Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A crente casadinha e o pedreiro safado

Categoria: Heterossexual
Data: 20/11/2016 01:12:58
Nota 9.74
Ler comentários (26) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá queridos e queridas, meu nome é Alana, carinhosamente chamada de laninha, tenho hoje 28 anos, sou loira, cabelos longos e lisos. Modestamente sou uma mulher que desde novinha sempre atraiu os olhares voluptuosos dos homens, pois tenho seios fartos e um bumbum volumoso que parece uma pêra( rsrsrs), mas como tive educação rígida e religiosa nunca me deixe levar pelas cantadas e assédios dos homens. Aos 23 anos me casei com Márcio, que já era meu namorado desde os 18.

Dadas as apresentações, trago esse relato que é o ínicio de uma história de transformação de uma esposa recatada, crente e fiel numa putinha safada.

Tudo começou a cerca de 1 ano, minha vida estava normal: trabalhar, chegar em casa, cuidar da casa, esperar o marido e planejar os filhos. Eu era professora e meu marido era engenheiro naval, logo havia épocas que meu marido passava 15 dias embarcado e eu me sentia bastante sozinha. No começo era fácil, pois ia visitar meus pais e muitas vezes passava um bom tempo lá enquanto Márcio não retornava.

Até então estava tudo bem, ainda que o tempo embarcado de meu marido incomodasse um pouco estava dando pra segurar, mas, tudo começou a mudar quando precisamos fazer um novo quarto( parte dos preparativos para o filho que planejávamos ter) e tratamos com um senhor que era membro de nossa igreja, seu Joel era o nome dele.

Meu marido fez as tratativas e o Sr° Joel já comecara a trabalhar, tudo ia normal: Sr° Joel chegava lá pelas 9 da manhã e começava o seu serviço, eu estava desempregada nessa época e como o Sr° Joel era uma senhor considerado de respeito na igreja meu marido não se importou de me deixar sozinha em casa, até porque a obra teria que começar pela parte dos fundos o que não me deixava com muito contato com o Sr° Joel.

Eu acordava lá pelas 8 e preparava uma garrafa de café com dois pães para ele e às 13 servia seu almoço. Sr° Joel era muito respeitador, quase não me olhava nos olhos e sempre perguntava se podia entrar na casa para não me deixar envergonhada e não causar problemas, da minha parte, em princípio, não havia nada de anormal, até aquele dia...

Estava tomando um gostoso banho e tinha colocado uma música na sala, mas quando estava me enxugando me deparei com o senhor Joel na porta do banheiro, com cara de bobo e a mão alisando e apertando seu pau por cima da bermuda, dei um grito de espanto e isso fez o velho homem sair de seu estado de torpor, fiquei injuriada, chamei-o de velho safado e comecei a gritar para que fosse embora, que iria contar tudo pro meu marido e pras pessoas da igreja o velho tarado que ele era, ele ficou desnorteado, me pediu mil desculpas, juntou as mãos como numa reza e me pedia por favor pra não despedi-lo, dizia que não queria fazer aquilo, eu o indaguei porque havia entrado na casa sem me pedir licença e estava me espionando tomar banho...ele dizia:

- Dona laninha, pelo amor de deus, eu juro que não planejei isso, eu entrei aqui pra avisar que havia acabado o cimento, ouvi a voz da senhora vindo daqui pedi licença e entrei.

Eu o indaguei:

-Mas se não me ouviu dizer que podia entrar porque entrou? E quando me viu aqui tomando banho por que não foi embora, senhor Joel.

Ele respondeu ainda trêmulo:

- mas...é...senhora...eu tenho maior respeito pela senhora, nunca ia fazer isso, mas é que faz tempo que minha esposa faleceu e desde então eu não tive nenhuma mulher e quando vi a senhora aqui eu sai de mim...quando dei por mim estava aqui fazendo isso...Desculpe dizer isso, mas a senhora é a coisa mais linda que já vi....aí quando eu vi a senhora nua eu sai de mim...por favor dona laninha não me demita, eu preciso muito desse dinheirinho...eu prometo, juro por tudo que é mais sagrado que nunca mais faço isso.

