Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Meu Marido Ajudou I (Por Silvia)

Categoria: Grupal
Data: 13/01/2017 01:16:44
Nota -
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu Marido Ajudou I (Por Silvia)

Bom dia, leitores desses contos deliciosos. Prazer, meu nome é Silvia, tenho 34 anos, morena com 1,80 e 70 kg, um pouco acima do peso mas bastante desejável, rs, tenho cabelos lisos com várias cores, enfim, nasci no rock e nele vivo desde que me entendo por gente... Já participei de muitas coisas, mas hoje sou uma mulher comportada, casada com meu delicioso marido Fernando, com 1,90, 36 anos e muito bom de cama, ele tem um corpo muito atraente, somos formados em psicologia, por isso nos entendemos bem no sentido de saber que não fomos feitos apenas um para o outro sexualmente, mas mesmo sabendo disso, nunca havia acontecido nada entre outras pessoas e nós em 8 anos de casamento... Mas um dia acontece, e vou contar tudo para vocês, lindos... Temos um filho lindo, com 2 anos, e como saímos muito e temos uma vida muito agitada, contratamos uma pessoa como doméstica e babá na nossa casa, a Julia, uma graça de menina, com seus 20 anos, ela na verdade é filha de amigos dos pais do Fernando, e veio estudar na capital, oferecemos que ela ficasse na nossa casa, mas seus pais não aceitaram que ela não trabalhasse para pagar seus custos na nossa casa, então no final das contas acertamos de ela morar conosco e ao mesmo tempo trabalhar, e enfim, ela é nossa amiga, ficando mesmo no encargo de cuidar do Lucas quando saímos eu e o Fernando. Ela é muito viva, esperta e engraçada, tem 1,65 e 50 kg, branca com cabelos negros e bem ninfeta mesmo, magrinha e com uma bunda redondinha e seios bem pequenos deliciosos. Resumindo a história, a Julia arrumou um namoradinho na faculdade, daqueles que são bem canalhas, e que teve uma breve passagem por nossa vida, mas marcou tudo o que aconteceu. Ela caiu de cabeça, e como somos bem vividos, sabíamos que tipo de pessoa ele era, no que em um mês, ela foi traída, apesar dos nossos conselhos e conversas, e a graça da Julia se acabou por aí. O Fernando sempre reparou nela, e eu sacaneava muito ele, dizia que ele queria experimentar uma magrinha, mas nunca passou disso, visto que como disse, se fosse o caso realmente poderia acontecer, com uma conversa prévia entre nós. E em uma sexta-feira fomos a um show, voltamos bêbados e alegres, e a Julia estava realmente triste, seu semblante era dos piores, eu fui me deitar com raiva do namoradinho dela, tratamos a menina como uma filha. E na minha cabeça, como meu marido sempre fez de tudo por mim, eu bêbada comecei a pensar em como eu nunca tinha experimentado uma outra mulher na minha vida, e por outro lado o Fernando não tinha realizado o desejo dos desejos de um homem que se preze: Ter duas fêmeas ao seu dispor. Eu comentei com ele isso, que riu demais apesar de ficar excitado dizendo que era viagem minha, e tal, mas acabei conversando com ele que era uma coisa que eu queria, ele não deveria deixar de querer e afinal, se acontecesse apenas ajudaria a menina, rs... Transamos até amanhecer, e eu acordei já olhando safada para ele, que me advertiu:

- Olha bem o que você vai fazer, Silvia, isso pode dar muito problema com os pais dela...

- Deixa comigo que nós meninas nos entendemos sempre...

Encontrei a Julia na cozinha, ela de baby doll, eu de camisola, reparei bem seu corpinho, ela me deu um bom dia mas eu acho que meio que parei na dela, e ela sorriu pela primeira vez em uma semana, me olhando também:

- Que bom dia é esse, Silvia???

- Nada, linda, eu conversei com o Fernando, vamos animar essa vida, estava reparando como você é tão linda para ficar com esse sorriso lindo escondido, ainda mais por alguém que não vale a pena...

