudo o que estava ocorrendo em minha, mas simplesmente não tive coragem.

Antes fosse mãe por que nos aceitaríamos na mesma hora.

Ela saiu me deixando ali com a minha angústia, que sufocava, tentava dormi para esquecer mais nada...

Acordei descida a ir atrás da minha noiva que eu tanto amo, desci minha mãe tentou falar comigo apenas sair dando tchau para ela, peguei o carro é sai em direção da casa dela em menos de 20 minutos eu estava lá, o porteiro já me conhecia e acabou falando Ah! Menina Isabella, deve está te esperando porque ela não desceu ainda. Subi correndo toquei a campainha e minha sogra abriu a porta.

Bom dia Mallu, quanto tempo está sumida! E porque tão cedo aqui hoje meu amor?

Bom dia minha sogra, não sumi minha namorada ainda fugindo de mim, e preciso muito ve-la.

Que bom que chegou, nossa Bella está estranho deita debaixo daquela coberta.

Pedi licença e subi para o quarto da minha pequena, entrei no quarto:

Mamãe só preciso ficar um pouco sozinha.

Não é sua mãe Bella, sou eu sua noiva.

Quando eu falei isso ela, virou com um sorriso meio apagado, e algumas lágrimas rolava pela sua face,fui até a cama sentei a abracei queria muito poder consola aquela tristeza que estava estampada em seus olhos,

Amor pelo amor dos céus, me diz o que está acontecendo? Tu não me ama mais? Tem outra pessoas.

Ela balança a cabeça, negativo e chorava eu acariciava ela para não chorar mais ficamos ali naquele quarto sem falar mais nada apenas o soluços dela que ecoava no quarto. Quando os soluço pararam ela olhou dentro dos meus olhos e disse:

Qualquer coisa que aconteça ou possa acontecer saiba de uma coisa, eu te amo e ninguém vai muda isso.

Não estava entendo nada, mais eu passei a beijar os lábios dela delicadamente, e acariciava o corpo dela e aos pouco passei a acariciar o corpo esbelto da minha noiva e aquele olhos que eram puro desejo, passei a beijar de início calma sem pressa e desgastando cada milímetro daquela boca gostosa, passei a beijar o pescoço lindo passei a acariciar o corpo dela, sem desgrudar dos lábios dela soltei o fecho do sutiã dela tomei um dele na mão e acariciava desci novamente pelo pescoço Coló e depois passei a chupar,lamber os seios dela que já gemia de mansinho e acariciava minhas costas beijei a barriga cheguei onde eu tanto deseja estava molhadinha já dava sinais de excitação, chupava ainda com a língua passei a a estimular o clitóris dela com dois dedo a penetrei que já gemia mais alto eu impunha o ritmo a Mozi segui o ritmo com o quadrio insanamente não demorou muito ela se derramou toda ela tremia dos pés a cabeça me deitei sobre ela ainda com os dedos dentro dela ficamos ali estabelecendo a a respiração retirei o dedo de dentro dela, acariciava o corpo dela.

...

Daquele dia em diante,tudo parecia ter voltado ao normal estávamos entrado de férias de final de anos; resolvemos ir ao cinema apenas eu ela lá por uma incrível conhecidencia encontramos nossa prof Sarah, do tempo do colégio e resolvemos fazer um programinha de casal e para nossa supresa a professora era casada com uma linda Mulher super simpática, estava tudo muito bem resolvi ir ao banheiro as meninas ficaram lá fui sozinha, entrei no banheiro a princípio estava vazio quando sair para lavar as mãos algumas meninas entram uma me olhou décima abaixo eu vi pelo espelho ela me secaram e eu achando aquilo estranho, uma delas pediu o meu celular, eu não estava com ele disse que não tinha, as outras duas me seguraram e eu tentei a todo custo me soltar delas é não conseguia a outras me deu alguns socos na barriga e outros no rosto, não sei como consegui me solta e socar ela também mais o ar me faltava elas saíram e me deixaram lá, levantei lavei o rosto o canto da minha boca sangrava estava bem vermelho, dei um jeito e sai fui para mesa a Bella deu um pulo quando me viu e já foi um falatório entre elas, a esposa da Sarah a Branca foi até os seguranças e informaram o que houve e eu a Sarah e Mozi fomos para carro, os olhos da Mozi estava inquieta mais não me falava nada, descidimos ir para nosso apê que tinha apenas o sofá a mesinha de centro e o colchão no quarto, eu estava normal tinha levado uma porrada bem na verdade, mais boa estava sentido dor, a Mozi dizia que ia ficar roxo o canto da minha boca e tal, naquela noite apenas dormimos pela manha seria meu ultimo dia no Brasil, só voltaria após 7 meses, ela já tinha aceitado isso...

Eu precisava fazer algumas coisa para briga, porque aquelas porradas que levou no shopping tinha um certa ligação com meu pai. Então acabei inventando algo e brigamos a Mozi geralmente não da assas para minhas brigas a cada palavra que eu vomitava ela, não falava nada apenas me olhou já com os olhos marejados.

