Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

transformando mulheres em corninhas (3) abriram meu cuzinho e eu gostei

Autor: guria hard
Categoria: Heterossexual
Data: 09/12/2016 14:42:24
Nota -
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Dinovo não. .

Eu engasguei e nem sabia oq ia dizer mesmo assim não saia uma palavra se quer fiquei ali perplexa e parada como da ultima vez

-que bom que você acordou amor, vem aqui e mostra p dany como você fez ontem, ela não sabe

ele falou isso e me pegou pelo braço me puxando

-para felipe voce só pode estar louco se acha q vou participar disso.

-para lu, eu disse p dany q você chupava melhor que ela e ela quiz provar que eu estava errado mas não conseguiu, mostra p ela amor que voce é melhor

o que ? Como assim eu era melhor que ela e ele estava falando isso na frente dela, acho que meu orgulho falou mais alto e eu cai de boca naquele pau gostoso que ja estava todo lambuzado, lembi das bolas ate a cabeça passando a lingua em volta e dando chupadinhas leves humm era só meu aquele pau e quem ela pensava que era p chupar ele na minha frente, meu instinto de vingança misturado como desejo falaram mais alto naquele momento e eu mamei com toda vontade aquela pica, chupei como uma puta fazendo carinho no seu saco e olhando nos olhos, em pouco tempo ele gozou enchendo minha boquinha de leitinho quentinho que eu bebi todinho, ouvimos alguem batendo na porta do quarto e sem tempo de sentir vergonha nos arrumamos e saimos do quarto, quem batia era um amigo nos chamando p ir a praia, peguei um shortinho uma camiseta na mala me troquei no banheiro e fui para o carro onde todos ja aguardavam, no caminho é q fui pensar no que tinha feito, que vergonha meu deus oq aconteceu comigo? Eu não sou assim, sempre fui recatada e correta e agora tinha feito coisas que jamais iria imaginar,

Chegamos na praia e como no dia anterior todas as meninas se deitaram na areia p tomar sol de mini biquinis e eu fiquei na cadeira lendo um livro depois de um tempo olhei p lado e vi que os meninos olhavam p elas com desejo, poxa eu queria q me olhassem assim ? Pq ? Eu estava muito confusa e o calor estava forte, senti uma tontura e me lembrei que não havia tomado cafe nem comido nada,

-você esta bem amor ?

-sim só um pouco tonta acho que é pq nao comi

-verdade, na correria me esqueci do seu café, você quer comer alguma coisa ?

-nao amor, não quero comer nada que tenha aqui, acho que quero ir p casa

-po linda logo agora que iamos pegar umas ondas, você não consegue aguentar ?

-felipe eu to indo p casa com um pessoal pq vamos acender a churdasqueira e beber um pouco, poso levar ela p casa e você vai mais tarde,

-pode ser lu ? Voce vai com eles ?

-voce nao vai comigo ?

-vou jaja amor, só ensinar p esses meninos quem surfa melhor aqui rsrs jaja to com vc

-ta bom

fui p casa com o pessoal que estava voltando, alguns eu conhecia, outros não

Fui ate a cozinha fiz um lanche e depois me deitei no sofa da sala o som estava ligado bem alto no jardim e as meninas dançavam funk e bebiam, eu me sentia um patinho feio

-oi, é luiza né?

-oq você quer ? Não basta oq vc ja fez com meu namorado ? Todos ja devem saber do meu par de chifres, aliás você é uma vagabunda sai daki garota

-calma rsrs não sou vagabunda, sou uma putinha gosto de paus muitos paus kkk e seu namorado é o melhor da festa tive que aproveitar

-sai daqui sua louca

- eu queria ser sua amiga ja que dividimos o pão, mais ja que você não quer nao vou forçar, saiba que te fiz um favor, voce ainda vai me agradecer

-sai sua ridícula, eu estava decidida a terminar com o felipe e ir embora, era muita humilhação oq eu tinha passado e oq eu tinha aceitado, olhei p varanda e reparei q a tal de dany estava abraçada com um homem e os dois usavam alianças, ela era casada aquela vagaba, fui la p fora e tentei socializar bebi um pouquinho comi conversei e o felipe chegou da praia ja era noite, como eu disse eu estava decidida a terminar com ele, criei coragem e fui conversar, o problema era, onde ele estava? Procurei pela casa e nada, perguntei se alguem sabia mas ninguem soube me dizer, sera que ele tinha saído p algum lugar ?, fui ate o lugar onde os carros estavam estacionados p ver se o carro dele estava lá, era um lugar um poco mais afastado da casa e escuro, e p minha surpresa o carro estava la e o felipe estava comendo a dany no capo do carro, ela estava debruçada com a bunda empinada e ele metendo nela com toda força

-a sua namoradinha também sabe te dar mais gostoso dq eu ??