Eu até hoje não sei se essa súplica foi sincera, mas já tinha passado o susto e estava mais calma, com isso analisei melhor os fatos e aquele senhor parecia estar dizendo a verdade, além do mais se fosse contar isso poderia trazer problemas pro meu marido e pra mim na igreja, resolvi deixar quieto.

Sr° Joel retornou ao serviço e o dia seguiu normal, veio a noite, já havia 7 dias que meu marido estava ausente e mais uma vez dormi sozinha, entretanto perto de acordar tive um sonho erótico( coisa que nunca tinha me ocorrido antes) e acordei toda molhada, tinha sonhado com a cena que acontecera no dia anterior, mas ao invés de todo o esporro que dei no senhor Joel, tinha sido ao contrário...ele tinha invadido o Box e me comido loucamente ali no banheiro mesmo...Demorei a despertar, fiquei ali na cama ainda tentando me desfazer do sonho que tinha sido muito real e inconscientemente levei minha mão até minha xaninha encharcada, dedilhando-a levemente com os olhinhos fechados e a boca murmurante...todo o susto e as ameaças tinham se apagado, apenas aquela frase” a senhora é a coisa mais linda que já vi” ditas por aquele velho homem me permeavam o pensamento, gozei gostosinho ali, quietinha, sozinha e murmurando baixinho o nome do senhor Joel...

Fui despertada pelas palavras do próprio no portão me chamando, me assustei: será que ele viu, será que me ouviu, deu medo....chamou mais umas duas ou três vezes e finalmente consegui me recompor, coloquei uma roupa e fui abrir o portão pra ele.

Estava com muito receio, muito medo...estava abrindo o portão de casa pra um homem que tinha me visto nua no dia anterior e, pior, eu acabara de ter um sonho erótico com ele, mas o senhor Joel era bastante respeitador( ou pelo menos tentava ser rsrsrs) e sequer me olhou...entrou e foi direto pro serviço.

Entrei e fui fazer o café dele, expliquei que tinha perdido o horário e, por isso, o café iria demorar um pouco. Dei-lhe o café e fui tomar um banho...

No banho comecei a me lembrar do flagra do dia anterior, do sonho e pensava que aquele macho que havia me feito gozar gostoso estava ali bem perto de mim, todo esse pensamento me fez instintivamente me tocar e fechar os olhos, segurando meus seios com as mãos e acariciando-os, levando até minha boca e chupando aflitamente eles, secretamente algo me veio a mente: e se ele aparecesse aqui agora? Na mesma hora abri os olhos e vi meu rosto no espelho como uma puta carente de piroca e doida pra ser fodida....Meu deus, pensei, o que estou fazendo...sou uma mulher casada com um bom homem, sou temente a deus e to aqui me comportando como uma vadia....rapidamente me desfiz e voltei a normalidade, entretanto esses pensamentos estavam me consumindo, era uma roda gigante de emoções e sentimentos, uma hora me via cheia de desejos por um homem que tinha idade pra ser meu pai e noutra me punia por estar sentindo isso.

Num desses momentos ( os de desejo) senhor Joel me chamou na sala e veio todo de cabeça baixa, foi quando eu resolvi tirar um pouco de sua culpa e falei abertamente com ele:

- seu Joel, notei que o senhor nem me olha direito, é por causa de ontem?

Ele disse:

- sim, dona laninha..eu estou tão envergonhado que não tenho nem coragem de lhe olhar nos olhos.

Eu o repliquei:

- ta tudo bem seu Joel, pode ficar tranqüilo, eu já desculpei o senhor, eu entendi o que o senhor disse.

Ele respondeu, agora olhando diretamente pros meus seios:

- eu sei, dona alana, a senhora é uma pessoa muito caridosa, eu sei disso...mas estou assim por que tenho medo de mim mesmo.

Eu disse:

- como assim, seu Joel.

- é....bem....a senhora promete que não vai me levar a mal pelo que vou dizer?

- sim, pode falar.

- é...bem....é que, desculpe mesmo pelo que vou dizer, mas já que a senhora perguntou, a senhora é muito linda, tem os seios mais lindos e apetitosos que eu já vi e desde ontem eu não parei de pensar na senhora...como eu disse ontem faz um certo tempo que não tenho uma mulher e eu vim pra cá hoje pensando que iria conseguir tirar a senhora do pensamento, mas não consegui. Então se a senhora não quiser mais que eu venha eu vou entender.