Ela sorriu sem graça mas voltou ao seu quarto, e ali me decidi a tentar alguma coisa a mais naquele dia mesmo... Meus pais passaram por volta das 11:00 para pegar o Lucas, então decidi agir depois... O que vou contar aqui me deixa molhada até o talo, e foi como nossas vidas de fato mudaram... Um sol enorme, coloquei meu biquíni mais indecente possível, e decidi plantar a semente do mal, indo ao quarto da Julia, mas parece que a sorte favorece a sacanagem... Eu queria de fato experimentar uma mulher, e era ela que eu passara a desejar nos meus loucos planos da noite anterior, e entrei sem bater no seu quarto, qual foi minha surpresa ao me deparar com um filme lésbico na sua TV... Ela ficou um delicioso pimentão vermelho vivo, sem palavras para me explicar, e eu logo mandei:

- Nossa, está tão mal assim que quer mudar de lado???

- Não, Silvia... Desculpe...

Eu, que já levava um biquíni minúsculo para ela, desliguei a TV e falei:

- Deixa de bobeira, você não tem que me explicar nada, coloca esse biquíni que trouxe especialmente para você, e vamos para a piscina...

- Ah, não, eu quero ficar sozinha aqui no meu quarto...

Eu agarrei ela, como em muitas ocasiões, dada a nossa intimidade, e falei que ia chamar o Fernando, ela e eu acabamos caindo juntas e rindo por isso, pois ela tem um respeito absurdo pelo Fernando, que viu ela criança, afinal... E na posição que caímos, eu de sacanagem dei um selinho nela, que ficou tonta, riu demais e acabou colocando o biquíni e indo comigo a piscina... Passamos pelo Fernando, que olhou e disse:

- Que meninas lindas hein... Sou um cara de sorte...

- Cara de sorte nada, sai desse vídeo game e vem fazer um churrasco para duas gatas... Falei mas pisquei para ele com cara de safada, dando um tapa na bunda da Julia, que riu e falou:

- Que bicho te mordeu hoje, hein???

Em poucos minutos estávamos as duas deliciosas deitadas bebendo cerveja bem gelada, quando surge o Fernando, lindo e maravilhoso, de sunga, seu corpo delicioso naquele sol de sábado... Por fim, comecei um diálogo bem sacana com ela, que ficou confusa, e esse seria o ponto onde o Fernando entraria... Usei um truque bem manjado, mas que funciona sempre pelo menos nos contos:

- Julia, passa o protetor para mim???

Ela nesse ponto já me olhava com cara de sacana, e minha xana tremia de tesão dentro do minúsculo biquíni... Ela começou a passar e eu do nada, tirei o top, ela olhou e falou:

- Está de sacanagem, né Silvia???

Eu sabia como jogar, então retruquei:

- Ih, já viu filme de xana, agora com medo de passar bronzeador em mim... Está insegura, é???

Ela riu e o Fernando trouxe mais cervejas, olhando meus seios com tesão, emendando:

- Para chegar no paraíso, falta a Julia sem biquíni também...

Ele falou e se afastou, eu disse a ela:

- Provoca ele, tira, gatinha...

Ela falou, com certo olhar de confusão:

- Poxa, vocês estão querendo o que comigo hoje??? Já não viram que estou triste???

Eu puxei ela pela mão e arranquei o top, levando aquela delícia de menina até o Fernando, e perguntei safada:

- Amor, ela está com vergonha de nós, pode me ajudar??? Ela quer experimentar meninas também, mas quer sua autorização... Aliás, tem uns filmes no quarto dela...

O Fernando me puxou, me dando um beijo molhado, e depois, entrando no jogo, tirou meu biquíni, assim fiquei nua em pêlo, e ele olhou com tesão para ela depois, que estava vermelhinha e envergonhada, tentou fugir, mas eu ajudei, segurando antes que ela escapasse, ele deu um outro beijo tesudo nela e arrancou a parte de baixo do biquíni, ela sem ação falou, olhando hipnotizada meus seios grandes:

- Ah, é assim??? Claro que quero experimentar...

Eu então sentei ela na cadeirinha, prendi suas mãos as minhas e falei:

- Só a língua, delicinha...

O Fernando apenas olhou aquilo, pegando seu copo de vinho e sentando admirando tudo:

- Puta que o pariu, acontece mesmo...