-logico que não, gostosa,ela é virgem rsrs

-entao mete bem gostoso, que nunca mais voce vai ter coragem de falar que ela faz alguma coisa melhor que eu

,

-vem come meu cuzinho sem dó, arromba ele todinho

Hah não agora ele tinha passado dos limites, minha vergonha se transformou em raiva e agora terminar com ele seria pouco, eu queria vingança

Voltei para a casa e tomeu algumas doses de whisky, era forte e eu nao tinha costume, comecei a conversar com um homem mais velho, fernando era seu nome ele me disse q era professor de educação física isso explicava seu corpo bem definido, conversamos um pouco e percebi q ele nao tirava os olhos de mim, demorei a perceber que ele estava me dando investidas ate bem descaradas, mas como eu estava meio alta de bebida continuei dando corda, o papo dele era tao gostoso que ate me esqueci do traidor do felipe, papo vai papo vem descobri que ele era casado com a dany, sim aquela safada mesmo, era oq eu precisava saber, aquela era a hora que eu iria me vingar

-acho que vou me deitar um pouco

-ta bom lu amanha conversamos mais

-estou meio tonta voce me leva ate o quarto ?

-claro vem, me abraça que te levo, quer q leve no colo

-quero sim rs

-eu estava brincando

-eu sei, mais agora quero kk

-seu desejo é uma ordem

ele me pegou no colo e eu fiz questao de segurar em seu pescoço com os dois braço e deitei a cabeça em seu ombro, assimele podia sentir minha respiração no seu pescoço e eu resprei bem devagar passando a boca de leve percebi que ele se arrepiava e continuei esse carinho, logo seguido de alguns beijinhos leves

-pronto chegamos na sua cama

Ele me colocou em uma cama que estava disponível e o quarto estava quase vaziu se não fosse por um casal que estavam totalmente bebados dormindo

-agora a senhorita pode dormir

-fica aqui ate eu dormir? Por favor

-fico claro, voce esta bem?

-sim, só um pouco carente

Ele riu e se sentou na cama colocando minha cabeça no seu colo e passando a mão em meus cabelos, eu tinha muita certeza dq queria naquele momento, queria me vingar, comecei a passar a mão no pau dele por cima da bermuda e logo na primeira passada ja senti ele crescer na minha mão, ele segurou a minha mão

-para de brincar com fogo, vc nao sabe oq esta fazendo

-sei sim, e eu quero fazer isso, vc não quer ?

-é oq eu mais quero agora

Me ajoelhei na cama e comecei a beijar seu pescoço enquanto passava a mão no pau que ja estava completamente duro, abri a bermuda dele e enfiei a minha maozinha tao pequena naquele cacete enorme, eu mal conseguia fechar a mão de tão grosso, senti ate medo dq estava por vir, mais era isso mesmo que eu queria eu tinha certeza, começamos a nos beijar e ele foi tirando minha roupa,

E passando a mão no meu corpo, ele tinha um toque tão leve que meu corpo se arrepiou todo e eu já sentia minha bocetinha molhar, ele era muito carinhoso e intenso ao mesmo tempo, enfiou a lingua na minha boca e explorou cada centimetro dela, eu ja estava peladinha e o risco de alguem entrar no quarto me dava ainda mais tesao, eu nem sentia medo, só sentia o sangue ferver e a vontade de ser possuida por aquele homem, ele tirou o pau p fora e me deu p chupar, a essa altura eu ja sabia oq fazer com um cacete duro na boca e fiz o meu melhor, babei ele todinho e fui deslizando na minha boquinha e lambendo os lábios, era tao grande que eu não conseguia por todo na boca, e eu precisava usar a mão na base dele e ir esfregando bem gostoso p ele, nao demorou muito e senti o leitinho quentinho na minha boquinha e como eu ja tinha aprendido tomei tudinho, e ainda lambi o pau p ficar bem limpinho, me senti vingada naquele momento e fui vestir a minha roupa

-onde vc pensa que vai com essa roupa ?

-como assim ?