Eu confesso que fiquei espantada com a sinceridade e safadeza dele, mas algo dentro de mim balançou com isso e não sei por que eu disse:

- seu Joel, desculpa por deixar o senhor assim, mas eu não quero dispensar o senhor.

Ele percebeu uma brecha e, por mais que tentasse ser respeitoso, seu lado de macho carente começou a falar mais alto:

- dona laninha, faz uma coisinha por mim, só uma coisinha que ta na minha cabeça desde ontem e talvez eu consiga deixar de ficar desejando a senhora.

Eu deveria ficar irritada, mas nesse momento eu tava começando a gostar ( mesmo que não tivesse consciência disso) da safadeza daquele velho e me limitei a perguntar com um certo sorrisinho safado nos lábios:

- que coisinha?

- bem....a senhora vai achar estranho, mas é que eu tenho uma tara em seios grandes e desde que vi a senhora no banho ontem ensaboando seus peitos não paro de pensar em chupá-los.

- Ai, seu Joel...eu sou casada, o senhor conhece meu marido, somos da mesma igreja...eu nunca sequer imaginei estar com outro homem, ainda mais um homem que tem idade pra ser meu pai.

Ele começou a suplicar:

Lana, por favor, ninguém saberá de nada, eu juro....eu não to pedindo pra senhora dar pra mim, isso não pode nem ser considerado traição...vai, faz a alegria de um solitário e velho homem...prometo que não mais incomodo a senhora.

Eu balancei...aquele homem que me visitará e me fizera gozar em pensamentos o dia inteiro estava ali pedindo só pra chupar meus seios, comecei a aceitar a proposta, pois a desculpa que aquilo não poderia ser considerado traição talvez seria o meio termo entre sentir culpa e saciar meus desejos...deixei.

Virei o rosto de lado e tirei a alça da blusinha que vestia liberando meu seio esquerdo, não deu tempo nem de tirar tudo o velho já caiu de boca como um bebe esfomeado e começou a chupar devagarzinho, mordiscando o bico grande do meu peito e com a outra mão já acariciava o outro seio o liberando também, eu estava lá, com a cabeça virada fingindo estar fazendo uma caridade, mas vendo estrelinhas e amando aquela chupada violenta e sedenta, inconscientemente, meu corpo me traia e revelava o que os olhos fechados tentavam esconder. Eu estava excitadíssima. E minha buceta começava a evidenciar minha libido, tanto que nem percebi que os dedos grossos e calejados do seu Joel estavam a acariciando, então de repente ele parou com as chupadas e olhou diretamente pra mim, eu o olhei com os lábios apertados e os olhos entorpecidos e disse:

- Ainn seu safado, você disse que era só meus seios...

E ele riu maliciosamente e disse:

- diz que esta gostando, vai, eu sei que tá....vc é muito gostosa e sei que ta carente, doida pra ser fodida por um macho de verdade.

Eu não disse nada....apenas fechei os olhos e deixei acontecer, ai ele foi beijando minha vamente sugando todo melzinho que escorria e eu estava entregue aquele homem...rebolava em sua língua, gemia feito uma vadia e gozei gostoso como nunca havia gozado antes na boca sedenta daquele macho....

Já desvanecida e completamente entregue beijei-o com sofreguidão e vi ele tirar a piroca pra fora, era uma piroca grande e grossa( umas 3x maior que a de meu maridinho) e sem qualquer lampejo de puritanismo abocanhei aquela tora, lambia a cabeça e tentava enfiar tudo na boca enquanto seu Joel se contorcia e urrava de prazer...após uns 5 minutos o chupando seu Joel me levantou e me beijou loucamente, me levando em seguida pro sofá, onde instintivamente me coloquei de 4 e sem dizer nada chamei meu macho pra me foder, ele segurou minhas ancas e foi socando de vagarzinho aquela rola grossa na minha xaninha que até então só tinha experimentado o pequeno pau de meu marido, eu rebolava meio que ajeitando minha buceta aquele membro, até que escorregou e ai eu fui ao céu, após umas 10 metidas eu já gozava novamente e agora sorrindo e fazendo cara de safada pedia pra ele me foder:

-Ainnn, seu velho safado, fode gostoso vai, me faz gozar de novo, faz...