Bella, eu não sei o qua está acontecendo, com você mas se quiser algo comigo ainda vai me ver amanhã.

Ela saiu e foi para casa dela e aquele dia foi a última vez que tive com ela, depois daquele dia eu voltei a falar com ela apenas dois meses depois do ocorrido a conversa foi estranha mais ela ainda era minha menina, pedi desculpas por na ter me dispendido de ti Mallu, eu precisava de uma tempo para pensar!

Espero verdadeiramente que este tempo, sirva para você pensar Isa por que quando eu voltar para o Brasil não quero amar pela metade quero um vida real ok.

Nós despedimos ali, e íamos conversando e assim seguimos a vida...

Cara eu não sei ao certo o que se passava pela cabeça da Bella, mais ela pediu um tempo eu estava realmente disposta a lutar por ela se ela permitisse os meses passaram se arrastando e a cada dia eu sentia mais a falta dela.

...

Continua

Comentários

05/11/2016 15:52:42
Ain qe pai filho daPerfeito cont *.*
01/11/2016 23:37:45
Um início lindo apesar de tudo mas esse final foi de lascar! Deu até um apertinho no meu coração. Espero vocês juntas e apaixonadas logo!! Bjs 😚

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


baixar video Enteada safadinha bem cadela transando com seu padrasto sem vergonha. Bem putinha ela foi ate o quarto do padrasto e la pegou ele dormindo, tirando a cueca delemaetrepando com a sua filha e ela goza a jatocontos de incestos e surubas esposa com minha cunhada e minha irma nudistasdou o cuzinho mas sofro muito ele tem um pauzaoclitoris vantajososbebi demais minha esposa deu pra . outro contos eroticosanal normalistavideo porno marido enbebeda aesposa chama o amigo para aproveita com seu pauzaocunhada louca pra sentir rola grande pega cunhado de pau duro e nao resisteo coroa nos comeu contoRasguei a buceta da mendiga com a mao contosTodas fotos.de.cabacinhos.das.novinhas.gostosa .i.kuzinhos.gostosoporno levantado a saiao pauzao preto forteporno casada adorando ao senti um estranho te alizando e esfre o pau nela no onibos na frente de seu maridohttp://conto me punhetaram a noite todasexo torrido e desejoxvidio veio chupando peito da novilnhaconto erotico nora carenti fudendo cm sogro pirocudoMeu amigo viado bundudo liso vestido de mulher conto gay14aninhos xotas lizinhamulheres mortas com a bucta scheia de porradoce nanda contos eroticosvideos porno brasileiro família sacana meu cunhado além de me comer tira o caba co da minha filhaconsiquiu engoli uma pica enormeporno tia se destraiu e sobrinha ninfeta chupou o seu maridosaiti porno japobeiscontos eroticos de damon salvatoreContos novinha perdeu cabaço do cu com roludao tremcontos de incesto cumadremulher de corno lavano carrodepilando a minha tia gravida contos eroticosadoro uma rola gg me rasgando contosRelato enrabada por um cavalo bem dotado zoofiliaúltimos contos eróticos gaycontos e xitantes a mulher do meu chefe me seduziuconto erotico gay meu dono dei meu cu de presente de aniversarioflagrei minha irma traindo seu namorado e chantagiei elaConto erotico arombei minha enteada novinha magrinhcasa dos contos de nick malcongossno nu cu fa mulecavirgens+perdendo+o+cabacao+da+buceta+e+do+cu++virgensMassagem acaba em fio terra ea mulher flagavirando a buceta do averso com pauzao monstroarretada e gostosa minha mae conto incestoConto erotico tirando a roupa no baralho pro tiocomo fazer um sexo anal sem dor e sem sujar e a posição idealconto eroticos lésbico putinha vadia vagabunda piranha fuder tapa na cara buceta xoxotajaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratismorena sendo arombada por rola de40centimetros entra todinhaporno lubrificando o cu com manteiga e socando a mao infeira dentro delefilho socando a piroca na mae idosaencoxada mau cobertapapai me tirou o cabaçowww.casa dos contos erotico adultério emcasa.comnó parquinho perdi o cabacinho contosbuseta.daclaudia.ranharbaxinha cochuda casada vingando xvideoscontos eróticos mulher transando com negãosamara tirando a virgindade da bucetacontos eroticos com policial civil experientefodendo gestantescontos comendo minha vizinha negra bundudavideos pornò homem chupando gostosòcontos eroticos de menias q deu seu cabaçinho bem novinhas por que sua obrigou a trepa com seu companheiro taradox vdeos novinhas mostrando busetinhavideo porno mulher dando primeira vez na frente do marido casa de cuingue curitibapapai e maninho me fuderao com seus pauzaos contosmulher casada se exibindo para o encanador enguiçado e ele sem calcinha só de saiafotos padrasto come cu da emteada pau giganteconto erotico advogado apaixonanterelato esposa cincoentona timida primeiro amantefestas na casa de amigos e depois de tanta bebidas um porno com muita violênciagostosas chupando barman na festa