-isso foi só a preliminar gatinha, agora é q o jogo começa

Ele falou isso e ja me jogou na cama abrindo minhas pernas e metendo a lingua na minha boceta

humm ahhh eu nao conseguia falar nada só gemia naquela linguada gostosa, ele chupava como se fosse me engolir era perfeito

ahh aii isso ahhhh não aguentei e explodi sentindo minhas pernas tremerem e depois ficarem moles meu corpo todo estava molinho e eu estava em êxtase, ele me virou de bruço na cama colocou meu bumbum p alto e começou a alizar ele e depois lamber, foi descendo a lingua ate entrar no meu rabinho e lember ele todinho, eu nunca tinha sentido uma lingua quente e molhada do meu rabinho antes e estava delirando e empinando a bundinha pele lamber mais, rebolava na lingua dele e pedia mais, ele colocou um travesseiro em baixo do meu quadril deixando minha bunda bem empinadinha e chupou mais um pouquinho me levando ao delírio

senti o peso do seu corpo sobre o meu e o seu pau pincelando a entrada do meu cuzinho

-nao, espera, eu sou virgem, nunca fiz isso

-eu sei, por isso mesmo vou comer teu cuzinho apertado, ai tu continua virgem da xota

-nao, eu nunca fiz nada

-como não fez nada? Vc chupa como uma puta, vai dizer que nunca meteram nesse teu cu ?

-não, nunca

-entao vai ser um prazer maior ainda, é só relachar que vc vai gostar

-não, vai doer eu sei

-só doi se o cara nao souber comer, vc é uma puta eu soube desde a primeira vez q te vi e quando a dany mamou teu namorado e vc não fez nada, vc ate gostou de ver, admite, admite e abre bem o rabinho p mim pq agora eu vou ate o fim

-ahhhhhhiiii

meu grito saiu abafado pela cama e a pica entrou no meu cuzinho q latejava

-tira por favor

-calma, foi só a abecinha, agora relacha que o pau vai entrar e te arrombar todinha

ele cuspiu na mão e passou no meu cuzinho e foi enfiando de vagarzinho, enfiava dava um tempinho p meu rabinho se acostumar e enfiava mais um pouquinho

-ahhhiiii eu não aguento para

-aguenta sim, era isso que vc queria quando veio me procurar sua puta, agora aprende a tomar rola no cu calada

-ahhhiii para ahhh

-isso gostosa ja entrou todinho, meu pau ta atolado no seu cu,quer um conselho ? Rebola p lacear

eu ouvi ele pois qualquer coisa que me ajudassem naquele momento seria bem vindo e rebolei com o cu espetado naquele mastro, ele começou o vai e vem e cada vez q ele entrava meu rabo ardia e minhas pregas se abriam p receber sua pica, como podia ser tao grande aaii estava me rasgando,

-relacha ja entrou agora aproveita que vou te fazer gozar pelo cu

ele conduziu minha mão ate minha boceta e me fez esfregar o grelinho enquanto ele metia no meu cu, ele cuspiu mais um pouquinho e meteu fundo eu sentia o saco batendo na minha boceta

-ahh ahii ai

-ai oq puta? Fala?

-au meu cu, aaaii

-ta doendo ? Fala, fala que eu arrombei teu cu sua puta, fala

e me deu um tapa na bunda com toda força

-aai meu cu vc arrombou ele, eu nao aguento mais

-não aguenta oq ? Nao aguenta mais pau no rabo, fala, putas igual a vc nao podem ter vegonha de falar ou eu vou socar em vc ate amanhecer, fala

--eu não aguento mais pau no meu cu ja estou arrombada para

-se vc quer que eu pare pq esta rebolando cadela ?

Só ai percebi que a dor ja tinha ido e tinha dado espaço p prazer quanto mais o cacete entrava mais eu queria ele la dentro me sentia preenchida com aquele matro atolado no rabo e queria mais, quando ele tirava eu empurrava o rabo p traz p entrar dinovo e rebolava gostoso, era minha primeira vez e eu estava sendo arrombada por traz e estava adorando

-eu sabia que vc ia gostar, isso rebola na pica cadela

Quanto mais ele me chingava e puxava meu cabelo mais eu rebolava e pedia pau

-ahhi mete gostoso, come meu cu ate o talo, eu vou gozar ahhh ui hummmm ahhh

e gozei como nunca, senti meu cuzinho e minha bocetinha se contrairem sem parar e o melzinho escorria por minhas pernas mesmo assim ele nao parou de meter e acelerou os movimentos metendo ainda com mais força e mais fundo

-ohhhh ahhhh isso gostosa, vou encher teu rabo de porra

ele falou isso e eu senti seu pau latejar e encher meu cu de porra quente, foram tantos jatos que quando ele tirou o pau a porra escorreu, ele se deitou sobre mim e me abraçou

-gozou pelo cu gostosa

Senti um pouco de vergonha, mais tbm me senti realizada, ele segurou meu cabelo e virou meu rosto p ele

-gozou pelo cu ??