E ele urrava e dizia:

- então pede vai safada, pede pra eu te foder vai

- fode vai seu Joel, fode gostoso....

ele vendo o sinal aberto socou sem dó....ficamos assim durante uns 5, 6 minutos e seu Joel tirou o pau e derramou seu leite quente todo na minha bunda...

Quando passou o torpor, senti vergonha de mim mesma, cobria os seios com constrangimento...seu Joel ficou me olhando e pedia desculpas, disse que não queria fazer isso comigo, mas que não estava mais agüentando, disse que se eu quisesse que não aparecesse mais iria entender.....eu apenas disse:

- depois eu vejo isso, preciso que o senhor vá embora.

- ele abaixou a cabeça, pediu novamente desculpas e se foi.

Minha vida mudou completamente depois desse dia, parece que uma porta que sempre esteve trancada foi aberta e de esposa recatada eu havia me tornado numa mulher sedutora e extremamente vadia, meu marido iria chegar exatamente naquele dia e eu estava totalmente perdida, mas a continuação dessa história fica pro próximo conto....beijos.

Comentários

09/01/2018 00:56:54
Maravilhoso se alguma gata quiser tc chama no whats ONZE.NOVE, SEIS, NOVE, NOVE, SETE, TRÊS, SEIS, NOVE,NOVE MARCOS BJS NAS PEPECAS..
10/03/2017 14:23:43
Ótimo conto, Laninha. Leva um dez com louvor. Gostariamos de publicar seu conto na Secret Islands. Entre em contato com a gente. Beijo do MOD - Secret Island - Email: [email protected]
04/03/2017 14:31:15
Que delícia de conto! Fiquei muito excitado te imaginando. Teria como enviar fotos desses seus seios maravilhosos? [email protected]
Dio
14/12/2016 16:11:05
ADORO CASADINHAS SAFADAS, PRINCIPALMENTE AS CRENTES.JÁ LI OS DO ÔNIBUS E GOZEI GOSTOSO. ME ENVIE FOTOS SUAS QUE MANDO DO MEU PAU DURO E DEPILADO, VC VAI ADORAR: [email protected]
05/12/2016 12:30:10
So gosto de cu sou casado moro no rio
05/12/2016 12:29:11
Foda sem comer o cu nao foda
28/11/2016 20:21:45
Ótimo conto Laninha adorei tenho um conto publicado aqui também se puder ler e dar sua opinião serei grato vc tem foto se tiver me manda ok Beijos [email protected]
26/11/2016 14:55:06
Ótimo conto, Laninha. Leva um dez com louvor. Gostariamos de publicar seu conto na Secret Islands. Entre em contato com a gente. Beijo do MOD - Secret Island - Email: [email protected]
26/11/2016 09:07:49
Gentee de Deus..Quero um Joel desses.kmk
23/11/2016 16:10:15
nossa gozei lendo esse delicioso conto [email protected] mande fotos desses seios uper deliciosos e dessa bucetinha encharcada. bjs lana
22/11/2016 14:22:07
Laninha, demais!! Amei o conto!! És bem safadinha.. Fiquei louco sabendo que tem PEITÕES!! Vou ler outros.. mande fotos pra mim.. [email protected]
22/11/2016 00:32:16
delicia de conto tenho tara por uma crente safadinha assim to morrendo de tesão vamos conversar?nota 10 [email protected]
21/11/2016 19:59:51
Muito bom o conto, parabéns quero mais.
21/11/2016 16:00:29
Alucinante conto. Fiquei de Pau duro. Disculpa meu portugués.
21/11/2016 15:59:36
Alucinante conto. .Fiquei de pau duro.
21/11/2016 14:20:30
Show!
20/11/2016 17:32:42
Parabéns laninha nota dez continue por favor safadinha
20/11/2016 15:15:39
Belo conto ....
20/11/2016 13:41:25
Delicia de conto! Primeira vez na vida que tenho inveja de um pedreiro! Tenho tara em crentes, se quiser podemos conversar, [email protected]
20/11/2016 11:25:11
fiquei com inveja do seu joel
20/11/2016 11:24:28
um otmo relato muito bom mesmo conta mais adorei
20/11/2016 09:17:07
Deliciosa, ops quero dizer delicioso conto, gostaria de te dar uma nota acima de 1000 pois é o que vc merece, ta muito bem inscrito, além de tudo muito escitante, pude imaginar cada cena claramente como se estivesse ali presenciando tudo, aguardo o próximo
20/11/2016 09:14:32
20/11/2016 05:48:09
Perfeito!!!!