Nossas línguas se entrelaçavam, o volume na sunga do Fernando aumentava, então soltei as mãos da Julia que logo procurou meus seios, eu gemi gostoso, e na posição que estava, como sou bem maior que ela, só ofereci:

- Mama bem gostoso, minha gatinha...

Ela passava a língua lentamente nos meus seios, me deixando maluca, gemendo já com minhas mãos acariciando sua xana, ela gritava:

- São deliciosos, Silvia... Continua...

Nisso o Fernando já pairava com sua pica gostosa por perto, e comecei uma mamada gostosa nele, ele tem um pinto de 20 cm e fino, ideal para o sexo anal, que é uma necessidade básica do meu rabinho... A Julia então mamava junto comigo o pinto do Fernando, ficamos assim um bom tempo, quando ele gemeu alto e gritou que ia gosar, oferecemos nossos seios para saciar o desejo do nosso macho, e como saiu leite dele, gente, nunca vi meu marido tão excitado, ele caiu no chão largado, deu um mergulho na piscina assistindo eu e a Julia brigando pelo leite em nossos seios, quando aproveitei para dar uma bela mamada nos seus pequenos mas deliciosos peitos, ela gemia demais, e eu comecei a sacanagem feia com ela, deitei a Julia de costas e fiz um 69 com ela, que se espantou com o tamanho do meu grelo, ele é bem grande e sai como um pintinho, ela descobriu isso e me castigou feio, mamava como se fosse um pinto, eu abri suas pernas e chamei o Fernando, que estava extasiado com sua xana peludinha, rs, eu falei:

- Há quanto tempo essa xaninha não é usada, minha putinha???

Ela estava com medo do pinto do Fernando, mas eu prendi suas pernas atrás dos meus braços, deixando ela bem exposta, e o Fernando roçando na entrada, ela fala:

- Porra, eu não transo desde que vim morar aqui, gente!!!

- Ah, amor, então, quero essa bucetinha recheada de porra, engravida essa piranha hoje!!! Em mim só na bundinha...

Eu falava isso e ajudava o Fernando a encaixar na entrada da xaninha dela, que rebolava como louca, e então a cabeça entrou, ela deu um berro, ele começou um vai e vem lento, tesudo, e ela ainda castigando minha xana, eu continuei brincando com seu grelo, ela gemia:

- Vocês são malucos... Vão me matar de pica e xana!!!

Eu então baixei mais minhas pernas, ela mamava com afinco, e eu gosava delicioso, gente, que delícia de foda, o Fernando já tinha gosado uma vez mesmo, e quando ele chegava perto de esporrar, tirava dela e esperava um pouco, ao final eu falando:

- Pede leitinho pro meu macho, pede!!! Senão ele não gosa!!!

- Gosa em mim, Fernando, me enche de leite... Me deixa prenha, porra!!!

O Fernando resistiu bravamente, mas ela já estava assada e vermelha, então sentindo ela começou a narrar, e eu estimulava:

- Silvia, está inchando, estou entupida... A cabeça está dura... Me machucando...

- Vai amor, deixa ela bem esfoladinha, assim nenhum namoradinho vai deixar ela tristinha mais...

Ele não agüentou e se desfez em porra dentro dela, eu coloquei a mão no saco e falei:

- Olha, Julia, está esvaziando o saco dele dentro da sua bucetinha...

Ela teve um orgasmo brutal junto com ele, seu corpo tremia inteiro, eu gosei na sua boca para finalizar, uma loucura... Caímos de lado, e o esperma escorria pela sua xana e sujava as coxas, eu não resisti e fui dar umas boas linguadas ali, o Fernando jogou vinho gelado nela, que tinha espasmos ao sentir minha língua tocar seu grelinho pequeno, ela enquanto isso apenas limpava a pica do Fernando, que demorou um tempo até ficar duro de novo, nos deixando e indo pegar a carne queimada na churrasqueira, rs, e então paramos um pouco e bebemos um vinho juntos, ela com as típicas preocupações de gente nova, perguntando:

- Como vai ser daqui para frente, gente???

Eu desencanada e aproveitando o vinho, observando aquela pequena ninfeta no colo do Fernando, já meio duro, falei:

- Desencana, somos família, curte hoje... Cadê seu namoradinho agora???