-sim

-e gostou

-muito, quero mais.

Comentários

10/12/2016 12:15:57
hum! tambem quero meter meus 22 cm todo no seu cuzinho e fazer vc gozar gostoso topa me add [email protected]

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos de mulheres cagando e peidando em seus parceiroscontos meu tio pauzaoninfeta cismou comigoconto pornpai comendo filha e a sobrinhafodendo com maxima velocidade e sem piedade pornoxv homens encoxando em mulheres 2017porno pagando dívida com a mulher e a mae5 contoconto em casa neste frio minha boceta pede pica paiconto erotico mendiga novinhacaiu na net contos reais de genro flagra a sogra nua engravida elaasistir videos porno brasileirocontos eróticos com tia e sobrinhofilme pornô de Cibelle encravado em 2017conto erotico de corno paraensecontos eroticos feminino ajudei o porteiro negro a fuder eu e minha irma juntoxvideos desleal branquinha dando pro negaoarombei minha mae contos eroticos pornoapaixonado pelo meu primo brutamonte melhor parteporno com novinha de saia curta limpando a casa e o irmao dela pousado na bunda delaxvidio mulher com dedo na buceta chamando jairoAbrir filme de sexo caixa de molho tirando a virgindade das moças de 18 anos gostosaflaguei meu irmao comendo minha mae e entrei na festamulher cagando enquanto dava a bucetasexo pregando no fagarconto erotico mae no ciotia camisola sem sutiadei a buceta no rio contos eroticosConto erotico- mete seu pauzudo, come a sua mae putaboa foda mastubando com coisasdiferenteporno nao no cu nao e groso e conmprido aaaiii de vagasafadezas com meu cunhadinhotirei.o.cabaco.da.minha.irma.dormindoinstalei grampo no celular da edposa e descobri a vadia que ela e contos eroticosvideos de sexo filhas gemiase paimolequinhos emeninos de treze q quonze anos perdendo a virjindafe do cizinho pela primeira vez vidiosRelato enrabada por um cavalo bem dotado zoofiliaMulher cagando na calsinhavideo pornocontos erotico dei o meu cu a forca pro pedreiro caralhudocorno e engulidor de rola contomarcelo strause aguilartecido brilhoso pornminha mãe irmã vovó conto eróticohistorias eroticas a pretinha magrinhavídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhovidioporno coroa branca buceta bem arbetaConto erotico anal com humilhaçao e cinto de castidade masculinatia da buceta modeladas fudendodei pro técnico pornocontos louco por cunhada rabuda casada "evangelica"porno de professora na forretafotos+de++buceta+com++calcinhacontos bulinando minha tetinhaContos de marido revoltado mas ecitado quando pegou esposa chupando outrovidioporno/fodanaconstrucaoxvidios os dias era asimpegei minha tia no banho buseta carnudaFoto de pika pulhetando CONTOS ERÓTICOS DE MOTORISTA FANTÁSTICOSconto. andando de moto taxi. comi o cu de uma menina rabudaafrouxou fundo um cuContos encesto mae cu sangranomarido e mulher tomando banho na praia mulher veio um negão bem dotado e sai Escondidinho para dar uma com negãonovinha deixando esperma escorer da boceta debrucoconfesso chantagiei minha irmãzinha pra ela me masturbaContos eroticos com o dono da verdureironegona sendo arrombado por negao tonato video porno grátisesposa de mente fertil pornoAjudante de pedreiro dando a bunda grandevideo porno lanbidas na boceta noivas e incestofilmes pornodoido dbsm com uma branquinha doida para ver o pau do negrao entrarjapones enchendo cu da japinha dr liquido xvideoescandalosa fogosa e gulosa tomando tapa na bunda pornô doidoquero ver vídeo de menina virgem dando para homem dotado que arranca vida dela com força como se fosse um estrupo mas esse tipo como se fosse de vídeo vídeo de pornô vídeo de sexo e suas coisas Eu quero ver vídeo da simgosada no trem lotadosiririca em horas inoportunascontos eroticos com policial civil experientepapai tirou sangre do cu da filinha peituda ponuvídeo de sexo amador caseiro você quer me comer você quer meter é devagar meu com calma é assim não aqui mede a gente ser pinto grande