20/11/2016 04:38:08
Nota mil, sou cristão e adoro histórias assim, estou ansioso pela continuação, e se possível visite meus contos, bjs...
20/11/2016 01:51:03
Lindo seu conto, ancioso pelo proximo.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sou mulher vou confesa que que dormia com meu primo e dei pra ele quando senti que ele tava de pau duro e eu logo mi exciteisexo com coroa ruiva baixinha gostosa peituda de buceta bem peluda fidendo xom bem dotadome fode seu desgraçadocontos heroticos com fugitivosxx pornô quero ver minha vizinha casada bençãoouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucosEdufera cintosContos eroticos gay funk traficantetexto de mulher quatro mulheres e quatro mulheres se for do mundo assim podendo em uma chupando o pau da ou julgamos o xiri da outraxvidio enfinhei ate otalo e gozei dentroputa no hoteldo bucetao loca de tesaoda o cu causa doensa videos sangue sexo annalporno sem casaminhaspirocona na titiamãe tentando resistir as artimanhas do filho pornoirmao.ingravidando.irma.metendi.na.buseta.sem.camlsinhaconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretoloirinha tentou correr do negao pra ele num te comer mais num deuver lésbicas lésbicas se esfregando até gozar em perigosos de músicasvideos porno pau gigante.na.bucetinha apertada deu emoragiavovô taradaporsexoscoroas brasileiras gritando cm o puu na xana e pedindo mais xvidioeternos apaixonados cap 7 conto gayfazendeira flaga o piao da fazenda cumeno sua egua e fode com eleesposa rabuda na dp com amigos contosbucetas de gravidas bem inxadas escorrendo gozovideo porno com muito beijo na boca de tirar o folego muita chupada na buceta fazendo gozar na lingua de tanto prazer puchao de cabelo sexo com pegada forte e brutaamigos do meu noivo me arombaram na sua despedida de solteiro contos eroticosmulenapicaContos.encesto.mae.silmentabadboys roludo comendo mulher a forcaFotos de picas alargadoras de cu de gaysmeu filho pintudo contoCONtos minha mae de calça legue com a buceta repartida ao meioxexeca mais gtz e peludinhafeminização forçada contosconto eroticosdei no primeiro encontrovídeos pornô eróticos com pau grande e grosso lindos com a pontinha bem geladinha e bem fofinhosedou esperou dormir pra come o cu dela porno doidoConto gay policial fodido pelo marginalquero bate papo com casada fogozaO filme corno manso de verdade existir pornopeladacamisinhaPorno.doidsexoxvídeos i****** filho tenta fudera mãe e ela não quer dar mas acaba conseguindoporno fodie minha entiada no cusaocontos de lesbianismo entre sinhazinha e sua escravalambendo dedo com coco scatcontos eroticos padrastro levantou minha saiaporno de coroucom novinhasxvideo menina de meno gosano e tremeno as penaúltimos contos eróticos gayminha esposa e seus negoes comedores contoscontos eroticos titio flacou eu e meu primo na infanciafilha assiste porno no quarto e mae e comida por outro e mae escuta barulho estranho e vai ver o que e e ve a filha se masturbandoContos eroticosPerdendo as pregas bem novinhaporno filha da pro pai e a mae naofala nadacontos eroticos comi a bundinha da menininha do balecontos a.freira viu meu pauClaudia souta nua mostrando a bucetamule butado dei dedo no cuBundinha lisinha da filhinhaSomente contos reais de marido chorando e ecitado que chega em casa e pega esposa trepandoCovidei meu amigo pra toma uma cerveja em casa depois comemos minha esposa casa dos contosvideos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delasContos coloquei um shortinho d menina e acabei estupradorapazinho mimado dando o raboxxx vídeo Pai percebe qui sua filha ta virando mulher e sente vontade de comer -youtube -site:youtube.comcontos gay uma viagem inesquecível para o novinho