Ela sorriu e ficou de joelhos mamando o Fernando, eu tive uma idéia louca e peguei margarina na geladeira, passando pela minha bunda e ela passando na pica do Fernando, que ficou maluco, eu sentei no colo dele, de costas, e deixei entrar tudo, com as pernas na cadeira, subindo e descendo, ela de joelhos entendeu e começou a sugar meu grelo, lamber minha xana e acariciar meus seios, o Fernando demoraria a gosar bastante, mas eu não abro mão do meu anal, rs, e fiquei ali sendo esfolada viva, com ela mamando eu berrava, gemia e batia na cadeira, o Fernando grunhia, ela se deleitava:

- O casalzinho pode gosar logo, minha língua está cansada... E eu quero mais leitinho hoje, viu Fernando???

Ela sabia nos excitar, e quando já não agüentava mais, ele gosou muito gostoso em mim, segurando minhas ancas, que delícia, gente, coisa de louco... Caí de lado morrendo de tesão na xana, mas ela não deu sossego, me lambendo a porra que escorria pela minha bunda, o Fernando estava acabado, eu peguei meu maço de cigarros (ele fica tesudo quando fumo enquanto transamos) e ela fumou também, e peguei um viagra e dei na sua boca, ele vendo aquilo não se agüentou muito e logo endureceu, eu olhei ela com cara de safada e disse:

- Não está faltando nada não???

- Ah não, Silvia, ele é muito grande e eu nunca dei a bunda...

Pronto, o Fernando duro igual a uma rocha, e eu falando:

- Amor, uma bundinha virgem...

Ela tentou escapar, mas ele segurou com força, colocando ela no colo, deitada, ela gritava mas sabia que não era forçado, eu peguei lentamente a margarina e comecei com um dedo, enquanto ele siriricava ela e eu dava umas lambidas, ela gemia muito:

- Porra, estou gosando, seus tarados!!!

Então o Fernando colocou ela na piscina, de forma que ficasse apoiada e sua deliciosa bunda arrebitada ali, eu já com dois dedos e ela molinha, eu troquei de posição e ele tesudamente abriu as popas da bunda da Julia, eu arreganhei a minha xana sentada na frente dela, ele passou a cabeça, ela deu um pulo, ele então a segurou pelos cabelos e foi metendo, ela gemia falando:

- Põe, Fernando, mete até o talo... Se soubesse que é tão bom, tinha feito antes...

Ele começou devagar, mas logo ia e vinha com fúria dentro da pequena Julia, que gemia de prazer, eu abria bem minha xana, expondo o grelo para ela:

- Mama meu grelo bem gostoso, putinha!!!

O Fernando já estava esfolado, e começou a bater forte na bundinha dela, que a cada estocada tinha seus pés levantados dentro da piscina, sentindo o goso se aproximando, pedi que ele tirasse um pouco, a pica estava inchada e realmente esfolada, viramos ela na posição de frango assado e eu dei uma mamadinha no pinto do meu marido, me colocando de 4 encima dela:

- Hum, Julia, o gostinho da sua bundinha nesse pinto...

Me coloquei de cócoras na direção da sua boquinha, e segurei suas pernocas para cima, pedindo dengosa ao Fernando:

- Mete, meu amor, gosa nessa vaquinha, deixa ela com porra na xaninha e na bundinha hoje...

O Fernando morto de tesão foi adentro, ela quase desfalecia já, mas ele ainda comeu uns 10 minutos, anunciando uma última gosada, gemendo e esporrando dentro da Julia, que sentia gostoso:

- É quentinho, ai ai ai ai, está dentro de mim!!!

Ele retirou o pinto e deu um beijo em cada uma de nós, a Julia lambia minha xana ainda, quando ele saiu e foi tomar um banho desesperado e apagou na cama. Ficamos eu e a Julia um tempinho namorando na piscina ainda, e depois tomamos uma bela ducha, encontrando o Fernando dormindo como um anjo na cama. Eu falei com ela:

- Agora sou a esposa dele e você a amante, podemos trocar de vez em quando, rs...

Ela sorriu e dormimos gostoso com nosso macho, esparramadas uma de cada lado e ele no meio, isso já acontece há 2 meses, e estamos felizes, claro que tivemos outras aventuras que desejo compartilhar aqui com todos, beijos e mamadas nas xanas e pintos de todo o Brasil, um abraço tesudo da Silvia!!!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Mas que dor horrível conto pornomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosseja ativo dia 27 estarei vídeo pornô adoro que você vai vir te dariafilme porno brasileiro pai mostra para filha seu pau monstro e ela se assustaimagens de pica de cavalo atolado em buceta de mulheresobesa da virilha toda assada pornônovinha desmaia de tanto gosa conto eroticomeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticowww.xvedeo so gozadaia mais gotosamaridinho chupou minha bucetaesposa da cu sangra e estremece porno caseiroconto erótico meu pai abuso de mim quando eu tinha cincoanosExibicionismo em praia de nudismo lotafaNegao esculachando com moleque gostososou viciada no pau do negraoabaixar tema vendo o primo transando com boneca inflávelcontos eróticos gays,uma amizada aguenta tudo,MarcosXVídeos mulher lavada novinha em cima de uma pomba de gritando ai ai tá doendo meu c*dei para um pauzudo e quase morriconto erótico gaay sonbra de gaelwww.pornodoido botao de rosaaninha e meu tio cacetudo com foto e todos os contossso videos de xoxotas murchasmulheres de perna nua com a buceta esgassadaso videos de xoxotas murchasxvidios vidios homem goza no cu da puta e ela comtinua chupando ate ele goza dinoboccontos eróticos incesto fudendo novinha virgem inocente faveladabuceta gostosa no inatingível elas dandocangapor hd pronirmão gemeos loirinhos emos gay fazendo sacanagemquero ver um monte de mergulhador de 19 a 20 anos de sunga de pau bem duro peladodoce nanda parte cinco contos eroticosVIDIOPOMO PETECAencubado flagrado dando o cuvídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadocache:ldh9BdSAKNMJ:gtavicity.ru/texto/201703301 contos de sexo depilando a sografilme pornô com a Socorro lido RT xxxacabei liberando cu pro primo masnaogaylazarento do irmao fez sexo com a irma enquanto ela estava deitadamuler jupendo a minha puta. gtabucetao de sotinho q capui de fucade sirgir blog comda sikis indirmas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?www ponto come come fazendo sexo fazendo pornografia fazendo sexo vaginal sadia.com.br homem e homemela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafoCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro contos anal c cavalos e touroszoofilia no Congo pesadaconto erotico pau pequenobucetaô. jgmconto erotico comendo o cu de minha mulher com neutroxbussetas cuspindo porrabuceta gostosa no inatingível elas dandofragei milha mulhe comegaoCuidando das amiguinhas da minha irma contosvovo da buceta cabe prazocomeram minha buceta no carnavalconto erotico esposa liberadadei para um pauzudo e quase morricontos de incesto sogracontos eroticos praia nudismo irma maemagrinha e a amiga desputando o mesmo homem dotado analcachorro nao queria mas degrudar da mulher zoofilia video porniporno zoo contos em quadradinhos dupla penetracao insestocontos eróticos gays,uma amizada aguenta tudo,Marcoscontos de incetos e orgias entre irmaos nudismo piscina em casaele e meu bad boy e eu sou dele parte 10 casa dos contos dosxvidio porno comendo a cunhada de fio dental rocho no banhomacho coloca aparelho na xana da safada para enxergar o fundo do buracoadoro foder com meu filho fodeme meu filho nesta cona putacontos de sexo depilando a sograCasadoscontos ganhei uma chupeta na minha big rola da minha irma casadaconto erodico fodir com o namorado da minha amiga e ela chega na oramolestando filhinha young pornoincesto mae ver o cacetao do filho fica passada com tamanhoMinha comadre disse para minha afilhada minha filha voce que mesmo dar sua buceta virgem pro seu padrinho minha afilhada disse eu quero mae minha comadre disse filha chupa o pau do seu padrinho conto eroticoquero ver todos os filme que As Mulheres Ricas pegando a xoxota na cara dos homens com a imagem bem grande e g****** na boca descendo embaixo na boca delejantar em familia mulher senta no colo do marido e começa a transar sem a familia desconfiar pornofilhinha da a buceta para irmao e padrastodois gatoto tarado xvidio